USB4: suas vantagens e desvantagens | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia USB4: suas vantagens e desvantagens | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Tecnologia | USB4: suas vantagens e desvantagens

USB4: suas vantagens e desvantagens

Compartilhe

O USB4 (isso mesmo, sem espaço, ou seja, nada de USB 4 aqui) será a próxima grande versão de uma tecnologia que está presente em todos os produtos de tecnologia atuais.

A especificação está finalizada em sua documentação, e podemos tirar conclusões sobre as vantagens e desvantagens de um padrão que avança em âmbitos importantes. E abordamos essas características nesse post.

 

 

As vantagens

O USB se adaptou aos novos tempos, tanto no formato físico como nas especificações. E é essa evolução que vale a pena destacar no USB4, com as grandes melhorias a seguir.

1. Mais veloz: uma vantagem fundamental do USB4 em relação ao recém anunciado USB 3.2. O novo padrão tem taxas máximas de 40 Gbps, ficando no nível da Thunderbolt 3. Mas nem tudo é positivo nesse aspecto: o suporte é para 40 Gbps, mas nem todos os dispositivos vão suportar essa taxa, dependendo de sua data de lançamento e características nativas.

2. Suporte universal do Thunderbolt 3: a Intel cedeu a especificação do seu padrão Thunderbolt 3 ao USB-IF, tornando a mesma uma “royalty free”. Com isso, qualquer porta USB4 pode ser uma porta Thunderbolt 3 se quiser, e não há motivos técnicos ou práticos para não querer isso, mesmo que o custo final seja mais alto.

3. Melhor separação de dados e sinal de vídeo: com o USB4, você pode (por exemplo) ter um monitor que usa 8 Gbps para o seu sinal de vídeo, deixando os 32 Gbps restantes para outras finalidades.

4. Conector USB-C como protagonista: é uma boa notícia que o conector USB-C não vai mudar, especialmente levando em conta que ainda estamos nos adaptando à ele. Smartphones já utilizam esse conector em massa, mas em notebooks e PCs ele ainda é um estranho no ninho.

5. Retrocompatibilidade: o USB4 corrige um erro das gerações anteriores, e permite a conexão de dispositivos USB4 em portas USB 3.2 ou versões anteriores via USB-C. Você não vai usar todas as vantagens nativas da porta, mas ao menos os cabos servem para conectar diferentes dispositivos do passado e presente.

 

 

As desvantagens

As melhorias nas especificações são notáveis e bem vindas, mas nem tudo são flores para o USB4, que introduz alguns problemas.

1. Vai demorar para chegar: as especificações do padrão USB4 acabaram de ser publicadas, mas sua chegada ao mercado vai levar algum tempo para chegar, pois os fabricantes ainda precisam trabalhar na substituição do padrão. Os primeiros produtos devem chegar em 2020, mas apenas em 2021 ele estará presente no mercado de massa.

2. Mais caos?: o USB-C gerou o caos para muita gente por causa dos diferentes padrões. E a confusão deve aumentar com uma nova especificação, que possui retrocompatibilidade (e não fazer isso seria um desastre), e tudo isso pode condicionar a sua aceitação pela indústria e usuários. Serão três variantes “invisíveis” do USB4, que não devem apresentar diferenças físicas, mas que devem manter o inferno das nomenclaturas diversas.

3. Custo mais elevado: as portas USB4 exigem componentes mais caros, e este foi um dos problemas para a Thunderbolt 3. Isso pode atrapalhar a massificação do padrão no mercado como um todo.

 

Para consultar a documentação técnica do USB4 produzido pela USB-IF, clique aqui.


Compartilhe