Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Internet | Upload na Claro é cortado pela metade! Oi?

Upload na Claro é cortado pela metade! Oi?

Compartilhe

A Claro está sempre surpreendendo seus clientes… e normalmente as surpresas são bem desagradáveis.

Não é de hoje que eu brigo com essa nefasta. Suas políticas de relacionamento com os clientes e práticas que beiram à desonestidade para levar vantagem em tudo são alvo de minhas críticas mais vorazes.

E por causa da Claro que estou aqui, acabando com o meu feriado prolongado, para denunciar mais uma de suas decisões que só podem ser tomadas por acéfalos. Ou por executivos cujos códigos morais e éticos precisam ser questionados seriamente na Justiça brasileira.

 

Quem se importa com 50% a menos de taxa de upload?

A mais recente “novidade” oferecida pela fofinha da dona Claro é reduzir PELA METADE a velocidade de upload do seu plano de banda larga de 500 Mb/s.

Antes, esse plano contava com 100 Mb/s para envio de dados nesse plano, mas com a chegada da nova opção com 750 Mb/s de internet com 50 Mb/s de upload, alguém dentro da operadora entendeu que “não era justo” deixar o envio de dados do jeito que estava para quem estava em contrato com a operadora.

Mas não se preocupe, amigo leitor. A Claro é a empresa mais legal do mundo, e emitiu um aviso prévio sobre a mudança. Bom, quero dizer… não exatamente um aviso prévio, já que eu, você e a torcida do Flamengo inteira que está muito brava com o “Gabi” por causa do último jogo da Libertadores não ficaram sabendo de forma clara e com antecedência sobre essa alteração, tal e como diz o bom senso e o Código de Defesa do Consumidor.

Para a deliciosa dona Claro, “avisar previamente” significa atualizar as informações no site de operadora. E, ainda assim: veículos como o Tecnoblog conseguiram verificar que os dados antigos do plano de 500 Mb/s ainda estavam disponíveis na página web da graciosa horas depois da mudança técnica ser comunicada para a imprensa.

Quando questionada sobre a redução no upload do plano, a Claro explicou que a velocidade padronizada é de até 50 Mb/s, mas algumas regiões podem alcançar mais. E, de forma até curiosa, atualizou o site após o questionamento.

Ufa, ainda bem que a Claro é “super transparente” com seus clientes, né?

 

Chances maiores da sua videochamada ficar uma porcaria

A Claro lançou recentemente um novo plano de 750 Mb/s, mas com apenas 50 Mb/s de upload.

Mas… convenhamos: quem precisa de velocidades de upload decentes, né? Afinal, quem se importa em enviar arquivos grandes ou fazer videochamadas sem interrupções? A grande maioria dos brasileiros não realiza esse tipo de atividades, e você que está lendo este artigo neste exato momento sabe muito bem que estou sendo muito irônico ao longo de todo esse parágrafo.

Certamente a taxa de upload não é algo importante para a Claro. Até porque, como operadora de internet banda larga fixa, ela fez questão de alimentar essa cultura de visão distorcida da realidade, vendendo a ideia de que o cliente brasileiro só deve se importar com “a internet mais rápida do Brasil”, sem pensar que estamos enviando arquivos cada vez maiores para outras pessoas e diferentes plataformas.

Mesmo porque a Claro (e a grande maioria das operadoras de internet no Brasil) não se importa com uma coisinha muito importante chamada “velocidades simétricas de internet”.

Aliás, boa parte das pessoas que vão ler este artigo simplesmente desconhecem o que significa essa expressão.

E se você pensou em mudar para a fibra óptica pura, pensando em receber uma velocidade de upload melhor (e isso é fato, pois neste caso você recebe pelo menos 50% da velocidade de upload em relação à taxa de download contratada), a Claro tem mais uma surpresa para você: apenas 10,6% dos clientes da operadora no Brasil têm acesso a essa tecnologia.

Então… boa sorte com isso também.

 

De novo: isso tem tudo para ser ilegal

Mas… está tudo certo.

Eu estou aqui reclamando à toa. A Claro é uma empresa “moderna e em constante evolução”, então é normal que haja “um pouco de confusão” nas informações. Sou eu que estou procurando pelo em ovo.

Mesmo assim. Vou procurar me informar melhor sobre o que diz a legislação brasileira e o Código de Defesa do Consumidor sobre contratos alterados à revelia pelos prestadores de serviços. Ainda entendo que os clientes antigos deveriam ter a velocidade de upload de 100 Mb/s garantida em seus contratos atuais, onde a modificação só poderia acontecer em caso de alteração de contrato por parte DO CLIENTE, e não de forma unilateral pela operadora.

Enfim, se você é cliente da Claro e está insatisfeito com a velocidade de upload do seu plano de banda larga, não se preocupe: a operadora entende que você não precisa de um envio de dados mais rápido. É uma “grande bobagem”.

A Claro sempre terá uma explicação “muito convincente” para você. Mesmo que essa explicação faça com que você se sinta um autêntico idiota.

E se você quiser mudar de operadora, lembre-se que existem muitas outras no mercado. Alternativas não faltam, e a mudança pode ser oportuna, dependendo da região do Brasil que você vive.

E procure por uma operadora que não vai te surpreender com reduções inesperadas na velocidade de download e upload.

Do mais… obrigado, dona Claro, pela “graça alcançada” em pleno feriado.

Só que não!


Compartilhe