A HP abriu as portas de um lugar histórico para a indústria da tecnologia. Escondido dentro de uma área residencial próxima da Universidade de Stanford em Palo Alto, Califórnia (EUA), está o lugar onde dois homens iniciaram a empresa mais antiga dentro do que hoje conhecemos como Silicon Valley, a meca para as organizações e grupos de tecnologia e inovação.

 

O humilde início da HP

 

 

Em 1938, Bill Hewlett e Dave Packard foram convencidos por um de seus ex-professores da Universidade de Stanford a criarem uma empresa, mas na pequena cidade de Palo Alto, e não em Nova York, como outras tantas fizeram. Packard deixou o seu emprego na General Electric, e Hewlett encontrou a casa onde viveriam e criariam sua empresa.

O pequeno imóvel na avenida Addison poderia passar completamente desapercebido, se não fosse uma placa comemorativa diante do pequeno edifício. Depois de ser considerado pelo governo californiano um local histórico em 1989, foi comprado pela HP Inc. 2000 e remodelado para receber a mesma aparência que tinha em 1939.

A simplicidade do imóvel é impressionante. Conta apenas com uma sala, um banheiro, uma cozinha e uma bancada para refeições. Foi em um local assim que iniciou uma das maiores empresas de tecnologia do mundo.

Lá também encontramos o primeiro equipamento construído pela dupla, um oscilador de áudio (200A), construído à mão na garagem atrás do imóvel. Curiosamente, um dos seus primeiros clientes foi a Disney, que encomendou oito unidades desses osciladores para garantir que os oito cinemas em que o filme Fantasia estreou tivessem a melhor qualidade de som possível.

 

 

Home Office

 

 

Também é possível conhecer a sala onde os engenheiros discutiam os seus avanços nas pesquisas (a bancada de refeições, que era deslocada para abrir uma cama dobrável), onde em um canto ficava o pequeno escritório de Lucile Packard, esposa de Dave, que ali redigiu em uma máquina de escrever as especificações dos osciladores da HP centenas de vezes. Os documentos eram enviados para diferentes empresas para tentar vender o seu produto. Depois de meses, começaram a chegar as primeiras encomendas via correio, muitas delas com dinheiro dentro dos envelopes.

A cozinha da pequena casa também fez parte da empresa. O forno era utilizado como parte do processo de produção dos osciladores. Uma placa sobre o forno mostram as palavras de Lucile Packard: ‘minhas tortas jamais terão o mesmo sabor novamente’.

Na saída, é possível observar duas edificações construídos separadamente da casa original. A primeira é um cômodo com uma mesa pequena que Bill Hewlett utilizou até o dia do seu casamento. Depois, o local seria o escritório para as esposas dos dois engenheiros.

A segunda é a garagem de 3 x 5 metros, onde Hewlett e Packard pesquisavam, desenvolviam e construíam todos os seus produtos. Com caixas de ferramentas, a garagem recebeu os dois na maior parte do tempo. Durante dois anos, eles construíram à mão os seus osciladores de áudio.

Rapidamente, eles viram a necessidade de se mudarem para um lugar mais apto para uma empresa maior. E o resto é história.