Um vírus pode entrar no celular ao ler um QR Code? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Um vírus pode entrar no celular ao ler um QR Code? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Um vírus pode entrar no celular ao ler um QR Code?

Um vírus pode entrar no celular ao ler um QR Code?

Compartilhe

O recurso do QR Code se popularizou, e hoje em dia muita gente usa essas imagens codificadas para muitas atividades cotidianas. Essa é uma facilidade que a tecnologia nos oferece, e precisa ser utilizada… com moderação (como praticamente tudo em nossas vidas).

Algumas pessoas estão com a dúvida genuína sobre a possibilidade de um QR Code esconder conteúdos maliciosos e ameaçadores aos nossos dados armazenados no smartphone. Por isso, vale a pena explicar neste post se você corre ou não riscos ao utilizar o QR Code, e o que você deve fazer para evitar ser vítima de um roubo de dados por esse método.

 

 

 

Sim… um QR Code pode esconder um vírus

 

Assim como um QR Code pode oferecer acesso à rede WiFi da casa de alguém ou o link para um vídeo exclusivo do BTS, ele também pode esconder uma ameaça virtual que pode danificar o seu smartphone ou roubar alguns dos seus dados mais sensíveis.

E isso acontece por um motivo bem simples: o QR Code nada mais é do que uma imagem codificada que pode abrigar vários tipos de informações de categorias diferentes, incluindo as ameaças cibernéticas e golpes online.

Não existem recursos que impedem os criminosos cibernéticos de inserir em QR Codes links e códigos maliciosos. Por ser uma tecnologia relativamente nova para o grande público (ela existe a algum tempo, mas só se popularizou recentemente), nem mesmo uma legislação específica para os crimes envolvendo o uso desses códigos foi elaborada.

Neste momento, são poucos os casos conhecidos de golpes e crimes cibernéticos que utilizaram o QR Code como via principal. Porém, tal e como acontece com toda tecnologia que acaba se popularizando, será uma questão de tempo para que o número de vítimas aumente exponencialmente.

Mas você pode pelo menos tomar algumas medidas para evitar ser vítima de golpes por essa prática.

 

 

 

O que fazer para se proteger?

 

O mesmo que devemos fazer para evitar a grande maioria dos problemas que a internet pode oferecer pela sua facilidade de uso e acessibilidade das ferramentas disponíveis: usar o bom senso (algo que muita gente não tem).

Não saia escaneando QR Codes de forma aleatória e ao seu bel prazer. Eu sei que muita gente toma decisões na vida motivados pela curiosidade, mas tente a todo custo escanear códigos que você não sabe o que vão fazer ou para links desconhecidos.

Sempre utilize QR Codes que deixam clara qual é a finalidade daquele código, ou qual é o destino final do link que está escondido nele.

Além disso, mesmo que você saiba a finalidade de um QR Code, procure conferir qual é o link destino ou ação a ser executada antes mesmo de clicar em qualquer coisa que apareça na tela.

A maioria dos sistemas operacionais móveis e aplicativos de leitura de QR Codes permitem que você veja por alguns segundos qual é o link destino daquele código, e só toque naquele link se você tiver certeza absoluta sobre o resultado dessa ação.

Caso contrário, as chances de você se ferrar são enormes.

E eu escrevi este post basicamente para que você, amigo leitor, não se ferre na vida. Logo, justifique o tempo que eu gastei escrevendo mais de 500 palavras para basicamente te ajudar.

De nada!


Compartilhe