A Uber decidiu testar a paciência e a privacidade dos seus clientes ao enviar as suas recibos de corridas e demais dados para desconhecidos.

A situação curiosa foi identificada por usuários que passaram a receber recibos de corridas enviadas por e-mail pela Uber, de usuários desconhecidos, como se fossem registradas naquele e-mail.

Na pressa de obter novos clientes, a Uber não faz a verificação de endereço de e-mail, o que é algo ridículo por si. Mas piora.

Quando contactada para ser informada da situação, a Uber considerou que o caso era o de uma recuperação de conta, instruindo o usuário a seguir os passos de recuperação de senha. E as tentativas posteriores para tentar explicar o que realmente estava acontecendo eram inúteis.

Talvez a única solução válida nesse caso é mesmo passar pelo processo de recuperação de conta, alterando a senha e bloqueando o acesso a outro cliente. Quem sabe assim a Uber conserte o que deu errado e tome as providências para retificar a situação.