TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia TVs LED, QLED ou OLED: vantagens, desvantagens, diferenças… e qual é a melhor para você | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Áudio e Vídeo | TVs LED, QLED ou OLED: vantagens, desvantagens, diferenças… e qual é a melhor para você

TVs LED, QLED ou OLED: vantagens, desvantagens, diferenças… e qual é a melhor para você

Compartilhe

Eu decidi investir recentemente em novas TVs, e isso exigiu uma certa pesquisa, pois queria a melhor tecnologia de tela para as minhas necessidades. E acredito que a minha pesquisa pode ajudar a outras pessoas na busca pelo melhor material de tela para o seu entretenimento.

A maioria dos usuários até identifica as siglas LED, OLED ou QLED como tecnologias diferentes, mas não existe uma explicação mais clara sobre o que cada uma pode fazer pela experiência de imersão no consumo de conteúdo em uma TV. E isso é mais importante do que parece, pois algumas tecnologias são mais ajustadas para o público em geral, enquanto outras são mais benéficas para finalidades específicas.

Todas as tecnologias de tela são de excelente qualidade, mas seus parâmetros podem modificar o resultado para determinadas finalidades E a única forma de descobrir qual é o melhor tipo de tela de TV para você é obtendo o máximo de informação possível sobre cada uma delas.

E é exatamente isso o que vamos fazer neste post: mostrar as principais características dos principais tipos de tela disponíveis no mercado de TVs e Smart TVs.

 

 

 

LED

A LED (Light Emiting Diode) é basicamente uma tela plana com várias capas que controlam a luz e a cor. A capa inferior sempre vai ser responsável pela luz de fundo, que ilumina a tela para exibir a imagem como um todo.

Essas luzes são compostas por pequenos diodos eletrônicos que substituem os tubos fluorescentes presentes nas telas de LCD (Liquid Crystal Display). As principais vantagens do LED são seu baixo consumo energético e sua durabilidade elevada.

Neste momento, as TVs de LED são as mais populares e acessíveis do mercado e, em teoria, são mais que suficientes para atender as necessidades daqueles que simplesmente querem assistir TV e nada mais.

TVs de LED são perfeitas para quem quer economizar dinheiro na hora de assistir TV e, ainda assim, obter uma boa qualidade de imagem na maior parte do tempo. Mas a tecnologia de telas naturalmente evoluiu, o que fez com que outros tipos de telas aparecessem no mercado.

 

 

 

QLED

A QLED (Quantum Light Emiting Diode) é uma espécie de evolução da LED. Tem o mesmo princípio base de contar com uma luz de fundo, uma capa de cristal líquido, a capa de cores e a tela de visualização, com a diferença em utilizar retroiluminação de LED branca.

A Samsung é a responsável pela criação das telas QLED, que usam uma luz de fundo azul combinada com uma capa de pontos quânticos entre a luz de fundo e a capa de LCD. Os pontos reproduzem a luz azul emitida e a convertem em vermelho e vede, e essa combinação gera uma retroiluminação branca perfeita.

O resultado é um branco de tela muito mais preciso, com cores mais vibrantes e próximas realidade. A grande vantagem das telas QLED é um colorido mais intenso, com menor saturação, um maior brilho e melhores ângulos de visão.

As telas QLED são muito competentes na hora de exibir uma excelente qualidade de imagem. Porém, o seu grande problema é ser uma tecnologia exclusiva da Samsung, o que obriga aos usuários a pagar o preço exigido da empresa coreana para obter essa qualidade de imagem em casa.

 

 

 

OLED

A OLED (Organic Light-Emiting Diode) se caracteriza por contar com uma película de carbono dentro da tela, logo atrás da tela de cristal. Aqui, a emissão de luz é composta por várias películas orgânicas entre os condutores, permitindo assim que cada pixel se ilumine de forma individual.

As TVs OLED contam com duas grandes vantagens em relação às demais tecnologias: são muito mais finas e muito mais eficientes nos aspectos energéticos que as TVs de LED e QLED, além de entregar um tom preto perfeito, já que seus pixels são desligados individualmente quando essa cor está presente.

As telas com tecnologia OLED entregam os tons negros mais puros de todos, e essa característica pode fazer toda a diferença na hora de reproduzir conteúdos na televisão.

Recentemente, testamos e analisamos uma unidade da LG OLED C1, e podemos dizer que esta tela entrega a melhor qualidade de imagem para quem gosta de ver conteúdos na TV em alta definição ou em 4K.

 

 

 

Qual é a melhor tecnologia de imagem?

A resposta não é a mesma para todas as pessoas, pois cada usuário tem diferentes necessidades com o dispositivo. Além disso, cada tecnologia possui os seus pontos positivos e negativos que precisam ser analisados com critério por cada cliente.

Se você busca a máxima qualidade de imagem possível, você deve investir em uma TV com as tecnologias QLED ou OLED Mesmo assim, é preciso avaliar todos os pontos implícitos em cada escolha.

Se o seu orçamento é limitado, as TVs de LED são as mais adequadas, porque são mais acessíveis. Dá para ver TV sem problemas com essas TVs, mesmo que a qualidade de imagem seja inferior em relação às demais tecnologias.

É o tipo de tela recomendada para os usuários menos exigentes, ou para aqueles que querem economizar na hora de adquirir uma TV para ver conteúdos por streaming, TV aberta ou TV paga.

No caso das telas QLED e OLED, cada usuário deve decidir qual das duas tecnologias melhor se adapta ao que você está procurando na sua experiência de consumo de conteúdo televisivo ou na hora de reproduzir jogos de videogames nessas telas.

Os negros mais puros, a maior precisão de cores, melhor nível de contraste e a maior economia de energia oferecidos pela OLED devem compensar o menor nível de brilho que essas telas entregam. Sem falar que essas telas são mais propensas ao nefasto efeito burn-in, que é quando a tela fica marcada por reter um elemento de uma imagem estática, mesmo quando essa imagem não está em exibição na tela.

Sem falar que as TVs OLED são as mais caras do mercado, o que pode fazer um certo sentido neste momento, já que é a tecnologia que entrega a melhor qualidade de cores e imagem que você pode encontrar.

 

 

 

Qual foi a tecnologia de tela que eu escolhi?

O dinheiro normalmente manda na hora de tomar esse tipo de decisão. Logo, a regra aqui é muito clara: se o seu orçamento é limitado, compre uma TV de LED; se você tem como investir na melhor qualidade de imagem da sua nova Smart TV, escolhe uma QLED e, em maior medida, uma OLED.

Deixando de lado o dinheiro, as duas tecnologias de tela mais interessantes neste momento são a QLED e a OLED.

A melhor qualidade de imagem hoje é a OLED, e a melhor relação custo-benefício está na QLED. No meu caso, escolhi a OLED, pois era a melhor tecnologia de reprodução de imagem para a maior diversidade de conteúdos que eu normalmente consumo todos os dias.

Mesmo assim, considere a QLED como uma opção de compra, principalmente se essa TV será instalada em um cômodo muito iluminado. Neste caso, você vai precisar do brilho mais potente possível para compensar.

 

 

 

Conclusão

Este post tem todas as informações básicas e necessárias para que você possa decidir sem maiores dificuldades qual é o tipo de tela que a próxima Smart TV que você vai comprar deve ter.

Lembrando sempre que o tipo de tela é apenas um dos parâmetros que você deve analisar antes de realizar o investimento em sua futura Smart TV. Considere outros aspectos que são igualmente importantes na hora de assistir TV, como gasto energético, tecnologias disponíveis, conectividade entre outros.

No final, a melhor tecnologia de tela de TV é aquela que melhor vai atender as suas necessidades. Procurar a melhor imagem para o seu cenário é mais importante do que simplesmente comprar a mais cara TV do mercado apenas porque ela teoricamente pode oferecer a imagem perfeita.

Lembre-se sempre: nem tudo o que é bom para mim vai necessariamente ser bom para você, e essa é a grande graça disso tudo. Os resultados sempre podem variar, felizmente.


Compartilhe