TV desbancou o celular no entretenimento em casa em 2020

Compartilhe

O ano de 2020 não foi fácil para ninguém. Bem sabemos o que passamos, e estamos sentindo o impacto de todos os eventos em nossas vidas até hoje. A boa notícia é que estamos no começo do fim e, quem sabe, em dezembro de 2021 estamos em um cenário muito mais otimista e próspero.

Porém, pelo menos por enquanto, eu peço: aguente mais um pouco, e fique em casa. Eu sei que você já está no limite, e eu também. Mas precisamos suportar por mais algum tempo o desejo de sair por aí abraçando desconhecidos e se aglomerando com gente suada no carnaval de Salvador.

Algo que, particularmente, eu nunca quis na minha vida. E depois da crise sanitária global, é o que eu menos quero.

Mas vamos falar mais um pouco sobre televisão. Ou melhor, sobre TV por assinatura, que foi um dos segmentos que mais se beneficiaram com todos os eventos de 2020. Com as pessoas ficando mais tempo em casa, ver TV foi ima das práticas mais adotadas para obter um pouco de higiene mental. E nesse aspecto, a SKY, operadora de TV por assinatura líder no segmento DTH (Direct-to-Home), adotou várias iniciativas ao longo do ano para deixar a sua vida um pouco mais leve.

E agora, ao final de 12 meses, apresenta algumas conclusões que se alinham com esses esforços.

 

 

 

TV, a principal ferramenta de diversão em casa

 

A SKY publicou os resultados de uma pesquisa que a empresa realizou com os seus assinantes, para analisar o comportamento dos usuários durante esse período de crise. E constatou algo bem interessante: diferente do que poderia se imaginar, foi justamente a TV que se tornou a principal tela das pessoas em casa, superando o celular, tão popular entre os jovens.

Algo relativamente lógico para o cenário atual. Normalmente o celular está diretamente associado ao conceito de mobilidade, ou seja, consumir conteúdos em qualquer lugar. E quando estamos em casa, queremos ver esse conteúdo na maior tela disponível em nossa residência. Por isso, a TV volta a ser a protagonista em um ambiente doméstico.

Foram consultados 9.540 assinantes da SKY nas suas plataformas pré e pós-paga do serviço de TV. Pelo menos 54% dos entrevistados revelaram que usam as Smart TVs como principal ferramenta para diversão e consumo de conteúdo televisivo, superando o celular, que ficou com 48% da preferência dos usuários.

Nos últimos meses, as pessoas também redescobriram a experiência de assistir TV em família. Pelo menos 48% dos entrevistados abraçaram a prática nos últimos meses, e a maioria dos usuários naturalmente passou a assistir mais TV, já que passaram pelo menos cinco horas na frente da tela consumindo os mais diferentes tipos de conteúdos.

Entre os usuários de smartphones, 27% responderam que aumentaram o consumo de conteúdo assistido na televisão, e 48% afirmam que aumentaram entre uma e cinco horas por dia o uso do dispositivo. De novo: algo absolutamente normal, considerando o mundo que vivemos em 2020.

A grande maioria dos assinantes que responderam à pesquisa da SKY (70%) responderam que usam a Smart TV para assistir aos programas de notícias e de jornalismo, enquanto que 36% afirmam que utilizam o SKY Play, a plataforma de streaming ao vivo de TV e vídeos on demand da operadora.

Por outro lado, nem tudo foi ver TV durante esse período. 66% dos entrevistados afirmam que aproveitaram o período que precisou ficar em casa por mais tempo para aproveitar esse tempo adicional com a família, enquanto que 60% decidiram assistir conteúdos mais diversificados.

 

 

Via Minha Operadora


Compartilhe