Compartilhe

A administração Donald Trump anunciou que chegou a um acordo com a ZTE Corp para reativar as operações da empresa nos EUA. Mas para isso acontecer, a empresa asiática precisa cumprir com algumas condições importantes.

O acordo que vai colocar fim ao bloqueio exige que a ZTE pague uma elevada multa, mude a sua gerência e coloque oficiais norte-americanos dentro da empresa para supervisionar suas atividades no país.

O próprio Trump confirmou o acordo e os termos do mesmo em sua conta no Twitter, reforçando as garantias para funcionamento seguro e o pagamento de multa por parte da ZTE de US$ 1.3 bilhão.

Wilbur Ross, secretário de Comércio dos Estados Unidos, tem programada uma visita à China na próxima semana para falar sobre os detalhes do acordo e oficializá-lo.

No mês passado, Washington proibiu a ZTE de comprar produtos dos EUA que são considerados essenciais para o seu processo de produção, o que provocou um forte impacto na empresa.

É importante lembrar que o anúncio do acordo não agradou a nenhum dos lados entre os legisladores norte-americanos, o que pode resultar em complicações políticas no futuro para a ZTE.

 

Via Reuters


Compartilhe