Três truques para fotografar em casa com o seu celular

Compartilhe

Tirar boas fotos com o seu smartphone não deveria ser algo tão difícil assim. Acontece que alguns fabricantes colocam algoritmos e filtros de imagem que deixam como resultado final alguns ruídos e pessoas que mais parecem avatares de videogames do que seres humanos.

Agora, imagine tentar tirar boas fotos dentro de casa, em quarentena. Muitas pessoas estão se valendo da fotografia para tentar manter a sanidade mental em tempo de isolamento social, mas a essa altura do campeonato, está valendo qualquer coisa para se livrar do tédio nesse momento.

Logo, na tentativa em ajudar aqueles que estão explorando as suas habilidades fotográficas dentro de cassa, esse post oferece três dicas para que você possa registrar fotos de boa qualidade em interiores. São dicas simples, mas que podem cair muito bem para aqueles usuários que não contam com muitas habilidades na hora de registrar alguns dos momentos mais emblemáticos da vida.

 

 

 

Cuidado com a iluminação

 

 

A primeira coisa que você deve ter em mente na hora de registrar fotos em interiores é aproveitar ao máximo a luz natural, para que as suas fotos saiam sempre com a melhor qualidade possível. Você consegue isso basicamente em qualquer hora do dia enquanto a luz do sol se estiver presente.

Você pode trabalhar com diferentes ângulos para lidar com as sombras que naturalmente vão aparecer em você e nos objetos. Isso serve especialmente para as fotografias de retrato das pessoas. A regra também pode ser aproveitada para fotografar objetos, mas é preciso também ter cuidado para não estourar a foto com o excesso de luminosidade na imagem a ser registrada.

 

 

 

Cuidado com o cenário escolhido

 

 

O melhor que você pode fazer para fotografar em interiores dentro de casa em seu isolamento social é registrar fotos de retrato, e eu não estou falando de selfies. A fotografia de retrato é basicamente mostrar uma pessoa em um quadro e, nesse quadro, mostrar a sua personalidade em uma imagem estética.

Para fazer isso, tem muito mais ciência envolvida do que você pode pensar, e uma das coisas mais importantes para se obter uma boa foto desse tipo é o cuidado do que vai sair no quadro.

Por exemplo, se você vai registrar uma foto dos seus pais, certifique-se que os dois estão usando roupas confortáveis e um figurino que descreve muito bem quem eles são. Cuidado para que na foto não apareça coisas suas ou de outras pessoas. Por exemplo, uma bola de futebol ou um violão podem ser dois elementos para o retrato, pois podem refletir duas paixões do seu pai.

 

 

 

Experimente sempre! Aprenda sempre!

 

 

Apesar da fotografia contar com algumas regras que precisam ser seguidas, também é muito importante que você experimente por conta, para que você aprenda com essas experiências e, dessa forma, criar imagens artísticas. Agora que todo mundo está com esse tempo livre por causa da quarentena, temos o pretexto ideal para aprender mais sobre algo que pode ser a sua paixão.

Existem alguns cursos gratuitos de fotografia online ou vídeos que falam sobre diferentes tipos de iluminação, enquadramento e outras coisas básicas que todos devem saber. Quem sabe você pode descobrir em você um artista que nem você sabia que existia, e surpreender a internet com isso.


Compartilhe