A Epic Games anunciou que vai distribuir Fortnite para Android via APK no seu próprio site, no lugar de distribuí-lo na Google Play Store. O argumento da empresa para tal medida é que ela não está disposta a pagar para a Google 30% das receitas do jogo, algo imposto pela gigante de Mountain View para manter os apps na loja.

Por outro lado, o Fortnite apenas no site da Epic Games só beneficia à própria Epic Games, resultando alguns problemas para os usuários.

Nesse post, listamos três problemas dessa estratégia.

1. Apps falsos que se fazem passar por Fortnite

O mesmo já aconteceu com Pokémon Go, que não chegou ao mesmo tempo em todos os mercados. Várias versões falsas do jogo com códigos maliciosos apareceram, e foi um festival de dados roubados ou smartphones transformados em máquinas de minar bitcoins.

Isso pode piorar quando sabemos que um jogo é distribuído fora da Google Play Store. Nada impede que gente mal intencionada redirecione os usuários para sites falsos ou lojas de terceiros para download do jogo com códigos maliciosos. E isso já está acontecendo, com supostas versões beta do jogo (que são falsas, repito).

2. Nenhuma proteção para compras não desejadas

A Google Play Store oferece proteção financeira para que as crianças joguem no smartphone sem gerar compras involuntárias nas contas dos pais.

Não é raro disso acontecer, e os games na Google estão protegidas contra esse problema. Mas com o Fortnite fora da Play Store, a Epic Games é a única envolvida no processo, e se ela decide que você tem que pagar por uma compra feita pelo seu filho por erro, você não tem a quem recorrer.

3. Seu smartphone pode ficar desprotegido

Para instalar um app fora da Google Play Store, você precisa remover a proteção de segurança que impede a instalação de origens desconhecidas.

Se você não ativar a proteção depois de instalar o Fortnite, você fica desprotegido em relação a outros apps que podem ser instalados em segundo plano, sem a sua permissão.

E, mesmo que você volte a ativar, todas as vezes que você instalar uma atualização de Fortnite, você terá que voltar a ativar esse recurso. Isso não vai acontecer com o Android 8 Oreo ou superior. Porém, 90% dos smartphones Android contam com uma versão abaixo do Oreo.