A Toshiba apresentou na IFA 2018 o Toshiba Portégé X30T-E, um tablet e notebook conversível com autonomia de 15 horas de uso.

No modo tablet, ele pesa 800 gramas, e como computador portátil (com duas opções de teclado), ele pesa 1.19 kg. O Toshiba Portégé X30T-E possui uma tela mate com luminosidade de 400 nits e SSDs PCIe que permitem um acesso à informação seis vezes mais rápido que outros discos.

O novo Toshiba Portégé X30T-E é pensado na mobilidade. É construído em um chassi de magnésio rígido e leve para a maior segurança, ainda mais com a presença dos padrões militares de resistência MIL STD 810G.

Sua tela de 13.3 polegadas (Full HD) abriga um processador Intel Core de oitava geração, 16 GB de RAM, 1 TB de armazenamento e as já citadas 15 horas de autonomia de bateria, para você trabalhar longe da tomada por muito tempo.

O usuário ainda pode adquirir uma caneta touch Toshiba Universal Stylus Pen com tecnologia Wacom AES 2.0, que permite o uso do conversível como tela de desenho ou anotações, o que torna o dispositivo altamente recomendado para os mais artísticos ou estudantes.

Na conectividade, o conversível inclui duas portas USB 3.0, Gigabit LAN, RGB e HDMI, além de conectividade LTE opcional e porta USB Type-C para recarga das baterias do teclado e do tablet.

 

 

O Toshiba Portégé X30T-E é uma proposta bem atraente, ainda mais em tempos onde o Microsoft Surface é a referência dentro desse tipo de produto. Entrega a mobilidade desejada, e adiciona como plus a resistência mais que bem vinda para todo dispositivo de tecnologia.

As 15 horas de autonomia de bateria se alinham com a atual necessidade do usuário em ser produtivo fora de casa o dia inteiro, sem se preocupar em ter uma tomada por perto.

Eu realmente gostaria de ver um produto como o Toshiba Portégé X30T-E desembarcando no Brasil. Mas preços e datas de lançamento não foram revelados.