Compartilhe

Em 2018, a Sharp comprou a divisão de PCs da Toshiba pelo ridículo valor de 31 milhões de euros. E na IFA 2019 foi apresentado o primeiro notebook dessa nova fase. O Toshiba Dynabook Tecra X50-F é um portátil ultraleve, que se destaca pela tela de 15 polegadas com 470 nits de brilho, e pela sua enorme autonomia de bateria com até 17 horas de uso.

 

 

Um corpo de magnésio para ser resistente a (quase) tudo

A Sharp não reinventa a roda nesse notebook orientado à produtividade empresarial. O novo Toshiba Dynabook Tecra X50-F segue o design de modelos anteriores da família.

O principal destaque do produto é a sua tela IGZO LCD desenvolvida pela Sharp, que consome a metade das demais telas LCD convencionais. Algo curioso para um notebook com tela de 15.6 polegadas e brilho máximo de 470 nits, algo que deveria condicionar a autonomia de bateria, em teoria.

O notebook é gerenciado pelos processadores Intel Core vPro de oitava geração, mas não foram revelados dados sobre RAM e sistema de armazenamento. Destaque para a presença do Windows 10 Modern Standby, um sistema de suspensão de baixo consumo que mantém a conexão de rede e permite sair do modo de suspensão de forma quase instantânea.

A Sharp promete até 17 horas de autonomia e um funcionamento silencioso com o design de ventiladores S-Type. O notebook é muito leve, apesar de sua grande tela (1.36 kg). Sua espessura de 17.6 mm transforma este o mais fino notebook Dynabook da história.

Outro destaque está no seu chassi de magnésio, que é 40% mais leve que o plástico, entregando ao notebook a certificação MIL-STD-810G, garantindo um bom funcionamento em condições de temperatura ou umidade adversas.

 

 

O modelo conta ainda com um sistema de autenticação biométrica dupla, que pode ser utilizado tanto no reconhecimento facial como no leitor de digitais. Nos dois casos, a tecnologia Windows Hello está presente, mas também contamos com uma nova BIOS própria para configurar todos os parâmetros do equipamento. A webcam possui um interruptor para tapá-la, evitando problemas de privacidade.

Este notebook conta com conectividade WiFi 6, além de duas portas USB 3.0, duas portas USB-C com interface Thunderbolt 3 e uma porta HDMI de tamanho completo.

O Toshiba Dynabook Tecra X50-F, fabricado pela Sharp, chega ao mercado no começo de outubro em vários mercados (sem mencionar quais), e seu preço inicial sugerido é de US$ 1.544.


Compartilhe