A interpolação de fotogramas tem como objetivo suavizar o movimento em cenas rápidas. Muitas TVs tem este recurso ativado como padrão. Porém, em algumas situações, a técnica entrega o “efeito telenovela”, gerando artefatos digitais que acabam piorando a qualidade de imagem.

Vários diretores de cinema declararam guerra à interpolação, e querem fazer com que os fabricantes de televisores deixem de ativar a funcionalidade como padrão. Agora, o ator Tom Cruise faz eco nesse discurso.

Em um vídeo publicado em sua conta no Twitter, ele explica rapidamente como funciona a interpolação de fotogramas, e recomenda que o usuário desative essa opção nas suas TVs. O vídeo foi publicado como uma ação promocional do filme Missão: Impossível – Efeito Fallout.

 

 

Cruise explica que a opção de suavidade de movimentos artificial nem sempre coincide com a intenção do criador de conteúdos, e por isso recomendam a desativação. E ele não é o único a criticar o recurso: diretores como os Irmãos Duffer (Stranger Things), Rian Johnson (Star Wars: Os Últimos Jedi), Christopher Nolan e Paul Thomas Anderson também reclamam do processo, com alguns deles afirmando que o recurso faz com que qualquer filme pareça “como se fosse gravado com um iPhone”, ou com um resultado final comparado a uma “diarreia líquida”.

Outros nomes que se uniram ao manifesto contra o ‘smooth motion’ são: James Gunn (Guardians of The Galaxy), Edgar Wright (Baby Driver), Matt Reeves (Dawn of the Planet of the Apes), Chris McQuarrie (Mission: Impossible – Rogue Nation), Christopher Miller (The Lego Movie), Dan Trachtenberg (10 Cloverfield Lane), Reed Morano (The Handmaid’s Tale), entre outros.

 

 

Como desativar esse recurso na sua TV

 

 

Cada fabricante tem um nome específico para o interpolado de fotogramas, mas a maioria deles usa termos como ‘motion’ ou ‘blur’ (ou os dois). Para desligar esse efeito, vá em ajustes de imagem e desative o suavizado de movimentos, ou pelo menos reduza a sua intensidade.

Entre os nomes que os fabricantes usam para esse recurso, encontramos: auto motion, motion boost, HD natural motion, digital clearmotion, TruMotion, smooth 120 Hz ou Intelligent Frame Creation. O recurso até pode melhorar a visualização nos esportes, mas para o entretenimento ele não é bem vindo.