Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Todas as versões do Android lançadas (até agora)

Todas as versões do Android lançadas (até agora)

Compartilhe

O Android existe em nosso mundo (nos aspectos comerciais, com produtos disponíveis para o consumidor final) desde 2008. E tudo o que testemunhamos até agora foi o crescimento da plataforma até ela se tornar a líder no mercado de sistemas operacionais móveis.

É curioso pensar que o TargetHD.net tem o mesmo tempo de vida do Android, com a “pequena diferença” que o sistema operacional do Google dominou 90% do mercado de smartphones. E este blog segue tentando sobreviver dentro desse segmento.

Neste artigo, vamos revisitar de forma muito breve todas as versões já lançadas do Android, além de mostrar como você pode identificar qual é a versão do sistema operacional instalada no seu dispositivo de forma simples e prática.

 

Android 1.0

É a versão do Android que iniciou essa história. Chegou ao mundo em 23 de setembro de 2008, e é pouco comparado com o sistema operacional que conhecemos hoje. Até porque ele contava com poucos recursos na época, mostrando apenas os primeiros traços do que seria no futuro.

Porém, o Android 1.0 já entregava elementos que são importantes até hoje para a plataforma, como as notificações e widgets. Ali nasceu o Android Market, que é o embrião da Google Play Store que conhecemos hoje.

O Android 1.1 chegou ao mercado em fevereiro de 2009, e corrigia uma série de erros detectados nesta primeira versão.

 

Android 1.5 Cupcake

Chegou ao mundo em 27 de abril de 2009, e foi a primeira a incorporar um nome de um doce para indicar que essa é uma atualização principal e/ou importante. Ela refinou aspectos da versão anterior, e trazia como novidade o suporte para teclados virtuais e a incorporação de widgets de aplicativos de terceiros.

 

Android 1.6 Donut

Foi lançado em 15 de setembro de 2008, e trouxe como principal novidade o quadro de buscas rápidas na web. O design do Android Market foi modificado, e agora o sistema operacional se adaptava aos diferentes tamanhos de tela e resoluções, além de receber novidades nos apps de câmera e galeria.

 

Android 2.0 Eclair

Foi lançada em outubro de 2009, apresentando mudanças na interface de usuário, que se tornou mais atraente. Além disso, incorporou as Live Wallpappers e a câmera recebeu suporte para flash LED e zoom.

A versão 2.0.1 chegou ao mundo em janeiro de 2010 entregando melhorias na API, o que fez com que o sistema operacional recebesse as suas primeiras capas de personalização.

 

Android 2.2 Froyo

Chegou ao mundo em maio de 2010, adicionando o suporte para comandos de voz e os pontos de acesso WiFi, entre outras mudanças importantes. Melhorou sensivelmente a velocidade e o desempenho do sistema operacional como um todo, além de incorporar o suporte para o Adobe Flash, que se fez presente no software até 2021. Recebeu três versões de correção de erros e aumento da segurança geral do sistema.

 

Android 2.3 Gingerbread

Foi lançado em dezembro de 2010, e trouxe como novidades o suporte para o NFC e uma API para jogos. Foi a primeira versão a contar com easter eggs e atualizou de forma mais direta a sua interface. Recebeu um bom número de revisões para corrigir os seus erros, com destaque para a 2.3.4 que incorporou o suporte para chamadas de vídeo no Hangouts.

 

Android 3.0 Honeycomb

Versão exclusiva para tablets que chegou ao mundo em 22 de fevereiro de 2011, oferecendo uma maior integração para as telas maiores e capacidade próprias como a System Bar, uma barra de programas na parte inferior semelhante ao que vemos na barra de tarefas do Windows. Recebeu oito atualizações, até concluir o seu ciclo na versão 3.2.6, lançada em fevereiro de 2012.

 

Android 4.0 Ice Cream Sandwich

Foi lançada em outubro de 2011, e incorporou várias das novidades apresentadas para os tablets na versão Honeycomb. Apresentou a nova interface de usuário Holo, aumentando ainda mais o nível de personalização ao permitir a adição de pastas na área de trabalho e oferecer um seletor de widgets separados em outra aba.

É a primeira versão do Android que permite a captura de telas e inclui o sistema de desbloqueio facial Face Unlock. Foi atualizado até a versão 4.0.4 para corrigir erros e melhorar o seu desempenho.

 

Android 4.1 Jelly Bean

Englobou desde a versão 4.1 lançada em julho de 2012 até a versão 4.3.1. Entregou uma interface de usuário muito mais suave e quase sem lags, além de marcar o nascimento do Google Now, do menu de ajustes rápidos no painel de notificações e melhorias na acessibilidade com o triplo toque para usar a lupa, o zoom com dois dedos ou a navegação por gestos para quem tinha algum tipo de problema na visão. Também marcou a chegada dos emojis de forma oficial e o suporte para o OpenGL ES 3.0.

 

Android 4.4 KitKat

Adicionou as transparências no painel de notificações, na barra de notificação e no Google Now, além de estrear o modo imersivo, que elimina a barra de status e de navegação quando executamos determinados aplicativos. Recebeu atualizações de correção até a versão 4.4.4, que chegou ao mercado em junho de 2014.

 

Android 5.0 Lollipop

Chegou ao mundo em novembro de 2014, entregando uma radical mudança de interface com a estreia do Material Design. Todos os aspectos estéticos do sistema operacional foram modificados com a chegada do novo conceito estético.

Além disso, a Dalvik era substituída pela ART e sua compilação de aplicativos AOT. O Project Volta também estreou, entregando mudanças nos modos de energia e programação para que certas áreas do sistema operacional fossem executadas apenas quando uma conexão WiFi estivesse ativa no telefone, e isso ajudou a reduzir de forma expressiva o consumo de dados móveis, além de aumentar a autonomia de bateria.

O Android Lollipop também marcou a estreia do sistema de buscas para os ajustes, e com a chegada da versão 5.1 em março de 2013, recursos como o sistema de proteção contra roubo após a reinicialização de fábrica e o suporte para vários SIM Card foram adicionados.

 

Android 6.0 Marshmallow

Estreou em outubro de 2015, e incorporou o sistema de permissões para os aplicativos que conhecemos hoje. Também marcou a estreia do Modo Doze para redução do consumo de bateria, além do suporte para o USB Type-C e do leitor de digitais. Em dezembro de 2015, a atualização 6.0.1 corrigiu alguns problemas pontuais.

 

Android 7.0 Nougat

Apareceu em junho de 2016, oferecendo melhorias ao Modo Doze e reduzindo o tamanho dos aplicativos. Agora, você poderia responder de forma rápida a uma notificação, e poderia utilizar o modo de múltiplas janelas. Também estreou o modo de economia de dados e os emojis com diferentes cores de pele. Foi atualizado até o Android 7.1.2.

 

Android 8.0 Oreo

Estreou em 21 de agosto de 2017, e trouxe como principal novidade o Project Treble, sistema criado para melhorar as atualizações, deixando assim os updates mais rápidos. O modo Picture-in-Picture também chegou, assim como o sistema para autocompletar formulários em aplicativos e a redução do número de apps em segundo plano. O Android 8.1 Oreo estreou em dezembro de 2017, oferecendo pequenas mudanças estéticas e correções de erros.

 

Android 9 Pie

Chegou ao mundo em agosto de 2018, e incorporou o sistema de ajustes de brilho e bateria inteligentes, além da navegação por gestos de forma nativa. E também oferece o easter egg mais estranho e psicodélico da história do Android.

 

Android 10

Foi apresentado em 3 de setembro de 2019 e acabou com a tradição dos nomes de doces ou sobremesas na denominação oficial da versão. Traz como novidades a incorporação do Modo Escuro, as respostas inteligentes nas notificações e o novo sistema por gestos. Também permite que o usuário controle melhor as permissões para os aplicativos.

 

Android 11

Chegou ao mundo em setembro de 2020 com poucas novidades na parte estética e apenas alguns ajustes pontuais. As notificações estão ordenadas de forma mais eficiente, as bolhas de chat estreiam no sistema e os controles domésticos são incorporados ao menu de liga/desliga do sistema operacional.

Também recebe o recurso de permissão de uma só vez, para que os apps que estão sem uso há muito tempo percam as permissões concedidas no passado.

 

Android 12

A principal mudança apresentada pelo Android 12 é a interface Material You, que pode variar em função das cores que estão no fundo da tela. Alguns elementos foram redesenhados, e novos widgets foram incorporados.

Os recursos de privacidade foram melhorados com a permissão de localização aproximada, os indicadores visuais quando um aplicativo está utilizando o microfone, a câmera ou a localização, além da incorporação do painel de privacidade.

O Android 12L também foi lançado, e é especialmente pensado nos dispositivos com tela de grande tamanho, como os telefones dobráveis, tablets e Chromebooks.

 

Android 13

É a versão mais recente do Android quando este artigo foi produzido. Melhorou alguns aspectos do Material You, estreou um novo reprodutor multimídia, melhorou o modo de bem-estar digital, adicionou a permissão para acesso às fotos, música e outros documentos, melhorou as funcionalidades da área de transferência e os aplicativos precisam de permissão para enviar as notificações, além de receber o suporte para o Bluetooth BLE.

 

Como saber qual é a versão do Android instalada no seu smartphone

Este não é um procedimento complicado para se executar, e você nem precisa recorrer a aplicativos de terceiros.

Faça o seguinte:

  1. No seu smartphone, entre em Ajustes > Sistema
  2. No buscador que aparece na parte superior da tela, digite Versão do Android, e toque na primeira opção que aparecer na lista de resultados
  3. Aqui, a tela do smartphone vai mostrar a versão do Android que está instalada em seu dispositivo

Outra maneira para obter essa informação é acessar Ajustes > Sobre o telefone e procurar o item que mostra a versão do Android.

Para descobrir qual é a versão mais recente do Android, acesse a lista de imagens OTA disponíveis para os telefones Pixel, que são sempre os primeiros a receber as atualizações do Android. Ao acessar a página da Google Play Services Full OTA Images, vai aparecer uma seção que mostra as últimas atualizações disponíveis. E dessa forma, você descobre qual é a versão mais recente do sistema operacional do Google.


Compartilhe