TikTok. Todo mundo está falando disso.

O aplicativo chinês parece querer dominar o mundo e, convenhamos, parece que está conseguindo. O aplicativo é engraçado, e vai resultar em várias horas de tempo perdido e procrastinação no meio do trabalho ou de algum tempo que você realmente tem livre.

Ainda que muita gente o compare com o Vine, Facebook ou Snapchat, o TikTok tem suas singularidades. É claro que tudo depende de quem você é e quem você segue na plataforma.

Esse post fará um resumo sobre como o aplicativo funciona, da forma mais simples possível.

 

 

TikTok: o que é, e como funciona

 

 

O TikTok é uma rede social de compartilhamento de clipes de ‘música’ ou ‘vídeo’ feitos com a sua imaginação. É a sua chance de re-editar um videoclipe no seu smartphone, compartilhando com o mundo os resultados vindos de sua mente criativa (ou doentia).

Basta ter criatividade para crescer nas redes sociais, ou para ser reconhecido no TikTok. Ou pelo menos seguir pessoas criativas nas plataformas.

Porém, não estamos falando apenas de música. A fusão do TikTok com o Musica.ly fez com que o aplicativo ganhasse força nos conteúdos musicais, mas você pode gravar os seus próprios clipes com até 60 segundos de duração.

O TikTok consegue surpreender, indo além de ser mais uma rede social. O seu crescimento em todo o mundo confirma essa perspectiva. E nem preciso dizer que nesse exato momento Mark Zuckerberg está pensando na sua própria versão do TikTok para o Facebook. Porém, como são mundos muito diferentes, é difícil de imaginar que o menino Zuck consiga reproduzir o mesmo efeito.

Em resumo, vale a pena dar uma olhada no TikTok. Ele está disponível para Android e iOS, e acredito que você vai gostar. Inicialmente ele parece um pouco fora de contexto, mas no final você vai concluir que esta é uma rede social diferente.