Compartilhe

As sequências de postagens no Twitter ficaram populares. Esse recurso foi a forma que as pessoas menos prolixas encontraram para desenvolver melhor os seus pensamentos dentro da rede social. Porém, em alguns casos, eram sequências de mensagens tão longas, que seria melhor que as mesmas fossem publicadas em um blog, apenas para não se tornarem uma coleção eterna de tweets.

Bom, alguém pensou nisso, e criou uma ferramenta que converte as sequências de mensagens no microblog em um bloco de texto único e mais legível. O The.Rip não reinventou a roda, mas ao menos transforma esse monte de tweets em sequência em uma lista em formato MD (Markdown), o que deixa a leitura algo mais agradável.

Mas ele não faz só isso.

 

 

 

O conteúdo do Twitter na sua base de dados

 

 

O Twitter conta com muito conteúdo útil que pode se transformar em documentos de texto. E é aqui a grande graça do The.Rip. O formato MD funciona muito bem com ferramentas de produtividade e armazenamento muito populares, como são os casos do Notion e do Dropbox, além de ser compatível com outros editores de texto e gestores de notas menos conhecidos.

Seu funcionamento é simples e prático: basta copiar a URL da sequência de postagens do Twitter no The.Rip para obter toda a série de mensagens convertidas em MD. Você também pode adicionar the.rip? antes da URL do nome do usuário em questão para que a conversão aconteça de forma automática.

Isso mesmo. Aqui, é o nome de usuário, e não o link com a sequência de mensagens, pois o The.Rip também permite a extração dos últimos likes registrados por qualquer usuário do Twitter. Em alguns casos, esse recurso pode ser muito útil para algumas mentes mais criativas.

 

 

No momento em que esse post foi produzido, o The.Rip só poderia listar até 40 tweets de uma sequência de mensagens, ou os 40 últimos likes de um usuário. Apenas as sequências de tweets produzidas nos últimos 7 dias podem se transformar em texto (por enquanto), ou pelo menos até que a busca de arquivos do Twitter volte a se tornar ativa com a próxima versão do API do microblog.

O The.Rip é gratuito (por enquanto), de modo que vale a pena você realizar o teste o quanto antes.


Compartilhe