Telegram vai lançar seu blockchain e criptomoeda antes de 31 de outubro | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Telegram vai lançar seu blockchain e criptomoeda antes de 31 de outubro | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Notícias | Telegram vai lançar seu blockchain e criptomoeda antes de 31 de outubro

Telegram vai lançar seu blockchain e criptomoeda antes de 31 de outubro

Compartilhe

No final de 2017, em plena efervescência do Bitcoin e de outras criptomoedas, o Telegram anunciou que lançaria o seu próprio blockchain e uma criptomoeda, com o objetivo de revolucionar o mercado das ICOs. Porém, pelo menos até agora, tudo ficou na promessa.

Em maio de 2018 e com mais de US$ 1.7 bilhão de dólares de investidores privados, o Telegram decidiu cancelar o programa de forma oficial. E o assunto foi dado como encerrado… até agora.

O The New York Times revela hoje (de forma surpreendente até) que o Telegram decidiu reativar o projeto, e pode anunciar em breve o TON como seu blockchain e o Gram como sua criptomoeda. Ambos estariam prontos para serem anunciados antes de 31 de outubro.

 

 

Não é Gram tudo o que reluz

 

 

De acordo com o jornal norte-americano, o principal motivo para o Telegram acelerar com esse projeto e justamente para não perder esse investimento multimilionário. Entre as cláusulas do contrato fechado com os investidores, está fixada a data de 31 de outubro de 2019 como limite para o lançamento das duas iniciativas.

Ou seja, os quase 300 milhões de usuários do Telegram teriam acesso a uma carteira digital para o Gram, a criptodivisa pensada para realizar transações financeiras dentro da plataforma. Além disso, o objetivo principal da iniciativa é transformar o Gram em uma criptomoeda capaz de competir com o Bitcoin, Etrereum ou Ripple, entre outras, além de servir como depósito de valor e sistema de transferência de dinheiro segura a partir de qualquer lugar.

 

 

Inicialmente, pode entrar em circulação 2,89 milhões de Grams, que seriam o equivalente aos US$ 1.7 bilhão aportados em investimentos. Nesse ponto, vale a pena lembrar uma diferença importante dessa moeda virtual com a Libra, a alternativa do Facebook: o valor do Gram terá uma grande volatilidade, similar a das outras criptomoedas, e não estará respaldada pelo dinheiro flat.

Sem falar que o Telegram terá que enfrentar governos e órgãos regulatórios em um cenário que será muito similar ao que o Libra está vivendo nesse momento. Os agentes financeiros tradicionais não parecem estar dispostos a facilitar tais alternativas, que são muito interessantes dos pontos de vista tecnológico e econômico, mas que não estão isentas de risco.

Assim como é possível ganhar muito dinheiro com as criptomoedas, existe a grande possibilidade de perder muito dinheiro do dia para a noite.

 

 

 

Via The New York Times


Compartilhe