Arquivo para a tag: wwdc 2016

iOS 10 finalmente permite a remoção de aplicativos pré-instalados

by

appa-borradas-ios10

Convenhamos: todos nós temos uma pasta onde deixamos todos os aplicativos do iOS que nunca são utilizados. E só fazemos isso porque não podemos remover esses aplicativos do sistema. Porque a Apple não deixa. Bom, não deixava. Isso acaba no iOS 10.

A próxima versão do sistema operacional móvel da Apple, anunciada ontem (13) durante a WWDC 2016, vai permitir finalmente que o usuário remova praticamente todos os aplicativos presentes como padrão (alguns considerados importantes pela Apple permanecerão no sistema, como era de se esperar), dando ao usuário um maior controle e liberdade na configuração do seu smartphone.

Até agora, alguns aplicativos nativos não poderiam ser apagados nunca, tirando espaço útil de armazenamento daqueles que nunca usam recursos como FaceTime, iBooks ou o Watch. Com o iOS 10, esses aplicativos da Apple poderão ser desinstalados. O processo de remoção é o mesmo já utilizado para os aplicativos de terceiros, e caso o usuário mude de ideia, pode simplesmente ir na App Store e realizar o download e instalação do app já removido.

Já era tempo para isso, Apple!

A seguir, a lista de aplicativos que poderão ser removidos dos iOS 10:

Bolsa (o widget some da Central de Notificações)
Buscar Meus Amigos
Bússola
Calculadora (também será removido da Central de Controle)
Calendário
Casa
Contatos (sua agenda continua disponível no Telefone)
Dicas
FaceTime
Gravador
iBooks
iCloud Drive
iTunes Store
Lembretes
Mail
Mapas
Música (também será removido do CarPlay)
News (ainda não, mas será possível removê-lo em futuros betas)
Notas
Podcasts (também será removido do CarPlay)
Tempo (o widget some da Central de Notificações)
Vídeos
Watch (é necessário desconectar o Apple Watch)

Via Twitter (Karissa Bell)Mashable, Apple

iOS 10 é apresentado oficialmente

by

iOS 10

A Apple apresentou durante o keynote inaugural da WWDC 2016 o iOS 10, nova versão do seu sistema operacional móvel. Desse modo, antecipou as novidades que os usuários do iPhone receberão de forma gratuita até o final de 2016.

O iOS 10 chegará ao mercado com importantes novidades na interface do sistema operacional e em algumas funcionalidades. Nesse post, temos as principais características ou melhorias antecipadas pela Apple.

iOS 10-02

O acesso à informação acontece de forma mais direta no iOS 10. As notificações são mais atraentes, com mais informações, visualmente mais potentes e com interações diretas especialmente pensadas no 3D Touch, que ganha mais relevância. Na tela de bloqueio, teremos widgets e novidades na central de controle.

iOS 10-03

O Siri será mais útil no iOS 10, uma vez que a Apple abriu o seu API para terceiros, ainda que centrado em mensagens, aplicativos esportivos, pagamentos, buscas e outros recursos.

iOS 10-04

O Quicktype é a novidade relacionada ao teclado do iOS 10. Atua em sintonia com o Siri e além das típicas sugestões de texto ou troca de idiomas do teclado de forma automática, o Siri será o encarregado de oferecer informações relacionadas, que podem se encaixar com nossas respostas, como contatos ou agendamentos no calendário.

iOS 10-05

O aplicativo Fotos recupera seu protagonismo, e duas das novidades mais interessantes estão relacionadas com a busca, mais completa em seus filtros, assim como o modo de reconhecimento de faces. Também está mais potente o reconhecimento de objetos e cenas para as buscas. Foi adicionada a função Memories, onde é possível montar álbuns de fotos que o iPhone agrupa sozinho.

iOS 10--06

O Apple Maps melhorou a sua função de realizar reservas em restaurantes ou em serviços diretamente do aplicativo. Foi reformulado, incluindo a versão para CarPlay, com melhores indicações durante a direção, zoom automático e mais detalhes personalizados. Além disso, o Maps vai se adaptando ao nosso uso, e adiciona alertas de tráfico em regiões compatíveis.

iOS 10-07

O Home é um novo aplicativo do iOS 10, destinado ao controle dos dispositivos compatíveis com o HomeKit, inclusive usando o Siri por meios de comandos e instruções mais intuitivas.

iOS 10-08

O aplicativo de Mensagens segue exclusivo do iOS, mas oferece a possibilidade de incluir alertas e lembretes, mais formatos de mensagens com vídeos e imagens, respostas rápidas e conexão direta com outros serviços e aplicativos.

Por fim, temos a lista de dispositivos compatíveis com o iOS 10. O destaque é a saída de dispositivos como iPhone 4s, iPad mini e iPad 2, após cinco anos de suporte:

iPhone 5
iPhone 5c
iPhone 5s
iPhone SE
iPhone 6
iPhone 6 Plus
iPhone 6s
iPhone 6s Plus
iPad 3
iPad 4
iPad Air
iPad Air 2
iPad Pro
iPad Mini 2
iPad Mini 3
iPad Mini 4

Sai OS X, entra macOS (Sierra)

by

macos-sierra-01

A Apple anunciou hoje a mudança do nome do seu sistema operacional para desktops, abandonando o termo OS X para adotar oficialmente o macOS, seguindo assim as grafias iOS, watchOS e tvOS. Aproveitou a oportunidade para apresentar as novidades da nova versão do software, a macOS Sierra, que traz como principal novidade a chegada do Siri ao desktop.

macos-sierra-02

A Apple começou falando de várias melhorias menores no sistema operacional, que se somarão à outras tantas nos próximos meses, como modos para desbloquear o equipamento sem senhas adicionais, com a ajuda do Apple Watch, opções de copiar e colar qualquer elemento de qualquer aplicativo, de qualquer dispositivo, o iCloud Drive, que passa a oferecer acesso remoto à área de trabalho de nossos equipamentos e dispositivos que temos no dia a dia, gerenciamento de armazenamento, com liberação de mais documentos nas unidades internas, suporte ao Apple Pay e suporte de abas para aplicativos. Outra característica do novo macOS Sierra é o Picture in Picture, que favorece o trabalho enquanto consumimos outros conteúdos.

macos-sierra-03

Uma das opções mais esperadas é o principal protagonista entre as novidades do macOS Sierra: o Siri. O assistente estará sempre disponível e mostrará suas respostas – além de conversar conosco – na parte superior direita da tela, onde também podemos interagir com esses resultados de forma direta.

A Apple quis destacar a capacidade do Siri de fazer buscas complexas de arquivos (por exemplo) e filtrar essas buscas por contexto: depois de uma primeira busca, era possível adicionar mais termos de busca específicos para que o Siri atue sobre as buscas recém realizadas.

macos-sierra-04

O macOS Sierra estará disponível para desenvolvedores a partir de hoje (13), e sua beta pública estará disponível durante o mês de julho. A versão final será lançada “no outono (do hemisfério norte) de 2016”, mas sem especificar datas concretas. A atualização do OS X para o macOS Sierra será gratuita.

watchOS 3 é anunciado oficialmente

by

watchOS 3

A Apple apresentou na abertura da WWDC 2016 o watchOS 3, importante renovação do seu sistema operacional para relógios inteligentes.

Sem um novo hardware no horizonte, o novo software conta com melhorias no desempenho e pequenos detalhes que tornam mais úteis os aplicativos e serviços da Apple. Nesse momento, serviços de terceiros e da própria Apple no Apple Watch é sinônimo de lentidão nos lançamentos e atualizações. Com o watchOS 3, a promessa é de um início imediato da apps, ganhando muito em usabilidade.

Além dessa melhoria, foram introduzidas novas usabilidades para o botão integrado ao relógio, que agora abre os seus contatos. Será a partir de agora uma espécie de botão iniciar, onde podemos ter acesso rápido aos aplicativos mais utilizados.

watchOS 3-02

As esferas também receberam novidades, com um maior colorido e opções quando exibimos as informações, especialmente a partir do modo de exercício, que estreia uma esfera exclusiva e muito visual. As esferas podem ficar mais discretas, com um simples deslizar do dedo na tela principal.

Ah, sim… é possível mudar a cor do vestido da Minnie agora. Nossa… que inovação… #ironic.

watchOS 3-03

Nas mensagens, a maior novidade é o Scribble, que permite escrever sobre o relógio os caracteres de um texto curto como resposta ou primeira mensagem, sendo o relógio capaz de reconhecer. Outra opção adicionada é o de chamada de emergência (para EUA e Europa), que é acessado pressionando o botão de relógio, com uma nova opção para essa chamada.

Na parte de ajuda, temos o aplicativo de lembretes, o Find my Friends ou configurações de temporizadores mais diretos com tempos pré-estabelecidos, de modo que com simples gestos e sem tocar a coroa podemos iniciar essas funções.

watchOS 3-04

Uma das funções mais usadas do Apple Watch é o da atividade. Mas diante de outras soluções, os dados só conseguem criar um histórico do usuário. Com o watchOS 3, a Apple introduziu o Activity Sharing, que compartilha nosso progresso e interage com outros contatos para criar modos de competição ou social.

A Apple também anunciou que teremos novas APIs no watchOS 3. O objetivo é oferecer aos desenvolvedores de aplicativos o melhor e mais amplo acesso às funções até agora reduzidas, como os pagamentos com o Apple Pay ou dados de saúde, como o ritmo cardíaco.

watchOS 3-05

A versão para desenvolvedores do watchOS 3 poderá ser instalada hoje (13), mas a versão definitiva só chega no final do ano. Quem sabe com o lançamento de um novo Apple Watch.

watchOS 3-06 watchOS 3-07 watchOS 3-08 watchOS 3-09 watchOS 3-10 watchOS 3-11 watchOS 3-12

MacBook Pro 2016 teria tela OLED touch e Touch ID

by

macbook-pro

A Apple deve apresentar uma renovação na sua linha de notebooks, através do MacBook Pro 2016. O notebook seria anunciado na WWDC 2016 em junho.

Os rumores apontam que a principal novidade do MacBook Pro 2016 será uma tela multitouch OLED situada acima do teclado, que ofereceria outras formas de interação, substituindo o uso de uma parte do teclado. Também contaria com um leitor de digitais Touch ID, o mesmo presente nas últimas gerações do iPhone.

Até o momento, a Apple se recusa a criar um notebook com tela touch, para não canibalizar de vez o iPad. Sua alternativa nesse aspecto é o iPad Pro, que compete com os 2 em 1 conversíveis com Windows que invadem o mercado. Não sabemos se a estratégia está dando resultado, mas recentemente os Chromebooks superaram em vendas os Macs nos Estados Unidos, e essa notícia é relevante. As vendas de computadores da gigante de Mountain View caíram no primeiro trimestre, e mesmo não sendo o principal segmento da empresa, mudanças são necessárias.

Outras mudanças esperadas para o MacBook Pro 2016 estão na redução de espessura e peso, se aproximando do design do MacBook Air, além da renovação do hardware interno centrado nos processadores Intel Skylake. Contariam com portas Thunderbolt 3 via USB Type C e gráficos móveis AMD da nova geração (Polaris).

A Apple manteria dois modelos com tamanhos de telas de 13 e 15 polegadas, completando a linha com o ultraleve MacBook de 12 polegadas.

A WWDC deve confirmar ou desmentir toda a verdade. Os novos MacBooks estariam disponíveis no mercado a partir do terceiro trimestre de 2016.

Via MacRumors

Siri revela as datas da WWDC 2016

by

wwdc-2016-04

O Siri, famoso assistente pessoal da Apple, ao ser questionado quando vai acontecer a próxima edição da WWDC, evento de desenvolvedores da empresa, revela a data correta: de 13 a 17 de junho, em San Francisco (EUA). A informação não foi anunciada pela Apple, nem mesmo em sua página oficial do evento foi atualizada com essa informação.

Estaria a Siri errada? Não sabemos. Vamos aguardar.

 

Novos iOS 10, MacOS, watchOS, tvOS e provavelmente MacBooks

macbooks-apple

Como já é uma tradição da WWDC, a Apple deve apresentar as renovações dos seus sistemas operacionais: novas versões do iOS para iPhones e iPads, watchOS para Apple Watch, tvOS para o novo Apple TV, e muito provavelmente a esperada (e muito especulada) renovação e mudança de nome do OS X para MacOS.

Se os rumores estiverem corretos, é bem provável que uma atualização da linha MacBook seja anunciada, entregando um notebook ainda mais fino, novas cores, melhorias na tela e nas especificações.

Ainda esperamos por uma confirmação oficial da Apple sobre a data da WWDC 2016. Por enquanto, podemos confiar no Siri, já que em outras oportunidades ele revelou detalhes importantes, e não parece que dessa vez é um erro, já que a informação está disponível em todos os idiomas. Pode ser que em um futuro próximo os dados não estejam mais disponíveis, com a resposta sendo um “a WWDC ainda não foi anunciada”.

Via 9to5Mac

Apple deve apresentar o Apple Watch 2 em junho

by

apple-watch

A Apple deve apresentar a nova versão do seu smartwatch, o Apple Watch 2, durante a WWDC 2016 de junho. A informação se alinha com os rumores anteriores, e vem através de um analista de Wall Street, Drexel Hamilton, que visitou uma das fábricas que fornecem componentes para a gigante de Cupertino na China.

A principal novidade do Watch 2 no seu design seria uma importante redução de espessura do dispositivo estimada entre 20% e 40%. Outra melhoria seria na autonomia de bateria e nos tempos de recarga, carências detectadas na primeira geração do dispositivo.

O Apple Watch 2 incluiria GPS e uma câmera FaceTime, mas não sabemos se a Apple manterá o design retangular ou se vai seguir a tendência de relógios circulares e mais similares aos relógios clássicos. Também é especulada uma nova tela OLED fornecida pela Samsung, adicionando assim outro fornecedor de telas além da LG. As telas mais leves e finas permitiriam a inserção de uma bateira maior.

O Watch 2 deve atualizar o chipset Apple S1 de primeira geração, com o salto para os 64 bits, dual core e aumento da frequência de trabalho. Também espera-se melhorias na GPU e o dobro de memória RAM, alcançando assim os 1 GB.

AppleWatch_2

Mas além das necessárias melhorias no design, autonomia e configurações, a Apple terá que demonstrar o valor desse tipo de dispositivos. Enquanto um smartphone se tornou uma necessidade na maioria das nossas vidas pelo aumento de funções que vão muito além das comunicações por voz, o smartwatch ainda tem um longo caminho a percorrer antes de chegar nesse nível. Ainda que o Apple Watch lidere o segmento, as vendas estão abaixo das previsões iniciais.

A Apple aproveitou o evento de lançamento do iPhone SE e iPad Pro para reduzir o preço do Apple Watch e oferecer uma nova coleção de pulseiras. Um movimento que reforça o sentido da apresentação do Apple Watch 2 em junho.

Via SlashGear