Arquivo para a tag: windows media center

Cinco alternativas ao Windows Media Center no Windows 10

by

windows-media-center

O Windows Media Center não fará parte do Windows 10, nem como parte do sistema, nem como aplicativo independente. Uma morte anunciada, já que a central de entretenimento multimídia para computadores pessoais estreada no Windows XP não era atualizada há anos.

Obviamente, há alternativas melhoradas para substituir o Windows Media Center no Windows 10. Nesse post, recomendamos cinco dessas alternativas.

 

XBMC/Kodi

XBMC_home

A opção mais clara é o Kodi (antigo XBMC) que começou como um hack para o Xbox original, se transformando em uma central multimídia completa de código aberto e gratuito para quase todas as plataformas, incluindo Windows, OS X, Linux, Android, iOS e até Mini PCs com Raspberry. Funciona muito bem, é constantemente atualizado e possui um grande apoio entre a comunidade, com temas que deixam a interface ao gosto de qualquer usuário.

 

Plex

Plex-Browse-Content

O Plex nasceu a partir do XBMC, e é um completo reprodutor de conteúdo multimídia, fazendo as vezes de servidor quando necessário. Fácil de configurar, realiza o streaming de conteúdo a partir de um computador para dispositivos móveis, além de ser compatível com os serviços de armazenamento na nuvem, como Dropbox ou Google Drive.

 

MediaPortal

MediaPortal

Como O XMBC/Kodi, o MediaPortal é de código aberto e livre, e tem um PVR completo no estilo do TiVo, incorporado para a gravação de TV (através de um cartão de TV). Centenas de plug-ins e skins estão disponíveis, e o aplicativo também suporta o streaming e gravação de rádio ao vivo.

 

JRiver MediaCenter

JRiver-Media-Center

Não é grátis, e nem é barato (US$ 49), mas é uma opção premium. Oferece suporte para áudio, vídeo e fotos, assim como suporte de rede para dispositivos DLNA. Seu ponto forte é a reprodução de música a partir de qualquer dispositivo.

 

Emby

emby

Como o Plex, o Emby inclui um reprodutor e servidor de mídia, conectividade simples, transmissão de TV em streaming, suporte DLNA, sincronização móvel na nuvem, controle dos pais e uma atraente interface. Gratuito, está disponível para Windows, Mac ou Linux, contando com aplicativos para as plataformas móveis e dedicados para Android TV, Chromecast, Roku ou Amazon Fire TV.

Xbox One pode incorporar um DVR no lugar do Windows Media Center

by

xbox-one-logo

Com o fim do Windows Media Center, a Microsoft busca potencializar o ecossistema do Xbox para as funções de multimídia em seus produtos, de modo que a empresa pode incorporar um DVR ao Xbox One.

O DVR é capaz de gravar a programação dos canais de TV, algo que é planejado pela Microsoft no seu console a algum tempo, mas só agora começa a tomar forma. Hoje, o Xbox One possui um sintonizador que permite alguns truques, como pausar e retroceder nos eventos. Porém, o DVR daria um passo além, oferecendo uma solução muito mais flexível.

A Microsoft está avançando nos seus planos de transformar o Xbox One algo mais do que um console de videogames. A empresa comentou que a função de jogos é apenas mais uma que o console de última geração oferece, e que eles tentam focar cada vez mais a sua descrição como a de um dispositivo multimídia.

O seu principal concorrente – o PlayStation 4 da Sony – já conta com a função de DVR, mas que está disponível apenas para os assinantes do serviço Vue TV, algo que sai caro demais para a maioria dos usuários.

19361979

Xbox One na cor Branca

Via Engadget

Adeus, Windows Media Center!

by

WindowsMediaCenter

O Windows Media Center não fará parte do Windows 10, nem como parte do sistema operacional, nem como aplicativo indepentende. Executivos da Microsoft confirmaram a decisão em uma reunião privada na BUILD 15.

 

A central de entretenimento multimídia estreou no Windows XP, incluindo versões premium no Vista e Windows 7. Além disso, alguns fabricantes comercializaram PCs Media Centers com o aplicativo. O Windows Media Center já ficou de fora no Windows 8, mas poderia ser instalado em sua versão paga.

No Windows 10, ele será eliminado definitivamente, e quando o usuário atualizar o seu dispositivo do Windows 7 para o Windows 8.1 ou Windows 10, ele receberá um aviso para desinstalar o Windows Media Center, por razões de compatibilidade.

É a morte anunciada de um aplicativo que não era atualizado há seis anos. A Microsoft apostou no ecossistema Xbox como central multimídia, sem falar que existem alternativas de terceiros que funcionam muito melhor.

Via ZDNet