Arquivo para a tag: windows 10 mobile

Microsoft explica a ausência do Windows 10 Mobile na BUILD 2016

by

Windows-10-BUILD-2016

Muitos perceberam a ausência do Windows Phone (ou Windows 10 Mobile) da BUILD 2016. O sistema operacional móvel da Microsoft só apareceu no evento de forma indireta, essa ausência gerou especulações do tipo “o Windows Phone/Windows 10 Mobile morreu?” (inclusive da nossa parte).

É fato que a plataforma móvel de Redmond não passa pelo seu melhor momento, e que a Microsoft tomou decisões questionáveis, como a de atualizar de forma limitada os dispositivos com Windows Phone 8.1 para o Windows 10 Mobile, descumprindo a promessa de atualizar ‘todos os dispositivos que utilizam o Windows Phone 8.1’.

Diante de tudo isso, Terry Myerson, vice-presidente executivo do grupo de Dispositivos e Windows na Microsoft, deu uma entrevista para o The Verge, onde garante que os smartphones NÃO SÃO a prioridade da Microsoft em 2016.

A seguir, a tradução literal das palavras de Myerson, pra que você, amigo leitor, tire suas próprias conclusões. Como sempre, convido você a dar a sua opinião, e ainda que seja evidente que eles deixem o tema dos smartphones em um segundo plano, é preciso ter em mente que a decisão deles é compreensível, já que eles estão mais focados nos temas da convergência.

Com a palavra, Terry Myerson:

“Estamos plenamente comprometidos com as telas de 4 polegadas, e chegará o momento em que este será o nosso objetivo. Nesse momento é parte da família, mas não é o núcleo onde espero gerar o interesse dos desenvolvedores durante o próximo ano. Não é necessário entrar em detalhes sobre a importância do fator de forma, mas tanto para a Microsoft como para o ecossistema Windows é um objetivo equivocado”.

Via Neowin

O Windows nos smartphones ‘morreu’? A julgar pela BUILD 2016, sim!

by

windows-10-mobile

A Microsoft não fez NENHUMA MENÇÃO ao Windows 10 Mobile durante a cerimônia inaugural da empresa na BUILD 2016. Nada. Zero.

Muitas novidades, surpresas e avanços foram apresentados para o Windows 10 e a sua tão aspirada convergência, além de um futuro promissor para assuntos como os bots conversacionais. Mas a plataforma móvel foi completamente esquecida. Totalmente ignorada.

Isso é surpreendente, vindo de uma empresa que defende como slogan o “Mobile first, cloud first”, e que parecem ter deixado de lado todos os seus esforços aplicados no segmento dos smartphones. O futuro do Windows nos dispositivos móveis parece estar seriamente comprometido quando vemos o desleixo e falta de cuidado que os principais responsáveis pela Microsoft dedicaram ao tema durante o keynote de hoje.

 

#WhereIsWindows10Mobile?

microsoft-build-2016

A cota do Windows Phone não para de cair, o catálogo de smartphones não cresce, o catálogo de aplicativos não mostra sinais de melhora, e a chegada da versão final do Windows 10 Mobile foi muito tímida, deixando vários smartphones que antes foram prometidos como atualizáveis sem o novo software. A Microsoft frustrou muita gente ao broxar um anúncio que era esperado por muitos usuários há meses, ao decidir que a versão final do software só está disponível para parte dos dispositivos teoricamente compatíveis.

Um ou outro Lumia foi visto durante a apresentação para as demonstrações do Cortana (que por sua vez também está disponível para o Android e o iOS), mas não houveram menções para novas melhorias ou características para os desenvolvedores nessa plataforma, ainda que seja evidente que muitos dos anúncios de hoje em diversos âmbitos poderão perfeitamente ser aproveitados pelos usuários do Windows 10 Mobile.

Sabemos que muitos leitores do TargetHD certamente vão criticar a nossa visão sobre esse tema. Mas é difícil ter esperanças no Windows 10 Mobile quando o mesmo se vê afetado por tantos problemas. São vários obstáculos e muitas notícias ruins. E agora essa ausência total de menção sobre a plataforma no evento para desenvolvedores.

Muitos esperavam com os modelos Lumia 950 e Lumia 950 XL uma verdadeira revolução através do modo Continuum. Porém, o gosto de decepção é enorme ao comprovar que essa visão não cumpre com as expectativas. Mas nem tudo está perdido: pode ser que a Microsoft dedique parte do seu tempo nos próximos dias para o Windows 10 Mobile, mas serão os próximos meses que vão determinar o futuro do sistema operacional.

Por fim, assim como muitos se perguntaram antes do fim de ‘Star Wars: O Despertar da Força’ o #WhereIsLuke, fica a pergunta: #WhereIsWindows10Mobile?

Responda essa pergunta, Microsoft.

Windows Phone 8.1 supera em desempenho o Windows 10 Mobile

by

windows-10-mobile-windows-phone

O Windows 10 Mobile já está no mercado para atualizar apenas 18 dispositivos que contam com o Windows Phone 8.1. A Microsoft alega que vários smartphones não serão atualizados com o novo software para garantir a boa experiência de uso de alguns modelos mais antigos. Isso pode indicar que a versão mais atualizada não é tão otimizada para um bom desempenho. E recentes testes podem confirmar isso.

Todas as vantagens oferecidas pelo Windows 10 Mobile – como experiência unificada, maior integração com outros produtos da Microsoft, compatibilidade com o modo Continnum, renovação da suíte móvel do Office e do Outlook, novos aplicativos integrados e melhorias gerais no sistema – podem gerar uma maior demanda de recursos no dispositivo móvel.

Isso se confirma nos últimos testes de desempenho realizado pela DigitalCitzen. Não é uma novidade saber que o Windows 10 Mobile tenha um desempenho inferior ao Windows Phone 8.1. Afinal de contas, a versão antiga era muito otimizada, funcionando bem com um hardware de baixo nível, como por exemplo o Lumia 520.

Mas para comprovar a teoria, foram utilizados os modelos Lumia 930 e Lumia 640, dois bons exemplos de smartphones top de linha e de entrada (respectivamente) do catálogo da Microsoft, e ambos atualizáveis para a nova versão.

Alguns dos testes:

1. Tempo de inicialização: Windows Phone 8.1 é até 33% mais rápido que o Windows 10 Mobile.

win10mobile

2. Navegação web: empate técnico com o teste SunSpider. O teste depende mais do navegador e onde o Edge vai se impor ao IE no futuro.

win10mobile2

3. Download de conteúdos com o SpeedTest: outro empate técnico, apesar do Windows 10 Mobile gerenciar melhor as conexões, principalmente os dados de upload.

win10mobile_2

4. Teste global de Benchmark com o WP Bench: Windows Phone 8.1 vence. O teste avalia processador, memória, GPU e armazenamento.

win10mobile_3

5. Teste de benchmark Multibench 2: Windows 8.1 vence (apesar do teste de GPU ter algum erro, por conta da absurda diferença).

win10mobile_4

6. Teste de benchmark AnTuTu: Windows Phone 8.1 vence de novo, e esse é um teste de referência nos smartphones, o que torna o resultado mais importante.

win10mobile_5

7. Autonomia de bateria: mais um empate técnico.

win10mobile_6

 

Conclusões

O Windows 10 Mobile tem um caminho longo pela frente até alcançar o mesmo nível de otimização e desempenho do Windows Phone 8.1, especialmente nos modelos de entrada.

É normal que novos sistemas operacionais não ofereçam uma performance tão polida no ato do seu lançamento, e com tantas características novas. Além disso, o desempenho não é tudo, sempre que as distâncias não sejam alarmantes, e convém levar em consideração o que já era dito da versão para desktops: a Microsoft contempla o Windows 10 como um único sistema operacional em desenvolvimento.

Logo, se você tem um smartphone compatível com o novo software, vale a pena atualizar, mesmo perdendo algum desempenho.

Via DigitalCitizen

Windows 10 Mobile, mas não para todos: o que isso representa na prática?

by

windows-10-mobile

O Windows 10 Mobile foi oficialmente lançado, mas teve uma disponibilidade muito limitada, gerando um forte mal estar em muitos usuários que se viram excluídos dos benefícios, apesar de terem participado do programa Insider e receber as builds que funcionavam muito bem.

São muitos os dispositivos que não receberão o Windows 10 Mobile, ficando presos no Windows Phone 8.1 ou nas versões insider do novo software. Mas… o que isso realmente significa? Qual é o efeito prático da decisão da Microsoft?

São questões que merecem uma pequena reflexão.

Os dados mostram que aproximadamente a metade dos usuários com Windows Phone ficarão sem atualizações. Esse dado é importante por dois motivos:

1. A Microsoft tinha uma chance de ouro para diferenciar sua plataforma móvel de outras (como o Android, por exemplo), oferecendo um bom suporte ao usuário. Mas joga essa chance fora, e o tal plataforma perde um importante valor de mercado.

2. A Microsoft fez uma promessa e não cumpriu, iludindo muitos usuários que ficaram explicitamente decepcionados com essa decisão.

Isso tudo vai jogar contra a Microsoft, produzindo um “sangramento” de usuários, o que deve levar o Windows Phone a índices mínimos históricos, e vendo a saturação atual do mercado, esta é a última coisa que a gigante de Redmond precisa. Isso é, se a empresa realmente quer que o seu software prospere no mercado mobile (há quem diga que eles não querem isso).

Algumas fontes apontam que não se descarta totalmente a chegada do Windows 10 Mobile para mais dispositivos, já que eles estão vendo na frase “não há planos de uma segunda leva de atualizações” como um condicionante temporal, que não exclui em absoluto uma ampliação de suporte para o futuro.

Desde já, não parece ser muito provável que a mídia especializada venha a dar uma interpretação otimista demais ao que foi dito pela Microsoft, mas é fato que não podemos descartar completamente essa possibilidade. Vamos dar tempo ao tempo e esperar pelos próximos acontecimentos.

Via Winbeta

Nada de Windows 10 Mobile para muita gente. Infelizmente

by

nokia-lumia-microsoft

O Windows 10 Mobile foi liberado ontem (17) para diversos smartphones Lumia e outros dispositivos. Foram meses de espera, mas pelo menos 18 dispositivos foram atualizados, se colocando no mesmo nível dos modelos que já contam com o novo sistema de fábrica.

Muitos Lumias ficaram de fora da lista, e não apenas smartphones com 512 MB de RAM, mas sim modelos com mais memória. Ali as luzes vermelhas já estavam acesas, e a tão temida fragmentação parecia ter chegado ao Windows Phone…. e assim será. Os donos dos modelos que ficaram de fora da lista de ontem não poderão atualizar os seus dispositivos com Windows 10 Mobile, onde a única alternativa que resta é ser membro do programa Insider.

Muitos se perguntavam se a lista de ontem era definitiva, e hoje sabemos que sim. Modelos como o Lumia 925 sem atualização. Na boa, que mancada, Microsoft!

 

Garantir a experiência do usuário é a desculpa para muita gente não ter o Windows 10 Mobile

nokia-lumia-925

A Microsoft prometeu que nenhum smartphone com Windows 8.1 ficaria sem atualização, e que todos receberiam o Windows 10 Mobile. Para preparar essa mudança, a empresa permitiu que os usuários de diversos modelos testassem a última versão do seu sistema operacional, de modo que eles tiveram uma grande quantidade de beta-testers.

Pelo visto, a Microsoft se deparou com uma série de smartphones que, apesar de funcionar com o Windows 10 Mobile, a experiência não era plena. Por isso eles descartaram smartphones que, no papel, poderiam ser atualizados, mas que no final das contas ficarão para sempre no Windows 8.1.

Palavras da Microsoft em seu blog:

“Como o Windows 10 oferece novas inovações, muitos dos velhos dispositivos não podem ser atualizados de forma satisfatória sem ter um impacto na experiência do cliente. Nosso objetivo é oferecer a atualização para o Windows 10 apenas para dispositivos que podem garantir uma boa experiência para o cliente.”

Gabriel Aul, encarregado do programa Insider, explica isso de outra maneira. Quando um usuário questionou os motivos para deixar o Lumia 1020 de fora do Windows 10 Mobile, a resposta foi que a experiência relatada pelos usuários não foi boa.

Também há resposta para os que testaram o novo sistema via Insider e não podem atualizar o seu smartphone porque o seu modelo não está na lista de atualizáveis. Estes usuários poderão manter tal build, mas ficarão sem suporte nem atualizações. Outra opção é voltar para o Windows Phone 8.1, utilizando o Windows Device Recovery Tool.

 

É preocupante a fragmentação no Windows?

fragmentacao-windows-phone

Nesse ponto, cabe perguntar até que ponto é preocupante a fragmentação no Windows. Com os dados da AdDuplex do mês de fevereiro de 2016, vemos que 80% dos smartphones contavam com Windows Phone 8.1, enquanto que a presença do Windows 10 Mobile era de pouco mais de 5%. Também é preciso ver que são poucos os smartphones que ficaram nas versões, antigas (13%, somando Windows Phone 8.0 e 7.x).

Olhando para as estatísticas globais, vemos como o mais usado modelo segue sendo o velho Nokia Lumia 520, um dos não-atualizáveis. Outros modelos mais populares (Lumia 630, 625, 635, 530 e 920) representam 32,7% do mercado do Windows Phone. E também não serão atualizados.

Logo, pelo menos 35% dos smartphones com Windows serão atualizados para o Windows 10 Mobile. Os demais, ficarão para trás. Em modo mais frio, 49,8% desses modelos não atualizáveis poderiam tecnicamente receber o novo software. Alguns sites estimam que seriam quase 40% dos modelos que ficarão sem o Windows 10.

Vale lembrar que o iOS tem 79% de seus dispositivos na sua última versão (iOS 9), enquanto que no Android apenas 2.3% dos smartphones contam com o Android Marshmallow, enquanto que 36.1% ficam com a penúltima atualização (agrupando as versões 5.0.x e 5.1).

Com todos esses dados não mão, entendemos que muitos smartphones com Windows Phone ficarão desatualizados, mas seguirão funcionando normalmente. Porém, infelizmente, não poderão aproveitar das vantagens do Windows 10 Mobile. Da mesma forma, é de se imaginar que, agora sabendo quais são os telefones compatíveis com o novo software, as vendas dos não compatíveis vão estacionar, fazendo com que a cota de mercado dos modelos com Windows 10 Mobile cresça com o passar dos meses.

Mas isso, na teoria. Muita gente vai desistir da Microsoft depois dessa.

Microsoft confirma Windows 10 Mobile: 18 smartphones com update disponível

by

windows-10-mobile-in-smartphone-lumia

O vazamento de ontem do @evelaks foi confirmado. A Microsoft acaba de anunciar que a tão esperada atualização do Windows 10 Mobile para alguns dos modelos Lumia (e modelos de outros fabricantes) começou a ser enviada via OTA para os usuários.

A lista final de dispositivos compatíveis não traz grandes surpresas, e é dominada pelos velhos Lumia, acompanhado por dois smartphones da BLU e um da MCJ. Os modelos atualizáveis para o Windows 10 Mobile são os seguintes: Lumia 1520, 930, 640, 640XL, 730, 735, 830, 532, 535, 540, 635 1GB, 636 1GB, 638 1GB, 430, 435, BLU Win HD w510u, BLU Win HD LTE x150q e MCJ Madosma Q501.

Para esses, o Windows 10 Mobile está a caminho ou o dispositivo vai apresentar uma notificação quando estiver disponível (em Configurações -> Atualizações), ou realizando o download via aplicativo Windows 10 Upgrade Advisor.

Para atualizar para a nova versão, é preciso ter o Windows 8.1 GDR1 QFE8 ou posterior instalado no dispositivo. O download do update ocupa no mínimo 1.4 GB e conexão WiFi disponível. Também é recomendável contar com mais de 50% de bateria, já que a instalação leva mais de uma hora para ser concluída.

Com esses modelos somados aos que já foram atualizados e aqueles que já estão a venda com o Windows 10 Mobile de fábrica, a Microsoft tenta levantar os seus números não tão positivos. Tem quem busque a potência do Lumia 950, mas muitos entendem que contam com o suficiente com um Lumia 640 ou um Lumia 535, onde todos poderão contar com o Windows 10 Mobile.

Outros fabricantes (como Vaio ou HP) apostam no novo sistema operacional, assim como a Alcatel. Com isso, a Microsoft pode recuperar o caminho da conquista de novos usuários. O sistema é bom, mas é preciso que a gigante de Redmond mostre isso para o grande público.

Alcatel OneTouch Idol 4 Pro com Windows 10 Mobile aparece antes do tempo

by

Alcatel OneTouch Idol 4 Pro-leak-01

O Evan Blass (aka @evleaks) publicou imagem do suposto Alcatel OneTouch Idol 4 Pro em sua versão final. Uma única imagem que não mostra a parte traseira, mas que combinadas com as especificações já conhecidas, permite uma construção do smartphone quase por completo.

Na imagem, vemos a aparência do smartphone, que parece ser (na teoria) uma variante do Idol 4S com Windows 10 Mobile em seu interior, sem aparentes melhoras de hardware ou estética externa. Basicamente é a troca do Android pelo Windows. A imagem se une às especificações já conhecidas: processador Qualcomm Snapdragon 820, tela de 5.5 polegadas (Full HD, 400 pixels por polegada) e o modo Continuum, sistema de convergência da Microsoft com o modo desktop do Windows 10.

Alcatel OneTouch Idol 4 Pro-leak-02

O Alcatel OneTouch Idol 4 Pro pode ser uma peça importante na expansão do Windows 10 Mobile no mercado. Bem sabemos como a Microsoft depende dos lançamentos dos seus parceiros diretos para conquistar algum espaço no mercado de sistemas operacionais móveis. E precisa fazer isso com certa pressa, já que o duopólio Android/iOS não dá sinais de cansaço ou desaceleração.

Nada mais foi revelado sobre o Alcatel OneTouch Idol 4 Pro. Nem seu preço, nem janela de lançamento. A imagem vazada seria do material promocional oficial, o que indica que não deve demorar muito para um anúncio vindo do fabricante.

Via Evan Blass

Windows 10 Mobile começa a ser liberado amanhã

by

windows-10-mobile

Parece que a espera acabou. O sempre muito bem informado Evan Blass (aka @evelaks) revela que o Windows 10 Mobile estará disponível para os usuários dos antigos smartphones Lumia amanhã, 17 de março. Detalhe: o software estava prometido para dezembro de 2015.

A primeira leva de atualizações, destinada aos modelos como os Lumia 630, 635, 735, 830 e 640 já está em curso, mas a segunda leva, prevista para o dia 1 de fevereiro, nunca foi lançada. Essa inclui os modelos Lumia 520, 532, 625, 720, 820, 920, 925, 930, 1020, 1320. A Microsoft optou por algo mais sensato, não anunciando a atualização até que a mesma esteja efetivamente disponível. Por isso a ausência de notícias até agora.

A atualização chegará em um momento onde o sistema operacional da Microsoft não passa por um bom momento. As vendas não sobem e são poucos os smartphones com Windows 10 Mobile no mercado. Além disso, tanto a Microsoft como a H (que anunciou recentemente o Elite X3) parecem ter decidido não buscar a qualquer usuário, mas sim focar o seu objetivo a aqueles que buscam a produtividade na palma da mão.

Com esta atualização e se tudo funcionar bem, a Microsoft pode conseguir reanimar as vendas dos seus smartphones, já que provavelmente contam com compradores que estavam esperando por essa notícia. Vamos esperar que amanhã a notícia se confirme, e quais serão os efeitos do novo sistema aos dispositivos já existentes.

Via VentureBeat

UMi Touch, smartphone top de linha com Windows 10 Mobile acessível

by

UMi Touch-01

A UMi quer seguir os passos da Xiaomi com o UMi Touch, um smartphone top de linha com suporte ao Windows 10 Mobile e preço acessível.

Dizemos que é um suporte porque o mesmo não vem com o Windows 10 Mobile pré instalado, mas sim como o Android M. Porém, graças à ferramenta ROOTJOY da UMi, é possível personalizar facilmente o sistema operacional do dispositivo, que pode receber desde o Windows Phone 8 até diferentes capas de personalização de outros fabricantes, incluindo a da Xiaomi.

UMi Touch-02

As especificações do dispositivo e sua relação custo-benefício são excelentes:

– Tela LPTS de 5.5 polegadas (1080p)
– Processador MediaTek MTK6753 com CPU octa-core de 64 bits
– GPU Mali T720
– 3 GB de RAM
– 16 GB de armazenamento (expansível)
– Câmeras de 13 MP e 5 MP
– Bateria de 4.000 mAh

UMi Touch-03

É um hardware que é capaz de oferecer um desempenho típico de um top de linha, com um design interessante, que lembra os smartphones da Meizu. O UMi Touch tem preço sugerido de US$ 149, mais do que razoável para suas especificações e objetivo geral de consumo. Infelizmente não há previsão de lançamento para o Brasil, mas sempre podemos recorrer aos amigos importadores.

Via GSMArena

Here Maps encerra suporte aos smartphones com Windows

by

here-maps-windows-10-mobile

A Here confirmou que deixará de oferecer suporte aos sistemas Windows Phone e Windows 10 Mobile a partir do dia 29 de março, com seu aplicativo funcionando nos sistemas até o dia 30 de junho.

O Here Maps para Windows Phone 8 e Windows 8 seguirá ativo, mas seus usuários só vão receber atualizações de correções de erros considerados críticos. A empresa não teve muita escolha: se eles quisessem seguir dando suporte para o Windows 10, eles se viam obrigados a reescrever os aplicativos do zero, já que até gora eles estavam utilizando uma versão que não estava 100% otimizada para a plataforma. E construir soluções para o novo sistema operacional móvel é algo que não compensa para a empresa como um negócio, ainda mais quando a cota do Windows 10 Mobile é de apenas 1.1%, de acordo com algumas análises.

A decisão não é uma grande surpresa. As três empresas alemãs que compraram o Here não contam com o mesmo incentivo que a Nokia para dar o seu apoio ao Windows e o sistema operacional não está especialmente no seu melhor momento. Postas assim as coisas e pensando friamente, o mais lógico é que o Here olhe para outros lados para tentar ser o mais rentável possível.

Via The VergeHere 360

Lista de smartphones que receberão o Windows 10 Mobile

by

windows-10-mobile

O site Windowsmaniak transitou por entre o programa Insider, e com informações obtidas pelas operadoras e fabricantes, localizou os modelos que serão atualizados para o Windows 10 Mobile. A lista é oficiosa, e inclui quase todos os modelos Lumia, além de vários dispositivos asiáticos desconhecidos pela maioria dos brasileiros.

A Vodafone afirmou que a atualização do Windows 10 Mobile começa a ser distribuído para os dispositivos ‘nos próximos dias’. Não há confirmação oficial da Microsoft, que está atrasando a alguns meses o update. Só os usuários do programa Insider já testaram o sistema operacional, e até agora não sabemos os detalhes dos dispositivos que poderão ser atualizados.

De fato, serão a maioria dos existentes com Windows Phone 8.1 (nativos ou atualizados), segundo prometeu a Microsoft. Se bem que nem todos poderão ser atualizados ao mesmo tempo, adotando o sistema de “janelas de atualização”. O update será gratuito e oferecido automaticamente via OTA, conservando aplicativos e dados existentes.

A lista está a seguir. Vale lembrar que, por conta de informações anteriores, sabemos que o Windows 10 Mobile vai chegar primeiro aos modelos Lumia 1520, Lumia 930, Lumia 735, Lumia 830, Lumia 635 e Lumia 535.

 

Lumia 1520
Lumia 635
Lumia 636
Lumia 638
Lumia 730 Dual SIM
Lumia 735
Lumia 830
Lumia 930
Lumia ICON
Lumia 430
Lumia 435
Lumia 435 Dual SIM
Lumia 435 Dual SIM DTV
Lumia 532
Lumia 532 Dual SIM
Lumia 535
Lumia 535 Dual SIM
Lumia 540 Dual SIM
Lumia 640 Dual SIM
Lumia 640 LTE
Lumia 640 LTE Dual SIM
Lumia 640 Dual SIM DTV
Lumia 640 XL
Lumia 640 XL Dual SIM
Lumia 640 XL LTE
Lumia 640 XL LTE Dual SIM
Lumia 735

PRESTIGIO MultiPhone 8500 Duo
Mobell Nova Windows
Kruger&Matz SOUL 2
hi M1010 Windows Phone
Kazam Thunder 450W
BLU Win HD
BLU Win HD LTE
XOLO Win Q900s
LONGCHEER W121
TrekStor WinPhone 4.7 HD
Yezz Monaco 47
AAMRA A10B
Allview Impera I
Allview Impera S
Cherry Mobile Alpha Luxe
Cherry Mobile Alpha Neon
Cherry Mobile Alpha View
Yezz Billy 4.7
Micromax Canvas Win W092
Micromax Canvas Win W121
Diginnos Mobile DG-W10M
Q-Smart Dream W473
INVERSENET EveryPhone
Griffe W1
NGM Harley Davidson
Lanix Ilium W250
Insignia 500 Win
Fly IQ500W EVO
Lava Iris Win1
Freetel Katana 01
Freetel Katana 02
Acer Liquid M330
Madosma Q501
LG Lancet

Via Windowsmaniak

HP Elite X3, com Windows 10 mobile, é anunciado oficialmente

by

HP Elite X3-13

A HP apresentou na MWC 2016 o novo smartphone HP Elite X3, com Windows 10 Mobile, dedicado ao setor profissional.

O HP Elite X3 possui uma tela AMOLED de 5.96 polegadas (QHD, 2560 x 1440 pixels), revestido com Gorilla GLass 4 e com camada anti-reflexos para uma melhor visibilidade. O dispositivo também conta com certificação IP67, protegendo o mesmo contra gotas de água e poeira.

O modelo recebe o onipresente processador Qualcomm Snapdragon 820 quad-core, trabalhando em conjunto com 4 GB de RAM LPDDR4 e 64 GB de armazenamento (expansíveis via microSD de até 2 TB).

HP Elite X3-14

O HP Elite X3 possui câmeras de 16 MP e 8 MP, sistema de alto-falantes estéreo B&O e três microfones com cancelamento de ruído. Também é possível conectar um microfone externo na saída para fones de ouvido, caso necessite de mais qualidade em momentos pontuais.

O novo smartphone da HP conta com sensores biométricos para garantir a integridade dos dados, com um leitor de digitais e tecnologia de reconhecimento de iris na câmera frontal. O Windows 10 Mobile incorpora a encriptação Bitlocker de 128 bits para reforçar ainda mais a segurança.

O HP Elite X3 possui dimensões de 161.8 x 83.5 x 7.8 mm, com peso de 195 gramas, abrigando uma bateria não removível de 4150 mAh. O pack de conectividade conta com tudo o que é necessário para o setor profissional: dual SIM LTE, NFC, GPS, Bluetooth 4.0 e Miracast.

HP Elite X3-12

O dock que acompanha o HP Elite X3 possui dois tipos de portas USB (a comum e a USB Type C), permitindo a conexão de teclados e monitores para utilização do modo Continuum do Windows 10.

HP Elite X3-02

Também é possível contar com o Mobile Extender, que lembra o Motorola Atrix, sendo um notebook com tela passiva que transforma o smartphone em um ultrabook, onde o processador do telefone móvel faz todo o trabalho. Esse notebook pesa quase 1 kg, mas em compensação ele possui uma bateria que, uma vez o smartphone fica conectado nele, pode ter a sua bateria recarregada enquanto realiza suas tarefas.

HP Elite X3-mobile-extender

O HP Elite X3 só chegará ao mercado no verão de 2016, e seu preço não foi anunciado. Tanto o Desk Dock como o Mobile Extender podem ser adquiridos separadamente.

Mais imagens a seguir.

HP Elite X3-01 HP Elite X3-11 HP Elite X3-10 HP Elite X3-09 HP Elite X3-08 HP Elite X3-07 HP Elite X3-06 HP Elite X3-05 HP Elite X3-04 HP Elite X3-03

Microsoft confirma o Windows 10 Mobile para 29 de fevereiro

by

windows-10-mobile-upgrade

A divisão mexicana da Microsoft confirma que o Windows 10 Mobile estará disponível para os dispositivos compatíveis já disponíveis no mercado no dia 29 de fevereiro.

Depois de vários atrasos, parece que tudo está pronto para o lançamento da nova versão, que vai atualizar dispositivos compatíveis com o Windows Phone 8 e Windows Phone 8.1. Vale lembrar que o sistema estreou pré-instalado nos novos Lumia 950 e os cadastrados no programa Insider puderam testá-lo antes do seu lançamento. A atualização da versão estável do Windows 10 Mobile será oferecida via OTA (Over The Air).

A própria Microsoft lembra que “nem todos os dispositivos poderão ser atualizados”. Não sabemos se o comentário indica que a atualização será entrega em turnos, ou seu alguns modelos mais antigos e/ou menos potentes ficarão de fora.

A seguir, a última lista conhecida com as janelas de update para os dispositivos compatíveis com o Windows 10 Mobile:

 

Primeira janela de atualização:

  • XDE
  • Phi (Lumia 920)
  • Money Penny (Lumia 630)
  • HTC One (M8) for Windows
  • Lumia 1520
  • Lumia 830
  • Lumia 930
  • Microsoft Lumia 640 Dual SIM
  • Microsoft Lumia 640 Dual SIM DTV
  • Microsoft Lumia 640 LTE
  • Microsoft Lumia 640 LTE Dual SIM
  • Microsoft Lumia 640 XL
  • Microsoft Lumia 640 XL Dual SIM
  • Microsoft Lumia 640 XL LTE
  • Microsoft Lumia 640 XL LTE Dual SIM
  • Microsoft Lumia 950 XL

Segunda janela de atualização: 

  • Lumia 635
  • Lumia 636
  • Lumia 638
  • Lumia 730 Dual SIM
  • Lumia 735
  • Microsoft Lumia 430
  • Microsoft Lumia 435
  • Microsoft Lumia 435 Dual SIM
  • Microsoft Lumia 435 Dual SIM DTV
  • Microsoft Lumia 532
  • Microsoft Lumia 532 Dual SIM
  • Microsoft Lumia 532 Dual SIM DTV
  • Microsoft Lumia 535
  • Microsoft Lumia 535 Dual SIM
  • Microsoft Lumia 540 Dual SIM
  • Microsoft Lumia 735

Terceira janela de atualização: 

  • Lumia 1020
  • Lumia 1320
  • Lumia 520
  • Lumia 525
  • Lumia 526
  • Lumia 620
  • Lumia 625
  • Lumia 630
  • Lumia 630 Dual Sim
  • Lumia 720
  • Lumia 822
  • Lumia 920
  • Lumia 925
  • Lumia 928
  • Lumia ICON

Via Neowin

Microsoft explica a ausência do Continuum no Lumia 650

by

microsoft-lumia-650-oficial-01

O Lumia 650 foi anunciado. Um modelo de entrada-linha média com design bonito e bem cuidado, mas com especificações um tanto quanto débeis, com 1 GB de RAM e processador Snapdragon 212. Bom, para o Windows 10 Mobile é o suficiente por causa da boa otimização do software, mas isso não muda o fato de que a relação custo-benefício desse smartphone poderia ser um pouco melhor.

Por causa dessas especificações, o Lumia 650 não suporta funções avançadas, como é o caso do Continuum, reduzindo o seu potencial produtivo. A Microsoft foi questionada sobre os motivos de lançar um smartphone tão bonito mas com um hardware tão limitado.

Com a palavra, a Microsoft:

“Nosso objetivo com o Windows 10 Mobile é conseguir os dispositivos móveis mais produtivos, mas em todas as faixas de preço. Com o Lumia 650, queríamos criar um dispositivo atraente, orientado para as empresas e que fosse acessível […] Nesta faixa de preço, estamos oferecendo aos clientes ferramentas inteligentes para os seus negócios, incluindo uma integração perfeita em modo multiplataforma como Office, OneDrive e Cortana, de modo que os usuários possam manter a sua produtividade e sincronizar com todos os dispositivos com Windows 10. Para aqueles que buscam o valor adicional da produtividade que o Continuum aporta, recomendamos que considerem os modelos Lumia 950 e Lumia 950 XL”.

microsoft-lumia-650-oficial-05

Por fim, a Microsoft orientou o Lumia 650 como um smartphone que chame a atenção pelo visual, mas que seja acessível e cumpra com características mínimas, algo que eles certamente conseguiram. Porém, é uma pena que eles não consideraram melhorar as especificações ao mínimo que o Continuum pede, ainda que isso implicasse em um preço um pouco maior. Certamente esse modelo seria muito mais equilibrado.

Via PhoneArena

O Idol Pro 4 seria o “super smartphone” com Windows 10 da Alcatel?

by

alcatel-idol-4

A Alcatel deve se juntar aos parceiros da Microosft e lançar um “super smartphone” com Windows 10 Mobile. Pelo menos é o que dá a entender Steve Cistulli, vice-presidente da Alcatel na região da América do Norte, que prometeu que sua empresa tem planos de lançar vários smartphones com Windows 10, entre eles um poderoso smartphone, poderia ser o Alcatel Idol Pro 4.

 

Poucas, mas boas pistas

alcatel-idol-4_02

A Alcatel já apresentou dispositivos com o sistema operacional da Microsoft na CES 2016, como o OneTouch Fierce XL e o tablet Pixi 3. Por enquanto, poucas informações sobre o que parece ser o próximo lançamento da Alcatel com Windows 10, mas os poucos dados nos fazem pensar que o Idol Pro 4.

Segundo as últimas informações, o Idol 4 teria uma tela FullHD (sem especificar tamanho), com um processador Snapdragon 820, o colocando lado a lado com os modelos mias completos do mercado. Outra pista mostra que um dos usuários (independente, mas é o que temos para hoje).

Outra pista que estamos diante de um modelo que pode dar mais pelo o que eles vendem: o modelo suportaria as principais carências do Windows 10, continuum.

Não sabemos se este é um novo “super smartphone”, mas ao menos no momento em que esse vazamento foi publicado pela primeira vez, a impressão de um modelo top de linha, que passaria a integrar a linha alta de terminais com Windows 10, além dos modelos que já estão no mercado.

Via WPMUser

HP Elite x3, o super smartphone com Windows 10 Mobile, deve chegar na MWC 2016

by

hp-smartphone-teaser

Elite x3 seria a denominação comercial do smartphone que marcaria a volta da HP para o mercado mobile. O @evleaks lança essa informação às vésperas da Mobile World Congress 2016 de Barcelona (Espanha).

O modelo era conhecido como HP Falcon no seu nome de desenvolvimento, e seria um smartphone grande e potente, com um hardware principal no mesmo nível do Galaxy S7 ou o LG G5, ainda que o Elite x3 seja (teoricamente) voltado ao mercado profissional e de empresas. Contaria com uma tela de 5.8 polegadas (2560 x 1400 pixels) e um processador Snapdragon 820 com gráficos Adreno 530, 3 GB de RAM e 64 GB de armazenamento, além de câmeras de 20 MP e 12 MP.

Com este hardware, o Elite x3 suportaria a função Continuum do Windows 10 Mobile, permitindo assim se transformar em um PC. Devemos saber mais sobre o produto na MWC 2016, no próximo final de semana.

Também será interessante ver como a Microsoft vai trabalhar com os novos parceiros para a sua plataforma móvel. Nesse sentido, também se especula que a HTC vai apresentar na MWC 2016 um smartphone com Windows 10 Mobile. E, com isso, o ecossistema de produtos vai aumentando, com marcas com chancela comprovada.

Via @evleaks

Microsoft e HTC podem apresentar smartphone com Windows 10 Mobile na MWC 2016

by

htc-windows-mobile

Microsoft e HTC voltaram a frequentar a mesma mesa, para se entenderem e seguir trabalhando juntos em prol do crescimento do Windows 10 Mobile, e da sobrevivência da fabricante taiwanesa, que não passa por um momento fácil.

O ultimo smartphone com Windows Phone lançado pela HTC foi o HTC One M8 de 2014. Mas isso pode mudar com a oferta de trabalho publicada em 19 de dezembro em Taipei, para o posto de diretor de gestão de contas. Nada é dito de forma concreta sobre modelos ou datas de lançamento, mas pelos precedentes podemos receber uma versão do supostamente renovado HTC One M10 com o Windows 10 Mobile. Um das características dessa vaga é entregar um catálogo que se centre nos diferentes perfis de usuários dos serviços do Windows 10 em combinação com os dispositivos e serviços da HTC.

Vale lembrar que, em 2016, veremos o novo sistema da Microsoft em dispositivos dos mais diversos. Recentemente vimos a proposta da Sony com o VAIO Phone Biz e um pouco antes o Funker W5.5 Pro foi apresentado. No comunicado da HTC, foi identificada uma intenção da Microsoft em colaborar com outros fabricantes chineses, entre os quais poderá estar a Xiaomi, que já conta no seu catálogo com dispositivos compatíveis com Windows Phone.

Ou seja, 2016 pode mostrar uma Microsoft mais heterogênea na divisão móvel, tentando assim dar o impulso necessário para a expansão do Windows 10 Mobile, buscando a atenção dos usuários que simpatizam com determinadas marcas, ou antecipando no hardware em suas prioridades. A decisão cai bem para a HTC, que também está envolta nos rumores sobre a fabricação dos próximos dispositivos da empresa. Será que os taiwaneses recuperam alguma cota de mercado com essas parcerias?

Veremos se 2016 será um ano de mudança de tendências para as duas empresas.

Via Microsoft

Microsoft Lumia 650 é anunciado oficialmente

by

microsoft-lumia-650-oficial-01

A Microsoft não quis esperar pela Mobile World Congress 2016 de Barcelona para apresentar o seu novo smartphone de entrada (entrada-linha média) com Windows 10 Mobile, o Lumia 650.

O Lumia 650 tem ótima estética, além da notável otimização de recursos que já é uma marca registrada do Windows 10 Mobile. Logo podemos considerar este smartphone como uma boa opção para o usuário que quer iniciar na plataforma móvel da Microsoft, mas sem gastar muito, e contando com um pouco mais de especificações técnicas do que aquelas oferecidas pelo Lumia 550.

Com o atrativo design típico dos modelos Lumia, temos aqui um smartphone leve e fino, com construção em policarbonato mas com bordas de alumínio, oferecendo um sempre bem vindo ar premium. Sobre as suas especificações, foram confirmadas aquelas que eram mencionadas nos últimos dias. Ou seja, é um dispositivo equilibrado, mas sem funções avançadas como o Continuum. Algo já esperado.

microsoft-lumia-650-oficial-05

Especificações: Microsoft Lumia 650

– Tela AMOLED de 5 polegadas (1280 x 720 pixels)
– SoC Qualcomm Snapdragon 212 quad-core a 1.3 GHz
– 1 GB de RAM
– 16 GB de armazenamento (expansíveis via microSD de até 200 GB)
– Câmeras de 5 e 8 MP (traseira com foco automático e flash LED)
– Conectividade: Dual SIM, WiFi n, Bluetooth 4.1, Micro USB 2.0, LTE Cat4
– Bateria de 2.000 mAh (removível)
– Dimensões: 142 x 70 x 6.9 mm
– Peso: 122 gramas
– Sistema operacional: Windows 10 Mobile

O Microsoft Lumia 650 estará disponível “em mercados selecionados” no dia 18 de fevereiro, com preço de venda oficial de US$ 199. Não há previsão de lançamento para o Brasil.

microsoft-lumia-650-oficial-04 microsoft-lumia-650-oficial-03 microsoft-lumia-650-oficial-02 microsoft-lumia-650-oficial-08 microsoft-lumia-650-oficial-09

microsoft-lumia-650-oficial-07 microsoft-lumia-650-oficial-06

Via Microsoft

Windows 10 Mobile começa a chegar ao Lumia 535, mas de forma limitada

by

windows-10-mobile

Algumas unidades do Lumia 535 começaram a receber a atualização para o Windows 10 Mobile em determinadas regiões da América Latina, e a expansão desse update continua, mas de forma limitada. Unidades desse smartphone na Jordânia e no Egito começaram a receber essa atualização, mas poucas informações foram reveladas sobre o assunto.

Porém, podemos observar que essa disponibilidade inicial se encaixa com as informações que indicavam um lançamento do software no meio de fevereiro, de modo que faz sentido, apesar da indicação das fontes não terem uma confirmação oficial, de modo que é melhor receber essa informação com cautela.

Não há indícios que outros dispositivos receberam a atualização para o Windows 10 Mobile além do Lumia 535, o que nos leva a pensar que poderíamos estar diante de um pequeno teste e não de uma disponibilidade da versão final.

Vale lembrar que Gabriel Aul, chefe do programa Insider, já revelou em diversas oportunidades que o lançamento da versão final do Windows 10 Mobile é algo “iminente”, de modo que é provável que não teremos que esperar muito além de fevereiro para ver esse update em larga escala.

Via GSMArena

O que significa para a Microsoft um smartphone VAIO com Windows 10 Mobile?

by

vaio-windows-10-mobile

A Microsoft tem algo muito grande nas mãos: um sistema operacional como o Windows 10 Mobile, que tem a difícil missão de colocar a empresa no mapa dos sistemas operacionais móveis. O potencial existe, e as expectativas podem se justificar pela lentidão da empresa em dar passos adiante nesse projeto.

Com números de 2015 decepcionantes, a luz do fim do túnel, além de um crescimento em países como o Reino Unido, pode ser o lançamento de produtos de outros fabricantes com o Windows 10 Mobile. Tal como a VAIO fez recentemente.

 

A estratégia da Microsoft deve ser similar ao do Android

A Microsoft nunca ficou sozinha na batalha contra os demais sistemas operacionais móveis, mas também não fez muito para ajudar os seus parceiros. Vale lembrar modelos de muitos fabricantes (Samsung, Acer, LG, Lenovo…) ou as últimas incorporações da Xiaomi com suas ROMs oficiais para o MiPad 2 e para o futuro Xiaomi Mi5. Eles precisam compreender que o Android é o que é hoje porque sempre serviu bem aos seus fabricantes. Pode ser que agora as coisas estão mudando, mas seu crescimento se deu por conta de sua adoção, além do fato do sistema operacional ser suficientemente atraente.

O Windows 10 Mobile é atraente por natureza, apesar de sua loja de aplicativos ainda ser bem pobre. Se a isso somarmos o fato das atualizações atrasarem mais do que o previsto, tudo resulta em um sistema operacional pouco atraente para o público. Isso, e a variedade de modelos que é baixoa.

Mas esse último aspecto parece começar a mudar lentamente.

 

A abertura do hardware

A compatibilidade do modo Continuum com o Snapdragon 617 facilitará a expansão do Windows 10 Mobile nas mãos de terceiros, onde os fabricantes poderão oferecer ferramentas mais poderosas que a Microsoft. O VAIO Phone Biz é uma prova disso. O Funker W5.5 é outro claro exemplo.

O VAIO Phone Biz é mais focado no setor empresarial do que no público em geral, mas acerta em várias características essenciais. A primeira, é que é um novo smartphone potente e compatível com o Continuum, permitindo assim usar o smartphone como CPU de computador. Aqui, a VAIO tem um papel importante, pois conta com todo o restante do equipamento (monitores, teclados, mouses), e a Microsoft entra com o dinheiro.

A segunda, é que ele será vendido como smartphone livre. A NTT DoCoMo é como qualquer outra operadora, e vende o modelo desbloqueado no Japão por aproximadamente 400 euros. Olhando para suas especificações, ele é bem redondo. O problema está na idiossincrasia dos usuários japoneses, que tem muito dinheiro para comprar iPhones e Androids top de linha, e com uma cultura da operadora móvel muito forte.

A terceira é que o Windows Phone tem uma cota de mercado quase inexistente no Japão, e uma aliança com uma fabricante local como a VAIO pode ser um sopro de ar fresco. Curiosamente, seis fabricantes japoneses estão apoiando o Windows 10 Mobile, ou seja, a luta pela futura cota de mercado está aberta. A VAIO, também com os notebooks, larga com uma interessante vantagem, mesmo sendo a última a chegar na briga.

 

Ainda existe um futuro

Os pobres números do Windows Phone não tira a fé no futuro de alguns sobre o Windows 10 Mobile. O crescimento é muito lento, mas há indícios de melhora. Mais aplicativos e melhores serviços. Tudo colabora para a Microsoft crescer nos smartphones.

Mas tudo passa pela própria Microsoft. Ela deve diminuir um pouco o ritmo de lançamentos de modelos Lumia, oferecer aos parceiros espaço para os seus produtos. E tudo indica que é isso o que a equipe de Satya Nadella está fazendo.

Os novos VAIO pode muito bem ser um acordo entre as duas empresas. A Microsoft em busca de cota de mercado e dispositivos, e a VAIO em busca de financiamento na sua aventura longe da Sony. O ecossistema de aplicativos que estão aparecendo no iOS e Android é algo mais que interessante, e se a divisão própria ajudar, o Windows 10 Mobile pode ter muito futuro.

É só a Microsoft acertar nos passos a serem dados.