Arquivo para a tag: vivo

Vivo Turbo, agora com minutos de chamadas para outras operadoras

by

vivo-turbo-mensal-minutos-operadoras

A Vivo anunciou um novo pacote do plano pré-pago Vivo Turbo, que oferece uma franquia de minutos em chamadas para outras operadoras.

A oferta foi incorporada ao plano mensal, que oferece 1 GB de internet, além de chamadas grátis para números Vivo e SMSs ilimitados para qualquer operadora.

A partir de agora, todos os clientes recebem 25 minutos de chamadas para outras operadoras em ligação local. O preço do Vivo Turbo com 1 GB de dados e os benefícios já descritos é de R$ 39,90 por mês. É o mesmo valor do seu plano correspondente ao Vivo Controle, mas com a flexibilidade característica de um plano pré-pago.

Já os clientes do Paraná, Santa Catarina e região Nordeste, a Vivo oferece um pacote de 1.5 GB de dados e 50 minutos em ligações locais para outras operadoras, pelo mesmo valor de R$ 39,90/mês. Nesses estados, também está disponível um plano mais barato do Vivo Turbo, com 700 MB de dados e 25 minutos de chamadas para outras operadoras, no valor de R$ 29,90/mês.

Via Tecnoblog, Vivo

Moto Z Play Sound Edition na Vivo chega com três meses de Vivo Música by Napster grátis

by

moto-z-play-sound-edition-04

A Vivo é a primeira operadora de telefonia móvel do Brasil a oferecer o smartphone Moto Z Play Sound Edition, e preparou uma oferta especial: quem adquirir o modelo que conta com o Snap (módulo de alto-falante da JBL) na operadora ganha uma assinatura de três meses do serviço Vivo Música by Napster de graça.

O Moto Z Play Sound Edition pode ser adquirido no plano SmartVivo de 5 GB em 12 parcelas de R$ 145,75, com ligações e SMSs ilimitados para números Vivo, 5 GB de dados, 420 minutos para outras operadoras, até cinco conexões adicionais via MultiVivo e o Vivo Bis, acumulando a internet não utilizada para o mês seguinte.

 

Moto Z Play Sound Edition + Vivo Música by Napster + MultiVivo + Vivo Bis…

O Vivo Música By Napster possui um catálogo com mais de 38 milhões de músicas, além de funções como “Descobrir Afinidades Musicais” com outros assinantes e discografias de bandas como Beatles, AC/DC e Led Zeppelin, além do catálogo de artistas nacionais como Tim Maia, Roberto Carlos, Chico Buarque e outros.

Os demais modelos da linha Moto Z também estão disponíveis na Vivo: no mesmo plano SmartVivo 5 GB, o Moto Z Play sai por 12 parcelas de R$ 112,42, enquanto que o Moto Z custa 12x de R$ 166,59 no plano SmartVivo 7 GB.

Vivo Turbo: pacote pré-pago de internet semanal de 1 GB, por R$ 19,90

by

vivo-internet-pre-1-gb

A Vivo apresentou um novo pacote de internet pré-paga semanal de 1 GB de dados. O novo Vivo Turbo ainda oferece ligações e SMSs ilimitados para clientes da operadora.

O novo plano tem o dobro de capacidade da categoria anterior (500 MB), que era antes o volume máximo de contratação de pacote de dados no modo pré-pago. Na região Nordeste, esse pacote de dados aumenta para 1.2 GB.

Os usuários que realizarem uma recarga mínima de R$ 35 por mês recebe um bônus mensal de 200 MB. O gasto total pelos 4 GB de internet por mês fica em menos de R$ 80.

 

Flexibilidade para um pacote de dados turbinado

O novo Vivo Turbo é uma vantagem para os usuários que querem ter um maior controle no pacote de dados contratados ao longo do mês. Nas semanas que você utilizar mais ou menos internet, você pode flexibilizar e alternar entre o pacote maior e as recargas com valores menores, e o valor final no mês pode ser menor.

Outra vantagem do Vivo Turbo é não se ater a contratos ou compromissos de fatura mensal, o que pode ser muito bem vindo para quem não quer perder tempo com faturas ou ter preocupações com débitos em conta ou cartão de crédito.

O novo Vivo Turbo está disponível para os clientes Vivo Pré, através do envio de um SMS com a palavra SEMANA para 9003.

Via Tecnoblog

Vivo lança oferta com desconto de até R$ 2.250 na compra de novo iPhone

by

iPhone 6 e iPhone 6s Plus

 

A operadora Vivo lançou ofertas especiais por tempo limitado para os seus clientes que querem comprar um novo iPhone e utilizar a sua rede móvel 4G.

A oferta é uma parceria com a Apple, e contempla a aquisição dos modelos iPhone SE, iPhone 6s, iPhone 6s Plus e iPhone 6.

 

A promoção da Vivo para novos iPhones funciona assim….

Até o dia 26 de agosto de 2016, os clientes que se dirigirem às lojas físicas da Vivo poderão comprar os modelos de iPhones citadas com descontos adicionais aos que já são praticados pelo Vivo Renova.

O Vivo Renova é o programa de troca da operadora, que aproveita o smartphone usado como desconto na aquisição de um novo. Com isso, o desconto para a aquisição de um novo iPhone pode chegar até a R$ 2.250, dependendo do modelo e plano escolhidos.

Por exemplo, na compra de um iPhone 6s com 16 GB de armazenamento no plano SmartVivo 7 GB, o cliente paga 12 parcelas de R$ 129 se optar pela troca de um iPhone 6 usado com a mesma capacidade de armazenamento.

Outra opção é a aquisição do iPhone SE de 16 GB por 12 parcelas de R$ 79 no plano SmartVivo 5 GB com a oferta de um iPhone 5S usado com a mesma capacidade de armazenamento.

O cliente também pode utilizar os descontos já acumulados no programa de relacionamento Vivo Valoriza, o que deve reduzir ainda mais o valor final de compra.

Além disso, a operadora oferece em suas lojas ofertas em acessórios para iPhones (capas, películas e carregadores), com preços a partir de R$ 39.

O Top 5 entre os fabricantes de smartphones (no segundo trimestre de 2016)

by

Top 5 smmartphones Galaxy S7

Os resultados trimestrais entre os fabricantes de telefonia móvel foram revelados, e nos alternamos entre vencedores e perdedores. Alguns comemoram os resultados muito expressivos, enquanto que outros tentam maquiar as perdas visíveis.

Entre os números de vendas, envios e cotas de mercado, temos aqui um cenário que ilustra os cinco maiores fabricantes de telefonia móvel ao final do segundo trimestre de 2016. Ocupar um lugar no Top 5 pode significar um reconhecimento junto ao grande público, além de uma relativa divulgação nas diferentes mídias. E publicidade é um elemento essencial no setor de telefonia móvel. Inclusive para entrar nesse Top 5.

 

O Top 5

apple logo teaser

As três primeiras posições permanecem inalteradas desde o primeiro trimestre de 2015, quando a Huawei assumiu a terceira posição do setor, que era ocupada pela Microsoft. Aliás, a empresa asiática se deu um prazo de cinco anos para dominar o mercado mobile, e podemos dizer que agora esta é uma ameaça pelo menos plausível. Obivamente, Samsung e Apple (nessa ordem) ocupam as primeiras posições.

O crescimento das asiáticas OPPO e Vivo, que eram considerados como pontuais, acabaram se consolidando. Isso fez com que a Xiaomi saísse do Top 5, além de acentuar ainda mais a lenta queda da LG no setor. Ou seja, os fabricantes chineses não param de crescer, e ocupam duas posições na lista dos maiores vendedores.

 

Na liderança, a Samsung, que domina em vendas como em participação do mercado. Nesse trimestre em especial, o Galaxy S7/S7Edge foi o principal responsável pelo excelente desempenho da empresa no setor. Além disso, os sul-coreanos comercializaram 77 milhões de dispositivos no segundo trimestre de 2016, concentrando 22,4% do mercado nas mãos. Há quem diga que eles podem superar a marca de 350 milhões de telefones vendidos no final de 2016.

A segunda posição do mercado móvel pode mudar de mãos em breve. A Apple segue encolhendo, com apenas 11,8% do mercado, e 40,4 milhões de iPhones vendidos. A Huawei está logo atrás, com 9,4% de mercado, e 32,1 milhões de smartphones vendidos. Se nada mudar (e não deve, pois a própria Apple prevê a manutenção do movimento de queda no seu segmento móvel), a gigante de Cupertino deve perder a segunda posição nos próximos trimestres.

Por fim, na quarta e quinta posições temos a OPPO e a Vivo, com 6,6% e 4,8%, respectivamente (22,6 milhões e 16,4 milhões de smartphones vendidos). O que mais impressiona é a porcentagem de crescimento das duas empresas: a OPPO cresceu 136,6%, enquanto que a Vivo registrou um aumento de 80,2%.

 

As grandes ausências

lg smartphones teaser

Marcas como LG, Sony e HTC já viveram dias melhores. Até mesmo a promissora Xiaomi ficou de fora do Top 5, cedendo espaço para outras empresas chinesas que crescem em um ritmo muito melhor.

Fato é que: quem está no Top 5 do mercado de smartphones está porque merece estar. Não se vende milhões de smartphones por obra do mero acaso ou golpe de sorte. De modo que as empresas que ficaram de fora das primeiras posições precisam rever conceitos e tomar medidas mais efetivas, pensando na recuperação.

O próximo trimestre já deve apresentar mudanças importantes no mercado móvel, com a troca de posições entre Apple e Huawei, a tentativa da Xiaomi em voltar às primeiras posições, do da LG em recuperar terreno. O tempo vai dizer.

Por enquanto, a realidade de momento no mercado de smartphones é essa. Aceita, que dói menos.

Via IDC

Para a Telefônica (Vivo), planos de franquia de banda larga fixa continuam

by

vivo-logo-w782

Em conversa com analistas de mercado, o CEO da Telefônica/Vivo, Amos Genish, dá a entender que vão insistir nos planos de estabelecer franquias de banda larga fixa, apesar da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) proibir qualquer tipo de limitação no consumo de internet por tempo indeterminado.

O executivo elogiou a postura da Anatel em assumir a postura de debate sobre a questão, mas espera que o assunto tenha um desfecho ainda em 2016. Para Genish, a legislação brasileira permite a adoção da franquia na banda larga fixa, mesmo com críticos da medida afirmando o contrário, e alega que as regras poderiam ser mais claras, com os tipos de planos e pacotes que poderão ter limites de dados.

“Por exemplo, para usuários low end, deveria ter limite? São várias questões que o debate vai esclarecer. E tenho certeza que as operadoras serão sensíveis. O consumo de banda está crescendo e as operadoras percebem que seria melhor para todos ter ofertas diferentes conforme o uso”, disse o executivo.

Genish, apesar de ser otimista sobre a discussão inclusive dos impostos cobrados sobre a banda larga e os planos do governo de expandir a internet no Brasil, joga a bola para o governo federal, entendendo que este precisa cumprir o seu plano de universalização da banda larga, alegando que a competição na internet fixa é diferente do que temos na internet móvel. Alega também que a falta de transmissão e backnbones torna alguns setores pouco atraentes, e que o valor pago por um consumidor não compensa aquele pago por outro, onde as franquias de banda poderiam ajudar a equilibrar as coisas nesse aspecto.

De qualquer forma, o que Genish deixa implícito é que a posição da Telefônica/Vivo é que, apesar de todo o barulho feito pelos internautas e especialistas nas áreas de direito digital e tecnologia de informação, a empresa segue com sua filosofia de estabelecer franquias de consumo de internet banda larga fixa, indo na contramão da expansão da internet que o próprio Genish chega a citar em dado momento da conversa.

Ficaremos de olho nos próximos acontecimentos.

Via Telesintese

Vivo esclarece dúvidas sobre franquia de banda larga fixa

by

vivo-logotipo-marca

A polêmica continua. Algumas das principais operadoras de internet banda larga do Brasil estão limitando as suas franquias de internet banda larga fixa, e todos estão preocupados com as mudanças que podem acontecer. A Vivo tenta apagar parte do incêndio, e publica uma página onde ela responde (de acordo com a sua perspectiva, é claro) as principais dúvidas levantadas sobre o tema nos últimos dias.

A página não traz nada de muito novo em relação ao que já foi divulgado nos veículos especializados. A Vivo reforça o argumento de que a prática de limitar a banda larga fixa também é adotada por outros países a alguns anos, e destaca que tal limitação só vale para os contratos fechados a partir de abril de 2016, inclusive para os usuários vindos da GVT.

Também destaca que, de modo promocional, nenhum dos planos contratados após abril de 2016 terão as suas franquias limitadas, e que não há previsão para que esta condição ser alterada. Os clientes serão avisados previamente sobre quando a mudança vai acontecer. É uma forma da Vivo também dizer “por enquanto, não faremos nada para não nos trazer problemas, mas saiba que vamos fazer a qualquer momento”.

A operadora também afirma que pretende oferecer planos ilimitados no seu portfólio de produtos, mas que já podemos imaginar que devem ser absurdamente mais caros que os planos atuais, que passam a contar com limitação de dados. Também esclarece que não há restrição de uso para serviços como Netflix e YouTube, e que as mudanças existem “para o dimensionamento mais adequado da rede e, com isso, oferecer uma melhor experiência de uso da internet fixa”. De novo, na opinião da Vivo.

Insisto. Uma mudança desse porte não melhora a qualidade da internet brasileira. Pelo contrário. Vai tornar o serviço ainda pior. Limitar o consumo de banda do brasileiro fará com que ele consuma ainda menos, e que as operadoras lucrem ainda mais, já que menos recursos serão consumidos. Além disso, é evidente que o objetivo das operadoras é fazer com que os internautas abandonem os serviços via streaming (Netflix, YoTube, etc), e que voltem a contratar os seus planos de TV por assinatura.

Para mais informações, acesse o site da Vivo.

Vivo impõe limite de franquia de internet também na fibra ótica

by

vivo-logotipo-marca

A Vivo segue mostrando as suas “credenciais” logo depois do início da conclusão da sua fusão com a GVT, e anunciou ontem (10) que os planos de fibra ótica da empresa também contarão com limite de franquia de velocidade de internet.

A medida segue a decisão tomada pela operadora em fevereiro desse ano, onde anunciou que os planos de internet banda larga via DSL contariam com o limite de tráfego de dados. A operadora argumenta que essa é uma “tendência mundial” para o padrão de consumo de internet, mas na prática vemos que esta é a forma das operadoras retaliarem em relação aos serviços de consumo de conteúdo via streaming, principalmente nas plataformas de vídeo, uma vez que estes são concorrentes diretos dos serviços de TV por assinatura oferecido por essas prestadoras de serviço.

Com a nova limitação, os planos de fibra ótica da Vivo recebem as seguintes cotas de consumo de dados:

– Vivo Fibra 15 Mb/s: 120 GB
– Vivo Fibra 25 Mb/s: 130 GB
– Vivo Fibra 50 Mb/s: 170 GB
– Vivo Fibra 100 Mb/s: 220 GB
– Vivo Fibra 200 Mb/s: 270 GB
– Vivo Fibra 300 Mb/s: 300 GB

Com a limitação, também vieram novos planos, onde todos os antigos planos da GVT foram incorporados e renomeados, mesmo com a operadora utilizando uma tecnologia semelhante a do Live TIM, a Fiber to the Curb (FTTC), que leva a fibra ótica até um armário de distribuição próximo ao cliente, para depois um cabo ser instalado na residência do cliente.

Outra mudança importante é que nos planos com velocidades até 50 Mb/s, uma vez utilizado a franquia total disponível, há o bloqueio completo do serviço. Promocionalmente, é possível efetuar a redução de velocidade até o próximo mês. Para velocidades acima de 100 Mb/s, o bloqueio da conexão é incondicional, e é válido até o próximo ciclo de faturamento. Não há informações sobre franquias adicionais, e os clientes estão isentos da franquia até o dia 31 de dezembro de 2016.

É difícil de qualificar essa decisão, ainda mais com esses termos de contratos. A desculpa do “quem usar mais, vai pagar mais” não cola, definitivamente.

Quem ganha com tudo isso? Pelo menos de início, a concorrência. Ou as poucas opções que ainda mantém franquia ilimitada, em mercados localizados.

Via Tecnoblog, Vivo

Vivo Controle Giga: novo plano controle inclui minutos para outras operadoras

by

vivo-controle-giga

A Vivo anunciou o Vivo Controle Giga, os seus novos planos controle que incluem uma maior franquia de internet e pacotes de minutos para outras operadoras.

O novo Vivo Controle Giga chega depois de meses sem qualquer tipo de alteração nessa modalidade por parte da operadora, além de ser uma forma da Vivo em se adequar às propostas oferecidas a algum tempo por outras operadoras. São planos mais competitivos, onde o pacote de internet mínimo passa a ser de 1 GB, mais generosos dos que os 400 MB previamente oferecidos.

Aqui estão as quatro novas opções do Vivo Controle Giga:

– 1 GB, ligações ilimitadas para Vivo e Vivo Fixo, 25 minutos para celulares e fixos de outras operadoras e SMS ilimitado: R$ 39,99
– 1,5 GB, ligações ilimitadas para Vivo e Vivo Fixo, 50 minutos para celulares e fixos de outras operadoras e SMS ilimitado: R$ 54,99
– 2 GB, ligações ilimitadas para Vivo e Vivo Fixo, 75 minutos para celulares e fixos de outras operadoras e SMS ilimitado: R$ 69,99
– 2,5 GB, ligações ilimitadas para Vivo e Vivo Fixo, 100 minutos para celulares e fixos de outras operadoras e SMS ilimitado: R$ 84,99

vivo-controle-giga-02

Como podem perceber, os saltos são de 500 GB de dados e 50 minutos de chamadas para cada plano, que tem variação de preço de R$ 15. Com a chegada dos planos fechados de minutos para outras operadoras, acabam os créditos para uso livre. Dá quase no mesmo, mas ao menos o controle do usuário é ainda maior, já que é possível verificar quantos minutos lhe restam para contactar os números que não são Vivo ou Vivo Fixo.

Como é o perfil desse plano, caso os créditos do usuário cheguem ao fim antes do período de virada do plano, é possível recarregar a linha como se fosse um número pré-pago, e seguir utilizando como minutos adicionais de chamadas para outras operadoras, no valor de R$ 0.50 o minuto (valor promocional). Vale lembrar que não há cobrança de roaming nacional para chamadas recebidas.

Via Vivo, Tecnoblog

Vivo anuncia pré-venda do Galaxy S7 com desconto

by

galaxy-s7-edge-tree-colors

A partir de hoje (18), os smartphones Samsung Galaxy S7 e Samsung Galaxy S7 Edge estarão disponíveis para pré-venda na loja online da Vivo (vivo.com.br/loja). Além de até 10% de desconto em relação às lojas físicas da operadora, os clientes que adquirirem um dos modelos ganharão um Samsung Gear VR, óculos de realidade virtual, como presente.

De acordo com o plano escolhido pelo usuário, os descontos e benefícios serão maiores, deixando a relação custo-benefício do Galaxy S7 mais atraentes. No plano SmartVivo 7GB – que, além de ligações e SMS ilimitados para outro número Vivo, contempla 7GB de dados, 600 minutos adicionais para falar com outras operadoras, até 5 conexões adicionais por meio do MultiVivo e o Vivo Bis, permitindo que a internet não utilizada no mês passe para o período seguinte – o modelo Samsung Galaxy S7 sai por 12 parcelas de R$188,25, ou R$2.259,00 à vista.

Já o modelo Samsung Galaxy S7 Edge é comercializado por 12 parcelas de R$ 203,25 ou R$2.439 à vista, pelo SmartVivo 9GB (também com ligações e SMS ilimitados para outro número Vivo, até 5 conexões adicionais por meio do MultiVivo, Vivo Bis e mais 9GB de internet e 1.100 minutos para contato com qualquer operadora).

Àqueles que preferem aguardar o lançamento do produto no dia 02 de abril para adquirí-lo nas lojas físicas, os aparelhos estarão disponíveis por 12 parcelas de R$209 (R$2.499 à vista) e 12 parcelas de R$225 (R$2.699 à vista), respectivamente. Neste caso, os clientes também levam de presente os óculos Samsung Gear VR, além de poderem contar com os descontos no Vivo Renova – programa em que o cliente converte seu aparelho usado (smartphone ou tablet) em desconto na compra de um novo. Além do desconto do aparelho antigo, o cliente terá mais R$ 500,00 adicionais caso escolha trocar pelo Samsung Galaxy S7 edge ou S7 podendo chegar a um desconto total de até R$ 2.200.

Vivo lança primeiro seguro com cobertura semanal para clientes pré-pagos

by

vivo-logotipo-marca

A Telefônica Vivo anuncia o lançamento do programa “Proteção Celular Pré-Pago”, primeiro seguro para clientes pré-pagos com cobertura semanal.

Com a novidade, os clientes pré-pagos da operadora poderão contratar uma apólice para proteger seus celulares contra roubo e furto qualificado, além de concorrer a sorteios semanais de até R$ 1.500,00. O novo seguro oferece cobertura de até R$ 500,00 e custa R$ 2,99 por semana, descontados diretamente do saldo de recarga do cliente. Uma vez que o seguro é contratado, a cobrança de R$ 2,99 ocorre semanalmente, de forma automática.

Atualmente, a Vivo oferece quatro tipos de seguro de celular com cobrança mensal e diferentes níveis de cobertura – contra furto e roubo qualificado, queda acidental e imersão em líquido. Eles podem ser contratados por qualquer cliente da operadora (pré e pós-pagos). No caso de usuários pós-pagos, a mensalidade é debitada na fatura. Já para clientes pré-pagos, é preciso ter um cartão de crédito para a cobrança do valor mensal.

Mais de 60% dos celulares segurados na Vivo são smartphones e mais de 90% das vendas são para clientes pós-pagos. Entre os novos clientes, 70% optam por fazer o seguro multiproteção, que engloba proteção contra furto qualificado e danos materiais ao aparelho.

Ao lançar um seguro com cobertura semanal para clientes pré-pagos, a empresa cria uma nova oportunidade neste mercado. A Vivo prevê que o baixo custo semanal do “Proteção Celular Pré-Pago” e a praticidade na forma de pagamento (cobrança direto no saldo da recarga) serão atrativos para que os clientes pré-pagos possam adquirir o benefício e contem com proteção para seus aparelhos. O novo seguro é oferecido em parceria com a Zurich Seguradora e tem franquia de 20% em caso de sinistro.

Ministério Público de olho no limite de consumo da banda larga fixa

by

fibra_ethernet

As operadoras de banda larga fixa terão que se explicar sobre o limite de consumo de banda imposto em seus contratos de prestação de serviços. A 1ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor (Prodecon), ligada ao Ministério Público Federal, instaurou procedimento de investigação sobre a prática adotada pelas operadoras.

O limite de consumo de banda de internet já é amplamente adotado nos planos de internet móvel, e começa a se fazer mais presente nos planos de banda larga fixa. Oi e NET já adotavam essa modalidade, e recentemente a Vivo anunciou que vai limitar as franquias mensais dos seus planos para os novos assinantes (a partir de fevereiro de 2016), que podem ter a velocidade de sua internet reduzida ou a própria conexão suspensa caso o limite da franquia seja atingido. O mesmo pode acontecer com os assinantes do serviço Vivo Fibra e da GVT, que se tornarão clientes Vivo a partir de abril.

A disseminação de serviços como Netflix, Spotify e YouTube é um dos motivos para o assinante ser contra esse limite de consumo de banda, além de ameaçar o conceito de livre acesso à rede. Por conta da forte concorrência dos serviços de streaming, as operadoras (que também oferecem o serviço de TV por assinatura) adotam tais políticas de preços para “intimidarem” os assinantes.

Mesmo que para a Anatel o limite de consumo de banda seja considerado válido (com o argumento de que “que consome menos paga menos”, a alteração do sistema de cobrança pode resultar em planos comerciais abusivos, encarecendo os custos de utilização de internet para o usuário médio.

Agora, Vivo, Oi e NET deverão responder ao MP quais são os elementos financeiros que determinam a mudança dos seus respectivos modelos comerciais de banda larga fixa, e quais serão as opções dadas aos consumidores. Além disso, a Anatel terá que apresentar os estudos realizados e o marco regulatório sobre o assunto.

Via Tecnoblog

Telas OLED curvas da Samsung serão o padrão nos smartphones, e a China é parte importante do processo

by

samsung-galaxy-s7-edge

De tempos em tempos, os fabricantes de tecnologia fazem experimentos. Alguns deles dão certo. O Samsung Galaxy Round lançado em 2013 rendeu frutos. O LG Flex, nem tanto. No caso da Samsung, as telas curvas viraram uma pedra angular na sua estratégia de mobilidade. No caso da LG, eles abandonaram a sua proposta.

Depois do Galaxy Round, chegou o Galaxy Note Edge e, logo depois, o Galaxy S6 Edge e Edge+, até culminar no Galaxy S7 Edge de 5.5 polegadas. Mas os planos da Samsung com suas telas OLED curvas não param por aí, nos seus próprios modelos. Os coreanos querem vender suas telas curvas para terceiros, e os chineses é a sua primeira opção.

 

Telas OLED curvas para todos

samsung-tela-curva

Não é de se estranhar. A Samsung levou anos fornecendo telas AMOLED para vários de seus concorrentes. A novidade é que agora eles vão fornecer suas telas curvas. Se no ano passado, eles chamaram a atenção com o Galaxy S6 Edge, a tela do Galaxy S7 Edge, apesar de trazer poucas mudanças, pode ser vista em breve em outros modelos.

Desse modo, a Samsung, que já é provedora de memórias internas, processadores, RAM e telas, vai inserir mais um mercado para capitalizar, com o objetivo de ver suas telas OLED curvas como algo além de uma mera curiosidade no seu catálogo. A empresa quer transformar esse tipo de tela como padrão. E, para isso, é melhor liberar pra todo mundo.

Os candidatos a receberem as telas curvas da Samsung

mi-tela-curva

As mesmas fontes que se referem a esta comercialização de telas curvas por parte da Samsung citam nomes dos seus possíveis compradores. Huawei ou Xiaomi são as primeiras mencionadas. O primeiro por ser o terceiro maior fabricante de smartphones, e o segundo por ser a grande promessa chinesa para o futuro. Vivo é outro fabricante chinês que tem um novo modelo com tela OLED curva vinda da Sasmsung: o Vivo Xplay 5.

Poderemos ver mais modelos com essas características ainda em 2016, tanto da Huawei como da Xiaomi, onde um dos modelos a contarem com essa tela curva é uma variante do Mi Note.

Recentemente, ficamos sabendo que a Samsung já é a quarta maior fabricante de processadores para smartphones do mercado, ultrapassando a Spreadtrum, pese o fato que só equipa com chips Exynos apenas um de cada seis de seus smartphones. Será interessante ver a evolução em vendas de sua divisão de telas para smartphones. Quem sabe eles alcançam o seu objetivo, e em pouco tempo ter uma tela curva deixe de ser uma novidade.

Via ETNews

Vivo Música by Napster ganha recursos de interação entre usuários

by

vivo-musica-by-napster-logo

O Vivo Música by Napster passa a contar com recursos que promovem a interação entre todos os seus usuários. Com os novos recursos, em função de afinidade musical, os assinantes do Vivo Música by Napster podem interagir entre si e descobrir novos cantores e canções semelhantes a seu gosto musical.

Entre as novas funcionalidades, um dos destaques é a “Rede de Amigos”, que conta com recursos como “Descobrir Afinidades Musicais”, por meio da qual o usuário pode encontrar outros assinantes do serviço com gosto musical semelhante ao seu. O aplicativo sugere amigos para o usuário, em função de suas preferências musicais, e mostra o percentual de afinidade musical entre eles. O assinante pode seguir aquelas pessoas com gosto musical mais semelhante ao seu, descobrindo, desta forma, novos artistas e músicas.

Além disso, na opção “mais tocadas entre suas afinidades”, o aplicativo cria uma playlist com as músicas do gosto musical do usuário mais tocadas naquele momento. Assim, cada vez que selecionar esta opção, o usuário ouvirá uma playlist diferente.

Para aproveitar as novas funcionalidades, o usuário deve criar seu perfil no Vivo Música by Napster, clicando na opção “Perfil Social”, no menu lateral do aplicativo. Basta incluir foto e apelido e o aplicativo apresentará um indicador inteligente que conta músicas, álbuns e artistas mais ouvidos pelo assinante por semana, mês, ano, e desde que ele se tornou assinante do serviço. Nesta área, as músicas favoritas do usuário aparecem listadas e há ainda um atalho para a “Rede de Amigos”. O assinante pode ainda buscar usuários com gosto musical semelhante durante a execução de uma música. Para isso, basta clicar no ícone (…) e selecionar “encontre outros fãs dessa música” enquanto ouve a canção.

As novas funcionalidades tornarão ainda mais fácil e divertido para os usuários encontrar e ouvir músicas de sua preferência. O Vivo Música by Napster foi lançado em 2014 pela Vivo, em parceria com a Napster. O serviço conta com um catálogo de mais de 38 milhões de músicas. Entre elas, estão discografias de intérpretes como Beatles, AC/DC e Led Zeppelin. Entre os cantores nacionais, merecem destaque Roberto Carlos, Tim Maia e Chico Buarque, além dos principais artistas sertanejos da atualidade.

Para assinar o Vivo Música by Napster, o cliente deve enviar um SMS com as letras MUV para o número 1515 e escolher o plano que melhor se encaixa no seu perfil. Ele pode optar por uma assinatura semanal de R$ 2,99 com gratuidade de 7 dias, ou mensalidade de R$ 9,90 com gratuidade de 30 dias (preços válidos para a conexão de um dispositivo). Para manter o serviço em três aparelhos, a mensalidade custa R$ 14,90 com gratuidade de 30 dias. Para usar o serviço, basta baixar o aplicativo na loja de downloads da Vivo, na Apple Store, no Google Play ou Windows Phone, ou, ainda, por meio do site vivomusica.com.br.

Vivo Xplay 5, o primeiro smartphone com 6 GB de RAM

by

Vivo Xplay 5-03

A Vivo é desconhecida dos brasileiros, mas recebe protagonismo no TargetHD pelo anúncio do Vivo Xplay 5, que tem como principal destaque contar com 6 GB de RAM, sendo assim o primeiro do mercado a contar com tal capacidade. Não só isso: essa memória toda trabalha com o processador de maior destaque desse início de temporada, o Snapdragon 820.

O modelo possui tela de 5.43 polegadas (QHD) Super AMOLED, o que é uma surpresa já que basicamente só a Samsung utiliza esse tipo de tela e, mesmo assim, apenas nos seus modelos top de linha. Com construção de metal, possui curvaturas nas laterais da tela, que também lembra os dispositivos Edge dos sul-coreanos. Na parte inferior, temos botões capacitivos, além de um conector USB Type-C e um slot na lateral para os dois SIM cards. Suas dimensões são de 153.5 x 76.2 x 7.59 mm.

 

6 GB de RAM com Snapdragon 820

Vivo Xplay 5-01

O Vivo Xplay 5 parece ter sido pensado em ser um top de linha ao extremo. O Android vai agradecer tanta capacidade de RAM para múltiplos aplicativos, gráficos e texturas diferentes. De quebra, o smarrtphone possui 128 GB de armazenamento.

Um segundo modelo mais ‘moderado’ (o Standard Edition), com 4 GB de RAM e chipset Snapdragon 652 será comercializado, e nos dois modelos teremos uma bateria com 3.600 mAh, com modo de recarga rápida da Qualcomm.

 

Câmera Sony de 16 MP

Vivo Xplay 5-02

O Vivo Xplay 5 conta com uma câmera traseira de 16 MP (f/2.0) da Sony (IMX298), com todas as características já conhecidas, como o foco por detecção de fase ou a estabilização. Já o sensor frontal possui 8 MP (f/2.4).

As diferenças de preços também serão significativas. O modelo básico tem preço inferior a 500 euros, enquanto que o modelo Ultimate Edition (com os tais 6 GB de RAM) deve custar aproximadamente 600 euros. Preços já convertidos. Disponível nas cores branco, rosa e champagne.

GVT vira Vivo em definitivo a partir do dia 15 de abril

by

aviso-gvt-para-vivo

A partir do dia 15 de abril, a marca GVT vai desaparecer do mercado. A operadora foi comprada pela Telefônica há pouco mais de um ano, em uma transação que custou mais de 7 bilhões de euros. No seu lugar, a Vivo vai expandir a sua área de atuação no mercado brasileiro, indo além do estado de São Paulo nas operações de banda larga fixa, telefonia fixa e TV por assinatura.

Os clientes estão recebendo o comunicado que informa a decisão através de carta impressa ou via portal de atendimento eletrônico. As mudanças (por enquanto) atingem mais os canais de atendimento oficiais e as estruturas de alguns serviços.

Os sites da VIVO e da GVT serão unificados a partir do dia 2 de abril, e o atendimento telefônico que antes era feito pelo 103 25 deverá ser feito pelo 103 15 da Vivo. O código de longa distância será substituído pelo da Vivo (15) e os aplicativos da GVT serão renomeados para serem incorporados pelo portfólio de facilidades da vivo.

A Vivo garante que nada muda nos pacotes atualmente contratados pelos clientes da GVT, e que os contratos inicialmente firmados por esses clientes serão honrados (ou seja, em teoria, os clientes da GVT que, por exemplo, fizeram uma assinatura com planos de 50 Mbps de internet sem limites de download e upload não sofrerão qualquer tipo de alteração nesses aspectos após a mudança para a nova operadora).

Os benefícios já oferecidos para os clientes Vivo, como o Vivo Valoriza e descontos em planos Vivo Móvel serão oferecidos aos clientes vindos da GVT. É claro que é sempre bom ficar atento nesse caso, pois a operadora pode se aproveitar de uma nova oferta para tentar alterar o seu contrato já feito com a GVT, e eventualmente aplicar as limitações presentes hoje na Vivo nos serviços disponíveis.

gvt-vivo

O maior desafio dessa nova fase da Vivo é não matar de vez a imagem de boa qualidade que a GVT deixa depois de anos de serviços prestados. Eu, como cliente recente da operadora, posso dizer que estou muito satisfeito com a qualidade do serviço que me foi entregue, e também falo por experiência própria que os últimos tempos que precisei dos serviços da Vivo (principalmente na internet fixa) foram muito desagradáveis.

Fica a esperança que essa nova fase também traga uma melhoria de qualidade de atendimento e nos serviços prestados. Não queremos ver clientes insatisfeitos ou com aquela sensação que deram 10 passos para trás.

Portal da Vivo agora é acessível para pessoas com deficiência visual e motora

by

vivo-logotipo-marca

O portal da Vivo (www.vivo.com.br) foi reformulado e agora é totalmente acessível para visitantes com deficiência visual e também para aqueles com dificuldade motora que utilizam a navegação com o teclado. Com isso, a marca espera auxiliar milhões de consumidores.

Para navegar pelo novo portal – no qual o usuário poderá consultar saldo, inserir créditos no celular, pagar contas, comprar planos e aparelhos e buscar a loja mais próxima -, é necessário baixar um software específico, que pode ser encontrado para download em diferentes tipos e versões. Alguns desses programas leitores disponíveis são gratuitos.

Após efetuar o download, o software promoverá uma navegação por códigos, que serão transformados automaticamente em linguagem sonora, narrando, de forma pausada e acessível, todo o texto da tela, das imagens, dos menus, links etc. As melhorias na programação do site foram feitas com base nas normas do W3C (World Wide Web Consortium, principal organização de padronização da Web), facilitando a navegação das pessoas com deficiência. A iniciativa está alinhada à estratégia de negócio da companhia de promover a inclusão digital e dar autonomia na gestão do plano contratado para todos seus clientes, sem exceção.

Para clientes com deficiência auditiva, a Vivo já disponibiliza o serviço Torpedo Recado, que transforma as mensagens de voz recebidas na caixa postal em mensagem de texto. A empresa também tem na central de atendimento um número exclusivo para pessoas com deficiência visual e auditiva, e atendimento via SMS 24h por dia.

Vivo passa a adotar limite de consumo de banda larga fixa

by

vivo-logotipo-marca

A Vivo segue a mesma estratégia da NET, e passa a adotar limites de download das suas franquias de banda laga no serviço Vivo Internet Fixa.

Os novos contratos de conexão fixa residencial (ADSL) contam com uma cláusula que estabelece o bloqueio ou redução de velocidade após o limite de dados ser atingido pelo cliente. Esse limite de consumo mensal varia entre 10 GB e 130 GB, dependendo da velocidade contratada.

As franquias de cada plano são:

  • Banda Larga Popular 200 kb/s: 10 GB
  • Banda Larga Popular 1 e 2 Mb/s: 10 GB
  • Vivo Internet 4 Mb/s: 50 GB
  • Vivo Internet 8 e 10 Mb/s: 100 GB
  • Vivo Internet 15 Mb/s: 120 GB
  • Vivo Internet 25 Mb/s: 130 GB

De forma promocional, os clientes que contrataremo os planos de internet fixa da Vivo contarão com consumo de banda ilimitada até o dia 31 de dezembro de 2016, depois disso, o cliente pode ter a sua internet bloqueada ou com redução de consumo de velocidade.

A Vivo confirmou que a decisão só afeta aos novos clientes dos planos Vivo Internet Fixa. Os assinantes antigos ou aqueles que contrataram o serviço até o dia 5 de fevereiro de 2016 poderão manter as condições atuais, e as franquias atuais são apenas referenciais, e poderão ser ampliadas.

A Vivo promete um trabalho prévio educativo para que o cliente fique bem informado sobre as mudanças no seu consumo e medição de dados consumidos no seu plano.

Via Tecnoblog

Com descontos de até R$ 2.300, Moto X Force pode sair de graça na Vivo

by

motorola-moto-x-force-02

Recém-lançado no Brasil, o smartphone Moto X Force já integra o portfólio da Vivo e está disponível nas lojas da operadora com descontos de até R$ 2.300,00 – R$ 1.700 por meio de compra pelo Vivo Renova – programa em que o cliente converte seu aparelho usado (smartphone ou tablet) em desconto na compra de um novo – e R$ 600,00 por desconto adicional ao cliente que adquirir este lançamento da Motorola até o dia 31 de dezembro.

No plano SmartVivo 7GB – que, além de ligações e SMS ilimitados para outro número Vivo, contempla 600 minutos para outras operadoras, 7GB de dados, até 5 conexões adicionais por meio do MultiVivo, e a novidade Vivo Bis, que permite ao cliente levar para o mês seguinte a franquia não utilizada no período anterior – o Moto X Force sai por R$1.699,00, ou em 12 parcelas de R$ 142 – sem contar os descontos do Vivo Renova.

Para garantir o desconto de até R$ 2.300,00 pelo programa Vivo Renova, o consumidor deve levar o aparelho que deseja trocar a uma loja própria da operadora (são 315 em todo o Brasil), juntamente com a bateria. Não é necessário deixar acessórios do dispositivo nem a nota fiscal do produto. A avaliação do equipamento será feita na hora e dependerá do modelo e estado de conservação do aparelho trocado. Para saber mais sobre o programa, basta acessar www.vivo.com.br/vivorenova.

Vale lembrar que, além do desconto pelo programa Vivo Renova, os clientes Vivo podem utilizar os pontos do programa de relacionamento Vivo Valoriza para ter um novo aparelho por um valor ainda menor.