Arquivo para a tag: ultrabooks

Intel trabalha para que o seu futuro notebook possa ser recarregado sem cabos

by

cargador-nokia-faboy

A Intel tem em desenvolvimento um sistema próprio de recarga de bateria sem fio, que deve chegar ao mercado ao longo de 2015. Essa solução será um dos frutos da Alliance for Wireless Power (A4WP), que tenta promover o uso das transmissões energéticas sem fio.

Apesar de não ter detalhes técnicos revelados, essa tecnologia pode ser orientada tanto para smartphones e tablets como para computadores portáteis. Os últimos chips Core M são perfeitos para utilizar tal tecnologia sem fio, por conta do seu baixo consumo.

A questão da recarga sem fio em notebooks e ultrabooks é a grande novidade nesse caso. A Intel, com o apoio dos demais membros da A4WP, pretendem ter os primeiros portáteis capazes de realizar essa recarga sem fio em 2016. Serão modelos top de linha em um primeiro momento, para depois desembarcarem os modelos mais econômicos.

mountain-portatil-cargador

A A4WP continuará apresentando produtos para o futuro, apesar de contar com presença reduzida no mercado. Seu rival, o Wireless Power Consortium, possui a tecnologia Qi como grande trunfo, e já tem alguns produto no mercado com tal funcionalidade.

Via Trusted Reviews

IDC: queda nas vendas de PCs em 2014 será menor que o esperado

by

pcs

Novos dados da IDC revelam que o mercado de PCs não vai registrar a queda inicialmente esperada. Os motivos para isso são as vendas dos Chromebooks e as atualizações de alguns produtos depois do fim do suporte ao Windows XP.

O estudo da IDC estima que a distribuição de PCs vai registrar queda de 3.7%, quando inicialmente a previsão era de 6%. Mesmo assim, a consultora segue destacando que o dado, mesmo sendo animador, não evita que o futuro do segmento seja ainda “incerto”.

Serão 303.5 milhões de PCs distribuídos em 2014, onde 133.5 milhões serão desktops, e 170 milhões nos computadores portáteis. Com isso, a queda será muito inferior que a produzida em 2013, quando a queda registrada (em relação ao ano de 2012) foi de 9.8%. Também é preciso destacar que o ciclo de renovação depois do fim do suporte ao Windows XP não será eterno, mas em compensação, o lançamento do Windows 9 pode impulsionar mais um pouco as vendas de PCs.

Também é interessante ver a queda nas vendas de tablets como fator que favorece o mercado tradicional de PCs. E, mesmo assim, a desaceleração do mercado de PCs vai se manter nos próximos anos. Em 2018, é estimada a distribuição de 291.1 milhões de PCs, volume abaixo do esperado para 2014.

Via PC World

Os próximos chips Intel prometem PCs mais potentes do que nunca

by

intel-chips

A última geração de processadores Intel (Haswell) foi lançada no ano passado, mas a empresa já prepara o seu sucessor. O Broadwell, a microarquitetura de 14 nanômetros promete uma nova leva de ultrabooks e tablets mais potentes e compactos do que nunca. Depois de um ano de adiamentos, a Intel decidiu compartilhar novos detalhes sobre o que está por vir.

O primeiro chip Broadwell a utilizar o processo de 14 nanômetros é o Core M. Será mais potente e eficiente dos atuais Core i3, i5 e i7. Os primeiros equipamentos com esse processador chegarão ao mercado no final de 2014, mas sua disponibilidade massiva não chegará até o final do primeiro semestre de 2015.

A Intel promete que o Core M será o começo de uma nova leva de inovação, com novos formatos e a possibilidade de criar portáteis e tablets mais potentes, com o menor tamanho possível. Um dos motivos é que o Broadwell funciona com uma temperatura mais baixa que a geração Haswell, permitindo assim criar ultrabooks sem ventiladores, com apenas 9 mm de espessura. O Broadwell promete um desempenho melhor, mas com maior economia de bateria, justamente por causa da sua arquitetura de baixa voltagem.

Um exemplo dessa nova proposta do Broadwell é o ASUS Transformer Book Chi T300, um tablet Windows com apenas 7.3 mm de espessura, mas que pode se transformar em um potente notebook, com a ajuda de um teclado acoplado.

Por fim, a chegada do Broadwell pode fazer com que a anunciada “morte” dos PCs seja adiada mais uma vez. A nova geração de processadores da Intel vai deixar a linha entre tablets, ultrabooks e híbridos cada vez mais invisível, o que pode representar uma boa notícia para a Microsoft, com um possível aumento de vendas dos equipamentos com Windows. Já para a Apple, a notícia não é tão bem vinda, uma vez que o iPad vem registrando quedas de vendas nos últimos dois trimestres.

Via Intel

SSDs da Kingston turbinam novos ultrabooks Zenbook ASUS UX301LA e UX301LAA

by

M.2_SSD_gumstick_128GB_s

A assessoria de imprensa da Kingston anuncia que sua unidade de SSD M.2 2260 SATA é o coração dos novos ultrabooks da ASUS, o Zenbook ASUS UX301LA e o Zenbook ASUS UX301LAA.

O Zenbook ASUS UX301LA vem com um SSD M.2 2260 SATA de 128GB enquanto o Zenbook ASUS UX301LAA é equipado por dois SSDs M.2 2260 SATA em RAID 0, permitindo ao usuário elevar sua capacidade de armazenamento para 256GB. O tamanho e a leveza do novo SSD é outro diferencial que dá um desempenho incomparável aos ultrabooks. O M.2 2260 está entre os formatos de nova geração da Kingston que podem ser usadas em diversas plataformas de PC OEM, já que cada vez mais ultrabooks, tablets, computadores all-in-one e outras soluções bastante leves e finas chegam ao mercado.

M.2_SSD_gumstick_128GB_sb

Novos ultrabooks Asus Zenbook UX32LA e UX32LN são anunciados

by

Asus-Zenbook1

A Asus lançou dois novos ultrabooks para o seu portfólio, nos modelos Asus Zenbook UX32LA, e Asus Zenbook UX32LN, ambos com tela de 13 polegadas.

Começando pelo modelo UX32LA, com tela de 13 polegadas (1366 x 768 pixels), com alto-falantes integrados da Bang & Olufsen e teclado retroiluminado. Além disso, conta com a quarta geração de processadores Intel Core (i3, i5 ou i7), 4 GB de RAM, várias opções de armazenamento – incluindo 128 GB de SSD -, três portas USB 3.0, HDMI e mini DisplayPort, além das conectividades WiFi 802.11ac e Bluetooth 4.0, entre outras características.

Asus-Zenbook

Já o Asus Zenbook UX32LN oferece uma tela Full HD (1920 x 1080 pixels), e é alimentado pelo processador Intel Haswell com gráficos NVIDIA GeForce GT 840M. Do mais, possui as mesmas especificações técnicas e de conectividade do modelo UX32LA.

O Asus Zenbook UX32LA tem preço inicial sugerido de 699 euros, enquanto que o Asus Zenbook UX32LN custa 899 euros.

Via Liliputing

Infográfico | LG apresenta sua cronologia da evolução dos computadores portáteis no Brasil

by

A assessoria de imprensa da LG do Brasil enviou para nós um interessante infográfico que mostra a sua história de evolução na linha de computadores portáteis em nosso mercado. Desde 2006, a empresa está abastecendo o mercado com suas opções de produtos nesse segmento, se tornando uma das opções para o consumidor brasileiro no mercado de laptops, notebooks e ultrabooks.

Infográfico_notebooks

Gartner: vendas de PCs caem 6,9% no último trimestre de 2013 (mas existe uma luz no fim do túnel)

by

gartner

A indústria da informática acaba de receber uma má notícia, e uma notícia… menos ruim, por assim dizer. A má notícia é que as vendas globais de computadores registraram um descenso de 6.9% durante o quarto trimestre de 2013. Essa é a queda mais acentuada até agora. Ah, a notícia “menos ruim”? Nem tudo está perdido.

A Gartner publicou o seu relatório trimestral de vendas de computadores, que mostra um movimento de 82.6 milhões de unidades vendidas durante os últimos 3 meses do ano passado. Lenovo e HP são as empresas com o maior número de equipamentos distribuídos, e as únicas companhias dentro do grupo de top 5 a registrar um crescimento de vendas foram Lenovo e Dell (na terceira posição), enquanto que as demais registraram quedas nos envios, principalmente a ASUS, com -19% em relação ao ano passado.

Ainda segundo a Gartner, grande parte da responsabilidade por essa queda nas vendas cai nas costas dos mercados emergentes da região Ásia-Pacífico, onde os tablets e smartphones estão se transformando no primeiro dispositivo de tecnologia para um grande número de consumidores.

Fato é que: o PC não é mais a ferramenta favorita para navegar na internet e se comunicar com o resto do mundo para a maioria das pessoas. Hoje, os dispositivos móveis são a primeira escolha, por diversos motivos: são mais atraentes, são portáteis, e principalmente, mais baratos.

Por outro lado, parece que o momento de quedas nas vendas de PCs está chegando ao fim. O sempre importante mercado norte-americano permanece estável depois de um longo período de quedas, o que dá a perspectiva que ao menos os laptops de baixo custo e novas propostas de produtos, como os equipamentos conversíveis, dinamizariam o mercado, impulsionando as vendas ao longo de 2014.

Veremos o que os números de vendas do primeiro trimestre de 2014 vão indicar.

ventas

Via Gartner

Especial | Os melhores computadores de 2013

by

razer-blade

Chegou a hora de fazer uma revisão nos melhores computadores do ano. 2013 foi o ano onde os computadores com Chrome OS finalmente emergiram no mercado (inclusive com os primeiros lançamentos no mercado brasileiro), e a maioria dos fabricantes decidiram apostar na plataforma computacional da Google para futuros lançamentos em 2014.

Se 2012 foi o ano dos ultrabooks, 2013 foi o ano em que os ultrabooks se tornaram acessíveis no quesito preço. Além disso, o ano que chega ao fim amanhã (31) também se destacou pelos protótipos de desktops alternativos, como as Steam Machines, que mesmo sem chegar oficialmente ao mercado, ainda conseguiram atrair as atenções de muitos.

Lenovo Essential Notebook G580

G580_Blue_cover_L

O Lenovo G580 não se destaca exatamente por contar especificações técnicas avançadas. De fato, se trata de um notebook com especificações relativamente modestas, voltado para aqueles usuários que querem um equipamento que funcione bem, mas que não custe os olhos da cara.

O portátil conta com um processador Intel Core i5, 4 GB de RAM, sistema operacional Windows 8 e tela de 15.6 polegadas. Não e o computador ideal para aqueles que precisam explorar todo o potencial técnico do computador, mas é compra obrigatória para quem vai realizar atividades mais brandas e casuais.

Acer C7 Chromebook

Acer-AC710-right-facing

Os Chromebooks começam a conquistar o seu espaço no mercado. Ainda que inicialmente apenas a Samsung e a Acer apostaram naquela que parecia uma ideia descabida por parte da Google, agora quase todos os grandes fabricantes de computadores ou já contam com um computador com Chrome OS, ou planeja lançar um modelo em um futuro próximo.

Como já é de costume nessa plataforma, não devemos esperar o computador mais potente do mundo, mas o Acer C7 Chromebook possui um processador Intel Celeron 847 e 2 GB de RAM, que são mais que suficientes para realizar as tarefas do Chrome OS com suavidade.

Steam Machine da Valve

steam-big-picture

É impossível deixar de fora da lista dos melhores de 2013 o Steam Machine da Valve, o computador com aspirações de console de videogames. Nesse momento, 300 felizardos testam o produto, e sem custos adicionais. Já os meros mortais terão que esperar até a CES 2014 para conferir a versão final do protótipo.

O produto funciona com o sistema Steam OS, e possui um processador Intel Core i7, GPU GeForce Titan GTX 780 e 16 GB de RAM. Vale a pena relembrar que, como um bom equipamento ainda em desenvolvimento, detalhes de suas especificações técnicas não foram finalizadas, o que traz a chance da sua lista de hardware mudar até o seu lançamento em definitivo. Logo, o seu preço não foi anunciado. Mas esperamos que a Valve siga a tradição de oferecer produtos relativamente baratos.

MSI GS70 Stealth

msi-stealth

E falando de computadores para videogames, temos a MSI com o modelo GS70 Stealth. Apesar do notebook em questão contar com um design fantástico, sua ampla tela de 17 polegadas faz com que o modelo não seja tão portátil quanto o desejado. mesmo assim, fará os gamers se sentirem nas nuvens com a sua performance.

Apple MacBook Pro 15″ Retina

MacBook-Pro-Retina-01

Você pode gostar ou não da Apple, mas se existe um segmento onde eles sabem o que estão fazendo (há tempos) é nos computadores. Em 2013, isso não foi diferente, com um novo MacBook Pro com processador Intel Core i7, gráficos Intel Iris Pro 5200, 8 GB de RAM, tela Retina e OS X. Esse é considerado o notebook perfeito para um grande grupo de usuários. Principalmente para aqueles que podem pagar a pequena fortuna que a Apple pede pelo produto.

Samsung ATIV Book 9

Samsung_ATIV-Book_9_LTE

Os novos ATIV Book da Samsung formam uma completa linha de notebooks pensados na cobertura de todos os segmentos. Em 2013, a Samsung lançou essa linha, que está obtendo um bom sucesso no mercado, sendo que o modelo mais avançado é o ATIV Book 9, que oferece portabilidade, desempenho e design, elementos considerados fundamentais para a escolha de um novo produto.

HP Chromebook 14

chromebook-14

Aqui temos mais uma prova da ascensão do Chrome OS no mercado de computadores. A HP foi mais uma que apostou no sistema da Google, apresentando uma linha completa de computadores com essa plataforma, onde destacamos de forma especial o Chromebook 14.

O portátil com design simples e atraente possui uma tela de 14 polegadas, e com especificações suficientes para o funcionamento do Chrome OS, além de oferecer quase 10 horas de uso longe da tomada.

Razer Blade

razer-blade-14

Partindo dos gostos pessoais, é quase impossível falar do chamado “computador perfeito”. Porém, o Razer Blade está muito perto desse posto. Esse notebook tem especificações que coloca medo na concorrência: processador Intel Core i7, GPU NVIDIA GeForce GTX 765M, 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento SSD.

Além disso, ele conta com um design realmente fantástico, e não é tão grande assim, permitindo o seu transporte sem maiores problemas. Porém, como nada é perfeito nesse mundo, ele custa “apenas” US$ 2.000 (preço inicial sugerido), o que o deixa distante de muita gente.

MacBook Air 13″

macbook-air

Não podemos nos esquecer do MacBook Air de 13 polegadas, lançado em 2013. Por conta da atualização do processador Haswell, esse novo ultraportátil da Apple pode alcançar até 14 horas de uso longe da tomada.

E essa é a nossa lista dos melhores computadores de 2013? Algum nome ficou de fora na sua opinião? Deixe suas sugestões na área de comentários.

Dicas de Compras | Ultrabook LG U460-G.BG31P1, por R$ 1.231

by

LG U460-G.BG31P1-01a

O ultrabook LG U460-G.BG31P1 com processador Intel Core i3, 4GB de RAM, 320 de GB + 32GB SSD, tela LED 14″ e sistema operacional Windows 8 pode ser encontrada hoje (10/12) pelo valor promocional de R$ 1.231, com opção de pagamento no boleto bancário, ou R$ 1.399, para pagamento via cartão de crédito, com parcelamento em até 12 vezes sem juros.

Para comprar esse produto no TargetHD, clique no banner no final do post (ou nas imagens que ilustram essa publicação).

LG U460-G.BG31P1-02 LG U460-G.BG31P1-03

04-botao-clique037-180.jpg

ASUS lançará a sua primeira família de notebooks Chromebook no começo de 2014 (além de novos smartphones)

by

asus-logo

A ASUS teve um ano de 2013 bem movimentado em termos de lançamentos, e o ano de 2014 parece que será no mesmo ritmo. Segundo o jornal TaipeiTimes, no final do primeiro trimestre de 2014, o fabricante taiwanês vai estrear no segmento de produtos da linha Chromebook, lançando dois equipamentos com o sistema operacional Chrome OS.

Um deles contará com uma tela de 11.6 polegadas, e o outro, uma tela de 13 polegadas (com preços sugeridos de US$ 199 e US$ 249, respectivamente). Como você bem sabe, a ASUS já esboçou o que deve fazer com o sistema da Google com uma apresentação de protótipos durante a Intel Developer Forum.

Antes desse lançamento, a ASUS também deve chegar com artilharia pesada na CES 2014, que acontece em Las Vegas, nos primeiros dias do novo ano. Ainda segundo o TaipeiTimes, o fabricante deve apresentar vários novos smartphones, entre os quais se encontrarão o MeMOFone, com tela de 5 polegadas (que já vazou na internet).

Via G for Games, TaipeiTimes

Plástico de alta tecnologia da Bayer pode resultar em novos notebooks extremamente finos

by

bayer-material-science

Leve o suficiente para ser levado a qualquer lugar, elegante e extremamente fino, poderoso e de longa duração: são esses os elementos que definem a nova geração de computadores portáteis, os Ultrabooks. Eles atendem às necessidades de pessoas ligadas em tecnologia. Para ajudar os produtores a atender essas exigências, a Bayer MaterialScience está lançando uma nova solução de material: policarbonatos reforçados que oferecem leveza, durabilidade, liberdade total de design e permitem rápida e eficiente produção em massa.

“Estamos comprometidos a fornecer soluções para a próxima tendência de computação móvel,” declarou Steffan Huber, responsável pelo marketing industrial da tecnologia de informação e equipamentos na unidade de negócio de Policarbonatos da Bayer MaterialScience. “Estes requisitos exigem um hardware mais sofisticado feito de materiais de melhor desempenho.” A solução da empresa com base em policarbonatos reforçados pode tornas as embalagens mais leves e mais finas, mantendo a segurança, acrescentou Huber.

“A nova solução de policarbonato reforçado da Bayer pode atender às necessidades dos consumidores finais para dispositivos móveis mais leves, finos, mais elegantes, seguros e resistentes,” afirmou Dr. Ning Hao, Engenheiro de Material na empresa de TI Lenovo. “Ao mesmo tempo, permite aos fabricantes economizar energia e tempo no processo de produção das peças. Um conjunto completo de compartimento pode ser produzido em menos de um minuto”.

Leve e ultrafino
Enquanto os notebooks tradicionais podem pesar até 2,6 kg e possuem uma espessura de perfil de 3,5 cm, a nova geração de laptops ultrafinos oferece peso tão baixo quanto 1,5 kg e uma espessura de perfil de apenas 2,1 cm. Os policarbonatos reforçados especialmente formulados pela Bayer podem cortar peso para economizar até 100 g, que é 1,4 kg no peso total. E eles reduzem a espessura do perfil em 45%, o que significa cerca de 1,4 cm.

O novo material também vem com uma ampla gama de cores e permite aos compartimentos do laptop alcançar estruturas geométricas complexas (3D) e texturas de superfície inovadoras (2D). Ou pode ser fornecido um revestimento para uma sensação de superfície de toque macio.

Via Assessoria de Imprensa

Mercado brasileiro de PCs teve queda de 10% nas vendas no primeiro trimestre de 2013

by

113851936_4GG

A IDC Brasil revelou mais um relatório de dados consolidados do mercado de PCs no Brasil, relativos às vendas do primeiro trimestre de 2013, e os números não são nada animadores. Foram vendidos 3.4 milhões de computadores no país (incluindo desktops, notebooks, netbooks e ultrabooks), o que representa uma queda de 10% em relação ao mesmo período de 2012.

A queda foi mais acentuada na venda de desktops, que sofreu uma retração de 11%, contra 9% dos notebooks. Em números totais, foram 2.2 milhões de unidades destinadas ao mercado doméstico, e 1.1 milhão para o uso corporativo.

O fenômeno, como vocês bem sabem, não é exclusivo do mercado brasileiro. A queda nas vendas de PCs é mundial, com uma média global de 13%, se comparado às vendas do primeiro trimestre de 2012. No Brasil, esse impacto é um pouco menor, principalmente no segmento corporativo (6%), uma vez que pequenas e médias empresas ainda compram computadores para suas atividades.

Porém, para o usuário doméstico, onde na maioria dos casos o foco é o consumo de conteúdo (internet, jogos, vídeos, etc), os tablets são os dispositivos preferidos, pelo preço mais acessível, e pela mobilidade oferecida. Nesse sentido, as vendas para o usuário doméstico despencaram em 12% nos últimos 12 meses.

Além disso, os PCs ficaram mais caros no Brasil. O dólar se valorizou, e com isso, componentes como memória e HD tiveram os seus preços reajustados para cima, o que fez com que os valores dos produtos finais também subissem. Além disso, recursos novos como telas sensíveis ao toque e ultrabooks/notebooks com recursos híbridos e conversíveis fizeram com que a adoção de componentes mais sofisticados (e caros) fossem adotados, aumentando o preço final desses produtos.

Na evolução mensal, o mercado brasileiro de computadores volta a cair em abril, após uma boa recuperação em março, encerrando com um total de 1.1 milhões de unidades comercializadas. Isso representa uma queda de 24% em relação ao mês de março e queda de 14.5% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Na perspectiva anual, a IDC espera uma queda de 8% no mercado de brasileiro de PCs para o ano de 2013. A indústria de PCs está passando por um momento de ajuste no formato dos equipamentos, durante o ano serão lançados dispositivos híbridos, com tela destacável, conversíveis e tela sensível ao toque, por exemplo.

Estas novas especificações tendem a elevar o preço dos dispositivos e gerar um impacto no volume de vendas. Além destas mudanças, o mercado de tablets e smartphones tem ganhado cada vez mais relevância perante os usuários domésticos e com isso espera-se um impacto no tempo de renovação de compra dos PCs.

Via Assessoria de Imprensa