Arquivo para a tag: TizenOs

Samsung Z: o primeiro smartphone com o sistema Tizen é oficial

by

S_Image_SM-Z910F_combination_Black_Dynamic_verge_super_wide

Finalmente, nasceu a criança! O primeiro smartphone com o sistema operacional Tizen é uma realidade, é fabricado pela Samsung, e começa a ser vendido na Rússia no terceiro trimestre de 2014, respondendo pelo nome Samsung Z.

Estamos diante de um dispositivo com boas características técnicas para estrear com essa plataforma, sem alcançar os níveis de um top de linha atual, mas com detalhes que chamam a atenção de alguma forma. Para começar, não é um tabletphone: sua tela possui “modestas” 4.8 polegadas, e isso pode agradar a muitos que estão interessados em apostar no novo sistema.

Levando em conta que seu fabricante é a Samsung, não surpreende ver que eles usaram uma tela Super AMOLED (1.280 x 720 pixels). Seu processador quad-core é de 2.3 GHz (sem citar fabricantes; apostamos em um Qualcomm Snapdragon 800).

S_Image_SM-Z910F_001_Front_Black2_verge_super_wide

Outro destaque vai para o fato de nos depararmos com outros elementos presentes nos modelos top de linha da Samsung, como o sensor de digitais e de frequência cardíaca. Além disso, o Samsung Z possui na carcaça traseira o acabamento que simula o couro, mas com um design um pouco diferente (mais angular do que aquela presente na família Galaxy).

S_Image_SM-Z910F_003_Back-Dynamic_Black1_verge_super_wide

O Samsung Z possui conectividade LTE, câmeras de 8 e 2.1 megapixels (traseira e frontal, respectivamente), 2 GB de RAM, 16 GB de armazenamento interno (expansíveis via slot para cartões microSD), sensor de infravermelho e bateria de 2.600 mAh. Suas dimensões são de 138.2 x 69.8 x 8.5 mm, e seu peso é de 136 gramas.

O smartphone possui o sistema Tizen 2.2.1, mas não foram reveladas muitas informações sobre sua interface. Sua tela inicial possui um design tradicional, com cores e elementos que lembram muito a TouchWiz. Pelo visto, teremos um gestor de temas que permitirá a troca dos elementos da tela com facilidade.

Quando o Samsung Z estará entre nós?

Não há maiores informações sobre o seu lançamento para outros mercados, muito menos o preço que será cobrado pelo novo smartphone. A partir de amanhã (03), teremos a Tizen Developer Conference em San Francisco (EUUA), e mais informações sobre dispositivo devem ser reveladas.

O Tizen aos poucos começa a dar as caras, sempre pelas mãos da Samsung. Câmeras, relógios inteligentes e até televisores contarão com a plataforma cruzada dos coreanos. Nem o hardware, nem o design propõem uma revolução no mercado, pelo menos daquilo que a Samsung oferece. Mas não devemos nos enganar: com um preço competitivo – e algum tipo de compatibilidade com o Android – essa pode ser uma proposta que pode soar bem interessante para muita gente.

Basta a Samsung não repetir a péssima experiência obtida com o Bada. Será que eles aprenderam a lição?

S_Image_SM-Z910F_combination_Gold_Dynamic_verge_super_wide S_Image_SM-Z910F_002_Back_Black1_verge_super_wide S_Image_SM-Z910F_002_Back_Gold1_verge_super_wide S_Image_SM-Z910F_003_Back-Dynamic_Gold1_verge_super_wide

Via Samsung Tomorrow

MWC 2014 | Veja a quantas andam a evolução do Tizen (em vídeo)

by

tizen0001-1

Quando a Samsung e seus parceiros apresentaram o Tizen OS 2.0 na Mobile World Congress 2013, a impressão deixada não foi das melhores. O sistema era lento, instável e esteticamente incoerente. Porém, o sistema mostrado na MWC 2014 nessa semana pouco tem a ver com o rascunho do passado, melhorando consideravelmente.

Os desenvolvedores do Tizen trabalharam com dedicação nos últimos 12 meses para criar uma plataforma muito mais roubsta e sofisticada, capaz de dar vida plena e satisfatória à smartphones de linha média e até relógios inteligentes, como os novos Gear. Além da Samsung, a fabricante chinesa ZTE também estava apresentando um protótipo baseado no Tizen OS “base”, sem nenhum tipo de personalização, mas foi o modelo sul-coreano que mais chamou a atenção.

tizen0002-1

O Tizen OS do modelo da Samsung contava com uma interface gráfica totalmente redesenhada, e um grande número de widgets, que se assemelham ao seu entorno gráfico, inclusive com algumas funções presentes nos dispositivos da família Galaxy. Se realmente há possibilidades de prosperar no mercado é algo que (agora sim) tenho curiosidade em ver.

A Samsung confirmou durante a MWC que tem a intensão de comercializar os seus primeiros smartphones com Tizen OS antes do final de 2014. O que os seus representantes não confirmam é em qual trimestre, mas ao menos é possível constatar um bom avanço em relação ao que foi apresentado no ano passado.

A seguir, um vídeo com a última versão do software em ação.

 tizen0003-1 tizen0000-1 tizen0004-1 tizen0005-1 tizen0006-1 tizen0007-1 tizen0008-1

MWC 2014 | Gear 2 e Gear 2 Neo: os novos smartwatches da Samsung com Tizen são anunciados

by

samsung-gear-2-neo

Ainda que não seja exatamente uma surpresa, é bom saber que já temos como oficial os novos smartwatches da Samsung. E podemos dizer novos, porque são dois, e com uma grande mudança em seu interior: o sistema operacional Tizen no lugar do Android.

A linha Gear 2 chega para resolver em partes os problemas da geração anterior, a começar pela mudança de nomenclatura, eliminando o termo Galaxy (agora associado aos dispositivos com Android) para centrar-se na palavra Gear (ainda não sabemos se temos aqui uma nova família de produtos a ser ampliada), com dispositivos orientados à vida saudável, e gerenciados com o sistema Tizen.

Os novos relógios contarão com aplicativos já presentes em outras plataformas da Samsung, como o ChatON, calculadora, câmera, WatchON, e muitos outros. Os dois novos relógios contam com um design muito parecido com o Gear original, mas com a novidade do corpo do relógio agora ser completamente destacável da pulseira, permitindo novas combinações de cores e até o uso de pulseiras que não sejam da Samsung, dando um toque de personalização que faltava ao primeiro Galaxy Gear.

gear-2-gear-2-neo-1

Com isso, a câmera (de 2 megapixels) e o microfone ficam agora no corpo do relógio (no caso do Gear 2 Neo apenas o microfone). Nas demais características, os relógios são idênticos: processador de 1 GHz, tela de 1.63 polegada Super AMOLED (320 x 320 pixels), 512 MB de RAM, 4GB de armazenamento, cardiômetro (sensor localizado na parte inferior), giroscópio, acelerômetro, Bluetooth 4.0 LE e sensor de IrLED, onde é possível controlar outros dispositivos, como TVs, equipamentos multimídia, e vários eletrônicos que utilizam o controle remoto.

Para reforçar o apelo para os desportistas, os novos Gear 2 e Gear 2 Neo contam com a especificação de segurança IP67, que garante a impermeabilidade diante de gotas de água e poeira. Sua bateria é de 300 mAh, o que segundo a Samsung garante uma autonomia de uso de 2-3 dias com um uso normal, ou de 6 dias com recursos desligados.

Tal como informa a Samsung, os novos relógios chegarão às lojas em várias opções de cores e será compatível com “dezenas” de smartphones da linha Galaxy. Por enquanto os preços dos novos relógios não foram anunciados.

gear-2-neo-1 gear-2-orange-1-1 gear-2-neo-orange-1-1 gear-2-neo-mochagrey-1-1 gear-2-neo-black-1-1 gear-2-gold-1-1 gear-2-black-1-1 group-gear-2-1 gear-2-neo-orange-3-1 gear-2-neo-mochagrey-3-1 gear-2-neo-black-3-1 gear-2-gold-3-1 gear-2-black-3-1 gear-2-orange-2-1 gear-2-neo-orange-2-1 gear-2-neo-mochagrey-2-1 gear-2-neo-black-2-1 gear-2-gold-2-1 gear-2-black-2-1

Via Engadget

Rumores: Samsung Galaxy S5 será maior e mais barato; novo Galaxy Gear 2 terá Tizen e não Android

by

Samsung-Galaxy-S4

Rumores grandes sobre a Samsung, relacionados aos seus anúncios na Mobile World Congress 2014. De acordo com uma fonte “com conhecimento direto” sobre os próximos lançamentos dos coreanos, o futuro Galaxy S5 contará com uma tela maior, e com maior nitidez que a do Galaxy S4 (acima). Além disso, o suposto Galaxy Gear 2 contará com o sistema Tizen, e não com o Android.

Começando pelo Samsung Galaxy S5. Sua tela poderá contar com 5.2 polegadas, superando assim as 4.99 polegadas do seu predecessor. Porém, o que realmente chama a atenção é que o novo modelo seria mais barato (ou menos caro, como preferir). Os valores ainda não estão definidos, mas de acordo com uma segunda fonte consultada pela Bloomberg, os sul-coreanos estariam pensando em lançar o novo smartphon por um preço menor, atendendo ao pedido de “pelo menos uma operadora de telefonia móvel”.

A tela do Galaxy S5 não é o único mistério a ser resolvido. Um recente artigo publicado no New York Times indicava que o smartphone utilizará uma tela Full HD no lugar da Quad HD, o que não se encaixa com os últimos vazamentos das últimas semanas, nem com as tendências do mercado atual. Também vale dizer que a Bloomberg não informa se a tela do Galaxy S5 terá uma resolução maior, mas sim, que ela será mais nítida.

galaxy-gear-mano

Sobre o novo Galaxy Gear. O USA Today informa que a segunda versão do relógio inteligente da Samsung será apresentada na MWC 2014, e três fontes diferentes confirmaram ao jornal que o novo smartwatch não vai utilizar o Android, mas sim, o Tizen.

A plataforma alternativa financiada pela Samsung estrearia assim no mercado mobile: em um dispositivo top de linha e, ao mesmo tempo, com baixo risco para os coreanos, uma vez que poucas pessoas se importam sobre qual é o sistema operacional que está em execução nos seus dispositivos wearables, desde que eles cumpram bem as poucas funções presentes no dispositivo.

Pensando dessa forma, até que faz sentido. Vejamos em alguns dias se a estratégia vai dar certo (ou não), e se todas essas informações são verídicas.

Via Bloomberg
Via USA Today

Samsung: “queremos o Tizen em todos os lugares, de smartphones a automóveis”

by

tizen-os.jpg

Para quem achava que o Tizen estava morto… leia esse post com atenção.

É possível que a Samsung tenha chegado onde chegou graças ao Android, mas não se engane: uma coisa é estar satisfeita com os resultados, e outra (muito diferente) é ficar satisfeita por depender de outras empresas. Hoje, ter um Android sem os serviços da Google é o mesmo que não ter nada, e uma vez que a Samsung parece preferir não ter nada a estar presa às atualizações de Larry Page e sua turma, eles pensam de forma consistente em adotar o Tizen, e não é de hoje.

O que ninguém sabia é que eles pretendem expandir o Tizen para segmentos de mercado que até então não eram mencionados.

Segundo declarou o co-CEO da Samsung Electronics e responsável pelas divisões de tecnologia da informação e telefonia móvel da empresa, J.K. Shin, o Tizen é muito mais que um simples passatempo para a sua empresa, ou uma alternativa de nicho para o Android. O novo sistema operacional, que é uma espécie de “herdeiro” do Bada, foi pensado para funcionar em dispositivos que vão além dos smartphones, como por exemplo, em automóveis e caixas eletrônicos.

Palavras de J.K. Shin:

As convergências entre gadgets de TI são numerosas, incluindo smartphones, tablets, PCs e câmeras, mas também em diferentes segmentos de indústria, como os automóveis, a biotecnologia e agências bancárias. A convergência cruzada (de produtos) é uma área onde a Samsung pode fazer um bom trabalho, uma vez que temos muitos produtos e componentes finalizados.

A Samsung, sendo um dos maiores conglomerados industriais do mundo, com interesses que vão desde a tecnologia móvel até a construção de tanques de guerra, poderia tirar proveito de uma plataforma mais maleável que o Android, e conquistar assim um número maior de clientes.

Por outro lado, a Intel parece estar muito interessada nas possibilidades do Tizen trabalhando com os seus novos processadores de baixo consumo, mas não devemos esperar grandes surpresas a curto prazo. Segundo informa o site CNET, fontes internas da Samsung indicam que o Tizen para automóveis não chegará ao mercado até 2015, pelo menos. Imaginamos que os carros da Renault poderiam ser alguns dos primeiros a se beneficiarem do Tizen, uma vez que a Samsung é dona de 20% da Renault-Samsung Motors, a filial sul-coreana da montadora francesa.

Via CNET

Tizen OS é visto em um smartphone para desenvolvedores

by

Você pode não se lembrar do Tizen OS, mas é sempre bom conhecer novas alternativas na nossa vida. Logo… fique sabendo que o novo sistema operacional foi visto em um evento para desenvolvedores ocorrido em San Francisco, permitindo que os presentes tivessem uma ideia de como está esse novo sistema está, através de um protótipo de smartphone desenvolvido pela Samsung.

O Tizen 1.0 rodou em um smartphone com uma tela de 4.3 polegadas, processador (ARM) dual core de 1.2 GHz e apenas um botão de controle, deixando ver que sua interface é bem familiar (TouchWiz?), com a incorporação de uma barra de notificações na parte superior, o acesso para um menu para controlar os aplicativos em funcionamento, ou a integração de aplicativos próprios para o Facebook, Twitter, Gmail, YouTube, Picasa, entre outros.

Para ver o sistema em ação, clique aqui e aqui.

Tizen OS é visto antes do tempo, em um desconhecido Samsung GT-I9500

by

Agora que o MeeGo não está mais entre nós, chega o momento de olhar para o lado, e conhecer novas alternativas em sistemas operacionais móveis. O Tizen OS é uma dessas novas alternativas.

Seu SDK será lançado ainda nesse primeiro trimestre de 2012, e as primeiras imagens do sistema foram reveladas, o que já dá para se ter uma ideia do que vem por aí. Como você pode observar pelas imagens, esses primeiros esboços não contam com widgets ou outros artifícios visuais, se distanciando do perfil inovador do MeeGo, e podendo ser até confundido com o Bada. Mas vamos com calma nas críticas. O que estamos vendo é ainda uma versão preliminar, que deve ser instalado em smartphones mais básicos. Apesar do fato que, nesse caso em especial, as imagens do sistema foram capturadas por um até então desconhecido Samsung GT-I9500. Vamos aguardar a Mobile World Congress para descobrir mais detalhes do que vem por aí.



Via GSM Arena