Arquivo para a tag: thunderbolt

Com o Thunderbolt Networking, você pode transferir os dados de um Mac para o PC a 10 Gbps

by

nab

A Intel aproveitou a NAB 2014 para apresentar uma atualização do seu padrão de conectividade Thunderbolt 2. A nova incorporação recebe o nome Thunderbolt Networking, e vai permitir conectar dois equipamentos entre si com um cabo Thunderbolt, dando como resultado uma rede capaz de alcançar os 10 Gbps de transmissão.

Dessa forma, é possível realizar cópias de segurança de um equipamento a outro de forma mais simples, tornando possível inclusive uma conexão do Mac com o PC sempre e quando o último driver do OS X Mavericks estiver presente.

Se trata sem dúvida de uma forma muito efetiva de transferir conteúdos de grande volume, sendo ideal para aqueles que possuem arquivos multimídia em resolução 4K ou grandes volumes de dados.

Agora… imagine a sua LAN Party gerenciada por essa porta Thunderbolt… pense nisso, amigo leitor…

Via Intel

MacBook Air é transformado em um notebook para games, graças a uma GPU externa

by

macbook-air-external-gpu-larry-gadea.jpg.pagespeed.ce.JfwoialRUe

Sim, eu sei. O finíssimo MacBook Air de 11 polegadas já conta com uma GPU integrada. Mas por causa das restrições impostas pelas dimensões do portátil, e pelo target ao qual o produto se dirige (mobilidade e produtividade básica em um equipamento com OS X), ele não é o notebook que podemos chamar de “ideal” para os jogos. Até agora.

Um usuário do fórum Tech Inferno conseguiu transformar um MacBook Air em um autêntico notebook para games, e dos mais versáteis. Para isso, ele precisou de dois elementos considerados essenciais para esse tipo de experiência: uma boa unidade gráfica externa, e muita dose de paciência.

O modder conectou uma placa PCI Express na porta Thunderbolt do equipamento, combinando dois adaptadores. Somado à isso, ele instalou o Windows 7 no MacBook Air (via Boot Camp) e um aplicativo para fazer o reconhecimento da GPU externa.

Como era de se esperar, o desempenho final do equipamento no quesito jogos foi simplesmente excelente. A combinação elevou o framerate do portátil em até sete vezes, superando com sobras o potencial que a Intel HD 5000 presente no MacBook Air pode oferecer.

Porém, antes que você comece a buscar as chaves para abrir o seu portátil da Apple, ou já esperando que uma solução dessas pode ser encontrada ao mercado, vamos colocar um pouco de água no seu chope. O próprio modder alerta que o procedimento de modificação do MacBook Air é mais complexa do que parece, uma vez que a GPU externa exige uma fonte de alimentação externa para se manter em funcionamento, e não parece que a Intel vai facilitar as coisas na hora de disponibilizar as licenças necessárias para comercializar GPUs que funcionem via Thunderbolt.

Mesmo assim, não custa você conferir o vídeo abaixo e, quem sabe, tentar o mesmo projeto na sua casa, garagem ou bancada de trabalho.

 

Via MacRumors, Tech Inferno

Belkin apresenta oficialmente o seu Thunderbolt Express Dock

by

thunderbolt-dock-front

A Belkin anuncia o lançamento do Thunderbolt™ Express Dock, um dock para computadores Mac elegante, compacto e livre de desorganização de cabos com portas Thunderbolt™. O produto é a única solução equipada com duas portas Thunderbolt™, que permitem ao usuário fazer uma ligação em cascata com mais de cinco dispositivos adicionais de alta velocidade enquanto mantém máximo rendimento e concede múltiplo acesso aos dispositivos desktop com um cabo. Ele mantém a portabilidade do laptop eliminando a necessidade constante de conectar e desconectar vários periféricos.

O Thunderbolt™ Express Dock da Belkin permite a profissionais criativos a habilidade de editar filmes em full HD 1080p, e transferir volumes de dados em segundos em canais de 10Gbps bidirecionais. Isso é mais de 20 vezes mais rápido do que com USB 2.0 e mais de 12 vezes do que com FireWire 800*. O produto usa uma conexão de alta velocidade para criar transferências de dados ultra rápidas entre o laptop e mais de oito outros dispositivos, incluindo FireWire, Ethernet, USB. O dock resulta em um espaço de trabalho mais clean, rápido e produtivo, além de uma conectividade confiável a dispositivos desktop e à internet.

Preço: US$ 299. Sem preço anunciado no Brasil no momento.

thunderbolt-dock-back

Especificações Técnicas

  • Acesso instantâneo a mais de oito dispositivos desktop com um cabo
  • Design livre de desorganização de cabos para uma estação de trabalho mais clean
  • 2 portas Thunderbolt™ (1 upstream, 1 downstream para ligação em cascata com mais de cinco dispositivos Thunderbolt™ adicionais)
  • 3 portas USB 3.0
  • 1 porta FireWire 800
  • 1 porta Gigabit Ethernet
  • 1 porta 3.5mm de saída de áudio
  • 1 porta 3.5mm de entrada de áudio

Via Assessoria de Imprensa (Belkin Brasil)

Review | HD portátil Seagate Backup Plus, com USB 3.0 e 1 TB

by

IMG_1410

Mais um review para o blog TargetHD.net. Dessa vez, recebemos o Seagate Backup Plus, um HD portátil pensado na mobilidade e na velocidade de transmissão de grande volume de dados. Para isso, ele conta com conexão USB 3.0 e 1 TB de armazenamento, o que devem ser mais que suficientes para as necessidades da maioria dos usuários. A seguir, relato minha experiência de uso com o produto.

Peso e design

IMG_1401

O primeiro item considerado importante para um produto desse porte é o seu peso. Nos dias de hoje, os HDs portáteis tendem a ser mais leves, uma vez que os componentes estão consideravelmente reduzidos, e porque muitos dos HDs portáteis no estilo “Frankenstein” são feitos de HDs que originalmente devem ser instalados em um notebook, mas que no final das contas, acabam em um case. No caso do Seagate Backup Plus, que originalmente foi concebido para ser portátil, temos um produto ainda mais leve, pois o seu propósito original é ser portátil.

O seu tamanho é um pouco menor do que os HDs portáteis que tenho por aqui, o que garante a sua mobilidade e portabilidade em diferentes situações. Mesmo transportando o produto dentro do bolso frontal da calça (ATENÇÃO: isso não é recomendado por ser um lugar abafado e que pode produzir sudorese do corpo), ele não cria um volume tão avantajado assim. Logo, se você pensa em transportar o produto na mochila, no bolso do paletó ou em qualquer outra opção de transporte, vá em frente. O produto é ideal para ser utilizado em qualquer lugar.

IMG_1404

O modelo que recebemos em tom vermelho é elegante e visualmente atraente. É bem simples, e lembra uma pequena caixinha geek mesmo. Acredito que os usuários que gostam de combinar os seus gadgets com suas cores preferidas, ou aqueles que não gostam da monotonia do preto ou branco deverão se sentir atraídos por uma alternativa de cor em um produto como esse.

IMG_1415

O que talvez não pode agradar alguns usuários é o seu fundo em branco. Eu mesmo não me sinto muito inclinado a comprar gadgets nessa cor, uma vez que eles podem ficar encardidos com muita facilidade. De qualquer forma, aqui eu compreendo que é uma escolha da Seagate fazer a melhor opção em termos de aparência visual do produto.

Características

IMG_1407

A primeira característica que vale a pena chamar a atenção é esse conector em SuperSpeed. É ele que faz com que o produto se caracterize como um típico gadget compatível com as portas USB 3.0. Eu me lembro que outros produtos que recebi da Seagate para testes também contavam com esse tipo de conector, mas através de um adaptador que era acoplado à unidade. Dessa vez, eles integraram tudo ao corpo do produto, reduzindo assim ainda mais suas dimensões, e tornando o uso mais prático para o consumidor (quanto menos itens você levar na mochila ou pasta de trabalho, melhor).

IMG_1420

O conector acima vai utilizar esse cabo, que na outra extremidade possui o conector USB 3.0. Além disso, é importante destacar a flexibilidade que o Seagate Backup Plus possui em relação aos tipos de equipamentos que você pode utilizar. O produto é compatível com PCs com Windows e com o Mac OS X, incluindo os novos computadores com portas Thunderbolt. Você também pode utilizar um adaptador FireWire 800 (vendido separadamente), caso queira ou necessite utilizar essa opção.

IMG_1425

Simples assim. Não requer prática, muito menos habilidades.

O produto em funcionamento

IMG_1427

Dividimos o teste do Seagate Backup Plus em duas partes. Primeiro, utilizamos o produto em uma porta USB 2.0, e depois, na porta USB 3.0 (acima), para verificar a diferença entre as velocidades de transmissão de dados e o seu desempenho em arquivos únicos de grande volume, como por exemplo arquivos de vídeo. Existe um comportamento diferente de transmissão de vários arquivos para um único arquivo com grande quantidade de dados, e o objetivo aqui é identificar como ele se comporta nessas diferentes situações.

seagate01

Quando conectado no computador, estão armazenados no disco os arquivos de instalação do software da Seagate para gerenciamento de arquivos e backup de documentos, além da pasta para armazenamento de arquivos online e vídeos com pequenos tutoriais de uso. Você até pode utilizar o produto sem instalar nenhum tipo de programa em seu computador, mas recomendamos que você instale os softwares presentes na unidade. O motivo: ampliar a experiência de uso de forma significativa.

seagate_backupplus_1

Tudo bem, os geeks mais experientes podem acreditar que tais programas são apenas parafernalhas. Mas como o objetivo é alcançar também aqueles que não são usuários habituais desse tipo de produto, e quer fazer um backup de uma forma mais segura, basta instalar esses programas apenas uma vez, fazer as configurações, e pronto: o backup pode ser feito automaticamente, sem maiores dificuldades.

seagate_backupplus_3

Não só isso. O Seagate Backup Plus tem opções para backup dos seus preciosos arquivos do Facebook, de forma remota. Você conecta HD portátil no computador com o software de gerenciamento instalado, e de forma automática, o programa entra em contato com a sua conta na rede social, e faz o download daquele conteúdo que você atualizou em outras plataformas, principalmente as fotos que você publicou nas últimas horas. Nesse caso, a velocidade desse backup vai depender da velocidade da sua conexão de internet.

IMG_1431

Voltando aos backups de arquivos armazenados dentro do computador. Ao utilizar o HD em portas USB 2.0, a sua velocidade média de transmissão de dados foi de 25 MB/s, tanto para cópia quanto para movimentação de arquivos. A taxa no caso da cópia de múltiplos arquivos foi um pouco maior (31 MB/s). Ou seja, o Seagate Backup Plus tende a se comportar como um HD portátil convencional quando operado nas portas USB 2.0. Esperava aqui obter algum tipo de vantagem por causa da tecnologia de alta velocidade naturalmente adotada no produto, mas não foi o que aconteceu.

A vantagem mesmo foi demonstrada quando utilizei o produto em uma porta USB 3.0. Aqui, obtive taxas de transferência de arquivos com uma velocidade final de até 110 MB/s (a média ficou em 92 MB/s). Vale lembrar que os resultados podem variar de acordo com o pacote de dados que você vai manipular na hora da cópia ou backup de arquivos, e que se comparados com outros modelos da própria Seagate, ele fica na média, como um modelo intermediário. Mas se levarmos em conta o grande escopo de usuários que poderão transferir os seus arquivos para o HD portátil (ou para o computador) em um tempo pelo menos três vezes menor, esse pode ser um investimento que vale a pena ser considerado.

Conclusão

O Seagate Backup Plus está APROVADO. É um item visualmente atraente, com um tamanho compacto o suficiente para confirmar o seu conceito de mobilidade, e com recursos que devem tornar a vida dos menos íntimos com o mundo da tecnologia. Para os mais geeks, é sempre bom ter uma opção com tais características, e principalmente: que pode tornar o seu trabalho mais prático pela velocidade oferecida para a transmissão de dados. Para quem trabalha todos os dias com grandes volumes de dados, ou para quem quer levar os seus filmes em formato digital para qualquer lugar, essa é uma opção a ser considerada.

Ultrabook HP SpectreXT TouchSmart se destaca pelo conjunto Thunderbolt, touchscreen e Windows 8 #IFA 2012

by

O pessoal da HP resolveu vir com tudo na IFA 2012, e apostar pesado no Windows 8. O próximo da lista de lançamentos no evento com a nova versão do sistema operacional da Microsoft é o ultrabook HP SpectreXT TouchSmart, com tela sensível ao toque, Thunderbolt e outras características bem interessantes.

O dispositivo possui uma tela IPS LCD de 15.6 polegadas, que trabalha com sistema multitoque e Radiance Full HD, ou seja, o portátil vem pronto para todo o tipo de ação multimídia em alta definição. Esse dispositivo também se destaca por ser muito fino, contando com apenas 17.9 mm de espessura total. O lançamento possui um acabamento em metal espelhado muito agradável, além do sistema Beats Audio, para garantir uma melhor qualidade sonora. Sua touchpad é coberta com um vidro, que oferece um controle nunca antes visto nos portáteis da empresa.

A HP traz o dispositivo ao mercado como o primeiro da empresa a contar com a tecnologia de transmissão de dados em alta velocidade da Intel, a Thunderbolt. Com ela, você pode transferir músicas, filmes e dados para um dispositivo externo “em um piscar de olhos”, literalmente. Com a tecnologia HP USB Boost, você também pode recarregar os seus dispositivos (tablets, smartphones, etc), com a porta USB do equipamento, mesmo que o SpectreXP esteja desligado.

O ultrabook será lançado com a última geração de processadores Intel Core, além de contar com a tecnologia Intel Smart Connect. O portátil ainda inclui a tecnologia de proteção de identidade da Intel, proteção anti-roubo e a Intel Smart Response, além de contar com uma unidade SSD mSATA e uma grande variedade de portas para diversos tipos de conexões, como HDMI, USB 3.0 e Gigabit Ethernet.

O HP SpectreTX TouchSmart tem preço inicial nos Estados Unidos de US$ 1.399,00, e é esperado para ser lançado por lá em dezembro de 2012.

Via SlashGear

Uma atualização do Thunderbolt nos Macs estaria provocando diversos problemas

by

Algumas atualizações de software infelizmente não passam desapercebidas, e a que a Apple disponibilizou ontem (12/06) é um bom exemplo. Alguns prudentes usuários deixaram passar alguns dias antes de atualizar os seus equipamentos, enquanto que outros resolveram atualizar sem pensar duas vezes. Para se arrepender logo depois.

Ao que parece, e o pessoal de Cupertino distribuiu a atualização para o Thunderbolt 1.2 (que adiciona o suporte para o adaptador Gigabit Ethernet), e foram muitos os usuários que se depararam com o computador “congelado” em plena atualização, e a clássica janela de “kernel panic”, que não dava outra opção ao usuário a não ser contactar com o suporte da Apple.

Se você é um daqueles que se encontraram nessa situação, fique tranquilo, pois tudo tem uma solução, mesmo que ela seja lenta e dolorosa. Para resolver o problema, basta reinstalar o sistema operacional.

A Apple parece ter retirado a polêmica atualização, mas caso você se depare com sua disponibilidade, pense dez vezes (ou mais) antes de clicar em “atualizar”.

Via 9to5mac

HD-PATU3, o primeiro disco rígido externo da Buffalo com USB 3.0 e Thunderbolt

by

A fabricante japonesa Buffalo apresenta o seu primeiro disco rígido externo com USB 3.0 e Thunderbolt, o HD-PATU3. A empresa tardou, mas não falhou, e o seu lançamento é um dos poucos modelos a combinar com as duas conexões mais badaladas do momento.

Desta forma, o produto facilita a vida dos usuários não só por causa da velocidade na transmissão de dados, mas também pela possibilidade de intercâmbio de dados de forma simples entre equipamentos Mac e PC, uma vez que o produto possui interfaces para cada uma das plataformas.

Disponível inicialmente com capacidades de 500 GB de 1 TB, o HD-PATU3 se destaca por não precisar de fontes de alimentação própria, já que se alimenta com a energia da própria porta utilizada pelo computador. Com isso, ele é o candidato ideal para as nossas necessidades de mobilidade, já que os acessórios que necessita para o seu correto funcionamento são mínimos.

Sem preço, nem data de lançamento revelada.

Via Gizmologia

Rumores: aparecem as (supostas) especificações de um novo MacBook Pro, que deve ser anunciado na WWDC

by

Sabemos que a WWDC 2012 está para acontecer, e com isso, os rumores e vazamentos se tornam cada vez mais frequentes. Tomemos como exemplo um suposto MacBook Pro. Mas antes de qualquer coisa, temos que tomar toda a cautela do mundo, mas ter a máxima atenção aos dados que vamos analisar, pois são realmente muito interessantes.

Segundo o site WeiPhone, o novo MacBook Pro não contará com tela Retina, tal como se especula a alguns dias, mas sim com uma tela com a resolução de 1280 x 800. Dos demais dados, aqueles que merecem ser destacados estão no fato que os novos modelos de MacBook Pro terão processadores Ivy Bridge, com gráficos HD 4000, portas Thunderbolt e USB 3.0. De qualquer forma, se trata de um portátil muito potente em termos de produtividade, mas que pode decepcionar a aqueles que esperam um salto mais revolucionário nesta nova versão. Veja a suposta tabela de especificações abaixo.

Por outro lado, algumas fontes ainda seguem apostando que os novos MacBooks receberão sim a tão proclamada Retina Display. Segundo o site 9to5Mac, serão apresentadas duas novas versões de notebooks Apple de 15 polegadas, além de novos modelos do MacBook Air de 11 e 13 polegadas, com Retina Display. Eles também afirmam que até os novos iMacs podem contar com telas Retina Display.

A razão de tanto amor por esta tela é simples: ao incluir a Retina Display em todos os dispositivos da Apple, a empresa consegue potencializar a imagem da marca, o que por sua vez refletiria em um aumento de vendas do iPhone e iPad.

Além dos novos computadores portáteis, a WWDC também apresentaria atualizações de alguns periféricos, como teclados AirPort, mouses e trackpads. Se tudo isso for confirmado, a próxima WWDC de 9 de junho será uma das mais interessantes dos últimos tempos.

É esperar para ver.

Via WeiPhone e 9to5Mac

Notebook Lenovo ThinkPad Edge S430 aparece com sua porta Thunderbolt, por 809 euros

by

Você não consegue esperar por um notebook Windows com Thunderbolt? Quer contar com a confiabilidade industrial da Lenovo? Pois pode esboçar um rosto nesta sua cara, pois o próximo portátil que vamos apresentar para você combina os dois componentes. O Edge S430 apareceu no site Geizhals.at, pelo preço de 809 euros.

O equipamento foi apresentado na última CES, e aparece configurado com um processador Ivy Bridge i5-310M, gráficos NVIDIA GeForce GT630M, 4 GB de RAM, 500 GB de HD, saída HDMI, porta Thunderbolt e duas portas USB 3.0, entre outras características. Sua tela de 14 polegadas possui uma resolução de 1.600 x 900, e seu peso é de 1.8 kg. Ainda terá a sua data de lançamento anunciada, e seu preço ainda é um mistério.

Via Engadget

Marox DualHead2Go Digital ME: dois monitores DVI com apenas uma porta Thunderbolt

by

Matrox aproveitou a realização da NAB 2012 para apresentar o seu novo modelo DualHead2Go, uma versão que se caracteriza por estar focada nos equipamentos da Apple com saída Thunderbolt, mas também é compatível com equipamentos com Windows ou Linux.

Esse novo DualHead2Go ME (Mac Edition) é composto por uma entrada DisplayPort, que permite a duplicação do sinal de vídeo para outras saídas DV1-D com resolução máxima de 1920 x 1200 píxels, necessitando ainda da energia vinda de uma porta USB para funcionar. Desta forma, podemos utilizar dois monitores com entrada DVI a partir do sinal emitido pela porta Thunderbolt do equipamento da Apple. O produto é vendido com dois cabos correspondentes, o aplicativo PowerDesk da empresa, para o gerenciamento do monitores, e o seu preço sugerido é de US$ 179. Chega ao mercado internacional em junho.

Via Electronista

Western Digital My Book Thunderbolt DUO, disponível no mercado por 629 euros

by

As conexões Thunderbolt estão cada vez mais presentes nos equipamentos do mercado, de modo que é normal ver os principais fabricantes de periféricos lançar novos produtos que usam a nova porta de comunicações. No caso da Western Digital, o último modelo a chegar nas lojas é o My Book Thunderbolt DUO, uma unidade RAID que segue o design da linha My Book, com a diferença principal de contar com a porta Thunderbolt, para transferências rápidas de dados.

Além disso, o produto conta com uma segunda porta, que permite a conexão de outro dispositivo compatível com a tecnologia de transferência de dados, além de configurações em modos RAID 0, RAID 1 e JBOD. O novo My Book Thunderbolt DUO já está a venda na Europa pelo preço de 629 euros, para a versão de 4 TB, e 749 euros, para o modelo de 6 TB.

Via Western Digital

Unidade portátil Elgato Thunderbolt SSD chega ao mercado internacional, com velocidades de 270 MB/s

by

A Elgato é uma marca desconhecida entre os usuários brasileiros, mas apresenta um produto que merece destaque no TargetHD. É a Thunderbolt SSD, um disco sólido que, como bem indica o seu nome, conta com uma porta Thunderbold entre suas configurações mais destacadas. Protegida por uma elegante carcaça negra metalizada de 131 x 83 x 21 mm, a unidade SSD oferece velocidades de transferência de até 270 MB/s, promete um silêncio absoluto durante suas operações e conta com capacidades de armazenamento de 120 e 240 GB.

O Elgato Thunderbolt SSD foi anunciado pela primeira vez em janeiro, mas até então, sua disponibilidade no mercado era um mistério. Pois bem, agora ele pode ser encontrado na Europa, com preços que variam entre 399,95 e 649,95 euros, variando da versão de menor ou maior capacidade, respectivamente.

Via Elgato

Lacie 2Big Thunderbolt e eSATA Hub Thunderbold: discos externos com muita velocidade

by

Se você precisa de espaço extra de armazenamento no seu escritório, a Lacie tem o que você precisa. Seguindo com o design de alumínio anodizado, a empresa apresentou dois novos modelos da sua família de discos rígidos externos, os  modelos 2Big Thunderbolt e eSATA Hub Thunderbolt.

O primeiro é um modelo RAID, com capacidade de até 8 TB de armazenamento, que oferece uma porta Thunderbolt, com velocidade de até 311 MB/s em equipamentos Mac. O segundo modelo é uma opção mais completa, pois inclui duas portas eSATA, para conectar discos adicionais, oferecendo acesso aos discos via Thunderbolt, que atuará como porta principal. Como se isso fosse pouco, uma segunda porta Thunderbolt vai permitir a conexão de outros dispositivos compatíveis com essa tecnologia.

Os dois modelos estarão disponíveis a partir do primeiro trimestre de 2012. Os preços dos produtos não foram anunciados.

Via Engadget

Lenovo anuncia sete novos portáteis

by

A Lenovo vai apresentar novos laptops na CES. Além do ThinkPad X1 Hybrid, que você conheceu ontem, e o seu próprio ultrabook, a empresa vai aproveitar a grande festa em Las Vegas para apresentar novos portáteis voltados para as pequenas e médias empresas.

Começando pelo modelo mais elevado, o Edge S430 de 14 polegadas (foto do cabeçalho do post), que vai integrar “os últimos processadores da linha Intel Core”, em um chassi com detalhes metálicos e espessura de 20,3 mm. O modelo vai contar com a tecnologia Thunderbolt, portas USB 3.0, gráficos Intel ou NVIDIA Optimos, som Dolby Home Theatre v4 e até 1 TB de armazenamento.

Um pouco abaixo, temos os modelos Edge E430 e E530, com telas de 14 e 15 polegadas respectivamente, processadores Intel Core ou AMD Fusion (E435 e E535), “gráficos dedicados opcionais” e até 1 TB de disco rígido. A Lenovo optou por adicionar carcaças coloridas (vermelho e azul) como complemento ao tom negro tradicional. Além disso, temos nessa série os modelos E130 e E330, com telas de 11 e 13 polegadas.

Por fim, os modelos mais baratos, o B480 e B580, que contam com processadores Intel Core e AMD Fusion (B485 e B585), com gráficos integrados ou dedicados, até 1 TB de disco rígido, portas USB 3.0 e leitor de cartões 4 em 1. Até o momento, não temos fotos, nem maiores detalhes técnicos sobre esses modelos.

Via Engadget

Apple Thunderbolt Display: novo monitor de 27″ com alto-falantes, câmera Facetime e ethernet

by

Mais uma novidade que já está presente na Apple Store é o novo monitor Thunderbolt da empresa. O novo Thunderbolt Display chega com a peculiaridade de oferecer apenas a porta Thunderbolt como modo de conexão com o equipamento, deixando as demais portas para conexões externas.

Podemos dizer que se trata de um dock multimídia gigante, já que conta com porta Ethernet, FireWire 800, 3 portas USB, câmera FaceTime HD integrada, microfone e alto-falantes 2.1. Disponível em um único tamanho de 27 polegadas, oferece um painel IPS 16:9 (2560 x 1440), 12 ms de tempo de resposta e rating de contraste de 1.000:1. Seu envio acontece dentro de 6 semanas, mas já pode ser reservado por US$ 999.

via Apple

Mac mini é atualizado, com Core i5 e i7, Thunderbolt e AMD Radeon HD

by

Alguns acreditavam que a linha Mac mini iria desaparecer, mas a verdade é outra: eles foram atualizados. Os novos Mac mini chegam com processadores Core i5 e i7, conectividade Thunderbolt (com suporte para até 6 dispositivos), gráficos AMD Radeon HD e Mac OS X Lion como sistema operacional.

O preço da configuração mais barata, com processador Intel Core i5 de 2,3 GHz é de US$ 599. Esse modelo já vem com Turbo Boost 2.0, fazendo com que o processador funcione a 3,4 GHz. Se você quer um Mac mini com Core i7, o valor sobre para US$ 1.000.

Além disso, os novos modelos contam com Ethernet gigabit, FireWire 800, saída HDMI, SDXC, entrada e saída de áudio, quatro portas USB 2.0, WiFi e Bluetooth. Disponíveis a partir de hoje na loja online da Apple, e em breve, nas lojas físicas.

via Engadget

Apple deixa vazar acidentalmente as novas telas Cinema Display, com configuração dupla via Thunderbolt

by

Ainda que a Apple tente manter os seus segredos bem guardados, nós bem sabemos que ela não é uma das empresas que se destacam por conseguir isso, de modo que, mais uma vez, um site conseguiu revelar alguns dos segredos de Steve Jobs para o próximo keynote, com vários dias de antecedência.

O pessoal do site MacRumors conseguiu ver no site oficial da Apple, de forma muito breve, o que parecem ser os novos monitores Cinema Display, conectados via Thunderbolt, tendo como plano de fundo uma tela que contém imagens do Mac OS X Lion. Levando em conta que faltam apenas duas semanas para que o novo SO da Apple debute nos computadores da empresa, dá-se a entender que a empresa está pensando em aproveitar a ocasião para oferecer alguma surpresa para os consumidores. Bom, agora parece que não será mais tão surpreendente assim. Vamos esperar para ver.

via MacRumors

[Dicas de Compras] iMac com tela LED de 27″ é um desktop perfeito para produtividade

by

Retroiluminação por LED: uma ideia brilhante.
Brilho total e imediato. Ao contrário da maioria das telas que levam um certo tempo aquecer e apresentar o brilho máximo, uma tela retroiluminada por LED apresenta brilho imediato e uniforme

Mais pixels, imagem melhor.
O iMac de 27 polegadas vem com resolução de 2560 por 1440. Além de contraste de 1000:1, para cores mais vibrantes e pretos bem escuros. Tudo com uma taxa de aspecto de 16:9, igual a de uma TV de alta definição.

Maravilhosa por qualquer ângulo.
Graças à tecnologia IPS (in-plane switching), a tela do novo iMac fica sempre incrível, independentemente de onde você esteja sentado.



Nova geração de processadores Intel de quatro núcleos.

Com processadores de quatro núcleos, o novo iMac ficou 80% mais rápido que a sua geração anterior. Coloque até 16GB de memória DDR3 e um drive de estado sólido ultrarrápido de 256GB e você ficará com um tudo em um capaz de fazer praticamente tudo.

Novos processadores gráficos AMD Radeon HD avançados.
Tudo para que você veja mais quadros por segundo nos jogos em 3D e edite seus vídeos pessoais em HD com mais velocidade e agilidade ainda.

Thunderbolt.
Ultrarrápida e flexível, a porta Thunderbolt vem com dois canais de dados de 10 Gbps para transferência de dados até 12 vezes mais rápida que por FireWire 800 e até 20 vezes mais rápida que USB 2.0.

Nova câmera FaceTime HD.

Com a nova câmera FaceTime HD, você faz chamadas com vídeo com resolução de 720 pixels. Faça chamadas em HD de um iMac novo para outro ou para o novo MacBook Pro. Você também pode fazer chamadas com vídeo para outros computadores Mac com Intel, iPad 2, iPhone 4 ou para o iPod touch mais recente Wi-Fi e Bluetooth.

Especificações Técnicas:

-Processador: Intel Core i5 de quatro núcleos, 3.1GHz
-Barramento: 1333MHz
-Cachê: 6MB de cache L3 compartilhado e embarcado
-Memória RAM: 4GB (duas de 2GB) de memória DDR3
-HD: Disco rígido de 1TB (7200 rpm)
-Drives: SuperDrive 8x com gravação em camada dupla, 4x (DVD±R DL/DVD±RW/CD-RW)
-Rede: Wi-Fi: Rede Wi-Fi sem fio 802.11n2; Compatível com IEEE 802.11a/b/g; Bluetooth: Teclado sem-fio Bluetooth 2.1 + EDR (Enhanced Data Rate)
-Som: Alto-falantes estéreo integrados; Dois amplificadores internos de 17 watts de alta eficiência; Saída de áudio digital óptica e de fone de ouvido (minijack); Entrada de áudio de linha/digital óptica (minijack); Microfone integrado; Compatível com fone de ouvido com microfone da Apple para iPhone
-Memória de Vídeo: Processador gráfico AMD Radeon HD 6970M com 1GB de memória GDDR5
-Teclado: Sem fio da Apple; Teclado completo integrado com 78 (U.S.) ou 79 (ISO) teclas, 12 teclas de função e 4 teclas de direção (formato “T” invertido); Teclado numérico integrado
-Mouse: Magic Mouse: seu desenho limpo e elegante e superfície Multi-Touch que permitem que você faça movimentos simples como rolar e deslizar; Clique uma ou duas vezes onde preferir; A estrutura ambidestra acomoda usuários destros e canhotos
-Sistema Operacional: Mac OS X v10.6 Snow Leopard
-Softwares Inclusos: iTunes, Time Machine, Quick Look, Spaces, Spotlight, Dashboard, Mail, iChat, Safari, Agenda, QuickTime, iCal, DVD Player, Photo Booth, Front Row, Xcode Developer Tools e muito mais.

Preço: R$ 7.399,00

[Dicas de Compras] O novo iMac MC309BZ vem cheio de novidades, como o Core i5, tela LED de 21,5″ e Thunderbolt

by

O iMac passou por mais uma atualização, se tornando um desktop ainda mais potente e atraente. Com novos recursos e especificações, essa atualização do iMac traz como principais novidades o processador Core i Series da Intel e a tecnologia de transmissão de dados Thunderbolt. Confira!

Retroiluminação por LED: uma ideia brilhante!

Brilho total e imediato. Ao contrário da maioria das telas que levam um certo tempo aquecer e apresentar o brilho máximo, uma tela retroiluminada por LED apresenta brilho imediato e uniforme

Mais pixels, imagem melhor.
O iMac de 21,5 polegadas vem com resolução de 1920 por 1080. Além de contraste de 1000:1, para cores mais vibrantes e pretos bem escuros. Tudo com uma taxa de aspecto de 16:9, igual a de uma TV de alta definição.

Maravilhosa por qualquer ângulo.
Graças à tecnologia IPS (in-plane switching), a tela do novo iMac fica sempre incrível, independentemente de onde você esteja sentado.

Nova geração de processadores Intel de quatro núcleos.

Com processadores de quatro núcleos, o novo iMac ficou 80% mais rápido que a sua geração anterior. Coloque até 16GB de memória DDR3 e um drive de estado sólido ultrarrápido de 256GB e você ficará com um tudo em um capaz de fazer praticamente tudo.

Novos processadores gráficos AMD Radeon HD avançados.
Tudo para que você veja mais quadros por segundo nos jogos em 3D e edite seus vídeos pessoais em HD com mais velocidade e agilidade ainda.

Thunderbolt.
Rápida e flexível, a porta Thunderbolt vem com dois canais de dados de 10 Gbps para transferência de dados até 12 vezes mais rápida que por FireWire 800 e até 20 vezes mais rápida que USB 2.0.

Nova câmera FaceTime HD. Esteja lá!

Com a nova câmera FaceTime HD, você faz chamadas com vídeo com resolução de 720 pixels. Faça chamadas em HD de um iMac novo para outro ou para o novo MacBook Pro. Você também pode fazer chamadas com vídeo para outros computadores Mac com Intel, iPad 2, iPhone 4 ou para o iPod touch mais recente Wi-Fi e Bluetooth.

Especificações Técnicas:

-Processador: Intel Core i5 de quatro núcleos, 2.5GHz
-Barramento: 1333MHz
-Cachê: 6MB de cache L3 compartilhado e embarcado
-Memória RAM: 4GB (duas de 2GB) de memória DDR3
-HD: Disco rígido de 500GB (7200 rpm)
-Drives: SuperDrive 8x com gravação em camada dupla, 4x (DVD±R DL/DVD±RW/CD-RW)
-Rede: Wi-Fi: Rede Wi-Fi sem fio 802.11n2; Compatível com IEEE 802.11a/b/g; Bluetooth: Teclado sem-fio Bluetooth 2.1 + EDR (Enhanced Data Rate)
-Som: Alto-falantes estéreo integrados; Dois amplificadores internos de 17 watts de alta eficiência; Saída de áudio digital óptica e de fone de ouvido (minijack); Entrada de áudio de linha/digital óptica (minijack); Microfone integrado; Compatível com fone de ouvido com microfone da Apple para iPhone
-Memória de Vídeo: Processador gráfico AMD Radeon HD 6750M com 512MB de memória GDDR5
-Teclado: Sem fio da Apple; Teclado completo integrado com 78 (U.S.) ou 79 (ISO) teclas, 12 teclas de função e 4 teclas de direção (formato “T” invertido); Teclado numérico integrado
-Mouse: Magic Mouse: seu desenho limpo e elegante e superfície Multi-Touch que permitem que você faça movimentos simples como rolar e deslizar; Clique uma ou duas vezes onde preferir; A estrutura ambidestra acomoda usuários destros e canhotos
-Sistema Operacional: Mac OS X v10.6 Snow Leopard
-Softwares Inclusos: iTunes, Time Machine, Quick Look, Spaces, Spotlight, Dashboard, Mail, iChat, Safari, Agenda, QuickTime, iCal, DVD Player, Photo Booth, Front Row, Xcode Developer Tools e muito mais.



Preço: R$ 3.999,00

Novo iMac quad-core, com Thunderbolt e câmera Facetime HD

by

Era um rumor que se tornou realidade. A família iMac da Apple se renova a cada temporada, e nesta ocasião a mudança está relacionada aos componentes internos, incluindo desde a opção mais básica do processador Core i5 Sandy Bridge de quatro núcleos, incluindo duas novidades: câmera Facetime HD e a nova porta Thunderbolt.

Os modelos continuam com os mesmos tamanhos de tela, com seus 21,5 e 27 polegadas, 4 portas USB, entrada e saída de áudio, FireWire 800, porta Thunderbolt (duas portas no modelo de 27 polegadas) e Gigabit Ethernet. Sobre suas configurações, começam com um Core i5 de 2,5 GHz no modelo mais básico de 21 polegadas (com a possibilidade de montar um Core i7 de 2,8 GHz), podendo chegar na configuração top, com processador Core i7 de 3,4 GHz com tela de 27 polegadas, 4 GB de RAM DDR3 (expansíveis para até 16 GB), gráficos Radeon HD 6750M até 6970M, com 2 GB GDDR5 e HD de 500 GB (indo até 2 TB ou 256 GB em SSD).

via Engadget