Arquivo para a tag: televisión

CES 2014 | Panasonic levará o Firefox OS para as suas Smart TVs ainda em 2014

by

firefox-os-panasonic

A Mozilla deixou muito claro que não pensa em limitar o seu sistema operacional móvel, no que diz respeito ao seu tamanho ou funcionalidades. A prova que essa afirmação é séria é que a Panasonic anunciou na CES 2014 um acordo que vai permitir a utilização do Firefox Os nas suas Smart TVs e outros tipos de “telas inteligentes” do seu catálogo de produtos.

Por enquanto, os detalhes sobre esse acordo ainda são escassos (mas com a CES em curso, não deve demorar para que mais informações apareçam), ainda que as implicações que essa manobra pode ter podem ser muito interessantes. Um dos exemplos mais claros é que, tanto a guia de recursos como certos elementos da interfaces podem ser simplesmente páginas da web, o que pode dar uma maior flexibilidade na personalização da tela.

Também será muito mais simples elaborar os aplicativos para o controle remoto, ou até mesmo integrar a televisão em outros sistemas automatizados do lar. A boa notícia é que não teremos que esperar muito para ver tudo isso em ação, já que a Panasonic garante que as primeiras TVs com Firefox OS de seu portfólio chegará ao mercado no segundo semestre de 2014.

Via Mozilla

Microsoft cancela oficialmente o serviço MSN TV

by

msntvclose

A Microsoft anunciou oficialmente que (finalmente) o seu serviço MSN TV chega ao fim nos Estados Unidos a partir de hoje, 30 de setembro de 2013.

Muito provavelmente você nunca ouviu falar do nome MSN TV, e isso não é problema nenhum. Afinal de contas, esse serviço teve vendas muito limitadas, e foi oferecido apenas nos Estados Unidos. Os equipamentos da MSN TV (inicialmente conhecidos como WebTV) foram lançados em 1996, e ofereciam acesso à internet pelo televisor. Na época, era algo útil para quem não tinha um computador em casa. Agora, isso não faz mas o sentido de ser.

Os motivos para que ele nunca fosse popular passam pelo fato dos usuários não estarem prontos para um produto com tais características, e os serviços que realmente justificariam o seu uso (como o streaming de vídeo, por exemplo), só foram criados muito tempo depois. Para aqueles que puderam usar um MSN TV, vai ficar o sentimento nostálgico que, para alguns, serviu de porta de entrada para a internet, em um tempo onde as conexões eram mais limitadas.

Nos últimos meses de vida do serviço, os usuários tiveram a possibilidade de trocar a sua conta de e-mail atual para uma conta Outlook.com, além de salvar o seu conteúdo pessoal em uma conta do SkyDrive. E, dessa forma, mais um serviço dinossauro do mundo da tecnologia é extinto.

Via WebTV.net

Philips impressiona com a integração Ambilight+Hue, e anuncia uma nova TV com iluminação periférica

by

xphilips-ambilight-and-hue-1373460968.jpg.pagespeed.ic.arG-C42n2d

As lâmpadas inteligentes Hue são dispositivos que sempre chamaram a atenção dos especialistas. E não causalmente, é mais um produto da mesma empresa responsável pela tecnologia Ambilight: a Philips. Por isso, faz muito sentido que os dois produtos mostrem um certo nível de integração, através do aplicativo Ambilight+Hue, disponível para os dispositivos Android e iOS.

Esse software ajuda a coordenar as lâmpadas coloridas com as TVs compatíveis, fazendo com que os efeitos luminosos do televisor se expandam por toda a casa. A ideia lembra o projeto IllumiRoom da Microsoft, que também tem como objetivo principal aumentar a imersão do usuário.

Seguindo essa linha, a Philips também anunciou (em parceria com a TPVision) sua nova TV Elevation de 60 polegadas, que inclui o Ambilight em seus quatro cantos, para expandir a iluminação quando a unidade estiver montada em uma parede. A tela pode reproduzir vídeos a 1080p e 3D, possui uma espessura de apenas 1.4 cm, e conta com as funções Smart TV, aplicativo dedicado para o Netflix, navegador de internet e suporte para o Miracast.

O aplicativo Ambilight+Hue já pode ser baixado nas respectivas lojas dos dois sistemas operacionais. Já a TV pode ser adquirida na Europa no final de 2013, por um preço inicial sugerido de 3.250 euros.

Via Philips

Google anuncia o Fiber oficialmente. Uma banda larga de até 1 Gbps, com serviço de TV adicional

by

Quando o Google tornou público que as duas cidades de Kansas City (no Missouri e em Kansas) seriam usadas para testes de um serviço de internet de altíssima velocidade, tudo o que pudemos fazer foi conter a nossa inveja. Mas agora que eles anunciaram o serviços de internet e TV de alta definição, temos duas alternativas: ou escancaramos essa inveja para o mundo, ou começamos a pensar em uma forma de se mudar para lá.

Todos vocês sabem muito bem que o Google apresentou ontem (26) o seu serviço de internet em banda larga, o Google Fiber, que promete uma velocidade de navegação “até 100 vezes superior” a de algumas das melhores empresas de telecomunicações dos Estados Unidos. O novo Google Fiber vai ser acessível através de um novo dispositivo, chamado Network Box, que receberá uma conexão de fibra óptica, distribuindo o sinal via Ethernet e WiFi. O grande barato disso é que, para quem escolher a versão mais modesta do serviço, com velocidade de 5 Mbps, pode receber o serviço de graça, sem cobrança de mensalidade, por pelo menos sete anos. Tudo o que precisa ser pago é a taxa de instalação, que é de US$ 300.

Mas isso não é tudo. O Google Fiber traz consigo o Google Fiber TV, que conta com mais de 500 programas de TV, que são transmitidos com uma resolução de até 1080p. Para esse serviço, o Google lançou o Storage Box, que é capaz de gravar até 500 horas de vídeo em seus 2 TB de armazenamento, e distribuir o conteúdo de vídeo através do cabo coaxial que existe em qualquer casa com TV por assinatura. Cada TV deverá ser conectada a uma TV Box, que permite o acesso ao conteúdo de vídeos, além de busca de programas dentro do serviço e em outros sistemas, como o Netflix, por exemplo.

Os usuários vão receber 1 TB de espaço de armazenamento na nuvem, por meio do Google Drive e um Nexus 7, que poderá ser usado como controle remoto. Por enquanto isso é tudo o que se sabe do Google Fiber TV, mas durante a apresentação do produto, o Google informou que melhorias estão sendo feitas no produto, como a integração com o Google+ e disponibilidade de redes para hóspedes.

Sobre o preço, eles informam que os interessados deverão pagar o preço de instalação de US$ 300, e os moradores das duas cidades de Kansas City receberão o produto de graça, já que fazem parte dos testes do serviço. Depois disso, o usuário poderá pagar pelo serviço de 1 Gbps o valor de US$ 70 mensais, ou fazer o “combo” da internet e TV por US$ 120/mês.

Vídeo do evento de lançamento abaixo.

Vizio XVT CinemaWide TV, com 21:9 já está a venda nos Estados Unidos

by

Faz um bom tempo que os usuários mais exigentes se queixam das barras negras que aparecem na televisão quando assistimos a filmes em HD na sua resolução original, e para que tais barras desapareçam, é necessário uma tela com orientação 21:9, como as TVs CinemaWide da Vizio.

A empresa anunciou a algum tempo que essas curiosas TVs estariam disponíveis no mercado em outubro, mas essa data foi mudada para março e, como você pode ver, foi necessário esperar até junho para que sua promessa se tornasse realidade. Seja como for, este belo televisor de 58 polegadas com resolução de 2560 x 1080 já está disponível para os consumidores norte-americanos que desejam investir aproximadamente US$ 2.800 em uma TV de LED com taxa de refresh de 120 Hz.

Por enquanto, não podemos falar nada sobre sua qualidade, porque não tivemos contato direto com a TV, mas quase tão importante quanto sua nitidez ou contraste deve ser a sua capacidade de impressionar as visitas na nossa casa.

Via Vizio

Nintendo mostra o design final do Wii U GamePad (com vídeo)

by

Se preparando para uma E3 que promete grandes novidades, a Nintendo acaba de mostrar o design final de um dos seus controles para o novo console Wii U. Falamos do Wii U GamePad, que é muito parecido com o protótipo que vimos no ano passado, mas com um tamanho maior e com botões analógicos que foram reposicionados.

Entre outras características, está confirmado que o canto inferior esquerdo do periférico inclui um chip NFC, que permite interagir com cartões ou figuras. Além disso, o GamePad poderá ser usado como controle remoto independente do console, para enviar informações para televisores. Outras opções como mostrar o conteúdo do GamePad na tela ou utilizar duas telas em separado foram confirmadas, com possibilidades adicionais para bloquear o conteúdo do navegador até que a informação esteja pronta para ser enviada na tela.

Componentes como uma tela sensível ao toque, giroscópio e sensor de movimento prometem uma experiência bem interessante, que esperamos que a Nintendo e os seus desenvolvedores saibam aproveitar.

Abaixo, um vídeo com Satoru Iwata anunciando o produto.

Via Joystiq

Sharp apresenta uma tela touchscreen de 80 polegadas na #CES2012

by

A Sharp anunciou no seu keynote na CES 2012 o lançamento de novas telas LCD Gen-10, com resolução de 1080p e tamanhos de 60, 70 e 80 polegadas. A diferença dessa série para os modelos anteriores é que a empresa adicionou o componente tátil, que está cada vez mais na moda.

As gigantescas telas foram desenvolvidas com o objetivo de ocupar as salas dos lares mais avançados (e mais amplas), com grande nível de interação. As TVs são compatíveis com o sistema operacional Windows 7, permitindo ao usuário a utilização de aplicativos de videoconferência, como Skype, WebEx e GoToMetting.

As TVs estarão disponíveis no mercado norte-americano no final do mês de fevereiro, e o preço do modelo de 80 polegadas é de incríveis US$ 13.795.

Via Engadget

TV Toshiba Regza 32BC3, com botão de economia de energia, é apresentada no Japão

by

A Toshiba apresentou no Japão o último membro de sua família de TVs Regza, a 32BC3, um dispositivo com tela IPS de 32″ (1366 x 768). Seu principal destaque é contar com um botão de economia de energia no seu controle remoto, que pode reduzir o brilho da TV entre 50 a 75% (esperamos que sem afetar muito a qualidade de imagem). O produto deve estar disponível nas lojas japonesas a partir do mês de setembro, com preço de aproximadamente US$ 830.

via Akihabara News

Westinghouse anuncia a sua primeira HDTV 3D, com um preço bem competitivo

by

É raro ter alguma coisa da Westinghouse no blog, mas quando publicamos, é sempre algo que merece destaque. Neste caso, temos uma HDTV 3D, a W47S2TCD, de 47 polegadas, que oferece vídeo em 3D a 1080p, três níveis de cores, e tecnologia de retro-iluminação DayBright. O usuário recebe 4 óculos 3D para aproveitar do recurso, e o modelo tem preço bem mais baixo que os seus concorrentes: US$ 1.200. Além disso, a Westinghouse também anunciou o modelo WC-4625T, de 46 polegadas, que conta com serviços como Netflix, sem preço, nem data de lançamento revelados.

via Engadget

Haier Net Connected LED HTDV, com WiFi e aplicativos do Yahoo

by

A Haier entra na competição dos televisores inteligentes, em uma tentativa de fazer alguma sombra à produtos como o Boxee, Logitech Apple TV ou similares. O argumento deles? Simples: “pra quê ter uma caixa a mais na sua sala?”.

Sua nova linha Net Connect LED conta com conexão WiFi e é compatível com a Connected TV da Yahoo, executando assim os seus aplicativos. De forma complementar, ele possui acesso ao Hulu Plus, Blockbuster on Demand, Film Fresh e Netflix. Infelizmente, não temos mais detalhes, como suas especificações completas, preços e data de lançamento.

via Engadget

[tv] People Of Lava nos hipnotiza com sua HDTV com Android

by

Uma TV com Android é sempre algo bem interessante. Ainda mais quando é uma HDTV. A TV tem o nome de Scandinavia, tem tamanho de 42″, e oferece resolução de 1080p nativa, além da possibilidade de acesso ao YouTube, Google Maps, previsão do tempo, navegador de internet, Facebook, Twitter, etc, além de contar com um conector USB, que pode servir para reproduzir arquivos multimídia a partir de um HD externo. No futuro, a People of Lava pensa em vender as TVs nos tamanhos de 47 e 55″. O lançamento do modelo de 42″ vai acontecer em setembro, com um preço variando entre US$ 2.695 e US$ 3.370.

Fonte

[notícias] Microsoft suspende campanha em Family Guy "para evitar problemas"

by

A impressão que dá é que quando o pessoal do marketing a Microsoft decidiu anunciar o Windows 7 em vários episódios de Family Guy, eles simplesmente não tinham a mais vaga ideia no que eles estavam se metendo. Todo mundo sabe do que a série é capaz, e logo depois da parceria ser anunciada, a Microsoft decidiu voltar atrás, temendo que Brian e Stewie Griffin difamassem seu novo sistema operacional em rede nacional. E tudo isso depois dos executivos conferirem um adiantado do episódio que estava programado para ir ao ar em 8 de novembro. Afinal de contas, qual empresa iria se sentir confortável com piadas envolvendo gente surda, o Holocausto, higiene feminina e incesto? Quer saber? Errada está a Microsoft, pois só um ET não saberia do tipo de conteúdo que o Family Guy tem.

Fonte