Arquivo para a tag: telas oled

O impressionante túnel OLED da LG na IFA 2016

by

IFA 2016 LG - LG OLED tunnel

O que você verá no vídeo do final desse post é o impressionante túnel de telas OLED criado pela LG na entrada do seu stand na IFA 2016.

O túnel tem 5 metros de altura, 7,4 milímetros de largura e 15 metros de longitude, onde são utilizados 216 telas OLED curvas de 55 polegadas, criando uma estrutura que exibe 450 milhões de pixels em uma explosão de cores à base de imagens de auroras boreais, ecossistemas submarinos e sequências do espaço profundo.

É uma mostra de sua tecnologia baseada em diodos orgânicos de emissão de luz, que deve ser o novo padrão para os próximos anos. Teremos uma padronização nas telas que serão vistas como televisores ou monitores que podem estar presentes em um grande número de outros produtos.

As telas OLED podem ser dobradas em um formato em formações côncavas ou convexas sem qualquer tipo de distorção na qualidade de imagem, o que permite espetaculares instalações digitais, como o túnel OLED da LG na IFA 2016.

Vídeo a seguir.

 

Samsung vai fornecer para a Apple telas OLED

by

iPhone-teaser

Apple e Samsung teriam fechado um acordo avaliado em US$ 2.6 bilhões pela compra de 100 milhões de telas OLED fabricadas pelos coreanos.

O negócio é bom para os dois lados. Por um lado, a Apple consegue dar o salto para as telas OLED onde eles poderão introduzir novidades importantes nos seus smartphones, como por exemplo, telas curvadas. Por outro lado, a Samsung consegue uma nova via de receitas e fornecimento de materiais para alguns dos seus concorrentes diretos.

É importante lembrar quem, dentro do canal de fornecedores, a Samsung ocupa uma posição quase privilegiada, já que fabrica desde módulos de memória NAND Flash até RAM, passando por telas e também produz chips de última geração. Com isso em mente, podemos entender a sua posição, onde mesmo sendo um rival direto da Apple no mercado de smartphones e tablets, segue como um dos seus principais fornecedores, e esses acordos com a gigante de Cupertino é uma valiosa fonte de receitas que não pode ser recusada.

Como vocês bem podem ver, a frase aqui é “inimigos, inimigos, negócios a parte”. Empresas de sucesso não perdem a chance de fecharem grandes negócios, e não é uma batalha de patentes que impede que empresas como Apple e Samsung fechem negócios que são bons para os dois lados.

Via Korean Herald

Apple estaria trabalhando com telas OLED em novo laboratória em Taiwan

by

stock-photo-adelaide-australia-september-clicking-the-app-store-icon-on-an-ipad-running-ios

De acordo com a Bloomberg, a Apple criou um novo laboratório em Taiwan, e lá estariam trabalhando “pelo menos 50” engenheiros que teriam como missão desenvolver novas tecnologias de telas para produtos como iPhone e iPad.

Os funcionários teriam chegado de outras empresas, como AU Optronics e Qualcomm, e teriam como principal missão criar telas mais finas, leves e eficientes. As fontes da Bloomberg garantem que a Apple estaria também pesquisando sobre telas com tecnologia OLED.

As telas OLED oferecem vantagens que eles estão buscando nesse momento (são mais finas, leves e eficientes), mas o principal problema no momento é que são muito difíceis e caras de serem produzidas. Se a Apple tiver sucesso nas suas, eles eliminariam a necessidade de depender de provedores externos nesse aspecto (Samsung, LG e Sharp).

Via Bloomberg

Futuro iPhone pode utilizar tela OLED da Samsung

by

samsung-oled-curva

Hoje, a Apple usa as telas IPS no seu iPhone, mas um rumor indica que eles podem mudar para as telas OLED na próxima geração do seu smartphone. Possibilidade essa que não é nova, e já vista em rumores anteriores. A diferença é que dessa vez essa informação vem diretamente de um executivo da Samsung, e não de uma fonte anônima.

Tal executivo comentou que a Samsung voltou a abrir negociações com a Apple para iniciar o fornecimento de telas OLED para os próximos iPhones, uma estratégia que faz parte de uma nova filosofia dos coreanos, que buscam diversificar os seus negócios.

O objetivo é um só: dinheiro. A Samsung quer vender suas telas OLED para a sua maior rival porque o setor de smartphones vive um cenário “estranho”, não se descartando contrações importantes que obriguem os fabricantes a reajustarem a sua oferta em mobilidade, de modo que um contrato a longo prazo para o fornecimento desse componente garantiria aos  sul-coreanos uma grande e lucrativa estabilidade.

A Samsung seria a grande beneficiada com esse contrato, principalmente se o iPhone seguir vendendo tão bem como agora. Porém, o acordo não deve ser para tão já: talvez só veremos o primeiro smartphone da Apple com tela OLED em 2018. E olhe lá.

No hay duda, Samsung sería la gran beneficiada en este contrato, sobre todo si el iPhone de Apple continúa funcionando tan bien como hasta ahora, aunque parece que en caso de que todo llegue a buen puerto no veríamos el primer smartphone del gigante de la manzana con pantalla OLED hasta 2018.

Via GSMArena

Telas OLED: a aposta definitiva da LG

by

lg-oled-01

Depois da passagem do 3D pelas nossas vidas televisivas, nos últimos anos é o 4K e as telas curvas as características que os fabricantes mais enfatizam nas novas linhas de televisores. Em um segundo plano, ficam as telas e suas respectivas tecnologias.

Nesse sentido, a principal batalha ocorrida recentemente foi entre o plasma, o LCD e a OLED. Depois, LCD e OLED ficaram soberanas, e a LG decidiu que a sua aposta definitiva será na tecnologia OLED. A empresa anunciou que em 2018 eles vão investir quase US$ 9 bilhões para liderar o desenvolvimento da tecnologia OLED, independente do parecer de outros fabricantes.

O preço da tecnologia ainda é o principal obstáculo para a sua popularidade, e no aspecto técnico, as telas LED se tornaram sérios concorrentes a partir desse ano, com a inclusão dos nanocristais. Mesmo assim, a escolha da tecnologia OLED como principal baluarte na divisão de telas da LG não é algo que surpreende. Sua linha de TVs está fortemente baseada nessas telas, e em seus smartphones, eles são os que mais apostam nesse tipo de tela.

lg-oled-02

A flexibilidade, consumo e possibilidades de design são os principais argumentos nessa aposta, não só para os smartphones mas também para os televisores. A LG já trabalha forte para conseguir colocar no mercado telas OLED flexíveis, e todo o investimento será destinado para telas de TVs, smartphones, carros e wearables. Seu principal objetivo é se adiantar ao mercado, se posicionando tanto na cota de mercado como na tecnologia e fabricação. Desse modo, eles poderão compensar as perdas globais da empresa na divisão de telas LCD.

Via Reuters

Samsung apresenta telas OLED em espelhos e transparentes

by

tela-transparente-samsung-01

A Samsung apresentou modelos de TVs OLED que se destacam pelos seus conceitos diferenciados e inovadores. São propostas que mostram a capacidade dos coreanos no desenvolvimento de tecnologia para esse segmento.

Uma dessas telas é transparente, e a outra reproduz os seus conteúdos em um espelho. Na realidade, os dois conceitos são pensados no segmento de publicidade, que podem ter muito sentido para o setor, ou dentro dos modelos de luxo de televisores dos coreanos. A Samsung garante que a ideia é poder integrar no futuro a tecnologia RealSense da Intel para detectar os clientes e exibir (no caso do modelo com espelho) como ficarão os produtos da loja em seu corpo.

tela-transparente-samsung-02

No caso da tela transparente, a incorporação do RealSense servirá para oferecer ao usuário um maior controle sobre as imagens e objetos que aparecem na tela, assim como permitir tomar o controle das ações através dos comandos de voz. A Samsung informa que a sua tela espelho OLED é mais nítida, clara, tem um maior contraste e tempos de reposta menores que qualquer LCD espelho presente no mercado atual. No caso da tela transparente, a tela OLED oferece mais cores e claridade do que as LCDs do mercado com tecnologia similar.

Mas não se anime: vai demorar muito para essas TVs chegarem ao mercado.

Via BusinessWire

Samsung aposta no OLED para reduzir queda nas vendas

by

650_1000_noteedgepen

A Samsung Display vai investir US$$ 3.6 bilhões na criação de telas OLED para dispositivos móveis. A empresa é a principal promotora dessa tecnologia, mas agora eles querem dar um impulso maior, com o objetivo de utilizá-la em seus produtos, mas também vender essas telas para terceiros.

A nova linha de produção de telas OLED começa a funcionar em 2015, e o investimento será feito ao longo dos próximos dois anos. Analistas de mercado apostam na criação de telas curvas, que hoje são usadas no Galaxy Note Edge e produtos similares – Galaxy S6, talvez -, mas também para a produção de telas para outros fabricantes.

Pode ser o início de um novo caminho no design dos dispositivos móveis, e pouquíssimas empresas estão capacitadas para criar telas curvas/flexíveis em grande quantidade. A Samsung se prepara para ser o fornecedor de todos que quiserem apostar nessa nova proposta de design.

 

Fabricar mais chips

Já sabemos que outro segmento importante da Samsung é a criação de chipset para terceiros (Apple, por exemplo). Tudo indica que a próxima geração de processadores para os futuros iPhones voltarão a ser fabricados pelos coreanos, que tem assim mais uma grande fonte de ingressos que pouco tem a ver com a venda de smartphones.

Seja para a Apple ou para outros fabricantes, ou para consumo interno, a Samsung tem planificado criar ainda em 2015 uma nova fábrica de produção de processadores, que estará completa na segunda metade de 2017.

 

LG quer o OLED para as TVs

A Samsung não é a única empresa na Coreia do Sul que quer fazer mais dinheiro dentro da tecnologia OLED. A LG também quer ser mais rentável, e para isso, vai investir US$ 1 bilhão em uma nova fábrica que vai produzir telas para a TVs. A fábrica que receberá as melhorias está em atividade desde novembro de 2014.

Via YonhapReuters

Telas OLED (flexíveis?) nos futuros iPhones

by

iphone_6_iphone_6_plus

O diário japonês Nikkan Kogyo Shimbum revela um dado interessante, que pode afetar o futuro da tecnologia de telas do iPhone e Apple Wacth. A Apple contratou os serviços da Foxconn para fabricar telas OLED para os seus próximos dispositivos.

A produção deve começar no final de 2015, o que leva a crer que o próximo iPhone a ser apresentado esse ano segue utilizando uma tela LCD. Porém, a chegada dessa tecnologia faz sentido por outra perspectiva: a possibilidade de dispositivos com tela curva.

Algumas patentes da Apple apontam para essa possibilidade, e a notícia do início da produção de telas OLED para os próximos iPhone e Apple Watch reforçam essa teoria.

Não faz muito tempo que várias fontes indicaram que a Foxconn e sua subsidiária Innolux investiram US$ 2.6 bilhões em uma fábrica que ofereceria componentes para um único cliente, o que pode ser mais um indício da existência desse acordo exclusivo entre Apple e Foxconn.

Via BGR