Arquivo para a tag: sky

SKY faz ações especiais para a estreia da nova temporada de Game of Thrones na HBO

by

sky-logo-style

Game of Thrones (GoT), seriado de maior sucesso da TV na atualidade, estreia a 6ª temporada no canal HBO, dia 24 de abril, e a SKY preparou uma série de ações para seus clientes amantes dessa história, que mostra a guerra pelo trono de ferro entre várias famílias, que disputam o poder e o controle dos Sete Reinos.

As novidades já estão disponíveis desde o dia 4, com um hotsite exclusivo contendo todas as informações e curiosidades sobre a série, dia e horário das maratonas de GoT no canal HBO Plus (canal 73 | 273 HD), trailer oficial, vídeos com resumo das temporadas anteriores e making of, descrições das casas e famílias que fazem parte da história, mapa interativo com as principais cidades e localidades da trama e, para completar, tudo sobre as ações da operadora.

A partir do hotsite, os assinantes que têm os 10 canais HBO em seu pacote, serão direcionados à plataforma HBO GO, e poderão, com apenas um clique, assistir online e quando quiserem aos episódios de todas as cinco temporadas passadas.

A SKY também oferece até o dia 27 de junho, no SKY Games (portal de jogos no canal 512), dois jogos interativos com identidade de GoT e informações da série, um de memória e outro de forca. Os clientes que participarem desses jogos no fim da brincadeira receberão um código para desbloquear, no menu Games do hotsite, o download de paper toys dos personagens da série para impressão.

Nas redes sociais da operadora, os internautas poderão participar do Minhas Apostas SKY, um game social divertido que estará disponível à partir 18 de abril e se estenderá durante toda a temporada. Para participar, o usuário deve acessar o site www.minhasapostassky.com.br, e após cadastro simples via Facebook, poderão fazer suas apostas em até quatro personagens que devem morrer nos próximos episódios da série e desafiar os amigos, compartilhando as em seus perfis.

Entre os dias 22 e 24 de abril, a SKY vai ainda abrir o sinal dos dez canais HBO (HBO, HBO 2, HBO Plus, HBO Plus*E, HBO Family, HBO Signature, MAX UP, MAX, MAX PRIME e MAX PRIME*E) para clientes pós-pago e pré-pago que estiverem com recarga ativa nesse período.

E, para deixar todos ainda mais ansiosos, no hotsite e no Guia de Programação na TV relógios farão a contagem regressiva para a estreia da tão esperada temporada.

Serviço – Especial Game of Thrones

Abertura de sinal dos 10 canais HBO para clientes pós e pré-pagos
Data:
de 22 a 24 de abril

Hot site
Link: 
www.sky.com.br/got
Data: de 4 de abril a 27 de junho

Episódios das cinco temporadas anteriores
Onde assistir: 
www.sky.com.br/got (Menu HBO GO)

SKY Games (canal 512)
Data:
de 4 de abril a 27 de junho

Quiz nas redes sociais
Link: 
www.minhasapostassky.com.br e www.sky.com.br/got (Menu Games)
Data: de 18 de abril a 27 de junho

SKY apresenta novos pacotes, com novos nomes e diferentes opções de preços

by

sky-logo

A operadora de TV por assinatura SKY reformulou de forma profunda os seus pacotes de programação, oferecendo novas opções de preços de disposições de canais.

O objetivo da operadora é oferecer alternativas mais atraentes para os seus assinantes, além de facilitar a identificação desses pacotes para o consumidor. A ideia é aproximar o cliente da empresa em uma proposta que torne os seus produtos mais acessíveis e atraentes. A nova nomenclatura de pacotes também pode ajudar o cliente a identificar melhor o tipo de programação que deseja adquirir, o que eventualmente pode aumentar o índice de satisfação com o produto adquirido.

sky-novos-pacotes-2016

As mudanças alcançam os pacotes pré pago e pós pago da SKY, onde os clientes do primeiro grupo saem beneficiados, pois recebem mais opções de pacotes com preços mais flexíveis.

Nos planos pré pago, temos agora três grupos de empacotamentos, alguns deles com diferentes opções de pacotes. Lembrando que em todos os casos o equipamento é do cliente:

– SKY Pré Pago Pop (12 meses, 1 ponto SD): R$ 35,90/mês
– SKY Pré Pago Smart (12 meses, 1 ponto SD): R$ 49,90/mês
– SKY Pré Pago Smart (6 meses, 1 ponto SD): R$ 59,90/mês
– SKY Pré Pago Smart (6 meses, 1 ponto HD): R$ 79,90/mês
– SKY Pré Pago Smart (6 meses, 2 pontos SD): R$ 79,90/mês
– SKY Pré Pago Master (12 meses, 1 ponto SD): R$ 69,90/mês
– SKY Pré Pago Master (6 meses, 1 ponto SD): R$ 79,90/mês
– SKY Pré Pago Master (6 meses, 2 pontos SD): R$ 99,90/mês

sky-novos-pacotes-2016-02

No caso dos planos pós pago, todos eles contam com equipamentos em HD, inclusive nos combos:

– SKY Pós Pago Smart HD, por R$ 79,90/mês
– SKY Pós Pago Master HD (com 1 equipamento), por R$ 99,90/mês
– SKY Pós Pago Master HD (com 2 equipamentos), por R$ 109,90/mês
– SKY Pós Pago Advanced HD (com 1 equipamento), por R$ 114,90/mês
– SKY Pós Pago Advanced HD (com 2 equipamentos), por R$ 124,90/mês
– SKY Pós Pago Combo Master HD HBO Max (com 2 equipamentos), por R$ 149,90/mês
– SKY Pós Pago Combo Master HD Telecine (com 2 equipamentos), por R$ 159,90/mês
– SKY Pós Pago Combo Master HD Cinema (com 2 equipamentos), por R$ 189,90/mês
– SKY Pós Pago Combo Master HD Futebol (com 2 equipamentos), por R$ 209,90/mês
– SKY Pós Pago Combo Plus HD (com 2 equipamentos), por R$ 159,90/mês
– SKY Pós Pago Combo Plus HD HBO Max (com 2 equipamentos), por R$ 189,90/mês
– SKY Pós Pago Combo Plus HD Telecine (com 2 equipamentos), por R$ 199,90/mês
– SKY Pós Pago Combo Plus HD Cinema (com 2 equipamentos), por R$ 229,90/mês
– SKY Pós Pago Combo Plus HD Futebol (com 2 equipamentos), por R$ 244,90/mês
– SKY Pós Pago Combo Top HD (com 3 equipamentos), por R$ 345,90/mês

Para mais informações sobre os pacotes, acesse: assine.sky.com.br

Uma análise dos novos pacotes da SKY (em janeiro de 2015)

by

Logo-Sky-Prata

Entramos em um novo ano, e vamos retomar uma série de posts que fez muito sucesso no passado. Voltaremos a analisar de tempos em tempos os pacotes das principais operadoras de TV por assinatura, como uma forma de auxiliar o assinante na escolha do seu primeiro serviço, ou na troca do atual por uma melhor relação custo/benefício. E começamos logo pela SKY.

A SKY começou o ano de 2015 apresentando novos pacotes, mostrando uma reformulação de proposta de oferta de produto, se ajustando aos novos tempos (onde a concorrência é pesada) e buscando recuperar terreno no segmento. Agora, a operadora trabalha com quatro ofertas sólidas de pacotes. A saber:

pacotes-sky-2015-01

Aqui está (talvez) a maior mudança dos pacotes da SKY. O pacote FIT simplesmente não existe mais, e fica relegado ao plano pré-pago da operadora (Sky Pré-Pago). Mais tarde falamos mais sobre essa mudança.

O novo pacote de entrada do pós-pago é o Light II (R$ 79,90/mês), que tem uma variante com 12 canais em HD (R$ 89,90). O combo HD Light Futebol (R$ 139,90/mês) se tornou o mais acessível para quem deseja ter os canais do pacote Premiere. Todos os pacotes com dois equipamentos, mas apenas um com HD.

Não são ofertas tão atraentes como os da concorrência, mas com relação custo/benefício razoavelmente interessante, dentro do objetivo principal de cada assinante. Falta aqui um pacote para os fãs de cinema, que gostariam de pagar menos para ver os filmes do Telecine ou HBO (apesar do fato da SKY permitir a contratação avulsa desses pacotes).

pacotes-sky-2015-02

Aqui, mais mudanças. O pacote SKY Mix (que antes fazia parte dos pacotes de entrada da operadora) agora tem um grupo próprio, com um volume maior de canais em HD. O SKY Mix HD (R$ 109.90/mês) traz 167 canais (naquelas, pois tem aquele monte de canais de áudio e rádios, que não são canais de TV), e aqui temos os primeiros pacotes que recebem os canais de filmes dos grupos Telecine e HBO.

O SKY Mix HD + HBOMAX HD (R$ 149,90/mês) e o SKY Mix HD + Telecine HD (R$ 164,9o/mês) são pacotes que não são tão díspares no quesito preço em relação aos concorrentes. Até mesmo o combo do SKY Mix HD + Cinema HD (R$ 189,90/mês) não foge muito do que a concorrência cobra. O problema aqui é que nenhum pacote desse grupo oferece um combo com o pacote Premiere, que tem que ser comprado à parte (saindo mais caro).

Ou seja, aqui já concluímos que a SKY entende que fãs de cinema e de futebol são grupos diferentes, e se o usuário quiser os dois mundos combinados, terá que colocar a mão no bolso, sem muito medo de ser feliz.

Todos os pacotes oferecem dois equipamentos em HD.

pacotes-sky-2015-03

Aqui temos os primeiros pacotes com a disponibilidade de gravador digital. É o pacote SKY Mix, com todos os canais disponíveis em HD, com o recurso de gravação, cada um atendendo a necessidade e aspirações do assinante. E mais uma vez, a SKY mostra que, para ela, a pessoa que gosta de cinema e futebol tem que pagar a mais por isso.

A diferença entre os dois pacotes é de R$ 89 (R$ 209,90/mês para o Combo HD Plus + Cinema HD, e R$ 289,90/mês para o Conbo HD Plus + Cinema HD + Futebol HD). Em outras operadoras, o Premiere FC contratado em separado custa um pouco menos que isso.

Mas o grande problema é que a SKY não oferece um combo com gravador apenas com o futebol. Aqui, se você quer contratar o Premiere FC e ter um gravador digital, você é obrigado a receber o pacote Cinema. Não tem outra escolha. Ou alugar um receptor com gravador integrado em qualquer outro pacote, o que fará a conta ser muito mais cara.

Nesse pacote, o cliente recebe um receptor HD com gravação e outro receptor HD.

pacotes-sky-2015-04

Por último, mas não menos importante, temos os pacotes mais completos da SKY. Nesse caso, o HD Full (na teoria) inclui todos os canais da base da operadora (exceto os pay-per-views), com todos os canais em HD, e com os pacotes temáticos de cinema (ou dos grupos HBO e Telecine) e futebol (Premiere FC).

Outro diferencial importante desse pacote é a presença de um segundo receptor HD extra (como ponto adicional), o que pode ser mais vantajoso para aquele assinante que precisa de três pontos em casa, já que a relação custo/benefício é mais satisfatória.

Aqui, a SKY abriu um pouco mais o leque de opções para quem pode pagar a mais por isso. É uma estratégia válida, levando em conta o público-alvo que a operadora busca: quem pode pagar a mais, pague e receba a mais. Além de ter um receptor HD com gravação e dois receptores HD.

 

E o pacote SKY FIT? Virou o único do Sky Pré-Pago (???)

sky-pre-pago-2015

O SKY Pré-Pago ficou um troço tão absurdo, que nem sei por onde começar a descrever o quão errado está isso aqui.

Para começar, o preço do equipamento foi supervalorizado. Antes, custava R$ 399. Depois, passou para R$ 429. Agora, custam patéticos R$ 598… divididos em 12 vezes de R$ 49,90. Tudo bem que esses 12 meses são devolvidos para você em programação do pacote FIT.

Mas a piada começa a perder a graça depois desses 12 meses. Após o período, você fica com três meses de canais abertos, e depois disso…. puft. Nenhum canal.

Ou seja, como eu disse lá atrás, o conceito de ‘parabólica aberta da SKY’ acabou, e faz tempo. A Oi Livre agradece.

Para piorar ainda mais a situação (como se fosse possível), os clientes do SKY Pré-Pago não contam mais com a opção de contratar pacotes que vão além do FIT. Na cabeça da SKY, quem pode pagar a mais para ter mais canais é obrigado a se fidelizar no contrato da empresa, em um plano pós-pago. O cliente pré, que não quer compromisso com nada, paga R$ 50 por mês para ter meia dúzia de canais fechados, alguns canais abertos, e um monte de canais de música/rádios.

 

Conclusão

Particularmente, não me agrada muito as ofertas da SKY nos seus pacotes, mas ao menos temos opções um pouco mais flexíveis do que aquelas ofertadas no passado. O SKY Pré-Pago morreu de vez, e virou uma opção apenas para aqueles que não querem se comprometer com a operadora (ou não sabem o que estão fazendo).

Levando em conta a recém inclusão de novos canais e o fato da SKY chegar em locais onde outras operadoras não chegam, o serviço ainda pode ser vantajoso em alguns pacotes pontuais, para assinantes com objetivos específicos de programação. Mas é importante lembrar que a concorrência está pesada dentro do segmento DTH, e ainda acho que a SKY pode melhorar mais um pouco sua relação custo/benefício.

Para mais informações sobre os novos pacotes da SKY, clique aqui.

Para mais informações sobre o novo SKY Pré-Pago, clique aqui.

SKY Pré-Pago: é o pacote FIT, e nada mais…

by

sky-pre-pago-2015-fit

Em novembro de 2014, eu escrevi aqui no blog sobre a infeliz mudança da SKY em cobrar pelos canais abertos no serviço SKY Pré-Pago (clique aqui para ler), algo que sempre foi gratuito. Agora, ao que tudo indica, eles quiseram tornar a situação ainda pior, ‘acabando com o serviço de vez’, ao tornar o SKY Fit (o pacote de entrada da operadora) o único disponível para o serviço.

É até compreensível a manobra da SKY. Em via de regra, os assinantes desse pacote são a turma das classes D e E, que não querem assumir compromissos de fidelidade com a operadora (se bem que serão obrigados a isso, ao menos para manterem os canais abertos). Logo, assim como se contrata um plano pré-pago para o celular, por que não um plano pré-pago para TV por assinatura? Nada contra essa teoria, e até concordo com ela.

O problema é não oferecer outras opções para quem pode pagar a mais. Se você quer um pacote mais completo, você é obrigado a fechar o tal contrato de fidelização com a operadora. Não é uma prática comercial muito saudável.

Também é preciso levar em consideração que, com tal manobra, a SKY acaba ‘maquiando’ o absurdo de cobrar por canais abertos (já que a tal opção de R$ 19,90 por três meses desses canais não existe mais), colocando seis canais pagos dentro de um monte de canais favoritos. E cobrando tão a mais para isso, que os tais três meses de canais abertos que antes eram cobrados, agora saem de graça (depois dos primeiros 12 meses de pagamento do serviço).

De novo: é uma pena que a ideia do SKY Pré-Pago tenha ‘falecido oficialmente’. Era uma alternativa bem democrática de oferecer aos assinantes um serviço de TV paga. Foi completamente desmontado. É claro que o assinante pode complementar essa programação com pacotes avulsos, mas pagando preços exorbitantes por canal ou pacote.

A Oi Live agradece.

Para mais informações sobre o novo SKY Pré-Pago, clique aqui.

Sky Pré-Pago passa a cobrar pela oferta dos canais abertos no serviço

by

pacote-sky-canais-abertos

Acabou a ideia de ‘parabólica digital da Sky’. O serviço Sky Pré-Pago passa a contar com um plano de entrada, chamado ‘Sky Digital’, obrigando assim aos seus clientes a pagar pelos canais abertos transmitidos pelo serviço.

O novo pacote tem custo de R$ 19,90 para três meses de programação, e inclui 41 anais, onde 28 deles são canais de vídeo (em algumas praças, a Rede Globo e o SBT não estão disponíveis). O pacote é apresentado em conjunto com as demais opções de recarga, na página oficial do serviço Sky Pré-Pago.

A mudança até não surpreende aos mais atentos. A mudança de nome do serviço (de Sky Livre para Sky Pré-Pago) pode ser considerado uma espécie de ‘preparação’ para o que estaria por vir. O que resta saber é se a Sky conta com a aprovação dos órgãos reguladores do setor (Anatel e Ancine) para realizar tal cobrança. Afinal de contas, a operadora está cobrando por um conteúdo que pode ser consumido gratuitamente por outras plataformas.

A Sky pode usar de algumas variantes para justificar a nova cobrança. Uma das desculpas pode ser o uso da tecnologia da Sky, porém, subentende-se que esses custos são pagos pelo cliente no ato da aquisição do equipamento – diferente do formato pós-pago, onde o equipamento é cedido em comodato ao cliente. Outra justificativa da Sky pode estar nos acordos feitos com os provedores de conteúdo. Porém, canais de vídeo e rádios cobrando apenas da Sky, que por sua vez repassa essa cobrança para clientes com contratos já vigentes? É no mínimo estranho.

De qualquer forma, quem deve estar comemorando a decisão da Sky é a concorrência. A Oi TV mantém a sua opção pré-paga com canais abertos favoritos, assim como a NET, que também oferece os canais abertos de forma gratuita via cabo. Não podemos dizer que o mercado de parabólicas convencionais pode ‘respirar aliviado’ com essa decisão. Mas podemos afirmar que a Sky, com tal medida, ‘mata’ uma de suas boas ideias.

+info

Novos pacotes SKY (março 2013) são anunciados. Veja as novidades

by

vagas-sky-brasil-2011.jpg

A SKY anunciou mais uma reformulação em seus pacotes de TV por assinatura. Como gostamos do assunto, e os últimos posts com a análise desses pacotes estão na lista dos mais visitados do blog, vamos mais uma vez analisar quais são as novidades que a operadora oferece aos antigos assinantes e possíveis novos assinantes.

É sempre bom lembrar que, para aqueles que já são assinantes da SKY, e optarem por adquirir um dos novos pacotes, é fundamental observar se haverá alguma perda ou ganho de canais em relação ao novo empacotamento. Apesar de alguns pacotes praticamente não sofrerem nenhuma alteração aos planos anteriores, é sempre bom consultar o comparativo desses novos pacotes, e verificar como eles vão influenciar na sua seleção de canais.

No line-up da SKY, as únicas alterações foram a saída dos canais Fox News e do Boomerang (esse último substituído pelo canal TBS).

new-sky-basico-2013-1

Os novos pacotes básicos da SKY sofreram poucas alterações. O SKY FIT 2013 permanece com o valor de R$ 52,90/mês, com aquela oferta mais básica de canais, apenas com os ajustes de alguns canais obrigatórios (Cine Brasil TV, PlayTV, Super Mix) que já estavam disponíveis na versão anterior do plano. O NEW SKY LIGHT 2013 de “NEW”, não tem nada. O preço é o mesmo (R$ 79,90/mês), e a lista de canais continua exatamente a mesma. Ou seja, nenhum tipo de mudança.

Talvez a grande e interessante mudança foi no NEW SKY MIX HD 2013, que é o pacote de base mais elevado da SKY, e passa a ser o pacote com canais HD mais barato da operadora. Por R$ 99,90/mês, você tem todos os canais digitais da base (exceto os canais HBO/Telecine/adultos/PFC/Combate), além de uma interessante oferta de 17 canais em HD. E não estamos falando dos canais abertos: são 17 canais pagos, como Fox Sports HD, Sony HD, Warner HD, ESPN+, entre outros. Uma proposta bem interessante para quem não quer pagar muito para ter canais em alta definição.

Nesses pacotes, o cliente tem direito a um receptor apenas (nos pacotes FIT e LIGHT, um receptor digital, no pacote MIX, um receptor HDTV Slim).

new-duetos-sky-2013

Agora, todos os duetos oferecem um equipamento HDTV Slim + um ponto digital (SD), todos são do pacote light, e um dueto especial foi formado, pensados naqueles que basicamente priorizam o futebol em suas vidas, e querem ficar com o pacote PFC para ver o seu time em todos os jogos do ano. Esse novo dueto é o SKY FIT FUTEBOL 2013, que basicamente combina o preço do pacote FIT 2013 (R$ 52,90/mês) com o pacote PFC (R$ 62,00/mês), totalizando os R$ 114,90/mês.

Os demais duetos são pensados mais naqueles que querem dois receptores em casa, e gostam de cinema o suficiente para ter canais adicionais dos grupos HBO e Telecine. Exceto é claro o NEW SKY LIGHT FUTEBOL 2013, que como vocês já podem imaginar, tem o pacote PFC no preço. Os valore variam entre R$ 119,90/mês e R$ 159,90/mês. Vale a pena lembrar que, nesse pacote (estranhamente), você não tem direito a nenhum canal pago em HD, nem dos grupos Telecine/HBO, nem os canais PFC em HD, mesmo que alguns dos planos apresentados ofereçam a opção de você contar com um receptor HDTV Slim. Ao meu ver, contra senso. Se serve de consolo, você ao menos terá uma melhoria significativa de imagens nesses receptores com saída HDMI (exceto no pacote especial – SKY FIT Futebol 2013 -, que conta apenas com um receptor digital SD). É melhor do que nada, não é mesmo?

new-sky-hdtv-slim-2013

No grupo dos combos HDTV Slim, também detectamos mudanças. Para começar, a SKY “oficializou” algo que já era permitido aos assinantes, que era assinatura de um pacote HDTV Slim com os canais Telecine (antes só haviam as opções HBO e Cinema). Com valores variando entre R$ 149,90/mês e R$ 199,90/mês, são os pacotes com melhor relação custo/benefício para quem quer ter uma oferta mais completa de canais e pagando menos pelos canais considerados “Premium”. Também é a melhor opção para quem quer ter o pacote PFC, mas não quer deixar de lado um bom pacote de canais.

Porém, atenção aqui. Observei o comparativo de canais (que é algo que você também deve fazer) desses novos combos, e me dei conta que alguns canais em HD não estão listados nessas seleções, como o AXN HD, ESPN Brasil HD, Sports+ HD, VH1 HD, The History Channel HD, MGM HD, BIO HD e Band News HD. Aqui, pode ser um erro do site da SKY (algo que é bem possível, uma vez que eles erram muito), mas também pode ser uma estratégia da própria operadora. Em outros pacotes com HDTV Slim, isso não acontecia (na antiga versão 2013, você não tinha restrição de canais HD mesmo em um combo com o pacote LIGHT), e se você acredita que esses canais são importantes para você, não faça a troca de combo.

Em todos os combos HDTV Slim, o usuário recebe apenas dois aparelhos HDTV Slim dentro do pacote, ou seja, você perde um receptor SD na troca por esse pacote.

new-sky-hdtv-full-2013

Os combos HDTV Full seguem sendo os mais completos e, por consequência, os mais caros. Aqui, você recebe os canais do pacote MIX, todos os canais em HD disponíveis na base SKY (dos canais regulares), além dos pacotes de canais de filmes e esportes específicos (HBO/Telecine/PFC). Sem falar que esses são os pacotes que oferecem o recurso de gravação nativo no sistema (com HD interno, gravação simultânea, guia inteligente de agendamento de programação,etc). Os valores variam de acordo com a preferência e gosto do usuário, partindo dos R$ 204,90/mês do HDTV Full HBO MAX 2013, e indo até os R$ 249,90 cobrados pelo pacote HDTV Full Futebol 2013.

O pacote mais completo da SKY, o HDTV Full Top 2013 está um pouco mais barato (R$ 299,90/mês), e continua oferecendo todos os canais da grade + o pacote PFC + uma cortesia de um canal adulto. Não estão inclusos nesse plano o canal Combate, os pay-per-views, nem alguns canais adultos em PPV. Do mais, tudo está disponível. Porém, tem um importante detalhe: no pacote HDTV Full Top e nos demais pacotes desse grupo, o usuário só recebe um receptor HDTV Plus (com gravação em HD interno) e dois receptores HTDV Slim. Em relação à versão anterior desse grupo de pacotes, você perde um receptor SD incluso no valor do pacote.

Conclusão

Algumas opções melhoraram de forma considerável, como a NEW SKY MIX HD 2013. Já outras, foram um completo desastre, como os novos combos HDTV Slim, onde o usuário perde canais com a troca. De novo, vale a pena gastar mais algum tempo estudando os novos pacotes no site da operadora, e comparando com aquilo que você já tem em casa. Dependendo da escolha a ser feita, a troca não é recomendada. Principalmente quando você corre o risco de receber menos pagando mais. É claro que alguns vão argumentar que a diferença de valor era por conta do receptor SD que foi retirado de alguns pontos. Mesmo assim, cuidado: um exemplo claro do “mais por menos” é o caso do HDTV Slim Futebol, onde hoje você paga R$ 5 a mais, mas com um receptor a menos.

Você pode fazer o comparativo com os antigos pacotes (preços, número de receptores, etc) em nosso primeiro post sobre os pacotes 2013 da SKY, feito em novembro de 2012.

Review | Análise do decoder HTDV Slim da SKY (SH25)

by

novodecodersky01

Fui assinante da SKY por pouco mais de um ano, e nos últimos meses, tive a chance de testar os dois decodificadores HTDV da empresa, o Slim e o Plus, além do novo decodificador compacto em SD (digital). Em uma série de posts que pretendo publicar até o final do ano (se tudo der certo), vou fazer uma breve análise sobre todos esses equipamentos, para dar um parecer sobre o que os potenciais assinantes podem esperar dos equipamentos, e até mesmo para compartilhar minha opinião sobre esses produtos. Começo pelo modelo HDTV Slim da SKY, na versão SH25.

O produto é realmente “compacto” e “slim”. Ele é mais fino que os receptores antigos da SKY em SD, da penúltima geração (aqueles antigos da Thompson, Philips, etc). O modelo lembra em seu design um set-top box moderno, ficando compacto e elegante no móvel que vai receber a sua central de entretenimento. É um equipamento leve, que permite um prático transporte para outra residência, caso você conte com uma antena SKY na sua casa de praia, ou quer levar o equipamento HTDV na casa de parentes e amigos, que ainda estão com um equipamento em SD.

Na parte frontal do produto, temos os botões de liga/desliga, menu, botões de navegação, botão “confirma”, botão de guia e o botão de reset. Todos são um pouco pequenos demais do que o desejado, mas não imagino que a maioria dos usuários vão utilizar esses botões no dia a dia. Só servem mesmo para ajudar o técnico na configuração inicial do equipamento, ou para o usuário se salvar em algum momento de bloqueio mais crítico de suas funções.

Em uma das laterais do produto, temos o slot para conexão do smartcard (ou cartão do usuário) do equipamento. Não me agrada muito ter um equipamento que deixe o cartão exposto, mesmo que parcialmente. Por outro lado, os equipamentos mais novos são feitos para facilitar a vida dos usuários no caso de problemas mais sérios, como perda de sinal, de configurações e problemas durante a atualização do equipamento, o que torna a escolha de um acesso prático ao smartcard algo compreensível.

Na parte traseira do equipamento HDTV SH25, temos poucos conectores. Na verdade, os essenciais para que o equipamento receba o nome Slim: conector de entrada de satélite, saídas de áudio e vídeo, saída de áudio digital, saída HDMI e a porta USB, que finalmente passou a ter alguma utilidade prática para o usuário, permitindo agora a gravação da programação em HDs externos e pendrives (falo disso mais para frente), além da saída do conector de energia.

A boa notícia para os usuários que vão receber esse equipamento é que o seu controle é o mesmo do equipamento SKY HDTV Plus. Mesmo não contando com todas as funcionalidades do equipamento Plus, ele é um ótimo controle, com excelente tempo de resposta, um bom tamanho, e um posicionamento de botões muito funcional. Esse controle possui uma versão compacta e simplificada nos novos receptores SD (falaremos mais sobre isso quando falarmos desse equipamento aqui no blog).

O produto em funcionamento

O equipamento SKY HDTV Slim possui o mesmo software presente no modelo SKY HDTV Plus, com algumas vantagens e desvantagens, todas elas sendo consequências de suas características técnicas. A principal vantagem desse equipamento é que ele é bem mais rápido que o HDTV Plus, até porque ele não conta com um HD interno, que faz com que o equipamento fique mais lento durante o processamento dos seus comandos. Como principal desvantagem, alguns itens de agendamento de programação são restritos, ou contam com funções “pouco inteligentes”.

Por exemplo, se você faz um agendamento de mudança de canal no padrão “diário”, com uma janela de começo e fim previamente determinado, você pode cancelar individualmente o agendamento para um determinado dia, mas a tarefa de cancelar em definitivo essa programação é bem complicada para os usuários inexperientes. O usuário pode penar muito na hora de desfazer esse agendamento.

Assim como o equipamento Plus, o modelo Slim faz um “upscalling” de imagem nos canais SD, uma vez que ele pode enviar as imagens via HDMI no padrão 1080i. Mas atenção: isso não quer dizer que os seus canais digitais serão exibidos em alta definição, mas sim que eles vão ter uma leve melhoria de imagem. Aliás, você já tem uma melhoria natural de imagem pela natureza da conexão, mas ao ajustar essa configuração (algo que pode ser feito pelo próprio usuário, mas o instalador da SKY é orientado para deixar esse ajuste como padrão por causa dos canais em HD), as imagens de canais digitais acabam ficando bem melhor.

A partir desse mês de novembro, a SKY oferece para os usuários o recurso de gravação de programação via USB, para pendrives (de pelo menos 16 GB de armazenamento) e HDs externos (até 1 TB). O custo para os usuários com equipamentos HDTV Slim é de R$ 7.90/mês, exceto para os assinantes dos combos SKY HDTV 2013, que recebem o recurso de graça. Não testei ainda a funcionalidade, até porque não sou mais assinante da SKY. Mas espero fazer isso em breve. E, se você já testou o recurso, deixe os seus comentários aqui no blog.

Por fim, o equipamento SKY HDTV Slim SH25 está APROVADO. É um ótimo equipamento de TV por assinatura, e me surpreendeu pelo desempenho, mesmo com suas restrições técnicas. Nas próximas semanas, eu pretendo comentar os demais equipamentos de TV por assinatura que testei recentemente, sempre com o objetivo de ilustrar suas diferenças, características e funcionalidades.