Arquivo para a tag: séries de tv

Aparecem referências para filmes, séries e músicas no Steam

by

steamdb

O Steam pode estar preparando uma série de novas adições. A conta do Twitter @SteamDB, clássica pelos vazamentos relacionados ao serviço, revelou a detecção das seções “filmes, séries de TV e música” nos códigos da plataforma.

Podem ser novidades que a Valve deve incluir mais cedo ou mais tarde no seu serviço, e levando em conta os 75 milhões de usuários que o Steam possui, é fácil pensar que serviços desse tipo podem fazer frente às plataformas da Google e Apple.

De qualquer forma, é sempre bom ter muitas reservas com esse vazamento, uma vez que pode se tratar de uma simples reestruturação dos conteúdos já presentes. É bom lembrar que o Steam já oferece trilhas sonoras de videogames, e tais mudanças podem se centrar na Steam Music.

Por enquanto, essas linhas de código é tudo o que sabemos até o momento, de modo que temos que esperar por novidades. Ou peo anúncio oficial. O que vier primeiro.

Via IGN

Microsoft já estaria produzindo seis séries de TV exclusivas para o Xbox One

by

xbox-one-topo

Está mais do que claro que o futuro da TV (ou pelo menos das séries de TV) está nas plataformas online, e não na própria TV. Amazon e Netflix já estão com os dois pés fincados nesse segmento. O Yahoo pode fazer o mesmo em breve, e segundo a Bloomberg, a Microsoft pode ser a próxima a se aventurar nas produções originais de séries televisivas para os seus produtos e serviços.

Entre os projetos que devem estrear em todo o planeta em junho estão séries de animação, programas de futebol e uma série digital sobre o game Halo produzida por Steven Spielberg (esse último projeto já era de conhecimento público).

Mas não basta ter o melhor dispositivo na sala de sua casa para ver conteúdos. Também é preciso ter o melhor conteúdo, e todo mundo sabe disso. Ainda segundo a Bloomberg, a Microsoft já estaria de olho nessa possibilidade. entre os conteúdos que a gigante de Redmond prepara para oferecer aos assinantes do Xbox Live, estão shows da comediante Sarah Silverman, séries de animação em stop-motion e programas sobre futebol que estrearão antes da Copa do Mundo FIFA 2014.

A ideia da Microsoft é atrair mais e mais consumidores do Xbox One para o serviço de assinatura Xbox Live, indo muito além dos jogos no serviço. As séries que eles pretendem estrar terão funções que permitirão aos espectadores interagir entre eles em tempo real e com os programas que estão assistindo.

A Microsoft não se pronuncia oficialmente sobre o assunto, mas não deve demorar muito para que o assunto se torne oficial (isso é, se os rumores forem reais, é claro).

Via Bloomberg

Xbox One vai recompensar com conquistas os gamers viciados em cinema e séries de TV

by

logros-xbox

A Microsoft parece estar muito determinada a alterar a rotina de sono dos futuros compradores do Xbox One. Não satisfeito com sua futura posição de oferecer um dos consoles mais potentes do mercado, eles querem estimular o consumo de conteúdos multimídia no Xbox One, oferecendo conquistas para aqueles que assistirem filmes e séries de TV no console.

Para explicar de forma mais clara, a Microsoft informa que oferecerá aos usuários “a oportunidade de conseguir medalhas ou recompensas pelas mídias que você consome além dos jogos”. A informação foi divulgada pelo site Ars Technica, que confirmou que as bonificações serão desbloqueadas para aqueles que “assistirem séries de TV e filmes ou indicar tais conteúdos” em aplicativos como Netflix, Hulu Plus, Crackle, Amazon Instant Video e Redbox Instant.

Ou seja, reproduzir “10 filmes antes que 2013 acabe” pode desbloquear uma insígnia que vai denotar a sua condição de cinéfilo, mas também ao executar um aplicativo multimídia em um certo número de vezes ou (isso já parece mais uma brincadeira) “ver um episódio piloto de uma série da Amazon Original com a segunda letra do alfabeto grego”, entre outros objetivos.

Ao mesmo tempo, e lembrando que essas conquistas não serve para absolutamente nada sem uma boa plataforma multimídia para alcançar tais conquistas (a relação é recíproca), a Microsoft tornou pública a lista de aplicativos de streaming de vídeo e TV que estarão disponíveis entre o dia 22 de novembro de 2013 (dia de chegada do Xbox One no mercado) e a primavera de 2014 no hemisfério norte (até maio/junho de 2014).

Via Ars Technica, xbox.com

Netflix faz história no Emmy Awards 2013

by

Netflix-Emmys

House of Cards, uma das séries da Netflix que foi criada exclusivamente para estar disponível através do seu serviço de streaming de vídeos, encerrou o Emmy Awards 2013 com três prêmios, entrando para a história como a primeira série online a vencer um prêmio em um evento para as melhores produções da TV dos Estados Unidos.

David Fincher venceu a categoria Melhor Direção em Série Dramática, pelo piloto de House of Cards (Chapter 1), e a série venceu dois prêmios criativos do Emmys (Creative Arts), como Melhor Elenco de Série Dramática, e Melhor Fotografia em Série Dramática. A produção foi indicada em outras seis categorias, incluindo Melhor Série Dramática e Melhor Ator em Série Dramática, com Kevin Spacey.

Esse pode ser o início de uma nova fase para a produção de conteúdos televisivos. A Netflix tem planos de lançar, pelo menos, cinco séries originais por ano, a partir de 2014. E eles não se envergonham em anunciar planos ambiciosos: “queremos nos transformar em HBO mais rápido que a HBO possa se transformar na gente”.

Esses prêmios para séries feitas exclusivamente para a internet pode alterar de forma decisiva a produção e lançamento das séries televisivas. Pode não acontecer de forma imediata, mas a longo prazo, poderemos ver os canais tradicionais de TV investindo esforços para as produções de internet, e como consequência, os usuários pagando pelo “canal”, online, ou na pior das hipóteses, pagando para assistir as séries que ele mais gosta.

Enquanto ainda vivemos um modelo de negócios tradicional, onde pagamos pelos pacotes de canais, é inegável afirmar que o potencial para um futuro mais flexível e específico dentro das plataformas online é enorme. A prova disso é que, mesmo sem um formato de negócios definido, já temos muitas pessoas que migraram da TV para o consumo de programas de TV online, sem sentir a menor falta do formato tradicional de TV.

Via The Verge

Apple revela a sua lista de “melhores de 2012” na iTunes App Store

by

Depois do Facebook, do Twitter e do Google, agora é a vez da Apple mostrar a sua lista de melhores do ano. E, como em todos os anos, eles revelam os melhores aplicativos na iTunes App Store. Centenas de aplicativos foram escolhidos, e para os usuários, essa é uma forma bem interessante de aproveitar as festas de final de ano e instalar novos apps em seus dispositivos, com alguma coisa que deve ter passado desapercebido por você nos últimos meses.

O aplicativo oficial do YouTube (Google) foi o #1 entre os apps grátis para iPhone, enquanto que o jogo Angry Birds Space (Rovio) ficou no topo da lista entre os apps pagos, além de ser o primeiro também entre os aplicativos pagos para iPad. O Skype ficou na liderança entre os apps gratuitos para o tablet da Apple. Instagram, WhatsApp, Temple Run e Where’s My Water ficaram na segunda posição, respectivamente (grátis e pagos para iPhone, grátis e pagos para iPad).

A Apple também destacou algum dos aplicativos favoritos para iOS em categorias específicas. O Action Movie FX é o aplicativo do ano para iPhone, e o game Rayman Jungle Run é jogo do ano para o iPhone. No iPad, Paper e The Room venceram nas respectivas categorias. A Apple não deixa muito claro quais foram os seus critérios para escolha desses aplicativos, mas nenhum desses aplicativos citados figuram entre os mais procurados em sua loja.

Além de aplicativos a iTunes App Store Best of 2012 também apresentou os seus destaques nos segmentos de música, filmes, séries de TV, livros e podcasts. Frank Ocean foi eleito o melhor artista do ano, Os Vingadores foi o filme do ano, Breaking Bad foi eleita a melhor série de TV, The Dog Stars by Peter Heller é o melhor livro, e o NPR: TED Radio Hour foi eleito o melhor podcast.

A lista completa de vencedores, em todas as categorias pode ser conferida em uma página especial no iTunes.