Arquivo para a tag: samsung galaxy s7

Um Samsung Galaxy S7 passou duas horas dentro de um lago, e sobreviveu para contar

by

samsung galaxy s7 topo

Uma moça de Minneapolis (EUA) viu o seu Samsung Galaxy S7 cair em um lago, e pediu a ajuda do seu irmão para recuperá-lo. Depois de duas horas, o smartphone foi encontrado… e sobreviveu ao mergulho.

Bem sabemos que o Samsung Galaxy S7 é um modelo que conta com certificação IP68, o que o torna resistente à poeira e água, mais precisamente imersões de um metro e meio de profundidade por 30 minutos.

Porém, podemos entender que a Samsung foi modesta e cautelosa na hora de apresentar seus números de resistência. A história desse post mostra que o smartphone pode aguentar muito mais tempo na água sem maiores problemas.

Propaganda positiva para o Samsung Galaxy S7

Samsung-Galaxy-S7-Lake-04

 

No caso do resgate de Minneapolis, não só o Galaxy S7 em questão estava em bom estado, mas funcionava perfeitamente, demonstrando uma maior resistência do que indica suas especificações oficiais.

É claro que não podemos averiguar como ficaram as câmeras, sensores digitais e slots, mas essa é outra história.

De qualquer forma, este é um excelente caso de propaganda positiva para o Samsung Galaxy S7. Aliás, a melhor propaganda: os acidentes do mundo real.

Muitos fabricantes simplesmente imploram por ter um caso como esses para promover o seu produto junto ao grande público.

Propaganda gratuita como essas é difícil.

Samsung-Galaxy-S7-Lake-05

 

 

 

Via Sammobile

Samsung Galaxy S7 supera em autonomia de bateria os seus principais rivais

by

GalaxyS7Teaser2016

Um vídeo faz um comparativo direto de autonomia de bateria entre os principais smartphones top de linha, e confirma aquilo que já era sabido por muitos: o Samsung Galaxy S7 supera sem maiores dificuldades os seus principais rivais do setor.

O vídeo mostra que o primeiro a desligar é o LG G5, com 6 horas de 31 minutos de atividade contínua, seguido do Huawei P9 (6h59) e o Xperia X (8h15). Já o Samsung Galaxy S7 resistiu por 10 horas de 59 minutos, seguido pelo Galaxy S7 Edge (10h30), números muito acima das 8 horas e 13 minutos do iPhone 6s, terceiro colocado nos testes.

Não resta dúvidas que a Samsung fez um excelente trabalho com o Galaxy S7, que mantém o design e acabamento do modelo anterior, mas com mudanças muito solicitadas pelos usuários, como a volta da resistência à água e poeira e o slot microSD para cartões de até 200 GB.

Tudo isso, combinado com as boas especificações técnicas, transformaram o Galaxy S7 em um dos smartphones mais vendidos de 2016, consolidando a recuperação da Samsung no setor. O modelo ajudou a entregar para os sul-coreanos o seu melhor trimestre fiscal em dois anos. E isso não é pouca coisa.

Vídeo com o comparativo de autonomia de bateria a seguir.

 

Via WCCFTech

Teste de queda: Galaxy S7 vs Galaxy S7 Active

by

Samsung-Galaxy-S7-Active-vs-Galaxy-S7-drop-test

O Samsung Galaxy S7 Active é uma realidade, mas está disponível de forma limitada. Mas isso não impediu que aparecesse os primeiros vídeos que comparam a sua resistência com o Galaxy S7 padrão.

O vídeo desse post é um dos mais interessantes, e não apenas pela sua simplicidade, mas principalmente pela sua efetividade no comparativo entre os dois modelos, apostando nas quedas a partir de diferentes ângulos e posições. No final do vídeo, temos um teste de resistência bem extremo, expondo os dois modelos ao limite.

Sabemos que nem é preciso ver o vídeo para imaginar que o Galaxy S7 acaba levando a pior logo na primeira queda, e é normal que isso aconteça, uma vez que esse modelo também está revestido de cristal, tal e como acontece com o Galaxy S6. Porém, o comparativo nos permite responder a uma pergunta clara e simples: o Galaxy S7 Active está a altura das expectativas?

Não queremos acabar com a surpresa do amigo leitor. Por isso, não vamos falar mais nada. Só convidamos você a assistir o vídeo até o final, e que preste muita atenção no último minuto do vídeo, já que é a parte mais importante, oferecendo o maior volume de informações.

Vale lembrar que a única diferença entre o Galaxy S7 Active e o Galaxy S7 normal é o acabamento reforçado do primeiro modelo, já que nas especificações técnicas os dois modelos são idênticos.

Vídeo a seguir.

 

Via SlashGear

Galaxy S7 com problemas de excesso de calor?

by

Galaxy-S7-2

No ano passado, o processador Snapdragon 810 da Qualcomm teve sérios problemas de superaquecimento, algo que lhe custou ficar em um segundo plano, recebendo mais críticas do que elogios de especialistas e proprietários de alguns smartphones top de linha. Nesse ano, o fantasma do excesso de calor começa a assombrar o Samsung Galaxy S7.

Um teste com esse modelo baseado no processador Exynos 8890 (que é a versão que está disponível no mercado brasileiro) mostra que depois de 15 minutos de jogos de forma intensa, o smartphone perde aproximadamente 25% de desempenho, e sua temperatura sobe até os 38 graus. Esse cenário pode indicar claramente problemas de superaquecimento.

Apesar da temperatura citada não ser tão elevada, faz algum sentido pensar que quando detectamos um aumento da mesma e chega a um determinado limite, o próprio chip reduz a sua frequência de trabalho, evitando que o mesmo siga produzindo mais calor, e reduzindo em grande medida o seu desempenho.

Leve em conta que esse fenômeno só parece ocorrer com o Exynos 8890, um SoC fabricado em processo de 14 nanômetros FinFET LPP e que conta com uma CPU de oito nucleos. Por sua vez, o Snapdragon 829 tem uma CPU de quatro núcleos, também fabricado em 14 nanômetros, mas ao que parece a redução do número de núcleos parece ter acabado com os problemas de temperatura que sofria o seu antecessor.

calor-galaxy-s7

Vamos ficar atentos para novas informações sobre o assunto. Porém, é curioso ver como nem o sistema de resfriamento presente do Galaxy S7 foi suficiente para controlar o calor produzido pelo Exynos 8890. Também é preciso esperar por um posicionamento oficial da Samsung sobre o tema. Se é que a empresa vai se posicionar. Normalmente eles ficam calados em situações controversas como essa.

Via TweakTown

Galaxy S7 tem seu custo de fabricação revelado

by

Galaxy-S7-2

A IHS responde uma pergunta que muitos se fizeram depois do lançamento oficial do Samsung Galaxy S7: qual é o seu custo de fabricação.

Pegando como referência o modelo com processador Snapdragon 820, o custo unitário de fabricação do Galaxy S7 é de US$ 255. Nada mal, principalmente levando em conta que o preço de venda do dispositivo é de aproximadamente US$ 670 (desbloqueado). Porém, devemos levar em consideração que nesse custo de fabricação não se incluem elementos importantes, como o investimento em I+D ou gastos de marketing, por exemplo.

Sobre os custos de cada componente, de forma surpreendente o elemento mais caro é o SoC Snapdragon 820 (US$ 62), e não a tela. Do mais, levando em conta que no preço final há um acréscimo de US$ 5, que representam o custo de montagem do dispositivo.

Via Recode

Samsung Galaxy S7 vem com 8 GB ocupados pelo Android Marshmallow e TouchWiz

by

samsung-galaxy-s7-galaxy-s7-edge

Os novos Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge da Samsung são uma realidade. E, aos poucos, vamos descobrindo os segredos que faltavam ser revelados. Agora, sabemos que, de toda a sua memória interma, pelo menos 8 GB são ocupados pelo sistema operacional Android Marshmallow e sua personalização TouchWiz.

Ao longo do tempo, muita polêmica gerou o tema do espaço interno dos smartphones. Os fabricantes sempre anunciam a capacidade total, mas esta nunca está disponível na íntegra para o usuário. Sistema operacional, personalização dos fabricantes e aplicativos pré-instalados sempre reduzem a memória disponível para o usuário.

No caso do Galaxy S7, a memória disponível na versão básica (de 32 GB) é de 75% do total. É muita memória ocupada, mas o mais preocupante é no caso dos dispositivos que não contam com slot microSD. Nesse caso, a memória pode ser ampliada para até 200 GB para armazenamento de aplicativos ou conteúdo multimídia.

8 GB ocupados pelo sistema e aplicativos parecem ser muitos gigas, e olha que o Galaxy S7 não é precisamente um dos smartphones com maior porcentagem de memória ocupada, muito em partes por conta dos seus 32 GB. Ao longo dos anos, vimos smartphones deixando os usuários com menos de 20% de memória disponível, principalmente nos dispositivos com 8 GB de armazenamento ou menos.

De fato, os usuários deveriam é evitar os fabricantes que oferecem pouca memória de armazenamento nos seus dispositivos. Ao mesmo tempo, os fabricantes deveriam substituir o dado de memória física pela memória real disponível para os usuários.

Samsung Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge são anunciados

by

galaxy-s7-final-02

A Samsung anunciou durante o seu evento Samsung Unpacked 2016 (que antecipou o início da MWC 2016) os seus novos e esperados smartphones top de linha, o Galaxy S7 e o Galaxy S7 Edge.

O trabalho deixado pela geração anterior foi muito bom, de modo que a Samsung decidiu manter a mesma aposta básica. Os novos smartphones recebem melhorias diversas de hardware, mostrando que o #TheNextGalaxy tem tudo para ser um dos melhores de 2016 no seu segmento.

A Samsung propões três pilares básicos para o Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge: design, câmera e desempenho nos jogos. De modo que nos centraremos nesses três pontos para mostrar as novidades desses smartphones.

 

Design

galaxy-s7-final-04

O novo Galaxy S7 mantém o design seamless da geração anterior, com uma borda metálica minimalista e vidro nos dois lados, sendo assim tão bonito ou melhor do que antes. O modelo mantém a sua tela plana, mas incorporou pequenas bordas curvadas, se aproximando do design do Galaxy Note 5, mas com uma tela de 5.1 polegadas. Já o Galaxy S7 Edge mantém a tela curva de 5.5 polegadas.

Além da tela, os modelos se diferenciam na bateria, com 3.000 mAh e 3.600 mAh respectivamente, capacidade que é um salto bem significativo em relação às versões anteriores. Resta ver como será o desempenho das mesmas com a nova função Always-on Display, que permite ter a informação sempre visível na tela, até mesmo quando o telefone está bloqueado ou desligado. A tecnologia Super AMOLED permite o controle pixel a pixel, reduzindo assim o impacto do consumo de bateria.

Pequenas mudanças no design foram adotadas. O cristal frontal oferece um acabamento nas dobradiças muito parecido ao do vidro 2.5D, oferecendo um tato milimetricamente mais agradável que o da versão anterior, com uma aparência mais arredondada e uma melhor fusão entre o cristal e a dobradiça metálica.

Mas se tem algo que chama a atenção é a presença da certificação IP68, uma das ausências mais sentidas do Galaxy S6, e que no Galaxy S7 chega para a alegria de muitos, uma vez que elimina os problemas na hora de molhar o smartphone ou submergí-lo na água para vídeos aquáticos. Todos os seus conectores são resistentes à água e dispensando capas de proteção, o que fatalmente obrigou o uso de uma porta micro USB no lugar de uma USB Type C.

 

Câmera

galaxy-s7-final-03

A câmera do Galaxy S6 foi muito elogiada, e a Samsung quis torná-la ainda melhor. Mesmo com um sensor menor (de 12 MP), o tamanho dos pixels aumentaram para 1.4 micrômetros (similar ao sensor UltraPixel da HTC, mas menores do que o do Nexus 6P, com 1.55 micrômetros), podendo assim capturar muito mais luz por pixel.

Sua ótica consegue se abrir até f/1.7, e essa câmera é capaz de capturar 20% a mais de luz, sendo 95% mais luminosa que a geração anterior. As mudanças mostram o desejo claro de melhorar a captura de fotos a noite. Não é necessário melhorar o desempenho durante o dia, de modo que as mudanças se centram nas melhorias de desempenho em condições de luz desfavoráveis.

Também sobrou tempo e espaço para melhorar o sensor, que é capaz de focar em 100% de sua superfície com a ajuda da detecção por fase, conseguindo um tempo de foco impressionante.

Além de luzes, também há sombras. O novo sensor tem formato padrão 4:3, onde as fotos com resolução máxima terão que ser quadradas, e para aqueles que querem fotos no formato 16:9 terão que baixar a resolução para até 9.1 MP, mas tudo isso mantendo a mesma proporção.

9 MP são mais que suficientes para imprimir uma foto com excelente qualidade, e se o detalhe das imagens é o que eles garantem oferecer, teremos mais que suficiente nessa câmera. De qualquer forma, é uma redução de quase 50%, e não sabemos o motivo para a Samsung escolher o formato 4:3. Se limitam a dizer que “é uma questão de gosto”, o que está certo. Porém, é estranho trocar um pelo outro sem razão alguma.

 

Games

galaxy-s7-final-10

A Samsung decidiu adotar o setor gamer para falar do desempenho dos novos Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge, apresentando ambos como os smartphones perfeitos para os jogos de alto desempenho, muito em parte pela sua capacidade de processamento vinda do processador Exynos 8890 octa-core (quatro de 2.3 GHz, e outros quatro de 1.6 GHz), mas com alto nível de otimização.

O processador conta com um sistema de refrigeração líquida, já visto em modelos como o Lumia 950, que teoricamente manterá o smartphone “frio” até em tarefas que exigem mais trabalho do processador. O Galaxy S6 sofria de alguns excessos de temperatura que eram perceptíveis na sua parte traseira. veremos se o Galaxy S7 corrigiu isso.

Além disso, um aplicativo chamado Game Launcher permite a execução de jogos personalizando o desempenho dos mesmos, otimizando a gosto do usuário a execução dos jogos, ajustando o frame rate e a qualidade da imagem. É possível reduzir a taxa de imagens para 30 fps, reduzir a resolução ou aplicar os dois ajustes do mesmo tempo para economizar bateria.

A Game Launcher também inclui a função Game Tools, que insere um menu sobre a tela com diferentes ajustes para jogos. A ferramenta pode bloquear as notificações na tela, desativar os botões touch do smartphone, minimizar o jogo, realizar uma captura de tela e gravar o que estamos vendo na tela com uma pequena janela que mostra o usuário na câmera frontal.

A CPU do Galaxy S7 é 30% superior ao do Galaxy S6, e sua GPU é 64% mais potente. Mas números são frios, e apenas a experiência de uso podem dizer se esses números se justificam.

O Galaxy S7 tem preço sugerido de US$ 699, enquanto que o Galaxy S7 Edge custará US$ 799, ambos os valores na versão com 32 GB de armazenamento. O modelo começa a ser comercializado nos mercados internacionais em 11 de março.

Mais imagens a seguir.

galaxy-s7-final-07 galaxy-s7-final-01 galaxy-s7-final-05 galaxy-s7-final-06 galaxy-s7-final-08 galaxy-s7-final-09

Galaxy S7 volta a aparecer em vídeo antes do seu lançamento

by

galaxy-s7-crop

Lembra do tempo que os fabricantes nos surpreendiam com lançamentos completamente inesperados? Nem eu!

O Galaxy S7 já está mais do que confirmado, de modo que não é surpresa ter mais um vídeo que mostra o dispositivo em funcionamento. Basicamente o novo vazamento serve para confirmar outra das dúvidas pendentes: a presença de um slot para cartões microSD.

galaxy-s7-crop-2

O vídeo mostra que o smartphone vai incorporar uma nova bandeja, onde é possível colocar simultaneamente o SIM e um microSD. Não sabemos que teremos uma opção de dual SIM como acontece com outros smartphones do mercado, mas tudo indica que não será assim com o Galaxy S7.

Também está confirmado que o smartphone contará com certificação IP67 ou IP68 (algo já confirmado oficialmente), a presença do sistema operacional Android 6.0 Marshmallow, câmera traseira de 12 MP e bateria de 2.800 mAh. Detalhe: nada de porta USB Type-C.

Vídeo a seguir.

 

Via Android Authority

Quanto custarão os novos Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge?

by

galaxy-s7-leak-teaser

Já sabemos praticamente tudo sobre os novos Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge, exceto um detalhe considerado essencial para o seu sucesso no mercado de smartphones: o preço.

Nada está muito claro sobre o preço final dos dois modelos, mas é possível traçar alguns prognósticos mediante comentários vindos da própria Samsung, onde eles pareciam deixar claro desde o começo que o Galaxy S7 poderia ser mais acessível do que foi o Galaxy S6. Porém, uma nova informação sugere o contrário.

Ao que parece, o Galaxy S7 pode custar 699 euros, enquanto que o Galaxy S7 Edge alcançaria os 799 euros, valores nada razoáveis, mas seguindo o habitual para os modelos top de linha. Os dois valores são para os smartphones livres de contrato, de modo que através de promoções das operadoras seria possível obter algum desconto (com planos de permanência e tarifas com um custo razoavelmente elevado).

Levando em conta que o valor final não está confirmado, tenha em mente que ele pode ser diferente do que o anunciado pela Samsung no dia 21 de fevereiro. Porém, é uma informação que tem todo o sentido. Também é importante relembrar que, na teoria, as reservas do Galaxy S7 realizadas entre 21 de fevereiro e 10 de março recebem um Samsung Gear VR grátis.

Mas… e sobre o preço do Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge no Brasil?

Nada é especulado, mas podemos esperar pelo menos um valor de partida consideravelmente elevado. Quando anunciado no Brasil, o Galaxy S6 na sua época teve preço inicial sugerido de R$ 3.299 para o modelo de 32 GB, e acreditamos que esse valor deve ser maior para o novo smartphone.

Via VR-Zone

Vídeo vazado confirma: o Galaxy S7 será resistente à água

by

galaxy-s7-edge

A Samsung em si não confirma nada sobre o suposto Galaxy S7, mas o vídeo que apareceu hoje na conta oficial da Samsung Indonésia no YouTube não deixa dúvidas. Com a hashtag #TheNextGalaxy, o fabricante esconde uma série de imagens que mostra um Galaxy idêntico aos modelos atuais, sobrevivendo a uma chuva intensa.

O vídeo nesse momento está oculto, mas alguém deixou escapar o link direto para o vídeo, que por sua vez confirmaria os contínuos rumores que falam sobre a resistência à água dos novos Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge, uma característica muito esperada pelos usuários.

samsunggalaxys7v4

Se isso parece pouco para você, há informações que indicam que o lançamento oficial dos novos modelos Galaxy S7 e S7 Edge aconteceria no dia 11 de março, e que a certificação em questão seria a IP68. O modelo também contaria com um slot para SIM card e outro para microSD.

O site da Samsung Indonésia garante que o Galaxy S7 “trará luz para a noite”, algo alusivo ao desempenho de sua câmera em baixas condições de luminosidade. Isso volta a recordar outro dos rumores ventilados até agora, de modo que aos poucos as peças do quebra-cabeça começam a fazer sentido.

Veremos se no domingo esses prognósticos se cumprem.

 

Via GizmodoSamsung Indonesia, Phone Probe

 

Samsung Galaxy S7: quais as reais mudanças que deve receber?

by

galaxy-s7-edge-tree-colors

Muito foi dito sobre o que o Samsung Galaxy S7 poderia trazer de mudanças, e a maioria dos rumores indica que essas mudanças serão positivas. Mas… o que realmente deve mudar no novo modelo para melhorar a já ótima visibilidade recebida pelo Galaxy S6?

A primeira coisa a ser considerada é o design. Com o Galaxy S6, a Samsung fez um grande trabalho, e devemos acreditar que eles devem seguir essa linha e não fazer grandes mudanças, mas sim melhorando aos poucos os detalhes, introduzindo retoques que realçam o excelente acabamento premium. Tal como foi visto nos renders vazados no último final de semana.

No seu hardware, o Galaxy S6 é, basicamente, uma “central nuclear”, com um potencial enorme, capaz de rodar qualquer jogo de última geração sem problemas, além de oferecer câmeras de excelente qualidade. Nesse sentido, o Galaxy S7 deve seguir a mesma linha, mas com destaque especial para uma melhoria ainda maior na qualidade das câmeras, já que este é um dos aspectos mais visados pelos usuários na escolha de um smartphone top de linha.

galaxy-s7-leak-teaser

Com isso em mente, compilamos as mudanças importantes que a Samsung deve introduzir no Galaxy S7:

– Resistência à água e poeira: uma característica presente no Galaxy S5 que deve voltar, uma vez que resulta em um importante valor agregado que reforça a qualidade de construção do smartphone.
– Slot para cartões microSD: essencial, principalmente pelo fato do suporte nativo ao mesmo no Android 6.0 Marshmallow. É melhor aproveitado em modelos de menor capacidade e aumentando e muito suas possibilidades, principalmente se desfrutamos de conteúdos multimídia, jogos ou produzimos muitas fotos e vídeos.
– Bateria removível e com maior autonomia: outro ponto importante. A possibilidade de trocar facilmente uma bateria defeituosa ou esgotada é um adicional que muitos usuários olham de perto. Também não seria nada ruim uma maior autonomia que ofereça um dia completo de uso “mediamente intenso” (seja lá o que isso pode significar para cada usuário).
– Mudanças no software: a Samsung precisava melhorar a TouchWiz, e logo. Não é normal que um smartphone como o Galaxy S6 não fosse capaz de oferecer uma experiência de uso absolutamente fluída, e a culpa é a capa de personalização da Samsung. Um Galaxy S7 com um software mais leve e fluído seria perfeito. Ainda mais com menos bloatware incluído.

Estas são apenas algumas pistas sobre o que a Samsung deve fazer para deixar o Galaxy S7 mais atraente, para assim fazer com que os coreanos voltem a mostrar a força dos anos anteriores.

Um case com bateria para o Galaxy S7: um sinal que sua bateria precisa de ajuda?

by

galaxy-s7-leak-teaser

A Samsung reduziu em 1.5 mm a espessura do Galaxy S6 para seguir uma das tendências atuais de design dos smartphones (além de introduzir o metal como material e o aumento de tamanho de tela). Porém, no Galaxy S7, não devemos ter mudanças, e a bateria não deve se beneficiar disso.

O recente rumor fala dos acessórios que o Galaxy S7 deverá receber, incluindo um case com bateria externa. Um produto similar ao que a Apple lançou recentemente, a Smart Battery Case. E o fato da Samsung oferecer o acessório desde o começo nos leva a crer que os coreanos podem não ter alcançado um bom resultado na autonomia de bateria do novo smartphone.

 

Questão de dimensões?

Outros fabricantes apostaram na baixa espessura como sua base. O Vivo V5 Pro (4.75 mm), o Oppo R5 (4.85 mm) ou o Huawei P8 (6.44 mm) são exemplos. A questão é: qual é o custo dessa baixa espessura?

Nos casos citadas, as baterias possuem capacidades de 2.000 mAh, 2.300 mAh e 2.680 mAh, respectivamente. Esses números não determinam tudo, e outros fatores influenciam (eficiência do processador, otimização do software, gerenciamento do brilho de tela, etc), mas chama a atenção o fato de nenhum dos três nem chegar perto dos 3.000 mAh. E isso, em 2015.

Para você ter uma ideia, os 2.300 mAh estava presentes no Nexus 5 de 2013, e nesse mesmo ano, o LG G2 já contava com 3.000 mAh e tela de 5.2 polegadas, tal como os três smartphones citados.

 

Fim da ‘operação bikini’ para a Samsung

galaxy-s6-teaser

O Samsung Galaxy S6 (e todas as sua variantes) se destaca por ter um dos melhores conjuntos de 2015, mas a sua bateria é um dos seus pontos negativos. Várias análises indicam isso. Não é algo tão grave, uma vez que é um smartphone que possui um modo de carga rápida de bateria. Mas a longo prazo, era um prelúdio de um desempenho abaixo do desejado para muitos usuários.

Logo os rumores envolvendo o Galaxy S7 são plausíveis. Ao que parece, o novo modelo não repete os bons resultados do Galaxy S5 nesse aspecto (eram 2.800 mAh e 8.1 mm de espssura, contra 2.550 mAh e 6.8 mm do Galaxy S6), e ainda sem saber quantos mAh possui a bateria do Galaxy S7, a simples menção de um case com bateria já nos leva pensar que este é um remendo de algo que não deve ser tão bom assim.

smart-battery-case-iphone-apple

Esse case contaria com uma bateria auxiliar de 2.700 mAh, em um pack conjunto com um carregador sem fio, que custaria US$ 100. Não é algo barato, mas custa menos que o case da Apple (US$ 120). E é o mesmo case para os dois modelos, já que se fala de um Galaxy S7 de 5.5 polegadas. Logo, 2.700 mAh extras poderiam recarregar completamente o dispositivo.

 

Mais adicionais e maior resistência

samsung-smartphones

Outro acessório mencionado nos rumores é um case teclado. Algo similar ao que a própria Samsung lançou para os modelos Galaxy S6 Edge+ e Galaxy Note 5. Tanto o case com bateria como o case teclado fariam parte do habitual set de cases e outros produtos que a Samsung deve oferecer para os seus dispositivos, como o case Swarovsky que vimos em edição limitada do Galaxy S6 Edge.

Sobre o Galaxy S7, além do ligeiro aumento de espessura e de uma parte traseira curva, também é dito que o metal e as telas curvas (do Edge) seguem presentes, além da incorporação da certificação IP67 de resistência à água. Algo que se especula há semanas, mas só hoje temos mais informações vindas da Índia sobre a incorporação de peças mais resistentes à água, como o microfone, a bandeja para a SD e um case protetor.

No dia 21 de fevereiro, as dúvidas serão esclarecidas.

Via Android Central, Pocket Now, SamMobile

Estas seriam as primeiras imagens reais do Samsung Galaxy S7

by

Galaxy-S7-final-topo

Um recente vazamento se apresenta como a que seria a primeira imagem real do Samsung Galaxy S7, ao menos na teoria.

Vale avisar que não há qualquer tipo de confirmação oficial. De qualquer forma, revisamos os detalhes mais importantes que são visíveis no dispositivo. O primeiro é a presença clara da capa de cristal que vimos no Galaxy S6, assim como uma nova câmera traseira, que é totalmente lisa.

Ao seu lado, temos o conjunto do flash e do sensor cardíaco, ou seja, sem novidades. O conjunto transmite uma sensação mais premium que a do atual top de linha da Samsung, um detalhe que é evidente no fato de não haver nenhuma borda realçada, nem na câmera, nem no zoom do flash.

Será que esse é mesmo o Galaxy S7 da Samsung? Não podemos garantir, mas de um modo geral, temos um design bem descafeinado, com um resultado final bem agradável aos olhos.

Via SlashGear

Câmera traseira do Galaxy S7 é flagrada em novo vazamento

by

12715703_1690034424602821_5287470458747473027_n+2

Os rumores indicam que o novo Galaxy S7 terá uma câmera traseira de 12 megapixels, que pode trazer melhorias para um maior detalhamento das fotos capturadas ou em melhor aproveitar a luminosidade, além de uma menor espessura do sensor. Pois bem, imagens vindas do Vietnã mostram um suposto protótipo que seria muito próximo do modelo final, e mostram esses detalhes físicos até então desconhecidos.

O dispositivo mostra uma câmera bem mais compacta que a atual, sobressaindo levemente e mantendo a mesma cor que a carcaça traseira (esse último item pode não ser assim, já que a tampa traseira da imagem parece ser de plástico e não de cristal, provavelmente por conta de ser um protótipo).

Também é dito que o modelo com o processador Exynos oferece 15% a mais de desempenho em relação ao modelo com Snapdragon, e que as duas versões contarão com um DAC de áudio de alta qualidade e um sistema de recarga que alcançará 80% carga em apenas 30 minutos (similar ao Quick Charge 3.0).

12715703_1690034424602821_5287470458747473027_n

Como sempre ocorre nesses casos, as informações desse post não confirmam que tais configurações chegarão na versão final do Galaxy S7, ainda que devemos ter em conta que muitos dos detalhes coincidem com os que haviamos escutado até agora.

Essas e outras dúvidas serão eliminadas no dia 21 de fevereiro, em mais uma edição do Samsung Unpacked.

Via PocketNow

 

E se o grande segredo do Samsung Galaxy S7 for a sua autonomia de bateria?

by

galaxy-s6-gold-back-teaser

Os últimos rumores envolvendo os futuros Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge envolvem aquela que pode ser a grande carta na manga dos coreanos. A sua autonomia de bateria.

Eldar Murtazin, blogger russo que no passado revelou dados promissores sobre os novos dispositivos, levanta essa bola. Os seus vazamentos indicam que a bateria dos novos smartphones top de linha da Samsung poderiam chegar a dois dias de uso moderado.

De acordo com os seus testes com um Galaxy S7 dual SIM, Murtazin afirmou que o dispositivo sobrevive aos dois dias de uso com a tela a 75% de brilho e conectividade LTE sempre ativa. É esperado que o Galaxy S7 e o Galaxy S7 Edge integrem baterias de 3.000 mAh e 3.500 mAh respectivamente, que combinadas com as otimizações do sistema operacional e o uso das CPUs e GPUs mais eficientes, resultariam em um consumo de bateria muito reduzido.

Quem sabe uma eficiência na bateria poucas vezes vista entre os dispositivos da Samsung em sua história. Se eles realmente conseguirem se diferenciar nesse aspecto, podemos ter um dos grandes lançamentos de 2016.

Os novos Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge serão apresentados no dia 21 de fevereiro, um dia antes do início da Mobile World Congress 2016 em Barcelona (Espanha), em mais uma edição do evento Samsung Unpacked.

 

 

Via BGR

Samsung Galaxy S7 vs LG G5: um comparativo prévio

by

Galaxy-S7-vs-lg-g5-preview-comparativo

Tanto o Samsung Galaxy S7 como o LG G5 serão apresentados no próximo dia 21 de fevereiro, um detalhe que deixa claro a quantas andam a rivalidade das duas empresas. E a grande quantidade de informações disponíveis sobre os dois smartphones já permite com que se faça um comparativo prévio envolvendo os dois lançamentos.

Começando pelo design e tela. Os dois dispositivos contarão com um acabamento premium, com prioridade para o metal no caso do LG G5 e de metal e cristal no Galaxy S7, apesar do primeiro ser maior que o segundo, já que terá uma tela de 5.6 polegadas contra 5.1 polegadas do segundo (ambas com resolução 2K).

No hardware base, não há grandes surpresas: os dois modelos devem contar com 4 GB de RAM, processador Qualcomm Snapdragon 820 (o Galaxy S7 com variante Exynos 8890, com melhor desempenho multi-núcleo.

galaxy-s1

Por fim, as câmeras e seus diferenciais. O Samsung Galaxy S7 contará com câmera traseira de 12 MP, mas com importantes melhorias em um modo geral, como a capacidade de registrar imagens de alta qualidade até em condições de baixa luminosidade. Já o LG G5 contará com dupla câmera traseira de 16 MP e 8 MP, que promete ótimos resultados.

O Galaxy S7 contará com proteção IP67, sendo assim resistente à água e poeira, além de slot para cartões microSD, dois elementos importantes que ficaram de fora no Galaxy S6. Por outro lado, sua bateria não será removível. Já o LG G5 contaria com slot para microSD e bateria removível. Os dois modelos contariam com conector USB Type-C.

g5-final-s1

São dois modelos muito equilibrados no papel, de modo que provavelmente o preço será o fator determinante na hora de inclinar a balança para um ou para outro. Lembrando que as informações publicadas nesse post ainda precisam ser confirmadas pelos dois fabricantes, algo que deve acontecer no dia 21 de fevereiro.

Via PhoneArena

Próximo Galaxy será mesmo apresentado em 21 de fevereiro

by

thenextgalaxy

Se ainda ficava alguma dúvida que o Samsung Galaxy S7 (e sua variante Galaxy S7 Edge) seria apresentado no dia 21 de fevereiro, o @evleaks elimina essas e outras dúvidas com as imagens acima.

As imagens são do suposto material promocional que a Samsung vai utilizar para o evento, com a frase chave “The Next Galaxy” ou #TheNextGalaxy. As informações (assim como as fontes, já que o @evleaks agora está no VentureBeat) são muito críveis. Também é especulado que a data de lançamento dos novos Galaxys para os mercados europeu e norte-americano seria para o dia 11 de março.

Sem falar nas supostas imagens finais dos dois modelos, divulgadas ontem, também de forma não oficial.

samsung-galaxy-s7-official-image

Se tudo estiver correto, serão duas versões diferentes (com ou sem curva), onde as mudanças estéticas seriam pequenas em relação ao modelo do ano passado, onde as novidades seriam internas: microSD, maior resistência, novos processadores Exynos/Snapdragon, maior bateria, tela sensível a pressão, entre outros.

Agora, temos que esperar três longas semanas por esse anúncio da Samsung. Quem viver, verá!

Via VentureBeat

Supostas imagens oficiais dos Samsung Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge

by

Galaxy-S7-leak

Um novo vazamento mostra aquelas que podem ser as primeiras imagens oficiais dos futuros lançamentos da Samsung, os tops de linha Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge.

As imagens tem muita credibilidade e parecem confirmar os rumores vistos anteriormente, onde se comentavam que os dois modelos teriam mudanças mínimas no design em relação aos atuais Galaxy S6 e Galaxy S6 Edge, e as mudanças importantes ficariam no hardware interno. Sobre o design, não há muito o que destacar. Mantém-se o uso do metal e do cristal Gorilla Glass 4.

samsung-galaxy-s7-official-image

De qualquer forma, os modelos continuam a ser visualmente atraentes. A Samsung acertou em cheio no ano passado com uma proposta mais premium nos materiais e um design inovador no Galaxy S6 Edge, e a decisão de manter essa tendência no Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge é acertada. Esperamos que as novidades de hardware resultem em uma experiência de usuário ainda melhor que aquela que já temos (e que as atualizações do Android cheguem mais rápido).

Vale lembrar que o anúncio desses novos smartphones pode acontecer no evento Samsung Unpacked, programado para o dia 21 de fevereiro, precedendo a Mobile World Congress 2016, com a chegada dos modelos ao mercado prevista para o mês de março.

Via Fudzilla

Um funcionário da Samsung revela mais detalhes sobre o Galaxy S7

by

galaxy-s6-teaser

A Mobile World Congress 2016 se aproxima e, por consequência, os vazamentos sobre os novos Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge da Samsung aumentam. Dessa vez, foi um suposto funcionário dos coreanos facilitou as informações que reforçam o que já havia sido publicado sobre esses modelos.

Como sempre, os rumores tem a sua dose de verdade e outra de especulação, e a balança começa a se desequilibrar conforme nos aproximamos de sua apresentação oficial.

 

Dois tamanhos de tela

A fonte do vazamento informa que o tamanho de tela que vazou através dos benchmarks está correto. teremos 5.1 polegadas para o Samsung Galaxy S7, e 5.5 polegadas para o Galaxy S7 Edge, o que é curioso, já que é a mesma metragem de tela que o Galaxy S6 Edge Plus possui.

Não faz muito tempo que os vazamentos do Evan Blass (aka @evleaks) mencionavam que teríamos três modelos do Galaxy S7 na MWC 2016. Se esse vazamento estiver correto, estaríamos diante de apenas dois modelos ou talvez ao falar do Edge já estamos nos referindo ao Edge Plus? Lembrando que a Samsung nunca deixa as coisas simples na hora de batizar os seus smartphones.

 

Metálico e à prova de água e poeira

Também foi revelado que todos os modelos do Galaxy S7 teriam um chassi metálico negro para dar um “aspecto premium” ao conjunto. Não sabemos se isso significa que o modelo abandona a traseira de cristal, ou se falamos do metal abaixo da superfície cristalizada, como acontece hoje. Não são dados concretos, já que depois é mencionada a disponibilidade de três cores (preto, dourado e prateado).

O Samsung Galaxy S7 também seria resistente à água e poeira, trazendo de volta essa característica que estava presente no Galaxy S5, mas com a recomendação de não submergir o aparelho, apesar da certificação garantir que podemos fazer isso. O motivo da recomendação? Uma simples questão de garantia.

 

Volta a microSD, redução para os 12 megapixels

galaxy-s6-camera-teaser

Um dos pontos mais criticados do Galaxy S6 foi a remoção do slot para cartões microSD, que volta no Galaxy S7. Ainda mais com o fato do Android Marshmallow contar com o recurso Flex Storage.

A fonte do vazamento reforça que a câmera traseira será mesmo de 12 megapixels, reduzindo dos 16 megapixels do Galaxy S6. O objetivo final é a melhoria geral da imagem, com uma abertura f/1.7, e melhor capacidade de registro de imagens em baixa luminosidade.

 

A Samsung vai realizar mais uma edição do Unpacked no dia 21 de fevereiro, e tudo indica que os coreanos vão apresentar mais um produto que representará um duro desafio para a sua concorrência. Esperamos para ver como será a resposta da LG, da Huawei e dos demais.

Via PhoneArena