Arquivo para a tag: rumor

Apple estaria trabalhando na sua própria GPU

by

Apple-A9-Chip

A Apple cria os seus próprios processadores, apostando por obter designs capazes de oferecer um alto desempenho, com a ajuda das CPUs ARM personalizadas e GPUs PowerVR de alto desempenho. Porém, uma fonte do Fudzilla garante que a Apple estaria trabalhando em sua própria GPU.

A informação tem sentido, já que viria a ser uma simples extensão do que eles já estavam fazendo com suas CPUs. Não há mais informações sobre o assunto, ou seja, sem detalhes concretos a oferecer. Porém, vale a pena fazer uma observação sobre o tema, já que não podemos descartar que a Apple tenha decidido colaborar com a AMD para o desenvolvimento de uma GPU própria.

Vale lembrar que não faz muito tempo que apareceu o rumor sobre a AMD estar preparando um SoC personalizado para a Apple. Obviamente não temos datas, mas parece ser claro que a Apple não vai tornar esse detalhe público, a não ser que seja algo 100% real, funcional e com um nível de desempenho de acordo com suas expectativas. De modo que é quase certo que não veremos nada a curto ou médio prazo.

Via Fudzilla

Apple pode eliminar a porta de fones de ouvido no próximo iPhone

by

porta-fone-ouvido-iphone

O MacOtakara informa que o próximo iPhone deixará de lado o convencional conector para fones de ouvido de 3.5 mm para utilizar no seu lugar a sua própria porta Lightning para o áudio.

O movimento ajudaria a Apple a reduzir ainda mais a espessura do smartphone, deixando o mesmo 1 milímetro mais fino que o iPhone 6s. Além disso, também permitiria o uso de fones com DAC integrado. Para aqueles que desejarem utilizar fones de ouvido convencionais, ou teria que usar um adaptador ou utilizar um modelo com Bluetooth.

Devemos ser cautelosos com essa informação. Ainda restam muitos meses até que um novo iPhone seja lançado, de modo que os planos podem mudar e um primeiro design com essa opção pode ser descartado em favor de um novo plano. Além disso, é um movimento arriscado, já que poucas empresas fabricam hoje fones com o cabo Lightning, e não há garantias que isso vai mudar no futuro, mesmo com a hipotética decisão da Apple.

Via MacRumors

LG dará o salto definitivo ao alumínio no LG G5

by

LG-G5-teaser

A LG vai eliminar de vez o policarbonato nos seus smartphones top de linha, apostando no alumínio como acabamento predominante. A mudança começa a partir do próximo modelo top de linha da empresa, o LG G5.

A informação vem de fontes sul-coreanas, e vendo a tendência que se segue no mercado, podemos dizer que possui muita credibilidade, mas não podemos confirmar ou desmentir qualquer coisa nesse momento. A aposta no alumínio pode fazer muito bem para a LG, já que o design dos seus modelos top de linha é algo realmente bonito, e o metal poderia cair muito bem. Porém, esperamos que, com a mudança, a empresa não sacrifique a possibilidade de utilizar os cartões microSD.

Via WCCFTech

Notebook da Xiaomi com Linux pode ser lançado em 2016

by

mi-xiaomi-logo

O especulado notebook Linux da Xiaomi começa a sua produção no primeiro semestre de 2016, em dois modelos com telas de 12.5 e 13.3 polegadas, com diferentes fabricantes.

O modelo com tela de 12.5 polegadas seria fabricado pela Inventec (que fabrica notebooks da Acer, Toshiba e HP), com um pedido inicial de 250 mil unidades, enquanto que o modelo maior seria fabricado pela Compal (que fabrica alguns equipamentos da Apple e consoles da Sony, Microsoft e Nintendo), com pedido inicial de 300 mil unidades.

Não é pouca coisa, se bem que a Xiaomi se transformou rapidamente uma das líderes do mercado de smartphones, expandindo o seu leque para TVs inteligentes, roteadores e produtos para o lar.

A Xiaomi vai utilizar a estratégia de distribuir com o notebook algum dos seus smartphones, em uma espécie de kit. A informação também indica que a empresa teria outro modelo com tela de 15.6 polegadas em desenvolvimento, mas sem planos de produção.

Para esse notebook com Linux, a Xiaomi vai apostar na relação custo-benefício, mas sem preços definidos para os produtos.

Via Digitimes

Próximo smartphone da Microsoft pode ser um Surface

by

surface-pro-4-6

Os primeiros indícios do Project Juggernaut Alpha vieram no mês de agosto, com poucos indícios e uma notícia a longo prazo. Agora, aquela informação começa a fazer sentido, com as primeiras evidências de um produto final.

O site Wired informa que a Microsoft está trabalhando em um protótipo de smartphone que pode ser da linha Surface, e não da linha Lumia, como normalmente se espera. E é aqui que os rumores voltam. Tal como o Surface Book, o novo smartphone Surface seria um dispositivo muito focado ao público profissional, com especificações típicas para esse tipo de uso: tela de 5.5 polegadas (QHD), processador Intel Atom X3, 4 GB de RAM e Surface Pen adaptada para o smartphone.

O produto tem tudo para ser um rival direto do Galaxy Note 5 e outros dispositivos com essas características. Segundo os rumores, o smartphone Surface poderia ter 64 ou 128 GB de armazenamento, expansíveis via microSD de 256 GB ou mais. Ao que tudo indica, parece que a Microsoft quer que o Project Juggernaut Alpha será o dispositivo perfeito para utilizar o Continuum.

Como sempre, muitos rumores que se encaixam com o início de uma nova era da Microsoft. Os modelos Lumia como dispositivos domésticos, e os modelos Surface como smartphones profissionais, se encaixando com a filosofia revelada com o lançamento do Surface Book.

Via IBITimes, Wired

Sony planeja comprar a divisão de sensores fotográficos da Toshiba

by

g-sensor

Segundo a Reuters, a Sony, que já é líder na fabricação de câmeras para dispositivos móveis, planeja adquirir a Toshiba, que também cria soluções nesse segmento para muitos smartphones importantes do mercado, contando com muita tecnologia própria.

As duas companhias estariam negociando essa transação, que seria avaliada em US$ 165 milhões. Nenhuma das partes fala sobre o assunto.

Acontecendo ou não a compra, os rumores surgem em um momento em que a Sony não para de investir no tema. Por duas vezes em 2015 eles ampliaram suas fábricas de sensores em Nagasaki e Yamagata, investindo US$ 1.2 bilhão. As vendas cresceram 40% no ano passado, e eles contam com clientes do porte de Apple e Xiaomi.

Por outro lado, é estranho saber que a Toshiba quer se desfazer de um negócio que parece ser promissor. Ao mesmo tempo, a empresa não passa pelo seu melhor momento, com escândalos financeiros e mudanças na estrutura diretiva, sendo obrigada a fazer mudanças drásticas por conta das falsificações de contas. Oito dos principais diretores da Toshiba se demitiram no último verão.

Via Reuters

iPhone 6s e 6s Plus podem custar a partir de R$ 4 mil no Brasil

by

iphone-6s-6s-plus

De acordo com o MacMagazine (que costuma acertar nos preços), os novos iPhone 6s e iPhone 6s Plus podem custar entre R$ 3.999 e R$ 4.899.

Os preços sugeridos pela fonte são:

– iPhone 6s de 16 GB, por R$ 3.999
– iPhone 6s de 64 GB, por R$ 4.299
– iPhone 6s de 128 GB, por R$ 4.599
– iPhone 6s Plus de 16 GB, por R$ 4.299
– iPhone 6s Plus de 64 GB, por R$ 4.599
– iPhone 6s Plus de 128 GB, por R$ 4.899

Levando em conta tudo o que aconteceu no Brasil nos últimos 12 meses, os preços dos novos iPhones são mais ou menos os mesmos que o que sairia para uma pessoa ir até os EUA e voltar para comprar o smartphone. É claro que você aproveita a viagem, mas quem sai do Brasil com o dólar a quase R$ 4 só por causa de um iPhone?

O MacMagazine também informa que a pré-venda dos novos iPhones acontecerá uma semana antes da sua chegada nas lojas, prevista para o dia 6 de novembro (sexta-feira). Lembrando: em 2014, o iPhone 6 e o iPhone 6 Plus chegaram ao mercado brasileiro com valores a partir de R$ 3.199 e R$ 4.399.

A Apple não confirma preços, nem data de lançamento dos novos iPhones no Brasil. Os dois modelos já estão homologados pela Anatel.

Via Tecnoblog

Huawei está preparando o seu notebook

by

huawei-teaser

A Xiaomi não está sozinha como fabricante mobile que quer lançar um computado portátil. Rumores indicam que a Huawei também estaria preparando o lançamento do seu notebook.

Por enquanto, as informações são escassas, e seu lançamento não acontece antes de 2016, mas parece que a Huawei optou por um caminho diferente ao da Xiaomi, e quer lançar um equipamento com especificações mais modestas e mais barato.

O segredo de tudo está na plataforma que os dois equipamentos utilizam. O modelo da Xiaomi apostaria nos processadores Intel Core de sexta geração (x86 de 64 bits), podendo utilizar uma versão completa do Windows. Já o notebook da Huawei utilizaria um SoC Kirin (ARM), com todas as limitações que essa escolha implica, ao ponto dele ser considerado mais um tablet com teclado do que um autêntico notebook.

Huawei-Matebook

Os primeiros rumores indicam que o seu nome comercial pode ser Huawei MateBook, e não seria nenhuma novidade se o modelo contasse com acabamento em alumínio. A pergunta é: faz algum sentido esse tipo de produto no mercado nesse momento?

Via WCCFTech

A Microsoft vai criar a sua própria distribuição Android?

by

Microsoft_Android

Diretores da Microsoft se reuniram na semana passada com um grupo de jornalistas em sua sede em Seattle (EUA), onde falaram da launcher para Android que será lançado esse mês. E também sobre a possibilidade (não tão impossível) deles criarem a sua própria distribuição Android.

Um dos jornalistas presentes questionou se a Microsoft criaria a sua própria distribuição Android, como faz hoje Samsung, Amazon ou LG. Julie Larson-Green, vice-presidente do departamento de experiências do Windows, respondeu com um “iremos onde nossos clientes quiserem ir”.

A resposta é intrigante, e adiciona uma dimensão interessante na estratégia da Microsoft no Android, que é variada e importante nos últimos meses. A Microsoft publicou uma LockScreen para o Android, e tem a já citada launcher em fase beta privada, com lançamento da versão final para as próximas semanas.

E isso pode ser apenas a ponta do iceberg. A Microsoft apresentou na última BUILD ferramentas de desenvolvimento para portar aplicativos do Android e iOS para a a sua plataforma de “aplicativos universais” do Windows. A empresa tem acordo com a Cyanogen para integrar a Cortana e abarcar outros apps da Microsoft. Também tem acordos para inserir o dual boot em dispositivos da Xiaomi, e adquiriram a Double Labs, empresa por trás do aplicativo de bloqueio para o Android, o Echo Notification.

Sem falar que a Microsoft utilizou de sua posição de patentes com a Samsung para pré-instalar aplicativos como Office e Bing em alguns dos smartphones Android mais vendidos pelos coreanos.

Os movimentos no Android são em ações dispersas. Os aplicativos são independentes e não estão bem conectados, mas o próximo passo da Microsoft vai além: medir as reações dos usuários e acumular uma maior experiência no Android. O final desse trabalho pode culminar em sua própria distribuição Android, incluindo e conectando seus aplicativos mais importantes, de modo que tudo isso acabe tendo sentido para os usuários.

Não é segredo para ninguém que a Microsoft não se conforma em ter apenas 3% do mercado de sistemas operacionais móveis. O Windows 10 Mobile é promissor, e os novos Lumia atendem bem no segmento top de linha. A Acer é uma das parceiras, e outras podem fazer parte. Mas… tudo isso será suficiente?

Ou o Android será uma alternativa para a Microsoft?

Ou será apenas uma estratégia para que o Windows recupere posições no mercado?

Só o tempo vai responder essas e outras questões.

Via The Australian, Neowin

Rumor: Galaxy S7 terá Touch 3D

by

galaxy-s7-touch-3d

De acordo com os últimos rumores, o Galaxy S7 terá o Touch 3D, tecnologia que em teoria seria similar ao Force Touch do Huawei Mate S e do iPhone 6s.

Recapitulando: essa tecnologia usa uma tela touch capacitiva que é capaz de reconhecer a pressão em diferentes intensidades, e com a ajuda de um software pode colocar a interface de uso do smartphone em um novo patamar. Menus contextuais com diferentes opções podem ser acionados com uma pressão mais forte nos ícones, por exemplo.

Uma fonte chinesa garante que a Samsung fechou um acordo com a Synaptics para implementar a tecnologia ClearForce em seu próximo smartphone top de linha. A informação tem sentido, já que o Force Touch marcou um avanço considerável, deixando claro o caminho a seguir. E não imagino a Samsung renunciando à essa tendência.

Via GSMArena

BlackBerry PRIV pode custar US$ 630

by

BlackBerry-Priv-

A BlackBerry prepara o seu salto para o Android, depois de anos de irrelevância no mercado mobile. O BlackBerry PRIV (antes Venice) busca se adaptar aos novos tempos, com aplicativos e serviços próprios que reforçam os aspectos de segurança e privacidade, que visam dar ao produto um valor agregado ao já saturado segmento Android.

Os recentes rumores indicam que o BlackBerry PRIV pode custar 3.999 yuanes, ou US$ 630, de acordo com o Leaksfly. Isso confirma as declarações do CEO da BlackBerry, John Chen, que comentou que o dispositivo seria um top de linha “financeiramente acessível”.

Fica claro que o BlackBerry PRIV não é um dispositivo voltado para as massas, mas sim ao setor corporativo. É preciso ver se  no final ele se junta a outros dispositivos com foco claro para a privacidade e/ou segurança, como os recentes GranitePhone, Turing Phone e Blackphone.

Via Neowin

Pepsi deve lançar o seu primeiro smartphone Android

by

pepsi-smartphone

Um vazamento vindo da China conta uma história que até parece coisa de 1º de abril. A multinacional Pepsi pode entrar no segmento de smartphones, com um dispositivo Android cujo design é o da foto acima.

A informação não é confirmada, e levando em conta a sua origem, não podemos dar muita credibilidade. Mas de acordo com a fonte, o smartphone já teria até nome: Pepsi P1.

O modelo teria especificações simples: tela IPS de 5.5 polegadas (1080p), SoC octa-core, 2 GB de RAM, 16 GB de armazenamento, bateria de 3.000 mAh e câmeras de 13 MP e 5 MP. Do seu design, nada de chamativo. Um dispositivo genérico que algum fabricante asiático produziu (HTC, talvez?) para a Pepsi colocar a sua marca.

Por enquanto, não há detalhes sobre o seu lançamento, mas ele pode custar aproximadamente US$ 205. Isso é, se for real, é claro.

Será que um lançamento desses faz algum sentido, mesmo com uma marca muito conhecida como a Pepsi?

Via Android Headlines.

Galaxy S7 pode ter três versões, com três processadores

by

samsung-galaxy-s6

Seguem os rumores sobre o Galaxy S7, próximos smartphone top de linha da Samsung, que pode chegar em três versões diferentes, cada uma delas com um processador diferente.

Uma nova fonte indica que podemos ter o novo smartphone com o processador Exynos 8890, o mais potente dos três, reservado para algumas regiões da Europa, Ásia e Coreia do Sul. Já o Exynos 7422, estaria destinado para a Índia. Por fim, a terceira versão contaria com um SoC Snapdragon 820, dirigida aos mercados da China e Estados Unidos.

Se a informação for confirmada, podemos ver mais uma grande mudança na filosofia da Samsung em relação aos seus smartphones mais completos. Mas vamos tomar essas informações com cautela, já que não contam com confirmação oficial.

Via Sammobile

Rumor: Surface Pro 4 sem bordas na tela, que terá recursos inteligentes?

by

SurfacePro4

Além dos novos smartphones Lumia, a Microsoft pode apresentar no dia 6 de outubro o novo tablet Surface Pro 4. Os rumores sobre o seu design e características são mais frequentes, e as últimas informações falam de uma tela sem bordas, como acontece com a Infinity presente no Dell XPS 13.

A tela do Surface Pro 3 já é muito boa, mas isso seria ainda melhor se a Microsoft conseguisse reduzir o tamanho e o peso do tablet, mas mantendo a mesma área de visualização. Com 12 polegadas, isso seria uma surpresa. Mais ainda se chegar um segundo modelo com 14 polegadas, como se especula.

O segundo rumor fala de uma “borda inteligente”, mudando dinamicamente de tamanho no modo portátil e no modo tablet, facilitando o seu agarre e manejo.

As demais especificações incluem uma base sobre os processadores Intel Skylake, melhorias de conectividade, acessórios e lápis óticos, acabamento premium e obviamente o Windows 10. No dia 6 de outubro, veremos se tudo isso é verdade. Se for, o Surface Pro 4 será um dos dispositivos mais atraentes da temporada.

Via WinBeta

Google Pixel seria a resposta ao iPad Pro da Apple

by

Google-Pixel

Rumor de última hora. A Google pode apresentar no evento de hoje (29) o Google Pixel, um tablet com aspirações profissionais e claro objetivo de bater de frente com o iPad Pro da Apple e o Surface Pro 3 da Microsoft.

De acordo com o Android Police, o Google Pixel terá tela de 10.2 polegadas (308 pixels por polegada), SoC NVIDIA X1 com GPU de 256 shaders (baseado em Maxwell), 3 GB de LPDDR4 e conector USB Type-C. Seria um hardware bem potente, e na teoria viria acompanhado de acessórios imprescindíveis para o setor de produtividade, como um teclado físico (em alumínio e couro) e um lápis stylus.

Por enquanto, não há detalhes sobre o seu preço, mas podemos dar como certo a presença do Android como sistema operacional. Pode ser anunciado no evento de hoje. Fiquem ligados!

Via Android Police

Carro elétrico da Apple pode chegar em 2019, diz o WSJ

by

apple-car-software

Os rumores sobre o suposto veículo da Apple aparecem de forma tímida, são muitos, e nenhum deles revela algo com muita clareza (tudo isso aconteceu com o primeiro iPhone, e todo mundo sabe o que aconteceu depois). Mas hoje, podemos estar diante daquele que pode ser o rumor mais importante sobre o assunto até agora, já que fala ‘apenas’ sobre a data de lançamento do tal veículo.

Tal e como informa o Wall Street Journal, fontes próximas ao projeto automobilístico da Apple (o Project Titan) informam que uma ‘aceleração’ nos trabalhos relacionados com o programa foi dada, já que a empresa pretende começar a distribuir os veículos a partir de 2019.

Mas há muitos detalhes interessantes que devemos ter em conta, já que é mencionado que o veículo não será completamente autônomo como se pensava inicialmente, além de que provavelmente veremos nas ruas antes de 2019, em testes controlados. Seja como for, hoje a Apple tem 600 funcionários trabalhando no departamento criado para desenvolver o veículo (há quem diga que esse número cresceu nos últimos meses, alcançando a marca de 1.900 pessoas), entre os quais se encontram vários experts do setor.

Levando em conta que a Google segue de forma consistente com o projeto do seu carro autônomo, será muito interessante ver essa corrida para determinar qual será a primeira gigante de tecnologia a lançar o seu primeiro produto nessa emergente ‘guerra automobilística’.

Via Wall Street Journal

Samsung também pode criar programa de troca de smartphones e pagamentos a prazo

by

samsung-galaxy-family

Uma das novidades mais curiosas que a Apple revelou durante o evento de lançamento dos novos iPhones é o programa AppleCare+, onde os usuários (norte-americanos, por enquanto) poderão adquirir um iPhone e com o pagamento de US$ 32 (de acordo com o modelo) podem trocar pelo novo modelo em 12 meses e manter a mesma cota. Pois bem, parece que o programa chamou a atenção de algumas pessoas na Samsung, que planeja lançar um produto similar nos EUA.

A Forbes levanta a bola sobre essa possibilidade, mas seus detalhes não foram revelados, assim como preços e datas de lançamento. A fonte encarregada pela informação garante que a ideia é que o serviço de leasing seja lançado daqui a alguns meses, podendo ter o seu lançamento antecipado pela Samsung para o começo de 2016.

Por se tratar de uma oferta exclusiva para o mercado norte-americano, é possível que esse serviço seja lançado com o novo Galaxy S7. Se acontecer, os principais beneficiados são os usuários de dispositivos top de linha da Samsung, que não vão precisar desembolsar rios de dinheiro para ter um novo modelo premium dos coreanos.

Vamos esperar que a proposta seja real, e que também apareça no restante do planeta. E não podemos negar que, mais uma vez, a Apple mostra como é possível vender mais dispositivos, mas oferecendo vantagens para os atuais clientes.

Via MacrumorsForbes

 

Supostas especificações do HTC One A9 revelam boas e más notícias

by

htc-one

O HTC One A9 está chegando. O modelo será aquele que poderá inaugurar uma nova era na família dos smartphones ‘A’, e sobre ele já tivemos alguns vazamentos prévios, revelando o seu SoC, design e alguns benchmarks.

O denominado ‘Aero’ foi mais uma vítima dos vazamentos do @evleaks, que revela mais dos seus detalhes: tela AMOLED de 5 polegadas (Full HD), SoC Snapdragon 617, 2 GB de RAM, 16 GB de armazenamento, câmera traseira de 13 MP e câmera frontal Ultrapixel (4 MP). O modelo terá partes metálicas no acabamento, com uma espessura de 7 mm que abriga um sensor de digitais e até seis cores disponíveis.

Mas o suposto HTC One A9 tem pontos negativos. A bateria seria de apenas 2.150 mAh, muito pouco para um mercado que já se acostumou a se aproximar dos 3.000 mAh, isso quando não ultrapassa. Salvo surpresas, o seu hardware deve aguentar pelo menos um dia de autonomia de uso, algo que é chocante no mercado atual, quando muitos concorrentes prometem dois dias sem problemas.

Também é preciso ter em conta que nas características ele possui uma grande similaridade com o One M9, mas é esperado alguns pontos que diferenciem os dois produtos de forma mais clara.

Na falta de confirmações oficiais, e levando em conta a credibilidade do @evleaks, os dados chocam com aquilo que foi revelado previamente sobre o mesmo HTC One A9: antes era dito sobre um SoC MediaTek Helio X20 de dez núcleos, mas parece que teremos que esperar… ou será um segundo modelo com design similar, mas com características diferenças. E não seria a primeira vez que a HTC faria isso.

Se o @evleaks estiver certo, o lançamento desse novo modelo da HTC vai acontecer em novembro. Logo, não será surpresa se ele for revelado antes, em 29 de setembro, e essa data parece ser mais razoável para uma apresentação formal de um novo smartphone top de linha.

Via @evleaks

As supostas especificações do tablet de US$ 50 da Amazon

by

amazon-tablet

Recentemente, falamos aqui no blog sobre os rumores de um possível tablet da Amazon de US$ 50. Um projeto interessante, mas que deixa uma importante pergunta no ar: quais são as suas especificações?

É evidente que, com esse preço tão reduzido em mente, não é difícil concluir que o dispositivo será um modelo com potência muito limitada. Porém, de acordo com um novo vazamento, a realidade pode ser diferente, com especificações bem aceitáveis.

O tablet da Amazon de US$ 50 pode contar com um SoC MediaTek MT8127 com CPU quad-core (Cortex-A7), GPU Mali 450, 1 GB de RAM, 8 GB de armazenamento, câmeras de 2 MP e 0.3 MP, tela de 6.7 polegadas (1024 x 600 pixels) e sistema operacional Android 5.1 Lollipop.

amazon-s-50-tablet-leaks-with-specs

Nada mal, principalmente levando em conta do que podemos encontrar no mercado com esse preço. Mas é provável que para alcançar esse valor, a Amazon acabe integrando publicidade e/ou determinados serviços próprios.

Mesmo assim, ele pode ser uma alternativa interessante para aqueles que buscam tablets baratos, mas com um desempenho mínimo, mesmo recebendo alguma publicidade ou com outras condições impostas.

Via Softpedia

Huawei está trabalhando em smartphone com tela curva

by

huawei-teaser-topo

Um rumor sugere que a Huawei estaria preparando um smartphone com tela curva, similar ao que temos no Samsung Galaxy Edge, cuja fabricação dessa tela seria da própria Samsung.

Não foram revelados muitos detalhes sobre o novo dispositivo, mas se confirmadas as informações, podemos dar como quase certa a presença de uma resolução de 2560 x 1440 pixels. Por outro lado, um novo smartphone com essas características está claramente orientado para o segmento top de linha, com o uso de um SoC com CPU de oito núcleos e a presença de 3 ou 4 GB de RAM.

A Huawei está movendo bem suas fichas, apostando na oferta ampla de smartphones com boa relação custo-benefício, e se antecipando inclusive a outros fabricantes na incorporação de novas tecnologias, como fizeram recentemente na IFA 2015 ao apresentar o primeiro smartphone com o Force Touch.

Via Neowin