Arquivo para a tag: razr hd

[Dicas de Compras] Motorola RAZR HD, por R$ 879 (via boleto)

by

motorola-razr-hd-01

Oferta por tempo limitado (ou enquanto durarem os estoques). O smartphone Motorola RAZR HD teve o seu preço temporariamente reduzido, de R$ 1.499 para R$ 879, na opção de pagamento no boleto bancário ou débito direto em conta. Para aqueles que preferem pagar o produto através do cartão de crédito, o preço do produto é de R$ 999, com opção de parcelamento em até 12 vezes sem juros.

motorola-razr-hd-02 motorola-razr-hd-03 motorola-razr-hd-04

04-botao-clique037-180.jpg

[Dicas de Compras] Mais uma chance: Motorola RAZR HD, por R$ 899 (via boleto)

by

motorola-razr-hd-01

Oferta por tempo limitado (ou enquanto durarem os estoques). O smartphone Motorola RAZR HD teve o seu preço temporariamente reduzido, de R$ 1.499 para R$ 899, na opção de pagamento no boleto bancário ou débito direto em conta. Para aqueles que preferem pagar o produto através do cartão de crédito, o preço do produto é de R$ 1.021, com opção de parcelamento em até 12 vezes sem juros.

motorola-razr-hd-02 motorola-razr-hd-03 motorola-razr-hd-04

04-botao-clique037-180.jpg

[Dicas de Compras] Só hoje (28-10-2013): Motorola RAZR HD, por R$ 899 (via boleto)

by

motorola-razr-hd-01

Oferta válida para o dia de hoje, 28/10/2013 (ou enquanto durarem os estoques). O smartphone Motorola RAZR HD teve o seu preço temporariamente reduzido, de R$ 1.499 para R$ 899, na opção de pagamento no boleto bancário ou débito direto em conta. Para aqueles que preferem pagar o produto através do cartão de crédito, o preço do produto é de R$ 1.021, com opção de parcelamento em até 12 vezes sem juros.

motorola-razr-hd-02 motorola-razr-hd-03 motorola-razr-hd-04

04-botao-clique037-180.jpg

Motorola Mobility marca presença na Campus Party Brasil, com smartphones 4G e RAZR i

by

A Motorola Mobility marca presença na Campus Party 2013, em parceria com a Intel e a Telefônica Vivo, para levar aos participantes alguns dos seus melhores dispositivos móveis. Na evento, a empresa vai demonstrar um jogo interativo com o Motorola RAZR i, que possui um processador com Intel Inside, no estande da própria Intel. Já com a Telefônica Vivo, o Motorola RAZR HD, o primeiro smartphone com 4G do País, será o produto usado para a demonstração dos benefícios dessa nova tecnologia de transmissão de dados, que tem previsão de iniciar suas operações no mês de abril.

No estande da Intel, em conjunto com a Motorola, será promovida uma competição interativa, na qual o vencedor levará para casa o Motorola RAZR i com Intel Inside. Será um smartphone por dia, entre 29 de janeiro e 02 de fevereiro, e, para conquistá-lo, o campuseiro terá que fazer o melhor tempo em um test-drive com um carro de corrida virtual. Para participar, é necessário retirar uma senha. Serão cinco rodadas diárias, com 20 participantes por sessão.

No estande da Telefônica Vivo, haverá demonstração de como a rede 4G vai funcionar no Brasil. O aparelho usado será o Motorola RAZR HD, que tem processador dual-core de 1,5 GHz, excelente velocidade de navegação, tela de 4,7 polegadas de alta resolução e bateria de longa duração. Além disso, o produto é protegido por materiais como Corning® Gorilla® Glass e fibra DuPont™ Kevlar.

Via Assessoria de Imprensa

Review | Motorola RAZR HD

by

Um smartphone que é capaz de capturar e reproduzir imagens em Full HD (1080p). De quebra, é o primeiro smartphone do Brasil compatível com a conectividade 4G LTE. É com essas duas credenciais (e por que não dizer atrativos) que o Motorola RAZR HD chega ao mercado nacional como um dos smartphones que mais chamou a atenção dos leitores do blog.

Bastou lançar o vídeo de primeiras impressões do smartphone no YouTube, que muitas pessoas ficaram curiosas para saber mais detalhes sobre o produto, principalmente sobre suas propriedades em HD. Nesse post, você vai saber as minhas impressões sobre o modelo, focando no desempenho de seu hardware combinado com o Android 4.0.4 e o resultado das imagens captadas por sua câmera. Espero poder esclarecer a maior parte de suas dúvidas sobre esse lançamento, que tem grandes chances de agradar aqueles que buscam imagens em alta definição.

Mas antes… uma observação

Como disse no começo do post, O Motorola RAZR HD é sim compatível com a rede de dados 4G brasileira. Mas, como você bem sabe, o 4G ainda está engatinhando no Brasil. De forma oficial, ela não está disponível para o consumidor final, e as operadoras que vão trabalhar com esse padrão de rede só vão disponibilizar as suas opções de serviço a partir de 2013, e ainda assim, em regiões específicas do país. Em alguns locais, como Campos do Jordão (SP) e Rio de Janeiro (RJ), algumas operadoras já começam a testar o 4G, mas com usuários selecionados, e sem contar com o seu potencial total para transmissão de dados.

Logo, para mim, ficou impossível testar a performance do 4G no Motorola RAZR HD. Gostaria muito de fazer um teste de performance da internet do smartphone com essa especificação de rede, mas mesmo que eu estivesse na capital paulista, isso não seria possível. Logo, boa parte dos testes de performance com a navegação na internet foram feitos com a conectividade Wi-Fi e com o 3G+ que normalmente uso pela operadora Vivo.

Ao tirar o produto da caixa, nos deparamos com um smartphone em corpo unibody, sem botões na parte frontal, em uma peça única com um vidro frontal que vai de fora a fora. O RAZR HD é um smartphone sério e elegante, porém, visualmente atraente. O modelo aposta na simplicidade visual para chamar a atenção, além de mostrar uma estrutura externa que passa a sensação de segurança e de resistência aos pequenos acidentes cotidianos.

Como resultado, temos um smartphone de bom agarre, que fica confortável na mão do usuário. Você não fica com aquela sensação que o telefone vai escorregar de suas mãos a qualquer momento, até porque a proteção traseira em Kevlar cumpre o seu papel de manter o produto firme nas mãos.

Visão geral da lateral esquerda do smartphone. Um ponto positivo desse modelo é que ele consegue colocar uma bateria de 2.500 mAh em um smartphone com apenas 8.4 mm espessura. É uma bateria com uma autonomia muito elevada para um smartphone tão fino. Abaixo, apenas para uma simples comparação de tamanho, veja as fotos do RAZR HD com o iPhone 4.

Mesmo se eu tirasse o case do meu smartphone, o iPhone 4 ainda seria mais espesso que o RAZR HD.

A diferença de tamanho entre os dois produtos é notável, mas observe que o smartphone da Motorola é apenas um pouco mais largo que o telefone da Apple, o que garante um agarre agradável para o uso com uma das mãos.

Visão geral da parte superior dos dois smartphoens. Apenas para ilustrar as diferenças entre os dois modelos. Vamos seguir com a análise individual do RAZR HD.

Na parte inferior da lateral esquerda, encontramos os dois conectores micro USB e micro HDMI, para que você possa conectar o aparelho no computador, TV ou recarregar a bateria do produto (de acordo com a função da porta correspondente), além da área onde ficam os slots para cartões microSD e chips micro SIM. Reparem que no RAZR HD, a Motorola decidiu adotar uma gaveta protetora, no estilo do iPhone, o que oferece uma maior proteção à esta área do telefone, além de permitir um acesso mais prático a esses conectores.

A área protege os dois slots, e tem um acabamento simples e integrado ao acabamento do produto.

E para extrair essa gavetinha, você vai precisar de uma chave como essa, que acompanha o kit de venda do produto.

Que vai resultar nessa peça em suas mãos.

E aqui, temos uma visão geral dos slots, sem a gaveta protetora.

Não há detalhes na parte inferior do RAZR HD…

…exceto pelos seus parafusos em forma de estrela. Ou seja, a assistência técnica autorizada agradece, e de certa forma, o cliente também. Afinal, com tais parafusos, a proposta de aparelho resistente (e difícil de ser desmontado) se confirma.

Na lateral direita do smartphone, temos o botão de liga/desliga e bloqueio de tela, além dos botões de controle de volume das chamadas e toques.

Na parte superior, como você já viu antes, temos apenas o conector para fones de ouvido. Detalhe para o acabamento do produto em material metálico, reforçando ainda mais a proposta de produto seguro e resistente.

Visão geral da parte traseira do smartphone, e sua generosa proteção em Kevlar.

Sua câmera traseira é de 8 megapixels, com flash LED. Ela fica na parte central do corpo do smartphone o que considero uma posição melhor do que no cantos, já que naturalmente o seu dedo não vai cobrir a lente da câmera na hora de registrar fotos na orientação horizontal. Muito mais confortável para registrar fotos e vídeos segurando o smartphone com as duas mãos.

De novo, destaco aqui a proteção em Kevlar, que é um grande diferencial dos smartphones da Motorola.

Outro destaque vai para a sua câmera frontal, que produz fotos e vídeos de boa qualidade, principalmente se levarmos em conta que esse smartphone conta com 4G, ou seja, maior quantidade de dados a serem transmitidos. E, se você tem uma conexão mais rápida, você pode se dar ao luxo de enviar mais dados. E mesmo para atividades menos usuais, como fotos e vídeos do próprio rosto, a câmera com maior qualidade cai muito bem. Mostrarei um pouco disso mais para frente.

Hora de ligar o Motorola RAZR HD.

Tela de bloqueio do Android 4.0.4 Ice Cream Sandiwich, presente no RAZR HD.

Muito bem, estamos falando de um smartphone poderoso, com um processador dual-core de 1.5 GHz, 1 GB de RAM, 16 GB de armazenamento (desses, 12 GB disponíveis para o usuário), com uma tela de 4.65 polegadas, com resolução de 1280 x 720 pixels Super AMOLED. Tudo isso é gerenciado pelo sistema operacional Android 4.0.4 (Ice Cream Sandwich). O desempenho do smartphone é impecável, muito em parte pelo fato da Motorola pouco ter alterado na sua interface, deixando o Android quase “puro”, e com poucas e excelentes adições na sua interface, que fazem com que a sua performance seja a mais fluída possível (você vai poder ver isso na prática no vídeo review, que será lançado ainda nesta semana, no TargetHD.net).

E para aqueles que, de forma teimosa, vão afirmar que o sistema que está instalado no smartphone é o Android 4.1 Jelly Bean, segue a foto da prova que o modelo realmente está com o Android 4.0.4 Ice Cream Sandwich. Sabe, é sempre bom lembrar que, além de testar os produtos, temos um compromisso de passar opiniões pessoais, sem distorções. Não ganho nada em dizer que um smartphone está com uma versão diferente daquela que está instalada, ainda mais quando estou mostrando o produto para o mundo, com fotos e vídeos. Vale a observação que pelo fato do Android ser um sistema aberto, ele pode ser customizado a ponto que uma versão se comporte de forma próxima à outra.

O Motorola RAZR HD conta com personalizações e widgets exclusivos da Motorola que são bem interessantes, tornando o smartphone mais atraente e intuitivo para a maioria dos usuários. Um exemplo disso é esse widget em forma de discos, que exibem a hora (com atalho para os alarmes programáveis), a previsão do tempo, e o indicador da bateria. Considero isso importante e bem válido, uma vez que o usuário não precisa sair correndo atrás de complementos que realizam a mesma coisa, principalmente no caso do monitoramento da bateria. Sem falar que menos cacarecos instalados no smartphone representa automaticamente uma maior autonomia de bateria, e uma maior gama de recursos disponíveis no telefone.

Outro recurso bem interessante é esse assistente para criação de novas telas no RAZR HD. Com ele, o usuário pode escolher entre uma página de atalhos em branco, e adicionar os atalhos de aplicativos que quiser, ou escolher um modelo de tela, e a partir daí, você criar uma tela de apps personalizada. A maioria dos usuários inexperientes do Android não sabem fazer isso, logo, o recurso é válido para agilizar o processo.

Mais uma interessante modificação na interface Android do RAZR HD está na sua nova tela de configurações rápidas, que é a última tela deslizável dos painéis de aplicativos do smartphone (indo da esquerda para a direita). Essa tela substitui com eficiência o ato de deslizar o dedo de cima para baixo para acessar o painel de configurações rápidas, sendo assim uma área ampla e específica para que o usuário acesse todos os itens de conectividade (Wi-Fi, Bluetooth, Modo Avião, 3G/3G+, etc), além de poder acessar todas as configurações do telefone, em um atalho simples.

A tela do Motorola RAZR HD (4,65 polegadas, 1280 x 720p) é realmente muito boa, com excelente emissão de brilho, ótimo contraste e exibição de cores bem vivas. Contar com a tela Super AMOLED Advanced (com 16 milhões de cores) é uma ótima qualidade para o smartphone, ainda mais que o principal objetivo do telefone é a reprodução de conteúdos em alta definição. Ou seja, nesse caso, é quase obrigatório exigir aqui uma tela com uma exibição de imagens acima da média dos modelos que já testamos aqui no TargetHD. E isso, sem falar na película Corning Gorilla, que não influencia na qualidade de exibição de imagens, mas deixa o seu vidro imune aos arranhões tão indesejáveis.

Falando agora sobre a câmera do RAZR HD, que é um dos principais motivos para alguém comprar esse smartphone. Uma coisa que preciso deixar bem claro é que a grande maioria dos smartphones não possui sensores de câmera com a mesma eficiência que uma câmera point and shoot dedicada ou uma DSLR. Por outro lado, dependendo do trabalho empregado pelo fabricante, os resultados são bons o suficiente para que você possa imprimir as fotos para sua avó (isso é, se ela não estiver no Facebook), ou compartilhar nas redes sociais ou no Instagram.

Dito isso, a câmera do Motorola RAZR HD está na média dos seus concorrentes. Os seus 8 megapixels de resolução são suficientes para oferecerem fotos de boa qualidade em ambientes bem iluminados, e fotos com uma leve quantidade de ruído, em ambientes com uma iluminação mais deficitária. No meu entendimento, o resultado final das fotos é bom o suficiente para agradar a maioria dos usuários.

Veja alguns exemplos de fotos registradas com o RAZR HD (clique nas imagens para ampliar)






Os recursos de ajustes de imagem para fotos e vídeos são relativamente vastos, e de fácil localização, com recursos para geotagging com fotos. Outro destaque positivo dessa câmera é o seu modo de disparo rápido, que é bem útil para quando você precisa tirar várias fotos na sequência. Sua câmera frontal, apesar de só contar com o recurso de disparo de fotos, também é bem eficiente, apesar de apresentar resultados mais simples. Veja exemplos abaixo.

A filmadora também oferece resultados muito bons, apesar de sentir falta de um estabilizador de imagens no modo HD+ (1080p). Mesmo assim, acredito que para filmagens casuais, ela acaba fazendo a alegria daqueles que querem registrar as férias. Abaixo, você vê uma demonstração de filmagem que fizemos em duas situações distintas: uma, com uma baixa luminosidade, e outra, com o céu aberto, e dia claro.

 


Conclusão

O Motorola RAZR HD está APROVADO. É um smartphone que apresenta evoluções significativas em relação ao seu modelo anterior, não se limitando a oferecer apenas uma câmera que grava a 1080p. Um processador mais potente, uma das melhores personalizações do Android 4.0.x do mercado, uma ótima quantidade de armazenamento e uma tela melhorada tornam esse smartphone uma interessante escolha. Se você é apaixonado pela possibilidade de ver vídeos em alta definição no seu smartphone, esse modelo é uma opção a ser considerada. E o melhor: sua atualização para o Android 4.1 Jelly Bean está garantida, o que certamente vai tornar o modelo ainda melhor.

Cansou do seu iPhone? Veja quais são as suas melhores oopções com Android e Windwos Phone

by

O iPhone é legal, bem completo, tem todos os aplicativos que você precisa… mas por algum motivo ignorado por você (e naturalmente estranho para os adeptos da Apple), você se cansou do fato do iOS ter sempre a mesma cara, de não ter toda a liberdade para personalizar o sistema (sem depender de um jailbreak), e acha que o problema do Mapas foi a gota d’água. Muito bem, você tem direito a escolher outro smartphone para chamar de “seu”, e outro sistema operacional móvel, para começar a conhecer um novo mundo cheio de possibilidades.

Para você, que sabe dos riscos e consequências do que vai acontecer com a troca de sistema operacional, mas quer mesmo mudar de fase e correr todos os riscos com essa troca, vamos aqui mostrar algumas das melhores opções nos principais concorrentes da Apple nesse mercado. O Android e o Windows Phone contam com aparelhos muito interessantes para aqueles que não tem medo de se arriscar, e querem explorar as novidades nos concorrentes.

Não vou aqui citar as opções com Symbian e BlackBerry OS por um motivo muito simples: ninguém quer andar para trás nessa vida, não é mesmo?

 

Android

O sistema operacional móvel mais usado no mundo, com 1.3 milhão de ativações por dia amadureceu, e hoje, é uma opção tão boa quanto o iOS (veja bem, tão boa não quer dizer tão completa). A Google Play Store se tornou uma loja de aplicativos bem completa, e no meu caso em específico, 95% dos aplicativos que considero os mais importantes para o meu iPhone eu encontrei na loja do Android. Ou seja, a transição é bem tranquila.

Os principais fabricantes de dispositivos móveis (e os pequenos fabricantes) contam com smartphones com a presença do sistema Android. Mas, nesse mar de dispositivos, destaco três modelos que considero (até o momento, pois as coisas mudam com certa rapidez no mercado Android) os melhores por motivos diferentes, e que são excelentes opções de investimento para aqueles que querem adquirir um smartphone do robozinho no futuro.

Samsung Galaxy S III

É, hoje, considerado o melhor smartphone Android do mercado. Afinal de contas, possui um processador quad-core, 1 GB de RAM, um chip gráfico poderosíssimo, e uma bateria de 2.100 mAh. Está prestes a receber a atualização para o Android 4.1 Jelly Bean (em alguns mercados ele já está disponível), o que vai colocá-lo em um outro patamar. A Samsung conseguiu mais uma vez: esse é o terceiro smartphone “top” dos coreanos, que é qualificado como o melhor Android que o seu dinheiro pode comprar.

Samsung Galaxy X (ou Galaxy Neuxs)

Este é outro excelente smartphone. O Galaxy Nexus (ou X) é feito para os usuários que querem a experiência do Android em estado puro, do jeito que o Google idealizou, e sem nenhum tipo de personalização por parte das operadoras e fabricantes. O resultado disso é um smartphone com um desempenho muito fluído, com uma performance impecável e, o mais importante, com a atualização do sistema Android de forma mais rápida que os demais modelos. Pode contar com menor memória de armazenamento (16 GB) e uma câmera teoricamente inferior (5 MP), mas no final das contas, se esse é o smartphone Android que o Google sempre sonhou, eles estão de parabéns por pensarem assim.

Motorola RAZR MAXX/RAZR HD

Aqui, na verdade, podemos colocar dois ou três modelos da Motorola em um mesmo grupo. O RAZR MAXX é uma escolha pessoal por um simples motivo: autonomia de bateria. 3.300 mAh é o sonho de todo geek, e esse, eu consegui realizar. Ter um smartphone que trabalhe de forma plena, com a garantia que o mesmo vai funcionar o dia inteiro é algo que realmente pesa na escolha. Dentro da mesma linha de produtos, destaco o RAZR HD, que é o antigo Motorola RAZR, mas com a capacidade de alta resolução, e a versão do RAZR com processadores da Intel, que será anunciado no Brasil no começo de outubro. Mais detalhes, eu conto aqui no TargetHD.

 

Windows Phone 8

Se o Android não te agrada muito, e você quer experimentar algo realmente novo, a minha dica é “espere até novembro”. O Windows Phone 8, a versão mais recente do sistema operacional móvel da Microsoft, está chegando ao mercado, e essa nova versão promete ser ainda mais madura e mais completa em recursos do que a versão anterior. E de tudo que a Microsoft mostrou até agora (segundo eles mesmos informaram, “ele pode ir além do que já mostramos”), a promessa foi cumprida, e podemos dizer que a Microsoft está entrando no jogo.

No momento, os seus principais parceiros nessa empreitada são a Samsung, a HTC  e, principalmente a Nokia, que aparece como o carro chefe do sistema. Logo, as principais indicações desse post são da fabricante finlandesa.

Nokia Lumia 920 PureView e Nokia Lumia 820

As duas primeiras apostas da Nokia com Windows Phone 8 são ofertas bem interessantes, com um hardware robusto, que promete uma performance prazerosa e consistente, e são até similares nas suas especificações, mas com diferenças pontuais nos seus recursos. A principal diferença entre os dois está na câmera: o Lumia 920 PureView conta com um sensor de 8 megapixels com tecnologia PureView, conectividade NFC e uma tela de 4.5 polegadas com PureMotion HD+. Já o Lumia 820 possui um sensor sem o PureView, não possui o NFC, e uma tela mais simples, com 4.3 polegadas.

Apesar da Nokia diferenciar os dois modelos como linha alta (Lumia 920 PureView) e linha média (Lumia 820), as principais especificações de hardware são as mesmas para os dois smartphones: processador Snapdragon S4 de 1.5 GHz dual-core, 1 GB de RAM, conectividade 4G LTE e slot para cartões microSD. Os produtos só chegarão ao mercado a partir do lançamento do Windows Phone 8, e sabe lá quando os modelos vão chegar ao Brasil. Mas, para quem gostou do Windows Phone 7, vale a pena guardar a grana até lá.

 

E o BlackBerry 10?

A Research in Motion está preparando o seu tiro de misericórdia, com o lançamento do seu primeiro smartphone com o novo sistema móvel para o primeiro trimestre de 2013. Quem testou, disse que o sistema é promissor, com boa performance e um teclado virtual impressionante. A pergunta que fica é: quando ele chegar ao mercado, já não será tarde demais? Afinal de contas,os lançamentos dos concorrentes para esse final de ano oferecem propostas muito tentadoras, com uma grande oferta de aplicativos. Se você não tem pressa nenhuma, e pode esperar seis longos meses, quem sabe esse não te agrada?

Essas são apenas algumas dicas para você trocar o seu iPhone para outro smartphone com desempenho e possibilidades que satisfaçam quem está disposto a fazer a mudança. Existem outras opções que se ajustam ao bolso e às expectativas de diversos tipos de usuários. Porém, estas aqui se encaixam entre as melhores. Deixe suas dicas de outros bons smartphones nos sistemas Android e Windows Phone nos comentários do post.

Motorola RAZR HD é anunciado oficialmente como o primeiro smartphone com 4G no Brasil

by

Tão rápido quanto humanamente possível. É assim que podemos nos referir ao anúncio do lançamento do Motorola RAZR HD no Brasil. O novo lançamento da Motorola Mobility no país está sendo anunciado nesse momento, em um evento em São Paulo, e a sua chegada é confirmada oficialmente menos de uma semana depois do seu anúncio nos Estados Unidos.

O novo modelo se destaca por ser o primeiro a ser compatível com as redes 4G LTE no Brasil. Ele já contava com a certificação positiva da Anatel,e será montado nas fábricas nacionais da Motorola. por enquanto, nada foi dito sobre o lançamento do RAZR MAXX HD, mas ficamos na torcida.

Vale a pena revisar as suas especificações técnicas: sistema operacional Android 4.0.4 (Ice Cream Sandwich), que será atualizada para o Jelly Bean no futuro (conforme informado pela Motorola EUA, durante o evento da semana passada), uma tela com resolução HD (720p) Super AMOLED de 4.7 polegadas, revestida pela já tradicional película Gorilla Glass, um processador Snapdragon S4 dual-core de 1.5 GHz, tecnologia NFC, câmera traseira de 8 megapixels e bateria de 2.500 mAh, que promete até 10 horas de autonomia de bateria com vídeos, 6 horas de navegação na web, ou 16 horas de conversação.

Suas características físicas são praticamente as mesmas do RAZR que já conhecemos, como a tampa traseira com revestimento em Kevlar e baixa espessura, de 8.4 mm. Nos Estados Unidos, ele tem previsão de lançamento para até o final do ano, e no Brasil, a janela de lançamento (segundo a Motorola Mobility Brasil) é a mesma. Ou seja, até o final do ano, ele será lançado por todas as operadoras brasileiras.

A primeira a trazer o modelo para o Brasil vai ser a Claro, que largou na frente nos testes públicos das redes 4G no país, e deve utilizar o modelo como um dos seus carros-chefe para divulgar a nova rede entre os seus usuários. Os preços do Motorola RAZR HD na Claro são de R$ 1.999,00 no modo desbloqueado, e R$ 999,00, no plano ilimitado 400 da operadora.

Smartphone Motorola Droid RAZR HD, com Android ICS e tela de 4.7 polegadas 720p é anunciado oficialmente

by

O segundo lançamento da Motorola na tarde de hoje (05) em Nova York foi o Droid RAZR HD (ou simplesmente RAZR HD), um smartphone que já é praticamente da família, depois de ter vazado em diversas ocasiões anteriores, em vários sites da internet. De qualquer forma, vamos revisar o que a Motorola/Google apresentou do novo smartphone.

As especificações técnicas que já conhecíamos do smartphone foram confirmados, com uma versão levemente personalizada do Android 4.0.4 (Ice Cream Sandwich), que será atualizada para o Jelly Bean no futuro, uma tela com resolução HD (720p) Super AMOLED de 4.7 polegadas, revestida pela já tradicional película Gorilla Glass) um processador Snapdragon S4 dual-core de 1.5 GHz, tecnologia NFC, câmera traseira de 8 megapixels e uma generosa bateria de 2.500 mAh. Segundo a Motorola, o smartphone vai oferecer até 10 horas de autonomia de bateria com vídeos, 6 horas de navegação na web, ou 16 horas de conversação.

O novo RAZR HD possui uma tampa traseira com revestimento em Kevlar, seguindo assim a tendência dos modelos da linha anteriormente apresentados, e uma carcaça bem fina (levando em consideração a sua poderosa bateria), com apenas 8.4 mm de espessura, 131.9 mm de altura, e 67.9 mm de largura. Seu peso é de 146 gramas.

Até o momento, nem a Motorola, nem o Google revelam preços ou datas de lançamento para o Droid RAZR HD, mas a previsão é que nos Estados Unidos ele chegue ao mercado até o final do ano, pelas mãos da operadora Verizon. Imaginamos que teremos mais detalhes sobre o lançamento nas próximas semanas.

Abaixo, o vídeo oficial de apresentação do smartphone.

Via Engadget

Claro sai na frente nos testes do 4G no Brasil, e para isso, antecipa o lançamento do Motorola RAZR HD no país

by

Novidades da Claro no Brasil, e principalmente, sobre a implantação da rede de dados 4G no país. Segundo o site Tecnoblog, a operadora anunciou via comunicado de imprensa que inicia oficialmente as suas operações da nova rede de dados em território nacional, em fase inicial de testes que recebe o nome de “circuito de experiências”.

Três cidades foram escolhidas para que os usuários possam testar a nova rede 4G da Claro: Campos do Jordão (SP), Búzios (RJ) e Parati (RJ). Nestas cidades, os consumidores poderão avaliar, em primeira mão, a qualidade dos serviços de internet móvel em altíssima velocidade para serviços como streaming de vídeo, videochamadas entre as cidades envolvidas e outros serviços que a rede 4G promete oferecer. A tecnologia pode alcançar velocidades nominais de até 100 Mbps, mas em nenhum momento a Claro deixa “claro” (sic) qual será essa velocidade disponível para o usuário na prática.

Esse é o primeiro passo de uma longa caminhada. O 4G no Brasil tem um longo caminho pela frente. Será primeiro implantada nas cidades-sede da Copa das Confederações 2013 (a saber: Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador), com prazo de conclusão definido para abril de 2013, e todas as cidades sede da Copa do Mundo de 2014 (as cidades da Copa das Confederações, acrescidas de Cuiabá, Manaus, Natal, Porto Alegre e São Paulo) devem contar com a nova rede até dezembro de 2013. Para todas as cidades com mais de 30 mil habitantes, o prazo para o 4G chegar é de até 2017.

Como é de se esperar, os aparelhos vendidos no Brasil, na sua grande maioria, não possuem suporte às redes 4G. Para facilitar a vida dos primeiros assinantes do serviço, a Claro está negociando com a Huawei e a Motorola para oferecer modems e smartphones compatíveis com o 4G brasileiro de forma mais rápida. Uma das iniciativas da operadora para acelerar o processo foi dada hoje, durante a Qualcomm IQ 2012, informando que o Motorola RAZR HD, que ainda não foi anunciado oficialmente para o mercado brasileiro, deve chegar ao Brasil em setembro.

O smartphone está sendo especulado para lançamento lá fora no começo do mês de setembro, em um evento que a Motorola vai realizar em Nova York. Logo, vale registrar o fato que o modelo, de forma oficial, ainda não existe (ou não foi oficialmente apresentado pela Motorola no exterior). A informação de lançamento bate com os dados registrados no SGCH, que é o sistema que mostra quais aparelhos estão homologados na Anatel, que apresenta o certificado de homologação do codinome do RAZR HD (ou XT925).

Aparecem possíveis fotos filtradas do Motorola Droid RAZR HD

by

É difícil confirmar a autenticidade das fotos que você verá abaixo, mas se forem reais, elas estão mostrando a carcaça do próximo Motorola RAZR, que receberia o nome de Droid RAZR HD.

Como podemos ver na imagem, esta seria uma das unidades destinadas à operadora norte-americana Verizon, aumentando as chances dele ser um modelo exclusivo para os Estados Unidos (se bem que estamos na zona dos rumores, o que torna qualquer avaliação algo precipitado). Ao julgar pelo dispositivo anterior, parece que a parte posterior conta com o Kevlar, e isso agrada e muito. Afinal, o material foi muito bem recebido no Motorola RAZR original.

A foto da lateral pode indicar que este smartphone não será tão fino como o seu irmão maior, mais isso pode significar uma bateria maior, como a do Droid RAZR MAXX. O modelo possui componentes como um processador Snapdragon S4, tela de 720p e/ou câmera de 13 megapixels, mas nada disso foi confirmando pelo fabricante ou pela operadora. O certo nesse caso é esperar o anúncio oficial, para saber inclusive se é mesmo um novo modelo, ou uma pequena atualização no RAZR já existente.

É esperar para ver.

Via droid-life.com