Arquivo para a tag: ps4

PS4 vs PS4 (2016) vs PS4 Pro: o que mudou?

by

ps4-vs-ps4-pro

Habemus novos consoles PS4.

A Sony apresentou uma nova edição do PS4 tradicional (até então conhecido como Slim) e o PS4 Pro (antes PS4 Neo). Dois novos consoles que substituirão o modelo atual, lançado no final de 2013.

Pois bem… quais são as diferenças entre os novos modelos? E quais são as semelhanças? E as diferenças desses do modelo anterior? Esse post elimina as dúvidas.

E ajuda a responder a pergunta: vale a pena atualizar?

E digo desde já: é uma pergunta difícil de responder…

As principais diferenças entre o PS4 e o PS4 (2016)

 

ps4-vs-ps4-pro-02

 

Comparando o PS4 (2013) com o PS4 (2016), não temos grandes mudanças, mas alguns detalhes são interessantes.

A Sony aproveitou a segunda edição do console para reduzir o tamanho e o peso. O novo PS4 é mais baixo e estreito que o antecessor.

Nos aspectos internos, temos três mudanças fundamentais.

A porta ótica foi removida. Em compensação, chegou o WiFi ac, Bluetooth 4.0 e o USB 3.1, além de fazer uma melhor gestão de potência e redução de consumo de energia.

Também é preciso ressaltar a diferença em preço.

O PS4 original chegou ao mercado por US$ 399. Já o novo PS4 (2016) custa US$ 299.

Do mais, os dois consoles compartilham as mesmas especificações.

 

As principais diferenças entre o PS4 e o PS4 Pro

 

ps4-vs-ps4-pro-03

 

O PS4 Pro é maior e mais pesado. Mantém a mesma CPU que a versão atual, mas com uma GPU melhor (de 4.20 TFLOPS), oferecendo maior qualidade de imagem. Melhro que o PS4, mas ainda sem oferecer um 4K nativo.

O salto de qualidade também será observado no consumo de potência, que vai para 310W, e a USB passa a ser USB 3.1 (com três portas, e não duas), e o Bluetooth será 4.0 LE.

Não vai incluir um reprodutor de Ultra HD Blu-ray, mas mantém o mesmo reprodutor Blu-ray dos demais modelos.

O PS4 Pro tem preço inicial sugerido de US$ 399, com 1 TB de armazenamento.

PS VR Aim Controller promete máxima precisão nos seus jogos shooter

by

PS VR Aim Controller

O PlayStation VR não será o único acessório para o PS4 que chega ao mercado no segundo semestre. A Sony apresentou na E3 2016 o PS VR Aim Controller, um curioso acessório pensado nos jogos de disparo em realidade virtual.

O produto foi especialmente criado para se transformar no seu companheiro inseparável em jogos como Fairpoint. O PS VR Aim Controller recorre em partes ao argumento de ser um “adaptado de disparo” do PlayStation Move e do Sharp Shooter para oferecer um periférico que promete a máxima precisão dos seus movimentos e disparos, com uma experiência 100% realista.

Fairpoint é um jogo de realidade virtual exclusivo do PlayStation, desenvolvido pela Impulse Gear, que garante oferecer coisas “que simplesmente não são possíveis em um jogo FPS padrão”. Para que você tenha uma ideia melhor sobre as possibilidades do jogo, veja o trailer a seguir e mais imagens do jogo.

27624253686_b96170f09f_z 27624251596_809c6415d6_z 27380854470_c9bd5e90e9_z

Via PlayStation

A Sony na E3 2016

by

Sony_E32016

A Sony realizou o seu evento na E3 2016, e uma vez confirmado que o PS4 Neo não seria apresentado na feira de Los Angeles, os japoneses focaram a sua conferência nos novos jogos, entregando um catálogo fantástico, assim como fez a Microsoft.

Também merece destaque o lançamento oficial do PlayStation VR, dispositivo de realidade virtual que chega com 50 jogos no mês de outubro.

A seguir, os jogos apresentados pela Sony na E3 2016:

 

 

God of War: Trailer gameplay do novo jogo da saga ‘hack and slash’ em terceira pessoa, exclusivo para PS4. Ambientado na mitologia nórdia, vemos um Kratos barbudo e visualmente impressionante.

Batman Arkham VR: Entramos no universo do Cavaleiro das Trevas e na cidade de Gothan via realidade virtual. Disponível em outubro e exclusivo para PS VR.

The Last Guardian: Depois de vários atrasos, finalmente temos uma data de lançamento para outro jogo muito esperado para o PS4. Um jogo em terceira pessoa que combina ação e aventura e elementos de puzzle. Lançamento previsto para o dia 25 de outubro.

Final Fantasy XV: Nova versão da famosa saga ARPG, que estará disponível em 30 de setembro, exclusivo para PS4. Outro título compatível com o PlayStation VR.

Call of Duty: Infinite Warfare – “Ship Assault”: Próxima versão da saga de disparos em primeira pessoa, uma das mais vendidas do mercado. Disponível para PS4 no dia 4 de novembro.

Resident Evil 7 biohazard – VR: A franquia survival horror mais conhecida do planeta é mais um dos jogos compatíveis com o PlayStation VR.

Horizon Zero Dawn: Aventura e ação em terceira pessoa desenvolvido pela Guerrilla Games, que chegará ao PS4 em 1 de março de 2017.

Farpoint: Uma aventura especial no planeta Júpiter que, no modo shooter, foi criado pela Impulse Gear e pensado no PS VR. Disponível em outubro.

Days Gone: Ação em terceira pessoa em um mundo apocalíptico cheio de zumbis, desenvolvido pela Bend Studios Outro jogo exclusivo para PS4, mas sem data de lançamento.

Hawken: Shooter em primeira pessoa multiplayer que será exclusivo para o PS4.

Mafia III: Nova versão da saga mafiosa com ação e aventura em terceira pessoa em um mundo aberto. Disponível no dia 7 de outubro.

Sony confirma existência de novo PS4 mais potente, mas ele não estará na E3 2016

by

sony-ps4-teaser

O que era um rumor agora é uma realidade. Andrew House, presidente da Sony, declarou ao Financial Times que a empresa está mesmo desenvolvendo uma versão mais potente do PS4, que vai incluir resolução Ultra HD (4K).

A ideia com o novo console não é substituir o anterior, que segue no mercado, mas sim oferecer uma alternativa aos gamers que buscam uma melhor qualidade gráfica, ou para quem já tem TVs 4K e querem jogar nessa resolução. As duas linhas se manterão no mercado durante todo o ciclo de vida da atual geração.

Para quem já tem um PS4, em teoria, não terá o seu valor de mercado desvalorizado. A Sony vê os dois consoles como “complementares”, e todos os jogos futuros serão compatíveis com o PS4 padrão, e a grande maioria compatíveis com o novo console 4K. Para os desenvolvedores (também em teoria), o trabalho extra não será muito grande, e o novo console poderá ser compatível com os óculos de realidade virtual que a Sony vai lançar esse ano.

Obviamente, o PS4 melhorado será mais caro. House não precisou preços, mas supomos que será consideravelmente mais caro, e ele mesmo reconhece que a Sony vai ganhar dinheiro com cada unidade vendida, ou seja, não vai reduzir o preço em relação ao custo.

Uma coisa que os rumores não acertaram foi sobre sua data de apresentação. Tudo indicava que a Sony o apresentaria na E3 2016, mas House confirma que não há uma data prevista de lançamento para o novo PS4. Apenas garantiu que a empresa quer oferecer “a melhor experiência” no novo sistema antes de mostrá-lo ao público. Se esta foi uma decisão de última hora, uma manobra para despistar todo mundo ou algo planejado, fica na interpretação de cada um.

Agora, resta ver se a Microsoft vai mesmo apresentar um Xbox One melhorado.

Via Financial Times

Rodar jogos do Steam no PS4? Sim, é possível

by

jailbreak-ps4

Um hack consegue rodar os jogos do Steam através do PS4, com a ajuda do sistema que permite ‘rootear’ o console da Sony para executar códigos não autorizados a partir da versão 1.76 do firmware.

Para isso, se combina o jailbreak com o uso do Arch Linux e algumas bibliotecas de software desenvolvidas para que os jogos para PC rodem no PS4. O resultado é destacável, e muitos já se perguntam por que a Sony não chega a um acordo com o Steam para oferecer essa opção de forma oficial.

O procedimento não é uma tarefa fácil, uma vez que a maioria já tem a versão atual da firmware (3.50). Para rodar os jogos do Steam no PS4, é preciso aproveitar a vulnerabilidade da versão 1.76 da firmware, para poder instalar o Arch Linux e iniciar o cliente Steam no Linux, a partir de uma série de bibliotecas adicionais. O responsável pela descoberta, um usuário com apelido OsirisX, publicou um vídeo que mostra a execução do jogo Bastion sem maiores problemas, e muitos outros jogos também funcionam bem, sempre e quando não são muito exigentes com os gráficos.

Aqui, o hardware do PS4 joga um pouco contra, mas desde lá é possível utilizar toda a biblioteca do Steam no console da Sony. E isso é muito desejado por muitos gamers.

Vídeo demonstrativo a seguir.

 

Via Wololo.net (1), (2)OsirisX (YouTube)

PS4 NEO, novo console da Sony, e suas possíveis especificações

by

PS4-controller

São várias as fontes que revelaram pequenas doses de informação sobre um futuro console da Sony que pode chegar ao mercado em 2016, mas ninguém ofereceu dados tão completos como a Giant Bomb. O PS4 NEO (possível nome oficial, mas ainda não definitivo/comercial ou oficial) teve algumas de suas supostas especificações técnicas confirmadas por diversas fontes.

As possíveis especificações técnicas do PS4 NEO são:

– Processador Jaguar de 8 núcleos, o mesmo do PS4 mas a 2.1 GHz no lugar de 1.6 GHz
– 8 GB de GDDR5 com largura de banda de 218 GB/s, contra os 176 GB/s do PS4
– GPU AMD GCN com 36 CUs a 911 MHz, com 2.304 shaders (o PS4 tem 1.152 shaders)
– 512 MB de RAM adicionais acessíveis pela GPU para um desempenho mais estável.

tabla-1

Se confirmados os dados, teremos uma melhora muito grande no novo console, que teria uma potência gráfica muito maior que a do PS4, respaldado por um aumento razoável nos seus demais componentes. Porém, muitos desconfiam se essas especificações seriam suficientes para garantir um bom desempenho nos jogos com resolução 4K, pelo menos de forma nativa.

É preciso deixar claro que o PS4 NEO não é um substituto do PS4, mas sim um modelo que vai co-existir com ele, compartilhando tanto os jogos como a sua plataforma digital (PSN). A Sony quer evitar discriminações entre os dois produtos, e já teria imposto algumas normas que devem ser seguidas pelos desenvolvedores:

– Os jogos lançados para o PS4 NEO também devem sair para o PS4, ou seja, o novo console não pode ter jogos exclusivos
– Nada de segregar usuários: todos deverão poder jogas juntos no modo online
– A fluidez dos jogos não poderá ser sacrificada em nome de uma maior qualidade gráfica. Se um jogo para o PS4 roda a 60 FPS, a mesma taxa deve ser aplicada na versão do PS4 NEO
– Também não podem ser introduzidos diferenciais nos jogos. As duas versões devem ser rigorosamente iguais na jogabilidade

Os primeiros rumores sobre o possível preço do PS4 NEO giram em torno de US$ 399, um valor muito razoável para um produto que oferece novidades técnicas que podem agradar em cheio aos gamers. Comenta-se que o console pode chegar ao mercado antes do final de 2016, a tempo das vendas natalinas.

Via Giant Bomb

O Linux no PS4 já é uma realidade

by

linux-ps4-01

Em dezembro de 2015, ficamos sabendo que um hacker teria conseguido realizar o ‘jailbreak’ do PS4, o que abriria a porta para executar códigos de todos os tipos em um dispositivo que até então era impenetrável. Agora, sabemos que o hacker kR105, um dos que investigaram o assunto desde que o CTurt publicou sua descoberta inicial, conseguiu publicar um exploit totalmente operacional, que permite a inicialização do Linux no PlayStation 4, com a ajuda da ferramenta PS4-Playground.

Os usuários que contam com um PS4 com o firmware 1.76 estão aptos a aplicar esse método. Ainda que o código tenha aparecido a poucos dias, só agora foi comprovado sua eficácia sem problemas. Para testar o sistema, é necessário uma unidade USB formatada em FAT32 e conectada a qualquer uma das portas USB do PS4.

linux-ps4-02

Nessa unidade, precisamos introduzir dois arquivos (bzImage e initramsfs.cpio.gz), que são os que iniciam o processo de carga do sistema Linux básico, que ainda que não contemos com uma interface de desktop para o o uso, podemos acessar um console Linux convencional, onde é possível introduzir comandos.

É mais que provável que, a partir daqui, apareçam novas opções que aproveitem do exploit, mas o que parece inviável é poder usar o console para rodar cópias falsificadas dos jogos do PS4. O que aparece como possibilidade (entre outras coisas) são os emuladores que permitem aproveitar o PS4 para rodar jogos de outras plataformas sem problemas.

Via The RegisterWololo.net

Remote Play está disponível: jogue o PS4 no PC ou Mac

by

remote-play-pc

Depois de ficar um mês em fase beta, a atualização 3.5 para o PS4 chega hoje (6), e traz como principal novidade a nova função conhecida como Remote Play, que permite rodar os jogos do PS4 no PC ou Mac via streaming direto.

Na prática, o jogo não roda no seu computador, que vai atuar como um mero receptor do sinal do PS4, que segue funcionando em outro cômodo de sua resiência, ou no mesmo cômodo, se você assim preferir. Para poder desfrutar dessa característica, é necessário atualizar o firmware, além de instalar um software específico para PC e Mac que a Sony vai disponibilizar.

Dependendo da velocidade de conexão de internet que você possui, é possível ajustar diferentes resoluções e taxas de FPS no nosso computador. Estas são as opções oficialmente confirmadas:

– Resoluções: 360p, 540p e 720p
– Resolução padrão: 540p
– Frames por segundo: 30 FPS, 60 FPS
– Taxa de frames padrão: 30 FPS

Sobre os requisitos mínimos do computador, ele deve contar com Windows 8.1 ou superior, OS X 10.10 ou superior, e tudo pode ser controlado pelo DualShock 4 conectado através de uma porta USB.

A seguir, um vídeo que resume as principais novidades da firmware 3.5 do PS4.

 

ViaPC Advisor, Blog PlayStation

Sony estaria preparando um PS4 com suporte para 4K

by

sony-ps4

A chegada do PlayStation VR vai explorar ao máximo as especificações do PlayStation 4, mas o que nãos e esperava era que a Sony planeja fazer uma atualização no seu console, para alcançar um novo nível gráfico, oferecendo ao novo PS4 uma inédita resolução 4K.

As pistas indicam para uma nova GPU que permite executar jogos nessa nova resolução, além de melhorar o desempenho dos jogos compatíveis com o PlayStation VR. Inicialmente parece ser bem mais do que uma simples atualização da plataforma, algo bem diferente dos modelos Slim já vistos nas gerações anteriores do console, de modo que teríamos que ver como os atuais proprietários de um PS4 vão receber essa notícia.

Duas fontes distintas confirmam os rumores, onde uma delas comentam que sistema está em fase bem experimental, e não pode chegar ao mercado em 2016. Este PS4.5 seria uma opção bem diferente da atual, servindo para a Sony fazer frente para as propostas do Oculus e do HTC Vive, já que consegue equiparar o desempenho gráfico com o salto de resolução.

As dúvidas se centram agora sobre o lançamento desse suposto novo console, quanto vai custar e como ele vai conviver com a atual versão do produto.

Via Kotaku

PS4 está ficando sem adversários

by

ps4

O PS4 tem quase o dobro de unidades vendidas em relação ao Xbox One desde o lançamento dos dois consoles, e o triplo das vendas em relação ao Wii U, e se consolida como o grande vencedor da atual geração de consoles.

A tendência já indicava isso, mas poucos imaginavam que a diferença em vendas seria tão grande. De acordo com o VGChartz, desde o lançamento até semana passada, a Sony teria vendido 38.8 milhões de unidades do PS4, contra 20.4 milhões de unidades do Xbox One. Vale lembrar que os dados do console da Sony são quase idênticos aos oficiais (36 milhões de unidades em janeiro de 2016), e que não sabemos quanto a Microsoft vendeu até agora, já que não existem dados oficiais. De qualquer forma, podem ser dados muito reais, já que o CFO da EA informou em janeiro que o PS4 supera o Xbox One em uma proporção que se aproximava do 2 por 1.

Com um hardware muito similar, um ótimo catálogo de jogos nos dois casos e um sistema de jogo online competente, é difícil explicar essa diferença tão grande de vendas, e tudo indica que o PS4 ganhou vantagem quando a Microsoft cometeu o erro estratégico de vender o Xbox One com Kinect, por um preço bem superior ao console da Sony.

A Microsoft corrigiu isso rapidamente, mas a vantagem da Sony já havia sido produzida.

ps4_2

Sobre o Wii U, ele vendeu apenas 12.8 milhões de unidades, reforçando a necessidade da Nintendo lançar logo um novo console. O Nintendo NX é esperado com atenção, e pode chegar ao mercado ainda em 2016.

O PS4 fica sem adversários nos consoles de mesa. O líder absoluto no mundo dos videogames é o portátil Nintendo 3DS, com 58.5 milhões de unidades, pulverizando as vendas do PS Vita, com 13.6 milhões de unidades. Os dois estão sendo canibalizados pelos smartphones, ainda que as vendas não sejam menores em absoluto se comparamos com a dos consoles de mesa.

Já é possível rodar o Linux no PS4

by

ps4

Inicializar o Linux no PS4 já é possível, com uma ferramenta liberada pelo grupo Fail0verflow.

No meio de dezembro, foi anunciado um exploit com acesso ao kernel aproveitando uma vulnerabilidade, dando por ‘hackeado’ o console da Sony. O exploit BadIRET não se fez público, mas acabou vazando na internet. O grupo Fail0verflou o utilizou para executar o Gentoo e a interface Xfce, em uma demonstração realizada no Chaos Communication Congress.

ps4_2-linux

Agora, eles liberaram no GitHub o PS4-kesec, que permite inicializar o Linux em um PS4 que conte com a versão do firmware 1.76, o kernel PS4-linux o exploit vazado BatIRET e a experiência necessária para compilar o núcleo, algo que não é acessível para todos os usuários.

Porém, uma vez publicadas as ferramentas, passa a ser uma questão de tempo que um homebrew completo (execução de aplicativos caseiros não oficiais da Sony) chegue ao console de um modo geral. Também foi apresentado um emulador do Game Boy Advanced e a carga dos controladores 3D.

Ainda que o grupo insista no seu interesse pelo Linux e pelo homebrew e não pela pirataria, não podemos parar de pensar que a carga de cópias de segurança de jogos ou as cópias pirata nos consoles é o próximo passo. A Sony corrigiu a vulnerabilidade para que (supostamente) os consoles modificados não tenham acesso aos jogos e serviços online.

A seguir, a apresentação do Fail0verflow no CCC.

Em breve você poderá jogar o PS4 no PC ou Mac

by

ps4-controller

A próxima atualização do PS4 vem cheia de interessantes novidades. O Blog do PlaySyation informa detalhes das novidades que o update “Musashi” (3.50) oferece.

A mais interessante dessas novidades é a possibilidade de utilizar o Remote Play do PS4 para jogar remotamente do console a partir de um computador com Windows ou Mac, da mesma forma que acontece com o Xbox One e o Windows 10.

Mas não é só isso. Também será possível visualizar notificações quando seus amigos estiverem online (recurso personalizável), além de utilizar a função de invisível, se você não quer ser incomodado. Também sabemos que a plataforma de vídeo Dailymotion entra na lista de serviços para streaming ao vivo do console, além da adição de eventos programados, permitindo agendar uma seção de jogo com seus amigos no sistema. Quando o evento começar, os usuários registrados serão adicionados ao jogo automaticamente, para um início imediato da partida.

A partir de amanha (2) quem conta com um registro prévio poderá fazer o download da beta privada e começar a testar antes de todo mundo as maravilhas do “Musashi”. O uso remoto do PS4 não estará habilitado, de modo que teremos que esperar por novas informações vindas da Sony. Ao menos a empresa promete que a função estará disponível ‘em breve’.

Via  AnaitgamesBlog PlayStation

 

O PS4 é 60% mais potente que um PC equivalente, de acordo com a Sony

by

ps4

A Sony fez uma dessas afirmações que os usuários de PCs torcem e muito o nariz. De acordo com os japoneses, o PS4 é 60% mais potente que um computador com as mesmas especificações.

A afirmação foi feita em função do PlayStation VR, onde eles também deixam alguns detalhes muito interessantes sobre o nível de funcionamento do dispositivo, já que as primeiras informações o colocavam em um nível ‘similar’ ao do HTC Vive com uma GTX 970. Vale lembrar que, desde o começo, o PS4 foi desenvolvido com um nível de otimização absoluto, contando com APIs de baixo nível, permitindo um controle total de hardware, aproveitando assim o seu desempenho ao máximo.

O PS4 conta com uma CPU x86 da AMD e uma GPU Radeon, ambas presentes em uma APU, além de 8 GB de GDDR5, dos quas apenas 6 GB estão livres. Ou seja, dizer que algo é mais potente por estar melhor otimizado não apenas não é correto (ao menos no sentido restrito do termo), mas que são bem mais como uma jogada de marketing, além de aborrecer os usuários dos PCs, que precisam investir muito dinheiro em componentes que, segundo a Sony, não são aproveitados como se deveria.

psvr

Indo para o kit PlayStation VR, mais uma vez a otimização entraria em jogo, já que todo o trabalho seria feito pelo PS4, utilizando técnicas de redução de carga de renderização, com exceção do som, que seria o único que não consumiria recursos do console.

Via WCCFTech

Sony marca evento focado no PlayStation VR para 15 de março

by

PlayStation-VR

O PlayStation VR pode ser lançado em um evento especial da Sony, a ser realizado no dia 15 de março, durante a Game Developers Conference.

Conhecido também como Project Morpheus, o PlayStation VR é um dos dispositivos de realidade virtual mais esperados de 2016. É compatível de forma exclusiva para o PS4, e pode oferecer vantagens e inconvenientes para a Sony.

Por um lado, a Sony aproveita um ecossistema que, hoje, conta com 36 milhões de consoles (e subindo). É o console mais vendido da atual geração. Por outro lado, o PlayStation VR deixa de fora milhões de jogadores de PCs e outros usuários interessados. Além disso, a incapacidade de atualização do PS4 limita os desenvolvedores na tentativa de extrair todo o potencial do dispositivo.

O preço do PlayStation VR (até então desconhecido) será um fator essencial para posicioná-lo no mercado. O Oculus Rift custa 600 euros, e o HTC Vive, 800 euros. Ou seja, a Sony tem margem para oferecer algo mais acessível. Tudo indica para uma chegada ao mercado para até o verão norte-americano.

Via TechCrunch

Em breve os smartphones vão superar o Xbox One e o PS4

by

smartphone-8-games

Não resta dúvida que o Xbox One e o PS4 representam mudanças importantes dentro do mundo dos videogames, principalmente pela mudança de arquitetura para os processadores x86 e pelo uso de soluções gráficas convencionais, ou seja, de modelos que não contam com nenhum particular se comparado com outros gráficos disponíveis no mercado.

Isso era visto com bons olhos no começo, pois permitia planejar conversões perfeitas de jogos do console para o PC. Porém, a realidade foi muito diferente. Vários jogos da Ubisoft (AC: Unity e Batman: Arkham Knight como exemplos clássicos) tiveram suas adaptações para o PC fracassando de forma notável.

Deixando de lado essa polêmica, o desempenho do Xbox One e do PS4 é limitado, a ponto de equivalerem hoje a de um PC de linha média-baixa, algo que reforça o argumento que os dois consoles serão superados pelos dispositivos móveis em um ano. Quem afirma é Nizar Romdan, diretor do ecossistema ARM, que comenta que os tablets e smartphones top de linha atuais já são mais potentes que o Xbox 360 e o PS3, se aproximando perigosamente do Xbox One e PS4.

Com isso em mente, Romdan se atreveu a comentar que é muito provável que, em 2017, os hipotéticos Galaxy S8 e iPhone 7s vão superar a potência dos consoles de nova geração, algo que não implica necessariamente que veremos jogos com um nível de qualidade gráfica equivalente. De fato, não parece ser nada provável, a não ser que essa potência extra poderia ser aproveitada para obter novas e melhores experiências de realidade virtual (por exemplo).

Via Neowin

O PlayStation agora caminha sozinho: nasce a Sony Interactive Entertainment

by

sony-ps4-teaser

A Sony anunciou hoje (26) a “independência” do PlayStation, com a criação da Sony Interactive Entertainment, que vai abrigar todas as unidades de negócio relacionadas com as atuais Sony Computer Entertainment e Sony Entertainment Network.

Depois da saída do mercado de computadores com a venda da VAIO e os problemas para competir no mercado de TVs com as gigantes sul-coreanas dominando o setor (Samsung e LG), a PlayStation é hoje a linha de negócio de maior sucesso da Sony, ao lado dos sensores de câmeras para dispositivos móveis, onde a marca japonesa é a líder do mercado.

A nova empresa independente incluirá hardware, software, conteúdo e operações de serviços de rede. Terá como presidente e CEO Andrew House, e será mantida a partir da sede californiana de San Mateo, com operações de negócio em Tóquio e Londres. O objetivo principal dessa empresa é “desenvolver serviços pioneiros e produtos que continuarão inspirando a imaginação dos consumidores e liderando o mercado”.

sony-interactive-organograma

A reorganização corporativa que pretende impulsionar a liderança de vendas do console PS4 na atual geração e de seus serviços, que não são poucos: a PlayStation Store, para a compra de jogos, o serviço por assinatura Plus, os jogos por streaming do Now, o serviço de TV Vue ou os conteúdos multimídia via streaming do PlayStation Vide e PlayStation Music.

A indústria dos videogames é, hoje, a primeira indústria do entretenimento mundial, e alcançará um volume de vendas anuais de US$ 100 bilhões em 2017. A Sony busca uma boa fatia desse bolo com a nova empresa centrada no PlayStation.

Via Sony

Mortal Kombat XL chega ao Brasil em março

by

Mortal Kombat XL

A Warner Bros. Interactive Entertainment anuncia hoje Mortal Kombat XL, a experiência definitiva do multipremiado videogame Mortal Kombat X, que se tornou o jogo mais vendido na história da franquia e ganhou o prêmio de Melhor Jogo de Luta pelo The Game Awards 2015.

Desenvolvido pela NetherRealm Studios,Mortal Kombat XL estará disponível digitalmente a partir de 1 de março para PlayStation 4 e Xbox One. A versão física em disco chegará às lojas do Brasil no dia 7 de abril. O jogo chega totalmente localizado em português, com dublagem e legendas em português.

Mortal Kombat XL oferece a experiência final de Mortal Kombat X que inclui o jogo principal e todo o conteúdo que estará disponível no Kombat Pack 2:

  • Os novos lutadores que estarão disponíveis como Xenomorph de Alien, Leatherface da série de filmes de horror O Massacre da Serra Elétrica, Triborg e Bo’Rai Cho;
  • O inédito Pacote Apocalypse;
  • Conteúdo previamente lançado como o Goro, Pacote Brasil, Pacote da Guerra Fria e Kold War Scorpion.

Também incluído em Mortal Kombat XL está o conteúdo que foi previamente lançado por download do Kombat Pack original:

  • Os lutadores Predador, Jason Voorhees, Tremor e Tanya, sendo que cada um acompanha três skins diferentes;
  • Pacote Samurai;

Mortal Kombat X  é a última versão desenvolvida pela NetherRealm Studios da aclamada franquia de luta que leva a icônica série para uma nova geração. O jogo combina apresentações cinematográficas com todo o novo gameplay para trazer a mais brutal experiência de Kombate de todos os tempos, oferecendo uma experiência totalmente conectada de competição online persistente, em que cada luta tem sua importância ao competir pela supremacia global.

Pela primeira vez, Mortal Kombat X, dá aos jogadores a oportunidade para escolher entre múltiplas variações de cada personagem, que impacta tanto na estratégia como no estilo de luta. Os jogadores contam com uma história original mostrando alguns dos mais famosos personagens, como Scorpion e Sub-Zero, enquanto introduz novos lutadores que representam as forças do bem e o mal e narram a aventura em conjunto.

Hackearam o PS4 para executar o Linux e emuladores

by

ps4-pokemon

O grupo Fail0verflow conseguiu instalar o Linux em um PS4. O console consegue inicializar o sistema operacional usando uma XFCE como interface gráfica.

Depois da inicialização, é utilizado um emulador do Game Boy Advance, que executa uma versão crackeeada do jogo Pokémon “PlayStation Edition”, preparada pelo time para demonstração. Eles mostraram todo o trabalho para alcançar esse feito, já que eles encontraram certas diferenças entre o PS4 e um PC tradicional, que impediram um procedimento mais normal para executar o Linux. O projeto ainda está muito verde, e vários aspectos precisam ser implementados, mas o “invento” começa a ser funcional.

Além de instalar o Linux em um PS4 e executar um emulador do GBA com essa combinação, o grupo hacker também conseguiu utilizar o mesmo Game Boy Advance como controle para o PS4. Não é algo que revoluciona a jogabilidade dos videogames, mas demonstram as conquistas alcançadas.

Não é a primeira vez que hackearam um console da Sony com Linux. O PS3 também passou por essa façanha.

 

Via VentureBeatfail0verflow

Polyphony Digital apresenta Gran Turismo Sport para PS4

by

gran-turismo-sport

A Polyphony Digital aproveitou as festas de final de ano para liberar um novo trailer de Gran Turismo Sport, que revela mais detalhes sobre o jogo.

Imagens conceituais do game são tão bem feitas, que podemos confundir com imagens reais. Além disso, o vídeo publicado em outubro mostra em detalhes todo o potencial gráfico do jogo.

Não há detalhes sobre a data de seu lançamento, mas o mesmo segue exclusivo para o PS4, sendo inclusive compatível com o PlayStation VR, sistema de realidade virtual da Sony.

Mais imagens a seguir.

gran-turismo-sport-03 gran-turismo-sport-02

Via TweakTown

Hackearam o PS4?

by

ps4

Parece que sim.

Cturt, o mesmo que anunciou na semana passada um exploit com acesso ao kernel do PS4, informa que conseguiu hackear o console da Sony, mas não apresenta imagens ou provas. Apenas informou o feito em mensagens na sua conta do Twitter.

O exploit poderia ser utilizado para violar a RAM de outros processos e para criar e instalar firmwares personalizadas. O jailbreak permitiria o uso do homebrew, ou da execução de aplicativos não assinados pela Sony, além da carga de cópias de segurança de jogos, ou cópias piratas no console.

O exploit funcionaria no PS4 com firmware 1.76, mas o hacker não descarta que ele pode funcionar em firmwares mais atuais. Se a informação estiver correta, com certeza a Sony vai lançar uma atualização para bloqueá-lo, algo que alcançaria os jogos e serviços online do console.

psbhack

Por enquanto, é um mero anúncio. Não há prova alguma do hack, nem mesmo de um firmware personalizado público ou um método simples para que um usuário comum possa carregá-lo no seu console. Ficamos na espera de mais informações desse que é um tema importante, levando em conta que o PS4 é hoje o console mais vendido da atual geração.

Via @CTurt