Arquivo para a tag: playstation vr

Veja o unboxing oficial do PlayStation VR

by

playstation-vr-kit-de-venda

A Sony publicou um vídeo oficial do unboxing do PlayStation VR, dispositivo de realidade virtual para o PlayStation 4 que chega ao mercado no dia 13 de outubro.

Ainda sem tanto potencial tecnológico em comparação com o HTC Vive ou Oculus Rift, o PlayStation VR contará com a vantagem de ter uma grande base de consoles instalados, aproveitando um ecossistema de aproximadamente 45 milhões de unidades vendidas, algo que deve aumentar com a chefada do PS4 Pro e PS4 Slim.

Por enquanto, o PSVR sera exclusivo para o PS4, mas não se descarta uma versão para computadores pessoais.

Nos aspectos técnicos, o PlayStation VR conta com duas telas OLED de 5.7 polegadas (960 x 1080 pixels) para cada olho, com campo de visão de 100 graus, taxa de atualização de 120 ou 90 Hz, com latência abaixo dos 18 milissegundos no seu sistema de seguimento de 360 graus, triplo sensor acelerômetro e triplo giroscópio, assim como conectores HDMI, USB e auxiliares para som.

A Sony garante que vai oferecer 50 jogos no seu lançamento, e que há mais de 230 desenvolvedores e produtoras por trás da plataforma, e 160 títulos em desenvolvimento.

O PlayStation VR chega ao mercado no dia 13 de outubro, com preço sugerido de US$ 399.

 

 

Via PlayStation Blog

A Sony na E3 2016

by

Sony_E32016

A Sony realizou o seu evento na E3 2016, e uma vez confirmado que o PS4 Neo não seria apresentado na feira de Los Angeles, os japoneses focaram a sua conferência nos novos jogos, entregando um catálogo fantástico, assim como fez a Microsoft.

Também merece destaque o lançamento oficial do PlayStation VR, dispositivo de realidade virtual que chega com 50 jogos no mês de outubro.

A seguir, os jogos apresentados pela Sony na E3 2016:

 

 

God of War: Trailer gameplay do novo jogo da saga ‘hack and slash’ em terceira pessoa, exclusivo para PS4. Ambientado na mitologia nórdia, vemos um Kratos barbudo e visualmente impressionante.

Batman Arkham VR: Entramos no universo do Cavaleiro das Trevas e na cidade de Gothan via realidade virtual. Disponível em outubro e exclusivo para PS VR.

The Last Guardian: Depois de vários atrasos, finalmente temos uma data de lançamento para outro jogo muito esperado para o PS4. Um jogo em terceira pessoa que combina ação e aventura e elementos de puzzle. Lançamento previsto para o dia 25 de outubro.

Final Fantasy XV: Nova versão da famosa saga ARPG, que estará disponível em 30 de setembro, exclusivo para PS4. Outro título compatível com o PlayStation VR.

Call of Duty: Infinite Warfare – “Ship Assault”: Próxima versão da saga de disparos em primeira pessoa, uma das mais vendidas do mercado. Disponível para PS4 no dia 4 de novembro.

Resident Evil 7 biohazard – VR: A franquia survival horror mais conhecida do planeta é mais um dos jogos compatíveis com o PlayStation VR.

Horizon Zero Dawn: Aventura e ação em terceira pessoa desenvolvido pela Guerrilla Games, que chegará ao PS4 em 1 de março de 2017.

Farpoint: Uma aventura especial no planeta Júpiter que, no modo shooter, foi criado pela Impulse Gear e pensado no PS VR. Disponível em outubro.

Days Gone: Ação em terceira pessoa em um mundo apocalíptico cheio de zumbis, desenvolvido pela Bend Studios Outro jogo exclusivo para PS4, mas sem data de lançamento.

Hawken: Shooter em primeira pessoa multiplayer que será exclusivo para o PS4.

Mafia III: Nova versão da saga mafiosa com ação e aventura em terceira pessoa em um mundo aberto. Disponível no dia 7 de outubro.

PlayStation VR será uma realidade em 13 de outubro

by

PlayStation VR

Durante o seu evento de imprensa na E3 2016, a Sony revelou que o PlayStation VR, dispositivo de realidade virtual da empresa, estará disponível no dia 13 de outubro de 2016, com um preço inicial sugerido de US$ 399.

Se no evento da Microsoft tivemos um novo console (Xbox One S), o anúncio do projeto do console de próxima geração (Project Scorpio) e a integração do Xbox com o Windows 10 como principais destaques, no evento da Sony foi a realidade virtual o tema de maior evidência. Vale lembrar que o PlayStation VR será exclusivo para consoles PS4, mas não se descarta a posterior comercialização de uma versão para computadores pessoais.

O PlayStation VR possui duas telas OLED de 5.7 polegadas (960 x 1080 pixels) para cada olho e um campo de visão de 100 graus. Sua taxa de atualização será de 120 Hz ou 90 Hz, com uma latência abaixo dos 18 milissegundos para o seu sistema de seguimento de 360 graus. Conta com triplo sensor acelerômetro e triplo giroscópio, assim como conectores HDMI, USB e auxiliares para áudio.

PlayStation VR Sony

A Sony garantiu que vai oferecer 50 jogos no ato do lançamento do PlayStation VR. A empresa comentou que há mais de 230 desenvolvedores e produtoras por trás da plataforma e no desenvolvimento de até 160 jogos. Entre os exibidos na E3 2016, temos:

– Farpoint (shooter futurista em primeira pessoa)
– Star Wars Battleftont X-Wing (missão onde o jogador se transforma em um piloto de uma nave X-Wing do universo Star Wars)
– Resident Evil BioHazard (último survival de terror da Capcom, porém em primeira pessoa e com realidade virtual)
– Batman Arkham VR (outro disponível em outubro e exclusivo para o PS VR)
– Final Fantasy XV VR (a popular franquia também estará disponível para o PS VR desde o começo)

PlayStation VR data de lançamento

Sem jogos com menos de 60 FPS no PlayStation VR

by

playstation-vr

A Sony deixa claro que quer jogos de qualidade no seu PlayStation VR, e informa que vai recusar qualquer jogo com menos de 60 Hz (ou 60 FPS).

A informação inclui um “provavelmente será recusado”, mas a Sony é contundente, já que diz textualmente que “não há desculpa” para não alcançar os 60 frames por segundo, apesar de ser sincera e reconhecer que isso não implica que será uma tarefa fácil. Muito pelo contrário.

A empresa especifica que esse é o mínimo aceitável, e dá como exemplo que um jogo que tem quedas para 50 FPS provavelmente não será aceito. Dessa forma, a Sony quer que os desenvolvedores trabalhem duro, o que é sempre algo positivo para o usuário final.

 

Nada de mixaria com os jogos do PlayStation VR

É compreensível essa preocupação da Sony no quesito qualidade. Estamos falando de uma tecnologia que está nascendo para o grande público, onde os primeiros produtos alcançam o consumidor final. Logo, causar uma boa primeira impressão é fundamental.

Uma das formas de convencer que a realidade virtual pode finalmente dar certo no mundo dos games e do entretenimento (sim, porque isso já foi tentado no passado e não deu muito certo) é entregando títulos com alta qualidade desde o primeiro instante. Até porque a Sony sabe muito bem que ela não começa nessa corrida sozinha.

O PlayStation VR terá como principal concorrente nesse primeiro momento o HTC Vive, mesmo que esse dispositivo não concorra diretamente no segmento de consumo (o PlayStation VR exclusivo para o PS4, o HTC Vive compatível com PCs). Aliás, a HTC parece ser a empresa que aposta ainda mais no segmento de realidade virtual do que a Sony, já que é uma empresa que passa por um momento ainda mais desesperado que os japoneses. A divisão mobile tem futuro incerto, e esse pode ser o setor que dará uma sobrevida nesse mercado.

De qualquer forma, entendo que quem tem a ganhar é o usuário. A balança pende para a qualidade, e não se tem a perder quando a aposta é nesse sentido.

Via TweakTown

PlayStation VR, a partir de outubro de 2016, por US$ 399

by

playstation-vr

As previsões e lançamentos se confirmaram. O óculos PlayStation VR chega ao mercado em outubro, com um preço sugerido de US$ 399.

A própria Sony confirmou a informação no evento que aconteceu hoje (15) na Game Developers Conference de San Francisco. O dispositivo é a arma dos japoneses para buscar o seu espaço no mundo dos jogos em realidade virtual. Seu uso será exclusivo para o PS4, mas isso não deve ser um grande problema para a empresa, que já vendeu 36 milhões de unidades do seu console desde o seu lançamento em 2013.

 

A versão final para os consumidores. conta com uma tela OLED de 5.7 polegadas (1920 x 1080 pixels), segmento de 360 graus e uma latência de menos de 19 milissegundos. Suporta áudio 3D e virá em uma caixa como a que você verá no vídeo abaixo. O PlayStation Camera seguirá sendo comercializado como um acessório independente, e é de uso obrigatório com o PlayStation VR.

Há mais de 230 desenvolvedores criando conteúdos para o óculos de realidade virtual da Sony. De fato, no lançamento é esperada uma disponibilidade de aproximadamente 50 jogos disponíveis, hoje alguns já estão confirmados, como Star Wars: Battlefront e DICE.

O PS4 é 60% mais potente que um PC equivalente, de acordo com a Sony

by

ps4

A Sony fez uma dessas afirmações que os usuários de PCs torcem e muito o nariz. De acordo com os japoneses, o PS4 é 60% mais potente que um computador com as mesmas especificações.

A afirmação foi feita em função do PlayStation VR, onde eles também deixam alguns detalhes muito interessantes sobre o nível de funcionamento do dispositivo, já que as primeiras informações o colocavam em um nível ‘similar’ ao do HTC Vive com uma GTX 970. Vale lembrar que, desde o começo, o PS4 foi desenvolvido com um nível de otimização absoluto, contando com APIs de baixo nível, permitindo um controle total de hardware, aproveitando assim o seu desempenho ao máximo.

O PS4 conta com uma CPU x86 da AMD e uma GPU Radeon, ambas presentes em uma APU, além de 8 GB de GDDR5, dos quas apenas 6 GB estão livres. Ou seja, dizer que algo é mais potente por estar melhor otimizado não apenas não é correto (ao menos no sentido restrito do termo), mas que são bem mais como uma jogada de marketing, além de aborrecer os usuários dos PCs, que precisam investir muito dinheiro em componentes que, segundo a Sony, não são aproveitados como se deveria.

psvr

Indo para o kit PlayStation VR, mais uma vez a otimização entraria em jogo, já que todo o trabalho seria feito pelo PS4, utilizando técnicas de redução de carga de renderização, com exceção do som, que seria o único que não consumiria recursos do console.

Via WCCFTech

Sony marca evento focado no PlayStation VR para 15 de março

by

PlayStation-VR

O PlayStation VR pode ser lançado em um evento especial da Sony, a ser realizado no dia 15 de março, durante a Game Developers Conference.

Conhecido também como Project Morpheus, o PlayStation VR é um dos dispositivos de realidade virtual mais esperados de 2016. É compatível de forma exclusiva para o PS4, e pode oferecer vantagens e inconvenientes para a Sony.

Por um lado, a Sony aproveita um ecossistema que, hoje, conta com 36 milhões de consoles (e subindo). É o console mais vendido da atual geração. Por outro lado, o PlayStation VR deixa de fora milhões de jogadores de PCs e outros usuários interessados. Além disso, a incapacidade de atualização do PS4 limita os desenvolvedores na tentativa de extrair todo o potencial do dispositivo.

O preço do PlayStation VR (até então desconhecido) será um fator essencial para posicioná-lo no mercado. O Oculus Rift custa 600 euros, e o HTC Vive, 800 euros. Ou seja, a Sony tem margem para oferecer algo mais acessível. Tudo indica para uma chegada ao mercado para até o verão norte-americano.

Via TechCrunch

CEO da GameStop afirma que PlayStation VR chegará ao mercado no outono norte-americano

by

playstation-vr

Agora temos uma ideia sobre quando vai chegar ao mercado o PlayStation VR da Sony. O CEO da GameStop, Paul Raines, disse em entrevista ao Fox Business que a sua distribuidora “lançará o produto da Sony durante o outono norte-americano”.

A frase cobra especial significado dentro do contexto do hardware de realidade virtual. O mesmo executivo confirmou que eles estão em negociações para oferecer os produtos Oculus Rift e HTC Vive, que chegarão ao mercado na primavera dos Estados Unidos.

Até agora, a Sony só confirmava que o PlayStation VR chegaria em 2016, com um leve esboço que a data aproximada seria no começo do ano. Agora, levando em conta as declarações de Paul Raines e o fato que não sabemos nada mais do acessório, temos que ter a ideia de esperar um pouco mais.

Seu preço não foi revelado, e a Sony já indicou que o seu produto custaria o mesmo que “uma nova plataforma de jogos”, de modo que ele não deve ser nada barato. O Oculus Rift custa em torno de US$ 500, e o HTC Vive também não tem preço sugerido.

Vamos ver se em alguns meses o mesmo Paul revela mais detalhes sobre o dispositivo…

 

Via TechCrunch

PlayStation VR não será barato no seu lançamento

by

PlayStation-VR

Andrew House, CEO da Sony Computer Entertainment, disse em entrevista que o preço inicial sugerido do PlayStation VR deve ficar em torno de US$ 800. E a pergunta a ser feita é óbvia: por que o dispositivo de realidade virtual vai custar tão caro?

Como bem sabemos, toda nova tecnologia se lança com preços elevados, mas depois seus preços são reduzidos ao longo do seu ciclo de vida, se tornando acessível no seu final de ciclo. Isso acontece porque os custos iniciais de fabricação são elevados, e no caso do PlayStation VR em específico, temos uma grande quantidade de hardware desenvolvida e adaptada especialmente para esse dispositivo.

Com o passar do tempo, esses custos de fabricação vão se reduzindo, com processos de produção mais eficientes e acessíveis, permitindo uma redução de custo geral do dispositivo. Por enquanto, suas especificações não foram reveladas, mas especula-se que o PlayStation VR terá um campo de visão de 100 graus, e resolução de 1920 x 1080 pixels, com taxa de refresh de 120 Hz.

Via Softpedia

Sony Project Morpheus agora é PlayStation VR

by

playstationvr

O Project Morpheus da Sony tem um novo nome: PlayStation VR (mais óbvio). O anúncio foi feito na Tokyo Game Show 2015, no evento de imprensa dos japoneses para contar essa e outras novidades.

Não foram revelados maiores detalhes sobre essa plataforma, mas Masayasu Ito, presidente de negócios de produto da PlayStation, explicou os motivos para a mudança de nome. Com PlayStation VR, não só eles expressam uma experiência nova de imersão virtual nos jogos, mas também indicam que se trata de algo familiar e próximo aos seus usuários.

playstation-vr

O executivo comenta que o hardware vai continuar a evoluir nos próximos meses, e a Sony trabalha tanto com estúdios da casa como com desenvolvedores de terceiros para garantir uma boa oferta de jogos no ato do seu lançamento. Em algum momento do primeiro semestre de 2016, o PlayStation VR deve chegar ao mercado.