Arquivo para a tag: pandora

Apple quer acabar com os serviços de streaming de música com publicidade

by

apple-beats-audio

Serviços como o Spotify e o Pandora oferecem a possibilidade de ouvir músicas de forma legal e com custo zero, já que parte desses negócios são mantidos através da publicidade. Porém, a Apple – que tem muta força na indústria fonográfica norte-americana – faz pressão para acabar com esse modelo de mercado.

Diversos veículos afirmam que a Apple está pressionando as grandes gravadoras (Sony, Universal Music Group, etc) para que retirem os seus conteúdos das plataformas gratuitas de música. O objetivo da Apple é dar um impulso para a Beats, empresa que a gigante de Cupertino comprou no ano passado, que tem o seu próprio serviço de música a la carte, o Music Beats, que tem um sistema de pagamento para a reprodução das músicas.

A Apple tenta dessa forma aproveitar a insatisfação que muitas gravadoras e artistas demonstram com serviços como o Spotify, por conta dos baixos lucros que esses serviços geram.

Por outro lado, há quem diga que a estratégia da Apple pode voltar contra ela mesma, já que as gravadoras podem alegar que o fim do acesso gratuito às músicas resultará em uma grande queda de audiência e, por tabela, os possíveis consumidores.

19361979

Apple iPhone 6

Via Neowin

O Pandora não te deixa milionário se sua música for reproduzida por 43 milhões de vezes

by

650_1000_pharrell

Os artistas não estão contentes com os valores pagos pelos serviços de streaming de música (Spotify, Pandora, etc). Esse foi um dos motivos para que Taylor Swift e outros abandonassem o formato, e o próximo pode ser Pharrell Williams.

Pharrell enviou um e-mail para os responsáveis da sua gravadora, e apesar da sua música ‘Happy’ ser reproduzida mais de 43 milhões de vezes no Pandora, ele só recebeu US$ 2.7 mil pelo feito. O cantor John Legend teve sua música ‘All Of Me’ reproduzida na plataforma por 55 milhões de vezes, e só recebeu US$ 3.4 mil.

A Sony/ATV considera essa uma ‘situação totalmente inaceitável’, em resposta ao e-mail de Pharrell, e reclama que um milhão de reproduções por streaming equivale a apenas US$ 60 em direitos autorais divididos entre artistas e gravadoras. Não só o Pandora é o alvo das críticas: apesar da cota de mercado do Spotify seguir crescendo, o lucro dos artistas não recebe um aumento similar.

A Sony afirma que sua principal prioridade é mudar a forma que essa remuneração acontece (que depende das vendas dos próprios serviços), e não vai descansar ate que o sistema seja reformulado. Por enquanto, não sabemos o que isso pode significar (inclusive a saída de alguns dos seus artistas dos catálogos do Pandora ou Spotify), mas tudo é possível.

Via Fusion

iTunes Radio ultrapassa o Spotify, alcançando o terceiro lugar entre os streamings de música nos EUA

by

itunes-radio

O iTunes Radio tem apenas seis meses de vida, mas já se posiciona no terceiro lugar estre os serviços de streaming de música nos Estados Unidos. Das 2.000 pessoas pesquisadas pela Edison Research, 8% informaram que escutaram o iTunes Radio no mês passado, contra 6% do Spotify, e 9% do iHeart Radio.

O Pandora segue como o serviço dominante nos EUA, com 31% de cota de mercado. Um mês depois do seu lançamento em setembro de 2013, o iTunes Radio já contava com 20 milhões de usuários. O Pandora tem hoje 70 milhões de usuários ativos nos Estados Unidos, Nova Zelândia e Austrália. Porém, o serviço existe desde 2000 (em um formato diferente do atual, que só estreou em 2005).

Obviamente, escutar um determinado serviço de streaming de músicas não quer dizer que os usuários escutam exclusivamente aquele serviço. Mas a Apple já tem uma audiência integrada de mais de 600 milhões de usuários do iTunes, de acordo com números revelados em 2013, de modo que o iTunes Radio ainda tem muitas possibilidades de crescimento de sua base de usuários.

A pesquisa da Edison Research aconteceu entre os meses de janeiro e fevereiro de 2014, e obteve respostas de 2.023 pessoas maiores de 12 anos nos EUA.

itr

Via Fortune

[Rumor] Apple teria fechado acordo com a Warner Music para lançamento da iRadio

by

apple-itunes

Segundo indicam os recentes rumores, a Apple estaria finalizando os detalhes para o lançamento de um serviço de música via streaming chamado (ao menos por enquanto) iRadio. Para que o produto se transforme em uma realidade, a gigante de Redmond necessita de apoio das principais gravadoras, e ontem (02/06), eles teriam chegado a um acordo com a Warner Music, a terceira maior gravadora do mundo.

O acordo seria similar ao fechado previamente pela Apple com a Universal Music (a #1 do mercado mundial), mas ainda faltaria a segunda maior gravadora do mercado: a Sony.

O novo serviço (que já tinha sido mencionado antes) está sendo comparado com o Pandora, mas a grande diferença está no pagamento que os donos das músicas receberiam. A Apple propõe um pagamento muito maior que a concorrência oferece (ainda que serviços como Spotify, Rdio e Google não tenham sido mencionados pelas fontes que citam os rumores).

Além disso, outro ponto a favor da Apple durante o processo de negociações seria o fato que o serviço estaria integrado ao iTunes. Logo, seria possível adquirir as canções executadas por streaming sem maiores complicações ou interrupções para o usuário. Esse é um ponto importante, pois 70% do valor das vendas do iTunes é entregue ao dono da música.

Ainda que as coisas pareçam ser muito interessantes no papel, é importante deixar claro que, mesmo com fontes confiáveis, o que temos aqui ainda são rumores, e que o anúncio do iRadio durante a WWDC 2013 não está garantido. mesmo assim, a informação provém de alguns dos veículos de imprensa mais importantes dos Estados Unidos, e pelo histórico, podemos aqui aplicar a teoria do “onde há fumaça, há fogo”.

Via Billboard, Wall Street Journal, New York Times, CNET

Google TV já está disponível na sua página web

by

Muita gente está esperando com grande expectativa a chegada dos primeiros equipamentos a contarem com o Google TV, vindos da Sony, da Logitech, ou de outro fabricante que resolva trabalhar com este produto. Mas, para que boa parte do pessoal já possa ir matando o gostinho em ter o produto, o Google disponibilizou em uma página web algumas amostras dos primeiros equipamentos a chegarem com o novo recurso.

Já se pode confirmar que os serviços que ele vai contar de forma definitiva, como o vídeo on demand, controle remoto através de um smartphone (Android ou iOS, por enquanto), buscas e navegação na web, aplicativos e gravações de conteúdo, entre outras coisas. Diferente do Apple TV nos Estados Unidos, que só conta com conteúdos da ABC e da Fox, o Google TV tem acordos fechados com muitos outros canais de TV, com CNBC, HBO, TNT, CNN e até a NBA TV, isso sem falar de acordos fechados com Twitter, Amazon, Pandora ou Netflix.

Fora dos Estados Unidos, não se sabe se todos estes serviços (ou similares) estarão disponíveis. De qualquer modo, já aparece como um competidor de respeito para o Apple TV, principalmente pelo fato de maiores possibilidades de conteúdo adquirido. Abaixo, vídeo demonstração do que o Google TV pode fazer por você.

Fonte

Sony BDV-F7, solução de som e player Blu-ray com design monolítico

by

A Sony anunciou sua nova solução em termos de players Blu-ray e equipamentos de som. O BDV-F7 oferece um design monolítico, para combinar com os modelos de televisores da linha Bravia da empresa, incorporando subwoofer e barra de som 5.1 virtual. Tem ainda as opções já clássicas de acesso a serviços como YouTube, Pandora, Slacker, Netflix e similares.

Ele também é capaz de se conectar por DLNA, e pode oferecer streaming de som via WiFi, e conta com conectores USB e para iPod. Quanto aos filmes, ele permite a reprodução de discos Blu-ray com 3D. Estará a venda nos Estados Unidos em outubro, por US$ 600, e pode chegar a outros mercados nos meses seguintes.

Fonte

[som e imagem] Marantz incorpora Blu-ray 3D e streaming aos seus reprodutores de áudio e vídeo

by

A Marantz apresentou sua linha 2010 de receptores, amplificadores, pré amplificadores e players de Blu-ray e, naturalmente, o produto mais top dos lançamentos anunciados inclui melhorias que contam com streaming de vídeo pela internet, Blu-ray 3D e compatibilidade HDMI 1.4. Cabe destaque aqui ao UD7005 (US$ 899, previsto para setembro nos EUA) e o UD5005 (US$ 499, em agosto), que são “Universal Media Players” que contam com SACD, DVD áudio, DivX e Blu-ray 3D, além de DLNA v1.5, streaming e acesso ao Netflix e YouTube.

Fonte

[games] GP2X tunado com D-Pad e bateria de PSP (com vídeo)

by

Ainda que no que se refere à emulação em jogos só nos venha a mente a marca Pandora, temos que reconhecer que o GP2X tem o mérito de ter iniciado todo este fenômeno. Deste modo, o usuário John Grayson decidiu que seu console original não cumpria com eficiência os padrões atuais, e decidiu substituir o joystick por um D-Pad mais atual.

John aproveitou a oportunidade para substituir as baterias AA por um par de baterias de PSP, e deste modo, contar com mais tempo de jogo (superando as 4 horas de entretenimento com apenas uma carga). Veja abaixo o vídeo do passo-a-passo do processo de confecção do modding.

Fonte

[games] O console portátil Pandora começa a ser vendido

by

Faz muito tempo que vimos rodando fotos deste projeto, e ainda que tenham dito que poderiam colocar o produto a venda muito antes do que o esperado, os atrasos podem até ser perdoados diante de um projeto interessante e promissor como esse. E hoje, ele finalmente se coloca a venda. Imaginamos que tem muita gente ansiosa para ver as fotos do Pandora, e mais ainda, com aplicativos desenvolvidos por seus fãs. Ok, não vamos mais fazer você esperar: clique aqui e veja as fotos do produto.