Arquivo para a tag: oficial

Samsung Z: o primeiro smartphone com o sistema Tizen é oficial

by

S_Image_SM-Z910F_combination_Black_Dynamic_verge_super_wide

Finalmente, nasceu a criança! O primeiro smartphone com o sistema operacional Tizen é uma realidade, é fabricado pela Samsung, e começa a ser vendido na Rússia no terceiro trimestre de 2014, respondendo pelo nome Samsung Z.

Estamos diante de um dispositivo com boas características técnicas para estrear com essa plataforma, sem alcançar os níveis de um top de linha atual, mas com detalhes que chamam a atenção de alguma forma. Para começar, não é um tabletphone: sua tela possui “modestas” 4.8 polegadas, e isso pode agradar a muitos que estão interessados em apostar no novo sistema.

Levando em conta que seu fabricante é a Samsung, não surpreende ver que eles usaram uma tela Super AMOLED (1.280 x 720 pixels). Seu processador quad-core é de 2.3 GHz (sem citar fabricantes; apostamos em um Qualcomm Snapdragon 800).

S_Image_SM-Z910F_001_Front_Black2_verge_super_wide

Outro destaque vai para o fato de nos depararmos com outros elementos presentes nos modelos top de linha da Samsung, como o sensor de digitais e de frequência cardíaca. Além disso, o Samsung Z possui na carcaça traseira o acabamento que simula o couro, mas com um design um pouco diferente (mais angular do que aquela presente na família Galaxy).

S_Image_SM-Z910F_003_Back-Dynamic_Black1_verge_super_wide

O Samsung Z possui conectividade LTE, câmeras de 8 e 2.1 megapixels (traseira e frontal, respectivamente), 2 GB de RAM, 16 GB de armazenamento interno (expansíveis via slot para cartões microSD), sensor de infravermelho e bateria de 2.600 mAh. Suas dimensões são de 138.2 x 69.8 x 8.5 mm, e seu peso é de 136 gramas.

O smartphone possui o sistema Tizen 2.2.1, mas não foram reveladas muitas informações sobre sua interface. Sua tela inicial possui um design tradicional, com cores e elementos que lembram muito a TouchWiz. Pelo visto, teremos um gestor de temas que permitirá a troca dos elementos da tela com facilidade.

Quando o Samsung Z estará entre nós?

Não há maiores informações sobre o seu lançamento para outros mercados, muito menos o preço que será cobrado pelo novo smartphone. A partir de amanhã (03), teremos a Tizen Developer Conference em San Francisco (EUUA), e mais informações sobre dispositivo devem ser reveladas.

O Tizen aos poucos começa a dar as caras, sempre pelas mãos da Samsung. Câmeras, relógios inteligentes e até televisores contarão com a plataforma cruzada dos coreanos. Nem o hardware, nem o design propõem uma revolução no mercado, pelo menos daquilo que a Samsung oferece. Mas não devemos nos enganar: com um preço competitivo – e algum tipo de compatibilidade com o Android – essa pode ser uma proposta que pode soar bem interessante para muita gente.

Basta a Samsung não repetir a péssima experiência obtida com o Bada. Será que eles aprenderam a lição?

S_Image_SM-Z910F_combination_Gold_Dynamic_verge_super_wide S_Image_SM-Z910F_002_Back_Black1_verge_super_wide S_Image_SM-Z910F_002_Back_Gold1_verge_super_wide S_Image_SM-Z910F_003_Back-Dynamic_Gold1_verge_super_wide

Via Samsung Tomorrow

LG G3 é oficial: assim é o novo smartphone top de linha da LG

by

lg-g3-2-1 (1)

Finalmente, o LG G3 foi anunciado oficialmente. O novo modelo top de linha da LG cresceu de forma considerável, da mesma forma que foi vazado de todas as maneiras. De modo que fica a pergunta: temos alguma novidade a contar sobre o dispositivo? A LG reservou alguns segredos que só foram revelados no evento realizado hoje (27), em algumas das principais cidades do planeta.

O novo LG G3 aposta na sua espetacular tela de 5.5 polegadas, com resolução de 1.440 pixels (2K), que apresenta quase 540 pixels por polegada de densidade. Isso, e em especificações técnicas poderosas.

Aposta na grande tela em um smartphone com formato “compacto”

Se o LG G2 já surpreendeu no ano passado com a ausência quase total das bordas laterais, o fazia com que o dispositivo contasse com um tamanho similar aos seus rivais, mas com uma maior área de tela disponível, o LG G3 mantém a mesma estratégia. O telefone possui uma altura de 146 mm, a mesma do HTC One ou do Xperia Z2, os maiores dentro do segmento top de linha. Porém, o G3 abriga uma tela de 5.5 polegadas.

O seu peso é outro fator de destaque, com 149 gramas, um pouco mais pesado que o Galaxy S5, mas 10 gramas mais leva que o HTC One (M8) e o Sony Xperia Z2. O novo modelo é mais largo do que todos os seus rivais de categoria, com 74 mm de espessura, um pouco mair do que o Xperia Z2. Sua espessura é de 8.9 mm, um valor já esperado.

lg-g3_aspecto

No seu design, o LG G3 mantém os botões de liga/desliga e controle de volume no centro superior da parte traseira, deixando as laterais limpas, e reforçando as bordas quase inexistentes.

Um detalhe importante: o acabamento do LG G3 NÃO é metálico. Ele simula no acabamento, mas segue sendo uma carcaça de plástico, com um acabamento muito melhor que o LG G2. Está eliminado o efeito brilhante, que atrai todos os tipos de marcas de uso, e passa a adotar um acabamento que simula o metal escovado. Sem falar que agora temos uma tampa traseira removível.

Tela 2K: A LG dá um passo adiante

A LG foi corajosa por ser a primeira entre as gigantes do setor a confirmar uma tela 2K/Quad HD no LG G3. O smartphone possui uma resolução de 2.550 x 1.440 pixels na diagonal de 5.5 polegadas.

Fazendo as contas, isso deixa essa tela com uma densidade de pixels que supera com sobras tudo o que encontramos no mercado nesse momento. São 538 pixels por polegada, exatamente o limite daquilo que o olho humano consegue perceber em uma tela de 5 polegadas (530 ppp). Seja como for, a nitidez e e sensação de claridade serão impressionantes no LG G3.

lg-g3-ppp-comparison

A tela que o LG G3 usa é uma LCD IPS, que promete um bom nível de brilho, reprodução de cores e ângulos de visão.

O interior esperado, com inovações na bateria

lg-g3-4-1

Ainda que a tela Quad HD chame a atenção, o LG G3 mantém certos padrões de hardware previamente estabelecidos em 2014. O smartphone possui um processador Snapdragon 801 de 2.5 GHz, 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento (expansíveis via slot para cartões microSD de até 128 GB). Esse slot para microSD é um grande acerto, mas ao mesmo tempo, reforça a impressão que 16 GB de armazenamento nativo para um top de linha é algo insuficiente e injusto para o consumidor.

Com tal combinação de hardware, a fluidez do Android 4.4.2 KitKat presente no LG G3 parece estar garantida, mas é preciso ficar atento para conferir se a alta resolução da tela pode afetar no desempenho do dispositivo de alguma forma. Também é preciso ficar atento ao item bateria, já que o Snapdragon 801 é considerado um dos elementos responsáveis por oferecer aos novos dispositivos uma boa autonomia de uso, uma vez que o chip inclui sistemas de economia de energia “extremos”.

No caso do LG G3, temos uma bateria removível de 3.000 mAh, mas conscientes sobre o consumo de energia de uma tela Quad HD, a LG anunciou a inclusão de uma novidade nessa bateria, que é a remoção do metal pelo grafite na sua construção. Segundo os engenheiros da LG, a mudança oferece uma maior eficiência energética, e torna a bateria compatível com a recarga sem fio.

A conectividade é a mesma já encontrada em modelos top de linha, como NFC, LTE, GPS, DLNA, Miracast, Bluetooth 4.0 e WiFi ac.

Câmera como foco por laser

lg-g3-3-1 (2)

A câmera do LG G3 se sustenta no quesito velocidade. Se sensor principal possui 13 megapixels com flash LED e dois aspectos considerados essenciais: a estabilização óptica OIS+ e o uso de uma luz laser para o foco automático. Esta última tecnologia se encarrega de medir com precisão a distância da lente para o plano a ser focado.

Essa novidade oferece ao LG G3 (na teoria) uma velocidade e precisão de foco maior, o que melhora por tabela a velocidade de registro da foto. A LG afirma que bastará tocar na tela para que, de uma vez só, o foco e o disparo aconteça.

A luz laser de apoio ao foco também deve ajudar na eliminação de falhas nas fotos feitas com pouca luz, sem tornar complicada a missão de encontrar um foco adequado.

A câmera secundária possui um sensor de 2.1 megapixels, e inclui um modo selfie que pode ser controlado por gestos. Ao abrir o punho e fechar na sequência, é iniciada uma contagem de três segundos para o registro da selfie.

Na parte de vídeos, o LG G3 pode gravar conteúdos a 1080p, com especial atenção ao som por meio dos microfones que adaptam o nível de áudio de forma otimizada. Na reprodução, contamos com um alto-falante integrado de 1 W com tecnologia Boost AMP.

Interface mais simpels e cases com recarga sem fio

lg_g3_interfaz

Com a versão Android 4.4.2 KitKat, a LG personalizou a interface do LG G3, com uma especial atenção aos serviços, ajustes de configurações e um pouco mais. Chamamos a atenção especialmente para o tema do design, que possui vários elementos arredondados.

Sobre os serviços e aplicativos da própria LG, destacamos a Smart Keyboard, um teclado proprietário onde podemos decidir o quanto de tela deve ocupar, além de aprender como você escreve, adicionando palavras e estilo ao seu dicionário pessoal.

Outro serviço que está presente no novo smartphone é o Smart Notice, um assistente pessoal que realiza sugestões e recomendações de acordo com os hábitos de uso do dispositivo, e que pode ser controlado com a voz, usando uma linguagem natural.

A segurança foi outro elemento que recebeu reforços de forma independente. Através do pacote Smart Securty, temos funções como o Knock Code, o Content Lock e o Kill Switch. Um elemento interessante que tira proveito de algumas das novidades da personalização da LG no Android 4.4.2 é o case QuickCircle.

lg-g3-quickcircle

O case (que foi anunciado antes do smartphone) permite o acesso de forma direta às funções concretas do telefone sem abrir a tampa. Por exemplo, realizar chamadas, enviar mensagens, gerenciar o player de música e até usar a câmera para fotos.

Além do case QuickCircle, outra série de cases finos e rígidos serão lançados para o LG G3, assim como um carregador sem fio compatível com o sistema Qi.

O LG G3 chega ao mercado da Coreia do Sul a partir de amanhã (28), e no mercado da Europa em junho. No Brasil, não tem preço, nem data de lançamento definido. Seu preço especulado é de 599 euros.

lg-g3-foto lg-g3-4-1 lg-g3-3-1 (1) lg-g3-camara lg-g3-teclado-smart LG-g3-interfaz lg-G3-pantalla

LG da Holanda revela o LG G3 antes do seu lançamento oficial (e sem slot para cartões de 2 TB)

by

lg-g3-3

Seguindo os passos da divisão do Reino Unido, a LG da Holanda também apresentou antes do tempo todos os detalhes técnicos e oficiais do LG G3, deixando cada vez menos surpresas para o anúncio oficial de amanhã (27).

Em mais um deslize dos coreanos, todos os detalhes técnicos do aparelho foram mais uma vez flagrados, confirmando muitos itens daquilo que já sabíamos: aparência física, processador ou qualidade de tela, além de eliminar dúvidas – e confirmar dados da web – de outros detalhes técnicos, com os 2 GB de RAM ou o uso do metal em seu corpo.

lg-g3-3-1

A única grande diferença da lista de especificações que vazou da LG Reino Unido é que o slot para cartões microSD será compatível com unidades de até 128 GB, e não de 2 TB. O novo vazamento também revela suas dimensões (146.3 x 74.6 x 9.1 mm) e seu peso (151 gramas), além de confirmar que a sua carcaça externa é construída em metal.

 

Com isso, a tabela das principais especificações técnicas fica assim:

– Rede: 2G (GSM/EDGE), 3G (HSPA+ 43 Mbps/HSPA+ 21 Mbps) e 4G/LTE (SVLTE, CSFB, CA, VoLTE, RCS, MIMO),
– Software: sistema operacional Android 4.4 KitKat
– Processador: chipset Qualcomm Snapdragon quad-core de 2.46 GHz (sem especificar qual modelo)
– Bateria: removível, de 3.000 mAh (compatível com recarga sem fio)
– Tela: 5.5 polegadas Quad HD (2.560 x 1.440 pixels)
– Câmera traseira: de 13 megapixels (com gravação de vídeos em 4K)
– 2 GB de RAM
– 16 GB de armazenamento (expansíveis via slot para cartões microSD de até 128 GB)
– A-GPS/GLONASS
– Bluetooth: 4.0 LE
– NFC
– WiFi 802.11 a/b/g/n/ac
– Dimensões: 146.3 x 74.6 x 9.1 mm
– Peso: 151 gramas

Mais imagens a seguir.

lg-g3-2-1

lg-g3-oficial-evleaks-01 lg-g3-oficial-evleaks-02

Via LG, @evleaks

LG do Reino Unido confirma especificações do LG G3, que terá slot para cartões de 2 TB!

by

lg-g3-coming-soon

Nada como uma madrugada de insônia para encontrar pautas relevantes, não é mesmo? Pois bem, a página oficial da LG do Reino Unido deixou vazar uma documentação que confirma as principais especificações técnicas (e agora oficiais) do LG G3 (D855), que será apresentado oficialmente amanhã (27), em eventos simultâneos que acontecerão em diversos locais do planeta.

A LG parece não ter feito muita questão em guardar segredos sobre o novo smartphone. Isso fica evidente não apenas nos diferentes vazamentos sobre o LG G3 que encontramos na internet nas últimas semanas, mas também no fato da própria LG anunciar (ou confirmar) alguns detalhes sobre o produto de forma prévia, incluindo os acessórios que já conhecemos (QuickCircle Case e carregador sem fio).

Dito isso, podemos dizer que o LG G3 vem chutando bundas, literalmente. Dessa lista, algumas coisas merecem destaque, como a opção de adicionar uma bateria removível ao smartphone (algo que é solicitado por muitos usuários), e a presença de um slot de expansão de memória, para cartões microSD de até (pasmem) 2 TB de armazenamento.

Isso mesmo. Você não leu errado, e eu não escrevi errado. O LG G3 será compatível com cartões de memória de até 2 TB.

A lista não revela todas as especificações técnicas do dispositivo, o que nos leva a crer que alguns segredos ainda estão guardados para a apresentação de amanhã. Quem sabe a sua câmera traseira não grava vídeos em 4K (o que justificaria a presença do slot compatível com cartões de tão elevada capacidade).

De qualquer forma, confira a seguir a lista das principais especificações técnicas relevadas pela LG.

– Rede: 2G (GSM/EDGE), 3G (HSPA+ 43 Mbps/HSPA+ 21 Mbps) e 4G/LTE (SVLTE, CSFB, CA, VoLTE, RCS, MIMO),
– Software: sistema operacional Android 4.4 KitKat
– Processador: chipset Qualcomm Snapdragon quad-core de 2.46 GHz (sem especificar qual modelo)
– Bateria: removível, de 3.000 mAh (compatível com recarga sem fio)
– Tela: 5.5 polegadas Quad HD (2.560 x 1.440 pixels)
– Câmera traseira: de 13 megapixels
– 2 GB de RAM
– 16 GB de armazenamento (expansíveis via slot para cartões microSD de até 2 TB)
– A-GPS/GLONASS
– Bluetooth: 4.0 LE
– NFC
– WiFi 802.11 a/b/g/n/ac

lg-g3-doc-01 lg-g3-doc-02

Via PhoneArena, LG (LG G3 hotsite do Reino Unido) e LG (PDF)

HTC One Mini 2 é anunciado oficialmente

by

htc-one-mini-2-3v-gunmetal-1

Não chega a ser uma surpresa, pois mais cedo ou mais tarde ele seria apresentado. E hoje foi o dia. O HTC One Mini 2 é oficial.

O irmão menor do HTC One (M8) compartilha muitas características com ele, mas também deixa pelo caminho alguns dos seus predicados mais destacados. O mesmo estilo e design que o top de linha da HTC está presente, mas em um formato menor e com valor mais acessível, com as suas respectivas reduções técnicas. Em resumo, é mesma filosofia presente na geração anterior.

Estamos diante de um smartphone com tela de 4.5 polegadas (1.280 x 720 pixels) com Super LCD3 e proteção Gorilla Glass 3. O modelo possui a mesma qualidade de materiais e construção, mas sem contar com um corpo unibody de metal, nem a mesma técnica em que o plástico é injetado no corpo de metal.

As dimensões do dispositivo são de 137.43 x 65.04 x 10.6 milímetros, com peso de 136 gramas. O sistema de alto-falantes HTC BoomSound está presente, mas o sensor de infravermelho foi removido.

Sem Duo Sense, nem UltraPixel

blog-htc-one-mini-2-3-1

A suave e metálica carcaça traseira herdada do HTC One (M8) não conta com o sistema Duo Sense – com duas câmeras -, mas sim um sistema convencional, com um sensor de 13 megapixels. Pela resolução, você já deve ter entendido que o dispositivo também não usa a tecnologia UltraPixel. No seu lugar, uma solução com retro iluminação, com uma lente com abertura f/2.2 e flash LED.

A câmera frontal possui um sensor retroiluminado de 5 megapixels, com gravação de vídeos em 1080p e uma lente gran anular, para melhores videochamadas e selfies.

Um smartphone de linha média, com conectividade LTE

blog-htc-one-mini-2-2-1

Outra redução óbvia para posicionar o One Mini 2 no segmento de linha média aconteceu no hardware interno, que conta com um processador Qualcomm Snapdragon 400, que trabalha com 1 GB de RAM e 16 GB de armazenamento interno (expansíveis via slot para cartões microSD de até 128 GB) e uma bateria de 2.100 mAh.

O novo HTC One Mini 2 conta com conectividade LTE, além do suporte para o NFC e a conectividade Bluetooth 4.0. O sistema operacional do smartphone é o Android 4.4 KitKat, com a mais recente personalização da empresa na interface de usuário, a Sense 6.0 (com as respectivas restrições já citadas ao longo desse post).

O HTC One Mini 2 chega aos mercados da Europa e Ásia em junho, e seu preço ainda não está definido oficialmente (alguns veículos europeus indicam que ele pode custar 369 euros).

Mais imagens do produto a seguir.

HTC-One-mini-2_PerRight_Silver HTC-One-mini-2_PerRight_Gold HTC-One-mini-2_6V_Silver HTC-One-mini-2_6V_Gunmetal HTC-One-mini-2_6V_Gold HTC-One-mini-2-grey-front onemini2-portada-2 onemini2-vs-onem8-1 onemini2-portada-1 HTC-One-mini-2-front HTC-One-mini-2-back HTC-One-mini-2-Gallery HTC-One-mini-2_Global_Hires_Home

Via HTC

Motorola Moto G 4G (LTE) é anunciado oficialmente

by

moto-g-4g-lte-2014

A surpresa do dia foi revelada poucas horas antes pela Amazon. Mesmo assim, é uma boa surpresa. A Motorola decidiu repaginar o seu bem sucedido Moto G, adicionando ao produto duas características que o torna ainda mais atraente aos olhos de muitos: a conectividade 4G/LTE e a expansão do armazenamento, via slot para cartões microSD.

O produto foi oficialmente anunciado lá fora hoje (13), na mesma ocasião do anúncio do Motorola Moto E. O Moto G foi um dos smartphones mais vendidos do mercado mobile nos últimos meses, e é considerado o modelo mais vendido do portfólio da Motorola em sua história. Logo, mais do que oportuna a atualização, que atende às demandas dos usuários.

O novo Motorola Moto G 4G possui uma tela de 4.5 polegadas (1.280 x 720 pixels, 329 ppp) com proteção Corning Gorilla Glass, processador Qualcomm Snapdragon 400 quad-core de 1.2 GHz, 1 GB de RAM, opções de armazenamento de 8 e 16 GB (expansíveis via slot para cartões microSD), sistema operacional Android 4.4.2 KitKat, câmera frontal de 1.3 MP, câmera traseira de 5 megapixels, bateria de 2.070 mAh, conectividades WiFi + 4G/LTE (universal), acelerômetro, GPS, bússola, sensor de proximidade/luz ambiente e giroscópio.

Basicamente, estamos diante do Moto G que já conhecemos, mas com as melhorias tão desejadas. Lá fora, o Motorola Moto G 4G tem preço sugerido de US$ 179. No Brasil, o modelo chega em junho, com preço sugerido de R$ 799.

moto-g-4g-lte-2014-7 moto-g-4g-lte-2014-12 moto-g-4g-lte-2014-3 moto-g-4g-lte-2014-13 moto-g-4g-lte-2014-2 moto-g-4g-lte-2014-5 moto-g-4g-lte-2014-4 moto-g-4g-lte-2014-6 moto-g-4g-lte-2014-9 moto-g-4g-lte-2014-8 moto-g-4g-lte-2014-10 moto-g-4g-lte-2014-11

Via CNET

Motorola Moto E é anunciado oficialmente

by

moto-e

Sem maiores surpresas. É assim que anunciamos o lançamento oficial do Motorola Moto E, o novo smartphone de entrada da família Moto. O modelo, que foi vazado pela Fast Shop no Brasil, é um lançamento mundial, e já se tornou oficial lá fora.

O Motorola Moto E tem como principal objetivo chamar a atenção dos usuários de entrada, que não querem gastar muito em um smartphone, mas obter uma experiência Android de qualidade. Para isso, a Motorola reduziu não só o preço, mas também as especificações do dispositivo – algo mais que esperado – mas contando com resistência e personalização, elementos muito procurados pelos usuários.

O novo Moto E conta com uma tela de 4.3 polegadas (960 x 540 pixels, 256 ppp), processador Qualcomm Snapdragon 200 de dois núcleos com 1.2 GHz, 1 GB de RAM e 4 GB de armazenamento interno (expansíveis via slot para cartões microSD de até 32 GB). Sua tela possui a proteção Gorilla Glass 3, e o telefone é resistente contra gotas d’água.

motorola-moto-e-02topo

Como já havia sido revelado previamente, o Moto E não conta com câmera frontal (mais uma vez: essa pode ser uma decisão que pode desagradar os fãs das selfies, mas perfeitamente compreensível, levando em conta a proposta do produto), e a sua câmera traseira é de 5 megapixels. Suas dimensões completas são de 64.8 x 124.8 x 12.3 milímetros, com um peso de 142 gramas.

O conjunto abriga uma câmera de 1.980 mAh, que podem ser mais que suficientes para gerenciar um hardware do seu porte. Como itens complementares, temos um rádio FM, conectividade WiFi 802.11a/b/g/n e Bluetooth 4.0.

É importante observar que esse modelo ainda não possui influência da Lenovo no que se refere ao seu conceito, design e características técnicas. Até porque a Lenovo já havia confirmado em fevereiro que manteria o cronograma de lançamentos planejados pela Google antes da venda da Motorola. O que há uma influência dos asiáticos está na oferta de um produto acessível.

motorola-moto-e-01topo

O Motorola Moto E chega ao mercado com o sistema operacional Android 4.4.2 KitKat, e atualizações para as futuras versões garantidas. Disponível nas cores branco e preto, o smartphone estará disponível de forma imediata em 40 países, através de parcerias com mais de 80 operadoras de telefonia móvel ao redor do planeta. Seu preço sugerido é de US$ 119 (ou R$ 599 – valor extra-oficial, via Fast Shop).

Como “bônus”, a Motorola também anunciou oficialmente o novo Moto G LTE, que vazou na Amazon a algumas horas. Falaremos desse modelo ainda hoje no blog.

 

motorola-moto-e-04topo

motorola-moto-e-03topo

motorola-moto-e-8-1

motorola-moto-e-3-1

motorola-moto-e-6-1

motorola-moto-e-1-1

motorola-moto-e-5-1

motorola-moto-e-7-1

motorola-moto-e-2-1

Via Motorola

Huawei Ascend P7, com tela de 5″ Full HD e selfies panorâmicos, é apresentado oficialmente

by

650_1000_huawei_ascend_p7

Esse é um smartphone que bem poderia ter sido apresentado na Mobile World Congress 2014, já que é um autêntico substituto do Huawei Ascend P6, mas só agora ele foi apresentado oficialmente em Paris (França). O Huawei Ascend P7 vazou nos últimos dias, e mais uma vez, os vazamentos acertaram, principalmente na sua aparência final. Ou seja, a apresentação foi só para confirmar o que já sabemos, e apresentar dados oficiais.

Houve uma mudança significativa no seu design, mas com as finas linhas que são marca registrada da Huawei, algo que eles conseguem equilibrar positivamente com o preço do produto. A linha lateral do smartphone é construída em alumínio, com as partes frontal e traseira de cristal (Gorilla Glass 3), lembrando muito um iPhone 4. O modelo possui apenas 6.5 mm de espessura.

O Huawei Ascend P7 ainda conta com conectividade LTE, que é sempre bem vinda em tempos de internet de alta velocidade. A tela do modelo cresceu em relação à versão anterior, passando de 4.7 para 5 polegadas (IPS), com resolução Full HD.

huawei-ascend-p7

O chipset utilizado nesse modelo é o HiSilicon Kirin 910T com quatro núcleos – Cortex A7 – de 1.8 GHz. Vai trabalhar acompanhado por 2 GB de RAM, 16 GB de armazenamento interno e uma bateria de 2.500 mAh. Há quem dica que o seu hardware se posiciona entre um Snapdragon 600 e 800.

Câmera frontal de 8 megapixels

O novo smartphone da Huawei possui um sensor traseiro de 13 megapixels da Sony, construído com cinco elementos e abertura máxima de f/2.0. Mais chamativo que isso é o sensor frontal de 8 megapixels, com lente composta por cinco elementos, que trabalha com um software que inova, oferecendo selfies panorâmicas e gravação de vídeos a 1080p.

O sistema operacional do dispositivo é o Android 4.4 KitKat, revestido com a interface Emotion UI 2.3, que possui um modo de economia de energia, que reduz o consumo de recursos ao mínimo quando o usuário assim necessitar. Se assim preferir, também é possível trocar a interface Emotion por uma tela inicial mais simples, pensada nos usuários mais novos.

O Huawei Ascend P7 tem preço sugerido na Europa de 449 euros, e chega ao mercado ainda no mês de maio, nas cores preto, rosa e branco.

 

Via Huawei

Samsung Galaxy K Zoom é anunciado oficialmente

by

galaxy-k-zoom-3-colors-01-1

A Samsung anunciou oficialmente o seu novo Galaxy K Zoom, um telefone com um sensor fotográfico de câmera point-and-shoot de 20.7 megapixels (zoom de 10x), com tela de 4.8 polegadas.

O Galaxy K Zoom apresenta na sua parte frontal uma tela de 4.8 polegadas Super AMOLED (1280 x 720 pixels), processador Exynos hexa-core da Samsung (composto por um processador de quatro núcleos de 1.3 GHz e outro dual-core de 1.7 GHz), 2 GB de RAM, 8 GB de armazenamento (expansíveis via slot para cartões microSD/SDHC/SDXC), bateria de 2.430 mAh (com o recurso Ultra Power Saving Mode, presente no Galaxy S5), conectividades WiFi dual-band (2.4 + 5 GHz), Bluetooth 4.0 e NFC.

O sistema operacional que vai gerenciar todo o conjunto é o Android 4.4 KitKat, e o modelo recebe o suporte para redes NFC.

galaxy-k-zoom-charcoal-black-10-1

Mas o seu principal atrativo está na sua câmera traseira. Acompanhada por um acabamento texturizado similar ao presente no Galaxy S5, sua câmera principal de 20.7 megapixels possui sensor CMOS retro iluminado e estabilizador de imagem óptico. Conta ainda com um zoom óptico de 10x e flash Xenon.

O Galaxy K Zoom é capaz de gravar vídeos a 1080p a 60 FPS, e conta com os inúmeros modos de captura que já conhecemos. Destaque para o Pro Select, que sugere a aplicação de até cinco filtros diferentes, em função das características de sua captura, além do modo 100% manual, com controle do usuário. O melhor de tudo é que se você encontrar os ajustes perfeitos, você pode salvar e compartilhar com outros usuários, para que eles possam experimentar.

Sua câmera frontal possui discretos 2 megapixels, mas a Samsung acredita que o proprietário do Galaxy K Zoom a usará bem pouco. Os já citados modos de câmera inclui o chamado Selfie Alarm, que registra automaticamente três fotos do seu rosto, uma vez que você se posicione dentro da posição adequada diante do sensor traseiro.

O Galaxy K Zoom possui peso de 200 gramas, e espessura de 16.6 mm na sua parte mais fina (20.2 mm na sua parte mais espessa).

Seu preço ainda não foi confirmado, mas especula-se que ele deve custar aproximadamente 499 euros. Disponível nas cores branco, preto e azul, deve chegar ao mercado apenas em 21 de maio.

galaxy-k-zoom-3-colors-02-1 galaxy-k-zoom-charcoal-black-01-1 galaxy-k-zoom-charcoal-black-1 galaxy-k-zoom-charcoal-black-02-1 galaxy-k-zoom-charcoal-black-02-lens-open-1 galaxy-k-zoom-charcoal-black-03-1 galaxy-k-zoom-charcoal-black-04-1 galaxy-k-zoom-charcoal-black-05-1 galaxy-k-zoom-charcoal-black-06-1 galaxy-k-zoom-charcoal-black-07-1 galaxy-k-zoom-charcoal-black-08-1 galaxy-k-zoom-charcoal-black-09-1 galaxy-k-zoom-electric-blue-01-1 galaxy-k-zoom-electric-blue-1 galaxy-k-zoom-electric-blue-02-1 galaxy-k-zoom-electric-blue-02-lens-open-1 galaxy-k-zoom-electric-blue-03-1 galaxy-k-zoom-electric-blue-04-1 galaxy-k-zoom-electric-blue-05-1 galaxy-k-zoom-electric-blue-06-1 galaxy-k-zoom-electric-blue-07-1 galaxy-k-zoom-electric-blue-08-1 galaxy-k-zoom-electric-blue-09-1 galaxy-k-zoom-electric-blue-10-1 galaxy-k-zoom-shimmery-white-01-1 galaxy-k-zoom-shimmery-white-1 galaxy-k-zoom-shimmery-white-02-1 galaxy-k-zoom-shimmery-white-02-lens-open-1 galaxy-k-zoom-shimmery-white-03-1 galaxy-k-zoom-shimmery-white-04-1 galaxy-k-zoom-shimmery-white-05-1 galaxy-k-zoom-shimmery-white-06-1 galaxy-k-zoom-shimmery-white-07-1 galaxy-k-zoom-shimmery-white-08-1 galaxy-k-zoom-shimmery-white-09-1 galaxy-k-zoom-shimmery-white-10-1

Via Samsung

Nasce hoje a Microsoft Mobile

by

microsoft-mobile-launch

A partir de hoje (25), Microsoft e Nokia passam a ser uma só, com a concretização da compra da divisão de mobilidade dos finlandeses concluída. Oito meses depois do negócio ser anunciado, hoje é o dia da marca Nokia efetivamente desaparecer, e assim nascer a Microsoft Mobile, que será uma subsidiária da Microsoft. Ou seja, termina uma era, e começa outra, no mesmo dia.

A Microsoft escolheu a imagem acima para ilustrar o fim oficial das operações. Stephen Elop, ex-CEO da Nokia, mostrando um Lumia para Satya Nadella, CEO da Microsoft, com montanhas nevadas ao fundo (que seriam da Finlândia?). Tudo muito bucólico.

De fato, essa compra não foi um processo tranquilo: milhares de demissões aconteceram na Nokia, uma forte reestruturação da empresa foi feita para que ela fosse incorporada pela Microsoft, e o desaparecimento completo da empresa tal e como a conhecemos. Com a aprovação da operação por parte dos acionistas e reguladores, estamos agora diante de um caminho sem volta.

E agora?

microsoft-mobile-launch2

A Microsoft Mobile será uma unidade da gigante de Redmond, que vai desenvolver, fabricar e distribuir smartphones das linhas Lumia, Asha e Nokia X. O nome interno será Microsoft Mobile, mas ainda resta saber o que vai acontecer exatamente com a marca “Nokia” do ponto de vista comercial. E ainda não há uma decisão sobre o assunto.

No dia de hoje, a Nokia custou para a Microsoft um total de US$ 7.2 bilhões, valor pago pela divisão mobile da empresa (incluindo suas patentes). É bem menos que os US$ 8.5 bilhões pagos pelo Skype. Vendo por esse ponto de vista, a aquisição pode ser uma das mais importantes da história da empresa.

Agora, começa uma nova etapa onde o Windows Phone terá que se estabelecer de forma definitiva como a terceira alternativa no mercado dos sistemas operacionais móveis. Ele já é uma alternativa sólida em boa parte da América Latina, mas falta marcar a sua posição na Europa e nos Estados Unidos. E para conseguir isso, os smartphones Lumia da Microsoft Mobile terão que impressionar. Por conta própria.

Via Nokia e Microsoft

Nokia Lumia 930 é anunciado oficialmente

by

1200-nokia_lumia_930_family

Confirmando os últimos rumores, a Nokia – ainda representada pela figura de Stephen Elop – apresentou hoje (02) o novo Nokia Lumia 930, que (talvez) é considerado o smartphone com Windows Phone mais refinado até agora.

O smartphone tem o seu design inspirado no Nokia Lumia Icon, lançado exclusivamente nos Estados Unidos pela operadora Verizon. O Lumia 930 abandona as carcaças unibody presentes nos dispositivos top de linha da Nokia para adotar uma estrutura metálica com uma tampa traseira. Seu formato retangular, com cantos levemente arredondados lembra um pouco os últimos lançamentos da linha Xperia Z da Sony.

1200-nokia_lumia_930_hero

O Nokia Lumia 930 possui uma tela AMOLED de 5 polegadas (1080 x 1920 pixels, 440 pixels por polegada), processador quad-core Qualcomm Snapdragon 800 de 2.3 GHz, 2 GB de RAM e 32 GB de armazenamento interno. Suas conexões incluem WiFi a/b/g/n/ac, Bluetooth 4.0, 4G LTE e NFC.

Tal como o modelo Icon, o novo Lumia 930 conta com a versão mais atualizada da tecnologia de câmera PureView, com um sensor de 20 megapixels, conjunto de lentes Carl Zeiss com estabilização óptica (OIS) e flash LED duplo. Para melhor qualidade na gravação de vídeos, também estão presentes quatro microfones para captação do som ambiente, que também atuam para melhorar a qualidade do som em chamadas telefônicas. A câmera frontal possui uma resolução de 1.2 megapixels, e sua bateria é de 2.240 mAh. Assim como os últimos modelos lançados pela Nokia, o Lumia 930 também conta com sistema de recarga de bateria sem fio.

O novo Lumia 930 já vem com a nova versão do Windows Phone (8.1), recém apresentado pela Microsoft na BUILD 2014. Além de todas as novidades já presentes no novo software, alguns complementos interessantes foram adicionados pela Nokia, envolvendo o pós processamento de imagens e o aplicativo Creative Studio, que edita as fotos com novos filtros elementos gráficos.

Também está presente a opção Living Images, que permite a criação de uma história em imagens através do aplicativo Nokia Story Teller, que já foi apresentado durante o Nokia World 2013.

O Nokia Lumia 930 chegará primeiro na Europa, Ásia, Índia e América Latina, por um preço sugerido de US$ 599. Os valores finais para cada país devem receber um pequeno acréscimo (no Brasil, leia-se grande acréscimo), e o seu lançamento nesses mercados está previsto para o mês de junho. Tudo indica que o modelo não será lançado nos Estados Unidos nessa primeira leva, ou se algum dia será lançado por lá.

 

1200-nokia_lumia_930_mixradio 1200-nokia_lumia_930_range1 1200-nokia_lumia_930_range2 1200-nokia_lumia_930_white

Via Nokia

HTC One (M8) é oficial: veja todos os detalhes do novo smartphone

by

m8-gp-02

Eis que temos um dos novos protagonistas no mercado mobile internacional (mas que nunca vai dar as caras por aqui… infelizmente). a HTC anunciou oficialmente o HTC One (M8), que conserva muito das características do smartphone apresentado em 2013 – incluindo o nome, mas se diferencia com melhorias que consolidam a aposta do fabricante taiwanês.

O HTC One (M8) foi anunciado hoje (25) em um evento que aconteceu simultaneamente em Nova York (EUA) e Londres (Reino Unido), e é basicamente uma atualização conservadora, dando a entender que o fabricante segue a mesma estratégia dos grandes fabricantes do setor, que não oferecem grandes diferenciais nos seus novos modelos. Até porque você bem sabe que “em time que está ganhando, não se mexe”.

Mesmo design, mas em cinco polegadas

m8-gp

Um dos principais diferenciais do HTC One anunciado em 2013 era o seu design, que casava perfeitamente com o seu acabamento. O One original marcou um ponto de inflexão nos dispositivos da empresa, e o modelo foi (com razão) muito bem elogiado por todos. Os acertos foram o principal motivo para o novo HTC One (M8) conservar as mesmas linhas de design, e os mesmos materiais.

A HTC se esforçou para polir alguns pequenos defeitos do modelo anterior. No novo One (M8), o corpo metálico ganhou bordas arredondadas, e é mais atraente ao agarre. O alumínio domina a sua construção externa de um dispositivo que agora passa a contar com uma diagonal sensivelmente maior em relação ao seu antecessor.

650_1000_htc-one-m8-4

A tela passa a contar com 5 polegadas, atendendo a demanda dos usuários por telas cada vez maiores. Porém isso não muda as dimensões gerais do dispositivo, que reduziu a borda que rodeia a tela, tornando o dispositivo novo quase tão manejável quanto o modelo antigo (na teoria).

O HTC One (M8) conta com três opções de cores: branco, cinza escovado e dourado/champagne.

O case é a grande surpresa da HTC

650_1000_htc-one-m8-7 (1)

Não chegou a ser uma “surpresa”, pois foi outro item que vazou antes do tempo. Mas ao menos sabemos agora como ele funciona na íntegra. Os responsáveis pelo departamento de design e engenharia da HTC agregaram valor ao novo HTC One (M8), anunciando o chamativo case Dot View.

O acessório conta com uma superfície perfurada, com pontos situados em uma matriz que tem um objetivo claro: deixar passar a luz para que até quando tapamos totalmente o smartphone com o case, ele possa mostrar informações relevantes.

O software do smartphone se encarrega de mostrar por exemplo as horas e a previsão do tempo com ícones com um acabamento em LED. Não só isso: as notificações também são exibidas quando recebemos chamadas e mensagens, permitindo a interação com essas notificações direto no case. Basta dar dois toques no case para ativar ou desativar essa informação. Isso permite (por exemplo) que o usuário atenda uma chamada sem sequer precisar abrir a tampa do case, com um simples deslizar de dedo.

Os cases estarão disponíveis em várias opções de cores – preto, azul, vermelho, laranja, cyan.

Especificações técnicas

htc-one-m8-06

As melhoras do hardware são efetivas. O processador passa a ser um Qualcomm Snapdragon 801 quad-core de 2.3 GHz (apresentado na MWC 2014), oferecendo melhorias sensíveis em relação ao Snapdragon 800, como frequências de trabalho da CPU e da GPU, que são superiores no novo modelo, com um ISP de 465 MHz (320 MHz no 800), oferecendo um benefício fundamental: o processador de imagens e, por tabela, todas as operações com a câmera.

Não foi especificado o modelo do Snapdragon 801 presente no HTC One (M8), mas em todo caso, as vantagens em relação ao seu antecessor são interessantes e nada depreciáveis. Por exemplo, a presença do suporte DSDA (Dual SIM Dual Active), permitindo a configuração de um Dual SIM ativo real nos dois chips.

Ao processador, se soma 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento interno (expansíveis via slot para cartões microSD). Ótimo diferencial.

Sua tela é uma Super LCD3 de 5 polegadas, com Gorilla Glass 3, que oferece a mesma resolução de 1080p de seu antecessor. Essa aposta conservadora se reforça nesse aspecto, e apesar dos rumores apontarem para um salto para os 1440p de resolução, parece que vamos ter que esperar pela próxima leva de dispositivos para ver mudanças nesse aspecto.

Sua bateria também aumentou, passando para os 2.600 mAh, algo que, combinado com as melhorias prometidas pela Qualcomm nos seus processadores e as melhorias de software da HTC, devem afetar positivamente a autonomia de um dispositivo que tem como desafio aguentar um dia inteiro de uso, contrastando com o fato de ter uma tela sensivelmente maior.

A HTC garante que a bateria do HTC One (M8) oferece uma autonomia de até 40% maior que o modelo anterior – afirmação essa arriscada -, já que conta com um modo “Extreme Power Saving”, que promete uma autonomia de até 10 dias em standby, com o uso mínimo de recursos, além da tecnologia Quick Charge 2.0, que permite uma recarga até 75% mais rápida que outros dispositivos.

htc-one-m8-10

O HTC One (M8) também conta com a tecnologia de som BoomSound, que promete um volume 25% maior, e uma amplificação de áudio melhorada (na teoria). A disposição dos alto-falantes se mantém a mesma em relação ao One original, e é um dos sinais de identidade desse smartphone, assim como foi o seu antecessor.

Em termos de conectividade, o HTC One (M8) conta com portas NFC e infravermelho, além de suporte para redes 3G e 4G/LTE. Além disso, possui suporte ao Bluetooth 4.0, WiFi 802.11ac e GPS. Também vale destaque para o suporte USB 3.0, habilitando transferências de até 300 MBps.

Ultrapixel, uma aposta comprometida

htc-one-m8-03

Um dos pontos de maior crítica entre os potenciais compradores do HTC One (M8) já está criado: a sua câmera, que na verdade, é um conjunto de duas câmeras. A Duo Camera combina a mesma câmera com tecnologia Ultrapixel do One original com uma câmera de apoio, que a HTC não revelou maiores detalhes técnicos, mas sabemos que se apoia completamente no pós-processador de imagens.

A câmera Ultrapixel em si não mudou. Segue com a mesma resolução de 4 megapixels (f/2.0), com um tamanho de pixel de 2 nanômetros. O que muda são dois novos componentes presentes no One (M8): o processador Qualcomm Snapdragon 801, com sua ISP, e a segunda câmera, que passam a ser fundamentais para oferecer velocidade de foco e captura e, principalmente, a possibilidade de pós-processamento.

htc-one-m8-11

A segunda câmera oferece opções como re-foco da foto já capturada, mas de forma singular, que implica que não precisamos esperar para registrar novas focos. A foto é registrada, e o software faz o ajuste do foco com a informação adicional capturada pela segunda câmera, adicionando os efeitos na imagem.

As opções de pós-processamento vão além. É possível tirar fotos com um ligeiro acabamento em 3D. Resta saber se a tecnologia Ultrapixel melhorou o resultado final da imagem, para que esse efeito tridimensional seja algo efetivo e com resultados de boa qualidade. Um sensor de 4 megapixels pode ser insuficiente. Aliás, é irônico que a câmera frontal tenha um sensor de maior resolução que a câmera traseira (5 megapixels, BSI).

Poucas mudanças no HTC Sense 6

htc-one-m8-05

O HTC One (M8) conta com o sistema operacional Android 4.4 KitKat, revestido pela nova interface HTC Sense 6. Estamos diante de uma interface que mantém a assinatura da versão anterior, com mudanças sensíveis, porém, conservadoras.

Os responsáveis por esse segmento adicionaram uma ou outra melhoria, como a possibilidade de agrupar temáticas ou de compartilhar formas mas simples para notícias e artigos de interesse do usuário. Outra novidade é que a Sense 6 é aberta aos desenvolvedores, que poderão criar aplicativos paralelos para aproveitar os novos recursos. Também há mudanças em alguns aparatos visuais da interface, como a barra de notificações que muda de cor de acordo com os tons de cada aplicativo.

htc-one-m8-13

Novos gestos para alternar o modo de câmera (dual, single) com um simples gesto, além do Zoe, um aplicativo centrado nos selfies. Outras melhorias adicionais são detectadas, como a possibilidade de desbloquear o smartphone com um desenho padrão na tela, ou a capacidade de despertar o smartphone com um duplo toque na tela.

O HTC One (M8) estará disponível em abril em mais de 100 países (de novo: o Brasil está fora) e em mais de 230 operadoras. Nos Estados Unidos e Canadá já é possível adquirir hoje mesmo. Seu preço sugerido na Europa é de 729 euros.

htc-one-m8-01 htc-one-m8-02 htc-one-m8-12 htc-one-m8-08 htc-one-m8-07

Via HTC

MWC 2014 | Samsung Galaxy S5 é anunciado oficialmente

by

SM-G900F_charcoal BLACK_02

Depois de meses de rumores e especulações, o Samsung Galaxy S5 é oficial. O anúncio foi feito hoje (24), durante o evento Samsung Unpacked 5, em Barcelona (Espanha), como parte das atividades da empresa sul-coreana na Mobile World Congress 2014.

O Samsung Galaxy S5 conta com uma tela Super AMOLED de 5.1 polegadas, com resolução de 1080p (similar ao do Galaxy S4) e sistema operacional Android 4.4 KitKat com a interface TouchWiz. Seu processador é um quad-core de 2.5 GHz, e o dispositivo estará disponível nas versões com 16 ou 32 GB de armazenamento (ambas expansíveis via slot para cartões microSD de até 64 GB).

Uma das principais novidades do Galaxy S5 é a presença do sensor de digitais no botão Iniciar, que pode ser utilizado em diferentes contextos para várias funções, como bloqueio de tela, proteção de dados, entre outros. O sensor também pode ser usado para realizar pagamentos via PayPal (que é parceira da Samsung para transações online), além de contar com um monitor cardíaco.

Além disso, o smartphone conta com a especificação de segurança IP67 de série, o que torna o smartphone resistente à água e poeira, e o citado monitor cardíaco fica na parte traseira do smartphone, abaixo do sensor de câmera (onde normalmente o dedo indicador do usuário se posiciona durante uma chamada telefônica.

sm-g900f_charcoal_black_01

O Galaxy S5 conta ainda com um leitor de cartões microSD, bateria de 2.800 mAh intercambiável (sua carcaça traseira de policarbonato é removível) e porta micro USB com interface USB 3.0. Seu peso é de 145 gramas, e sua espessura possui 8.1 mm. Conta com conectividades LTE, NFC, Ant+, Bluetooth 4.0, WiFi 802.11 a/b/g/n/ac e porta com infravermelho. Possui ainda uma função chamada Download Booster, que une as conectividades WiFi e LTE, que vão trabalhar simultaneamente em downloads com grandes volumes de dados.

650_1000_samsung-galaxy-s5_23

A câmera traseira do Samsung Galaxy S5 conta com um novo sensor traseiro de 16 megapixels (a câmera frontal possui 2 megapixels), que a empresa destaca como uma das melhores de sua categoria. Essa câmera é mais rápida (com foco automático de 0.3 segundos) e melhorias no seu software.

Destaque para o sistema Selective Focus, que permite refocar via software uma imagem depois da foto capturada. O modo HDR foi melhorado, e o sensor pode captar vídeos na resolução 4K/UHD.

O Samsung Galaxy S5 será lançado no mercado em abril, em 150 países (Brasil incluso). Seu preço não foi revelado.

ATUALIZADO em 24/02/2014 @ 16h55: No Brasil, o Samsung Galaxy S5 chega ao Brasil no dia 11 de abril.

Especificações Técnicas:

Rede

LTE Cat.4 (150/50Mbps)

Tela

5.1” FHD Super AMOLED (1920 x 1080)

Abertura do diafragma

Processador de aplicativos quad core de 2,5 GHz.

Sistema operacional

Android 4.4.2 (Kitkat)

Câmera

16MP (traseira); 2,0MP (frontal)

Vídeo

UHD a 30 quadros por segundo, alta faixa de definição, estabilizador de vídeo

Codec de vídeo: H.263, H.264 (AVC), MPEG4, VC-1, Sorenson Spark, MP43, WMV7, WMV8, VP8

Formato de vídeo: MP4, M4V, 3GP, 3G2, WMV, ASF, AVI, FLV, MKV, WEBM

Áudio

Codec de vídeo: MP3, AMR-NB/WB, AAC/ AAC+/ eAAC+, WMA, Vorbis, FLAC

Formato de vídeo: MP3, M4A, 3GA, AAC, OGG, OGA, WAV, WMA, AMR, AWB, FLAC, MID, MIDI, XMF, MXMF, IMY, RTTTL, RTX, OTA

Funções da câmera

Alta faixa de definição (rich tone), foco seletivo, Virtual Tour ShotShot&More.

Outras funções

IP67; resistente à poeira e à água.
Modo de economia de energia
Download Booster
S Health 3.0
Quick Connect
Modo de privacidade
Modo infantil

Serviços Móveis Google

Chrome, Drive, Photos, Gmail, Google, Google+, Google Settings, Hangouts, Maps, Play Books, Play Games, Play Newsstand, Play Movie & TV, Play Music, Play Store, Voice Search, YouTube

Conexão

WiFi: 802.11 a/b/g/n/ac HT80, MIMO(2×2)

Bluetooth®: 4.0 BLE / ANT+

USB: USB 3.0

NFC

IR Remoto

Sensor

Acelerômetro, giroscópio, proximidade, compasso, barômetro, Hall, luz ambiente RGB, Gestos (IR), escaneamento de dedos, sensor de batimento cardíaco

Memória

RAM: 2GB

Memória interna: 16/32GB

slot micro SD até 128G

Dimensões

142 x 72,5 x 8,1mm; 145g

Bateria

2800mAh

Duração em modo de espera: 390 horas/ Duração em tempo de chamadas: 21 horas

mwc-samsung-galaxy-s5-0002-1 mwc-samsung-galaxy-s5-0004-1 mwc-samsung-galaxy-s5-0003-1 mwc-samsung-galaxy-s5-0010-1 mwc-samsung-galaxy-s5-0001-1 mwc-samsung-galaxy-s5-0007-1 mwc-samsung-galaxy-s5-0008-1 mwc-samsung-galaxy-s5-0009-1 mwc-samsung-galaxy-s5-0013-1 mwc-samsung-galaxy-s5-0012-1 mwc-samsung-galaxy-s5-0014-1 mwc-samsung-galaxy-s5-0011-1 mwc-samsung-galaxy-s5-0005-1 mwc-samsung-galaxy-s5-0006-1

LG G Pro 2 é anunciado oficialmente, com câmera 4K e tela de 5.9 polegadas

by

lg-g-pro-2-0000-1

A LG não esperou o início da Mobile World Congress 2014, e anunciou oficialmente o smartphone LG G Pro 2. Tal como o seu nome indica, ele é uma atualização do já conhecido G Pro, mantendo as principais características de design, mas com importantes melhorias nas suas especificações técnicas.

O anúncio antecipado tem como principal objetivo fazer com que o produto receba um maior destaque dos veículos de tecnologia, sem ter que disputar a atenção com outros lançamentos do setor no evento de Barcelona.

O LG G Pro 2 possui como principal novidade a presença de uma tela IPS maior, com 5.9 polegadas (contra 5.5 do G Pro), com resolução de 1920 x 1080 pixels. Além disso, o smartphone recebe uma câmera de 13 megapixels com estabilização óptica e a possibilidade de gravar vídeos a 120 fps e 1080p em uma resolução UHD (3840 x 2160 pixels).

lg-g-pro-2-0003-1

Para armazenar esse conteúdo de alta resolução, o LG G Pro 2 conta com 32 GB de armazenamento, e para processar tudo isso, temos um processador Qualcomm Snapdragon 800 de 2.26 GHz e 3 GB de RAM. O dispositivo possui dimensões de 157.9 x 81.9 x 8.3 mm, peso de 172 gramas e sistema operacional Android 4.4 KitKat.

O LG G Pro 2 estará disponível nas cores branco, prata e preto, e seu preço não foi revelado, assim como a sua rota de lançamentos ao redor do planeta. Certamente tais informações serão reveladas na feira de Barcelona, de modo que não vamos precisar esperar muito para conhecer todos os seus detalhes.

lg-g-pro-2-0004-1 lg-g-pro-2-0002-1 lg-g-pro-2-0001-1

Via LG

OFICIAL: iPad Air chega ao Brasil em 6 de dezembro

by

ipad-air-brasil-ecommerce-ponto-frio

Quem está nesse momento conectado nas redes sociais já está acompanhando as divulgações dos e-comnerces nacionais sobre o lançamento do iPad Air no Brasil. E agora, podemos dizer de forma oficial que o novo tablet da Apple será mesmo lançado em nosso país no dia 6 de dezembro.

Alguns rumores prévios apontavam para essa data (clique aqui para ler), mas faltava algum tipo de confirmação oficial. Agora, essas confirmações aparecem a partir das próprias lojas virtuais, que já disponibilizam os tradicionais cadastros de e-mail para que os interessados na compra do produto sejam avisados previamente sobre o início das vendas do produto.

Até o momento, nenhuma das lojas que começaram a divulgar a chegada do tablet no mercado brasileiro (Ponto Frio, Walmart, Saraiva e Extra) falam em preços para o produto. Porém as mesmas fones que divulgaram a data de lançamento do iPad Air no Brasil afirmam que os valores podem variar entre R$ 1.799 e R$ 2.499 (indo dos modelos de 16 GB WiFi até o modelo de 64 GB WiFi + 4G). Vamos esperar por mais informações sobre o assunto.

Também não há informações (até o presente momento) se as operadoras de telefonia móvel vão vender o iPad Air já em 6 de dezembro, ou se terão uma janela de lançamento diferente. Também não há informações se a Apple venderá o tablet através da versão brasileira do seu site.

Fiquem ligados! Conforme as informações forem aparecendo, atualizaremos vocês através de novos posts no blog.