Arquivo para a tag: nvidia

NVIDIA teria cancelado o sucessor do tablet Shield K1

by

NVIDIA Shield

A NVIDIA teria cancelado o lançamento do sucessor do seu tablet NVIDIA Shield K1.

O Shield K1 foi lançado no meio de 2014, e em 2015 chegou ao mercado uma versão mais econômica. Mas nenhuma das duas chegou a vingar no mercado.

Nas últimas semanas, vários rumores indicavam para um lançamento de um novo e renovado tablet Shield K1 antes do final de 2016, recebendo um chip Tegra X1, uma evolução em relação ao Tegra K1 presente no modelo atual.

A notícia de agora indica que o produto foi cancelado (imagem abaixo mostra carta oficial enviada pela NVIDIA pra a FCC dos Estados Unidos).

Decisões comerciais = NVIDIA não quer mais saber dos tablets

nvidia fcc

 

Esse é um dos mais claros indícios que uma empresa preocupada com os seus resultados financeiros não pode perder tempo com produtos sem forte apelo popular.

Faz todo o sentido, ainda mais se levarmos em consideração que o chip Pascal já esta disponível, e que não deve demorar muito para ver essa solução gráfica em um dos processadores Tegra da NVIDIA, buscando um desempenho e eficiência muito superior ao que oferece o IGPU Maxwell presente no Tegra X1.

Outro fator a ser considerado é o fato do mercado de tablets estar em declínio, e nenhuma empresa quer perder dinheiro dessa e de outras formas.

Via TweakTown

Mi Notebook Air, o notebook da Xiaomi ‘by Apple’

by

Mi Notebook Air 06

A Xiaomi confirmou os rumores das últimas semanas, e apresentou oficialmente o Mi Notebook Air, o seu primeiro notebook com sistema operacional Windows 10.

O produto foi exaustivamente comparado de forma direta com os notebooks da Apple, até porque o portátil da Xiaomi é um clone de um MacBook, mas com o sistema operacional da Microsoft e dois tamanhos de tela: 12.5 e 13.3 polegadas.

As comparações mais diretas com o MacBook foram feitas usando como base o modelo com tela de 13.3 polegadas, onde a Xiaomi garante que sua proposta é 13% mais fina (14.8 mm de espessura), um corpo 11% menor com o mesmo tamanho de tela e bordas de tela com apenas 5,59 milímetros.

A tela de 13.3 polegadas (Full HD) possui um sistema de laminação especial que reduz os reflexos. A parte frontal onde se encontra a tela é protegida com uma superfície de cristal. Nas portas, temos uma saída HDMI, duas portas USB 3.0, conector de 3.5 mm e porta USB-C reversível. Seu teclado é retroiluminado (tecla por tecla), com teamanho completo. Cada tecla oferece uma profundidade de pulsação de 1.3 milímetros.

Intel e NVIDIA dão a potência ao notebook da Xiaomi

Mi Notebook Air 03

O Mi Notebook Air possui um processador Intel Core i5 de sexta geração dual-core a 2.7 GHz, 8 GB de RAM DDR4 e 256 GB de SSD (PCIe). Os gráficos são dedicados, por conta de uma NVIDIA GeForce 940MX com 1 GB de RAM GDDR5. Um detalhe interessante: o notebook conta com um slot de expansão para receber outra SSD. Sua bateria tem uma autonomia prometida de até 9.5 horas de uso (40 Wh), com modo de recarga rápida (até 50% em 30 minutos).

Mi Notebook Air 04

Já o Mi Notebook Air com tela de 12.5 polegadas (Full HD) possui a mesma proteção do modelo maior, tem corpo de metal e peso de apenas 1.07 quilos, com uma espessura de 12.9 milímetros. Possui processador Intel Core M3, autonomia de bateria de até 11.5 horas, 4 GB de RAM e 128 GB de SSD, também expansível via slot adicional.

Parcerias com outros fabricantes

Mi Notebook Air 2016

Outros detalhes comuns aos dois modelos são as certificações e colaborações com outras marcas: a AKG assina os alto-falantes do Mi Notebook Air, que recebe certificação Dolby Digital. É possível desbloquear esses notebooks por proximidade, com a nova Mi Band.

Esses notebooks não foram 100% desenvolvidos pela Xiaomi (assim como outros produtos da empresa), mas sim por terceiros especializados nesse tipo de produto.

O Mi Notebook Air está direcionado inicialmente ao mercado chinês, e dificilmente veremos o produto no Brasil. Inicial suas vendas no dia 2 de agosto. O preço do modelo de 13.3 polegadas é de 700 euros, enquanto que o modelo com 12.5 polegadas fica na casa dos 500 euros.

 

Mi Notebook Air 05

Digital Storm Aura, o dekstop all in one dos sonhos para os gamers

by

intel-nvidia-pc-gamer

O que temos nas imagens desse post é uma combinação explosiva. Se chama Aura e é um desktop all in one desenvolvido pela Digital Storm, contando com especificações das mais poderosas possíveis para fazer a alegria dos gamers.

Se não queremos muitos elementos e gosta que todo o equipamento fique concentrado em um único dispositivo, esse tipo de computador é a solução mais elegante que você pode encontrar, mas acaba não sendo muito potente em via de regra. Mas o Digital Storm Aura começa quebrando a banca com uma tela curva de 34 polegadas, com formato 21:9.

Há várias configurações e preços, mas o Digital Storm Aura oferece a opção de escolha entre os chips Broadwell-E da Intel, com o processador Core i7 Extreme Editon recém apresentado, com 10 núcleos de processamento e uma potência de outro nível, especialmente durante o multitarefa.

intel-nvidia-pc-gamer-02

O Aura também não fica para trás no quesito potência gráfica, recebendo um modelo top de linha NVIDIA GeForce GTX 1080, que deve trabalhar muito bem com a resolução da tela do computador (3440 x 1440 pixels). O design desse computador é realmente atraente, e o mais fascinante é saber como ele abriga componentes de máximo nível atrás da tela, sem falar que ele foi desenvolvido por incorporar um sistema de refrigeração líquida e sistema de baixo ruído.

O Digital Storm Aura tem preço inicial sugerido de US$ 1.999. Não quero imaginar qual será o preço do modelo top de linha, uma vez que apenas o processador citado (o mais potente da Intel) custa mais de US$ 1.700, e a placa gráfica da NVIDIA ultrapassa os US$ 900.

Como os novos processadores da Intel não estarão disponíveis até a segunda metade de 2016, podemos concluir que esses novos computadores não chegarão ao mercado antes disso.

intel-nvidia-pc-gamer-03

intel-nvidia-pc-gamer-04 intel-nvidia-pc-gamer-05

Via Digital Storm

JXD S192, um tablet Android pensado nos emuladores, turbinado pela NVIDIA

by

JXD S192-01

O JXD S192 tem as suas próprias armas para chamar a nossa atenção. A primeira delas é sua relação com a NVIDIA: o hardware interno é um processador Tegra K1, que vai gerenciar tudo o que é visto na tela de 7 polegadas, com as mesmas características do NVIDIA Shield.

Não deveria ser um dispositivo tão grande, mas levando em conta a presença dos controles tradicionais de videogames clássicos incrustados no seu corpo, sua estrutura faz com que ele fique maior nas extremidades, com a autonomia de controles. Não faltam dois sticks analógicos, um pad direcional, gatilhos e uma série de botões.

O JXD S192 promete ser o console ideal para rodar emuladores em qualquer lugar. Sua resolução de tela é de 1920 x 1200 pixels, e há uma saída HDMI para quem quer jogar na TV. O ponto mais débil no seu hardware parece ser a RAM, que está limitada a 2 GB. Sua bateria é de 10.000 mAh, com autonomia de uso prometida de seis horas, e o tablet ainda conta com câmeras de 13 MP e 5 MP.

JXD S192-02

O dispositivo oferece acesso aos aplicativos da Google Play, e conta com o sistema operacional Android 4.2.2. Pode rodar jogos de consoles como PS1, MAME, Dreamcast, N64, NeoGeo, Atari, NES, SNES e Gameboy.

O JXD S192 já está disponível para reserva por 280 euros. A seguir, vídeo demonstrativo do produto.

JXD S192-03 JXD S192-04

Via Funstock

Compre uma NVIDIA GeForce GTX 960 e ganhe o game Rise of the Tomb Raider

by

wtb-header-tomb-raider-br

A já tradicional promoção “compre e ganhe’ da NVIDIA agora está disponível também para os modelos da linha GeForce GTX 960. Após ouvir ao pedido dos clientes, a NVIDIA passa a premiar com uma cópia do jogo Rise of the Tomb Raider todos os consumidores que adquirirem uma placa de vídeo GeForce GTX 960*.

Para participar, o consumidor deve comprar uma placa de vídeo GeForce GTX 960 das marcas ASUS, EVGA, Galax, MSI, PNY, GIGABYTE, ZOGIS e ZOTAC. A promoção, envolvendo a GeForce GTX 960,  é válida somente para placas de vídeo adquiridas a partir de 05 de abril até o dia 02 de maio e não serão consideradas as compras efetuadas antes ou depois desse período.

Com uma placa de vídeo GeForce GTX 960, o jogador terá o melhor desempenho da arquitetura NVIDIA Maxwell™ e das tecnologias avançadas da NVIDIA GameWorks™, que ele precisa para ajudar a Lara Croft a superar todos os desafios da sua gélida e perigosa aventura com visual e performance superiores.

Em tempos onde a economia não ajuda e os computadores chegam ao mercado com configurações que entregam um bom desempenho por mais tempo, o upgrade de hardware é a forma mais eficiente e econômica para os gamers casuais ou profissionais. E as alternativas da NVIDIA estão entre as mais populares.

Para mais informações, visite o site oficial.

HP lança workstations compatíveis com realidade virtual, em parceria com a NVIDIA

by

desktop-hp-workstation-com-realidade-virtual-htc

A HP apresentou uma nova série de workstations em parceria com a NVIDIA, pensadas na realidade virtual.

As novas soluções permitem o trabalho com cenários tradicionais de design em 3D, mas HP e NVIDIA destacam que os principais beneficiados serão os criadores de conteúdo de realidade virtual. A HP Z240 é a workstation mais modesta, e inclui uma placa NVIDIA Quadro M5000, enquanto que o modelo HP Z640 adota uma placa NVIDIA Quadro M6000, oferecendo um fluxo de trabalho muito mais relevante para essas finalidades.

O modelo mais completo é o HP Z840, com duas placas NVIDIA Quadro 6000 com 24 GB de memória gráfica com suporte de SLI e a tecnologia GPU Affinity. Todos os modelos são certificados para a criação de conteúdos de realidade virtual, com testes realizados com o HTC Vive (não incluído).

Essas workstations estarão disponíveis lá fora nesse trimestre, com preço inicial sugerido de 4.000 euros, e as placas dual M6000 24 GB da NVIDIA já está disponíveis como opção pós-venda, para quem quiser atualizar as estações de trabalho da série Z com configurações anteriores.

O segmento de realidade virtual é uma das principais apostas do mercado para ajudar na sobrevivência dos PCs em setores específicos, onde justamente as áreas de criação de conteúdo e desenvolvimento podem ser as que mais devem explorar essa nova tendência.

Via HP

MSI WT72, um luxuoso notebook com GeForce Quadro M5500

by

MSI-WT72

A MSI apresentou o seu novo notebook MSI WT72, que foi considerado uma surpresa para a GTC 2016. O modelo é uma autêntica estação de trabalho portátil, que vem acompanhada com especificações técnicas impressionantes.

O novo MSI WT72 conta como principal novidade trazer a GPU profissional da NVIDIA, a GeForce Quadro M5500, baseada no núcleo GM204, o mesmo que dá vida às placas GTX 980 e GTX 970, e equipada com 2.048 shaders, 128 unidades de texturização, 64 unidades de rasterização, bus de 256 bits com 8 GB de GDDR5, com frequências de trabalho da GPU de até 1.140 MHz, sendo sua TDP de 150W.

O modelo suporta processadores Core ou Xeon baseados em Skylake (Intel), suporta uma RAM ECC DDR4-2133 e conta com Thunderbolt 3 e USB 3.1. Sua tela é de 17.3 polegadas (resoluções 4K ou 1080p), e todos os modelos recebem uma SSD de 256 GB + HD de 1 TB a 7.200 RPM. Todo o conjunto é gerenciado pelo sistema operacional Windows 10 Pro.

Como você já deve imaginar, toda essa potência tem um preço. E um preço caro. O MSI WT72 tem no seu modelo base tela de 1080p e CPU Core i7 6700HQ, com preço inicial sugerido de US$ 5.499. A versão com processador Intel Xeon E3-1505M v3, tela 4K e 64 GB de RAM ECC DDR4-2133 custa US$ 6.899.

Via TweakTown

NVIDIA Store é primeira loja online focada na linha profissional da marca no Brasil

by

nvidia-store

O site NVIDIA STORE (nvidiastore.com.br) oferece todos os modelos de placas profissionais da NVIDIA que são recomendadas para aplicações gráficas, visando profissionais das áreas de edificações, criação e edição de vídeos, modelamento em 3D e renderização de imagens.

A loja oferece ainda uma ferramenta que sugere as GPUs mais indicadas de acordo com o software que o cliente vai usar. Basta selecioná-lo em uma lista e receber três sugestões de diferentes faixas de preço. Utilizada por profissionais das áreas de manufatura, imagens médicas e científicas, design e arquitetura, energia, óleo e gás até mídia e entretenimento, as soluções Quadro foram projetadas e montadas especificamente para estações de trabalho profissionais.

Atualmente, há mais de 200 aplicativos profissionais de diferentes setores que se beneficiam da performance superior da linha, como o AutoCAD, Revit, 3D Studio Max, SolidWorks, Adobe Illustrator, Adobe Premiere Pro, iRay, vRay e Catia, da Dassault Systèmes, com suporte a reprodução de imagens em 4k e 3D estereoscópico imersivo, além da possibilidade de conectar até 16 monitores ao mesmo tempo.

Para mais informações sobre a NVIDIA Store e a linha Quadro, visite o site nvidiastore.com.br.

NVIDIA relança o seu tablet SHIELD, com um preço 30% menor

by

nvidia-shield-tablet

A NVIDIA relançou o seu tablet SHIELD, que agora tem um desconto de 30% no seu valor sugerido de US$ 199.

No ano passado, a NVIDIA lançou um tablet de formato médio com o sistema Android, baseado no seu chipset Tegra K1, com foco total na execução de jogos móveis. Não temos números oficiais de sua aceitação no mercado, porém, a empresa teve que fazer o recall dos modelos vendidos entre julho de 2014 e julho de 2015, por conta de um problema de superaquecimento. Os modelos foram substituídos sem custo adicional.

Agora, e por “demanda popular” (de acordo com a NVIDIA), a empresa relança o modelo, com o nome SHIELD Tablet K1. É basicamente o mesmo modelo do ano passado, com pequenas mudanças no seu acabamento.

shield-tablet-k1

As especificações do novo NVIDIA SHIELD Tablet K1 são:

– Tela de 8 polegadas (1920 x 1080 pixels)
– SoC Tegra K1 com CPU de quatro núcleos Cortex-A15 (32 bits), a 2.2 GHz
– GPU baseada em Kepler com 192 núcleos gráficos
– 2 GB de RAM
– Conectividade WiFi e 4G LTE (de acordo com o modelo), Bluetooth e GPS
– 16 ou 32 GB de armazenamento (expansíveis via microSD)
– mini-HDMI 1.4a, micro-USB 2
– Câmeras traseira e frontal de 5 MP

O renovado tablet NVIDIA SHIELD é compatível com o controle Shield (opcional, por 60 euros), DirectStylus 2 (20 euros) e cases (40 euros), contando com o sistema operacional Android 5.1 pré-instalado (com atualização para o Android 6.0 prometida pela NVIDIA para o final do ano). Suporta serviços como o GeForce NOW cloud gaming, Console Mode e NVIDIA ShadowPlay.

O NVIDIA SHIELD Tablet K1 tem preço inicial sugerido de US$ 199.

Via NVIDIA

GPU do Surface Book é inferior do que o esperado

by

surface-book-01

Más notícias para os entusiastas do Surface Book. A GPU personalizada presente no notebook conta com memória GDDR5, mas com um bus 50% menor, com restrições importantes em especificações técnicas.

Um usuário do Reddit executou o software GPU-Z em um Surface Book dentro de uma Microsoft Store, e constatou que o notebook tem em sua essência com uma GPU 940M levemente modificada, com 1 GB de GDDR5. Na imagem abaixo, temos um comparativo dos dados da GPU do Surface Book (à direita) e uma da GT 940M na sua versão standard.

S8hR56E

Via Reddit

Surface Book conta com uma GPU personalizada da NVIDIA

by

Surface-Book-2

O Surface Book, notebook 2 em 1 da Microsoft, conta com uma GPU personalizada da NVIDIA, o que garante uma maior potência nos jogos e aplicativos profissionais que dependem de maior demanda gráfica.

Isso soava muito bem, tal como a ideia de dividir em duas a distribuição dos componentes, deixando a GPU na base-teclado, de modo que quando usado em modo tablet, o dispositivo aumenta a sua autonomia e mantém uma temperatura de uso aceitável, utilizando os componentes nativos na tela.

Agora, sabemos que a solução gráfica desenvolvida pela NVIDIA é exclusiva para o Surface Book, para se ajustar às características desse modelo. O resultado é um cuidado milimétrico na relação custo-benefício, com uma GPU que se ajusta sob medida ao notebook.

De acordo com os primeiros dados, essa solução gráfica teria uma potência similar a uma GTX 950M, mas com 1 GB de GDDR5, onde na prática ele seria similar ao GTX 750 Ti em sua versão de 1 GB.

Via MuyWindows

NVIDIA anuncia GTX 950 como a placa oficial da Brasil Mega Arena

by

nvidia-logo

Confirmando o seu compromisso com o e-sport brasileiro, a NVIDIA anuncia que o seu mais recente produto para games, a GeForce GTX 950 será a placa de vídeo oficial do Brasil Mega Arena (BRMA), maior evento de e-Sports da América Latina que acontece de 4 a 7 de setembro, em São Paulo.

Desta forma, todos os 14 computadores do palco principal, que serão usadas pelos competidores durante todos os torneios de jogos como League of Legends, World of Tanks, CrossFire e Counter Strike Go – estarão equipados com essa placa, que é a melhor opção para os jogadores do gênero MOBA (Multiplayer Online Battle Arena), como Dota 2, League of Legends e Heroes of the Storm.

Além de alta performance a custo acessível, a nova GPU da série 900 é considerada a melhor opção para equipar os PCs dos jogadores de MOBA por oferecer o máximo de performance com o mínimo de latência. Com preço sugerido de R$ 979,00, ela estará disponível por meio das fabricantes parceiras Asus, EVGA, Galax, Gigabyte, MSI, PNY, Zogis e Zotac.

O time de e-sports da NVIDIA, vice campeão brasileiro de League of Legends e que também possui jogadores em outras modalidades como Hearthstone, Crossfire entre outros, INTZ, também marcará presença na Brasil Mega Arena 2015. A equipe já participou de um bootcamp realizado na sede da NVIDIA na Califórnia, EUA.

Para mais informações sobre a NVIDIA, visite o blog oficial. Para saber mais sobre o Brasil Mega Arena, veja o site do evento.

 

Brasil Mega Arena
Data: 04 a 07 de setembro de 2015
Horário: 10h às 22h
Local: São Paulo Exhibition & Convention Center – Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 – São Paulo. Área: Pavilhão 2
Ingresso por dia: R$69,90 Inteira; R$34,90 Meia Entrada;
Passaporte para os 4 dias – R$209,90 Inteira e R$104,90 Meia Entrada;
Ingresso VIP para os 4 dias: R$ 500 – com direito à acesso à área VIP e “meet and greet”.
Mais informações: brasilmegaarena.com.br

Pixar Animation Studios licencia a tecnologia NVIDIA para acelerar as produções de animação de longa-metragem

by

nvidia-logo

Para acelerar suas produções de curta e longa-metragem animadas por computador, a Pixar Animation Studios está licenciando um conjunto de tecnologias NVIDIA relacionadas à renderização de imagens. O anúncio foi feito hoje pelas duas empresas.

O acordo de licenciamento estratégico de vários anos fornece à Pixar acesso aos métodos de renderização quasi-Monte Carlo (QMC) da NVIDIA. Esses métodos podem tornar a renderização mais eficiente, especialmente quando habilitadas por GPUs e outras arquiteturas de computação maciçamente paralelas.

Com a tecnologia de amostragem do QMC da NVIDIA, a Pixar pode acelerar seu processo criativo enquanto continua a produzir imagens visuais e animações nos mais altos padrões. A implementação do QMC específico da NVIDIA tem o potencial de melhorar a funcionalidade de renderização e reduzir significativamente o tempo gasto com renderização.

Como parte do acordo, a NVIDIA também fornecerá a tecnologia ray-tracing para o projeto OpenSubdiv da Pixar, uma iniciativa de código aberto para promover a avaliação de superfícies de subdivisão de alta performance em arquiteturas de GPU e CPU maciçamente paralelas. Isso habilitará a renderização de superfícies de subdivisão Catmull-Clark complexas em animações com precisão nunca vista até então.

Via assessoria de imprensa

Controladores gráficos para o Windows 10: uma atualização obrigatória

by

Windows-10

Intel, AMD e NVIDIA publicaram controladores gráficos atualizados e otimizados para suportar o Windows 10. levando em conta a importância do subsistema gráfico e da conveniência de contar com controladores otimizados, a atualização é obrigatória para todos os usuários que já estão executando o novo sistema operacional da Microsoft.

O novo controlador Intel Graphics driver para Windows 10 é o 10.18.15.4256, e inclui o suporte para DirectX 11.3, DirectX 12, PlayReady 3 para reprodução a 1080p, Miracast, OpenCL, Media SDK, Audio e painel de controle. Suporta gráficos integrados incluídos nos processadores Core de quarta, quinta e sexta geração com Windows 10 e Windows 8.1. Estará disponível no Windows Update, na página do fabricante, e através do painel de controle instalado no Windows.

A AMD também atualizou o software Catalyst para a versão 15.7.1, incluindo o driver 15.20.1062 para Windows 7 e 8.1, e o driver 15.20.1062.1002 para Windows 10. Este último inclui suporte completo para WDDM 2.0 e DirectX 12 sobre todos os chips gráficos com arquitetura Core Next, desde a Radeon HD 7000 ou superiores, até as APUs a partir da 7400K ou superiores.

Por fim, a NVIDIA atualizou os seus controladores gráficos com um novo driver WHQL para Windows 10. O GeForce driver 353.62 suporta (de um modo geral) a partir das séries 400 até as 900, mas nem todos os modelos terão suporte completo, e utilizarão WDDM 1.3.

De acordo com a NVIDIA, todos os chips gráficos com arquitetura Kepler e Maxwell vão suportar o WDDM 2.0 e DirectX12. O driver está disponível na página do fabricante, no Windows Update e no painel de controle GeForce Experience, instalado no Windows. Como nos demais modelos, esta última opção é a melhor forma para ter atualizado esse importante recurso.

NVIDIA Shield Android TV chega ao mercado internacional

by

NVIDIA_Shield_AndroidTV

A NVIDIA aproveitou o Google I/O 2015 para lançar no mercado o NVIDIA Shield Android TV, um dispositivo para a execução de games e reprodução multimídia.

O set-top box para a plataforma Android TV conta com um SoC Tegra X1, o mais poderoso do segmento de mobilidade, com processador de 64 bits octa-core e gráficos NVIDIA com 265 núcleos CuDa e arquitetura de nova geração Maxwell.

O produto conta com 3 GB de RAM e duas versões de armazenamento (16 GB e 500 GB), além de vários itens de conectividade – Ethernet, WiFiac 2×2 MIMO dual band, Bluetooth 4.1, duas portas USB 3.0, microUSB 2.0 e saída HDMI 2.0, além de slot para cartões microSD e receptor infravermelho, compatível com controle remoto de terceiros -, apesar do seu tamanho compacto (25 x 21 x 13 mm).

O NVIDIA Shield Android TV ainda conta com aplicativos para Netflix, Hulu Plus, YouTube, PLEX e Sling TV (em breve, HBO NOW). Os usuários também poderão alugar ou comprar conteúdos do Google Video e Google Music, e o dispositivo pode reproduzir conteúdos em 4K (requer uma internet com pelo menos 25 Mbps de velocidade).

NVIDIA_Shield_AndroidTV-controller

O NVIDIA Shield Android TV é compatível com a plataforma de jogos NVIDIA Grid (grátis até junho) e GameStream, Google Cast e todos os jogos do Android. O kit de venda do produto inclui o console, um controle, cabo HDMI, cabo USB e cabo de força. Já está disponível nos EUA por US$ 199 (16 GB) ou US$ 299 (500 GB – Shield Pro).

Via NVIDIA Shield Android TV