Arquivo para a tag: Normandy

MWC 2014 | Nokia X, Nokia X+ e Nokia XL são anunciados. Todos rodam apps Android

by

nokia-x-family-01

Depois de meses de rumores e vazamentos, o até então apelidado como Nokia Normandy finalmente se tornou oficial na Mobile World Congress 2014. O Nokia X não só é oficial, como ele é um modelo de três novos smartphones, pertencentes a uma nova família de dispositivos, a linha X.

Com o Nokia X, foram anunciados os modelos Nokia X+ e Nokia XL. Em comum, todos esses dispositivos são capazes de rodar aplicativos Android, uma vez que o sistema utilizado pela Nokia nada mais é do que uma versão AOSP (Android Open Source Project) do Android. Um “fork”, como os veículos de tecnologia gostam de citar.

Nokia-X-Dual-SIM-front

A Nokia utilizou a mesma estratégia da Amazon com os seus tablets Kindle, que são dispositivos com o sistema Android, porém, totalmente modificados na sua interface, e que abrem mão dos serviços da Google para oferecer os serviços da Amazon. No caso da linha X, é a mesma coisa: Stephen Elop (que foi o responsável pelo anúncio) sequer cita o nome da empresa de Mountain View, e enfatiza que os novos smartphones contarão com todo o suporte dos serviços da Microsoft para aplicativos e armazenamento na nuvem.

Na breve demonstração feita (o evento da Nokia teve apenas 30 minutos de duração), os novos Nokia X, Nokia X+ e Nokia XL são aparentemente fluídos e simples de serem operados. Visualmente, a interface ficou muito próxima ao dos modelos Asha, o que pode ser uma solução interessante, reforçando o aspecto de smartphones de entrada com a assinatura da Nokia. Com uma experiência de uso similar aos atuais Asha, o impacto na transição entre as duas linhas não será tão grande, além de atender o público-alvo da empresa: os mercados de entrada.

X-screens

Tanto o Nokia X como o Nokia X+ contam com tela IPS touch de 4 polegadas (800 x 480 pixels), enquanto que o Nokia XL possui uma tela de 5 polegadas. Os três dispositivos contam com uma capacidade de armazenamento de 4 GB (expansíveis via slot para cartões microSD).

São poucas as diferenças técnicas presentes entre os dispositivos. Os modelos Nokia X e Nokia X+ contam com suporte para redes EGSM e WCDMA e processador dual-core de 1 GHz (Snapdragon). As diferenças entre os dois é que o Nokia X+ vem com um cartão microSD de 4 GB no kit de venda, e possui 768 MB de RAM, no lugar dos 512 MB do Nokia X.

A autonomia de bateria dos modelos X e X+ são similares, prometendo até 13.3 horas de conversação em 2G, e até 10.3 horas em 3G. Sobre a câmera, contam com um sensor traseiro de 3 megapixels, e os modelos possuem medidas de 115.5 x 63 x 10.4 mm, e peso de 128.6 gramas.

X-body

Sobre o Nokia XL: o modelo possui tela LCD IPS de até 5 polegadas (800 x 480 pixels), processador dual-core Snapdragon de 1 GHz, 768 MB de RAM, 4 GB de armazenamento (expansíveis via slot para cartões microSD de até 32 GB), suporte para as mesmas redes dos irmãos menores, dimensões de 141.3 x 77.7 x 10.8 mm, peso de 190 gramas, e autonomia de bateria de até 16 horas de conversação no modo 2G, ou até 13 horas, nas redes 3G. Conta ainda com uma câmera traseira de 5 megapixels, e uma câmera frontal de 2 megapixels.

Os preços dos novos Nokia X, Nokia X+ e Nokia XL não foram anunciados.

 

Nokia-X-Dual-SIM Nokia-X-Dual-SIM-Skype Nokia-X-Dual-SIM-HERE-Maps Nokia-X-Dual-SIM-Android-apps Nokia-X-Dual-SIM-2 nokia_x X-pile-body xl

Via Nokia

Rumor: Nokia vai mesmo apresentar o sue primeiro smartphone Android na MWC 2014

by

nokia-normandy-leak

O Nokia Normandy não só é real e palpável, como também será lançado no último mês de fevereiro, em Barcelona. É o que afirmam as fontes do Wall Street Journal, que informa que a Nokia vai apresentar o seu “plano B” na Mobile World Congress, abrindo assim uma nova linha de produtos, complementando as atuais Asha e Lumia.

Apesar da Nokia ter apostado (quase) tudo no Windows Phone, eles mantiveram um plano de contingência para salvar o negócio de smartphones, caso a sua aliança com a Microsoft não rendesse os resultados esperados. Nunca ficou claro do que Stephen Elop (na época, CEO da Nokia) queria dizer quando citou tal plano, até que nos últimos meses várias imagens internas e até fotos vazadas do Nokia Normandy, um smartphone de entrada com um fork do Android, começaram a aparecer na internet.

nokiaandroid

De acordo com os últimos rumores, o Normandy fará uso de um processador Qualcomm Snapdragon S4, 512 MB de RAM, 4 GB de armazenamento interno (expansíveis via cartão microSD) e uma câmera traseira de 3 megapixels. Essa é uma configuração que o coloca (na teoria) no mesmo escalão que os modelos de entrada da linha Lumia, e no meio do caminho entre os modelos da Nokia com Windows Phone e os econômicos Asha.

A situação da Microsoft a essa altura do campeonato está entre curiosa e incômoda. Na verdade, um elefante branco. Inicialmente, a Microsoft não tem o menor interesse em promover sistemas operacionais alternativos, sem mencionar que a última coisa que eles precisam nesse momento é de uma plataforma sem uma visão de futuro, ainda mais agora que eles vão absorver a divisão de dispositivos da Nokia.

O problema é que, agora, eles precisam aceitar essa situação. Quando a Microsoft anunciou a compra da Nokia, teve que aceitar o fato que não poderia influir nas decisões que a própria Nokia já tinha tomado antes da compra ser fechada.

Ao mesmo tempo, a Nokia vai manter uma estranha independência, até que a compra seja concluída. O Wall Street Journal se atreve a ir mais longe em suas teorias: a Microsoft estaria disposta a ser “pragmática”, e lançar smartphones de entrada, baseados no Android, sempre e quando eles não tiverem acesso aos serviços da Google, para evitar que o seu rival tenha vantagem. E tudo isso é feito com o objetivo de aumentar a sua participação de mercado entre os smartphones de entrada.

Em breve, saberemos quais são as cartas jogadas pelas duas empresas. A MWC 2014 começa em duas semanas.

Via wsj.com

Mais imagens da interface do Nokia Normandy aparecem na web

by

NORMui

Ainda não dá para saber se esta é uma interface modificada do Android, ou uma reformulação do Asha se disfarçando de Windows Phone. Seja como for, apostando em algo novo, temos a suposta interface de usuário do Nokia Normandy, que tem toda a pinta que será apresentado na Mobile World Congress 2014.

O novo vazamento do @evleaks mostra de forma mais ampla a interface de usuário do smartphone. Ao que parece, temos dois modos de interação com o smartphone: uma, que imita as tiles – ou quadros – do Windows Phone, bem no estilo Metro (não pode ser chamado assim), e outra, com notificações.

Vale lembrar que, ainda nessa semana, vimos o aspecto externo do suposto smartphone, além de poucos detalhes da interface. A nova imagem também mostra alguns aplicativos bem conhecidos, a maioria disponíveis para o sistema Android, como Viber, BBM, WeChat e Jeckpack Joyride.

Façam suas apostas. Eu apenas estou passando a informação para frente.

completa

Via @evleaks

Nokia Normandy aparece de novo, em renders muito coloridos

by

normandy

Pelo andar da carruagem, é difícil dizer que o Nokia Normandy não será um futuro lançamento dos finlandeses na Mobile World Congress 2014. Ainda mais com tantos vazamentos. Ainda mais com um vazamento do @evleaks. Dessa vez, temos uma imagem de imprensa, com máxima qualidade, o que contradiz a ideia que esse é um projeto que não vai seguir adiante por estar relacionado com o Android.

Muitos acreditam que o Normandy será mais um modelo que receberá o sistema Asha, mas isso, só o tempo vai dizer. Depois da interface vista ontem (13) no modelo de protótipo, hoje temos esses renders, que contam com uma interface que tem mais a cara do Windows Phone. Entre os aplicativos identificados na tela inicial das imagens, existem alguns já conhecidos da Nokia, como o MixRadio, o ícone da câmera, entre outros. Logo, entendemos que a Nokia deve mesmo seguir o caminho que a Amazon adotou com os tablets Kindle, ou seja, sem os serviços e aplicativos da Google instalados de forma nativa.

Normandies

Segue a teoria de que estamos diante de um smartphone de entrada, e como é possível comprovar pelas imagens, o colorido seria um dos pontos fortes do dispositivo, com até seis tonalidades diferentes. Também é possível identificar que o Nokia Normandy é um modelo com dual SIM.

Ainda é impossível saber qual é o real status desse projeto, mas não resta dúvidas que a Nokia levou o assunto adiante, ou até o último ponto possível, uma vez que ninguém se propõe a fazer imagens de um produto apenas pelo bel prazer, ainda mais quando ele é apenas um protótipo. A outra possibilidade que fica é que o Normandy é mesmo um novo modelo Asha, e que seria apresentado na MWC 2014 dessa forma.

De novo: vamos esperar pelos próximos acontecimentos.

Via @evleaks

Assim é o protótipo do Nokia Normandy com Android

by

nokia-normandy-proto

Nosso velho amigo @evleaks volta a ser o centro das atenções, ao publicar uma nova imagem, citando outro usuário, do suposto protótipo do Nokia Normandy com Android, que se tornou mundialmente conhecido depois dos vazamentos apresentados nos últimos dias.

Uma foto frontal do aparelho foi registrada, onde não há nenhum tipo de detalhe colorido, característico dos atuais modelos Lumia. Um modelo em tom preto e um case que parece ser de silicone, para proteger e, muito provavelmente, também ocultar o design do dispositivo. Informações técnicas não foram reveladas, mas tudo indica mesmo para um dispositivo mais simples, com dual SIM e orientado para os mercados emergentes.

Muito se falou sobre o Nokia Normandy nos últimos meses. Afinal de contas, a Microsoft fecha parceria com a Nokia para desenvolver smartphones com Windows Phones, e pouco tempo depois, compram parte da companhia finlandesa. E agora, quando o Windows Phone começa a receber destaque no mercado (aos poucos, mas isso é melhor do que nada), os rumores de um smartphone da Nokia com Android se intensificam cada vez mais, e semanas antes da Mobile World Congress 2014, que começa no dia 24 de fevereiro.

Também existem informações que indicam que o Normandy foi apenas um protótipo trabalhado pela Nokia no passado, antes do acordo com a Microsoft, e que o protótipo pertence à esse projeto. Vamos acompanhar as próximas semanas com atenção, para saber se os rumores se intensificam, ou se teremos até uma notícia bomba em Barcelona.

Via @evleaks, Weibo, WPCentral

Rumor: Seria esta a interface Android para o suposto Nokia Normandy?

by

nokia-normandy-android

É o que dizem. Na verdade, muito se fala na internet sobre o suposto smartphone Nokia de baixo custo com o sistema operacional Android. Por outro lado, muto também se fala que esse projeto teria sido abandonado, uma vez que os finlandeses foram recém adquiridos pela Microsoft. Pelo sim, pelo não, no meio de tantos rumores, temos um que vem de uma fonte muito quente: o @evelaks. E o que você vê acima seria a suposta interface Android modificada pela Nokia para o smartphone Nokia Normandy.

As imagens mostram aparentemente mostram telas dos aplicativos do Skype e do Viber em execução, e uma das três telas mostra a tela de bloqueio com as notificações do dispositivo. Não dá para dizer se essa é realmente a interface que estará disponível ao consumidor final (nem mesmo se o smartphone algum dia chegará a ver a luz do mercado), ou se essas imagens ficarão apenas no imaginário dos entusiastas de tecnologia. Só o tempo vai dizer.

De qualquer forma, a ideia aqui é a seguinte: se chegar ao mercado, o Nokia Normandy vai executar uma versão altamente customizada do Android, mais ou menos da mesma forma que a Amazon fez com os tablets Kindle Fire. O objetivo aqui é oferecer uma experiência de uso única e personalizada, mantendo assim a assinatura dos finlandeses nesse aspecto, em um dispositivo de baixo custo, mas oferecendo o leque de alternativas de aplicativos já existentes na Google Play Store. Ou não, pois como a Nokia está personalizando tudo, pode também criar uma loja própria de apps (tal como a Amazon já faz).

Como já era de se esperar, a Nokia não se pronuncia sobre o assunto. E nem vai se pronunciar. Até que o produto seja anunciado. Ou não.

Via @evleaks

Opinião | Por que um smartphone Android da Nokia faz todo o sentido (inclusive nesse momento)?

by

Nokia-QG

Segundo divulgou o The Verge ontem (11), a Nokia possui, na pior das hipóteses, um protótipo de smartphone com o sistema Android. E, por incrível que pareça, o rumor fecha todo o sentido da compra da fabricante finlandesa por parte da Microsoft, que garante que o principal motivo da compra foi focar a Nokia em 100% no Windows Phone. Mas… não é bem assim.

Aqueles que imaginavam que uma aliança entre Nokia e Google poderia dar certo podem parar de se lamentar, pois esse casamento pode acontecer justamente agora. Mas não da forma explícita que todos queriam ou imaginavam. Afinal de contas, nada mudou: a Microsoft está comprando a Nokia para, basicamente, evitar que os finlandeses se entregassem de corpo e alma para o Android. Mesmo assim…

Aos fatos.

As coisas estão dando certo para a Nokia com o Windows Phone, mas no segmento de produtos de entrada e/ou linha média. Nos modelos de linha alta e nos feature phones, nem tanto. No primeiro grupo, Apple e Samsung são dominantes, e no segundo grupo, temos um mercado muito mais etéreo, onde os chineses estão prevalecendo, independente se é uma marca famosa ou não.

Nokia-Lumia-520

Os modelos Android top de linha seguem obtendo melhores resultados que os modelos Nokia Lumia mais avançados. Por conta disso, a própria Nokia investe mais nos modelos de entrada, tal como se posiciona o bem sucedido Lumia 520. Até a HTC e a LG consegue vender mais nos modelos top de linha do que a Nokia, e isso, com produtos com preços similares.

Para piorar a situação, o Android se destaca por ser um sistema operacional muito flexível, algo que a Nokia poderia se adaptar com isso, ainda mais contando com um hardware potente. E isso, eles nem podem sonhar em pensar em fazer usando o Windows Phone. Tudo bem, a Nokia ainda tem a linha Asha, que é composta por smartphones baseados no sistema S40, uma plataforma que pode se adaptar facilmente com um hardware barato, permitindo a oferta de produtos com preços competitivos em mercados emergentes.

Mas para o azar da Nokia, o Asha não está indo tão bem nas vendas como eles gostariam, e a cada dia perde mais terreno para os dispositivos chineses… com Android. Os asiáticos conseguem ofertar dispositivos com o mesmo preço de um Nokia Asha, com um sistema operacional mais maduro, e que mesmo que não ofereça uma experiência de uso fluída, conta com todo o tipo de aplicativo que o usuário deseja e espera.

Android sim… Google? Não!

A solução para a Nokia resolver esse problema? Uma só: Android.

Se você não pode vencê-los, você deve se unir à eles. Ou, pelo menos, seguir a mesma estratégia deles. A empresa segue relutante em estabelecer uma aliança com a Google, e tudo indica que isso será uma questão de tempo para acontecer. Ou pelo menos assim que a Microsoft conclua a aquisição da empresa.

Nokia-Asha

É simples de compreender: a Nokia segue o seu casamento com a Microsoft, e não há espaço para a Google nessa relação. Porém, há espaço para o Android. O sistema operacional da gigante de Mountain View é a solução para todos os males presentes para eles, ou pelo menos para a linha de dispositivos de entrada e/ou pensados para os mercados emergentes. O grande truque é, nesse caso, explorar o fato do Android ser um sistema operacional de código aberto, e usar isso a seu favor.

Os rumores do Nokia Normandy parecem apontar para um novo smartphone de baixo custo da Nokia com uma versão totalmente personalizada do Android. E quando falo em customização, eu quero dizer até a raiz do sistema. Não seria a primeira vez que essa estratégia poderia dar certo, uma vez que a Amazon aproveitou da mesma premissa para modificar completamente o sistema da Google, limpando todos os serviços de Mountain View, redesenhando a interface, e inserindo os seus próprios serviços, para oferecer uma experiência de uso única e totalmente centrada na Amazon, para os tablets Kindle.

É uma estratégia inteligente, e até elegante. Se por um lado a Nokia se livra do compromisso de ficar atrás dos desenvolvedores, implorando para que eles desenvolvem aplicativos para a sua plataforma, eles se limitam a ter o trabalho de criar a sua própria loja de aplicativos, que comercializará aplicativos Android. Dessa forma, eles agradam os usuários e fortalece os seus serviços, com maior capacidade de monetização das vendas de aplicativos e serviços.

Resumindo: todo mundo sai ganhando.

Para concluir, a Nokia apostar no Android não fará danos à Microsoft e ao Windows Phone. A eventual chegada de smartphones Android da empresa finlandesa poderia sim fazer grandes estragos na concorrência, dentro do segmento dos dispositivos de entrada, que hoje é dominado quase que exclusivamente pelo Android. Além de ser ambicionado pelo Firefox OS, que pode não ter nenhuma chance com uma dupla tão poderosa (Nokia + Android).

Rumor: O Nokia Normandy pode ser um smartphone Android de entrada

by

normandy

Temos informações quentes e até surpreendentes sobre o smartphone da foto acima, que foi visto pela primeira vez no mês passado na conta do @evleaks no Twitter. Na época, o nosso amigo já muito conhecido pelas antecipações de lançamentos de dispositivos de tecnologia revelou poucos detalhes sobre o citado dispositivo, mas informou que o mesmo recebe o nome provisório de Normandy, que não teria botões físicos e sim capacitivos, e que seria um modelo Asha para países em desenvolvimento.

Porém, Tom Warren do site The Verge, informa que o mesmo Normandy se trata de um dispositivo Android da Nokia, que chegaria ao mercado em 2014.

Isso mesmo que você leu, e eu vou repetir:  um smartphone da Nokia com sistema operacional Android.

Eu sei que muitos podem pensar que isso é simplesmente uma loucura, e que a Nokia jamais lançaria um dispositivo Android, ainda mais se levarmos em conta que a empresa praticamente já pertence a Microsoft. Mas as coisas não são tão simples quanto parecem. Segundo a fonte do The Verge, o smartphone incluiria uma versão muito personalizada do Android, similar ao que a Amazon faz hoje com os tablets Kindle. Desta forma, a Nokia teria um controle total e absoluto sobre o software no smartphone, que não chegaria nem perto de se parecer com o Android que conhecemos.

Para esse rumor se concretizar em um fato real, ainda restam muitas perguntas a serem respondidas, como a disponibilidade de uma loja de aplicativos da Nokia, ou se a Google Play Store estará disponível, ou até mesmo o tipo de publicidade que eles usarão para promover o dispositivo (será mencionado que o Normandy funciona com o sistema operacional Android?).

Na verdade, no ponto em que o rumor se encontra, não sabemos sequer se o smartphone realmente será lançado, ou se são apenas rumores de um projeto cancelado. Na prática, temos apenas o rumor. E mais nada.

Mas só o rumor já é um motivo para deixar muita gente animada.

Via The Verge

Nokia Normandy aparece em fotos na web: o Asha que parece um Lumia

by

asha-normandy

2013 não acabou, e não surpreende ver que antes do ano chegar ao fim, mais um vazamento de um futuro dispositivo da Nokia acontece. Até o presente momento, a nova linha de dispositivos Asha da Nokia é formada por smartphones com telas muito pequenas, e características técnicas bem limitadas. Porém, isso pode mudar em breve, e o primeiro indício dessa mudança é a aparição na web das primeiras imagens do Nokia Normandy.

A ideia da Nokia é evoluir a sua família de dispositivos de entrada, com o objetivo de se aproximar daquilo que seria hoje a linha de smartphones de entrada com Windows Phone. E o Normandy, vazado pelo nosso amigo @evleaks, pode ser o primeiro dos modelos da nova fase da linha Asha.

Revelado sem maiores detalhes (apenas as duas fotos oficiais que ilustram esse post), o Normandy aparenta ser um smartphone de dimensões intermediárias, como uma tela que parece ser muito maior do que a tela de 3 polegadas dos modelos Asha 502 e Asha 503, mas sem chegar a ser um tabletphone, como o Lumia 1520. Algo parecido acontece com a sua estética, e se os últimos modelos da linha Asha parecem ser bem influenciados pela família Lumia, esse novo modelo não é diferente, podendo se passar muito bem por um Windows Phone, com exceção do seu botão capacitivo solitário.

Especificações, preço e data de lançamento não foram revelados, mas queremos pensar que teremos mais notícias sobre esse smartphone antes de 2013 acabar.

Via @evleaks