Arquivo para a tag: nexus

Huawei vai fabricar o próximo tablet Google Pixel

by

huawei tablet google pixel

 

Segundo o @evleaks, a Huawei vai fabricar um novo tablet de 7 polegadas para a Google, sobre grife Google Pixel.

 

Unificando e expandindo a marca Pixel

A Google deve apostar de novo nos tablets, abandonando o nome Nexus, em um movimento que deve acontecer nos próximos smartphones da empresa (Pixel e Pixel XL), unificando e expandindo a marca do seu Chromebook premium.

O tablet Nexus Pixel fabricado pela Huawei não seria muito diferente no design e especificações que o MediaPad M3 apresentado na IFA 2016, mas suportado e atualizado pela Google.

O novo tablet receberia o Android 7.0 Nougat, e seria apresentado em 4 de outubro, no mesmo evento que a Google apresentaria os dois smartphones fabricados pela HTC, um novo streamer Chromecast com 4K e um visor Daydream VR.

Android 7.0 Nougat disponível já em 22 de agosto

by

android 7.0 nougat

A operadora canadense Telus revelou por vazamento um pequeno plano de atualizações, que indica que o Android 7.0 Nougat chegará aos smartphones Nexus 5X e 6P no dia 22 de agosto.

Vários rumores indicavam a chegada da nova versão do Android para ou final de agosto, ou começo de setemebro. Mas… sem um anúncio oficial da Google?

É claro que existe a possibilidade de ser apenas uma forma da operadora despistar todo mundo, de modo que temos que esperar mais três dias para eliminar essa dúvida.

Mesmo assim, não é surpresa. Em via de regra, a linha Nexus é atualizada primeiro. Não há detalhes sobre quando o Nexus 6 vai receber o update, e o Nexus 5 teve o seu ciclo de atualizações encerrado com o Android Marshmallow.

android nougat update

 

E o que acontece se você não tem um Nexus? Quando recebo o Android 7.0 Nougat?

Sentar e esperar, como sempre.

Você vai depender da boa vontade do seu fabricante entregar o Android 7.0 Nougat para o seu dispositivo, algo que pode levar vários meses.

Em resumo: é possível que os modelos com maior evidência no mercado recebam o novo Android até o final do ano, mas a grande maioria só em 2017 mesmo.

Via NextPowerUP!

HTC estaria trabalhando em dois Nexus: S1 e M1

by

Nexus-Teaser

Várias fontes de peso dentro do mundo mobile fazem eco de um rumor que sugere que a HTC estaria trabalhando em dois dispositivos Nexus, identificados como S1 (Sailfish) e M1 (Marlin).

Um dos modelos seria o sucessor do atual Nexus 6P, e salvo surpresas, deve receber um processador Qualcomm Snapdragon 820, 4 GB de RAM e a mais recente versão do Android, por enquanto, Android N. Já o segundo dispositivo seria provavelmente um tablet, mas não há nada certo sobre isso, podendo ser inclusive um segundo smartphone com um hardware mais modesto, principalmente levando em conta que a LG já confirmou que não vai participar da fabricação das próximas linhas Nexus.

Em todo caso, não esperamos grandes surpresas de um modo geral. O sucessor do Nexus 6P manteria as especificações típicas que vimos na presente geração de smartphones top de linha, de modo que só poderíamos ver alguma inovação nas câmeras ou no seu design. Aliás, um dos problemas da linha Nexus é que, apesar de haver uma certa margem de melhora, a Google aposta em um certo continuísmo na proposta, que não se justifica mais nem na relação custo-benefício.

Por outro lado, o segundo smartphone desse grupo seria um modelo de linha alta, mas não um top de linha, quem sabe com 3 GB de RAM e processador Snapdragon 652 ou similar.

Via Liliputing

HTC fabricaria o próximo Nexus, que contaria com Touch 3D

by

HTC-One-M9

Várias fontes indicam a HTC como possível fabricante do próximo smartphone da linha Nexus.

Não sabemos se a Google manterá a sua aposta em dois dispositivos, e um deles poderia ser a Huawei. Mas um novo rumor indica que o o modelo que seria de responsabilidade da HTC contaria com a interface Touch 3D.

Tal interface é capaz de distinguir a intensidade com a qual se realizam as pulsações na tela para oferecer diferentes respostas. Assim, uma pulsação mais intensa sobre um ícone pode servir para exibir um menu contextual (por exemplo). Não é uma tecnologia nova, já que Huawei e Apple já contam com produtos com tal característica. Também é algo considerado imprescindível. Porém, é uma funcionalidade útil para a interação com o sistema operacional.

Vale lembrar que empresas como Xiaomi, Meizu, Oppo e Vivo também trabalham com suas próprias implementações do Touch 3D, de modo que é compreensível que a Google queira introduzí-la em seu próximo Nexus.

Se tudo seguir como o esperado, a nova linha de smartphones Nexus deve ser apresentada no final de 2016.

Via PhoneArena

LG confirma que NÃO vai fabricar um Nexus em 2016

by

nexus-5X-840x473

Um porta-voz da LG confirmou na MWC 2016 que a empresa não fará um sucessor do Nexus 5X, ou pelo menos não o será através de sua marca, o que pode implicar em uma ruptura total dos coreanos com a Google.

Segundo esse mesmo representante, a LG precisa se concentrar em sua própria marca, em seus smartphones e em potencializar tudo o que eles introduziram no LG G5, e tudo isso não é compatível com a linha Nexus. É compreensível, já que essa marca está mais associada à Google do que ao fabricante, onde a primeira leva a maior parte do mérito, principalmente junto aos usuários menos esclarecidos.

Por outro lado, vale lembrar que já falamos de uma possível mudança de estratégia da Google para essa linha Nexus, onde eles pretendem ter um maior controle sobre o seu desenvolvimento e produção, algo que certamente não deve ter agradado ao pessoal da LG.

Isso não quer dizer que não veremos novos smartphones Nexus em 2016. Apenas que nenhum deles será fabricado pela LG. Vamos aguardar pelos próximos acontecimentos. Ainda tem muito tempo até que um novo Nexus apareça em nossas vidas. Rumores e confirmações não faltarão até lá.

Via GSMArena, CNET

Google quer fabricar o Nexus no mais puro estilo Apple

by

nexus-family-2015-01

A Google é uma empresa de software. Ou pelo menos, era. Seus investimentos sempre foram mais enfáticos no software, onde o sue maior sucesso foi o Android, sistema operacional dominante no mercado de telefonia atual. Melhorar a experiência do seu sistema operacional móvel é um dos grandes desafios da empresa, e uma das medidas tomadas para contornar esse desafio foi a criação do programa Nexus.

O primeiro smartphone dessa fase não se chamava Nexus. Foi o HTC Dream (ou HTC G1) em 2009. Depois é que veio o Nexus One, e a sequência que conhecemos hoje, seguindo o mesmo padrão: um hardware construído por terceiros e software com a versão mais recente e limpa do Android. HTC, Samsung, Motorola, ASUS… diferentes fabricantes foram convidados a participar do programa.

Mas isso tudo vai mudar. A Google quer a independência, e assumir o controle da fabricação desses dispositivos.

O programa Nexus está mais vivo do que nunca

nexus-teaser

O programa Nexus “foi morto” várias vezes. A imprensa especializada se encarregou disso (o TargetHD inclusive, assumimos nossa parcela de culpa). De tempos em tempos, vemos os rumores sobre qual modelo seria o último. E a Google rindo de tudo isso, e fechando os Nexus para não se nivelar aos seus parceiros do Android. Agora, com essa ideia deles mesmos fabricarem tudo, o que fica bem claro é que o programa Nexus está mais vivo do que nunca.

A Google (agora uma empresa do Alphabet) assumiria o processo de fabricação dos novos smartphones, do começo ao fim, sem mais intermediários além daqueles que fabricam as peças. Um samrtphone assinado pela Google, e sem as parcerias com fabricantes.

Como disse no parágrafo anterior, alguns componentes essenciais serão fornecidos pelos parceiros tradicionais: telas da Samsung, processadores da Qualcomm, câmeras da Sony e memórias de outros fornecedores. A Google não fala que vai fabricar os componentes, e é bem lógico que eles não façam isso. Eles basicamente montariam os seus dispositivos Nexus com peças de terceiros para assim garantir uma maior porcentagem de lucros, economizando um bom dinheiro nos custos de produção.

 

A Google já vendeu “hardware próprio”

chromebook-pixel-c-2-1

Não é a primeira vez que a Google aposta nesse movimento, porém, dessa vez, os riscos são maiores. Temos no mercado o Chromecast, que é fabricado por alguém, mas com a marca Google e nada mais, e o Pixel C, primeiro computador portátil 100% fabricado pela Google. Logo, fabricar os seus próprios smartphones da linha Nexus é só mais um passo.

Mas um passo bem lógico.

A linha Nexus é importante para a Google, mais do que possa parecer. Independentemente de quantos smartphones da Samsung, da Apple ou dos fabricantes chineses foram vendidos, o Nexus é o seu cartão de visitas. Nele, as pessoas conhecem como deve ser o Android sem retoques, e todo o potencial de um sistema operacional rodando sem capas de interface ou modificações.

Logo, a Apple Google passaria a adotar uma estratégia mais parecida com a da Apple, controlando totalmente o desenvolvimento e fabricação dos seus dispositivos.

 

Levar os smartphones Nexus para um outro nível

sundar-pichai

Com um controle de produção nesse porte, os modelos Nexus poderão se destacar ainda mais em relação à concorrência em fluidez e desempenho. Vale lembrar que a compra da Motorola (pese o fato que foi um movimento para adquirir suas patentes), resultou em modelos como o Moto X e o Moto G que quebraram paradigmas do mercado, redefinindo o que deve ser dispositivos dentro de suas respectivas categorias.

Na época, foi especulado um programa de smartphones Premium, de uma série de fabricantes escolhidos, que fariam parte de uma elite no Android. O Android Silver teve seu desenvolvimento suspenso. Depois, houve uma tímida tentativa de distribuir o Android puro nos modelos Google Edition, que também caiu no esquecimento. Agora, a Google quer a independência de fabricantes externos, fixando como meta no horizonte tornar o Nexus um produto 100% Google.

O movimento, além de ser interessante, é compreensível. Principalmente com a possível saída da Samsung em favor do Tizen sempre rondando a cabeça dos executivos da empresa.

 

Os gerenciamentos associados ao hardware

Uma das grandes dúvidas sobre essa mudança (se confirmada) é em como a Google vai gerenciar os projetos hoje realizados com seus parceiros. A distribuição, a promoção, os acordos com operadoras de todo o planeta. Mesmo com a experiência adquirida com o Android One, tudo agora vai recair sobre a Google, sem ter intermediários. Talvez a Alphabet esteja planejando outra incorporação, utilizando uma empresa que se dedique a todo o hardware da empresa. Ou talvez eles vão na cara e na coragem, como já fizeram algumas vezes.

Google quer maior controle sobre a sua linha Nexus

by

nexus-huawei

A Google, agora uma empresa dentro da estrutura da Alphabet, quer ser a matriz da fabricação dos smartphones Nexus daqui para frente. Ou seja, eles fabricariam o produto do começo ao fim, sem intermediários nessa fabricação, exceto os fornecedores das peças. Seriam estes os primeiros Nexus assinados exclusivamente pela Google, colocando fim às parcerias com outros fabricantes.

Ainda teremos telefones com telas da Samsung, chips da Qualcomm, câmeras da Sony e memórias de outros fabricantes. Não é mencionado que a Google vai fabricar componentes, e isso é meio lógico. Eles simplesmente montariam os dispositivos Nexus com as peças de terceiros, garantindo assim uma maior porcentagem nos lucros, principalmente por conta da economia na produção.

nexus-family-2015-01

O regime de colaborador associado que a Google dá aos fabricantes resulta em uma certa liberdade que, aos poucos, pode ser coisa do passado, uma vez que a empresa de Mountain View quer ter um maior controle sobre os dispositivos Nexus. Com isso, os fabricantes deixam de ser meros contratados.

Um exemplo do que a Google pretende fazer é o caso do Pixel C, onde a empresa assumiu sozinha o desenvolvimento e produção do dispositivo na íntegra. Aliás, a linha Nexus não contaria nem mesmo com a marca dos eventuais fabricantes parceiros nos produtos. Ou seja, próximo Nexus que será fabricado pela Huawei só seria montado por eles, sendo que o design e a seleção de componentes seria de responsabilidade exclusiva da Google.

Via ZDNet

Nexus 5X e Nexus 6P tem o seu preço reduzido (lá fora)

by

nexus5x-6p-1500

Pela segunda vez, os novos Nexus 5X e Nexus 6P tiveram o seu preço reduzido lá fora.

O Nexus 5X (fabricado pela LG) teve o seu preço da versão de 16 GB para US$ 349 no meio do mês de janeiro. Agora, a versão base do smartphone está custando US$ 299, enquanto que o modelo de 32 GB fica com os US$ 349.

Já o Nexus 6P (fabricado pela Huawei e homologado pela Anatel no Brasil) passa dos US$ 499 do modelo base de 32 GB para US$ 459. As versões com 64 GB e 128 GB permanecem com os mesmos valores.

A redução de preço é uma promoção temporária, em comemoração ao dia de São Valentim, e está em vigor para entre os dias 26 de janeiro e 12 de fevereiro.

Via Mashable, Google Store (Nexus 6P), (Nexus 5X) Google Store (Nexus 6P), (Nexus 5X)

HTC seria o encarregado pelo próximo smartphone da linha Nexus

by

HTC-One-M9

Começaram os rumores sobre o próximo smartphone da linha Nexus, apesar de faltar muito tempo para um novo modelo ser apresentado. Fontes garantem que esse futuro dispositivo seria fabricado pela HTC, algo curioso pois seria uma espécie de “volta as origens”.

A HTC fabricou o primeiro Nexus da história há mais de cinco anos, com o Nexus One, modelo que foi muito bem recebido por conta do seu design e suas especificações.

Mas… falamos de um ou dois smartphones?

É impossível fazer qualquer tipo de prognóstico, mas por lógica e dedução, é possível imaginar que a Google não tem motivos para abandonar a sua recente estratégia de lançar dois smartphones. Porém, não parece ser muito factível que a HTC seja a fabricante dos dois, mas sim de um deles.

Se o rumor se cumprir, é provável que o futuro Nexus da HTC apresente elementos de design similares aos seus modelos mais atuais, mais especificamente o futuro HTC One M10 (nome provisório), o próximo top de linha da fabricante taiwanesa, e que deve apresentar mudanças importantes no seu design.

Sobre suas especificações, o futuro Nexus não deve se distanciar muito do que vemos hoje nos demais tops de linha do mercado Android, ou seja, com SoC Snapdragon 820 e 4 GB de RAM (ou mais). A resolução de tela deve se manter em 2K.

Via TweakTown

Esses são os smartphones Android mais seguros

by

nexus-5x-nexus-6p-oficial

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Cambridge concluiu que os smartphones Android mais seguros são os fabricados pela LG e Motorola, assim como a linha Nexus da Google.

O estudo se baseia na informação compilada por anos pelo aplicativo Device Analyzer, instalado por usuários que participaram do estudo, o que permitiu obter conclusões interessantes, além de um quadro claro do panorama atual do universo Android.

De acordo com os resultados, os smartphones da LG e Motorola, além da linha Nexus são os mais seguros, e por uma razão muito simples: as atualizações e correções de erros são mais frequentes nesses modelos, assim como o lançamento de novas versões do Android para esses dispositivos.

Em resumo: a maior segurança existe porque eles cuidam das atualizações dos seus dispositivos, sem esperar que os erros se acumulem para serem corrigidos apenas em uma nova versão do Android. Um detalhe que vários fabricantes deveriam observar com maior atenção.

O estudo por fim destaca que os fabricantes deveriam unir forças para um Android mais seguro e eficiente, com melhores perspectivas de futuro, já que na teoria (e na prática) a Google não pode fazer tudo sozinha.

Via Softpedia

Nexus Protect é a resposta da Google ao Apple Care

by

nexusprotect

A Goolge apresentou hoje (29) o Nexus Protect, um serviço de seguro oferecido aos proprietários do Nexus 5X ou Nexus 6P, atuando como uma extensão da garantia do dispositivo de um a dois anos (algo que já é oferecido por lei em vários países). Além disso, o plano tem cobertura para danos acidentais no mesmo período, e a substituição temporária do dispositivo em caso de reparação.

Por enquanto, o Nexus Protect é exclusivo para os Estados Unidos, em custa US$ 69 para o Nexus 5X, e US$ 89 para o Nexus 6P. O programa estará disponível em outros países. O preço cobrado pelo serviço é de aproximadamente um quinto do valor final do dispositivo assegurado, algo razoável… sempre e quando as letras miúdas (que ainda vamos conhecer) não oferece surpresas desagradáveis.

Assim seriam os novos Nexus 2015 a menos de um mês de seu lançamento

by

nexus-01

Em 29 de setembro, a Google deve apresentar os novos smartphones da linha Nexus. O olhar dos usuários que preferem o Android ‘mais puro possível’ estarão atentos para esse dia, e esse post compila todas as informações que sabemos sobre esses smartphones até agora, depois de alguns rumores e vazamentos.

 

O tamanho importa e sentencia

No ano passado, o Nexus 6 com suas seis polegadas não foi o dispositivo de referência ‘para todos os públicos’, por conta do seu tamanho de tela e por outros fatores, principalmente o preço elevado. Pode ser que dessa vez o Google decida contentar tanto aos fãs com mais experiência no mundo mobile como os clientes em potencial.

Logo, tudo indica que teremos dois modelos com tamanhos diferentes. Mais que isso: duas configurações, dois designs e dois fabricantes. Tanto para cobrir a média de tamanho dos últimos lançamentos, como para atender aqueles que pedem telas maiores (nem se descuidar de uma concorrência assentada nas 5.5 polegadas). A seguir, vamos ver o que sabemos sobre cada um deles.

 

Nexus da LG: 5.2 polegadas e de plástico

new-nexus-2015-leak

Muitos estão se empolgando com os vazamentos do já chamado ‘Nexus 5 Reloaded’: um modelo fabricado pela LG, com o design do Nexus 5 que agradou e se destacou entre os tops de linha, ainda mais pegando como ‘base’ o LG G2 (também de 5.2 polegadas), migrando os botões da parte traseira e aproveitando a frontal para obter um smartphone ergonômico, de plástico e de qualidade.

Os rumores são relativamente precisos, e indicam dimensões de 146,9 x 72,9 x 9,8 mm, sendo mais alto, mais largo e mais espesso que os seus antepassados LG G2 e Nexus 5. O presumível novo design (que, se o visto até agora não for o definitivo, não vai se diferenciar muito na versão final) conta com a inclusão de um sensor de digitais na parte traseira, na mesma direção da câmera. Uma incorporação mais que lógica por tendência (e provavelmente por demanda) e pensando em um uso com o Android Pay.

Sobre o seu design, uma das principais mudanças seria a migração do alto-falante para a parte frontal, no estilo da Motorola, saindo da borda inferior, ao lado da porta USB. Aliás, esse conector passaria a ser o USB-Type C, como mais de uma prova de evolução.

 


É esperado que, seguindo a tradição, o hardware do novo Nexus seja competente (sem ser o mais potente), mantendo um preço mais acessível, de modo que ele não fique na faixa dos tops de linha, sem alcançar a faixa entre US$ 600 e US$ 700, como aconteceu com o último Nexus.

Sua ficha técnica deve trazer as seguintes especificações:

– Processador Snapdragon 808 e não o 620 (até o momento), e esse rumor ganha força depois das informações reveladas pelo Android Police, que também informa a presença do processador gráfico Adreno 420.
– 3 GB de RAM
– Tela de 5.2 polegadas (Full HD)
– Câmera traseira de 12.3 megapixels (f/1.8), com sensor IMX 278, estabilizador ótico de imagem, flash LED dual e (talvez) foco a laser.
– Câmera frontal de 5 megapixels, talvez sendo o primeiro a contar com a tecnologia de reconhecimento de iris, algo que a LG trabalha e que pode estar presente no futuro sucessor do LG G4.
– Bateria de 2.700 mAh
– 16 GB e 32 GB de armazenamento.

 

Nexus da Huawei: 5.7 polegadas e de metal

nexus-huawei

Esse modelo seria fabricado pela Huawei, e herdaria alguns dos sinais de identidade do fabricante chinês, como sua construção em metal. Nas imagens, é possível ver uma construção que se assemelha ao recém lançado Huawei Mate S.

Ao menos até que outras fotos apareçam na web, chama a atenção uma área protuberante na parte superior traseira, onde vai a câmera. Espaço extra que provavelmente está relacionado com a inclusão de componentes como o foco a laser, que necessita de uma espessura maior.

Para este modelo, especula-se medidas de 159,4 z 78,3 x 6,6/8,5 mm, mais fino que o seu irmão menor. O @OnLeaks reafirma a presença de outros dados, como os alto-falantes frontais e o sensor de digitais na parte traseira. Sobre suas especificações, temos menos vazamentos que o modelo anterior: tela de 5.7 polegadas QHD, processador Snapdragon 810 (mais provável que o Snapdragon 820, que tem lançamento previsto para 2016) e bateria de 3.500 mAh.

 

Preços, nomes e datas

Ainda restam algumas semanas para confirmar se tudo o que foi dito aqui é a verdade. A data do evento está confirmada para 29 de setembro, onde os dois smartphones e o Android 6 Marshmallow serão apresentados. O modelo menor se chamará Nexus 5X, e deve custar a partir de US$ 399. Sobre o Nexus da Huawei, não há maiores informações sobre preços e nomes.

Mais fontes confirmam os novos Nexus em 29 de setembro

by

new-nexus-2015-leak

Fontes próximas ao Google garantem que os novos Nexus serão apresentados em um evento especial em San Francisco (EUA) no dia 29 de setembro. A nova linha de smartphones será composta por dois dispositivos, fabricados por LG e Huawei, com tamanhos convencional e phablet, respectivamente.

O vazamento não revela detalhes sobre preços ou especificações, mas baseado nas últimas informações, podemos dizer que o modelo da LG será provavelmente o mais econômico, enquanto que o da Huawei terá preço premium. Isso se reforça pelas especificações vazadas dos dois modelos, com o phablet dos chineses sendo mais potente que o Nexus dos sul-coreanos.

Leve em consideração que, mesmo fazendo sentido, a informação não está confirmada. Ou seja, os planos do Google podem mudar ou ser diferentes dos especulados. Vamos aguardar.

new-nexus-2015-leak-02

Via GSMArena

Novos indícios de um processador melhor e câmera dupla para o Nexus 2015

by

nexus-huawei-2015-08-24-01

Segundo informa o @onleaks em sua conta no Twitter, o Nexus de 5.2 polegadas apareceu em fotos supostamente filtradas, que revelam alguns detalhes do modelos que seria de fabricação da LG.

O primeiro detalhe em evidência é a manutenção do corpo de plástico nesse Nexus ‘menor’, além da inclusão de um sensor de digitais, que também estaria presente no modelo maior. Se isso acontecer, não chega a ser uma surpresa, pois é a tendência dos novos dispositivos que chegam ao mercado. Ainda que seja algo relativamente novo para a própria LG.

As fotos publicadas pelo GizmoChina também mostram uma segunda câmera onde até agora os supostos Nexus tinham o sensor de digitais, o que também seria uma novidade na linha Nexus, mas não no mercado de telefonia. Um exemplo clássico da presença dessa característica em um smartphone é o HTC One M8. Esse segundo sensor seria uma lente de apoio, para poder manipular com a profundidade de campo e o foco, além de adicionar outros efeitos.

O novo vazamento com a câmera dual chega acompanhado de uma lista de especificações que, diferente do que foi visto até agora, se considerava para o modelo da LG, com um processador Snapdragon 808 no lugar do 620, e uma densidade de tela de 1440 x 2560 pixels, no lugar dos 1920 x 1080 pixels indicados até agora.

lg-nexus-5-specs

Também fala da inclusão de um sensor Sony IMX 278 para a câmera traseira de 13 megapixels, com estabilizador óptico de imagem, e com uma qualidade e desempenho que podem até superar o modelo maior, fabricado pela Huawei.

Se bem que as câmeras da LG já ofereceram bons resultados, o que acaba sendo descompensado ter a câmera de um Nexus ser muito superior a do outro, principalmente quando parece que o modelo maior terá características melhores que o menor. Por outro lado, faria o caminho inverso do iPhone 6 e 6 Plus, ainda que nesse caso a diferença é bem menor, se limitando ao OIS.

Mas o mais provável é que o tal círculo em questão seja mesmo um sensor de digitais, tanto por tendência como por utilidade final, no lugar de um sistema de duas câmeras. Algo que, por outro lado, salta na roda dos rumores de forma cíclica para a Samsung, Apple ou HTC (de novo).

Por enquanto, não há nenhum comunicado oficial, se bem que também chega a ser uma tradição a Google não falar muito sobre novos dispositivos Nexus. Vale lembrar que o Nexus 6 foi uma decepção para os fãs, e por mais que a Google tentasse justificar o seu preço, o produto nunca cumpriu as expectativas práticas. Dessa vez, parece que a turma de Mountain View vai  apostar com duas cartas. Veremos em breve se eles contam com algum outro ás na manga.

Via Gizmochina

Esta seria a primeira foto do novo Nexus da LG

by

Google-nexus-LGfoto2

Não é novidade a afirmação que um novo Nexus está a caminho, mas o mistério sobre qual fabricante será encarregado de produzir o novo smartphone de referência do Google (com Android M) continua. Felizmente, um usuário da Indonésia publicou em sua conta do Google+ a imagem acima, que pode confirmar que o novo Nexus seria mesmo fabricado pela LG (ou pelo menos um deles; ou outro ficaria com a Huawei).

Pela aparência do dispositivo, ele estaria alinhado com os últimos rumores, que dizem que ele teria uma tela de 5.2 polegadas, leitor de digitais na parte traseira, câmera com saliência da carcaça, flash LED duplo, foco com laser e carcaça de plástico. Outros vazamentos também falavam da presença da porta USB Type-C, processador Qualcomm Snapdragon 808 (ou 820) e 4 GB de RAM.

Você pode achar que a adoção do plástico é um passo para trás. Por outro lado, o uso desse material pode indicar uma tentativa do Google em reduzir o preço do dispositivo, depois dos maus resultados oferecidos pelo Nexus 6.

Já sobre a Huawei, eles também seguem forte na bolsa de apostas como outra opção para um dispositivo Google. Eles podem oferecer um phablet de 5.7 polegadas com Android M, de forma que seriam apresentado dos modelos da linha Nexus.

Que bom que os próximos meses serão intensos….

Via Marques BrownleeInno Yudha (Google+)

 

Suposto Nexus da Huawei aparece em vídeo

by

nexus-topo

Um vazamento em vídeo mostra detalhes do suposto Nexus da Huawei, um dos dois smartphones que (na teoria) o Google vai lançar ainda em 2015 (o outro ficaria por conta da LG).

No design, podemos ver um dispositivo bem sóbrio, que não apresenta detalhes chamativos, exceto pelo leitor de digitais na parte traseira, contrariando o costume da maioria dos fabricantes em colocá-lo na parte frontal, no botão inicial.

Fora isso, estamos diante de um modelo de grande tamanho, pelo menos ao se julgar pelo o que é mostrado no vídeo, se encaixando com aquilo que foi apontado pelos últimos rumores.

A seguir, um resumo de suas possíveis especificações:

– Tela de 5.7 polegadas (2K)
– SoC Qualcomm Snapdragon 820
– 4 GB de RAM
– 32 GB de armazenamento base

Não há detalhes sobre a resolução e qualidade de suas câmeras, mas se comenta que o Huawei Nexus contaria com um acabamento premium em alumínio, e contaria com o Android M pré-instalado. Seu lançamento aconteceria durante o outono do hemisfério norte.

Via NextPowerUP!

Google vai enviar correções mensais para a sua linha Nexus

by

nexus-6

A Samsung não será a única a enviar atualizações de segurança mensais. O Google prometeu que os dispositivos Nexus terão atualizações OTA mensais, a partir de hoje (06).

Ou seja, se você é um proprietário de um dispositivo a partir do Nexus 4 ou superior, não vai mais ter que esperar uma eternidade para receber uma atualização. A duração da assistência dessas atualizações continua a ser de dois anos, o mesmo do ciclo de vida da versão do sistema operacional, com envio de parches de segurança durante os três anos depois do lançamento, ou 18 meses depois que o dispositivo deixou a Play Store.

Essa tarefa é mais fácil de ser aplicada ao Google do que à Samsung, já que os dispositivos saem com Android Stock e não precisam lidar em nenhum momento com as operadoras. Além disso, será um bom exemplo a ser seguido pelos demais fabricantes associados com o Androidm que podem também adotar esse calendário mensal.

Levando em conta que o Google sabe perfeitamente que existem muitos casos onde um dispositivo relativamente moderno fica obsoleto por não receber atualizações, não resta dúvidas que o movimento deve mudar o comportamento dos fabricantes, já que agora acabam as desculpas para justificar a falta de atenção em seus terminais.

Via Blog Oficial do Android

LG Nexus 5 2015 seria desenvolvido do zero

by

Nexus-5

Os primeiros rumores sobre o LG Nexus 5 2015 sugeriram que o modelo estaria baseado no design do LG G4. Agora, uma nova fonte garante o contrário: que ele seria desenvolvido do zero.

Até agora, todos os dispositivos da linha Nexus foram desenvolvidos sobre a base de algum terminal já existente: Nexus S (Galaxy S), Nexus 5 (LG G2), Nexus 6 (Moto X 2014), e por aí vai. O Android Pit garante que o próximo smarpthone top de linha do Google seria desenvolvido totalmente do zero, abrindo mão de qualquer tipo de inspiração vinda do LG G4 ou de outro dispositivo.

As especificações desse smartphone ainda são desconhecidas, mas é dito que ele poderia chegar ao mercado no outono, acompanhado do Android M, a próxima versão do sistema operacional do Google.

Vale lembrar que além desse novo Nexus, o Google estaria preparando outro phabet com a Huawei, o que seria um lançamento diferente da linha Nexus, e antes do final de 2015.

Via PhoneArena

Rumor: novo Nexus da LG com Android M e câmera com sensor duplo

by

650_1000_nexus-5-3

Novos rumores sobre um novo smartphone da linha Nexus fabricado pela LG apareceram na internet, e com duas características que interessam e muito aos usuários: a presença do Android M e uma câmera com sensor duplo, no estilo do HTC One M8.

Esse duplo sensor na parte traseira faz com que a LG repita a estratégia da HTC, trabalhando com o processamento da imagem para melhorar a qualidade da foto capturada. Porém, espera-se que eles não se esqueçam da importância do sensor traseiro, um dos pontos fracos do One M8.

Os últimos rumores também indicam a integração do Android M (algo mais do que esperado, convenhamos), sendo um dos responsáveis pela chegada ao mercado da nova versão do sistema operacional do Google, trazendo múltiplas novidades e importantes mudanças. A data proposta para a apresentação oficial do Android M e dos novos Nexus é o mês de outubro de 2015.

Devemos esperar mais desses novos Nexus, com características que devem aproveitar ao máximo o sistema operacional. Não é um absurdo pensar na inclusão de um leitor de digitais focado no Android Pay.

Certamente teremos nos próximos meses mais detalhes sobre esses novos smartphones da linha Nexus.

Via UberGizmo

Volta a ideia de um Nexus por ano: um da Huawei, outro da LG

by

nexus-6-google

Com um Google I/O 2015 chegado, alguns esperam notícias sobre o novo Nexus, e os rumores que rodeiam os smartphones da empresa não param de crescer. Ficamos falando por um bom tempo sobre a possibilidade da Huawei assumir o posto da LG na fabricação do dispositivo, mas pode ser que as duas empresas mantenham a mesma possibilidade.

Várias fontes comentam o mesmo nas últimas horas. Seria um smartphone Nexus assinado pela Huawei, com tamanho de phablet, e outro dispositivo menor, que ficaria por conta da LG. Com isso não teríamos um novo tablet em desenvolvimento. Se tudo isso se materializar, seria a primeira vez que dois telefones Nexus seriam lançados no mesmo ano.

O modelo da LG contaria com tela de 5.2 polegadas e seria conhecido internamento como Angler, enquanto que o modelo chinês seria conhecido como Bullhead, e contaria com tela de 5.7 polegadas. Já o smartphone da Huawei tem toda a pinta de ser o sucessor do Nexus 6 da Motorola, com um processador Qualcomm Snapdragon 810 e bateria de 3.5 mAh. Já o modelo da LG contará com SoC Snapdragon 808, com bateria de 2.700 mAh.

Não há mais informações sobre os dispositivos, e tais notícias podem ajudar a entender os rumores contraditórios sobre as marcas que iam fabricar os novos Nexus. A boa notícia é que faltam poucos dias para tais dúvidas serem eliminadas.

Via Android Police