Arquivo para a tag: mp3

O que existe nos dados que se perdem ao comprimir um MP3?

by

650_1000_modernist-video

Muitos criticam o formato MP3 pela perda de qualidade sonora que pode ocorrer em determinadas situações onde não se tem um cuidado especial com a qualidade de compressão. Mas isso não é uma regra. A perda desses dados considerados irrelevantes para o ouvido humano é compensada pelo menor espaço ocupado no armazenamento. Mas… o que acontece com esses dados que se perdem na compressão?

O moDernisT tem a resposta. O vídeo desse post foi criado usando os dados perdidos na conversão de um arquivo de áudio original para o formato MP3. A base utilizada é a música ‘Tom’s Dinner’, da cantora Suzanne Vega, e a escolha tem um ponto simbólico: foi a música referência para ser utilizada nos primeiros testes do desenvolvimento do formato MP3.

Ryan Maguire, o criador da obra multimídia, é um estudante do curso de composição da Universidade de Virgínia. O projeto também inclui o ‘vídeo perdido’, que foi elaborado a partir dos dados perdidos após a conversão do MP3, adicionando uma faixa de áudio idêntica, mas no formato MP3.

A música obtida pelas sobras mantém a forma da canção original, mas como você mesmo poderá comprovar, elas não soam iguais.

Se você está curioso para saber a diferença, a seguir, o vídeo e a música original.

Winamp se esquiva da morte, e estaria prestes a ser vendido

by

winamp

Muitos lamentaram o anúncio da morte do Winamp. E muitos desses muitos devem estar vibrando com essa notícia. Há quatro semanas, a AOL anunciou o fim do projeto do popular reprodutor multimídia, que fez com que milhões de pessoas descobrissem a música no formato digital. Chegaram a anunciar que o site Winamp.com e todos os seus serviços associados desapareceriam no dia 20 de dezembro de 2013.

Porém, estamos no dia 21 de dezembro de 2013, e nesse exato momento (15h53), o site do Winamp continua no ar. E pode continuar assim.

Segundo informa o site TechCrunch, a AOL estaria negociando a venda do Winamp e de sua respectiva plataforma de streaming Shoutcast com uma ou mais empresas que não foram identificadas. A Microsoft seria uma dessas empresas, mas até o momento, nenhuma das envolvidas confirmam qualquer tipo de informação (algo que é natural, ainda mais se ambas estiverem em processo de negociação).

A única coisa que ainda é certa é que o Winamp.com segue ativo, assim como os downloads do software. Algo que parece ser bem lógico, se considerarmos que encerrar o Winamp e espantar os seus usuários reduziria drasticamente o valor de venda do atraente produto. Aparentemente, as negociações estão em estágio avançado, e até que elas não se encerrem, os serviços seguem ativos.

Desde o anúncio do fechar de suas portas, muitas manifestações pela permanência do Winamp emergiram dos diferentes rincões da internet, incluindo solicitações para a liberação do seu código. Algumas alternativas genéricas apareceram, mas nada substitui o original.

Seja como for, o meu melhor conselho a essa altura do campeonato é: corra para fazer o download do Winamp, enquanto ainda há tempo para isso.

Via TechCrunch, Winamp

MP3 players Sony Walkman E380 e E580 são anunciados oficialmente

by

7-10-2013e3802

A família de players multimídia da Sony segue aumentando, apesar da maioria das pessoas que eu conheço utilizar hoje o smartphone como reprodutor de música. Conheça nesse post os dois novos modelos do catálogo da fabricante japonesa na linha Walkman, o E380 e E580.

O Sony Walkman E380 se caracteriza por contar com uma tela de 1.77 polegadas (não é touchscreen; o modelo tem uma pequeno disco integrado na carcaça para os controles principais) e um peso de apenas 52 gramas. Apesar de suas dimensões reduzidas, o modelo conta com uma boa gama de tecnologias integradas para melhorar a qualidade de som, centrando-se especialmente em recursos para evitar distorções nos graves ou saltos de volume ao mudar de faixa.

Sua autonomia de bateria também merece destaque. O modelo pode reproduzir até 30 horas de áudio, ou quatro horas de vídeo.

O E380 estará disponível em versões de 4 e 8 GB de armazenamento, com preços sugeridos de 75 e 89 euros respectivamente.

7-10-2013e5801

O modelo mais avançado é o Sony Walkman E580, que tem uma tela de 2 polegadas, armazenamento de até 16 GB e bateria com autonomia de até 77 horas de uso. Esteticamente, ele preserva as mesmas características do modelo E380, e ainda conta com fone de ouvido com um sistema de cancelamento de ruído. Esse modelo ainda conta com recursos próprios, como o motor DSEE, que recupera as frequências que ficaram no caminho durante a conversão de arquivos.

O Sony Walkman E580 tem previsão de chegada ao mercado para o mês de agosto, e seu preço não foi revelado.

7-10-2013e3801 7-10-2013e5802

Via Engadget

 

Amazon dos EUA lança o AutoRips: comprou o CD físico? Já tem ele em formato digital automaticamente

by

Com o objetivo de capitalizar mais um pouco nas já decadentes vendas de CDs, a Amazon dos Estados Unidos anunciou um novo programa de compras para o fã de músicas. O AutoRip tem como objetivo principal estimular as vendas dos CDs que ainda estão no estoque da Amazon, mas também facilitar a vida do usuário que ouve músicas em dispositivos digitais, uma vez que o cliente recebe o álbum digital de graça na compra do mesmo álbum no formato físico.

O AutoRip também oferece uma alternativa para aqueles que não são muito familiarizados com o processo de “ripagem” de CDs (acredite, muita gente entra nesse grupo), além de poder promover o seu serviço de armazenamento de músicas na nuvem, o Amazon Cloud Music. Com isso, eles esperam pegar um pouco do mercado da Apple iTines, que tem a preferência (e a conveniência) de quem já é dono de um iPad, iPhone ou iPod.

O programa basicamente oferecer a cópia digital do CD físico no ato da compra do produto. Como forma de impulsionar a proposta, todo e qualquer CD comprado na Amazon desde 1998 (e já se falava de ripagem de CDs naquela época) foi automaticamente convertido para o formato de álbum digital, e está disponível na conta dos usuários da Amazon Cloud Music. É um bom começo para quem é realmente fã de música e tem uma vasta biblioteca de CDs comprados na Amazon, além de uma ótima oportunidade de ter todas essas músicas no formato digital, de forma legalizada, e com alta qualidade (256 Kbps).

Infelizmente, nem todas as músicas estão elegíveis para entrar no AutoRip, e nem todos os álbuns (e até mesmo músicas selecionadas dos álbuns habilitados para o serviço) estarão disponíveis no formato digital nesse primeiro momento. A Amazon ainda está negociando com as três grandes gravadoras do mercado fonográfico acordos de alguns artistas e faixas, além de negociar com as gravadoras independentes. A ideia é que, no futuro, de forma efetiva, todos os CDs comprados desde 1998 estejam disponíveis no serviço.

A ideia da Amazon é interessante. A maioria das pessoas que ainda compram CDs são aquelas que não se adaptaram completamente às novas tecnologias, mas ao mesmo tempo, a Amazon oferece a proposta digital, caso algum dia ela queira migrar do CD player para o MP3 player. Mesmo em declínio, segundo a Nielsen/Billboard, as vendas no formato físico ainda são grandes responsáveis pela movimentação do mercado fonográfico, e ninguém quer desperdiçar isso.

Via VentureBeat

Estudo mostra que usuários que compartilham MP3 compram mais músicas que qualquer outro

by

A indústria fonográfica sempre bateu na tecla que o compartilhamento de arquivos era o principal responsável pela falência da indústria fonográfica, mas nunca levaram em consideração a possibilidade de ser os preços abusivos que eram aplicados nas vendas de CDs e DVDs musicais. Pois bem, parece que agora temos a prova definitiva para chegar naquela gravadora que cobra de R$ 25 a R$ 35 em um CD e dizer: “Onde está o seu Deus agora”?

De acordo com um estudo realizado recentemente, os usuários que são fieis à prática do compartilhamento de arquivos P2P compram, em média, 30% a mais de músicas do que qualquer outro tipo de usuário, inclusive aqueles que só compram músicas pelas vias legais. O estudo foi realizado pela American Assembly, que é uma instituição pública não -partidária afiliada da Universidade de Columbia, que publicou os resultados da pesquisa de nome “Copy Culture”, que analisa o comportamento dos internautas em relação ao consumo dos conteúdos musicais online.

O estudo está focado nos colecionadores de músicas em formato digital em diferentes grupos de usuários, e como eles obtém as músicas para ampliar suas coleções. O estudo descobriu que os usuários que compartilham músicas contam com uma coleção de músicas maior do que os demais (o que é meio óbvio, pela simples relação de causa e consequência), mas que também são aqueles que mais compram músicas nas formas oficiais e legais que aqueles que não praticam a prática do compartilhamento.

A explicação para esse fenômeno é menos complicada do que parece. Diversos serviços de Bittorrent e compartilhamento P2P atuam como uma ferramenta de oferta musical, para que os usuários decidam se vão comprar uma determinada canção ou álbum completo. Esse é um sistema bem sólido de se escolher músicas, e o estudo ainda informa que muitas das músicas que os usuários conseguem de forma gratuita acabam vindo de amigos, através de mídias físicas, pelos CDs que eles pegam emprestados ou convertendo os seus álbuns para o formato em MP3. Ou seja, com os respectivos direitos autorais pagos.

Ou seja… gravadoras… Onde está o seu Deus agora?

Via

Neil Young tenta vender o Pono, o seu serviço de música que pretende acabar com o MP3

by

Falamos desse produto na nossa seção “Gadgets do Dia”, mas como encontrei mais detalhes do projeto, decidi que ele merece um post a parte. Além disso, de música, Neil Young entende. Logo, mesmo muita gente achando que pode ser apenas uma ideia maluca de um velho roqueiro hippie bêbado e drogado, vale a pena dedicar alguns minutos de atenção, ao menos para descobrir qual é a do tal Pono.

Mesmo que a maioria das pessoas sejam incapazes de perceber a diferença de som de um MP3 para um LP, as pessoas que entende de música nunca deixarão de reclamar da baixa qualidade dos arquivos digitais (particularmente, discordo delas, mas sou democrático nesse blog). E Neil Young quer acabar com esse problema como o Pono, que vai permitir aos amantes da música mais puristas que escutem suas músicas em formato digital com a mais alta qualidade possível.

Segundo informou o músico durante o talk-show de David Letterman, a música do Pono seria comparável com a música analógica, mas não seria exatamente a música analógica que o seu pai conhecia ao tocar um LP em um toca-discos. O fato é que o Pono é o nome de uma loja de músicas de alta qualidade, onde o sistema converte o som do modo analógico para o digital, e a partir dos próprios players musicais, como o dispositivo amarelo da imagem abaixo.

Infelizmente, Neil Young não revela muita coisa sobre o Pono, e por esse motivo, não há informações sobre preços ou suas principais características. Além disso, ainda que as grandes empresas do mercado fonográfico já tenham demonstrado interesse no novo serviço, não há nenhuma confirmação que o projeto vai seguir adiante, uma vez que temos que considerar a possibilidade de toda essa história do roqueiro ser um “vaporware”, que no final das contas, nunca vai chegar ao mercado.

Por fim, Young garante que “não existe nada melhor que isso. Isso aqui é o que fazemos nos estúdios de gravação”. E quem sou eu para discutir com Neil Young, não é mesmo?

Se o seu inglês está afiado, você pode ver o trecho da entrevista do cantor com Letterman, onde ele fala do Pono, no vídeo abaixo.

Via The Verge

Razer lança novos fones headset Kraken Pro Gaming e Kraken Music & Gaming na Gamescom 2012

by

A Razer também anunciou durante a Gamescom 2012 na Alemanha o lançamento de novos fones headset, nos modelos Kraken Pro Gaming e Kraken Music & Gaming. Os modelos são pensados para os gamers e músicos mais exigentes, pois combinam o conforto e a alta performance em um único produto, com ergonomia e alta qualidade sonora.

Para o seu desenvolvimento, o Razer Kraken Pro Gaming passou pelo mesmo processo dos demais headsets da Razer, e foi testado na prática por gamers profissionais, com o objetivo de se encontrar o melhor ajuste e peso para as disputas prolongadas. Segundo a equipe de desenvolvimento de produto da Razer, esses são os fones com melhor ergonomia já desenvolvida por eles, e garantem que este produto “é o mais confortável do mercado”.

O Razer Kraken Pro possui um microfone retrátil, que pode ser puxado apenas quando o jogador necessitar utilizá-lo. Seu design flexível permite que o jogador posicione o microfone da melhor forma possível, tornando a comunicação mais prática e limpa. Seus drivers de 40 mm de diâmetro contam com ímãs de neodímio, e possuem graves, médios e agudos equilibrados, e o design das conchas acústicas cria um isolamento de som eficiente o suficiente para os jogadores se focarem apenas na ação do jogo.

O Razer Kraken Music & Gaming é exatamente o mesmo modelo Kraken Pro, mas sem o microfone, e com design dobrável. O produto é indicado para quem quer ouvir sua música em qualquer lugar, ou jogar seus games sem incomodar os demais.

Características: Razer Kraken Pro


Fones

– Resposta de frequência: 20 – 20,000 Hz
– Impedância: 32 Ω a 1 kHz
– Sensibilidade a 1 kHz, 1 V/Pa: 110 ± 4 dB a 1 kHz Max
– Potência: 50 mW
– Drivers de 40 mm de diâmetro com imãs de neodímio
– Diâmetro interno das conchas: 50 mm
– Comprimento do cabo: 1.3 m  mais 2 m com adaptador destacável
– Peso aproximado: 293 g.
– Conector: Analógico de 3.5 mm + Jack (Headphone e Microfone)

Microfone

·        Resposta de frequência: 100 – 10,000 Hz
·        Proporção sinal-barulho: 52 dB
·        Sensibilidade a 1 kHz, 1 V/Pa: -40 ± 3dB
·        Padrão de Pick-up: Unidirecional

Preço no Brasil: R$ 399,00
Disponibilidade no Brasil: Outubro de 2012

Características: Razer Kraken Music & Gaming

Fones

– Resposta de frequência: 20 – 20,000 Hz
– Impedância: 32 Ω a 1 kHz
– Sensibilidade a 1 kHz, 1 V/Pa: 110 ± 4 dB a 1 kHz Max
– Potência: 50 mW
– Drivers de 40 mm de diâmetro com imãs de neodímio
– Diâmetro interno das conchas: 50 mm
– Comprimento do cabo: 1.3 m  mais 2 m com adaptador destacável
– Peso aproximado: 280 g.
– Conector: Analógico de 3.5 mm + Jack (Headphone)

Preço no Brasil: R$ 249,00
Disponibilidade no Brasil: Outubro de 2012

Via Assessoria de Imprensa

Sony Smart Wireless Headset Pro: mais do que um simples MP3 player

by

Apresentado no começo do ano durante a CES 2012, o pequeno Smart Wireless Headset Pro da Sony é lançado oficialmente. Este pequeno MP3 player, de elegante acabamento e cor preta, inclui rádio FM, 2 GB de memória via cartão microSD (que pode ser estendida até 32 GB) e conta com uma conexão Bluetooth 3.0, permitindo a conexão com o seu smartphone Android.

Graças a esta última qualidade, o usuário pode receber alertas e visualizar em sua tela OLED mensagens de texto, atualizações de redes sociais e e-mails recebidos, assim como as chamadas recebidas (podendo inclusive obter o acesso às chamadas recentes).

Com um peso de 18 gramas e autonomia de até 12 horas de uso, o Smart Wireless Headset Pro já pode ser encontrado no mercado norte-americano, por um preço de US$ 150. Sua distribuição para outras regiões é um mistério, mas não deve demorar muito para o produto aparecer em outros mercados.

Via Sony

theKube2, um MP3 player com grande potencial de extravio

by

A Bluetree Electronicos é o criador do theKube2, um curioso MP3 player que se destaca especialmente pelo seu camaleônico design e suas reduzidas dimensões. Com forma de cubo e dimensões de 2,5 x 2,5 x 2,5 cm. o player permite que o usuário mude a aparência do seu corpo de alumínio, através de skins removíveis.

Sua memória se dá através de cartões microSD (4 GB inclusos), além de um leitor USB, para que você armazene as músicas sem dificuldade. Seus controles são de toque, passando desapercebido em seu painel superior. Sobre sua compatibilidade, ele reproduz arquivos nos formatos MP3, WMA, WAV e MIDI, com autonomia de bateria prometida de até 6 horas de uso.

O theKube2 já está à venda em Cingapura e na Indonésia, mas deve ter o seu lançamento mundial anunciado durante a CES 2012.



via theKube2

Transcend MP300, simplicidade em forma de player MP3

by

Os MP3 players estão se tornando menos comuns entre os lançamentos de tecnologia. Porém, eles não são esquecidos pelos fabricantes. A Transcend, por exemplo, apresenta um player com características simples, em um modelo de tamanho compacto e controle simples, que se encaixa perfeitamente no gosto daqueles que não querem players muito complicados na hora de ouvir música.

Com uma autonomia de 15 horas de reprodução, o MP300 é compatível com os formatos de áudio MP3, WAV e WMA, conta com conector USB 2.0 e pesa apenas 15 gramas. Integra ainda um indicador LED e capacidades de armazenamento de 4 e 8 GB.

O Transcend MP300 já está disponível na Europa, com preços de 30 e 36 euros, respectivamente.



via Transcend

Novo MP4 player da Sony, o Walkman NWZ-E463K, chega ao Brasil. E vem com dock station

by

O novo MP4 player da Sony, o NWZ-E463K, chega ao Brasil nesse mês de novembro, e traz como principal diferencial para os outros modelos de sua categoria uma dock station, que também atua como carregador de bateria. O modelo conta com capacidade de armazenamento de 4 GB, ou 845 músicas.

O player conta com a tecnologia Drag & Drop, que permite que o usuário “arraste” as músicas para o player, sem precisar de um software específico para isso. O NWZ-E463K é compatível com os formatos de áudio MP3, WMA, PCM e AAC, além do formato WMV para vídeo, e JPEG, para fotos. Além disso, o produto possui rádio FM com memória para até 30 estações, alarme, função Sleep Timer e 11 idiomas para menus.

Outros recursos do player: as funções Clear Bass, para graves sem distorção, Clear Stereo, que evita interferências de áudio entre os canais, Dynamic Normalize, que equilibra o nível de volume entre as músicas, e os recursos de execução Repeat e Shuffle. Sua tela de LCD QVGA é de duas polegadas, e 3 horas de carga de bateria podem reproduzir até 15 horas de música.

O preço sugerido do MP4 Player Sony Walkman NWZ-E463K é de R$ 399,00, e o produto já está disponível nas lojas Sony Store, e nas principais revendas.

via assessoria de imprensa

Creative anuncia o player MP3 ZEN X-Fi3 #ifa2011

by

Os players musicais estão desaparecendo, dando espaço aos smartphones, mas alguns fabricantes resistem ao momento do mercado. A Creative é uma dessas empresas, e anunciou na IFA um novo player MP3, o ZEN X-Fi3. O aparelho conta com tela de 2 polegadas, armazenamento de 8 ou 16 GB, Bluetooth 2.1, microfone integrado, rádio FM, alto-falantes e bateria com autonomia de até 20 horas de música. O modelo promete ser compatível com vários formatos de áudio, como FLAC, AAC, MP3 e WMA, e alguns formatos de vídeo, como MPEG-4, WMV9 e DivX. Chega ao mercado europeu em outubro, por 99,99 e 139,99 euros, para as versões de 8 e 16 GB, respectivamente.

Motorola WX294, um dual-chip SIM, para você economizar algum dinheiro na hora de telefonar

by

A Motorola lançou no Brasil o WX294, modelo dual-chip feito para quem quer economizar nas ligações pelo celular. Além dos slots para dois cartões SIM das operadoras nacionais, o novo celular da empresa possui player de MP3, câmera VGA com flash LED, rádio FM com função de gravação e tela de 1,8″.

O Motorola WX294 está disponível no Brasil, com o preço de R$ 249,00.

Sony apresenta os novos modelos de players MP3 e MP4 da linha Walkman

by

Novos modelos da linha Walkman chegam ao mercado. São três novos modelos que a Sony apresenta, que não contam com muitas inovações, mas possuem a já consagrada qualidade que a fabricante emprega em seus players portáteis.

O NWZ-S760 conta com conectividade Bluetooth e autonomia de 50 horas de som, ou 10 horas de vídeo. Seu acabamento é em alumínio, e o modelo possui muitas tecnologias integradas, como o Clear Audio (com Clear Bass e Clear Stereo), a DSEE (Digital Sound Enhancement Engine) e fones EX, para oferecer uma melhor qualidade aos seus ouvidos.

O modelo NWZ-E460 (foto no topo do post) é voltado para os usuários mais jovens, graças ao seu colorido alegre. O modelo possui a função Sense Me e modos Karaoke e Lyrics, e sua bateria também oferece 50 horas de música.

Os adeptos aos exercícios físicos vão gostar do NWZ-W260, um MP3 sem cabos que se ajusta à cabeça e orelhas do usuário, para uma maior comodidade durante a prática de exercícios, além de ser resistente à água. O modelo conta com a função ZAPPIN da Sony, que oferece 1 hora de música com apenas 3 minutos de recarga, e sua autonomia é de 8 horas de uso contínuo.

Os novos modelos da linha Sony Walkman estarão disponíveis no final do mês de agosto. Preços: 130 euros (NWZ-S760), 80 euros (NWZ-E460) e 75 euros (NWZ-W262).

via Engadget

Sony Walkman NWZA865B é visto em site de distribuidora britânica

by

Ao que parece, a Sony já tem pronto um novo um novo modelo para integrar a sua família de produtos Walkman, com o modelo NWZA865B, que é um player multimídia com design muito mais atual. O modelo foi visto em terras britânicas, e conta com uma capacidade de armazenamento de 16 GB, mas também pode ser encontrado nas versões de 8 e 64 GB. Segundo comenta o pessoal da CNET, uma das características principais do produto é a sua conectividade WiFi, que proporcionaria um sistema de troca de arquivos sem fio, além de streaming de áudio. O modelo começa a ser oferecido no Reino Unido a partir do dia 31 de julho, por um preço de aproximadamente US$ 213.

via CNET