Arquivo para a tag: mouse

Review | Logitech Optical Gaming Mouse G400

by

Logitech_Optical_Gaming_Mouse_G400__03745_zoom

Julho chegou, estamos em um período de “férias” (para alguns, pois blogueiro de tecnologia não tem férias), e essa é a melhor hora para colocar em dia os nosso hábito de jogatina, tanto no videogame quanto no computador. Agora, aqueles gamers mais exigentes preferem jogar os seus jogos em um computador potente, com uma grande tela e acessórios sob medida para as suas necessidades de entretenimento. E é nessa hora que acessórios como o Logitech Optical Gaming Mouse G400 entra em ação.

Recebemos uma unidade do produto da assessoria de imprensa da Logitech no Brasil, e testamos durante as últimas semanas em diferentes situações. O objetivo aqui não foi apenas saber se o produto é adequado para o seu objetivo principal – ser o periférico perfeito para te auxiliar durante os games -, mas também se ele pode ser utilizado de forma constante nas atividades de produtividade, interagindo bem com o sistema operacional (no nosso caso, o Windows 8).

DSC00703

O produto vem muito bem embalado, em uma caixa muito bem construída, e em um blister, que deixa o produto perfeitamente acondicionado.

DSC07293

DSC07297

O mouse em si é leve, o que torna o manuseio mais prolongado algo confortável. Suas dimensões são um pouco maiores que a maioria dos mouses disponíveis no mercado (que não são específicos para os games), mas sem ser algo exagerado. Seu acabamento está disponível em uma combinação em preto e grafite que não atrai as famigeradas marcas de dedos, o que pode garantir que o produto vai ficar mais tempo livre das ações do tempo e do suor de suas mãos.

Cito esse detalhe no review porque cada vez menos me sinto atraído por gadgets com acabamento em black piano. Tudo bem, eles são mais bonitos e vistosos, mas em contrapartida aumentam as chances de marcas de uso, sujeira e outros expedientes do uso diário. Logo, eu sempre procuro evitar. E, nesse caso, esse mouse da Logitech ganha pontos comigo por causa disso.

DSC07302

O aspecto final do produto passa a sensação de um acessório bem construído. Não se vê parafusos no produto, e só há um (teórico) ponto de desencaixe, que deve ser feito com uma chave de fendas, para uma eventual manutenção. Como estamos falando de um mouse óptico (graças a Deus), eu só imagino que o usuário terá a necessidade de desmontar o produto quando precisar mesmo consertá-lo e nada mais (e se precisar).

O design curvado favorece uma pegada confortável, não só para o manuseio do ponteiro na sua movimentação, mas também para o acesso dos botões laterais e atalhos superiores. Mostrarei o que esses botões fazem mais adiante.

DSC07306

O disco de rolagem possui um tamanho razoável, muito próximo ao tamanho do disco do mouse que utilizo aqui no escritório. Ou seja, nesse aspecto, a experiência de uso deve ser a mesma que você já possui. Mas vale apenas como registro. O principal destaque desse mouse não é bem esse.

DSC07315

A graça do Logitech Optical Gaming Mouse G400 começa aqui. Esses botões de + e – fazem o controle da sensibilidade de movimento do mouse. Com isso, a velocidade do mouse pode ser facilmente ajustada durante o jogo, com quatro configurações pré-definidas (3600 dpi, 1800 dpi, 800 dpi e 400 dpi). O botão com os dois quadrados sobrepostos ajusta automaticamente o mouse para a resolução de 800 dpi.

DSC07319

Esses botões na lateral do mouse oferecem as funções de voltar e avançar nas páginas do seu navegador web, ou com a utilização de outros programas em específico.

DSC07325

Os botões laterais ficam muito bem posicionados, permitindo um acesso perfeito através do polegar. Mas, lembrando: isso, se você for destro. Se você é canhoto, esqueça: ou usa o dedo anelar para acessar esses botões laterais, ou simplesmente não terá acesso a esse recurso (acredito que a Logitech tenha pensado em uma versão desse mouse para os canhotos).

DSC07320

O mouse em si oferece uma ótima pegada. Como disse lá atrás, o seu formato é bem anatômico, oferecendo uma bela pegada para quem vai precisar utilizar o produto por várias horas, deixando o botão esquerdo (que é sempre o mais utilizado) mais elevado que o direito, auxiliando ainda mais na sua ergonomia.

DSC07329

Com isso, independente do uso que você vai dar ao produto (jogar por várias horas ou trabalhar o dia inteiro), o acessório da Logitech oferece pelo menos o conforto necessário para realizar essa atividade. Sem falar que o produto se ajusta perfeitamente às características das mais novas versões do Windows (7 e 8). DSC07333

Visão geral da parte inferior do Logitech Optical Gaming Mouse G400. Observe para os três apoios que deixam a parte inferior do mouse livre do contato com a superfície, tornando o seu manuseio algo ainda mais confortável.

DSC07337

Agora, o mouse em funcionamento.

O periférico da Logitech é do tipo Plug and Play, dispensando a utilização de softwares específicos ou drivers próprios para funcionar diretamente com o sistema operacional. Para a maioria das atividades que você vai utilizar o periférico, ele vai funcionar apenas conectando o mouse à porta USB do computador. Então, é só esperar o Windows identificar o periférico, e começar a utilizar.

Apenas em casos muito específicos (como por exemplo para a configuração da resolução do mouse), você vai necessitar instalar o software oferecido pela Logitech. No meu caso, não foi necessário para nenhuma das atividades exercidas. Logo, acredito que para a maioria dos usuários também não será necessário, o que é uma boa notícia.

Com uma velocidade de resposta de 1 milissegundo, esse mouse tem um desempenho muito bom. Ele é suave para a movimentação do ponteiro do mouse durante o uso com o sistema operacional, e nos jogos, teve um desempenho muito bom, mesmo em jogos com diferentes desempenhos de resolução de tela. Os botões de ação contam com uma boa resposta aos comandos, não detectando nenhuma anormalidade. Alguns usuários podem achar que os botões de comando são um pouco frágeis para um uso mais intenso, mas não foi essa a impressão que tive. Bom, pelo menos depois de quase um mês de uso, entendo que essa “fragilidade” está mais na conta da leveza dos seus materiais.

DSC07310

Por fim, o Logitech Optical Gaming Mouse G400 está APROVADO. É um mouse mais simples do que os concorrentes mais populares de sua categoria, mas nem por isso é um produto que faz feio no uso diário. Até mesmo os gamers mais exigentes podem considerar essa escolha como válida para suas jogatinas eventuais. Para a maioria dos gamers casuais ou intermediários, é uma excelente opção, cobrindo todas as necessidades mais básicas de entretenimento ou de produtividade.

ASUS VivoPC e VivoMouse oferecem um belo design para a sala de sua casa

by

ASUS_VivoPC_VivoMouse

Nem só de tablets e ultrbaooks vive a ASUS na Computex 2013. Eles também apresentaram alguns desktops e produtos para o entretenimento doméstico, onde destacamos inicialmente esse rival para o Mac Mini. O VivoPC foi apresentado com o seu controle remoto híbrido VivoMouse, o novo desktop é um media center com sistema Windows. Já o periférico VivoMouse tenta combinar as vantagens de um mouse, um touchpad e um controle remoto.

A ASUS não apresentou todos os detalhes das especificações do VivoPC, mas é muito provável que o produto conte com um processador Intel. Também foi dito que o produto é atualizável, com componentes como processador, armazenamento e RAM podendo ser trocados no futuro. Como padrão, o VivoPC oferece um conector SATA de 6 GB/s.

ASUS-VivoPC_2

Em termos de conectividade, temos o WiFi a/b/g/n, slot para cartões SD, duas portas USB 3.0, quatro portas USB 2.0 e porta HDMI. Conta ainda com saída de áudio ótico digial, porta VGA, porta Ethernet e entradas e saídas de áudio. A ASUS está propensa a utilizar o sistema de áudio SonicMaster, para posicionar o produto como a melhor opção possível para conectar ao áudio de sua casa sem a intervenção de fios.

ASUS-VivoMouse_2

Já o ASUS VivoMouse é um periférico que conta com um touchpad na sua parte superior, e atua como mouse na parte inferior. Com isso, ele pode interagir melhor com a interface do Windows 8, além de poder atuar como um controle remoto tradicional, com funções de play/pause, avanço e retrocesso da programação vista do media center.

Os dois produtos contam com previsão de lançamento para o terceiro trimestre de 2013. Sem preços anunciados.

Via SlashGear

Mouse oficial do filme Homem de Ferro é lançado (e não, ele não é um mouse de ferro)

by

ironmanmouse

Homem de Ferro 3 é o filme que todo mundo quer ver. É aquele que vai praticamente abrir a temporada de blockbusters nos Estados Unidos, aproveitando o período de férias escolares e do início do verão que se aproxima. Logo, não é nenhuma novidade ver alguns produtos licenciados do filme pela internet, como esse mouse da fabricante japonesa E-3LUE.

Eles contaram com a ajuda e permissão da Marvel para lançar no mercado um mouse inspirado em Iron Man. Como você pode comprovar pela imagem acima, o dispositivo se mantém fiel à estética do herói mais descolado de Os Vingadores, e serve não só para combinar com o fundo de tela do seu computador, mas principalmente para chamar a atenção no escritório.

O mouse funciona com duas pilhas AAA, conta com uma resolução de 1.000 pontos por polegada, e seu preço é de aproximadamente US$ 113 (já convertidos). Antes que eu me esqueça (e antes que você me pergunte): não, ele não é feito de ferro ou algum material metálico. Aqui, encontramos um bom e velho mouse de plástico mesmo.

Por enquanto, não sabemos se ele será vendido em outros países, mas não deixa de ser um item interessante para comemorar a chegada de Homem de Ferro 3 aos cinemas.

Via E-3LUE, Engadget

[Gadgets do Dia] 20 de setembro de 2012

by

Iniciamos um novo segmento no TargetHD. Para oferecer uma maior dinâmica nos posts do blog, e para reforçar o objetivo de divulgar a maior quantidade de novos e interessantes gadgets ao redor do mundo, criamos um post diário, chamado Gadgets do Dia, que mostra para você no final do dia alguns dos pequenos lançamentos que aparecem ao redor do planeta.

Começo por esse mouse da HP, que é o primeiro mouse com tecnologia NFC da fabricante. Caso você queira utilizar o produto de forma “convencional”, ele ainda conta com conectividade Bluetooth. Chega ao mercado em novembro. Preço: US$ 39. (via Engadget)

Esse é o teclado Microsoft Sculpt Comfort Keyboard, que é sem fio, compatível com o Windows 8, e se destaca por sua barra de espaço dividida em dois, permitindo que o usuário programe a barra da esquerda como barra de retrocesso, já que a Microsoft entende que 90% das pessoas utilizam exclusivamente o polegar direito para digitar espaços. Também é compatível com o Windows 7 e Vista (esqueça o Windows XP nesse caso). Disponível “em breve” nos Estados Unidos. Preço: US$ 60. (via Microsoft)

Esse aqui é um gadget nobre. O Keruve 2013 é um sistema de identificação GPS, integrado em um relógio, que é capaz de localizar os pacientes vítimas do Mal de Alzheimer. O sistema pode delimitar uma área de segurança para o paciente. Se ele sai dessa área, um alarme avisa os familiares. O software do sistema é compatível com dispositivos Android, iOS e Windows Phone. Será lançado no próximo mês de outubro. Seu preço não foi informado. (via Keruve)

Esse aqui é o Onkyo DS-A5 iPod/iPhone/iPad Docking Station, que oferece o streaming de conteúdos de áudio e vídeo armazenados no dispositivo. O produto também atua como ponte do AirPlay para se comunicar com outros dispositivos de entretenimento, além de poder compartilhar o seu conteúdo através da rede doméstica (reprodução apenas).

O produto conta com saída A/V, para você conectar na sua televisão, e vem com controle remoto universal. A Onkyo afirmou que trabalha em uma versão compatível para o iPhone 5 do produto. Até lá, o jeito é utilizar os diversos adaptadores que estarão disponíveis no mercado em breve. O Onkyo DS-A5 chega ao mercado em outubro, por um preço de US$ 199. (via SlashGear)

A Multilaser também anunciou o lançamento de fones de ouvido com conexão P2, com acabamento metálico e quatro opções de cores diferentes (preto, prata, azul e pink), e preço sugerido de R$ 24.90. (via assessoria de imprensa)

A New Link anunciou a chegada no Brasil do mouse sem fio Start, com frequência de 2.4 GHz (10m de distância do receptor), compatibilidade com Windows XP, Vista, 7 e Mac, funciona com uma pilha AA e tem preço de R$ 39.90. Disponível no Brasil a partir da segunda quinzena de setembro. (via assessoria de imprensa)

Por fim, temos a Popinator, que é apenas um fruto de uma fantasia, mas que poderia ser real. É uma pipoqueira que funciona por comando de voz. Basta você dizer “pipoca”, e elas começam a voar para a sua boca, como passe de mágica, a uma distância mágica de 15 pés de distância. Como é um projeto, ele não tem preço, nem data de lançamento. Mas fico na torcida para que esteja na minha casa um dia.

Thermaltake e BMW lançam o cybermouse para gamers Level 10 M

by

Acredite se quiser, mas o mouse Level 10 da Thermaltake é um produto real, e não fruto da mente de um estudante de designer gráfico com muitas horas de Starcraft. Apresentado na CeBIT 2012, o impressionante mouse criado com a ajuda da BMW DesignworksUSA (que já foi parceria da Thermaltake na criação do gabinete Level 10), chegou à linha de produção com os seus cinco botões programáveis, e a tecla especial para trocar de perfil de jogo.

O certo é que o Level 10 M não mudou muito (para não dizer que não mudou nada) desde a última vez que apareceu, de forma que segue mantendo o seu perfil que facilita a transpiração durante as longas seções de jogo, um sensor de 8.200 DPI, com calibração de série para 5.000 pontos, além de manter a sua estrutura de alumínio, regulável pelo usuário no seu ângulo e altura, para se moldar melhor às mãos do jogador.

Segundo a Thermaltake, seu mouse futurista já está disponível “na grande maioria das lojas online dos Estados Unidos, Europa e Ásia), mas por enquanto só temos o seu preço nos Estados Unidos (US$ 99).

Via Engadget

Review | Mouse para games Razer Naga MMOG

by

Mais um review da Razer no TargetHD. Mesmo porque, para quem se dedica ao mundo dos jogos no PC, não vale de muita coisa ter um teclado completo e cheio de recursos se o seu mouse não acompanhar a boa performance. Por isso, apresento para vocês o mouse para games Razer Naga MMOG, que deve fazer a alegria dos jogadores de MMORPG, que passam madrugadas inteiras diante do computador, eliminando os adversários.

Mais uma vez, vale aqui o registro: apesar de, na teoria, ele funcionar como um mouse como outro qualquer, na prática, o Naga foi feito para os gamers. Com uma grande gama de recursos dedicados para aumentar as habilidades e performance durante as partidas, você tem um periférico totalmente otimizado para ser configurado como uma ferramenta de entretenimento. Se você me perguntar se ele funciona como um mouse comum, a resposta é “sim”, mas honestamente, não acredito que alguém vai realmente aproveitar de todos os recursos que o produto oferece apenas para usá-lo como mouse para um uso convencional. Logo, pense nesse mouse como um investimento específico para os gamers de plantão.

A primeira coisa que chama a atenção no Razer Naga é a sua estrutura externa. Muito bem acabado, com um material emborrachado, que deixa o produto confortável nas mãos para longas horas de uso. Seus botões principais de ação estão integrados ao corpo do periférico, e seus botões suplementares estão bem separados, o que facilita a identificação desses botões durante o uso em ambientes com baixa luminosidade. Além disso, a roda de scroll central (de rolagem) possui um acabamento em relevo, que se não é um detalhe que pode fazer a diferença para alguns, ao menos se alinha com toda a proposta de conforto do produto.

Outro detalhe do seu acabamento, com sua lateral em tom black piano. Bom, ao menos fica em uma área das mãos que não estão em contato constante com o produto, reduzindo as chances de sudorese. Aqui, as laterais das mãos ficam apenas apoiadas, e ainda assim, de forma leve.

Aqui, temos um diferenciais de um mouse dedicado aos games para um mouse comum, feito para você jogar paciência. Esses dois botões podem ser programados para diferentes ações, e isso pode resultar em um ganho significativo de performance durante o jogo que você está jogando. Por exemplo. se você está em um jogo de tiro, você pode programar um dos botões para uma troca rápida de arma, e outro, para recarga das balas da arma utilizada. É muito mais intuitivo e prático do que você recorrer sempre ao teclado. Além disso, toda a ação fica em uma das mãos, deixando a outra para direcionar o objeto. Isso é quando o jogo não oferece a possibilidade de controlar tudo pelo mouse.

Outro grande destaque do Razer Naga é esse teclado numérico na lateral. Muitos jogos dispõem seus recursos e configurações de ajustes do jogo no teclado numérico do computador, e em diversas oportunidades, você corre o risco de quebrar o ritmo do seu jogo ao tirar uma das mãos do mouse e/ou teclado para acionar um comando do teclado numérico. Logo, nada melhor do que contar com essa praticidade ao seu alcance, evitando assim que você perca alguns décimos de segundo preciosos, que podem ser melhor aproveitados eliminando o seu adversário, por exemplo.

Foto de perfil do Razer Nagra, para que você possa ter uma ideia do quão anatômico ele pode ser na sua mão.

Aqui, mais um detalhe de acabamento do produto, com o logo da Razer na parte traseira. É mais um detalhe de acabamento, mas que mais para frente terá algum efeito prático. Na verdade, visual.

Uma visão geral da parte traseira do mouse.

O mouse Razer Naga possui uma resolução de 5.600 dpi, que pode ser ajustada de acordo com a necessidade do usuário. Além disso, seu tempo de resposta é de apenas 1 milissegundo, e com o recurso de perfis ilimitados de personagens, em parceria com o Synapse 2.0, você pode inclusive manter esses perfis salvos na nuvem, para que quando você utilizar o periférico em qualquer outro computador do planeta, você possa contar com as mesmas configurações do equipamento que você tem em casa. Além disso, dependendo da situação, você pode ajustar o teclado numérico da lateral para diferentes situações, assim, como os botões personalizados. No total, o Razer Naga possui 17 botões otimizados para jogos, principalmente para jogos de tiro e MMORPG.

Ok, liguemos o mouse. Lembra daquela logo na parte traseira do periférico? Então…

Assim como o teclado Razer que nos já mostramos aqui no TargetHD, o Razer Naga possui detalhes retroiluminados, para fazer a alegria dos jogadores com hábitos noturnos. Além disso, o impacto visual que esse produto causa quando utilizamos ele é bem interessante, e altamente inspirado nos filmes Tron. Para um produto com suas aspirações e objetivos, é algo mais do que necessário. Afinal de contas, os gamers (e geeks em geral) preferem produtos visualmente mais agressivos, ou com um forte impacto visual.

Com essa iluminação em tom azul, a scroll whel não lembra uma roda das motos do filme Tron? Fala a verdade… show de bola!

Quanto ao desempenho geral, o Razer Naga é mais um que cumpre o seu papel de forma impecável. Mesmo durante o uso “normal” (em atividades de escritório ou multimídia), a performance do mouse é muito boa, com um arrastar agradável. Você quase não sente o mouse quando opera com ele, com alta sensibilidade do ponteiro do mouse. A roda de rolagem é bem eficiente, e você pode ficar por horas trabalhando com ele, que o conforto é pleno. É o mouse ideal para quem realmente vai jogar por horas a fio, e precisa de um acessório poderoso para melhorar o seu jogo.

E, tal como fizemos no review do teclado, vamos mostrar o resultado final desse recurso de iluminação do mouse em ambientes escuros, que é onde realmente ele se faz necessário.

Por fim, o mouse para games Razer Naga MMOG está APROVADO. É um produto que, mesmo lançado em 2010, se mantém atual nos seus recursos, e pode ser muito funcional para quem souber explorar suas características. É quase certo que o seu jogo vai melhorar consideravelmente com um periférico como esses (agora, se você for um prego como eu sou em jogos de tiro, esquece, pois nem ele faz milagre…). Seu valor médio no Brasil (pesquisa no Google) é de R$ 420 a R$ 450, logo, o produto deve ser considerado como um investimento a sério. Mesmo que o seu dinheiro não venha de jogar videogames, evite adquirir esse produto como uma peça de recreação. Pense como um acessório para tornar o seu jogo mais produtivo.

Para mais informações sobre o produto, clique aqui.

Microsoft informa detalhes da atualização do controle de gestos do Touch Mouse para Windows 8

by

Para completar a avalanche de novos periféricos para o Windows 8, nada melhor que uma atualização de software para o principal mouse da Microsoft. O pessoal de Redmond anunciou a atualização do Touch Mouse, uma versão do software que vai permitir novos gestos que vão permitir que o usuário mude entre aplicativos abertos e realize o zoom semântico com apenas três dedos. A má notícia é que vamos ter que esperar até outubro para que possamos fazer essas maravilhas com a nova versão do software, uma vez que a Microsoft deixou claro que a nova versão não estará disponível antes do lançamento do Windows 8.

Via Microsoft Hardware Blog

Microsoft lança o Wedge Mobile Keyboard e Wedge Touch Mouse para tablets com Windows 8

by

O iminente lançamento do Windows 8 vem acompanhado de outra série de produtos que, irremediavelmente, inundarão as prateleiras das lojas: os teclados e mouses sem fio. E a Microsoft não quis ficar de fora da festa, de modo que aproveitou a sua vasta experiência no assunto para lanças a suas próprias soluções de teclado e mouse para tablets.

O Wedge Mobile Keyboard e Wedge Touch Mouse são dois periféricos que apresentam um curioso design em concha e conectividade sem fio Bluetooth, e que funcionarão com qualquer tablet com Windows. O teclado oferece um design parecido com o Zaggmate para o iPad, porém, este da Microsoft possui uma carcaça rígida que pode se desprender do teclado, oferecendo assim um prático suporte para o tablet. Além disso, o Wedge Keyboard oferece teclas de acesso direto para funções específicas do Windows 8, e funciona com duas pilhas AAA, sendo compatível com o Windows 7, 8, RT e Mac OS X.

O mouse, por sua vez, também trabalha com conectividade Bluetooth, e oferece a tecnologia BlueTrack do fabricante, permitindo que o acessório possa ser funcional com qualquer tipo de superfície. O produto funciona com apenas uma pilha AA, e é desligado automaticamente quando o tablet em que está emparelhado é desligado.

Os dois produtos estarão disponíveis no mercado “em breve”, segundo informa a Microsoft, e chegarão às lojas com preços de US$ 79,95 e US$ 69,95, respectivamente.

Via Engadget

Genius LuxeMate 8000, um combo de teclado e mouse sem fio para o seu escritório

by

A Genius volta a receber destaque aqui no TargetHD, com uma dupla de periféricos dispostos a ter lugar cativo no seu escritório. Falamos do LuxeMate 8000, um pack composto de teclado e mouse sem fio (2.4 GHz), com alcance de até 10 metros, design ergonômico e tamanho compacto.

O mouse conta com um sensor ótico de 1.200 dpi, sendo ambidestro no seu design. O teclado oferece 12 teclas de acesso rápido para funções especiais, como acesso à internet, e-mails e multimídia. O produto é funcional com três pilhas do tipo AAA, e pode ser encontrado na Europa pelo preço de 29,90 euros.

Via Engadget

Mouse para games Razer Ouroboros muda de formato, para que você jogue com as duas mãos

by

A Razer anuncia o lançamento do mouse para games Razer Ouroboros, que tem como principal característica ser ajustado a qualquer tipo de mão, independente se o usuário for destro ou canhoto, além de recursos ajustados para os gamers mais exigentes.

O periférico foi feito para oferecer “infinitas possibilidades” aos jogadores, e foi desenvolvido em cima do conceito de que “não existem duas pessoas no mundo com o mesmo tamanho de mão; cada jogador tem a sua própria maneira de segurar o mouse”. Pesquisas foram feitas para descobrir os formatos preferidos de mouses ambidestros, e os cientistas e engenheiros da Razer detectaram três fatores para o desenvolvimento do design do produto: comprimento do mouse, curvatura da parte traseira e o perfil da pegada.

O Razer Ouroboros possui então um ajuste para descanso do pulso, com uma margem de alteração em até 20 mm, o que o torna ajustável para os diferentes tamanhos de mão. Além disso, dois painéis laterais intercambiáveis estão presentes para alterar a pegada do mouse, tornando o mesmo compatível com o tipo de envergadura, palma e encaixe personalizado do usuário.

A inclinação da parte traseira do mouse pode ser modificada para garantir o conforto do jogador durante as partidas. O Ouroboros possui também um sensor de até 8.200 dpi, e sua sensibilidade pode ser ajustada através de um botão dedicado. Sua autonomia de funcionamento de bateria (uma pilha AA recarregável) é de 12 horas, e o novo mouse da Razer ainda possui o sistema 4G Dual Sensor, além do recurso gaming-grade e tecnologia wireless com tempo de resposta de 1ms, para que o jogador possa utilizá-lo com ou sem o cabo USB.

Especificações técnicas:

·        Sistema 4G Dual Sensor de 8200 dpi
·        Tecnologia wireless de gaming-grade
·        Razer Synapse 2.0 habilitado
·        11 botões programáveis com tecnologia  Hyperesponse
·        1000 Hz de conexão/1 ms de tempo de resposta
·        200 polegadas por segundo de velocidade de leitura/50 g de aceleração
·        Cabo entrelaçado de fibra com 2.1 m de comprimento
·        Tamanho aproximado: 116 mm to 136 mm (comprimento) x 71 mm (largura) x 42 mm (altura)
·        Peso aproximado: 115g (sem bateria) a 135g (com bateria)

Preço nos Estados Unidos de US$ 139,99. No Brasil, o seu preço sugerido é de R$ 599,00, com previsão de lançamento para outubro de 2012.

Via Assessoria de Imprensa

Gigabyte Aivia Xenon, um mouse com “dupla personalidade”

by

No passado, nós vimos pequenos mouses com configurações muito interessantes, mas nunca algo como o que o Aivia Xenon propõe.

Vindo das mãos da Gigabyte, o curioso “mouse dual” oferece as funções tradicionais do periférico, com sensor laser de 1.000 DPI e gestos multitouch, oferece uma segunda função touchpad, que permitirá fazer o uso do periférico como um pequeno dispositivo sensível ao toque. Por causa de sua superfície plana e os sensores capacitivos, o mouse convive com a tal dupla personalidade, que permitirá o uso do produto em diferentes situações, já que em coma da mesa ou durante uma apresentação, ele pode ser útil e versátil.

Pesando apenas 68 gramas, o produto funciona com duas pilhas AAA, e vem acompanhado de um software que permite a personalização de gestos. Clique aqui para saber mais detalhes sobre o Gigabyte Aivia Xenon.

Via M.I.C. Gadget

SteelSeries busca seduzir os fanáticos de World of Warcraft com um novo mouse

by

A SteelSeries está disposta a alegrar o mês de junho dos fãs incondicionais de World of Warcraft, com o lançamento de um novo mouse criado para o famoso título. O periférico que você vê nesse post se transforma na mais recente proposta da empresa, e recebe o nome de SteelSeries World of Warcraft Wireless Mouse, e foi desenvolvido em colaboração com a Bizzard Entertainment.

Com 11 botões programáveis, e possibilidade de gerenciar múltiplos macros e perfis ilimitados, o mouse oferece um design ergonômico e cômodo para longas horas de uso, removendo ainda os botões laterais do lado esquerdo para uma melhor performance durante as partidas.

Na parte técnica, informamos que o modelo conta com um sensor que oferece 12.000 fps, uma bateria de 16 horas de autonomia (já que é um mouse sem fio) e é compatível tanto com Windows como Mac.

O novo SteelSeries World of Warcraft Wireless Mouse não chega às lojas (físicas ou virtuais) até aproximadamente o meio do ano. Seu preço sugerido é de US$ 129,99.

Via SteelSeries

Logitech apresenta o novo mouse para gamers G600 MMO Gaming Mouse

by

O mouse Razer Naga MMO acaba de receber um concorrente tão extravagante quanto. Pensando nos viciados em jogos MMORPGs, que nunca contam com botões suficiente no mouse, a Logitech anunciou o seu novo G600 MMO Gaming Mouse, dotado de 12 botões específicos (20 no total) com o seu próprio sistema de iluminação RGB para essas longas seções de jogos noturnos.

Obviamente, todos esses botões são programáveis, e além do software incluso, ele suporta três perfis diferentes de série, para que você possa alternar entre personagens e até jogos diferentes de forma prática e cômoda. A sua sensibilidade também pode ser ajustada (de 200 a 8200 dpi), e incorpora um longo cabo de dois metros.

Preço de 80 euros, disponível nas cores preto e branco. Abaixo, vídeos promocionais do produto.

Via Logitech

Mouse Genius DX-7100 BlueEye não tem medo de nehuma superfície

by

Se você precisa trocar de mouse, e quer um produto simples e não muito caro (e vive na Europa, é sempre bom lembrar), talvez você deva considerar a nova proposta da Genius. A empresa apresentou o DX-7100 BlueEye, um modelo sem fio de 2.4 GHz que, por causa da tecnologia Blue Eye, ele pode funcionar sobre praticamente qualquer superfície, como cristal ou mármore, por exemplo.

Com uma resolução de 1.200 dpi, este periférico conta com cinco botões, sendo dois deles programáveis, e conta com uma autonomia de bateria de aproximadamente seis meses de uso (faz uso de uma bateria AA). Simples, porém, funcional.

Disponível em uma boa quantidade de cores (vermelho, preto, rosa, azul, magenta e verde), já está disponível na Europa, com preço sugerido de 24,90 euros.

Via Engadget

Novos mouses da Microsoft Wireless Mobile Mouse 3500 Artist Edition

by

A Microsoft quis dar um toque diferente nas cores de sua linha de mouses Wireless Mobile Mouse 3500, anunciando o lançamento de uma série especial. A nova safra da linha Artist Edition se apresenta com as mesmas qualidades técnicas já vistas na versão tradicional (conectividade sem fio, receptor nano USB, tecnologia Bluetrack para funcionar sobre praticamente qualquer superfície e autonomia de 8 meses de uso de sua bateria), mas trás como novidade cinco acabamentos originais, desenhados por atristas internacionais.

O produto funciona com pilhas AAA, e são compatíveis com Windwos e Mac. Estarão disponíveis na Europa a partir do dia 21 de março, com preço de 27,90 euros.

Via Engadget

Mouse Thermaltake Level 10 M é apresentado oficialmente na #CeBIT2012

by

A Thermaltake levou para a CeBIT 2012 o Level 10 M, que é uma evolução do mouse Level 10, apresentado na CES 2012. O design é fruto de uma parceria com a BMW DesignworksUSA, e apresenta características próprias de um periférico de complexas funções, orientado exclusivamente para os usuários mais exigentes.

O mouse oferece quatro botões configuráveis, através de um aplicativo e um pequeno joystick, que amplia o número de macros disponíveis. Porém, o maior protagonista do produto é o seu sistema de calibração com eixo 3D, que permite a altura do mouse (em até 5 milímetros) e a inclinação lateral (5 graus, da direita para a esquerda), melhorando assim o agarre do periférico.

O produto também conta com um pequeno relevo na sua superfície, que ajuda a refrescar (?) a palma da mão, passando também a luz do logotipo do periférico (essa luz pode ser personalizável). Seu sensor é de 8.200 DPI, podendo ser ajustável nas resoluções 800, 1.600, 3.200 e 5.000 DPI.

Via Engadget

Genius Ring Presenter, um mouse-anel que se mostra renovado na #CeBIT2012

by

A Genius apresentou na última IFA o Ring Mouse, que é uma espécie de mouse em forma de anel, ideal para a realização de apresentações. Pois bem, o curioso dispositivo se renovou, com um design mais atual (além de colorido) na CeBIT 2012.

O Ring Presenter, que conta com frequência de 2,4 GHz, e tem um alcance de 10 metros, contando agora com cinco botões de ação e com o mesmo trackpad ótico na parte superior. Se ajusta perfeitamente aos dedos, e inclui um ponteiro em laser, que pode ser acionado através de um pequeno switch localizado na lateral do produto.

O produto está disponível em várias cores a escolher (preto, azul, dourado, rosa, marrom, verde e prata), e tem preço sugerido de 65 euros.

Via Engadget

Roccat mostra o mouse híbrido Savu

by

A Roccat apresenta o Savu, um mouse que eles garantem que foi fabricado com “os componentes de mais alta qualidade”, para garantir um funcionamento sempre adequado. Algo curioso de se citar é a opção “façanhas de jogos”, que tem a ver com pontuações ortogradas, depois de cumprir certas ações, como por exemplo, chegar a mil pulsações do botão direito em uma hora. Ou por estilo, que não fica muito claro nas suas descrições técnicas.

Entre suas características, incluímos um sensor ótico com resolução de 4.000 DPI, botões personalizáveis com a tela Shift e várias cores. Ou seja, nada muito fora do normal. Chegará ao mercado em maio por um preço que ainda não foi revelado, e será exibido durante a CeBIT 2012.

Via Roccat

Logitech M187, um mouse que você não vai notar em seu bolso

by

A Logitech apresentou um novo mouse, com dimensões reduzidas, que deve se transformar em um companheiro inseparável do seu notebook. O novo mouse M187 oferece a ergonomia de um mouse convencional, com a peculiaridade de poder levá-lo de forma cômoda no bolso da calça.

O mouse é do tipo sem fio, e funciona com um receptor de 2.4 GHz do tipo Unifying, que poderá ser guardado no interior do dispositivo, para evitar perdas. O novo mouse da Logitech chega ao mercado internacional ainda neste mês de fevereiro, com o atraente preço de 19,99 eiuros.

Via Logitech

Logitech M600, um mouse sensível ao toque, com um design muito interessante

by

É possível que você deseje novas experiências com o seu mouse, e a Logitech pode te oferecer isso, através do M600. Esse periférico conta com uma superfície sensível ao toque, que substitui os clássicos botões que estamos acostumados. O mouse conta com um software da própria Logitech, chamado Flow Scroll, que imita a mesma sensação de deslizar em uma tela de um smartphone. Você pode até acariciar a parte superior do dispositivo, para poder navegar na web ou visualizar fotos. O M600 é um mouse ambidestro, e seu software permite a reconfiguração para destros e canhotos. Chega ao mercado neste mês de fevereiro, com um preço sugerido de 69,99 euros.


Via Logitech