Arquivo para a tag: mobile world congress 2016

Os vencedores e perdedores da MWC 2016

by

mwc-2016-logo

A Mobile World Congress 2016 chegou ao fim, e contamos no TargetHD algumas das novidades anunciadas em Barcelona, com apresentações, anúncios, vídeos e fotos. Foram dias intensos, e chegou a hora de fazer uma pequena leitura dos vencedores e perdedores da feira de mobilidade.

 

Os vencedores da MWC 2016

 

A Samsung e o seu show de Realidade Virtual

samsung-unpacked-2016-360-graus-04

Não se falou de outra coisa. A Samsung foi a estrela do dia 21 de fevereiro, quando eles apresentaram os novos Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge, em um evento Unpacked para 5 mil pessoas com os seus óculos de Realidade Virtual, presenteando cada um dos presentes com uma unidade do periférico. E, como cereja do bolo, contaram com a participação surpresa de ninguém menos que Mark Zuckerberg (CEO do Facebook).

 

Os módulos do LG G5

lg-g5-oficial-render-04

Nem todos aceitam a ideia de utilizar módulos em um smartphone, mas ao menos a LG fez com que todos se interessassem pelo LG G5 também por isso. Os coreanos arriscaram, e conseguiram um equipamento bem pensado, oferecendo ao usuário poder de personalização do smartphone com adicionais interessantes, como o adaptador de áudio da Bang & Olufsen. O preço desses módulos será determinante para o seu sucesso ou fracasso, mas ao menos a ideia é muito interessante sob vários aspectos.

 

O Xperia XA da nova família de smartphones da Sony

sony-xperia-x-mwc-2016-03

A Sony apresentou na MWC 2016 uma nova família de smartphones, a Xperia X. São três novos modelos, sendo o mais atraente o Xperia XA, um modelo que será mais barato que seus concorrentes, mas com uma ficha técnica bem decente, inclusive mais atraente que a dos seus dois irmãos, o Xperia X e o Xperia X Performance. O Xperia XA pode ser o modelo que pode ser a salvação da lavoura para a Sony. Resta saber quanto a brincadeira pode custar.

Hugo Barra e o seu Xiaomi Mi 5

xiaomi-mi5-final-27

Poucas podem se dar ao luxo de fazer um evento na MWC em uma quarta-feira, depois de todo mundo, e ainda sair vitoriosa. A Xiaomi mostrou o seu poder de fogo, com um Hugo Barra que soube vender mais um grande smartphone. O Xiaomi Mi 5 tem tudo para ser um sucesso de vendas.

 

A Realidade Virtual

htc-vive-consumer-press-shots-1-1

Nem os próprios desenvolvedores de Realidade Virtual imaginavam uma MWC tão produtiva para eles. O momento é dessa tendência, e várias empresas apresentaram seus acessórios para smartphones na MWC 2016, ao mesmo tempo que empresas como HTC reafirmaram sua aposta nessa tecnologia. Agora, resta esperar que os preços desses acessórios se normalizem para que o grande publico possa comprar esses produtos.

 

Os perdedores da MWC 2016

 

A linha Xperia Z da Sony, e o seu desaparecimento incerto

sony-xperia-z5-family

O lançamento da nova linha Xperia X deixou a todos com uma pulga atrás da orelha. A nova linha tinha qualidades que a aproximava dos últimos três modelos da linha Xperia Z, e em alguns casos superavam com melhorias consideráveis (câmera e processadores mais potentes). Inicialmente, a Sony disse que as duas linhas iriam conviver juntos por um tempo incerto, e estavam destinadas a públicos distintos.

Porém, isso não era 100% certo. Um porta-voz da Sony confessou posteriormente que a linha Xperia Z iria desaparecer, e que o Xperia Z5 era o último modelo inédito dessa família. Ou seja, esqueça um Xperia Z6: a Xperia X é a nova linha que a Sony quer tentar colocar em seu bolso. Veremos se uma mudança de nome era tudo o que a Sony Mobile precisava.

 

Microsoft, e seus smartphones de entrada

microsoft-lumia-650-oficial-04

Tudo ia (mais ou menos) bem até que a Microsoft decidiu lançar um novo smartphone. E no lugar de lançar um modelo mais potente ou próximo do Lumia 950 e Lumia 950 XL, a gigante de Redmond optou por anunciar dias antes da MWC 2016 o Lumia 650. O resultado: uma expectativa bem mais baixa e pouca emoção de uma empresa que precisa tornar o Windows 10 Mobile algo evidente e presente no mercado. Bom, menos mal que a HP tentou salvar a lavoura.

 

A cidade de Barcelona

503462761

A GSM Association tem a sorte de poder realizar a MWC em uma das cidades mais bonitas do planeta, Barcelona (Espanha). Infelizmente, a situação da cidade não foi a ideal durante o evento, com problemas nos transportes públicos que provocaram um colapso no tráfego, influenciando negativamente na perspectiva da cidade manter o evento.

Apesar de Barcelona ter um contrato com a GSM até 2023, o mesmo poderia ser revogado por descumprimento do mesmo diante do caos vivido na semana do evento. Seria uma pena se isso acontecesse, sem falar na perda de injeção econômica que a cidade deixaria de receber (estimada em 436 milhões de euros em 2015).

 

Nós mesmos

mark-zuckerberg-samsung-unpacked

A imagem acima é, provavelmente, a foto da MWC 2016. Registrada por Nicolas Debok e compartilhada por todo mundo, podemos ver aqui como Mark Zuckerberg entra no evento da Samsung e indo para o palco por um dos corredores do recinto.

Ao seu redor, milhares de pessoas permanecem sentadas com os seus óculos de Realidade Virtual, conectadas, absortas em um mundo de mentira e sem saber que o CEO do Facebook estava passando a poucos metros deles. Só descobriram isso depois. Bem depois.

Preciso explicar mais?

Os vencedores do Global Mobile Awards 2016

by

lg-g5-final-09

A GSM Association anunciou os vencedores do Global Mobile Awards 2016, que destaca os principais lançamentos anunciados durante a Mobile World Congress 2016.

Nesse ano, o grande vencedor como melhor smartphone do evento foi o LG G5, algo que certamente é bem merecido, por ser um modelo inovador, e que deve ajudar nas credenciais do produto quando o mesmo chegar ao mercado. O Magic Slot certamente ajudou nesse prêmio: o sistema permite a troca de bateria em segundos, além de permitir a implementação de outras funções interessantes no futuro.

Em outras categorias, o Galaxy S6 Edge foi eleito o melhor smartphone de 2015, o Surface Pro 4 o melhor tablet, o Xiaomi Redmi 2 ficou com o prêmio de melhor smartphone abaixo dos US$ 100 e o Samsung Gear 2 como melhor dispositivo eletrônico conectado de consumo.

A lista completa de vencedores do Global Mobile Awards 2016 pode ser encontrada nesse link.

MWC 2016: todos os horários dos eventos dos principais fabricantes

by

mwc-2016-logo

Mais um ano, e mais um ano a Mobile World Congress (MWC) faz com que os olhos do mundo conectado se voltem para Barcelona (Espanha). Entre os dias 22 e 25 de fevereiro, o evento mundial dedicado ao mercado de telefonia teve nos seus últimos anos o auge dos smartphones, se transformando em um dos encontros tecnológicos mais importantes do ano, ao lado da CES e da IFA.

Esse post faz uma compilação dos horários dos principais eventos e apresentações da feira. Um detalhe importante: boa parte das coletivas acontecem ANTES do início da MWC 2016, sendo que o primeiro evento é o da Alcatel, que acontece amanhã (20). No domingo, temos o tão esperado duelo entre Samsung e LG, mas outros fabricantes também receberão atenção com algumas apresentações. E ao longo da semana, outros eventos estão agendados.

Lembrando: nesse final de semana (de 20 para 21 de fevereiro), o horário de verão chega ao fim no Brasil. Todos os horários da lista são de Brasília, e no domingo, já estamos considerando a mudança de horário.

Lista a seguir:

– Sábado (20), 15h: Alcatel
– Domingo (21), 10h: Huawei
– Domingo (21), 10h: LG
– Domingo (21), 11h30: ZTE
– Domingo (21), 15h: Samsung
– Segunda (22), 4h30: Sony
– Segunda (22), 7h: BQ
– Terça (23), 12h: Wolder e Remix OS
– Quarta (24), 5h: Xiaomi
– Quarta (24), 6h: Jolla/Sailfish

LG X cam e LG X screen, novos smartphones “especialistas”

by

lg-linha-x

A LG não quis esperar o início da Mobile World Congress 2016, e confirmou a existência de sua nova série de smartphones de linha média. A linha X é composta por dois modelos, o LG X cam e o LG X screen, e é uma série pensada nos usuários que não precisam de um top de linha, mas não querem renunciar a elementos específicos, como uma boa tela ou uma câmera de qualidade.

O LG X cam possui um processador octa-core a 1.14 GHz, tela de 5.2 polegadas (1080p), 2 GB de RAM, 16 GB de armazenamento, bateria de 2.520 mAh e câmeras dual traseira de 13 MP e 5 MP, e câmera frontal de 8 MP. Essa câmera dual deve ser capaz de capturar imagens em gran angular ou realizar efeitos de desfoque (não consideramos a possibilidade do 3D nesse modelo). Sua espessura é de 5.2 mm, e o seu peso é de 118 gramas.

Por outro lado, LG X screen possui um processador quad-core de 1.2 GHz, tela de 4.9 polegadas (720p), tela secundária de 1.76 polegadas (520 x 76 pixels) – similar ao do V10, com o modo Always On -, 2 GB de RAM, 16 GB de armazenamento, bateria de 2.300 mAh e câmeras de 13 MP e 8 MP. A tela secundária oferece acesso aos aplicativos mais frequentes, consulta a informações úteis o executar determinadas funções. Sua espessura é de 7.1 mm.

Os dois modelos contam com o Android 6.0 Marshmallow e serão apresentados oficialmente no dia 22 de fevereiro, um dia depois do anúncio do LG G5. Devem chegar ao mercado em março. Preços não foram revelados.

Via GSMArena

O primeiro tablet Ubuntu está quase pronto, e pode se transformar em desktop

by

convergence

A MWC 2016 não será protagonizada apenas pelos smartphones. Também há espaço para os tablets, especialmente esse, que tem tudo para atrair os holofotes. O Aquaris M10 Ubuntu Edition, da BQ é uma versão adaptada do modelo já disponível no mercado, mas sendo o primeiro hardware de consumo com Ubuntu que pode atuar como PC quando conectado ao teclado, mouse e monitor.

Uma vez conectado aos periféricos, qualquer usuário pode acessar a sua interface, aproveitando da multitarefa, da execução de aplicativos de desktop e o gerenciamento de apps móveis instalados, em uma experiência que a Canonical chama de “Convergence”.

Na verdade, o tablet da BQ vai oferecer o que a Microsoft chama de Continuum nos seus smartphones com Windows 10. A ideia é quem um usuário possa ter um dispositivo móvel com um sistema bom o suficiente para ser utilizado como desktop quando conectado a um monitor.

aquaris-m10-ubuntu

Sobre suas especificações técnicas, estamos diante de um tablet com tela de 10 polegadas (1280 x 800 pixels), processador MediaTek quad-core e 2 GB de RAM. Sua bateria é de 7.280 mAh, e conta com tecnologia de áudio Dolby Atmos.

Agora, resta ter um pouco mais de paciência para ver o produto como oficialmente anunciado.

Via Canonical

LG G5 terá lançamento antecipado, para bater de frente com Galaxy S7 na MWC 2016

by

lg-g5-day-mwc-2016

A LG acabou de publicar na sua conta do Facebook a confirmação para um evento no dia 21 de fevereiro (domingo), onde o LG G5, novo modelo top de linha da empresa, será apresentado. Com isso, está confirmada a mudança de estratégia dos coreanos, já que no ano passado eles não apresentaram nenhum modelo top de linha na Mobile World Congress.

O objetivo principal da LG com essa iniciativa é bater de frente com a Samsung, que vai apresentar no mesmo dia os novos Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge, em mais uma edição do Samsung Unpacked. Tradicionalmente, os coreanos figuravam sozinhos no evento que antecipava o início da MWC, mas agora eles terão uma concorrência de peso. Além dos novos smartphones, o Gear 360, câmera de realidade virtual, também deve ser apresentado pela empresa.

Sobre os rumores envolvendo o LG G5, se destacam a integração de duas telas no estilo LG V10 e um módulo para conectar acessórios, além de melhorias na câmera, tela e mudança nos materiais, indo além do acabamento metálico.

Samsung Gear 360, câmera de realidade virtual que pode ser apresentada com o Galaxy S7

by

Samsung Gear 360-01

A Samsung pode em breve complementar a sua aposta na realidade virtual, iniciada pela Gear VR. Ao que tudo indica, os sul-coreanos vão lançar a câmera Samsung Gear 360, uma câmera para conteúdos em 360 graus, que seria apresentada no mesmo dia do anúncio do Samsung Galaxy S7, em 21 de fevereiro.

A câmera não é surpresa, já que seu anúncio em forma de desenvolvimento com o nome Project Beyond foi feito em 2014. Mas agora parece que o projeto está pronto, e verá a luz durante a Mobile World Congress 2016, isso é se nos basearmos no teaser do Samsung Unpacked 2016.

O Samsung Gear 360 (SM-C200) pode ser uma opção acessível para qualquer pessoa gravar conteúdos para realidade virtual, se conectando ao nosso smartphone via Bluetooth, com um app para controlar a câmera e gerenciar conteúdos. Por enquanto, não são revelados os smartphones compatíveis com a câmera, mas é óbvio que o Galaxy S7 é um deles.

Samsung Gear 360-02

Sobre as suas especificações, os rumores falam de uma resolução de 35 megapixels (3840 x 1920 pixels) nas gravações em 360 graus com dupla lente olho de peixe, ou de 1920 x 1920 pixels nos vídeos gravados com uma só lente. Não são revelados detalhes de sua bateria, que ao que parece seria recarregável, assim como os métodos de armazenamento.

Sobre o conteúdo, ele poderia ser visto diretamente no smartphone ou com o Gear VR, mas não há indícios que esse material pode ser enviado para outros dispositivos.

 

Via SamMobile

Um Xiaomi Mi5 com Windows 10?

by

xiaomi-mi5-teaser

É o que dizem. Especula-se que a Xiaomi planeja lançar uma versão do Xiaomi Mi5 com Windows 10, oferecendo assim duas versões do mesmo dispositivo (a outra versão seria, obviamente, com o sistema Android).

O movimento não surpreenderia, já que a própria Xiaomi já oferece uma ROM do Windows 10 para o Xiaomi Mi4. Porém, dessa vez, a estratégia seria a mesma adotada com o recém lançado tablet Xiaomi MiPad 2, com o lançamento de duas versões do mesmo produto. O lançamento dos dois modelos seria feito no dia 24 de fevereiro, durante a Mobile World Congress 2016.

Os recentes vazamentos de benchmarks do Geekbench indicavam duas configurações e dois tamanhos diferentes. Já as informações de hoje falam de dois modelos idênticos ao hardware, diferenciando-se apenas no sistema operacional. Logo, suas especificações poderiam ser as seguintes:

– Tela de 5.2 polegadas (QHD, 554 ppp), com 76,96% de área útil na parte frontal
– Processador Qualcomm Snapdragon 820 (4 núcleos Kyro a 2.5 GHz) com GPU Adreno 530
– 4 GB de RAM LPDDR4
– 16 GB e 64 GB de armazenamento (expansíveis via microSD)
– Câmera traseira de 16 MP com flash LED duplo (f/1.8) e estabilizador ótico
– Câmera frontal de 8 MP
– NFC
– Bateria de 3.030 mAh
– Dimensões: 140.89 x 71.4 x 5.1 mm
– Sensor de digitais na parte frontal

Será o novo smartphone da Xiaomi uma das surpresas da MWC?

A empresa aproveitaria a MWC 2016 para realizar um evento simultâneo na China, o que aumentam os rumores sobre um lançamento internacional dos dois modelos. Por enquanto, esse movimento torna o panorama das opções da Microsoft para esse ano algo mais interessante, ainda mais depois de números nada alentadores na divisão mobile. Essa parceria pode ser um impulso interessante para o Windows 10 Mobile.

Via WMPowerUser

A MWC e as apresentações dos modelos top de linha: um evento a se perseguir, ou a se evitar?

by

smartphone-mwc-teaser

Os olhares começam a se voltar para Barcelona, visando a edição 2016 da Mobile World Congress. Várias apresentações estão em programação, mas nos últimos anos a feira está com sua visibilidade em xeque: seria um evento com repercussão mundial? Ou apenas um trampolim para futuros lançamentos.

Parece que em 2016 o calendário tende a se modificar para principais fabricantes de smartphones, mais precisamente para aqueles que esperamos ver no evento apresentando os seus modelos top de linha, de entrada ou intermediários. Recentemente falamos que a LG pode antecipar em um mês a apresentação do seu LG G5, e parece que a HTC pode fazer justamente o contrário, apresentando o HTC One M10 apenas em março. Essa mudança dos taiwaneses levanta suspeitas.

 

Dos gigantes que “chegaram por chegar” em Barcelona

mwc-2015-samsung

Ao que parece, a Samsung segue com a sua tradição de realizar uma edição do Unpacked na semana da MWC, visando fazer barulho para apresentar os seus novos smartphones top de linha. Pode ser que eles fiquem em vantagem em relação aos rivais, pelo menos no fator midiático, já que terão centenas de veículos falando só dos produtos deles antes dos demais.

Vale lembrar que a MWC nunca foi o território da Apple, o que facilitou a vida da Samsung nos últimos anos nesse evento. Porém, a coisa pode mudar na edição 2016 da feira, há que ávidos competidores esboçam a ideia de lançar modelos protagonistas na mesma semana que o grande evento de mobilidade da Europa.

A LG é uma dessas candidatas. Eles podem antecipar em um mês o lançamento do LG G5, que deve ser apresentado no dia 21 de fevereiro, no mesmo dia em que deve acontecer mais uma edição do Samsung Unpacked. A LG entra para a briga, se mostrando seguro sobre as melhorias do seu modelo top de linha, diante de uma Samsung que, apesar de mostrar claramente que evoluiu no seu top de linha em 2015, não obtém os resultados financeiros esperados.

 

Muito para muito pouco barulho

s6-teaser

Por outro lado, o prudente seria deixar que “as gigantes se estapeiem” na MWC, e fugir das apresentações nessas datas, com o objetivo de atrair mais atenção. Talvez por isso Microsoft e HTC aproveitam outras janelas de tempo.

A Microsoft vai apresentar em 1 de fevereiro o Lumia 650, modelo de linha média cujo antecessor (Lumia 640) foi conhecido em uma MWC. Já a HTC faz o contrário: deve apresentar o HTC One M10 apenas em março, enquanto que o HTC One M9 recebeu duras críticas ainda nos stands da MWC no ano passado. E no caso desse último, o evento não deu o impulso que a marca precisa para se recuperar de um momento de queda nas vendas.

 

Façam suas apostas

htc-one-m9-teaser

Por enquanto, a LG não confirma oficialmente o lançamento do LG G5. Eles só informam que vão apresentar um top de linha no dia 21 de fevereiro, o que pode ser também mais um modelo da linha G Flex. Para a HTC, especula-se que o HTC One M10 só será apresentado em março mesmo, com sua chegada ao mercado em abril.

A decisão da HTC seria por conta de uma mudança drástica no design do smartphone, o que é algo muito positivo, levando em conta o seu conservadorismo nos últimos lançamentos. A inspiração poderia ser o HTC One A9, que também não se livrou por completo das críticas por contar com um design muito familiar.

Logo, um renovado One M10 incorporaria um processador Qualcomm Snapdragon 820, bateria de 3.000 mAh, leitor de digitais e câmera traseira de 23 MP. Outra novidade que algumas fontes indicam é a inclusão da certificação IP68, o que tornaria o modelo resistente à água e poeira, e colocaria mais lenha na fogueira sobre a mudança drástica de design.

Será que a HTC vai deixar de lado a construção unibody de metal nos modelos top de linha?

Só o tempo vai dizer.