Arquivo para a tag: mobile world congress 2015

Os fabricantes chineses que querem conquistar o mundo não deram as caras na MWC 2015

by

650_1000_mwc-chinos

Os fabricantes chineses mais importantes do momento simplesmente não deram as caras na Mobile World Congress 2015. Xiaomi, Oppo ou OnePlus demonstraram pouco interesse em mostrar os seus produtos no evento de Barcelona.

A Oppo sequer faz menção à MWC 2015 na sua página do Facebook. Já a OnePlus se limita a modificar imagens da concorrência para promover os seus produtos. A única que parece que veio à Barcelona foi a Xiaomi: Hugo Barra e membros de sua equipe foram para o evento, mas a empresa não conta com um stand próprio para promover os seus produtos.

650_1000_oneplus-sex-appeal

Obviamente, outros grandes fabricantes chineses estão presentes na MWC: Lenovo, Huawei e ZTE (por exemplo) anunciaram novos produtos, enquanto que outros como a Meizu, mesmo sem uma presença direta, estavam no evento (via Canonical), com o Meizu MX4 com Ubuntu.

Os casos da OnePlus e da Oppo são significativos, uma vez que as duas contam com um certa presença internacional via lojas online que vendem os seus produtos, ou com formatos mais ‘originais’, como a OnePlus, que distribui em um grande número de países. Seus planos de expansão, tal como ocorre com a Xiaomi, parecem não ser suficientemente sólidos para mostrar os seus produtos em uma feira como a MWC, onde a projeção dessas empresas poderia aumentar de forma notável.

Runcible, o smartphone circular com Firefox OS

by

runcible-firefox-os-concept_1

A Monohm é uma empresa criada por (entre outros) George Arriola, um designer em que trabalhou no desenvolvimento do iPhone e do PlayStation 4. Sua nova ideia é arriscada, mas ao mesmo tempo muito interessante: criar um ‘anti-smartphone’, para aqueles momentos que não queremos estar conectados.

O Runcible é um telefone circular, que além do design diferenciado, tem como principal objetivo ser o dispositivo para quando queremos nos desconectar do mundo. É um pouco paradoxal precisar de outro dispositivo para se livrar de um, mas a ideia é justamente essa: que você use o telefone circular para o mínimo, para que você fique próximo ds pessoas que você ama.

runcible-firefox-os-concept_19

O Runcible não é um feature phone ou um smartphone comercial. por enquanto, ele é um protótipo em exposição na Mobile World Congress 2015, que teve poucos detalhes revelados. Seu sistema operacional é o Firefox OS, e suas funções serão muito limitadas. Na mão, parece ser um dispositivo agradável, leve, com materiais e design muito bem cuidados, mas com a sensação que estamos longe de ver um produto final.

Sua bateria tem 1.000 mAh, mas será capaz de aguentar até quatro dias de uso. Levando em conta que não estaremos tão conectados, essa marca deve ser suficiente, mas só saberemos disso na prática. Veremos se o projeto vai vingar, mas até agora é o produto mais original do evento de Barcelona até agora.

runcible-firefox-os-concept_35 runcible-firefox-os-concept_34 runcible-firefox-os-concept_33 runcible-firefox-os-concept_32 runcible-firefox-os-concept_3

Via Runcible

Firefox OS, e os seus planos de expansão no mercado mobile

by

650_1000_firefox_os

A Mozilla apresentou na Mobile World Congress 2015 os seus avanços com o Firefox OS, sistema operacional móvel que toma como base toda a potência da web.

Esses avanços passam, sobretudo, pela colaboração de outras empresas interessadas, que ajudarão a Mozilla no lançamento de produtos nos mercados da África e do Oriente Médio, com telefones que prometem ser muito acessíveis para a população, além de facilitar ao máximo a conexão com a internet.

Um exemplo desses esforços combinados está no Orange Klif, fabricado pela Alcatel, que será vendido por 35 euros e vai oferecer seis meses de dados e chamadas incluídas, incluindo mensagens SMS.

650_1000_orange_klif

Outra proposta nesse segmento é o Runcible, primeira aposta da empresa Monohm, em um conceito jamais visto: um smartphone circular, com carcaça de madeira.

A Mozilla também destacou suas iniciativas para expansão do Firefox OS para outras plataformas, como televisores ou tablets. Mas o foco principal continua a ser os smartphones acessíveis para mercados selecionados.

O sistema operacional também segue sua evolução. O Firefox OS está com um melhor suporte para smartphones com vários núcleos no processador, melhor compatibilidade com o protocolo WebRTC (para videochamadas entre navegadores sem a necessidade de complementos de software), integração com idiomas que se escrevem da direita para a esquerda, e plataforma de pagamentos via NFC.

1000_1000_kddi_fx0

Por enquanto, a Mozilla deixa de lado a ideia de expandir sua presença em mercados mais potentes. Seus modelos terão especificações baixas, com interfaces com tempo de reposta reduzido, que podem ter apenas dois ou três aplicativos abertos ao mesmo tempo.

Outro ponto importante é que o Firefox OS quer que o WhatsApp esteja presente na plataforma. Afinal de contas, um smartphone sem WhatsApp tem chances muito reduzidas de prosperar. E ainda assim, o sistema está presente em 40 países, com 14 dispositivos lançados.

A Mozilla cresce com o sistema, mas em um ritmo não tão ambicioso como acontece nas demais plataformas. O objetivo deles é oferecer uma internet aberta e acessível, onde o maior número de pessoas pode aproveitar seus benefícios.

Lenovo Vibe Shot: o melhor do smartphone e câmera compacta em um dispositivo

by

650_1000_vibe-shot-red-02

A Lenovo quer a atenção dos entusiastas da fotografia, que desejam a melhor câmera no seu smartphone. Para isso, eles levaram para a Mobile World Congress 2015 o Lenovo Vibe Shot, um smartphone cujo principal protagonista é o seu sensor traseiro de 16 megapixels.

As demais especificações do dispositivo não são precisamente aquelas que podemos esperar de um modelo top de linha. A prioridade aqui é a câmera, que conta com estabilização de imagem da ótica com seis elementos e objetiva protegida com cristal de safira. O sensor vem acompanhado de um flash LED com três tons, e o dispositivo ainda conta com uma câmera frontal de 8 megapixels.

650_1000_lenovo-vibe-shot

A Lenovo ainda incluiu um botão físico com dois estágios de disparo (foco e disparo), além de outro botão físico para mudança do modo Pro para o automático (Smart) no funcionamento e interface da câmera.

O Lenovo Vibe Shot possui um processador Qualcomm Snapdragon 610 de 64 bits, conectividade LTE, suporte dual-SIM, tela de 5 polegadas (Full HD), 3 GB de RAM, 32 GB de armazenamento (expansíveis via microSD) e bateria de 2.900 mAh.

650_1000_vibe-shot-red-01

O modelo possui uma carcaça de alumínio, 7.3 mm de espessura e peso de 145 gramas. Sua tela é protegida com Gorilla Glass 3.

O Lenovo Vibe Shot chega ao mercado em junho, com um preço sugerido de US$ 350. O conjunto é gerenciado pelo sistema operacional Android 5.0 Lollipop, e o modelo estará disponível em três opções de cores (branco, vermelho e cinza).

650_1000_vibe-shot-gray-02

Kaz Hirai garante que a divisão de smartphones da Sony não está a venda

by

650_1000_sony-hirai

A divisão de smartphones da Sony não está a venda. Pelo menos, por enquanto. Foi isso o que Kaz Hirai, responsável máximo pela empresa japonesa, garantiu durante o evento de apresentação dos novos Xperia M4 Aqua e Xperia Z4 Tablet, durante a Mobile World Congress 2015, em Barcelona (Espanha).

A mensagem de Hirai tenta passar um ar de tranquilidade, diante de suas últimas declarações que pareciam apontar para uma possível venda dessa divisão. Ou seja, Hirai parece se contradizer.

O Sony Xperia M4 Aqua parece ser uma forma mais explícita de mostrar suas intensões nesse aspecto. Tanto o novo smartphone da empresa como o novo tablet (que declara guerra ao iPad Air 2) são produtos que mostram a capacidade da Sony em oferecer dispositivos móveis de alta qualidade.

Veremos se a Sony mantem essa aposta, e que tais palavras não caiam no vazio. A Sony sempre foi, ainda é e deveria ser muito mais do que apenas o PlayStation. E é obrigação da empresa seguir demostrando nos próximos meses que eles são capazes de ir além do que esperamos. Torcemos pela recuperação da empresa no segmento mobile.

HP Spectre x360, um ultrabook conversível muito desejado

by

hp-spectre-x360-2

A HP apresentou na Mobile World Congress 2015 o ultrabook conversível HP Spectre x360, que é definido como ‘um portátil sensacional’ em vários aspectos.

O modelo é fabricado em metal polido para dar um ar sério e profissional ao produto, além de uma baixa espessura de 15.9 mm. Nada mal para um portátil com tela de 13.3 polegadas (1920 x 1080 pixels, 166 ppp) touch, que pode ser rotacionada em 360 graus, transformando o ultrabook em um tablet Windows 8.1.

hp-spectre-x360-3

O HP Spectre x360 conta ainda com processadores Core i5 ou i7, SSD de 128, 256 ou 512 GB e 4 ou 8 GB de RAM. São vários modelos disponíveis, e o preço inicial sugerido do produto é de 1.099 euros. Em todos eles o peso é de 1.49 kg, e sua autonomia de bateria é de 12.5 horas de uso longe da tomada.

Não é um ultrabook para as massas, mas é sim um equipamento muito atraente para o usuário mais exigente. HP informa que deve colocar o HP Spectre x360 ao mercado ao longo do mês de março de 2015, acompanhado de uma versão HP Spectre Pro x360 para o mercado profissional, com preço inicial de 1.500 euros.

Via HP

Sony Xperia Z4 Tablet é anunciado oficialmente

by

sony-xperia-z4-tablet-01

A Sony também apresentou na Mobile World Congress 2015 o novo Sony Xperia Z4 Tablet, com tela de 10 polegadas. O modelo é herdeiro direto do modelo Z2, mas também conta com elementos do Z3 Tablet Compact.

A tela de 10 polegadas possui resolução Full HD, e aposta na baixa espessura. A Sony quer que o Xperia Z4 Tablet seja um dos modelos mais interessantes de 2015. Vamos descobrir a seguir se ele é um candidato ao posto.

A Sony não promoveu uma renovação de design tão drástica, mas melhorias foram promovidas para reduzir bordas e peso. O Xperia Z4 Tablet aproveita melhor a parte frontal, com sua tela ocupando 20% a mais de espaço do que a versão anterior. Seu peso é de 392 gramas, ou um pouco mais quando optamos pela versão LTE.

sony-xperia-z4-tablet-02

O novo tablet tem a parte frontal revestida em cristal e um chassi metálico, com portas para proteger o dispositivo dos efeitos da água e poeira (mas tanto o micro USB como o conector para fones de ouvido vão descobertos). O dispositivo possui especificação IP68, e na parte traseira temos um acabamento em plástico com relevo, no estilo do Xperia Z3 Tablet Compact.

O Xperia Z4 Tablet possui um processador Qualcomm Snapdragon 810, acompanhado de 3 GB de RAM e a nova GPU da Adreno. Uma combinação para uma experiência de uso impecável em qualquer circunstância.

sony-xperia-z4-tablet-04

A Sony optou por uma tela IPS LCD, mas com uma resolução 2K (WQXGA) e um ângulo de visão quase completo. Sua bateria possui 6.000 mAh, um pouco mais otimizada que no Z2, segundo a Sony.

Sua câmera traseira conta com tecnologia Sony, com um sensor de 8 megapixels, e a câmera frontal possui 5 megapixels de resolução. Ambas contam com Steady Shot (estabilização de imagem, foco automático ou foco manual).

sony-xperia-z4-tablet-03

O sistema operacional do Sony Xperia Z4 Tablet é o Android 5.0 Lollipop, com a personalização Xperia. Foram feitos pequenos ajustes para ajustar a interface ao Material Design, mas sem perder a identidade da Sony.

Não há grandes mudanças na Launcher, mas quando conectamos um teclado Bluetooth ao tablet (exclusivo da Sony para esse modelo), temos uma barra com ícones na parte inferior no modo escritório, onde é possível abrir aplicativos ou ajustar em janelas, para melhor aproveitar a resolução e o tamanho da tela.

Por enquanto, a Sony não informou preço ou datas de lançamento do Sony Xperia Z4 Tablet. Sabemos que o produto chegará em duas versões (WiFi ou WiFi + LTE-A), com 32 G de armazenamento (expansíveis via microSD).

Mais imagens do produto a seguir.

sony-xperia-z4-tablet-05 sony-xperia-z4-tablet-07 sony-xperia-z4-tablet-06 sony-xperia-z4-tablet-09 sony-xperia-z4-tablet-08

Via Sony

Sony Xperia M4 Aqua é oficial

by

00_Xperia_M4_Aqua_grupo

A Sony não trouxe um smartphone top de linha para Barcelona. Sua aposta (por enquanto) está na renovação da linha média, com o Sony Xperia M4 Aqua. O modelo traz como bandeira oferecer a sua resistência à água e poeira para modelos mais acessíveis, o que seria um importante diferencial em relação aos seus concorrentes diretos.

O novo Sony Xperia M4 Aqua também se destaca pela presença de um SoC de 64 bits, uma generosa quantidade de RAM, uma câmera atraente e outros ajustes técnicos. Para começar, o novo modelo conta com a mesma proteção presente no Xperia Z3 (IP68), assim como um design muito parecido.

12_Xperia_M4_Aqua_Black_StandingSua tela IPS LCD conta com 5 polegadas (720p), e o dispositivo possui um processador Snapdragon 615 de 64 bits (o primeiro smartphone da Sony com essas características), trabalhando em conjunto com 2 GB de RAM. Sua câmera traseira possui um sensor Exmor RS de 13 megapixels (f/2.0) com estabilizador de imagem para vídeos e sistema de foco automático e manual. A câmera frontal conta com um sensor 5 megapixels.

A bateria do Sony Xperia M4 Aqua conta com 2.400 mAh, que tem autonomia prometida pela Sony de até dois dias de uso (dependendo das condições). Só o teste prático pode comprovar a veracidade desses números, mas baseado nos relatos de uso com o Xperia Z3, muitos já se animam com a autonomia do modelo apresentado hoje.

Todo o conjunto é gerenciado pelo sistema operacional Android 5.0 Lollipop.

06_Xperia_M4_Aqua_White_Group

O Sony Xperia M4 Aqua tem preço sugerido de 299 euros, o que deve ser a margem de corte que limita os modelos de entrada e linha média. Fica na metade do caminho de valor em relação aos modelos top de linha, e pode ser a opção perfeita daqueles que desejam um pouco mais do smartphone, mas que não podem pagar o valor cobrado pelos modelos mais completos.

Mais fotos do lançamento a seguir.

01_Xperia_M4_Aqua_White 02_Xperia_M4_Aqua_Water 03_Xperia_M4_Aq_White_Lying

Modelos top de linha da Microsoft terão que esperar o lançamento do Windows 10

by

650_1000_lumia640xl-elop

Durante a apresentação dos novos modelos Lumia 640 e Lumia 640 XL, Stephen Elop, responsável pela divisão de dispositivos móveis da Microsoft, afirmou que um novo dispositivo referência baseado no Windows 10 deve chegar ‘nos próximos meses’, mas sem precisar datas.

Elop garantiu que esse dispositivo chegará com o Windows 10 pré-instalado de fábrica, ou seja, não teremos um dispositivo Lumia top de linha (ou mais de um) até que o lançamento do novo sistema operacional da Microsoft aconteça.

A falta de um modelo top de linha está provocando muita expectativa sobre a próxima aposta da Microsoft nesse segmento, que até agora se limitou a lançar dispositivos de linha média ou de entrada. Muitos esperam uma renovação no Lumia 1520 (lançado ainda na era Nokia) e do Lumia 1020, um claro exemplo do quão espetacular pode ser a combinação de fotografia e mobilidade.

Microsoft Lumia 640 e Lumia 640 XL são anunciados oficialmente

by

collection-lumia-640-lumia-640xl

A Microsoft aproveitou a Mobile World Congress 2015 para falar pouco sobre o seu futuro Windows 10 e anunciar dois novos dispositivos do seu portfólio. Os novos Microsoft Lumia 640 e Microsoft Lumia 640 XL se destacam pelo preço reduzido, mas com um tamanho de tela maior do que os recém lançados Lumia 535, Lumia 435 e Lumia 532.

Os modelos continuam com muito do DNA da Nokia, e é difícil imaginar que essa característica vai mudar tão cedo. Ao mesmo tempo, falta algo que desperte o interesse no consumidor pelo Windows Phone. O problema não está no produto, mas sim na forma como a Microsoft o vende.

De qualquer forma, vamos conhecer os novos smartphones da Microsoft.

 

Microsoft Lumia 640

microsoft-lumia-640

O Microsoft Lumia 640 possui uma tela de 5 polegadas (1280 x 720 pixels) IPS com tecnologia ClearBlack Display e proteção Gorilla Glass 3. Os dois modelos contam com praticamente o mesmo interior, gerenciado por um chipset Qualcomm Snapdragon 400, que permite contar com uma variante com conectividade LTE. O SoC trabalha em conjunto com 1 GB de RAM e 8 GB de armazenamento (expansíveis via slot para cartões microSD).

A câmera traseira possui um sensor de 8 megapixels (lente de 28 mm, f/2.2) com foco automático, flash LED e gravação de vídeos a 1080p a 30 fps. A câmera frontal possui 1 megapixel (f/2.4) com gravação de vídeos a 720p. Sua bateria é de 2.500 mAh.

Haverá diferentes versões do Lumia 640: dual-SIM 3G, single-SIM LTE e dual-SIM LTE, com preços de 139 e 159 euros, respectivamente (mais impostos), com chegada prevista para o mês de abril. O comprador recebe um ano do Office 365 Personal, mais 1 TB de armazenamento na nuvem do OneDrive e 60 minutos de chamadas via Skype. A Microsoft deixou claro que o Lumia 640 está ‘pronto para receber o Windows 10’, mas chegam ao mercado com o Windows Phone 8.1.

 

Microsoft Lumia 640 XL

collecton-lumia-640xl

O Microsoft Lumia 640 XL é um modelo com tela de 5.7 polegadas (1280 x 720 pixels), câmera traseira com sensor de 13 megapixels (foco automático, flash LED, vídeos a 1080p/30 fps), câmera frontal de 5 megapixels (com gravação de vídeos a 108op), e nos dois casos não temos a presença da tecnologia PureView. Sua bateria é de 3.000 mAh, e o seu preço sugerido é de 189 euros para a versão 3G, e 219 euros para o modelo 4G.

Mais fotos dos novos smartphones da Microsoft a seguir.

Microsoft Lumia 640

640-Collection 640-front-back 640_DSIM_4G 640-Front_Cyan_DSIM_4G 640-Back_Black 640-Back_White 640-Back_Orange 640-Back_Blue

Microsoft Lumia 640 XL

640XL-Collection 640-XL-Collecton 640-XL-Front_Black_DSIM_3G 640-XL-Back_Black 640-XL-Back_White 640-XL-Back_Orange 640-XL-Back_Cyan

Via Microsoft Lumia 640Lumia 640 XL

Huawei Watch vaza em dois vídeos oficiais

by

huawei-watch-portada

A Huawei liberou (acidentalmente ou não) dois vídeos na sua conta oficial, que revelam todos os detalhes do futuro Huawei Watch.

Além disso, foi possível ver no aeroporto de Barcelona (Espanha) um cartaz publicitário do mesmo relógio, com uma frase que o descreve como um relógio clássico, com um design artesanal com três cores (prata, dourado e preto) e correias de couro e metal.

huawei-watch-airport-sign

O relógio contaria com correias intercambiáveis, uma esfera de 42 mm de diâmetro, cristal de safira e um corpo em aço inoxidável. O botão físico que acompanha o produto está posicionado um pouco acima do normal, e o relógio contaria com um monitor de atividades com contador de passos, calorias e quilômetros percorridos.

 

Na sua estética, a Huawei optou por um design muito clássico, que se aproxima ao máximo de um relógio tradicional, já que esta parece ser a opção que mais convence os usuários. Não resta dúvidas que esse pode ser um dos lançamentos em destaque da marca na MWC 2015, mas não descartamos a presença de outros dispositivos no evento.

 

Via Android Central, Huawei Watch (YouTube)

Kyocera mostra na MWC 2015 um protótipo de smartphone que se carrega com a luz solar

by

650_1000_wysips-crystal

A Kyocera vai apresentar na Mobile World Congress 2015 um protótipo de smartphone que carrega a sua bateria com a ajuda da luz solar, mas sem utilizar cases ou outros dispositivos externos. A placa que vai coletar a luz da carga de bateria será ‘invisível’, ficando embaixo da tela.

Esse é um protótipo que muitos desejam que se transforme em realidade em um futuro não muito distante. Embaixo da tela do protótipo, temos a tecnologia Wysips Crystal, uma fina e transparente capa que captaria os raios de luz, que se converteriam em energia para recarga da bateria.

Esta tecnologia é compatível com qualquer tipo de tela nos tamanhos entre 3 e 55 polegadas, sendo assim possível a adoção por qualquer tipo de dispositivo. Suas vantagens são evidentes, já que basta que o dispositivo em questão seja exposto à luz para ser recarregado.

Ainda é preciso comprovar a velocidade dessa carga. Mesmo assim, podemos dizer que o Wysips Crystal é bem promissor. No mínimo.

 

Via PhoneArena

O que esperar da Mobile World Congress 2015

by

mwc-fira-barcelona

Falta pouco para o início da Mobile World Congress 2015, uma das feiras de mobilidade mais importantes do ano. O evento começa oficialmente no dia 2 de março, mas alguns lançamentos serão anunciados alguns dias antes. A grande dúvida é: o que podemos esperar desse evento?

Alguns fabricantes já se movimentam com seus lançamentos, e os rumores dão um indício do que pode aparecer em Barcelona (Espanha) na semana que vem. A seguir, um preview do que pode acontecer de mais importante na MWC 2015.

 

Samsung Galaxy S6

O Samsung Galaxy S6 será o produto principal dos sul-coreanos em Barcelona, prometendo um conjunto de características que já são (praticamente) de domínio público: um novo SoC Exynos (em detrimento do Snapdragon 810), dois modelos – um deles com telas curvadas, no estilo do Galaxy Note Edge -, e um dispositivo que oferecerá mudanças profundas no design e nos materiais de construção. Certamente vai dar o que falar.

 

HTC One M9

650_1000_htc-one-m9

O HTC One M9 segue uma tendência de sucesso estrada pelo modelo One M7, e é mais um dispositivo que já conhecemos vários detalhes antes do anúncio oficial. Chama a atenção a aposta em uma tela Full HD de 5 polegadas, e a presença do tão desejado Snapdragon 810, trabalhando com 3 GB de RAM e uma câmera de 20 megapixels (o Ultrapixel migra para o sensor frontal). Seu preço especulado é de 749 euros.

 

Qualcomm Snapdragon 810 para todos

qualcomm-snapdragon-chip

Com um preview na CES 2015 dentro do LG G Flex 2, o Qualcomm Snapdragon 810 será um dos protagonistas da MWC 2015. Um SoC potente, que será utilizado pela grande maioria dos smartphones top de linha de 2015. Além dos já mencionados Flex 2, Galaxy S6 e One M9, é possível que em algum novo modelo da Microsoft e Motorola ele apareça. Também veremos em Barcelona os novos chips Snapdragon 415, 425, 618 e 620 em novos dispositivos.

 

O novo smartwatch Pebble

pebble-color-smartwatch-spoiler

Um novo smartwatch Pebble deve aparecer ao mundo ainda hoje (24). Se não for um novo dispositivo, ao menos um novo software para os modelos já lançados, que ‘não se parecerá com nada que já vimos nos relógios inteligentes até agora’. Veremos se eles são capazes de surpreender.

 

LG Watch Urban

nexus2cee_43

Esse já foi apresentado oficialmente, mas não deixa de ser um dos destaques da MWC 2015. O LG Watch Urban é o novo smartwath ‘analógico’ dos coreanos, apostando em um formato mais clássico do acessório. Na prática, é o LG G Watch R com uma carcaça diferente, mas muito atraente. Contando com o sistema Android Wear, ele reforça a posição da empresa em ser uma das que mais aposta nos relógios inteligentes.

 

Smartphones de linha média

650_1000_newrangeshot015b201502231049210485d (1)

Alguns fabricantes já anunciaram suas novidades nesse segmento. A LG por exemplo apresentou quatro smartphones de linha média (Joy, Spirit, Leon e Magna), a Lenovo revelou cinco modelos da linha Vibe, e a Microsoft prepara o Lumia 640.

Também são esperadas novidades da Huawei (Ascend P8), NVIDIA (que tem evento no dia 3 de março, mas em San Francisco), ZTE, Alcatel e BlackBerry, assim como a Motorola. No geral, todos os principais fabricantes do segmento de mobilidade terão alguma novidade para apresentar na MWC 2015.

 

Teremos surpresas?

Não são esperadas muitas surpresas na MWC 2015, mas não custa nada ficar atento para isso. Vale lembrar que outras categorias de produtos podem apresentar novidades interessantes, que estão ligadas de alguma forma com o segmento de smartphones.

Por um lado, a quantificação: pulseiras e relógios que podem oferecer novos formatos e características. Por outro lado, o carro conectado, que cada vez é mais valorizado, e que sempre teve um espaço no evento de Barcelona.

Microsoft Lumia 640 é flagrado antes da Mobile World Congress 2015

by

650_1000_lumia

Um smartphone Microsoft Lumia 640 (RM-1109) recebeu sua certificação na Anatel, o que pode indicar que o modelo pode ser anunciado durante a Mobile World Congress 2015 de Barcelona (Espanha).

Entre outro detalhes revelados, o modelo conta com suporte ao dual SIM e TV digital. Apesar de não confirmado, tudo indica que esse é um lançamento internacional, e não apenas restrito ao mercado brasileiro ou latino-americano.

650_1000_lumia-640-02-800x264

O modelo é o potencial sucessor dos dipositivos Lumia 630 ou Lumia 635, contando com uma tela de 5.7 polegadas. Ou seja, um phablet com as especificações técnicas de linha média. O modelo deve ser apresentado com uma versão Lumia 645, e seria o quarto smartphone da Microsoft após a compra da Nokia (Lumia 535, 532 e 435). Há quem diga que ele começa a ser vendido no dia 13 de março. Vamos aguardar.

Via Windows Phone Apps

LG Watch Urbane pode ser o Android Wear mais caro até agora

by

LG_WATCH_URBANE_SILVER_02

De acordo com várias publicações, o LG Watch Urbane já está listado na distribuidora Expansys, com uma etiqueta de preço de 299,99 libras (ou 354,99 euros, ou US$ 400), transformando esse no smartwatch com Android Wear mais caro até a data.

Lembrando que esses não são valores oficiais, e precisam ser confirmados pela LG. De qualquer forma, com especificações técnicas similares ao LG G Watch R, o usuário pagaria quase 100 euros a mais por um design diferente, mais elegante e refinado.

O LG Watch Urbane conta com processador Snapdragon 400, tela P-OLED de 1.3 polegadas e bateria de 410 mAh, além de integrar sensor cardíaco e certificação IP67. A LG descreve o produto como um  modelo de ‘luxo’, o que pode ser confirmado no preço a ser pago por ele.

Veremos se a LG confirma esse preço quando o relógio for apresentado na Mobile World Congress 2015. Até lá, os valores devem ser encarados como rumores e nada mais.

Via TechradarExpansys