Arquivo para a tag: meizu

Meizu MX6, com um GB a menos e 10% mais barato

by

meizu-mx6

A Meizu lançou uma variante mais barata (ou menos cara, dependendo do ponto de vista) do Meizu MX6.

O objetivo aqui é tornar o modelo mais atraente para o consumidor, uma vez que a primeira versão não chamou tanta atenção nas vendas. A mudança não estava prevista nos planos da Meizu. De qualquer forma, é um smartphone 10% mais barato.

 

O novo Meizu MX6, com 3 GB de RAM

 

meizu-mx6-02

 

A variante do Meizu MX6 é muito parecido com o modelo anterior, com corpo metálico, tela Super AMOLED de 5.5 polegadas (Full HD, 400 ppp) e processador Helio X20 deca-core (cluster 2+4+4) de 2.3 GHz. A grande diferença está na RAM, que sai dos 4 GB para 3 GB, mantendo os 32 GB de armazenamento (sem microSD).

Nas câmeras, os mesmos sensores de 12 MP (f/2.) e 8 MP, além da bateria de 3.060 mAh, leitor de digitais na parte frontal e o dual SIM com LTE Cat. 6, elementos herdados do modelo original.

A mudança é estranha, já que este modelo foi anunciado em julho. Faria muito mais sentido lançar duas opções com memorias diferentes, ou reduzir outras especificações para transformar o Meizu MX6 em um produto ainda mais competitivo. Por outro lado, isso poderia distanciá-lo tanto do MX6 como do Meizu Pro 6.

 

meizu-mx6-03

 

De qualquer forma, o “novo” Meizu MX6 tem preço sugerido de 270 euros, contra 300 euros do modelo original. 10% de desconto por 1 GB de RAM a menos.

Será que essa diferença afeta tanto o desempenho do Flyme OS?

Meizu M3 Note começa a ser vendido no Brasil

by

Meizu M3 Note

A Vi, empresa que representa a Meizu no Brasil, anuncia oficialmente a chegada do Meizu M3 Note ao mercado nacional. O modelo começa a ser vendido hoje (13).

O modelo foi apresentado na China em abril de 2016, e agora desembarca no mercado brasileiro. Destinado ao mercado de linha média premium, tem como objetivo oferecer características avançadas e um design otimizado para um público que quer um pouco mais de seu smrtphone, mas que não quer pagar muito mais por isso.

 

Vi Meizu M3 Note: principais características

O Vi Meizu M3 Note tem como principais destaques o seu leitor biométrico e a promessa de uma bateria com elevada autonomia. Conta com o processador Helio P10 ARM octa-core, processador de imagem ARM Mali T860. função dual nano-SIM 4G e duas versões, com 2 GB de RAM + 16 GB de armazenamento, ou 3 GB de RAM + 32 GB de armazenamento.

O modelo conta com tela de 5.5 polegadas (Full HD) e seu corpo metálico entrega um dispositivo com uma espessura de 8.6 mm e peso de 163 gramas. Recebe câmeras de 13 MP e 5 MP, com recursos otimizados como FotoNation 2.0, Smart Beauty, Face AE e Face Light Boost.

Todo o conjunto técnico é gerenciado pelo sistema operacional Android 6.0 Marshmallow.

O Meizu M3 Note será vendido no Brasil por R$ 1.099, sem o kit opcional. A chegada do novo modelo resultou em uma queda no preço do Meizu M2 Note, que passa a custar R$ 899.

Meizu M3 Max é apresentado oficialmente

by

Meizu M3 Max

A Meizu apresentou oficialmente o Meixz M3 Max, modelo top de linha, com um conjunto de especificações muito equilibradas.

O modelo possui acabamento de metal, e segue o design clássico que já estamos acostumados a ver na Meizu.

Meizu M3 Max: principais características

 

Meizu M3 Max 02

 

– Tela de 6 polegadas (1080p)
– Processador MediaTek Helio P10 64 bits octa-core
– GPU Mali T860 com dois núcleos gráficos
– 3 GB de RAM
– 64 GB de armazenamento
– Bateria de 4.100 mAh
– Câmeras de 13 MP e 5 MP
– Conectividade 4G
– Leitor de digitais
– Sistema operacional Android 6.0 Marshmallow com interface Flyme OS.

Levando em conta as suas características técnicas, o Meizu M3 Max é um modelo interessante para a maioria dos usuários. Oferece um hardware de respeito pela metade do preço dos modelos top de linha disponíveis no mercado atual.

Pode ser considerado, na pior das hipóteses, um modelo de linha média premium, atendendo um grande leque de consumidores com diferentes perfis de uso.

O Meizu M3 Max estará disponível na China a partir do dia 15 de setembro, com preço sugerido de US$ 255, mas que pode ultrapassar os US$ 300 nos distribuidores internacionais.

Caso opte pela importação, leve também em consideração os impostos que serão aplicados ao produto quando o mesmo chegar ao Brasil.

Via GSMArena

Meizu usou smartphones Nokia E71 como convite para um evento

by

meizu smartphone

A Meizu preparou uma surpresa ao incluir um Nokia E71 no convite para um evento de um futuro lançamento da empresa.

O Nokia E71 possui teclado QWERTY físico e com especificações de linha média para o ano de 2008: processador ARM 11 de 369 MHz e 128 MB de RAM. O suficiente para rodar o Symbian com competência.

Não sabemos o que a Meizu pode estar preparando, mas podemos intuir que a única coisa que faz sentido é o lançamento de um novo smartphone com teclado físico.

Mas isso, na teoria.

meizu-1-1

 

Também existe a possibilidade de ser uma simples referência ao seu Meizu Pro 7, modelo que deve seguir a linha anterior, sem introduzir mudanças importantes além das atualizações de hardware.

Por fim, se comenta que no dia 5 de setembro a empresa pode apresentar o Meizu Max, phablet com tela de 6 polegadas, processador MediaTek e versões com 2 GB e 3 GB de RAM.

Via GSMArena

Meizu U10 e U20, dois tamanhos para smartphones de linha média

by

Meizu U10 e U20

A Meizu apresentou oficialmente os novos smartphones Meizu U10 e U20, modelos de linha média que se diferenciam principalmente pela diagonal de tela.

Meizu também aposta na fórmula de dois tamanhos

Marcas como Apple e Samsung lançam modelos top de linha com dois tamanhos, e a Meizu decidiu apostar nessa moda.

Os modelos Meizu U10 e U20 não se diferenciam apenas pela tela.

O Meizu U10 possui tela IPS de 5 polegadas (provavelmente com resolução HD), enquanto que o Meizu U20 recebe uma tela de 5.5 polegadas (Full HD).

Apesar de serem dispositivos de linha média, a Meizu aposta em um design que combina materiais que normalmente encontramos em modelos mais avançados, como bordas de metal e faces revestidas de cristal.

Outro detalhe premium desses modelos é o seu sensor de digitais no botão frontal, abaixo da tela.

A dferença de tamanho resulta em uma diferença na capacidade de bateria. O Meizu U10 conta com uma bateria de 2.760 mAh, enquanto que o Meizu U20 fica com 3.260 mAh.

Do mais, os dois modelos contam com o mesmo perfil técnico.

 

Meiuz U10 e U20: especificações

Não foram revelados muitos detalhes técnicos dos novos smartphones, mas ao menos sabemos que os processadores são octa-core (é de se esperar que sejam da MediaTek).

Os modelos se apresentam em variantes de acordo com a memória, com a versão básica de 16 GB e 2 GB de RAM,  e uma mais completa, com 32 GB e 3 GB de RAM.

Também possuem câmeras de 13 MP e 5 MP, com conectividade 4G e software YunOS, baseado no Android.

Os modelos não chegarão ao mercado ao mesmo tempo. O Meizu U20 chega no dia 28 de agosto, com preço inicial sugerido de 146 euros (16 GB, 2 GB de RAM), e o modelo mais completo custa 173 euros (32 GB, 3 GB de RAM).

Já o Meizu U10 só chega ao mundo em 18 de setembro, por 133 euso para a versão com 16 GB, e 159 euros para o modelo com 32 GB.

Via Meizu

Meizu M3E, novo integrante da ‘super linha média’

by

Meizu M3E

A Meizu acabou de apresentar o Meizu M3E, focado no segmento de super linha média, com design metálico, perfil técnico equilibrado e preço competitivo.

O modelo conta com tela Full HD de 5.5 polegadas, câmera com sensor Sony e processador MediaTek Helio P10, elementos cada vez mais comuns entre os smartphones que chegam da China.

 

Design metálico em formato phablet

Meizu M3E 03

 

A Meizu segue a tendência de mercado, e aposta em um design de metal com bordas arredondadas nas cores ouro rosa, azul, dourado, prata e cinza escuro, que combina com uma lâmina de cristal 2.5D na parte frontal, que enfatiza a curva das laterais.

Sua tela IPS de 5.5 polegadas (Full HD) conta com brilho de 450 nits, e vem acompnhada de um botão Home físico, que abriga um sensor de digtais. A Meizu batiza o seu sistema de mTouch, e garante que pode desbloquear o smartphone em apenas 0,2 segundos, o mesmo tempo que leva para focar a câmera traseira.

A câmera traseira do Meizu M3E possui um sensor Sony IMX258 de 13 MP (f/2.2), com sistema de foco por detecção de fase. A câmera frontal possui 5 MP (f/2.0).

 

Meizu M3E: especificações técnias

Meizu M3E 02

 

O Meizu M3E conta com um processador MediaTek Helio P10 octa-core (64 bits), GPU Mali T860, 3 GB de RAM, sistema operacional Android 5.1.1 Lollipop com interface Flyme OS 5.2, 32 GB de armazenamento (expansíveis via microSD de até 128 GB), suporte dual SIM com LTE, GPS, Bluetooth 4.1 e WiFi. Sua bateria de 3.100 mAh conta com suporte para o modo de recarga rápida Meizu mCharge, e pode alcançar 50% de carga em apenas 30 minutos.

O Meizu M3E custa 175 euros (já convertidos), e é um concorrente de peso para os demais modelos chineses. Será lançado no seu país de origem no dia 14 de agosto.

Meizu M3E 04 Meizu M3E 05 Meizu M3E 08 Meizu M3E 07 Meizu M3E 06

 

Via Meizu

Vi Meizu MX6 é anunciado no Brasil

by

Vi Meizu MX6

 

A Vi, empresa que representa a Meizu no Brasil, anunciou o lançamento do Vi Meizu MX6 no mercado brasileiro.

O modelo tem preço sugerido de R$ 1.999, e estará disponível a partir de hoje (9) em duas opções: uma com apenas o smartphone, e outra com todos os itens do kit PhoneStation. A ideia é diversificar as vendas e oferecer opções para quem só quer ter o telefone.

 

Vi Meizu MX6: principais características

O Vi Meizu MX6 conta com um processador deca-core Helio X20, corpo metálico com leitor biométrico, modo de economia de bateria, 4 GB de RAM, 32 GB de armazenamento, modo dual SIM (nano) com 4G nos dois chips, tela de 5.5 polegadas (Full HD), espessura de 7.25 milímetros, peso de 155 gramas, câmera traseira de 12 MP e câmera frontal de 5 MP.

O kit PhoneStation conta com os acessórios Vi Center, que projeta imagens em qualquer superfície plana um teclado virtual, e o Vi Cast, que transmite conteúdo multimídia ou duplica a tela do smartphone na TV via HDMI.

 
A partir deste momento, com a nova estratégia de vendas que a Vi anunciou para o MX6 passará a valer também para em os modelos já disponíveis no mercado brasileiro com os seguintes preços:
 
Vi Meizu M2 Note: R$ 1.099,00
Vi PhoneStation Meizu M2 Note: R$ 1.399,00
 
Vi Meizu MX4: R$ 1.499,00
Vi PhoneStation Meizu MX4: R$ 1.799,00
 
Vi Meizu MX6: R$ 1.999,00
Vi PhoneStation Meizu MX6: R$2.299,00
 
Vi Meizu PRO5: R$ 2.199,00
Vi PhoneStation Meizu PRO5: R$ 2.499,00

Meizu MX6 é anunciado oficialmente

by

Meizu MX6

A Meizu apresentou oficialmente o Meizu MX6, segundo modelo top de linha da empresa, ao lado do Meizu Pro 6. A diferença entre os dois é de apenas 0.3 polegadas.

 

Meizu MX6: especificações técnicas

Não é tão simples ver as diferenças estéticas desse modelo com o Meizu Pro 6. Os dois modelos são muito semelhantes, exceto pela diferença de tamanho. No seu interior, as diferenças são mais evidentes, com o MX6 com uma aposta mais modesta.

Meizu MX6 02

O Meizu MX6 conta com um estilizado corpo metálico e tela Super AMOLED de 5.5 polegadas (1920 x 1080 pixels, 400 pixels por polegada). Seu processador é um MediaTek Helio X20 deca-core em três blocos (2+4+4) a 2.3 GHz, acompanhado de 4 GB de RAM e 32 GB de armazenamento (não expansível). Nas câmeras, temos um sensor traseiro de 12 MP (f/2.0, Sony IMX386) e um frontal de 8 MP.

A seguir, um exemplo de foto registrada pelo Meizu MX6:

Meizu MX6 04

O modelo também conta com leitor de digitais na parte inferior frontal em formato touch, permitindo a utilização de gestos para ampliar suas capacidades de manejo. Seu corpo com 7,25 mm de espessura abriga uma bateria de 3.060 mAh.

O Meizu MX6 também aposta na porta USB Type-C, além de contar com suporte dual SIM e conectividade 4G LTE Cat 6 (downloads de até 300 Mbps).

Por enquanto, o Meizu MX6 não tem data de lançamento, mas não deve demorar a chegar ao mercado asiático. Seu preço também não foi revelado, mas deve ficar em torno de 300 euros, ou quase 200 euros a menos que o Pro 6.

Meizu MX6 05 Meizu MX6 06 Meizu MX6 07

Via GSMArena

Últimos renders do Meizu MX6 mostram uma grande semelhança com o Meizu PRO 6

by

Meizu MX6 render

O Meizu MX6 apareceu em renders que mostram uma grande semelhança com o Meizu PRO 6, o que pode indicar semelhanças técnicas também.

 

Muito parecidos em detalhes cruciais

As imagens vazadas mostram o que pode ser o Meizu MX6 na sua versão final, que será apresentada no dia 19 de julho. O design da traseira polida se assemelha muito ao que conhecemos no Meizu PRO 6, com um tom cinza grafite que combina muito com o seu corpo metálico.

A colocação da câmera traseira está no mesmo local nos dois modelos, e não vemos o leitor de digitais na parte traseira, o que pode também confirmar a similaridade. Com um botão Home na parte inferior frontal, ele deve fazer as vezes do leitor de digital.

Meizu MX6 render 02

A foto acima faz um comparativo entre os dois modelos. À esquerda, a imagem real do Meizu PRO 6, e à direita, o último render do Meizu MX6. Até o flash circular é idêntico, abaixo do sensor de câmera, que deve ser de 12 MP, inferior aos 21 MP do PRO 6.

A parte traseira do Meizu MX6 é lisa, contando apenas com o logo do fabricante na parte inferior, dando a perspectiva de poder alcançar as 5.5 polegadas, além de abrigar um processador mais potente.

Meizu MX6 render 03

Ainda resta conhecer a parte frontal do Meizu MX6. O design pode dividir opiniões, agradando a alguns e levantando críticas de outros por ser muito parecido com o iPhone 6s. Fato é que este modelo está muito próximo de ser apresentado.

Confiamos que o desempenho, ao reduzir o processador mas não de forma excessiva, esteja a altura do que temos hoje no Meizu PRO 6. Também podemos ter uma melhor autonomia de bateria pela redução de resolução da tela e aumento da própria bateria.

Esperamos que esse smartphone desembarque no Brasil algum dia.

Via Android Headlines

Meizu MX6 vaza no AnTuTu em detalhes técnicos

by

Meizu MX6

A Meizu prepara o lançamento do Meizu MX6 para o dia 19 de julho, mas um vazamento do AnTuTu revelou os seus detalhes técnicos.

O Meizu MX6 vazou no começo do ano e seu possível design foi visto em algumas imagens, dando a indicação que ele é bem similar ao Meizu Pro 6.

O teste de benchmark do AnTuTu revela que o Meizu MX6 contará com uma tela de 5.5 polegadas (Full HD), processador MediaTek Helio X20 (MTK6797) deca-core e GPU Mali T880. Seriam duas versões, com 3 GB/32 GB de armazenamento e 4 GB/64 GB de armazenamento. Nas câmeras, teremos sensores de 12 MP e 5 MP.

Meizu MX6 antutu

Sua carcaça traseira de alumínio em tons dourados e as linhas da antena ficam nas bordas superior e interior. Bai Yongxiang, co-fundador da Meizu, já confirmou que seu preço ficaria na faixa dos US$ 300.

Mais detalhes no dia 19 de julho.

Via PhoneArena

Meizu m3s é anunciado oficialmente

by

Meizu-M3s

A Meizu apresentou oficialmente o novo Meizu m3s, smartphone que oferece uma pequena melhora em relação ao modelo anterior, mas mantendo uma excelente relação custo-benefício.

Por um lado, temos que destacar a qualidade dos seus acabamentos, já que tem um case de metal e uma capa frontal de cristal 2.5D, e por outro lado devemos levar muito em conta suas especificações:

– Processador MediaTek MT6750 octa-core (Cortex-A53), quatro a 1.5 GHz e quatro a 1 GHz
– GPU Mali T860
– 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento ou 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento
– Tela de 5 polegadas (720p)
– Câmeras de 13 MP e 5 MP, com flash traseiro dual tone
– Slot para microSD
– Bateria de 3.020 mAh
– Conectividade 4G
– Sistema operacional Android 5.1 com interface Flyme OS

Por conta dessa opção com duas configurações de RAM e capacidade de armazenamento não tem nada que invejar a modelos top de linha muito mais caros. Por outro lado, não vir atualizado com o Android M é um ponto negativo.

Meizu-M3s-02

Os preços convertidos do Meizu m3s são de US$ 106 e US$ 136, respectivamente. Valores que colocam os modelos como alguns dos melhores dispositivos do mercado em sua categoria. Vale lembrar que esses valores serão bem mais caros quando chegar nos mercados internacionais.

Meizu-M3s-03 Meizu-M3s-04 Meizu-M3s-05

Via GSMArena

Meizu Gravity, um alto-falante “flutuante”

by

Gravity_06-ed

A Meizu apresenta um singular alto-falantes sem fio, o Meizu Gravity. Seu design faz com que, se contemplado a partir de determinados ângulos, o alto-falante parece que está flutuando. Mas esta não é a única novidade interessante: o produto foi apresentado via Indiegogo.

Ou seja, ele vai buscar o financiamento coletivo para entrar em produção. O lançamento também resulta em um Meizu Gravity comercializado em todo o planeta, por um preço inicial sugerido de US$ 199 (nas lojas vai custar US$ 249), com entregas previstas para dezembro de 2016.

Diferente de outros projetos lançados com essa filosofia, a Meizu conta com os recursos necessários para iniciar a fabricação do produto de forma bem simples. O design do Gravity é uma criação de Kosho Tsuboi, um jovem e reconhecido designer japonês, que criou um singular pé de apoio transparente que sustenta o alto-falante.

Gravity_meizu

Esse pé dá a sensação de que, de acordo com o local que olhamos para o produto, ele parece estar suspenso. Além do prisma e um espelho que serve de tela de visualização da reprodução (a partir de qualquer smartphone com Bluetooth), o alto-falante conta com um design assimétrico. Colaboram com o projeto os especialistas da empresa Dirac. Os dois alto-falantes de 1.25 polegadas e 10W estão conectados ao chip amplificador TAS 5754M da Texas Instruments.

O hardware conta também com um processador Allwinner R16 quad-core Cortex-A7, 512 MB de RAM e 4 GB de armazenamento, além de conectividade WiFi 802/11 b/g/n e Bluetooth. Tudo é gerenciado pelo sistema operacional Android 4.4.2, trabalhando de forma nativa com serviços como Spotify, Last.fm ou SoundCloud.

 

Via Meizu Gravity (Indiegogo)

Meizu Pro 5 Ubuntu Edition chega ao mercado

by

Meizu Pro 5 Ubuntu Edition-01

Chegou ao mercado internacional o Meizu Pro 5 Ubuntu Edition. De acordo com a Canonical, este é o smartphone mais potente com Ubuntu disponível no mercado.

Potente, grande, com chassi metálico, bem acabado e com o razoável preço de US$ 369, o Meizu Pro 5 Ubuntu Edition tem a sua base no modelo com sistema Android, com tela de 5.7 polegadas (Full HD0, cristal 2.5D e proteção Gorilla Glass 3. Conta com chipset Exynos 7420 octa-core, 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento (expansíveis via microSD).

Meizu Pro 5 Ubuntu Edition-02

A conectividade está garantida com uma porta USB Type-C, nano SIM dual, WiFi ac e Bluetooth, além de um módulo LTE Cat 6 para downloads de até 300 Mbps. Suas câmeras são de 21 MP e 5 MP, e sua bateria é de 3.050 mAh, com modo de recarga rápida. Seu peso é de 168 gramas.

Meizu Pro 5 Ubuntu Edition-03

O Meizu Pro 5 Ubuntu Edition é um dispositivo atraente, e é indicado para quem busca um Linux alternativo ao Android da Google. Esperamos que a Canonical siga investindo nesse tipo de solução, ampliando o seu portfólio e garantindo o suporte do produto. Porém, é fácil concluir que estamos diante de um dispositivo para um nicho bem específico.

Logo, não será surpresa se esse smartphone jamais desembarcar no mercado brasileiro. A não ser que a própria Meizu o faça, em uma decisão surpreendente.

Meizu M3 é oficial: bom desempenho por menos de US$ 100

by

Meizu M3-final

A Meizu apresentou oficialmente na China o Meizu M3, um smartphone que pode ser classificado como um modelo de linha média com um preço de smartphone de entrada, oferecendo assim uma relação custo-benefício excelente.

Antes de entrar nos detalhes de suas especificações técnicas, vamos repassar o acabamento externo. O modelo mantém o design classico da Meizu, mas com um acabamento em policarbonato, deixando de lado o metal que está presente em outros modelos da empresa. Algo compreensível para os propósitos que esse dispositivo possui no mercado.

Não ter um acabamento premium com esse smartphone permite uma redução considerável no preço final do dispositivo, um dos fortes argumentos do Meizu M3, principalmente quando vemos os seus componentes.

Meizu M3-final-00

Passando pelas suas especificações de hardware, temos o seguinte:

– Tela de 5 polegadas (720p)
– Processador MediaTek MT6750 octa-core 64 bits a 1.5 GHz e 1 GHz (de acordo com o modelo)
– 2 GB de RAM
– Câmeras de 13 MP e 5 MP
– 16 GB de armazenamento (expansível)
– Bateria de 2.870 mAh
– 4G, WiFi e Bluetooth
– Sistema operacional Android com a capa FlymeOS

O preço sugerido do Meizu M3 é de US$ 92 (já convertidos). Há um modelo com 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento, com preço sugerido de US$ 123.

Mais imagens a seguir.

Meizu M3-final-04 Meizu M3-final-03 Meizu M3-final-02 Meizu M3-final-01

 

Via GSMArena

Meizu Pro 6 é oficial

by

meizu-pro-6

A Meizu apresentou oficialmente o seu novo smartphone top de linha, o Meizu Pro 6. O modelo é um substituto direto do Meizu Pro 5, e oferece mudanças importantes para buscar um mercado maior.

A primeira característica desse novo smartphone é a sua redução de tamanho de tela, passando de 5.7 polegadas para 5.2 polegadas (Super AMOLED, com vidro 2.5D), as mesmas dimensões do HTC 10, e que parece ser uma espécie de “consenso” entre os fabricantes. A tela do Meizu Pro 6 também conta uma tecnologia sensível à pressão, a 3D Press, que apesar ser similar ao que já vimos em outros dispositivos do mercado, o fabricante garante que conta com com finalidades diferentes e características próprias. Porém, não entra em detalhes sobre o assunto.

O novo smartphone da Meizu aposta no desempenho de um processador MediaTek Helio X25 com 10 núcleos de processamento, trabalhando com 4 GB de RAM e 32 GB ou 64 GB de armazenamento. A empresa segue na batalha pela menor espessura, com 7.15 mm. Seu corpo de metal ajuda nessa equação de baixa espessura. Por outro lado, isso tem como consequência uma automática redução de bateria, com 2.560 mAh, 500 mAh a menos que o Pro 5.

meizu-pro-6-flash-10-led-dual-tone

Na parte das câmeras, o novo smartphone traz como principal inovação um flash com 10 LEDs dual-tone, com o objetivo de obter melhores resultados nas fotos noturnas ou com baixa luminosidade. Seu sensor traseiro é um Sony IMX 230 de 21 MP, que trabalha com um novo algoritmo IPS que promete um foco muito rápido (de até 0.07 segundos).

O áudio do Meizu Pro 6 também foi melhorado, incorporando o novo Cirrus Logic DAC, que promete aumentar a sua potência em 55%. Todo o conjunto de hardware é gerenciado pelo sistema operacional Android Marshmallow.

O Meizu pro 6 está disponível em três opções de cores (dourado, preto ou prata), com preços sugeridos de 340 euros para o modelo com 32 GB, e de 380 euros para o modelo com 64 GB (valores já convertidos). Não há previsão de disponibilidade internacional.

 

Primeira imagem oficial do Meizu Pro 6

by

Meizu-Pro-6

Fim do mistério.

Depois de muitas especulações e vazamentos que chegaram até a confundir a imagem da carcaça desse smartphone com a do iPhone 7, a Meizu finalmente resolve eliminar com todas as dúvidas, e apresentou uma imagem oficial da parte traseira do seu próximo phablet top de linha, o Meizu Pro 6.

Como podemos ver na imagem abaixo, o modelo mantém as bases clássicas de design de toda a linha Meizu, ainda que por causa disso conte com linhas de antena bem marcadas, conseguindo um acabamento que lembre muito o iPhone 6 e o HTC One M10. De um modo geral, o resultado final é bem agradável. São mudanças pequenas mas suficientes para oferecer uma aparência diferente e mais atraente para o smartphone.

meizu-pro-6-final

No seu hardware, não há informações confirmadas oficialmente, mas comenta-se que o Meizu Pro 6 poderia contar com estas especificações:

– Tela de 5.7 polegadas (1080p)
– Processador MediaTek Helio X25 com CPU de 10 núcleos
– GPU Mali T880 com quatro núcleos gráficos
– 4 GB de RAM na versão de 64 GB, 6 GB de RAM na versão de 128 GB
– Câmeras de 21 MP e 5 MP
– Conectividades WiFi AC, 4G e USB Type-C

Detalhes sobre preços do Meizu Pro 6 não foram revelados, mas é de se imaginar que ele gire entre US$ 400 e US$ 500. Seu lançamento pode acontecer em maio.

Via PhoneArena

Meizu MX5E, uma versão econômica do Meizu MX5

by

Meizu-MX5

O novo Meizu MX5E se apresenta como uma versão mais econômica do Meizu MX5, smartphone que estreou como um top de linha no seu tempo, e que foi superado no hardware pelo Meizu Pro 5.

As mudanças em relação ao MX5 são mínimas, se limitando à câmera traseira, que passa a ser de 16 MP no lugar dos 20.7 MP do modelo padrão. Já o processador baixa a sua frequência de 2.2 GHz para 2 GHz. Nos demais itens, tudo igual: 3 GB de RAM, tela Full HD e acabamento em metal, além de 16 GB de armazenamento no modelo base, o leitor de digitais e a câmera frontal de 5 MP.

A diferença de preço diante do Meizu MX5 é de 13 euros (já convertidos), o que nos leva a recomendar um investimento na versão padrão. Porém, em compras internacionais (e principalmente se os dois modelos algum dia desembarcarem no Brasil), os valores podem ser muito diferentes, com uma diferença mais acentuada, o que pode compensar a compra no modelo recém anunciado.

Um movimento um pouco estranho por parte da Meizu, que está cada vez mais próxima de apresentar o seu próximo smartphone top de linha, o Meizu MX6, que deve chegar com um processador MediaTek Helio X20 e 4 GB de RAM.

Via GSMArena

Meizu M3 Note é apresentado oficialmente

by

meizu-M3-note

A Meizu apresentou oficialmente na China o Meizu M3 Note, smartphone de linha média com excelente relação custo-benefício.

Na parte externa, mantém o mesmo design clássico da Meizu com acabamento metálico, oferecendo assim um bom acabamento, além de um design atraente. Porém, o número de pessoas que apontam para a necessidade do fabricante renovar um pouco a sua proposta estética, fugindo dessa excessiva continuidade só aumenta.

São duas versões de especificações técnicas, que se diferenciam pela quantidade de RAM e armazenamento. Os demais componentes são os mesmos para os dois modelos:

– Acabamento em alumínio série 6000
– Tela de 5.5 polegadas (1080p, com cristal 2.5D)
– Processador MediaTek Helio P10 com CPU de 10 núcleos a 1.8 GHz
– GPU Mali T860
– 2 GB de RAM + 16 GB de armazenamento, ou 3 GB de RAM + 32 GB de armazenamento
– Câmeras de 13 MP e 5 MP
– Suporte SIM dual e microSD
– Leitor de digitais
– Bateria de 4.000 mAh
– Conectividade 4G
– Sistema operacional Android personalizado com a interface Flyme UI

O Meizu M3 Note tem preço sugerido de US$ 125 na versão com 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento, enquanto que a versão com 3 GB de RAM com 32 GB de armazenamento custa US$ 155. São preços que colocam esse modelo como um dos melhores smartphones de sua categoria.

Via GSMArena

Meizu m3 Note tem especificações confirmadas pelo AnTuTu

by

Meizu m3 Note

Não basta ter todo o roadmap de 2016 publicado de forma não oficial na internet. É preciso que os smartphones da Meizu tenham suas configurações finais confirmadas através de testes de benchmarks igualmente vazados. O alvo do vazamento da vez foi o Meizu m3 Note.

Um teste de benchmark do AnTuTu confirmou as características já esboçadas no vazamento do roadmap da semana passada, que indicava as principais especificações técnicas. Dessa vez, temos o conjunto de hardware completo do Meizu m3 Note, cujo principal protagonista é a incorporação do processador MediaTek Helio P10.

Caracteristicas-del-Meizu-m3-Note-según-AnTuTu

Além da confirmação do processador em questão, o Meizu m3 Note vai incorporar as seguintes especificações:

– 2 GB ou 3 GB de RAM
– 16 GB ou 32 GB de armazenamento
– Tela de 5.5 polegadas (Full HD)
– Câmera traseira de 13 MP
– Câmera frontal de 5 MP
– Bateria de 3.500 mAh
– Sistema operacional Android 5.1 Lollipop

Ou seja, podemos ver aqui que o Meizu m3 Note não vai incorporar grandes modificações em relação ao seu predecessor, sendo o processador a mudança mais significativa. Serão dois modelos disponíveis: um com 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento, e outro com 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento.

É esperado que os novos smartphones da Meizu cheguem ao mercado no mês de abril, com preços que podem ficar entre 109 euros e 137 euros. Não há qualquer tipo de informação sobre um eventual lançamento internacional, assim como a confirmação de uma data exata para a apresentação dos novos dispositivos.

Via Gizchina

Vazou o roadmap de lançamentos da Meizu em 2016

by

meizu-logo

Como não existem segredos bem guardados no mundo da tecnologia, não chega a ser surpresa a notícia do vazamento do roadmap de lançamentos da Meizu para 2016.

A Meizu está aos poucos se tornando uma marca reconhecida, com um conceito muito similar ao já utilizado pela Xiaomi. A empresa oferece dispositivos com grandes especificações técnicas com preços muito competitivos. A vantagem deles está na maior distribuição internacional, enquanto que a Xiaomi está presente em poucos mercados ao redor do planeta.

Agora, sabemos qual será o catálogo de dispositivos da Meizu para 2016. Também foram detectados alguns dos aspectos básicos de cada dispositivo, como o tamanho de tela e a resolução para cada um desses modelos, o processador que cada um irá receber e até as variantes de armazenamento, sendo esta última característica aquela que condiciona o preço.

roadmap-meizu-2016

A tabela acima mostra que os modelos Meizu M3, M3 Note e M3 Metal oferecem preços muito competitivos, com o modelo mais básico não alcançando os US$ 100. Também vemos uma contradição com uma informação já publicada, em torno do Meizu Pro 6, que contaria com o processador Exynos da Samsung, no lugar do Helio X25 da MediaTek, que estaria incorporado na versão Mini desse dispositivo.

Provavelmente os modelos Meizu MX6 e Pro 6 serão os que concentrarão uma maior atenção, por serem os modelos mais conhecidos desse fabricante chinês. O tempo vai dizer e confirmar se essa tabela tem algum sentido, ou se será alterada ao longo dos meses.

Via PhoneArena