Arquivo para a tag: Marissa Mayer

CEOs do Twitter e do Yahoo! também foram hackeados

by

ceo twitter hackeado

As contas do Twitter do próprio CEO do Twitter, Jack Dorsey, e da CEO do Yahoo!, Marissa Mayer, foram hackeadas pelo grupo OurMine.

O sequestro das contas consistiu de fotos e vídeos, com um anuncio que afirmava “testar a segurança” das contas, e um link onde o grupo “vende seus serviços”.

O OurMine é o grupo responsável por outros casos de captura de contas de grandes executivos de tecnologia, porém, as identidades usurpadas não foram retida por conta de ataques de alto nível, ou por vulnerabilidade da rede social, mas sim através de uma senha obtida no hakeamento de outros serviços.

Não é a primeira vez que isso acontece

Entre os casos mais conhecidos, temos Brenda Iribe (Oculus), Mark Zuckerberg (Facebook), Travis Kalanick (Uber), Sundar Pichai (Google) e Dick Costolo (ex-Twitter), que tiveram suas contas no Twitter violadas nos últimos tempos.

CEO_Twitter

O grupo admitiu que utilizou dados vendidos na Deep Web dos recentes hackeamentos do Tumblr, LinkedIn ou MySpace, onde milhões de senhas vazaram na internet.

Esse cenário segue deixando em maus lençóis os grandes executivos, que deveriam dar exemplo, já que tudo indica que os hackeados não cumpriram uma das regras básicas na utilização de senhas: não utilizar a mesma senha para tudo. Se um serviço fica comprometido, quem tem a senha terá acesso a todos os nossos dados nas demais plataformas.

Yahoo cambaleando: prejuízos e demissões em vários países

by

yahoo-teaser

Os números não perdoam. A Yahoo, uma das gigantes do mundo tecnológico há 10 anos, se vê obrigada a fazer hoje uma dura reestruturação, que implica milhares de demissões, o fechamento de cinco de suas sedes, e o fechamento de todas as divisões consideradas não lucrativas.

No último trimestre, o Yahoo ingressou US$ 1.27 bilhão, conseguindo lucros de apenas US$ 63 milhões. É necessário avaliar o conjunto da obra para se dar conta da magnitude do desastre: em 2015, os prejuízos alcançam a casa de US$ 4.359 bilhões. Ou seja, 40% do valor da empresa simplesmente evaporou.

Com os resultados, foi anunciado um duro plano de reestruturação, com o claro objetivo de acalmar os acionistas da empresa. Esse plano tem quatro pontos considerados essenciais:

– Fechamento dos escritórios de Madri, Milão, Dubai, Cidade do México e Buenos Aires (haveria mais escritórios fechados, mas não foram confirmados). 1.600 dos 10.700 funcionários que a Yahoo possui hoje foram demitidos, ou 15% de seu grupo de funcionários.
– Revisão de todos os projetos em curso, com a suspensão de todos os que não são rentáveis. O Yahoo Screen está condenado, mas departamentos de Games e SmartTV foram mencionados como aqueles que “não cumpriram suas expectativas”.
– Foco nas áreas mais rentáveis: buscador, serviço de e-mail e Tumblr.
– Sobre a produção de conteúdo (aposta milionária que não deixou de ser explorada), vão se centrar nos temas mais interessantes: notícias, esportes, finanças e estilo de vida.

yahoo-marissa-mayer

O Yahoo já soma na gestão Marissa Mayer mais de 4 mil demissões, e muitos já questionam a sua capacidade de conduzir a empresa. É evidente que não faz sentido considerar ela como a única culpada. Porém, suas decisões parecem não oferecer o efeito esperado. De fato, tundo indica que o plano passa por melhorar as contas visando uma possível venda, algo que fica implícito no comunicado de imprensa, ao mencionar a frase “explorar alternativas estratégicas adicionais”.

Via Yahoo

Yahoo! está se desmembrando, e uma era na internet pode estar chegando ao fim

by

yahoo-teaser

O Yahoo! anunciou oficialmente que está abandonando os seus planos de fazer um spin off de sua participação na gigante chinesa Alibaba (investimento de US$ 31 bilhões), e no lugar disso fará o movimento oposto: vai se dividir em várias empresas independentes e filiais, o que pode indicar uma futura venda dessas empresas.

Maynard Webb, presidente do conselho diretivo, indica que “o conselho mantém o seu compromisso de alcançar os significativos propósitos de negócio e os lucros para os acionistas que podem ser alcançados a separar a participação no Alibaba do restante do Yahoo!. Devemos focar nossos esforços no plano inverso do spin off da empresa”.

A criação de empresas independentes significa que essas divisões podem ser mais atraentes para potenciais aquisições em partes, e os analistas começam a planejar a possibilidade do lendário negócio do Yahoo! que um dia foi um gigante de buscas de internet, com elevada relevância no setor de publicidade online, podem ser vendidas em um futuro não muito distante.

Marissa Mayer esteve no olho do furacão nas últimas semanas, por não conseguir impulsionar os números do Yahoo! como se esperava. A empresa já teve vários CEOs nos últimos cinco anos, sem alcançar a estabilidade necessária para recuperar uma boa posição no mercado.

Os movimentos do Yahoo! e os rumores sobre o possível desaparecimento da empresa (ou de parte dela) não são uma novidade para eles. A empresa passou por algo similar no ano passado, e no final se manteve operando como o faz até agora. Mas as novas declarações e os planos de divisão em empresas menores podem indicar um futuro diferente dessa vez.

Via The New York Times, Bloomberg

Yahoo estaria disposta a lançar a sua própria plataforma de vídeos, para roubar os maiores talentos do YouTube

by

yahoo-logo-1375850420.jpg.pagespeed.ce.r_45cu6gxY

Pense na seguinte situação: os seus canais de vídeos favoritos, que hoje estão no YouTune, poderiam simplesmente fazer as malas e buscar pastos mais verdes, visando lucros mais vantajosos. É com isso que o Yahoo conta para fazer com que sua futura plataforma de vídeos alcance o sucesso. Bom, é o que diz os últimos rumores publicados pelo site Recode.

De acordo com as fontes do site, o Yahoo estaria finalizando os preparativos do lançamento de um serviço de vídeos formulado especificamente para roubar do YouTube as suas principais estrelas, oferecendo aos publicadores uma maior margem de lucros.

Como você provavelmente bem sabe (e, se não sabe, ficará sabendo agora), algumas personalidades dos canais mais populares do YouTube estão insatisfeitos com os lucros que recebem da Google. Não só isso: também é ponto de irritação as políticas de uso que chegam a causar remoções injustificadas de vídeos e até a exclusão de canais inteiros por infrações de copyright discutíveis.

O problema é que, basicamente, nesse momento, não existe nenhuma alternativa diante do YouTube. Se você tem um canal de vídeos popular, e quer explorá-lo economicamente, ou você aceita as condições impostas pela Google, ou comece a pensar em outra coisa na vida para ganhar dinheiro.

A plataforma que a equipe de Marissa Mayer estaria elaborando não só ofereceria mais dinheiro aos usuários VIP descontentes com o YouTube, mas também uma ampla exposição ao público em geral, ao promover os seus vídeos na página do Yahoo. Algo que, convenhamos, não é nada depreciável, se considerarmos o tráfego que possui o seu portal.

Chegando a esse ponto, se você consegue ler nas entrelinhas, terá se dado conta que falamos muito dos usuários VIP do YouTube, e quase nada do público em geral. Então… o que acontece com o usuário comum?

Deve se conformar em ser um mero espectador.

A ideia do Yahoo é lançar o seu serviço para roubar as grandes estrelas do YouTube, e só mais tarde – talvez um ano depois -, eles podem abrir a sua plataforma de vídeos para o resto dos mortais, criando um sistema de conteúdo aberto para todos os internautas, ou diretamente adquirindo alguma empresa como a Vimeo, que aparentemente estaria buscando um comprador, e cuja atividade se encaixa como uma luva na categoria de tecnologia que o Yahoo necessita.

Considerando a facilidade com a que Marissa Mayer ter aberto a carteira ultimamente, não seria uma ideia muito descabida. Vamos ver se o tempo confirma todas essas teorias.

Via Recode

E ficou assim o novo logotipo do Yahoo!

by

tumblrinlinemsmvvledqx1qz4rgp.jpg.pagespeed.ce.zVWsBq6qQ2

Uma mudança de logotipo em uma marca de renome não é algo que se faz todos os dias, e nem é um processo precisamente fácil. Esta delicada manobra pode ser feita de forma mais ou menos discreta, ou pode ser feita com uma grande campanha de marketing. Está bem clado que no Yahoo de Marissa Mayer, nada é muito convencional, e a empresa decidiu tornar pública a mudança de sua imagem, mas adicionando doses de expectativas aos fãs da marca.

Se você se lembra, no começo do mês passado, o Yahoo anunciou que todos conheceriam o seu novo logotipo no mês de setembro, e para manter a tensão (e, por tabela, demonstrar o trabalho que eles tiveram nesse tema), a cada dia eles mostrariam um logotipo descartado, até chegar no modelo definitivo, que é esse que você vê no topo desse post.

Abaixo, uma imagem mostra como foi o seu processo de criação, em um trabalhado esquema, assim como o vídeo do making-of desse processo.

tumblrinlinemsmy7pgcbw1qz4rgp.jpg.pagespeed.ce.rxnsbqB47V

 

Via – Tumblr do Yahoo
Via – Tumblr de Marissa Mayer

[Rumor] Yahoo! vai anunciar amanhã a compra do Tumblr, por US$ 1.1 bilhão

by

tumblr-logo

Dizem que algumas notícias não podem esperar o seu anúncio para fazerem barulho. Entendo que esse seja o caso. Segundo o Wall Street Journal, o conselho administrativo do Yahoo! já deu sinal verde para que a empresa (ainda se reestruturando, é sempre bom lembrar) anuncie no evento marcado para amanhã (20) nos Estados Unidos, a compra do serviço de blogs do Tumblr, pelo valor de US$ 1.1 bilhão.

A informação foi confirmada ao periódico norte-americano pelas velhas “fontes anônimas próximas ao assunto”, e deve mesmo se tornar oficial no evento de amanhã, onde o Yahoo! deve revelar os detalhes mais importantes dessa aquisição. No momento, tudo o que podemos dizer sobre a primeira grande compra da gestão Marissa Mayer é que essa manobra já levanta muitas dúvidas sobre sua validade e utilidade, ainda mais se levarmos em conta que o Yahoo! matou recentemente uma série de serviços para se tornar mais rentável.

O que teria acontecido para o Yahoo! investir uma quantia tão alta de dinheiro no Tumblr? Será que a empresa acredita que a inclusão de um dos sistemas de blogs mais populares da internet é o suficiente para a recuperação dos seus serviços? Ou seria para justamente “matar” o Tumblr, uma vez que esse serviço acabou crescendo ao redor do mundo também por causa da atual política de imagens e copyright do Yahoo!?

Esperamos que Marissa Mayer dê as respostas que precisamos para as nossas perguntas durante o evento de amanhã.

Via WSJ.com

CEO da Yahoo vai dar um smartphone de graça para os seus funcionários. Qualquer um… menos um BlackBerry

by

Essa notícia é praticamente uma prática de bullying com a Research in Motion. E mostra como a moral dos smartphones BlackBerry está baixa (como se já não estivesse depois de passarem quase um mês sem vendas em algumas lojas de telefonia nos EUA). A nova CEO do Yahoo, Marissa Mayer, continua usando de todas as táticas para incentivar os seus funcionários a trabalharem na empresa, mesmo em tempos difíceis. E o novo programa de incentivo da executiva prevê que todos na empresa vão ganhar novos smartphones, sem nenhum tipo de custo, apenas para que se comprove a teoria que o Yahoo ainda é um lugar melhor para se trabalhar.

Só tem um pequeno detalhe: o funcionário pode escolher qualquer smartphone de sua preferência… menos um BlackBerry.

Na lista de dispositivos disponíveis informada pelo Business Insider, Mayer está oferecendo a seguinte lista de opções para seus funcionários (só pode escolher um, infelizmente): iPhone 5, Samsung Galaxy S III, HTC One X, HTC EVO 4G LTE e Nokia Lumia 920. E não, não pode escolher um BlackBerry.

O Business Insider informa que existe uma razão muito simples para que os funcionários não possam escolher um smartphone BlackBerry: o Yahoo está encerrando o seu suporte para dispositivos da RIM na sua rede corporativa. E, para ficar pior para a fabricante canadense, um memorando interno enviado para os funcionários do Yahoo diz que a empresa “está removendo os smartphones BlackBerry de sua rede corporativa em outros 22 países”, ou seja, os smartphones da RIM não mais contarão com os serviços do Yahoo, de forma permanente.

Viu como sempre pode piorar?

Via Business Insider

Google Maps já possui mais de 150 milhões de usuários

by

As palestras da SXSW no Texas (EUA) continuam. A grande novidade do Google veio da sua vice-presidente de serviços de localização, Marissa Mayer, que revelou os números de utilização dos serviços do Google Maps. Segundo Mayer, eles alcançaram o número de 150 milhões de usuários no serviço de localização de mapas. Uma vez dito isso, ela declara que eles desejam levar as atualizações do Google para um público mais amplo, dando a entender que eles desejam que esses softwares cheguem a mais dispositivos, de diversos fabricantes.

via BGR.com