Arquivo para a tag: mac pro

“Emule” um Mac Pro 2013, com uma lixeira de banheiro

by

Mac-Pro-Hackintosh

A criatividade humana (quando bem aplicada, diga-se de passagem) é algo fascinante. O lançamento do Mac Pro (2013) foi mais uma vez fonte de inspiração para os fãs do modding. Uma das provas mais claras disso que estou falando é esse Mac Pro “emulado”, contando com um design similar ao produto da Apple, mas feito com uma simples lixeira de banheiro.

O “Trash Pro”, como já é apelidado o pequeno notável, não possui o mesmo poder de processamento do Mac Pro original. Mesmo assim, o seu criador se esforçou para emular alguns dos elementos considerados chave da estação de trabalho da Apple. Se bem que o principal esforço está na reprodução do seu design cilíndrico.

Mac-Pro-Hackintosh2

O modelo acima possui uma placa-mãe mini-ITX Gigabyte Z78n WiFi, gráficos AMD Radeon HD 7750, duas unidades de armazenamento de 2.5 polegadas (uma SSD e outra HD), processador Intel Core i3 Haswell, dois ventiladores fabricado a mão, que copiam o sistema de refrigeração da Apple, entre outros elementos.

Tá, eu sei que você está curioso, e vou responder essa pergunta: a lixeira de banheiro foi comprada na Amazon, por 27 euros.

trash-pro

Deixemos de lado os aspectos técnicos. O resultado da reprodução é algo surpreendente, e para reforçar o aspecto de emulação, o modelo é um Hackintosh autêntico, rodando o OS X sem maiores problemas aparente. De novo: seu desempenho não chega aos pés do Mac Pro, mas pode fazer a alegria dos pobres abnegados que não contam com mais de R$ 13 mil na conta bancária para comprar o produto original.

Mas se o que você quer emular é o desempenho do Mac Pro a partir de um PC, temos um desktop publicado no blog do José Jacas, que pode chamar a sua atenção. O seu PC com Windows (ele não optou pelo Hackintosh) custou pelo menos 1.000 euros a menos que o Mac Pro, mas consegue superar em desempenho o produto da Apple, em quase todos os quesitos.

jacas-pc

Qualquer uma dessas duas ideias pode servir de inspiração para muitos leitores do TargetHD. As opções estão aí. Basta você começar a trabalhar nelas.

Via ArsTechnica, TonyMacx86

Product RED obteve milhões de dólares, graças ao leilão de Jony Ive e Marc Newson

by

mac-pro-red

O vocalista da banda U2 e filantropo que deseja salvar o mundo nas horas vagas Bono conseguiu convencer a dois dos designers mais reconhecidos da atualidade. Estou falando de ninguém menos que Jony Ive (da Apple) e Marc Newson. Os dois lançaram uma pequena coleção de produtos que receberam a assinatura da Product (RED), cujas vendas são destinadas para financiar a luta contra o vírus da AIDS.

A casa de leilões Sotheby’s ficou encarregada pelo evento realizado no último sábado (23), e os arremates resultaram em impressionantes resultados. O Mac Pro vermelho que você vê na foto desse post foi anunciado em leilão há pelo menos um mês, e tinha um valor estimado de arrecadação variando entre US$ 40 mil e US$ 60 mil. Porém, a sua arrecadação foi de (espero que você esteja sentado para ler isso) US$ 977 mil!

Se isso não é um valor suficientemente elevado para você, tem mais: os EarPods de ouro foram leiloados por US$ 461 mil. E a câmera Leica desenvolvida por Ive e Newson foi vendida por impressionantes US$ 1.805 milhão.

O volume total arrecadado com os itens leiloados (que incluem um traje de astronauta, um piano, uma mesa de alumínio, entre outros) arrecadaram aproximadamente US$ 13 milhões. Dizer que o resultado desse leilão foi impressionante é pouco.

Via MacRumors, Sotheby’s

Novas da Apple: Mac OS X com 8% de adoção em 24 horas, e como o Mac Pro é fabricado

by

mavericks-21

Um combo de notícias da Apple nesse post. Começamos pelos números, que como vocês bem sabem, são frios. Segundo os dados coletados pela GoSquared, o índice de adoção do Mac OS X Mavericks ficou próximo de 8% após as primeiras 24 horas de lançamento do sistema.

Em uma análise inicial, esse é um volume de adoção maior que as versões anteriores (mas isso precisa ser confirmado pela própria Apple). Algumas coisas explicam essa velocidade de expansão da nova versão.

O primeiro motivo é o mais óbvio do mundo: ele é de graça. Logo, não vamos perder muito tempo nisso. O segundo motivo é que o OS X Mavericks é compatível com modelos antigos de Macs, o que acaba beneficiando de forma direta os proprietários de produtos lançados de 2007 para frente. Além disso, as impressões iniciais passadas por aqueles que já testam o sistema em seus computadores é que essa é a melhor versão do OS X lançada até agora.

O Mavericks conta com vários recursos novos, além de ajustes para oferecer uma maior autonomia de bateria ao MacBook, monitorando os seus programas e aplicativos para decidir qual deles vai receber mais recursos de processamento.

new-mac-pro

A segunda notícia é, na verdade, um vídeo. A Apple liberou um vídeo que mostra como o novo Mac Pro é feito. O computador será fabricado nos Estados Unidos, e passa uma ideia sobre como esse produto com design diferenciado é fabricado.

No evento da última terça-feira (22), a Apple revelou mais detalhes, especificações e o preço do novo Mac Pro, que nos Estados Unidos será lançado em dezembro, com o preço inicial sugerido de US$ 2.999 (no Brasil, esse valor é de R$ 12.999). O novo Mac Pro pode receber diferentes configurações, sendo que a versão mais completa conta com até 64 GB de RAM, processador Intel Xeon E5 de 2.7 GHz e 12 núcleos de processamento, e duas GPUs AMD Fire Pro D700 com 6 GB de memória dedicada. O modelo ainda pode suportar até seis telas Thunderbolt ou três telas com resolução 4K.

 Via The Verge, MacRumors

Apple Cover 2013 | Mac Pro: nos EUA, a partir de US$ 2.999. No Brasil, a partir de R$ 12.999

by

2013_mac_pro

Uma das notícias mais aguardadas do evento de hoje (22) da Apple era o anúncio do preço e da disponibilidade do novo Mac Pro. O produto foi apresentado no meio do ano, durante a WWDC 2013, mas não teve essas informações consideradas essenciais reveladas.

O Mac Pro estará disponível no mercado internacional em dezembro de 2013, inclusive no Brasil, que já anuncia o novo computador como um de seus itens (não é uma pré-venda, que fique claro). A seguir, vamos relembrar algumas configurações do computador voltado para os profissionais (durante o evento, foi destacado que o último disco da cantora Lady Gaga foi produzido e mixado com a ajuda de uma unidade desse computador).

O modelo possui um processador Intel Xeon E5 com 4, 6, 8 ou 12 núcleos de processamento – o usuário pode escolher. A Apple relembra que esses são equipamentos muito silenciosos, com um nível de ruído semelhante ao do Mac Mini. Seu armazenamento é integrado, baseado em uma memória flash, com 1 TB de capacidade. São quatro portas USB 3.0, seis portas Thunderbolt 2 e portas HDMI. O nível de consumo de energia é 70% menor em relação ao Mac Pro original, entre outros recursos.

Preços? Claro.

O Mac Pro tem o seu preço inicial sugerido nos EUA de US$ 2.999. No Brasil, o site da Apple já indica que o seu preço inicial será de “apenas” R$ 12.999. Mas devemos enfatizar que a Apple justifica o preço “atraente” com uma frase que é emblemática: “este é um computador para você usar pelos próximos dez anos”.

Via Apple

O que podemos esperar da Apple no evento de amanhã (22 de outubro)

by

apple-lots-to-cover

Como você bem já sabe (não é possível que você não saiba a essa altura do campeonato), a Apple convidou a imprensa especializada nos Estados Unidos para um evento que vai acontecer amanhã, 22 de outubro, no Yerba Buena Center, em San Francisco, California. Nesse evento, eles devem apresentar uma série de novidades que devem chegar ao mercado internacional até o final de 2013 (ou naqueles mercados que a Apple considera importante – e nessa lista, o Brasil não está presente), além de algumas possíveis surpresas que Tim Cook deve ter guardado na manga.

Tudo indica que o evento de amanhã será o último evento da Apple no ano, mas apesar da empresa não deixar muito claro os seus reais motivos, o que fica implícito é que serão alguns lançamentos. Ou muitos, já que a frase que reforça o convite é “we still have a lot to cover”.

Sabendo que essa é a sua última oportunidade para mostrar novos produtos (mesmo apenas um mês depois de lançarem os novos iPhones), a Apple fatalmente deve apresentar os novos iPads, novos Macs e o preço e data de lançamento do OS X Mavericks. Mas… será que é só isso? Nesse post, faremos uma revisão sobre o que pode ser apresentado amanhã no evento. Se nada disso acontecer, a culpa não é nossa se eles mudam de planos do nada.

Logo, vamos revisar tudo o que pode ser anunciado amanhã pela Apple.

(Com certeza) Novos iPads (iPad 5 e iPad mini 2)

Os principais destaques do evento de amanhã podem ser os novos iPads. A quinta geração do iPad deve ser um produto completamente redesenhado, e a segunda versão do iPad mini deve receber melhorias de especificações, para um melhor desempenho.

As fones de tecnologia que especularam sobre o assunto nos últimos meses (e que anteciparam os novos iPhones antes dos mesmos serem anunciados pela Apple) indicam que o novo iPad 5 terá uma aparência externa muito mais próxima ao do iPad mini, com laterais mais finas. Já o iPad mini incluiria a esperada tela Retina. Nos dois casos, também é esperado que a Apple inclua o novo processador A7 e o identificador biométrico Touch ID.

Em junho de 2014, a Apple mostrou a sua nova versão do sistema operacional para desktops e notebooks, o OS X Mavericks, e prometeu o seu lançamento para o final de 2013. Logo, está quase confirmado que este evento também servirá para apresentar mais novidades e recursos ainda não anunciados, além da sua data exata de lançamento e o seu preço. Muito provavelmente ele deve estar disponível no mesmo dia do evento, ou poucos dias depois.

(Provavelmente) Novos Macs

Na parte de computadores, além do OS X Mavericks, a Apple deve revelar mais detalhes sobre o novo Mac Pro, que foi apresentado na WWDC 2013. O produto recebeu uma radical reformulação de hardware, recebendo não só novas e turbinadas especificações técnicas, mas também apresentando modificações importantes na sua estética.

O novo MacPro é agora um cilindro tecnológico, com a parte central aberta. As novas características do produto incluem um processador mais rápido, memórias Flash com maior velocidade, além das conectividades Thunderbolt 2, HDMI e USB 3.0.

A Apple deve finalmente contar ao mundo quanto vai custar para nós ter um produto como esse em casa.

Por outro lado, o MacBook Pro pode apresentar diferenças em seus dois modelos: dos modelos com tela Retina é esperado pelo menos uma atualização para os processadores mais recentes da Intel (da linha Haswell), o que deve se converter em um maior desempenho para o produto. Por outro lado, os modelos cuja tela não possui retina não são atualizados desde junho, e a tela com especificações melhoradas pode ser uma das novidades desses modelos.

O Mac Mini é outro produto que não é atualizado desde outubro de 2012, e pode receber uma nova versão. Alguns rumores apontam para alguma menção da porta Thunderbolt 2, uma vez que a primeira versão do Thunderbolt foi lançada no final de 2011.

Uma Nova Apple TV (talvez)

Alguns veículos de imprensa (inclusive nós aqui no TargetHD) chegaram a publicar um vazamento da versão alemã do site da Amazon, que apontava para uma nova versão da Apple TV. Alguns rumores foram ditos sobre isso nos últimos meses, mas não com tanta ênfase como acontece hoje com os novos iPads. O que fez reacender a fogueira de especulações sobre esse tema foi justamente esse vazamento. Logo, não será surpresa se o produto aparecer no evento, atualizado e repaginado.

Novos iPods (pouco provável)

Como a Apple não falou sobre novos iPods no evento de lançamento dos novos iPhones (e eles mesmos afirmam que estão com um monte de coisas para contar”, existem os mais otimistas que estão na esperança que a empresa de Cupertino apresente novas versões do seu player musical. Particularmente, acho pouco provável de acontecer, mas não completamente impossível. A Apple não decretou oficialmente o fim da produção dos seus players musicais. Logo, enquanto há vida, há esperança.

Por outro lado, as vendas dos iPdos caem de forma vertiginosa a cada trimestre. Com os usuários buscando outras soluções para ouvirem as suas músicas preferidas (e em muitos cassos, aproveitando da portabilidade), não será surpresa se esse segmento chegar ao fim em um futuro próximo.

Apple HDTV e iWatch (quase certeza que não)

Essas são duas novidades muito esperadas e especuladas pelos analistas e especialistas em tecnologia, e são produtos considerados como certos entre as futuras iniciativas de inclusão de mercado da Apple. Porém, nada aponta para um lançamento de qualquer um deles para o final de 2013. Talvez o iWatch contasse com mais chances de ser apresentado (e, se for anunciado amanhã, será uma imensa surpresa para todos. Talvez fosse até positivo o lançamento do relógio inteligente da Apple agora, mas por outro lado, pode não ser algo estrategicamente sábio. O melhor mesmo é deixar para o começo de 2014.

O mesmo acontece para a suposta Apple HDTV. É fato que é a intensão de Tim Cook e sua turma é adentrar de forma séria nesse terreno, mas acredito que o produto ainda está em estágio de desenvolvimento, e espera um momento mais adequado para ser anunciado. Logo, não é possível sequer imaginar que será anunciado amanhã. Se for, é mais uma surpresa daquelas. Mas não vamos reclamar por conta disso. Muito pelo contrário.

Case conceito para Mac Pro (versão 2013) oferece opção translúcida para o novo desktop da Apple

by

Apple-Mac-Pro-2013-1

Cafeteira, cesta de lixo, panela de fazer arroz, lata de cerveja, Mr. Fusion… vários são os apelidos que o novo Mac Pro recebeu dos fãs de tecnologia (e haters em geral). Mas uma coisa nós não podemos negar: quando o produto foi apresentado na WWDC 2013, vimos um dos designs mais inovadores de um produto da Apple em anos. E ele segue inspirando a imaginação de muita gente.

Martin Hajek imaginou um Mac Pro 2013 com uma carcaça externa translúcida, para que todos possam apreciar os componentes internos do equipamento. Decidiu colocar o seu vislumbre em uma imagem, e o resultado é esse da foto acima. Ao meu ver, se o objetivo de Martin era deixar o desktop ainda mais incrível, ele pode dizer “objetivo alcançado”.

Martin afirma que com tanto foco por parte da Apple no OS X Mavericks e no iOS 7, muitas pessoas não se deram conta (ou a devida atenção) no quão incrível é o design do novo Mac Pro. Então, ele decidiu repaginar o modelo, combinando o formato do presente com a proposta dos primeiros iMacs da volta de Steve Jobs na empresa, que contavam com uma tampa translúcida colorida, algo que na época chamou a atenção de todos.

Não imagino a Apple apostando nas carcaças translúcidas de forma oficial. Por outro lado, não será surpresa se outros modders ou até mesmo fabricantes de acessórios para produtos da Apple apostarem nessa solução, faturando em cima do desejo de personalização dos dispositivos que alguns usuários possuem.

Para conhecer o trabalho de Martin Hajek e conferir outros cases que ele concebeu, clique aqui para acessar o seu site.

Via Macgasm

Novo Mac Pro (2013) é anunciado oficialmente

by

2013_mac_pro

A Apple apresentou ao mundo hoje (10/06), durante o seu evento na WWDC 2013, o novo Mac Pro, o seu desktop profissional. E, convenhamos: ele está lindo! Feito com uma carcaça externa de alumínio em formato cilíndrico, ele possui apenas 1/8 do volume da versão anterior. E mesmo sendo menor, ele é muito mais potente.

O novo Mac Pro conta com um novo processador Intel Xeon de 12 núcleos (256-bit), e para o armazenamento de arquivos e do sistema operacional, a Apple decidiu optar pelo armazenamento em flash, com unidades de última geração, trabalhando em conjunto com controladores PCIe. Tais unidades podem alcançar velocidades máximas de leitura de dados de 1.25 GBps, e de gravação de 1.0 GBps. Para aqueles que desejam adicionar um armazenamento extra ao produto, saiba que ele possui suporte para unidades compatíveis com o Thunderbolt 2.

A Thunderbolt 2 suporta velocidades de até 20 Gbps, com seis dispositivos conectados por porta. O novo Mac Pro conta com seis portas Thunderbolt para uso. Logo, você pode conectar até 36 dispositivos externos em um mesmo computador. Além disso, o dekstop conta com portas dual gigabit ethernet, entradas e saídas de áudio, quatro portas USB 3.0 e saída HDMI.

Sobre a memória, o novo Mac Pro conta com portas DDR 3 de 1866 MHz, com quatro canais e desempenho de 60 GBps. Na parte gráfica, encontramos duas GPUs ATI FirePro, com um suporte total de stream de 4096 processos simultâneos. Essa unidade gráfica suporta até três monitores simultaneamente em cada porta, permitindo a reprodução de conteúdos em 4K Ultra HD.

O novo Mac Pro pode ser customizado de acordo com a necessidade do cliente (talvez por isso não contamos com métricas em seus itens de hardware, por enquanto). Não tem preço anunciado, mas sabemos que será lançado nos Estados Unidos ainda em 2013. Aliás, o novo Mac Pro também será fabricado em território norte-americano.

Novos modelos de iMac e Mac Pro podem não contar com drives óticos

by

A Apple renovou a sua linha de notebooks em junho, durante a WWDC 2012, mas o Mac Pro e o iMac ficaram de fora das festividades. Posteriormente, a Apple confirmou que as atualizações para os dois modelos aconteceriam em um momento posterior, e agora, o site Apple Insider encontrou referências de novos modelos de desktops da Apple, com alguns arquivos que descrevem suas configurações.

Quando os arquivos de Boot Camp foram examinados, referências de diversos Mac Pros e iMacs foram encontradas, com específicos números de modelos e indícios que esses novos produtos podem não contar com unidades óticas. Dois modelos encontrados nos arquivos são listados como MP60 (MacPro6,x) e IM130 (iMac13,x), que seriam a sexta geração do Mac Pro, e a décima terceira geração do iMac.

A fonte também usa como referência o e-mail enviado pelo próprio CEO da Apple, Tim Cook, para alguns consumidores, onde ele falava sobre o futuro do Mac Pro, especulando que a Apple poderia remover as unidades óticas do equipamento profissional, para passar a adotar uma nova solução de transmissão de dados, como as portas USB 3.0 ou o Thunderbolt.

O iMac também passaria por uma reformulação. Os documentos revelam que o novo equipamento contaria com um processador Intel Ivy Bridge com 4 GB de RAM. É bom ter uma certa ressalva nesse caso em especial, pois os resultados de benchmarks encontrados nos documentos podem ter sido forjados.

Na opinião do Apple Insider, a remoção do drive ótico no iMac faz mais sentido, pois liberaria espaço no equipamento para a adição de nvoos componentes, ou até mesmo para deixar o design do computador ainda mais fino. De acordo com suas fontes, a Apple estaria trabalhando em dois modelos de iMacs mais finos do que os modelos atuais, deixando sua espessura mais próxima de uma TV de LED atual.

De um modo geral, a exclusão das unidades óticas faz todo o sentido, na minha opinião. A Apple não inclui uma unidade dessas em seus computadores desde a chegada do MacBook Air, e removeu tal unidade da atual versão do MacBook Pro, para tornar o notebook ainda mais fino. Logo, a tendência natural é que os desktops sejam os próximos a perder tal recurso. Além disso, boa parte dos usuários simplesmente não utilizam mais as mídias óticas para armazenamento de dados. Talvez a sua maior utilidade seja mesmo para gravação de arquivos multimídia, para levar as fotos da viagem de férias para aquele parente que ainda não sabe que a sua TV ou DVD player (muito provavelmente) pode reproduzir essas fotos com a ajuda de um pendrive.

Apple não vai incluir suporte para algus Macs de 64 bits no Mountain Lion

by

Os usuários de dispositivos Apple sabem que é normal que novas versões dos seus sistemas operacionais (OS X ou iOS) não suportem os dispositivos mais antigos. Logo, não é surpresa saber que o Mountain Lion oferecerá suporte para um número relativamente limitado de computadores, excluindo vários modelos de MacBook Pro e Mac Pro de 64 bits.

O motivo para que a Apple tente proibir a instalação da versão 10.8 do OS X nos modelos mais antigos está diretamente ligada aos chips gráficos, que contam com controladores de 32 bits, que são incompatíveis com o Mountain Lion. É uma pena, pois alguns computadores que foram adquiridos em 2008 não poderão utilizar o novo software.

Abaixo, uma lista dos equipamentos que poderão utilizar o Mountain Lion. Se o seu modelo não estiver listado abaixo, comece a correr para vendê-lo o quanto antes:

– iMac (metade de 2007 ou mais recente)
– MacVook (final de 2007 – de alumínio – ou começo de 2009 ou mais recente)
– MacBook Pro (meio/fim de 2007 ou mais recente)
– MacBook Air (final de 2008 ou mais recente)
– Mac Mini (começo de 2009 ou mais recente)
– Mac Pro (começo de 2008 ou mais recente)
– Xserve (começo de 2009)

Via Ars Technica e Apple

Mac Pro e iMac sofrerão mudanças de design em 2013, diz Dave Pogue

by

Muitos rumores apontavam que a atualização dos Mac Pro aconteceria. E aconteceu, mas foi uma atualização de hardware. Mas parece que os usuários não estão muito contentes, uma vez que o design permanece o mesmo, com um ar envelhecido. E o modelo está tão desprestigiado pela Apple que durante o evento da WWDC 2012, nem menção foi feita à tal atualização do Mac Pro.

Agora vem a informação que vem da parte de Dave Pogue, que publicou no New York Times, que segundo suas fontes, novas atualizações estão chegando, e dessa vez, para o design do produto, tanto para o Mac Pro quanto para o iMac.

Levando em conta que a Apple hoje está muito focada no mercado mobile, alguns ainda tem dúvidas se a empresa vai continuar fabricando as duas linhas de produtos. Mas ao que parece, as coisas vão continuar como estão agora. Um executivo da Apple (que Pogue não revela quem é) disse que a atualização está a caminho. Palavras de Pogue:

Me garantiu que novos modelos com novo design estão a caminho. Provavelmente com seu lançamento para 2013.

Por outro lado, o site MacRumors revela que um dos leitores compartilhou um e-mail onde temos a resposta de Tim Cook (será?) sobre a falta de atualização dos modelos Mac Pro. Vale tomar cuidado com esse tipo de fonte, pois não sabemos a procedência disso. Segue abaixo:

Nossos clientes Pro são realmente importantes para nós. Não se preocupe, porque estamos trabalhando em mudanças realmente genais para o próximo ano.

É esperar para ver (como sempre).

Via New York Times

[WWDC 2012] Apple atualiza o Mac Pro, com novos processadores Xeon

by

A Apple também atualizou (finalmente) os desktops Mac Pro. Os equipamentos voltados para os profissionais de escritório e empresas não recebiam uma atualização desde novembro de 2010.

A grande novidade está na presença de processadores Intel Xeon nas versões tradicional e Server. Uma terceira configuração “normal” foi adicionada ao catálogo de produtos. A versão mais básica do computador possui um processador Intel Xeon quad-core de 3.2 GHz, 6 GB de RAM, disco rígido de 1 TB e gráficos ATI Radeon 5770.

A segunda versão “normal” do Mac Pro possui dois processadores Intel Xeon de 2.4 GHz, com um total de 12 núcleos, 12 GB de RAM, 1 TB de HD e gráficos ATI Radeon 5770. Por fim, o Mac Pro Server possui um processador Intel Xeon quad-core de 3.2 GHz, com 8 GB de RAM e dois discos rígidos de 1 TB.

A Apple oferece atualizações para estes equipamentos, como por exemplo um processador Intel Xeon de seis núcleos, de 3.33 GHz para o primeiro modelo, ou uma placa gráfica ATI Radeon HD 5870 de 1 GB GDDR5. Curiosamente, não há atualização para portas USB 3.0 para estes novos desktops.

Via Apple

Rumores: aparecem as (supostas) especificações de um novo MacBook Pro, que deve ser anunciado na WWDC

by

Sabemos que a WWDC 2012 está para acontecer, e com isso, os rumores e vazamentos se tornam cada vez mais frequentes. Tomemos como exemplo um suposto MacBook Pro. Mas antes de qualquer coisa, temos que tomar toda a cautela do mundo, mas ter a máxima atenção aos dados que vamos analisar, pois são realmente muito interessantes.

Segundo o site WeiPhone, o novo MacBook Pro não contará com tela Retina, tal como se especula a alguns dias, mas sim com uma tela com a resolução de 1280 x 800. Dos demais dados, aqueles que merecem ser destacados estão no fato que os novos modelos de MacBook Pro terão processadores Ivy Bridge, com gráficos HD 4000, portas Thunderbolt e USB 3.0. De qualquer forma, se trata de um portátil muito potente em termos de produtividade, mas que pode decepcionar a aqueles que esperam um salto mais revolucionário nesta nova versão. Veja a suposta tabela de especificações abaixo.

Por outro lado, algumas fontes ainda seguem apostando que os novos MacBooks receberão sim a tão proclamada Retina Display. Segundo o site 9to5Mac, serão apresentadas duas novas versões de notebooks Apple de 15 polegadas, além de novos modelos do MacBook Air de 11 e 13 polegadas, com Retina Display. Eles também afirmam que até os novos iMacs podem contar com telas Retina Display.

A razão de tanto amor por esta tela é simples: ao incluir a Retina Display em todos os dispositivos da Apple, a empresa consegue potencializar a imagem da marca, o que por sua vez refletiria em um aumento de vendas do iPhone e iPad.

Além dos novos computadores portáteis, a WWDC também apresentaria atualizações de alguns periféricos, como teclados AirPort, mouses e trackpads. Se tudo isso for confirmado, a próxima WWDC de 9 de junho será uma das mais interessantes dos últimos tempos.

É esperar para ver.

Via WeiPhone e 9to5Mac

[Apple] Apple Mac Pro se atualiza, com novos processadores de até 12 núcleos

by

A Apple acaba de lançar uma nova linha de desktops. O novo Mac Pro chega com configurações bem tops, sendo que na mais alta delas você pode ter um processador de até 12 núcleos. Mesmo que, para isso, você tenha que desembolsar uns US$ 5.000 quando ele estiver disponível para compra, em agosto.

O equipamento permite várias configurações principais, que te permitirão várias combinações para que ele seja o seu companheiro de trabalho, como, por exemplo, ter um desktop com processador Xeon Nehalen (4 núcleos) com até 3,2 GHz de velocidade, um Pro com processadore Westmere (de 4 ou 6 núcleos) ou um multiprocessador, com dois processadores que, combinados, podem chegar a até 12 núcleos (a 2,39 GHz). Estas opções você só pode comprar na loja online da Apple. Pra complementar, o desempenho desses desktops podem ser complementados com tecnologias já conhecidas do nosso meio, como a TurboBoost e Hyper-Threading, além da conexão QuickPath Interconnect.

Além de tudo isso, encontramos também 4 ou 8 slots de memória DDR3 (de acordo com a configuração do processador), quatro baias para discos de 3,5″ (permitindo a instalação de HDs e SSDs), possibilidade de configuração em RAID 0,1,5 e 0+1, duas unidades SuperDrive a 18x, placa gráfica ATI Radeon HD 5770 (podendo instalar duas placas) ou 5870, com 1 GB, duas portas mini DisplayPort, uma DVI, conectividade Bluetooth 2.1, WiFi e Ethernet.

Ainda que na sua configuração máxima o novo Mac Pro fique na faixa dos US$ 5.000, este desktop da Apple chegará ao mercado em seu modelo mais básico na faixa de preço de US$ 2.499.

Fonte

[desktop] O Mac Pro recebe um novo processador Xeon de 3,33 GHz e 2 TB de disco rígido

by

Se você estava pensando em comprar um Mac Pro, esta atualização pode fazer você querer ainda mais fazer isso, uma vez que a Apple deu um pequeno empurrão à sua linha mais incrementada de desktops, com a incorporação de novos processadores e uma opção de maior capacidade de armazenamento. Eles chegam com processadores Intel Xeon, com 3,33 GHz, que é um pouco mais do que os 2,93 GHz do modelo anterior. O preço dele agora se situa nos US$ 1.200, um pouco mais alto do que o normal, isso se você não contar os US$ 350 adicionais para adicionar a nova HD SATA de 2 TB, a 7.200 RPM. Bom, acho que não há muitos motivos para se esperar agora para comprar, não é mesmo?

Fonte

[desktop] Este poderia ser o novo Mac Pro, não é mesmo?

by

O Mac Pro não sofre alterações de design a muito tempo. Logo, o MacBlogz fez a sua parte e montou o que poderia ser um novo MacPro. Mesmo parecendo um Mac Pro comum, ele tem mais detalhes do que se possa imaginar, como dois drivers e entrada/saída automática e uma nova perfuração de superfície. Fora os recursos por dentro, que é o que há de melhor em termos de configuração.

Fonte