Arquivo para a tag: jogos para smartphones

Capcom cria divisão de jogos para smartphones

by

capcom-logo-street-fighter

A Capcom anunciou uma reorganização na sua empresa, que vai resultar na criação de uma divisão móvel, onde eles pretendem entrar com força no mercado de games para smartphones.

O segmento dos videogames para smartphones é uma fatia de mercado muito grande e muito apetitosa. A melhor parte é que ele vai seguir crescendo substancialmente durante os próximos anos, até chegar na marca de US$ 37.5 bilhões em 2019, contra os US$ 27.5 bilhões em 2015. Com tais expectativas de crescimento em mente, não é de se estranhar que a Capcom queira se lançar nesse segmento, ainda que (pelo menos por enquanto) apenas três franquias serão lançadas para o segmento mobile: Mega Man, Monster Hunter e Sengoku BASARA.

Já é um lançamento mais interessante que o da Nintendo, que segue mantendo longe do setor móvel as suas principais franquias (Mario Bros, Zelda, Metroid e Donkey Kong), mas não podemos descartar que a Capcom também vai levar par ao setor móvel as adaptações de outras de suas franquias.

mega-man-capcom

Como antecipamos, veremos quatro jogos para o setor móvel por parte da Capcom antes do final do seu atual ano fiscal (março de 2017). Três desses jogos estão baseados nas franquias já citadas, e o quarto será uma surpresa cujos detalhes não foram revelados. Senão, deixa de ser surpresa.

O futuro dos games parece mesmo estar nas plataformas móveis, especialmente os smartphones e tablets. Não só por conta da mobilidade, mas pela praticidade de adquirir itens dentro do próprio jogo, e pagando pouco por isso. Alias, o preço reduzido para a venda de jogos faz com que os títulos sejam mais conhecidos a longo prazo, por conta dessa acessibilidade e do baixo custo.

Via SlashGear

Os jogos para smartphones já são a maioria na indústria de games?

by

games-moveis-01

Os games móveis são muitas vezes desprezados pelos gamers de outras plataformas tradicionais ou de jogadores mais casuais, mas essa lógica vai mudar. Com os fabricantes investindo mais nas plataformas móveis, a tendência é aumentar a presença desse segmento no setor como um todo, e essa visão vai se tornar rapidamente ultrapassada.

Os dispositivos que as pessoas utilizam para jogar estão cada vez mais potentes, oferecendo assim mais opções para uma maior qualidade e profundidade dos títulos. A capacidade de renderização 3D de um jogo para um smartphone está em níveis revolucionários, permitindo que os desenvolvedores possam criar jogos com o mesmo nível de imersão das suas respectivas versões para o PC.

Durante esse tempo, a demanda por jogos do tipo puzzle (que facilmente vicia os jogadores) foi deixada de lado para dar espaço aos games de RPG e jogos de aventura. Para suprir essa demanda, os estúdios estão produzindo add-ons para jogos famosos de PC, jogos de luta em 3D simples e títulos de exploração de mundo aberto. Estes jogos contam com uma grande vantagem em comparação com os games dos consoles, já que eles são, de um modo geral, gratuitos.

Os desenvolvedores vendem itens adicionais no lugar de cobrar o usuário pelo jogo, algo que agradou a muitos. Jogos que fazem parte da nova geração das mais diferentes modalidades, como esse jogo de bingo móvel, estão capitalizando em cima da fidelidade dos usuários, que podem jogar sem pagar nada, tornando-se assim nomes reconhecidos dentro do segmento.

games-moveis-02

A partir desse modelo de jogo, apareceu a ideia dos jogos do tipo ‘freemium’, que até o ano passado não eram muito conhecidos, mas depois de uma série de histórias mal contadas na imprensa, se tornou um termo familiar. No passado houveram muitas denúncias de casos de crianças que faziam compras nos jogos com as contas dos pais, mas agora esse problema praticamente desapareceu, apesar de muitos ainda serem cautelosos sobre esse formato de jogo.

O jogo ‘freemium’ é gratuito para o usuário iniciar o jogo, mas se eles querem progredir no mesmo – comprando itens limitados ou adquirindo habilidades especiais -, então eles podem pagar uma pequena taxa para os desenvolvedores. Não é uma solução que os gamers mais hardcores concordam, e muitos deles acabam vendo essa estratégia como um ‘atalho rápido’ para concluir o jogo, principalmente quando você não é tão bom assim, já que você pode ignorar as fases mais difíceis. Mas independente se há uma concordância ou discordância na opinião, fato é que os jogos freemium são hoje um grande sucesso, e agora compõem uma parcela significativa do mercado de games.

games-moveis-03

O problema do descontentamento de parte dos jogadores está diretamente relacionado com a perspectiva tomada. Um gamer para PC pode considerar um jogador de dispositivo móvel como alguém menos habilidoso, mesmo que eles passem mais horas jogando. Os usuários móveis estão tomando rapidamente o mercado, e muitos jogadores que não podem pagar ou não se sentem confortáveis utilizando um PC pode simplesmente usar os seus smartphones para se divertir. E isso é algo extremamente democrático.

games-moveis-04

O modelo de venda de jogos móveis continua a evoluir, mas os preços permanecem os mesmos. Ou seja, os títulos para smartphones são geralmente de graça, e quando são cobrados, custam uma pequena porcentagem do preço de um jogo para o PC. Esses jogos podem ser comprados por centavos, e isso faz uma enorme diferença para os jogadores que procuram uma diversão barata em seu smartphone.