Arquivo para a tag: joe belfiore

Chefe do Windows explica por que ele usa um iPhone

by

joe-belfiori

O vice-presidente e responsável pelos sistemas operacionais na Microsoft, Joe Belfiore, está de férias no Japão como parte do seu ano sabático, e foi flagrado com um iPhone. E isso foi o suficiente para uma leva de especulações povoar a internet.

Não é a primeira vez (e fatalmente não será a última) que vemos executivos usando produtos de outras empresas, e isso vira uma publicidade gratuita para os seus rivais. E como a plataforma móvel da Microsoft não está com essa bola toda…

Belfiore não demorou a responder a polêmica com argumentos que podem ser considerados razoáveis. Ele explica que testa regularmente produtos dos rivais, não necessariamente porque ele quer usá-los, mas para comprovar a quantas andam a concorrência.

Com a palavra, Joe Belfiore:

“É muito importante para mim compreender produtos como o iPhone e o Android, que são muito utilizados por usuários de PCs em todo o planeta, o que representa uma concorrência para o Windows Phone. Consumidores e profissionais esperam que os seus PCs e smartphones trabalhem de forma adequada, e para satisfazer os nosso clientes, devemos levar em conta os dispositivos que usam e o que nós gostaríamos que eles usassem”.

Belfiore esclarece que também trabalha com MacBooks e dispositivos Nexus pelo mesmo motivo. “Há muito trabalho na Microsoft de integração do Windows com dispositivos iOS e Android. Por exemplo, para levar o assistente Cortana. Quero experimentar e entender todo esse trabalho de forma profunda”, explica o chefe de sistemas da Microsoft.

São grandes os movimentos da Microsoft, especialmente no Android. A empresa vai integrar o Cortana no CyanogenMod, trabalha com a Xiaomi em sistemas com dual boot, pré-instala aplicativos como o Office e o Bing em dispositivos da Samsung, adquiriu a Double Labs, empresa por trás do aplicativo de bloqueio para o Android, o Echo Notification, introduziu ferramentas de desenvolvimento para portar aplicativos e publicou uma launcher própria, entre outras iniciativas.

Aliás, não se descarta que a Microsoft lance em breve a sua própria distribuição Android para integrar todos os seus aplicativos e serviços. Logo, o uso do iPhone por um chefe do Windows ficara como uma simples brincadeira.

Ou não.

Via Softpedia

Microsoft deve lançar “em breve” sistema de pagamentos via Windows 10 Mobile

by

microsoft-payment

Joe Belfiore, em entrevista ao Re/Code, falou sobre um possível sistema de pagamento via Windows 10 Mobile. Em breve, o sistema terá a funcionalidade de “wallet” (ou “carteira”), que está em testes em algumas iniciativas, além de licenciar tecnologias como primeiros testes piloto em modo fechado.

É um passo além em relação ao Wallet apresentado com o Windows Phone 8, mas muito mais limitado que as opções já apresentadas por Apple, Google e Samsung. Apesar de Belfiore usar a expressão “em breve”, ele não deu detalhes sobre as tecnologias ou possibilidades que serão implementadas na nova plataforma.

Tudo parece muito vago, como se estivesse em fase inicial de desenvolvimento. É fato que algumas decisões precisam ser tomadas com cautela para que a coisa saia direito, além de poder se diferenciar da concorrência. Por outro lado, eles não podem dormir no ponto. Fizeram isso com o Windows Phone, e até hoje pagam por essa decisão.

Mas além do que o “em breve” citado por Belfiore signifique, este será um passo necessário para a Microsoft. Os pagamentos via smartphone parecem ser prioridade para muitos, e a Microsoft não pode – nem deve – ficar para trás. Esperamos por novidades.

Via Re/Code

Usuários do Windows 7 são o principal objetivo da Microsoft com o Windows 10

by

Windows7

Joe Belfiore, vice-presidente e responsável pelo grupo de sistemas operacionais da Microsoft, deu uma entrevista depois da BUILD, e reconheceu que os usuários do Windows 7 são o objetivo principal da sua empresa com o Windows 10.

O Windows 7 segue sendo o rei dos desktops, com uma fatia de mercado que não para de crescer. Em abril, ele contava com 58.49% de mercado. A Microsoft sabe muito bem disso.

É questão de tempo para que os usuários do Windows XP atualizem o sistema operacional (se o seu hardware permitir) ou comprem novos equipamentos. O Windows Vista pode ser dado como morto, com 2% de mercado, enquanto que o Windows 8 foi superado com a atualização gratuita para o Windows 8.1, onde mais de 80% dos usuários fizeram a migração.

Usuários do Windows 8 e 8.1 certamente migrarão em massa para o Windows 10, mas… e os usuários do Windows 7? Belfiore reforça que esse grupo é a prioridade, e reconhece que o Windows 8 não foi tão bem quanto a Microsoft esperava. “Muitas pessoas sentiram que o Windows 8 não era para eles. Agora nós estamos criando um produto que seja para eles”, disse o executivo.

As múltiplas mudanças na interface implementadas no Windows 10 e que já vimos no Windows 8.1, com menos Modern UI e mais desktop foi um dos lemas principais no desenvolvimento do Windows 10. Em teoria, os requisitos mínimos do novo sistema devem permitir que qualquer máquina com Windows 7 possa ser atualizada para a nova versão.

As características exclusivas que o novo Windows vai trazer, como por exemplo DirectX 12, Cortana, Spartan, Continuum e a atualização contínua do sistema podem ser argumentos mais que suficientes para que um grande número de usuários acabem migrando para a nova versão.

19361979

Tablet Lenovo ThinkPad 8 64 GB com Windows 8.1

Microsoft prepara o Windows 10 para rodar com 512 MB de RAM

by

windows_10_smartphone

A disponibilidade do Windows 10 nos dispositivos móveis ainda é um tema delicado. Para quem está de olho na atualização, o intenso debate formado em torno das declarações confusas do site Lumia Conversations deve ter interessado, mesmo que de forma breve. Principalmente aquela que afirma que ‘a maioria dos smartphones Lumia receberão o Windows 10’, e que nem todos os dispositivos vão receber todas as características do sistema operacional.

A Microsoft nunca esclareceu completamente essa questão. Porém, Joe Belfiore, membro do alto executivo da Microsoft, utilizou o Twitter para informar que estão trabalhando para que até os modelos mais simples, com 512 MB de RAM, possam rodar o Windows 10. Incluindo o Lumia 520.

Segundo Joe, o ‘desejo’ da Microsoft é fazer com que o Windows 10 esteja disponível para esses dispositivos, mas as características exibidas poderiam variar de um modelo para outro. Isso é algo que eles deixaram muito claro desde o começo (incluindo o polêmico post do Lumia Conversations), porém o site The Verge manifesta o seu temor sobre o fato da Microsoft lançar uma espécie de ‘sub-versão’, como eles fizeram com o Windows Phone 7.8 na época do lançamento do Windows Phone 8.

Entende-se que a Microsoft não quer voltar a fazer os usuários passarem por isso, e trabalham para que a experiência do Windows 10 seja desfrutada (em maior ou menor medida) em todos os equipamentos de entrada, que é onde a Microsoft tem excelentes vendas.

A Microsoft está próxima de lançar o preview do Windows 10 para smartphones (é esperado para o final de fevereiro). Nas próximas semanas, veremos como esse e outros pontos sobre o sistema se esclarecem.

Via The VergeTwitter (Joe Belfiore)