Arquivo para a tag: jailbreak

iOS 10 já tem jailbreak

by

iOS 10

Mesmo em estágio inicial, o iOS 10 já tem um jailbreak. O vídeo no final do post mostra um iPhone 5 com essa versão do sistema operacional móvel da Apple rodando de forma totalmente funcional e com a execução do Cydia sem problemas.

Fica claro que o resultado alcançado foi excelente, já que não só funciona perfeitamente, mas se mantém após a reinicialização do dispositivo. Porém, é preciso levar em conta que o iPhone 5 é um dispositivo com processador de 32 bits, o que deixa algumas dúvidas ainda não respondidas.

 

Jailbreak no iOS 10… até que ponto?

A primeira é se com esse tipo de processador o jailbreak é muito mais fácil do que com um chip de 64 bits, e a segunda é se esse jailbreak é compatível ou não com o iPhone 5s e superiores, com chips de 64 bits. Muito provavelmente a resposta para as duas perguntas é que seria mais fácil fazer o jailbreak no iPhone 5, e que no momento o sistema não é compatível com CPUs mais modernas. De qualquer forma, é uma mostra clara de que a comunidade de desenvolvedores não sossega, e são capazes de superar as barreiras da Apple desde o primeiro momento.

Imaginamos que a Apple deve barrar este jailbreak nas futuras betas do iOS 10, ou deve esperar até a versão definitiva, que será lançada no terceiro trimestre de 2016, para resolver em definitivo a questão. De qualquer forma, é sempre bom lembrar que o jailbreak não é brincadeira para amadores, pois derruba o “sandbox” que a Apple utiliza em seus dispositivos móveis, que é o que mantém um entorno mais seguro possível para o dispositivo.

Vídeo demonstrativo do iPhone 5 com iOS 10 e jailbreak a seguir.

 

Via WCCFTech

3D Touch chega ao iPhone 6 graças ao jailbreak

by

3d-touch-iphone-6-jailbreak

A tecnologia 3D Touch não é mais uma exclusividade dos novos iPhone 6s e iPhone 6s Plus. A solução chega (mais uma vez) pelas mãos do jailbreak, através de um aplicativo chamado Forcy, que ativa o menu contextual do 3D Touch, que executa diretamente as ações, sem precisar entrar no aplicativo.

Tal ação é ativada realizando um gesto no ícone, mas a última atualização do aplicativo permite ativá-lo pressionando o ícone por alguns segundos (a ação de apagar o aplicativo aparecerá se arrastarmos o ícone para cima). Além disso, uma vibração é ativada quando acionamos a função, imitando o 3D Touch dos novos iPhones.

É claro que a experiência de uso não será exatamente a mesma, mas isso mostra mais uma vez que com ajustes de código é possível obter muito mais do que imaginamos.

Vídeo demonstrativo a seguir.

 

Via DekazetaYouTube, Forcy

 

US$ 1 milhão pelo jailbreak do iOS 9

by

jailbreak-ios-9

A firma ZERODIUM anunciou um programa onde eles oferecem uma recompensa de US$ 1 milhão para quem conseguir desenvolver um jailbreak do iOS 9. Porém, o mesmo deve cumprir uma série de requisitos.

Esse jailbreak deve ser untethered, exclusivo e baseado em um navegador, de modo que ele funcione com todos os dispositivos compatíveis com o iOS 9, incluindo os novos iPhone 6s e iPhone 6s Plus. A missão dada pela ZERODIUM é complicada: apenas como referência, o último jailbreak para iOS baseado no navegador foi lançado em 2011.

O ZERODIUM oferece até US$ 3 milhões, divididos em US$ 1 milhão por participação, e não coloca limites sobre quais grupos ou entidades que podem participar desse programa. Porém, se aparecer o jailbreak do iOS 9 dentro das regras impostas, ele não deve demorar para ser liberado, já que a empresa que promove o concurso vai utilizá-lo para os seus próprios fins.

Mesmo porque ninguém dá US$ 3 milhões para alguém sem querer nada em troca.

Para mais informações sobre o concurso, acesse a página oficial da ZERODIUM na internet.

KeyRaider, o exploit que roubou 225 mil Apple IDs

by

KeyRaider

O jailbreak dos dispositivos iOS pode oferecer muito poder ao usuário, mas também representa sérios riscos de segurança. Um exemplo recente do que estou falando está representado no ataque do KeyRaider, um exploit que permitiu o roubo de 225 mil contas Apple ID, com nomes e senhas de usuários revelados. Foi o maior roubo de contas da Apple até o momento, de acordo com os pesquisadores da Palo Alto Networks.

O KeyRaider se infiltrou em um dos maiores repositórios de aplicativos, o Cydia. Para quem não sabe, o Cydia fica localizado na China, e o KeyRaider afetou usuários de 20 países da Ásia, América e Europa. Pelo o que se sabe até agora, ele foi utilizado para comprar aplicativos pagos nas contas das vítimas, ou para chantageá-las na forma de ransomware.

O jailbreak em um dispositivo móvel da Apple permite a instalação de aplicativos que não estão na Apple Store, além de eliminar as restrições de características de segurança impostas pela gigante de Cupertino. Por outro lado, isso pode ter consequências negativas para o usuário, já que a vulnerabilidade dos dados do mesmo é muito maior.

Provavelmente o KeyRaider fez com que mais de uma pessoa volte a pensar duas vezes antes de fazer o jailbreak em um dispositivo da Apple. Afinal de contas, não falo apenas por conta do valor do smartphone em si, mas sim da importância dos dados, que em muitos casos, são dados únicos.

Via Palo Alto Networks

O Jailbreak chega ao iOS 7, como um presente de Natal

by

jailbreak-ios7

O já muito conhecido grupo de modders e desenvolvedores Evand3rs decidiu oferecer um presente de Natal antecipado para os usuários de iDevices ansiosos por obter um espírito livre para os seus dispositivos. A surpresa é “apenas” a possibilidade de realizar o Jailbreak nos dispositivos com o iOS 7 (entre as versões 7.0 até 7.0.4), graças a sua ferramenta evasi0n7, disponível para Windows e OS X.

Mas antes que você saia correndo para acessar a página da equipe para realizar a tarefa no seu smartphone, tablet ou player multimídia, é importante que você saiba que a versão lançada por eles é a untethered. Além disso, o popular software Cydia não está apto a funcionara na última versão do iOS, e provavelmente você vai se deparar com algumas funções que não serão executadas corretamente.

Mas já é alguma coisa, não é mesmo?

Quer tentar a sorte? Clique aqui para mais detalhes.

O Jailbreak para o iOS 6.1 já está disponível

by

Muitos usuários do sistema iOS estão esperando pela liberação de uma ferramenta que permite a realização do Jailbreak em seus dispositivos com iOS 6.x. Parece que esse dia chegou. O Jailbreak para o iOS 6.1 já está disponível, e é compatível com todos os dispositivos que suportam essa versão.

Apresentamos o evasi0n, que é a ferramenta criada por um grupo de desenvolvedores conhecidos como “evaders”, que por sua vez é composto por alguns dos nomes mais conhecidos no mundo do Jailbreak, como o MuscleNerd e o Pod2g. Eles liberaram hoje (04) a ferramenta, depois de longas semanas de trabalho árduo.

O software é compatível com:

  • iOS 6.0.1 e iOS 6.1
  • iPhone 3GS, 4, 4S e 5
  • iPad Mini
  • iPad Mini
  • iPad 2 e Novo iPad (terceira e quarta geração)
  • iPod Touch 4G e 5G

Segundo garante os seus responsáveis, eles estão trabalhando no Jailbreak para o iOS 6.1 há tempos, e o procedimento é (teoricamente) bem simples, e não requer sequer cinco minutos de tempo do usuário para ser realizado. O evasi0n é compatível com computadores Windows, Linux e Mac (OS X).

Clique aqui e veja um guia bem completo
preparado pelo AppleWeblog, que mostra tudo o que você precisa fazer antes de realizar o Jailbreak. Para fazer o download do evasi0n, acesse a página oficial da ferramenta. Vale lembrar que, por mais simples que seja (ou pareça ser), sempre fica o aviso que você está realizando o procedimento por sua conta e risco. Logo, todo cuidado e precação e pouco.

iOS 6.0.1 já possui o seu jailbreak… para alguns dispositivos

by

Tão rápido quanto humanamente possível. É assim que podemos definir a velocidade que o iOS 6.0.1 recebeu o seu jailbreak, mesmo que com algumas limitações e/ou pedras no caminho (colocadas pela Apple ou não).

O site Redmond Pie confirmou hoje (02) que o jailbreak para a nova versão do iOS já está pronta e aprovada, depois de alguns testes iniciais. Entretanto, nem todos os usuários da nova versão poderão tirar vantagem do recurso nesse momento. O motivo? Esse jailbreak anunciado hoje funciona apenas em dispositivos com o processador A4 ou inferior. Ou seja, para quem tem os dispositivos iOS mais recentes (iPhone 5, as novas versões do iPad e a última geração do iPod Touch), esse jailbreak não vai funcionar. Quem ainda possui o iPhone 3GS, o iPhone 4 e o iPod Touch 4G podem tirar vantagem dessa novidade.

Outro detalhe muito importante: esse novo jailbreak é do tipo “tethered”, ou seja, se você desligar ou reiniciar o seu iDevice, vai precisar conectar o dispositivo no computador e refazer o processo de jailbreak, para ter toda a liberdade desejada em seu produto.

Não é o ideal para o uso cotidiano (na minha opinião), mas já é um começo. O que realmente chama a atenção é que os especialistas no assunto estão ficando cada vez mais ágeis em descobrir essas soluções que são tão desejadas por um grande número de usuários dos produtos da Apple. Aliás, é bom lembrar que a própria Apple está brigando na justiça norte-americana contra a decisão do U.S. Copyright Office que determina que o jailbreak é ilegal em tablets e videogames, mas não nos smartphones.

Via

Nos Estados Unidos, será ilegal desbloquear smartphones, copiar DVDs e liberar tablets ou consoles

by

Se a moda pega… olha só o que vai acontecer com os usuários de tecnologia dos Estados Unidos.

Para entender melhor esta notícia, devemos começar citando os antecedentes, que remetem à criação da lei norte-americana denominada DMCA (Digital Millennium Copyright Act), que foi criada para proteger os direitos do autor e o uso justo de seu conteúdo. Essa normativa entrou em vigor nos Estados Unidos em 1998, e pode ser modificada a cada três anos pela Biblioteca do Congresso, para oferecer exceções específicas.

Pois bem, estamos no final de 2012, e a última modificação, que passa a ser efetiva por lá a partir de 28 de outubro, impõe mudanças drásticas, que podem afetar aos usuários de todo o planeta, uma vez que o peso dado ao mercado dos Estados Unidos é elevado.

Em primeiro lugar, os telefones adquiridos a partir de janeiro de 2013 simplesmente não poderão mais ser desbloqueados sem a devida autorização da operadora. Os motivos para isso estão nos respectivos racionamentos impostos no licenciamento do software, uma vez que, quando compramos o smartphone ou o celular, nós compramos o hardware. O software instalado nele não é nosso. Ele é licenciado para nosso uso, dentro das regras previamente estabelecidas no contrato em anexo com o produto. Logo, não pode ser modificado pelo usuário final, para não violar esses direitos de licenciamento.

Outras regras indicam que não será permitido o jailbreak ou o root (ou a liberação) dos tablets e videogames, limitar as restrições dos livros eletrônicos, muito menos copiar DVDs para realizar cópias de segurança, ou utilizar o conteúdo desses DVDs em dispositivos sem leitores adequados para isso (a.k.a. vídeos, músicas e filmes ripados ou extraídos por outros softwares para serem utilizados em reprodutores digitais e/ou compartilhados online).

Por sorte, algumas das regras contam com suas respectivas exceções, como a permissão de eliminação da DRM dos eBooks em caso de uso de pessoas com deficiências físicas, ou no ponto que permite a cópia de DVDs para fins educativos ou de análise (como em um uso de um documentário, ou em trabalhos jornalísticos), ou para serviços de distribuição online devidamente autorizados e legalizados.

Mesmo sendo um adepto da proteção dos direitos autorais e do pagamento justo pelo esforço empregado para a criação de conteúdos, as regras da Biblioteca do Congresso causa mais danos e indisposições aos internautas e consumidores de tecnologia do que benefícios. por exemplo, proibir a cópia de um DVD para backup ou para a reprodução em seu tablet é algo muito antiquado. Não permitir o jailbreak/root de um tablet ou console é algo injusto, principalmente para aqueles que se consideram donos de seus dispositivos que foram pagos com o dinheiro do nosso trabalho, e a proibição de desbloquear celulares e smartphones é algo simplesmente ridículo (mas isso, nós podemos dizer dessa lei como um todo).

Mas, mesmo que cada um dos defensores ou críticos da lei destruam os teclados do seu computador ou smartphone para justificar o seu ponto de vista, o mais importante é que você faça o seu exercício mental (mesmo que isso te cause dor de cabeça e mal estar estomacal) para formular a sua forma de pensar sobre o assunto. para ler o texto da lei por completo (ATENÇÃO: arquivo em PDF), clique aqui.

Qual é a sua opinião sobre tudo isso?

Via

O Jailbreak para o iPhone 5 está próximo

by

Já temos mais de um mês do lançamento do iPhone 5, e desta vez, demorou para aparecer um jailbreak realmente eficiente para o aparelho, algo que é esperado pelos usuários com certa ansiedade. Mas os donos do novo smartphone da Apple podem ficar tranquilos, pois o momento de libertação está chegando.

O pessoal do Chronic Dev-Team, uma das equipes dedicadas a conseguir e aproveitar exploits para realizar o jailbreak nos dispositivos iOS anunciaram que eles estão muito próximos de alcançar uma solução definitiva para o iPhone 5. Vale lembrar que estamos falando de um jailbreak Tethered.

A má notícia nesse caso é que, para realizar o jailbreak no iPhone 5, você vai precisar contar com uma conta de desenvolvedor registrada, algo que a maioria dos meros mortais não possui. Mas também não é algo para você se desesperar. Afinal de contas, esse é o primeiro jailbreak eficaz para o novo smartphone da Apple, o que significa que é um primeiro passo para um jailbreak Untethered no futuro.

Mas… por que demorou tanto para o desenvolvimento de um jailbreak para o iPhone 5? Pelo mesmo motivo que demorou para sair um jailbreak para o iPhone 4S e iPad 2: o novo iPhone conta com um novo processador, o A6, e os desenvolvedores naturalmente gastam um pouco mais de tempo para trabalhar na arquitetura desse processador (na verdade, o desenvolvimento nesse caso começa praticamente do zero), para poder alcançar o seu objetivo, ou seja, a liberdade.

Outra vantagem da chegada desse primeiro jailbreak (mesmo necessitando da conta de desenvolvedor) é que aqueles que desenvolvem os aplicativos para o Cydia já poderão começar a testar e otimizar suas soluções para a nova tela de 4 polegadas do dispositivo, além de melhorar suas funcionalidades especificamente para o iOS 6.

Via

Quer ter o Google Maps no iOS 6, na íntegra? A resposta? Jailbreak!

by

Muita gente sente saudades dele. E muita gente quer ele de volta, principalmente depois de constatar que o trabalho da Apple foi bem abaixo do esperado no seu “iMaps” (gerando assim o “Mapsgate”). Mas parece que já temos uma solução para o problema de quem atualizou o seu iDevice com o iOS 6, e quer pedir misericórdia para o Google Maps: o jailbreak.

O desenvolvedor Ryan Petrich, especialista nesse negócio de tirar os iDevices das restrições da Apple, aparentemente conseguiu fazer com que o Google Maps, retirado sumariamente da Apple no iOS 6, funcione na nova versão móvel da empresa de Cupertino. De acordo com  Petrich, o hack instalado “ainda está com grandes problemas de compatibilidade, e ainda não pode ser distribuído para o grande público, mas já é bem funcional”. Obviamente, para ter esse benefício, você precisa ter o jailbreak no seu iOS 6 para tudo funcionar.

É bom deixar claro que, tanto Apple quanto Google não recomendam tal procedimento. A Apple, pelos motivos que você já conhece. E o Google, porque já informou que já prepara um aplicativo específico para o seu Mapas, compatível com a nova versão do sistema. De qualquer forma, enquanto a Apple não pede misericórdia para a empresa de Mountain View, ou enquanto o Google não lança o seu aplicativo, essa parecer ser a solução mais completa, ou próxima do aceitável.

Vale lembrar que os usuários do iOS 6 não estão limitados ao Mapas da Apple. Existem outras soluções de mapas bem competentes, como os modelos da Garmin e da Telenav, que são muito interessantes para o uso diário. Além disso, o Nokia Maps pode ser usado diretamente no seu navegador do smartphone (disponível em m.maps.nokia.com), e pode quebrar o galho na hora que você mais precisa.

Abaixo, o vídeo com o Google Maps funcionando no iOS 6.

Via SlashGear

Novas do iOS 6: problemas no WiFi, primeiras falhas descobertas e primeiros jailbreaks

by

Menos de 24 horas depois do lançamento do iOS 6, já temos algumas coisas para contar sobre a nova versão do sistema operacional da Apple. Até poderia dizer que já tem gente que conseguiu recolocar o Google Maps, que foi sumariamente excluído da nova versão, na base da “gambiarra”. Mas essa eu ainda estou investigando. Nesse post, vou contar algumas coisas que pintaram na web nas últimas horas, que considero relevantes sobre o novo sistema.

Você conhece o Pwn2Own? Não? Bom, explicando: esse é um concurso hacker anual, que concentra os melhores hackers do mundo, e tem como objetivo premiar os mais habilidosos na prática de descobrir brechas e falhas em softwares e sistemas diversos. Já está na sua sexta edição, e nesse ano, o objetivo da competição era encontrar alguma falha considerada relevante no recém lançado iOS 6.

E tão rápido quanto humanamente possível, um dos hackers encontrou uma vulnerabilidade considerada relevante, que está presente no novo iPhone 5. De acordo com os vencedores da competição, a falha permite que outros usuários possam utilizar os recursos do iPhone 5 com iOS 6, deixando o smartphone exposto a ataques diversos. O curioso é que essa vulnerabilidade não é especificada, e nem mesmo suas consequências são relatadas pelos vencedores.

Mas, você que está lendo esse post, pode ficar tranquilo. Essa falha não quer dizer que o iPhone 5 não é um dispositivo considerado seguro. Na verdade, os vencedores do Pwn2Own consideram essa última versão do smartphone da Apple “o mais seguro do mercado”.

Nesse meio tempo, enquanto muitos se animavam em atualizar os seus dispositivos Apple com o iOS 6, outros alegaram problemas com as redes Wi-Fi de seus dispositivos após a atualização. Apesar da Apple não ter se pronunciado sobre o assunto sem seus fóruns online, muitos de seus usuários (inclusive no Brasil) comentaram sobre o assunto, e teorizaram sobre o que realmente ocorreu.

Na teoria, o iOS 4 fazia um teste de ping em uma página dos servidores da Apple. Em caso de sucesso, o Wi-Fi era identificado como conectado, e tudo funcionava muito bem. É desnecessário aqui dizer que, se o ping falha, o sistema acredita que você está em algum tipo de conexão que não precisa de um login, e segue com o procedimento de credenciais de autenticação.

Parece que alguém (ou algum estagiário, pois é sempre culpa deles) removeu acidentalmente a página de testes do ping dos seus servidores, resultando na falha da identificação e, por consequência, a inabilidade de conectar os dispositivos via Wi-Fi. A página foi rapidamente restaurada, e ao que tudo indica, esse problema foi resolvido. Logo, na teoria, você pode atualizar o seu iDevice sem medo de perder a conexão Wi-Fi do dispositivo (mas, se você ainda estiver com problemas, deixe seus comentários aqui no blog).

Por fim, aqui temos mais uma prova de rapidez indiscutível. Apenas uma hora depois do lançamento do iOS 6, o iPhone Dev-Team já conseguiu obter um jailbreak do software via redsn0w, que tira todas as travas e impedimentos impostos pela Apple, tornando o seu dispositivo algo mais “livre”.

Mas nem tudo é tão feliz quanto você possa imaginar. Por enquanto, esse jailbreak é funcional apenas com equipamentos que contam com os processadores A4 em suas entranhas (a saber: iPhone 4, iPhone 3GS e iPod Touch de quarta geração). Ficou animado? Clique aqui para ver o tutorial de procedimento. Como sempre, faço aqui o aviso que você deve realizar o procedimento com cuidado. Caso contrário, você vai acabar com um pedaço de plástico inútil na sua casa ou escritório. Ou vai servir de peso de papel, pelo menos. Faça por sua conta e risco.

Octopus Keyboard, um teclado similar ao do BlackBerry 10 para iPhones com Jailbreak

by

A RIM apresentou oficialmente o BlackBerry 10, e um dos seus principais destaques do sistema operacional está no seu teclado virtual, que sugere as palavras mais frequentemente utilizadas pelo usuário, oferecendo assim uma velocidade de digitação muito elevada, uma vez que você se acostuma com o método.

Pois bem, um desenvolvedor pensou que poderia ser uma boa ideia contar com um telado semelhante no iOS, e assim, nasceu o Octopus Keyboard. Como você já deve imaginar, para desfrutar dos benefícios desse novo teclado, você precisa ter um iPhone com Jailbreak, mas uma vez instalado,você contará com um sistema de escrita muito próximo ao do sistema da RIM.

O teclado se encontra em uma fase muito inicial de desenvolvimento, mas o seu desenvolvedor, Mario Hros, já apresenta os seus avanços no recurso. Segundo o seu criador, o teclado aprende novas palavras a medida que você vai escrevendo, e suporta vários idiomas.

Abaixo, vídeo demonstrativo do sistema.

Via iDownloadBlog

Apple lança o iOS 5.1.1 para solucionar alguns problemas de rede

by

Apresentando soluções para problemas menores detectados, a Apple liberou a atualização 5.1.1 para o iOS, que pode ser instalada a partir da configuração do sistema, o conectado o seu iPhone, iPod Touch ou iPad no seu computador e descarregá-lo via iTunes. A Apple indica que a atualização soluciona algumas falhas com a opção HDR quando a tela está bloqueada, a mudança entre as redes 2G e 3G no iPad e conectividades por meio do AirPlay para a reprodução multimídia, além de melhorias na sincronização dos marcadores no Safari e resolver um problema que notifica que uma compra não pode ser feita, apesar de ter sido aprovada.

Se o seu dispositivo iOS tem um jailbreak instalado, vale a pena esperar para que encontrem uma maneira de driblar essa atualização mais eficiente que a atual. Clique aqui para saber como fazer o jailbreak (de forma rudimentar) no seu iOS 5.1.1.

Via Technobolt

Empresa de segurança afirma que pode detectar a senha do iPhone em menos de dois minutos

by

De um modo geral, pensamos que ativar a senha em nosso iPhone é algo mais que suficiente para manter os nossos dados a salvo no dispositivo, mas não é bem assim. A empresa de segurança Micro Systemation afirma ter um software que, entre outras coisas, pode burlar de forma muito fácil essa medida de segurança.

O aplicativo em questão é o XRY, e está sendo oferecido aos departamentos de polícia e inteligência de todo o mundo para obter informações ocultas nos telefones de criminosos. O software usa falhas de segurança semelhantes a aqueles que utilizam o jailbreak, além de ser possível realizar uma cópia de toda a informação armazenada no telefone para um computador. Uma forma de evitar que a senha seja descoberta seria ativar o uso de caracteres alfanuméricos na tela de desbloqueio.

Abaixo, você poderá ver um vídeo do software em ação, que ainda inclui o processo de captura de dados de smartphnones Android.

Via BGR

Jailbreak Untethered do novo iPad já é possível

by

O novo iPad está disponível para o grande público a pouquíssimos dias, mas tão depressa quanto humanamente possível, o seu jailbreak já foi feito. O membro da equipe iPhone Dev-Team Stefan Esser, mais conhecido pelo seu nickname i0n1c, publicou nesse final de semana um vídeo, onde ele demonstra o processo de jailbreak em seu novo iPad, com iOS 5.1

Antes de qualquer coisa, vale a pena esclarecer alguns pontos. Para quem ainda não está familiarizado com os termos, jailbreak é o processo que permite o desbloqueio de recursos e personalizações do sistema iOS (iPhone, iPod touch e iPad), que a Apple restringe de forma nativa em seus dispositivos. Com o jailbreak, o usuário pode, entre outras coisas, adicionar recursos de personalização do disposiivo, novas funcionalidades para programas nativos, e até mesmo desbloquear o aparelho para que o mesmo funcione com outras operadoras.

O jailbreak pode ser de duas categorias distintas. O tethered, que é um desbloqueio “temporário”, ou seja, que só se faz efetivo enquanto o usuário não desligar ou reiniciar o dispositivo. Caso contrário, ele terá que repetir o processo de desbloqueio a cada inicialização do iOS. E o untethered, que torna as alterações no software permanentes, dando ao usuário a comodidade de realizar o processo uma única vez, e o mesmo ser efetivo, permitindo que o usuário reinicialize o dispositivo quantas vezes forem necessárias.

A façanha de Stefan é importante. O iOS 5.1 foi oficialmente lançado a poucos dias, e mesmo trabalhando com a possibilidade do hacker ter trabalhado com as versões de testes do sistema operacional, é um tempo muito curto para já alcançar esse estágio de desbloqueio, uma vez que, em cada nova versão, a Apple amplia o nível de barreiras e dificuldades para aqueles que planejam realizar o jailbreak dos dispositivos.

Seja como for, i0n1c publicou uma mensagem no Twitter, onde ele informa que trabalhou incansavelmente para atingir esse resultado, e esse é um comportamento considerado normal por aqueles que acompanham de perto as atividades do iPhone Dev-Team, de causar um burburinho antes de disponibilizar um novo jailbreak para uma nova versão do iOS. Porém, para evitar especulações, o próprio site do Dev-Team publicou fotos do novo iPad já executando o Cydia, comprovando que o processo foi concluído com sucesso. Porém, como para algumas pessoas as fotos não foram suficientes, i0n1c preparou o vídeo, para eliminar todo e qualquer tipo de dúvida.

A má notícia é que o jailbreak realizado por i0n1c ainda precisa passar por ajustes antes de ser distribuído ao grande público. Abaixo, você tem o vídeo que registra o desbloqueio.

Via Engadget