Arquivo para a tag: iwatch

Apple é processada pelo uso da marca iWatch

by

apple-watch

A Apple foi processada por utilizar a marca iWatch em alguns dos seus anúncios online.

Quando começaram a sair as primeiras informações sobre o seu relógio inteligente, todos se referiram ao Apple Watch como iWatch, um nome que se encaixava perfeitamente com o histórico de produtos lançados pela empresa. Porém, ao que parece, nem a própria Apple poderia utilizar esse nome, pois ele jã tinha dono.

Mesmo assim, a Apple parece ter se esquecido disso, e utilizou a marca em alguns anúncios online, aproveitando obviamente o barulho provocado na internet. E isso pode lhe render um processo milionário.

A marca iWacth está registrada a favor da empresa Problendi, e é avaliada em US$ 100 milhões. Mas imaginamos que as duas empresas envolvidas devem chegar a algum tipo de acordo que seja benéfico para as duas.

Por enquanto, nada pode ser adiantado nesse sentido, mas tudo indica que, se tudo for para os tribunais, a Apple não teria chance alguma de vencer a causa, de modo que a ideia de buscar um acordo ganha muita força.

Esta não é a primeira vez que a Apple é processada por utilizar um nome comercial em seus produtos que já se encontra registrado em um determinado país, e provavelmente não será a última. Ou vocês já se esqueceram do caso do ‘Iphone da Gradiente’ no Brasil?

Via Neowin

Deu no New York Times: duas versões do iPhone 6, detalhes do iWatch e mais…

by

886927699066677543

Primeiro, foi o Wall Street Journal que informou que o iWatch vai contar com dois tamanhos de tela e NFC. Agora, é o New York Times que garante ter acesso aos novos dados sobre o smartwatch da Apple. A fonte deles são funcionários da própria gigante de Cupertino.

De acordo com o jornal, os funcionários (que não se identificam por motivos óbvios), descrevem o dispositivo como o projeto mais ambicioso da Apple até hoje. A seguir, os pontos mais interessantes que o NYT compartilha em sua matéria:

 

* A Apple faz um destaque especial no refinamento dos sensores do dispositivo, de forma que eles meçam diferentes parâmetros da atividade física com uma precisão muito maior que os quantificadores presentes no mercado atual. A placa que contém toda a eletrônica e os sensores é um pouco maior do que um selo postal.

* Nas primeira versões, a Apple tentou fazer com que o relógio pudesse carregar a sua bateria com a luz solar, mas o experimento fracassou. O iWatch (nome ainda provisório) vai contar com um sistema de recarga sem fio.

* O iWatch possui uma tela flexível, revestida de cristais de safira

* Dois dos pilares do relógio serão o aplicativo Health do iOS 8 e a plataforma Handoff, que a Apple apresentou com o Mac OS Yosemite, cujo objetivo é integrar de forma simples todos os dispositivos da Apple.

* Serão dois tamanhos de tela do futuro iPhone 6 (4.7 e 5.5 polegadas). Para solucionar o problema do manejo de um dispositivo com uma tela tão grande, a Apple optou por desenvolver uma interface específica para controlar o smartphone com apenas uma das mãos, que pode ser ativada/desativada pelo usuário (algo parecido com a opção que já existe nos modelos Galaxy Note da Samsung).

* Tanto o iPhone 6 quanto o iWatch contarão com NFC integrado. O acordo envolvendo Apple e Visa, Mastercard e American Express é algo real, e será possível realizar pagamentos a partir dos dois dispositivos.

Via New York Times, Wall Street Journal

Rumor: iWatch não chega ao mercado antes de 2015. E sim… será um produto caro

by

apple-iwatch-filing-2013-07-01-03

Enquanto você passou o final de semana descansando (de forma merecida), o mundo dos rumores seguiu em pleno funcionamento, e gerou algumas especulações envolvendo a Apple e o seu (talvez) iminente iWatch. As duas notícias não são tão boas assim, já que estão relacionadas a dois itens que muito interessam ao consumidor: a data de lançamento e o preço.

Segundo o site Re/Code, a Apple vai manter a sua filosofia de oferecer produtos top de linha, e fontes próximas da empresa afirmam que o produto pode chegar ao mercado com um preço de US$ 400, com a possível adição de modelos um pouco mais baratos ao longo do tempo.

No ano passado, Tim Cook afirmou no evento ‘D: All Things Digital’ que “existe um monte de gadgets nesse segmento nesse momento, mas não há nada que realmente se destaque. (…) Acredito que teremos muitas empresas participando desse segmento”, e isso parecia indicar o próprio interesse da Apple nos wearables, o que ficou mais evidente com o anúncio de soluções como o HealthKit no iOS 8.

As mesmas fontes afirmam que a apresentação do smartwatch da Apple não quer dizer que o mesmo pode chegar ao mercado de forma imediata. Aliás, nem mesmo para o natal de 2014. A suposta disponibilidade do iWatch seria para o começo de 2015.

No dia 9 de setembro, vamos ver a Apple confirmando ou desmentindo esses rumores, e esperamos ver essa proposta de relógio inteligente apresentada.

Via Re/Code (link 1 e link 2)

OFICIAL: Apple vai realizar evento no dia 9 de setembro para lançamento do iPhone 6

by

uafsonrfbz8fm7ezqwjh

Tal e como se esperava (e principalmente, se especulou nas últimas semanas), a Apple acaba de enviar os convites para um evento para o próximo dia 9 de setembro. Os grandes veículos de tecnologia receberam o aviso do keynote que deve apresentar ao mundo o iPhone 6 (se é que ele vai se chamar assim), e muito provavelmente o iWatch (os rumores sobre o seu lançamento aumentaram de forma considerável nos últimos dois dias).

Não foram detalhados os temas do evento, mas a frase “Wish we could say more” dá margem para várias interpretações. Porém, com tantos vazamentos relacionados ao próximo smartphone da Apple, será uma surpreendente (e desagradável) surpresa se o mesmo não for anunciado. Resta saber basicamente se os rumores sobre suas especificações e características serão confirmadas ou desmentidas.

Sobre o iWatch, fontes próximas da Apple afirmam que o produto também será apresentado no próximo dia 9, mas nesse caso, as chances de lançamento ainda são menores. Mas vamos esperar para ver o que acontece.

Nem precisa dizer que ficaremos de olho nesse anúncio, e compartilharemos com vocês todos os anúncios e novidades desse dia.

apple-invite-iphone6

Via CNET

Novos rumores apontam para um iWatch em 9 de setembro

by

ipod-nano-watch-ruben-schade-flickr

A essa altura do campeonato, o dia 9 de setembro está marcado no calendário de todo mundo. Porém, para quem pensava que só podemos ter o iPhone 6 e o Destiny nesse dia, reveja seus conceitos. Novos rumores indicam que o próximo evento da Apple pode contar com uma surpresa muito especial: o tão esperado iWatch.

O rumor não acrescenta qualquer tipo de detalhe que revele as suas funcionalidades, sua estética, preço ou características técnicas do primeiro wearable da Apple. Porém, já podemos esperar a partir de agora futuros vazamentos sobre o produto, mesmo faltando pouco mais de dez dias para o seu suposto anúncio.

Se alguma novidade sobre o assunto aparecer, pode deixar que publicaremos aqui. Mas fica o registro que o ‘One More Thing’ desse ano pode ser bem mais interessante.

Via Re/Code

John Gruber afirma que Apple vai apresentar um wearable em setembro

by

iwatch-render-alternative

John Gruer é uma das vozes mais confiáveis no universo de rumores da Apple. Suas fontes não falham, e muitas das informações publicadas por ele se tornaram fatos concretos. Ou seja, vamos dar a devida atenção para Gruber, quando ele afirma que a Apple vai apresentar um dispositivo wearable no mês que vem.

A revelação veio com uma opinião um tanto quando agressiva sobre o Moto 360 da Motorola, onde ele garante que será bem interessante ver como a Motorola não vai lançar o seu relógio antes da Apple apresentar o seu wearable no mês que vem. Se os rumores sobre o futuro iPhone 6 não são suficientes, parece que o próximo keynote pode trazer mais surpresas que as esperadas.

Palavras de Gruber:

Parece que os designers da Motorola tentaram chamar toda a atenção que podiam com a estúpida forma redonda e plana do Moto 360. A única maneira que isso poderia ser mais divertido é se esse produto não chegar ao mercado até que a Apple apresente o seu wearable de pulso no mês que vem.

Via Daring Fireball

Rumor: iWatch com mais de um design, e mais de 10 sensores

by

650_1000_iwatch-concept-nike

Começou a leva de rumores mais intensos sobre o suposto smartwatch da Apple, o iWatch. Depois da notícia publicada pela Reuters que a produção do dispositivo já estaria em estágio avançado, com um possível lançamento para o mês de outubro, com projeção de vendas estimadas em (assustadores) 50 milhões de unidades em um ano, o Wall Street Journal apresentam novos e interessantes rumores sobre esse novo produto da Apple.

Segundo o WSJ, o iWatch não teria apenas um design. Eles apostam em um relógio com diferentes tamanhos de tela, talvez seguindo a tendência do Samsung Gear e suas diferentes “linhas”. Particularmente, acho que a Apple vai lançar apenas um modelo do iWatch. Mas como a fonte desse post é o WSJ, nunca se sabe.

Mas a maior possibilidade de acerto está nos sensores. Especula-se na presença de até dez sensores, incluindo o de monitoramento cardíaco. O que é bem lógico, levando em conta as novas apostas da Apple nos cuidados de saúde do usuário. Também existe a possibilidade da Nike estar especialmente envolvida no desenvolvimento do produto.

Também se acredita que a Apple está procurando desenvolver um relógio que seja muito menos dependente do smartphone, sendo capaz de registrar todos os parâmetros e dados do usuário sem precisar recorrer ao iPhone. Vale lembrar que já existia o rumor que a gigante de Cupertino estaria procurando novas formas de recarga do dispositivo, dispensando a necessidade de usar a tomada ou um cabo USB (recarga solar, por movimento, etc).

Por fim, as estimativas de vendas publicadas pelo Wall Street Journal giram em torno de 15 milhões de unidades em 2014.

Com tudo isso, já dá pra dizer que o iWatch (que começou a ser especulado no meio do ano passado), finalmente está mais próximo da nossa realidade.

Via WSJ

Apple segue contratando profissionais em biotecnologia, mostrando que a saúde é o futuro

by

timcook-apple

Faz tempo que se fala em um hipotético iWatch, relógio inteligente que a Apple estaria desenvolvendo, marcando assim a sua entrada no mercado de smartwatches. E parece que o dispositivo vai seguir a linha dos demais produtos lançados pelos concorrentes: com foco para os cuidados da saúde do usuário.

É o que indica as últimas contatações realizadas pela Apple no campo da biotecnologia e da biomedicina. Segundo a Reuters, isso pode apontar uma importante aposta da empresa de Cupertino no âmbito da saúde nos dispositivos wearables.

As contratações podem ser comprovadas nas mudanças de vários perfis do LinkedIn por parte de pesquisadores, profissionais e especialistas contratados pela Apple. Além disso, duas fontes próximas da empresa confirmaram essas contratações, sem revelar o número exato de profissionais contratados.

Outro campo que a Apple está inflando seu corpo de funcionários é aquele que envolve a pesquisa e desenvolvimento dos sensores que poderiam integrar os futuros dispositivos da empresa (não necessariamente relógios inteligentes, mas os futuros iPhones, por exemplo). A inclusão de sensores que indicam o nível de açúcar no sangue, o ritmo cardíaco e outras constantes seriam possíveis nesses hipotéticos desenvolvimentos.

Um diretor no campo da saúde móvel (cujo nome não é revelado) indicou que teve uma reunião com um executivo da equipe que está desenvolvendo o hipotético iWatch. Nela, confirmou não só o interesse da Apple nesse tipo de dispositivo, mas que a empresa está considerando o desenvolvimento de uma plataforma completa de serviços relacionados com a saúde, que poderia aparecer em uma App Store independente e específica para esse campo.

Via Reuters

Rumor: Apple estaria testando diferentes formas de recarga de bateria para o seu suposto iWatch

by

apple-iwatch-filing-2013-07-01-03

Segundo informa o The New York Times, a Apple estaria testando diferentes sistemas de recarga de bateria, com o objetivo de livrar o usuário da incômoda dependência da tomada ou do cabo USB.

Ao que parece, o sistema contaria com um base de carga que produziria um campo eletromagnético, que carregaria o dispositivo. Mas os planos de recarga analisados pela Apple não param por aqui: a fonte do NYT revela que a empresa também estaria testando uma capa solar localizada debaixo da tela do relógio, o até mesmo um sistema de recarga por movimento, algo que já conhecemos em alguns relógios convencionais.

Por enquanto, não há previsões de lançamento para o iWatch, mas rumores existem aos montes. Vamos ver se o produto é anunciado até o final desse ano.

Via nytimes.com

Eu compraria o iWatch se ele fosse desse jeito!

by

iwatch

Se há um suposto produto que está rodeado de rumores, esse produto é o iWatch (se é que ele vai se chamar assim). O produto não tem nenhum tipo de confirmação por parte da Apple, apesar da mesma alimentar o monstro das especulações, com intrigantes declarações que sugerem o seu lançamento.

E uma vez que as indiretas apontam que o seu suposto desenvolvimento está em curso, com informações vazadas sobre o adiamento do seu lançamento por conta de dificuldades de fabricação do dispositivo, as mentes mais criativas começam a trabalhar. E uma dessas mentes conseguiu criar um modelo conceito do iWatch que conseguiu se destacar dos demais, ao ponto de sites de todo o planeta começarem a falar dele.

Todd Hamilton, um designer de San Francisco, não só elaborou um conceito muito atraente do suposto relógio da Apple, mas também produziu um vídeo que vai fazer com que muitos fiquem apaixonados pelo produto.

Mas… o que ele oferece de novo? Bom, temos um relógio com tela curva, o que se alinha com os últimos movimentos da Apple, além de três botões físicos (tal como temos nos dispositivos iOS), e uma tela touch, que permite o controle de suas funções.

Chega de falar, é hora de mostrar. Vídeo a seguir.

iWatch Concept from Todd Hamilton on Vimeo.

 

 

Via ToddHam.com, Mashable

Apple contrata o deisgner do Nike FuelBand: iWatch cada vez mais próximo

by

fuelband

Ninguém, exceto um pequeno grupo de pessoas pode dizer que viu com os seus próprios olhos o iWatch da Apple, mas praticamente ninguém duvida da sua existência. E para reforçar tal tese, basta ver que apenas um mês depois de contratar um dos assessores da Nike, a Apple contrata ninguém menos que Ben Shaffer, antigo diretor da Innovation Kitchen da fabricante de artigos esportivos, o departamento de testes de novos produtos. E um dos produtos que esse departamento criou foi “apenas” o Nike FuelBand.

Além de supervisionar no desenvolvimento da FuelBand, Shaffer também deixou a sua marca na linha Flyknit. Sua ficha de serviços prestados para a Nike é singular, e dá a entender que a Apple se encontra a todo vapor no desenvolvimento dos seus próprios acessórios inteligentes, onde o primeiro deles seria um relógio inteligente para os esportistas.

Se este dispositivo contará com a tecnologia do segmento da Nike, é uma outra história. Até agora, pouco se sabe do real envolvimento da Nike no projeto (se é que ela está envolvida). Tudo o que podemos dizer é que estamos de olho. Caso novidades apareçam, serão publicadas aqui, no TargetHD.net.

Via 9to5Mac

Novas da Apple: “fazendo as pazes” com a Samsung e recrutando para resolver problemas do iWatch

by

chips.jpg.pagespeed.ce.HrcbJqQdaL

Uma das missões desse blog é manter você devidamente atualizado sobre as últimas novidades do mundo da tecnologia. E muitas vezes, temos aqui que compartilhar os rumores que são comentados lá fora. No caso da Apple, temos não uma, mas duas novidades. Bom, na verdade, dois rumores. Começamos por aquela que pode ser a prova cabal que existe sim um novo provérbio no mercado tech: “inimigos, inimigos… negócios à parte”.

A Sasmsung fabricou processadores de forma exclusiva para os equipamentos iOS da Apple desde o lançamento do primeiro iPhone em 2007. De lá para cá, uma estranha relação de amor e ódio envolve as duas empresas, que protagonizaram a já mundialmente famosa “guerra de patentes”. Porém, não há mal que perdure toda a vida, ou rancor que será levado até a próxima geração de dispositivos.

Segundo o Wall Street Journal, a Apple optaria pela empresa TSMC como fornecedora dos processadores dos seus próximos dispositivos. Porém, os rumores vindos da Coreia são outros. Segundo um veículo de imprensa local, a Apple voltou a utilizar os serviços da Samsung (na verdade, a sua tecnologia FinFET de 14 nm) para a sua nova linha de equipamentos iOS que serão lançados em 2014/2015.

A pergunta que fica nesse caso é: por que o casamento entre Apple e TSMC durou tão pouco? Ou estaria a Apple prestes a utilizar os dois fornecedores como provedores de chips? Devemos saber em breve novidades sobre o assunto.

apple-iwatch-filing-2013-07-01-03

O segundo rumor envolte o iWatch, que só deve chegar ao mundo em 2014. Segundo o Financial Times, a Apple está buscando novos talentos “de forma agressiva”, que possam contribuir com o desenvolvimento do seu relógio inteligente, para que o mesmo chegue ao mercado “o quanto antes”.

Como é possível supor a essa altura do campeonato, se estamos diante de uma fase de contratação de pessoal, é certo dizer que o iWatch não chega ao mercado antes do ano que vem. Mesmo assim, vale aqui guardar uma certa dose de cautela. Nunca sabemos o que a Apple pode aprontar nos próximos meses, e surpreender com um lançamento em um prazo antecipado.

Via MacRumors, Engadget

Apple solicita o registro da marca iWatch no Japão (podem começar as especulações)

by

apple-iwatch-filing-2013-07-01-03.jpg.pagespeed.ce.IxdmEhj4P-

Você queria alguma evidência que confirmaria que a Apple estava trabalhando em um relógio com a logo da maçã mordida na parte traseira? Pois é, temos uma nesse post. O pessoal do Yahoo Japão garante que a Apple solicitou o registro da marca “iWatch” naquele país.

O melhor do assunto é que não se trata de um processo iniciado no passado. A solicitação desse registro de marca aconteceu no dia 3 de junho, e se somarmos à solicitação de patente sobre o equipamento com tela AMOLED flexível que a Apple assinou no último mês de março, as expectativas começam a disparar de forma mais e mais intensas.

Mas se mesmo assim, se tais informações são insuficientes para você, vale a pena lembrar que a Bloomberg já destacou no começo do ano que a Apple contava com uma equipe de aproximadamente 100 pessoas trabalhando exclusivamente no dispositivo.

Pronto. Podem começar a especular sobre o assunto.

Via

 

Rumor: iWatch com iOS pode ser lançado pela Apple ainda em 2013

by

iwatch-proto

 

Parece que os rumores envolvendo o suposto relógio da Apple vai ganhar cada vez mais força nos próximos meses. A Bloomberg coloca mais lenha na fogueira, e informa que o relógio da gigante de Cupertino será lançado ainda em 2013, e diferente de outros produtos menores da empresa, vai contar com uma versão adaptada do iOS.

A informação é importante e relevante para uma análise inicial. Isso reforça a ideia que a Apple quer mesmo lançar um “smartwatch”, e não apenas o “relógio da griffe Apple”. Eles poderiam investir em uma firmware mais simples, tal como é adotado em produtos como o iPod Nano, mas o objetivo aqui é colocar o relógio em um outro nível, com funcionalidades semelhantes aos gadgets consagrados da Apple (iPod Touch, iPhone, etc).

A imprensa especializada chegou a divulgar anteriormente que Jony Ive é um dos responsáveis pelo projeto, e que seria um dos favoritos do executivo. Também foi revelado que aproximadamente 100 profissionais da Apple estão envolvidos no seu desenvolvimento. Agora a matéria da Bloomberg praticamente confirma que o produto não só é real, como terá o iOS presente, e que sua provável data de lançamento será para o final do ano (sem uma data exata ou mês estimado).

As fontes (anônimas e próximas ao assunto, como sempre) também afirmam que um dos maiores pontos de preocupação da Apple no projeto do relógio é oferecer uma boa autonomia de bateria. Por enquanto, os protótipos alcançam uma autonomia estimada de dois dias de uso, mas a Apple quer que o iWatch alcance até cinco dias de funcionamento contínuo.

Outros aspectos interessantes revelados pelas fontes da Bloomberg é que o suposto relógio seria capaz de realizar e receber chamadas, mostrar os dados dos seus contatos, mostrar a sua localização no mapa e coletar dados biométricos. A única coisa que não fica muito clara é se tudo isso será feito de forma autônoma, ou se vai precisar da ajuda do iPhone.

Para a Apple, o iWatch pode ser um projeto crucial para reforçar o seu propósito de inovação em seus produtos. A Google vai colocar o Google Glass no mercado ainda em 2013, e até mesmo o conceito de “smartwatch” já começa a ser adotado por outros fabricantes (vide o I’m Watch). Logo, em pouco tempo, vamos deixar de ver o relógio da Apple como um suposto produto, mas sim como algo muito mais próximo da realidade no seu portfólio de dispositivos. Até porque especialistas de mercado já afirmam que um suposto relógio da Apple com iOS seria mais rentável que o lançamento de uma Apple TV com recursos inteligentes. Sem falar que o lançamento do iWatch pode produzir um efeito cascata em todo o mercado de relógios de pulso.

 

 

Apple pode estar desenvolvendo o “iWatch”

by

A Apple tem sido alvo de muitas críticas, sendo acusada principalmente de sofrer de uma grande falta de inovação. De fato, na semana passada, o eterno cofundador da empresa, Steve Wozniak, declarou que o iPhone estava ficando para trás em relação aos seus concorrentes. Porém, para surpreender a todos, a Apple estaria desenvolvendo os seus relógios, que poderiam receber a denominação “iWatch”.

Quem levanta a bola desse rumor é o conceituado Wall Street Journal. Segundo a fonte, a Apple estaria fazendo esforços consideráveis para inovar e lançar novos produtos, como fones de ouvido que se transformam em alto-falantes, ou simplesmente melhorias destacáveis, como a patente do “iPhone solar”, que já mostramos no TargetHD. E apesar da empresa contar com uma boa saúde financeira, isso não significa que eles devam ficar parados no tempo. De fato, a própria Apple já conta com uma traumática experiência em grandes crises.

O WSJ ainda informa que a Apple já está discutindo com a Foxconn sobre a possibilidade de desenvolver esse produto, e que eles já estão trabalhando em telas mais eficientes no consumo de bateria. A própria Apple já está pesquisando há tempos como poderiam melhorar esse segmento, contratando profissionais com experiência no campo dos sensores e tecnologias similares.

Por enquanto, as funções e características do “iWatch” não foram especificadas. Porém, é esperado que o relógio trabalhe junto com o iPhone, ou seja, mostrando nossas chamadas, mensagens, agenda, redes sociais ou até mesmo utilizar o Siri sem precisar tirar o smartphone do bolso.

Vale destacar que esse tipo de ideia não tem absolutamente nada de novo. Para quem usa smartphones Android, diversas soluções já foram lançadas, como por exemplo o SmartWatch da Sony. O problema é que esse tipo de dispositivo quase não possui êxito no mercado. E aí fica a questão: será que a Apple vai conseguir mais uma vez revolucionar o mercado com o seu iWatch, elaborando algo completamente diferente?

Aliás, várias perguntas ainda precisam ser respondidas, principalmente as que mais interessam ao consumidor: quando será lançado, e quanto vai custar. Só o tempo vai dizer. Do mais, só nos resta observar os próximos acontecimentos.