Arquivo para a tag: ipad pro de 9.7 polegadas

iPhone SE no Brasil a partir de R$ 2.699; iPad Pro 9.7 polegadas a partir de R$ 5.499

by

iPhone-SE-teaser-2016

A Apple definiu os preços dos seus mais recentes lançamentos no Brasil. O site da empresa foi atualizado, e tanto o iPhone SE como o iPad Pro de 9.7 polegadas contam com valores oficiais.

O iPhone SE, novo modelo com tela de 4 polegadas, estará disponível em nosso mercado nas versões com 16 GB e 64 GB de armazenamento, com preços sugeridos de R$ 2.699 e R$ 2.999, respectivamente. Ainda não há disponibilidade para compra da nova versão no Brasil, mas os dois modelos devem chegar ao mercado no próximo dia 20 de maio (sexta), com a pré-venda começando uma semana antes, no dia 13 de maio.

Nos Estados Unidos, o iPhone SE tem preço inicial sugerido de US$ 399, e a estratégia se repete no Brasil. Compete diretamente com alguns dos smartphones top de linha lançados no ano passado, além de ser o único modelo premium do mercado com tela de 4 polegadas, filão de mercado que a Apple quer conquistar com esse modelo. Sem falar nos usuários dos modelos iPhone 5 e iPhone 5s, que não migraram para os modelos mais novos justamente por conta do tamanho de tela.

ipad-pro-mini

Já o iPad Pro de 9.7 polegadas confirma a sua tendência de dispositivo para poucos, ou pensado mesmo nos profissionais, que encaram o produto como um investimento que pode lhe oferecer algum tipo de retorno direto ou indireto. O modelo herda o chip A9X da versão de 12.9 polegadas e os acessórios como Apple Pencil e os adaptadores para câmeras e cartão de memória.

No Brasil, os preços e versões do iPad Pro de 9.7 polegadas são:

32 GB: R$ 5.499 (Wi-Fi) e R$ 6.599 (4G);
128 GB: R$ 6.799 (Wi-Fi) e R$ 7.899 (4G);
256 GB: R$ 7.999 (Wi-Fi) e R$ 9.199 (4G).

O iPad Pro é comercializado no Brasil desde novembro de 2015, e tem preço sugerido entre R$ 7.299 e R$ 10.999, com desconto de 10% para pagamento à vista em todos os produtos.

Via MacMagazine, Tecnoblog

iPad Pro de 9.7 polegadas é desmontado pelo iFixit

by

ipadpro-2016-ifixit

Recentemente o iPhone SE foi desmontado pelo pessoal do iFixit, e hoje temos o iPad Pro de 9.7 polegadas.

O tablet da Apple passou pelo mesmo processo de desmontagem mais popular da internet, exibindo assim todos os detalhes de suas entranhas, e mostrando como a gigante de Cupertino engenhou o seu fino e atraente design. As imagens mostram que a bateria de 7.306 mAh é mais larga que a do iPad Air 2, ocupando toda a zona central do dispositivo, enquanto que os demais componentes são distribuídos descaradamente para as laterais do dispositivo.

O iFixit informa que tais peças são bem rebeldes na hora de serem manipuladas, e até a mencionada bateria, que não está soldada, apresenta uma resistência por estar firmemente colada. O cristal frontal e o LCD estão fundidos e o Smart Connector é praticamente impossível de ser substituído, para citar apenas dois exemplos.

ipadpro-2016-ifixit-02

A dificuldade para desmontar e reparar o iPad Pro foi tamanha que o iFixit deu uma nota 2 em 10 na pontuação global de reparação (quanto mais alta a nota, mais fácil é um dispositivo de ser consertado). Ou seja, estejam vocês avisados desses detalhes antes mesmo de pensarem em investir o seu dinheiro nesse produto.

 

Pontos positivos

– A bateria não está soldada
– O Smart Connector não tem partes móveis, e não deve ser danificado
– A tela LCD e o cristal estão unidos em uma peça, o que simplifica a sua desmontagem

Pontos negativos

– A bateria está colada com força
– O Smart Connector é quase impossível de ser trocado em caso de quebra
– Ao unir o LCD e a tela de cristal, as reparações são mais caras, e o risco de quebra ao abrir o dispositivo aumenta
– Grandes quantidades de adesivo em todas as partes internas do dispositivo complicam qualquer tipo de reparação

 

Via iFixit

Novo iPad Pro é o primeiro a contar com um e-SIM

by

ipad-pro-mini

O novo iPad Pro de 9.7 polegadas conta com o já conhecido Apple SIM, que permite a escolha de diferentes operadoras a partir do próprio dispositivo. Porém, a Apple não disse que já integrou nesse novo tablet o e-SIM, sendo o primeiro do mercado a contar com esta característica.

O e-SIM foi apresentado na última edição da Mobile World Congress, e o seu principal benefício é poder trocar de operadora sem a necessidade de trocar de chip, além de oferecer a conexão móvel para diversos dispositivos que até agora não contavam com tal característica. O primeiro dispositivo a contar com um chip desses foi o Samsung Gear S2.

 

O slot nanoSIM não desapareceu

O novo iPad Pro de 9.7 polegadas terá duas versões: uma com o SIM em branco e outra com a e-SIM, mas sem abrir mão do clássico slot nanoSIM. A razão para manter o slot é muito clara: a Apple tem poucas operadoras que suportam o SIM virtual.

Nos Estados Unidos, apenas T-Mobile e Sprint anunciaram compatibilidade com o SIM virtual. A AT&T será compatível, mas se utilizar vai bloquear o SIM para uso exclusivo com a operadora. A Verizon não será compatível. Não há informações de parcerias com operadoras de outros países.

Não duvidamos que, com o passar do tempo, todas as operadoras acabem sendo compatíveis com o Apple SIM e o e-SIM, que está chegando ao mercado.

Via re/code

iPad Pro Mini tem apenas 2 GB de RAM. ‘Pro’?

by

ipad-pro-mini

Todas as vezes que a Apple apresenta um novo iPhone ou iPad, sempre há algumas especificações que não agradam a algumas pessoas, deixando algumas dúvidas sobre o potencial real dos novos gadgets. O mesmo voltou a acontecer com o iPad Pro de 9.7 polegadas (ou iPad Pro Mini) e o iPhone SE.

O caso do iPhone SE foi a constatação dos 2 GB de RAM e algumas restrições de hardware que veremos mais adiante. Mesmo assim, temos um smartphone em um nível muito bom, se comparado com o iPhone 6s o que definitivamente o transforma em uma opção muito interessante para quem deseja um smartphone com tela de quatro polegadas com ótimo desempenho.

Porém, no caso do iPad Pro Mini, a Apple optou por não manter os 4 GB presentes no iPad Pro padrão, apesar de contar com o potente processador A9X. Os 2 GB de RAM não condizem com a proposta ‘Pro’ desse iPad, já que fatalmente não podemos explorar o dispositivo para uma máxima performance.

A notícia é péssima. A solução é orientada para o setor profissional, e Phil Schiller afirmou com todo o orgulho que lhe é peculiar que o dispositivo era “o substituto definitivo do PC”. Mas… com a mesma quantidade de RAM do iPad Air 2, e com um sistema operacional móvel e não um completo (como um PC possui)? Sem chance!

memoria

Ainda é preciso conferir como essa quantidade de RAM vai afetar a vida útil desse tablet, já que por mais que a Apple otimize ao limite o seu iOS, estamos diante de um dispositivo que tem a pretensão de um iPad Pro, mas com metade da memória do tablet maior. Não chega a ser uma propaganda enganosa, mas de ‘Pro’, esse tablet fica devendo. Fato.

Via SlashGear

Novo iPad Pro com tela de 9.7 polegadas é oficial

by

ipad-pro-2016

A Apple anunciou em evento realizado hoje (21) o novo iPad Pro com tela de 9.7 polegadas. O tablet segue as diretrizes do modelo maior, mas em um formato onde as dimensões e algumas capacidades são reduzidas. A produtividade é o foco claro para esse produto da Apple.

 

iPad Pro de 9.7″: menor, mas igualmente potente

ipad-pro-2016-01

A primeira coisa que chama a atenção nesse novo iPad Pro é a sua tela de 9.7 polegadas, de acordo com a Apple “a ideal”. Vale lembrar que foram vendidos 200 milhões de iPads com esse formato de tela.

Temos aqui o melhor da tecnologia de tela que já foi integrada no iPad Pro, mas duas novas características do iOS foram adicionadas: o ajuste de tela para os horários noturnos (Night Shift) e mudanças de temperatura de cores (True Tone Display), que usa o sensor de luz ambiente. As duas tecnologias adaptam o uso do dispositivo ao momento e o lugar onde ele é utilizado.

O novo iPad Pro de 9.7 polegadas conta com o potente processador A9X e o co-processador M9, além de suportar a característica de ativação de voz do Siri.

 

Acessórios e câmera em destaque

ipad-pro-2016-02

Assim como acontece no modelo maior, o novo iPad Pro conta com uma Smart Keyboard adaptada para o seu tamanho de tela. A caneta não muda: a Apple Pencil é a mesma que já conhecemos. Também foi destacada a presença da câmera de 12 MP iSight, que captura vídeos em 4K, permitindo uma edição diretamente no dispositivo.

A presença do True Tone Flash e dos modos Panorama também estão presentes na câmera frontal de 5 MP, com suporte para o Face Time HD e modo Retina Flash, que faz uso da tela como flash quando a foto é registrada.

O novo iPad Pro de 9.7 polegadas será oferecido em quatro opções de cores (dourado, prata, cinza espacial e rosa dourado), com modelos de capacidades de armazenamento entre 32 GB e 256 GB (esta última estreando nos dispositivos da Apple).

ipad-pro-2016-03

O novo iPad Pro de 9.7 polegadas tem preço inicial sugerido de US$ 599 para o modelo de 32 GB, US$ 749 para o modelo com 128 GB, e US$ 899 para a versão com 256 GB. A Smart Keyboard (US$ 149) e a Apple Pencil (US$ 99) são vendidas separadamente. No Brasil

Os dois modelos podem ser reservados nos Estados Unidos a partir do dia 24 de março, e chegam ao mercado no dia 31 de março.

Os demais modelos  do catálogo de tablets da Apple mudou (lá fora). O iPad mini custa agora a partir de US$ 269. O iPad Pro de 12.9 polegadas também recebe uma versão de 256 GB, por US$ 1.099 (sem teclado e sem caneta). A nova capacidade do modelo maior será vendida no Brasil por R$ 9.899 (Wi-Fi) e R$ 10.999 (Wi-Fi + 4G).

ipad-pro-2016-04

ipad-pro-2016-06 ipad-pro-2016-07

Evento da Apple teria sido transferido para 21 de março

by

apple-special-event

O Re/code informa que o evento especial da Apple que serviria de palco para apresentar o iPhone SE ao mundo teria sido adiado do dia 15 de março para o dia 21 de março.

Na verdade, a fonte afirma que eles nunca tinham claro se a data foi mudada ou sempre foi planejada para o dia 21. Seja como for, além do novo iPhone com tela de 4 polegadas, um novo iPad Pro com 9.7 polegadas e novidades sobre o Apple Watch seriam outros temas a serem tratados no evento.

O suposto iPhone SE teria as mesmas características do iPhone 6s, incluindo um processador A9, Live Photos e Apple Pay, mas sem o 3D Touch. Seu preço seria entre US$ 400 e US$ 500. Já o novo iPad contaria com o mesmo chip A9X do iPad Pro e tela de 9.7 polegadas, além do Smart Connector para ser compatível com o novo teclado Smart Keyboard. Seria uma nova versão do iPad Pro, pois o novo iPad Air ainda estaria em produção.

Tudo o que foi mencionado acima está na zona dos rumores. Ou seja, tudo pode mudar a qualquer momento, se assim a Apple quiser.

Via 9to5MacRe/code